Home » Brasil, Capa

Polêmica da Maçonaria entra nas igrejas evangélicas. Maçom revela haver muitos batistas e presbiterianos nas reuniões

Profile photo of Renato Cavallera Publicado por Renato Cavallera em 17 de março de 2011

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Polêmica da Maçonaria entra nas igrejas evangélicas. Maçom revela haver muitos batistas e presbiterianos nas reuniões

Em matéria realizada pela revista Cristianismo Hoje, a polêmica dos maçons em igrejas evangélicas fica cada vez mais evidente. Muitos já veem como algo comum no meio e creem que não há problemas ou divergências dentre as duas crenças, visto que muito do que é dito sobre a Ordem Maçonica seria mentira. Abaixo você confere a matéria completa da revista:

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Ela costuma causar nos crentes um misto de espanto e rejeição. Pudera – com origens que se perdem nos séculos e um conjunto de ritos que misturam elementos ocultos, boa dose de mistério e uma espécie de panaceia religiosa que faz da figura de Deus um mero arquiteto do universo, a maçonaria é normalmente repudiada pelos evangélicos. Contudo, é impossível negar que a história maçônica caminha de mãos dadas com a do protestantismo. Os redatores do primeiro estatuto da entidade foram o pastor presbiteriano James Anderson, em Londres, na Inglaterra, em 1723, e Jean Desaguliers, um cristão francês. Devido às suas crenças, eles naturalmente introduziram princípios religiosos na nova organização, principalmente devido ao fim a que ela se destinava: a filantropia. O movimento rapidamente encontrou espaço para crescer em nações de tradição protestante, como o Reino Unido e a Alemanha, e mais tarde nos Estados Unidos, com a colonização britânica. Essa relação, contudo, jamais foi escancarada. Muito pelo contrário – para a maior parte dos evangélicos, a maçonaria é vista como uma entidade esotérica, idólatra e carregada de simbologias pagãs.

Isso tem mudado nos últimos tempos. Devido a um movimento de abertura que atinge a maçonaria em todo o mundo, a instituição tem se tornado mais conhecida e perde, pouco a pouco, seu aspecto enigmático. Não-iniciados podem participar de suas reuniões e cada vez mais membros da irmandade assumem a filiação, deixando para trás antigos temores – nunca suficientemente comprovados, diga-se – que garantiam que os desertores pagavam a ousadia com a vida. A abertura traz à tona a uma antiga discussão: afinal, pode um crente ser maçom? Na intenção de manter fidelidade à irmandade que abraçaram, missionários, diáconos e até pastores ligados à maçonaria normalmente optam pelo silêncio. Só que crentes maçons estão fazendo questão de dar as caras, o que tem provocado rebuliço. A Primeira Igreja Batista de Niterói, uma das mais antigas do Estado do Rio de Janeiro, vive uma crise interna por conta da presença de maçons em sua liderança. A congregação já estuda até uma mudança em seus estatutos, proibindo que membros da sociedade ocupem qualquer cargo eclesiástico.

Procurada pela reportagem, a Direção da congregação preferiu não comentar o assunto, alegando questões internas. Contudo, vários dos oficiais da igreja são maçons há décadas: “Sou diácono desta igreja há 28 anos e maçom há mais de trinta. Não vejo nenhuma contradição nisso”, diz o policial rodoviário aposentado Adilair Lopes da Silveira, de 58 anos, mestre da Loja Maçônica Silva Jardim, no município de mesmo nome, a 180 quilômetros da capital fluminense. Adilair afirma que há maçons nas igrejas evangélicas de todo Brasil, dezenas deles entre os membros de sua própria congregação e dezesseis entre os 54 membros da loja que frequenta: “Por tradição, a maioria deles é ligada às igrejas Batista ou Presbiteriana. Essas são as duas denominações em que há mais a presença histórica maçônica”, informa.

Um dos poucos crentes maçons que se dispuseram a ser identificados entre os 17 procurados pela reportagem, o ex-policial acredita que a sociedade em geral, e os religiosos em particular, nada têm a perder se deixarem “imagens distorcidas” acerca da instituição de lado. “Há preconceito por que há desconhecimento. Alguns maçons, que queriam criar uma aura de ocultismo sobre eles no passado, acabaram forjando essa coisa de mistério”, avalia. “Já ouvi até histórias de que lidamos com bodes ou imagens de animais. Isso não acontece”, garante. Segundo Adilair, o único mistério que existe de fato diz respeito a determinados toques de mão, palavras e sinais com os quais os maçons se identificam entre si – mas, segundo ele, tudo não passa de zelo pelas ricas tradições do movimento, que, segundo determinadas correntes maçônicas, remontam aos tempos do rei hebreu, Salomão. E, também, para relembrar tempos difíceis. “São práticas que remontam ao passado, já que nós, maçons, fomos muito perseguidos ao longo da história”.

Adilair adianta que não aceitaria uma mudança nos estatutos da igreja para banir maçons da sua liderança. Tanto, que ele e seus colegas de diaconato que pertencem ao grupo preparam-se para, se for o caso, ingressar na Justiça, o que poderia desencadear uma disputa que tende a expor as duas partes em demanda. Eles decidiram encaminhar uma cópia da proposta do regimento ao presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, desembargador Luiz Zveiter. “Haverá uma enxurrada de ações na Justiça se isso for adiante, não tenho dúvidas”, afirma o diácono. A polêmica em torno da adesão de evangélicos à maçonaria já provocou até racha numa das maiores denominações do país, a Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB), no início do século passado (ver abaixo).

O pastor presbiteriano Wilson Ferreira de Souza Neto, de 43 anos, revela que já fez várias entrevistas com o intuito de ser aceito numa loja maçônica do município de Santo André, região metropolitana de São Paulo. O processo está em andamento e ele apenas aguarda reunir recursos para custear a taxa de adesão, importância que é usada na manutenção da loja e nas obras de filantropia: “Ainda não pude disponibilizar uma verba para a cerimônia de iniciação, que pode variar de R$ 1 mil a cinco mil reais e para a mensalidade. No meu caso, o que ainda impede o ingresso na maçonaria é uma questão financeira, e não ideológica” diz Wilson, que é mestre em ciências da religião pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e estuda o tema há mais de uma década.

“Pessoas próximas sabem que sou maçom e isso inclui vários membros de minha igreja”, continua o religioso. “Alguns já me questionaram sobre isso, mas após várias conversas nas quais eu os esclareci, tudo foi resolvido”. Na mesma linha vai outro colega de ministério que prefere não revelar o nome e que está na maçonaria há sete anos. “Tenho 26 anos de igreja, seis de pastorado e posso garantir que não há nenhuma incompatibilidade de ser maçom e professar a fé salvadora em Cristo Jesus nosso Senhor e Salvador”, afirma. Ele ocupa o posto de mestre em processo dos graus filosóficos e diz que foi indicado por um pastor amigo. “Só se pode entrar na maçonaria por indicação e, não raro, os pastores se indicam”. Para o pastor, boa parte da intolerância dos crentes em relação à maçonaria provém de informações equivocadas transmitidas por quem não conhece suficientemente o grupo.

“Sem caça às bruxas”

Procurados com insistência pela reportagem, os pastores Roberto Brasileiro e Ludgero Bonilha, respectivamente presidente e secretário-geral do Supremo Concílio da IPB, não retornaram os pedidos de entrevista para falar do envolvimento de pastores da denominação com a maçonaria. Mas o pastor e jornalista André Mello, atualmente à frente da Igreja Presbiteriana de Copacabana, no Rio, concordou em atender CRISTIANISMO HOJE em seu próprio nome. Segundo ele, o assunto é recorrente no seio da denominação. “O último Supremo Concílio decidiu que os maçons devem ser orientados, através do Espírito Santo, sem uso de coerção ou força, para que deixem a maçonaria”, conta Mello, referindo-se ao Documento CIV SC-IPB-2006, que trata do assunto. O texto, em determinado trecho, considera a maçonaria como uma religião de fato e diz que a divindade venerada ali, o Grande Arquiteto do Universo, é uma entidade “vaga”, sem identificação com o Deus soberano, triúno e único dos cristãos.

O pastor, que exerce ainda o cargo de secretário de Mocidade do Presbitério do Rio, lembra que, assim como as diferentes confissões evangélicas têm liturgias variadas e suas áreas de conflito, as lojas maçônicas não podem ser vistas em bloco – e, por isso mesmo, defende moderação no trato da questão. “Vejo algum exagero na perseguição aos maçons, pois estamos tratando de um problema de cem anos atrás, deixando de lado outros problemas reais da atualidade, como a maneira correta de lidar com o homossexualismo”. O pastor diz que há mais presbíteros do que pastores maçons – caso de seu pai, que era diácono e também ligado à associação. “Eu nunca fui maçom, mas descobri coisas curiosas, como por exemplo, o fato de haver líderes maçons de várias igrejas, inclusive daquelas que atacam mais violentamente a maçonaria. “Não acredito que promover caça às bruxas faça bem a nenhum grupo religioso”, encerra o ministro. “Melhor do que aprovar uma declaração contra alguém é procurá-lo, orar por ele, conversar, até ganhar um irmão.”

O presidente do Centro Apologética Cristão de Pesquisa (CACP), pastor João Flávio Martinez, por sua vez, não deixa de fazer sérios questionamentos à presença de evangélicos entre os maçons. “O fato é que, quando falamos em maçonaria, estamos falando de outra religião, que é totalmente diferente do cristianismo. Portanto, é um absurdo sequer admitir que as duas correntes possam andar juntas”. Lembrando que as origens do movimento estão ligadas às crenças misteriosas do passado, Martinez lembra o princípio bíblico de que não se pode seguir a dois senhores. “Estou convencido de que essa entidade contraria elementos básicos do cristianismo. Ela se faz uma religião à medida que adota ritos, símbolos e dogmas, emprestados, muitos deles, do judaísmo e do paganismo”, concorda o pastor batista Irland Pereira de Azevedo.

Aos 76 anos de idade e um dos nomes mais respeitados de denominação no país, Irland estuda o assunto há mais de três décadas e admite que vários pastores de sua geração têm ou já tiveram ligação com a maçonaria. Mas não tem dúvidas acerca de seu caráter espiritual: “Essa instituição contraria os mandamentos divinos ao denominar Deus como grande arquiteto, e não como Criador, conforme as Escrituras”. Embora considere a maçonaria uma entidade séria e com excelentes serviços prestados ao ser humano ao longo da história, ele a desqualifica do ponto de vista teológico e bíblico. “No meu ponto de vista, ela não deve merecer a lealdade de um verdadeiro cristão evangélico. Entendo que em Jesus Cristo e em sua Igreja tenho tudo de que preciso como pessoa: uma doutrina sólida, uma família solidária e razão para viver e servir. Não sou maçom porque minha lealdade a Jesus Cristo e sua igreja é indivisível, exclusiva e inegociável.”

Ligações perigosas

Crentes reunidos à porta de templo da IPI nos anos 1930: denominação surgiu por dissidência em relação à maçonaria.

As relações entre algumas denominações históricas e a maçonaria no Brasil são antigas. Os primeiros missionários americanos que chegaram ao país se estabeleceram em Santa Bárbara (SP), em 1871. Três anos depois, parte desses pioneiros, entre eles o pastor Robert Porter Thomas, fundou também a Loja Maçônica George Washington naquela cidade. O espaço abrigou, em 1880, a reunião de avaliação para aprovação ao ministério de Antônio Teixeira de Albuquerque, o primeiro pastor batista brasileiro. Tanto ele quanto o pastor que o consagrou eram maçons.

Quando o missionário americano Ashbel Green Simonton (1833-1867) chegou ao Brasil, em 12 de agosto de 1859, encontrou, na então província de São Paulo, cerca de 700 alemães protestantes. Sem ter onde reuni-los, Simonton – que mais tarde lançaria as bases da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) – aceitou a oferta de maçons locais que insistiram para que ele usasse sua loja, gratuitamente, para os trabalhos religiosos. A denominação, que abrigava diversos maçons, sofreu uma cisão em 31 de julho de 1903. Um grupo de sete pastores e 11 presbíteros entrou em conflito com o Sínodo da IPB porque a denominação não se opunha a que seus membros e ministros fossem maçons. Foi então fundada a Igreja Presbiteriana Independente do Brasil (IPI).

Ultimamente, a IPB vem reiteradamente confirmando a decisão de impedir que maçons exerçam não só o pastorado, como também cargos eclesiásticos como presbíteros e diáconos. As últimas resoluções do Supremo Concílio sobre o assunto mostram o quanto a maçonaria incomoda a denominação. Na última reunião, ficou estabelecida a incompatibilidade entre algumas doutrinas maçons e a fé cristã. Ficou proibida a aceitação como membros à comunhão da igreja de pessoas oriundas da maçonaria “sem que antes renunciem à confraria” e a eleição, ao oficialato, de candidatos ainda ligados àquela entidade.

Fonte: Cristianismo Hoje



PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

50 comentaram, comente você também!

  1. O dia em que alguém me mostrar na Bíblia que um homem de Deus, um servo de Deus, um profeta ou apóstolo, discípulo ou seja la quem for tenha se utilizado de rituais secretos de iniciação, símbolos, filosofia esotérica ou rituais ocultos e isso tenha agradado a Deus ai eu passo a levar a serio a maçonaria.
    Uma ultima pergunta? Se a maçonaria é boa, se ela e filantrópica, só faz o bem e blablabla porque ela é secreta?
    Uma coisa tão boa assim não deveria ser aberta e amplamente divulgada?
    Ja pensou se Jesus tivesse fundado uma sociedade secreta? Se a Igreja dele fosse secreta? ate hoje nao saberiamos muita coisa sobre Ele
    Ele disse Ide por todo mundo e pregai o evangélio. Queridos isso e totalmente o inverso da lógica de uma sociedade secreta. Jesus mandou divulgar a mensagem Dele, agora se o q vc pensa nao pode ser divulgado a ninguem pode ter certeza que tem alguma coisa errada ai querido.

  2. Sou cristão, membro da Igreja Batista desde 1988, em 2009 recebi um primeiro convite pra fazer parte da Maçonaria, procurei informações a respeito desta Sociedade, primeiro na internet, depois com o Pastor da minha Igreja, descobri que seus rituais de iniciação são totalmente heréticos, e essa confirmação eu obtive diretamente de um amigo, que é maçom.
    Em 2012 recebi um novo convite, desta vez uma pessoa “desconhecida”, passou por mim e ficou me olhando, ela veio até mim e perguntou se eu fazia parte da Maçonaria, respondi que não, mas a pessoa me disse então, que mesmo sem conhecer a Maçonaria, eu teria feito pra ela, um gesto que indicava que eu seria um grão-mestre, perguntei que gesto “involuntário” seria esse, mas a pessoa não me deu mais detalhes, apenas deixou o endereço de uma loja da maçonaria aqui em SP, e me convidou a participar de uma reunião; Passados 2 anos, eu nunca fui à nenhuma reunião da Maçonaria, e não tenho nenhuma vontade de fazer parte desta sociedade secreta, pois creio que seus ideais, por mais filantrópicos que pareçam, há muita coisa oculta e muitos simbolismos; A graça de Deus, a sua palavra a Bíblia me bastam.
    Mas de tudo que estudei sobre os Maçons, o que mais me deixou perplexo, é saber que seu ritual para iniciantes, é a encenação da morte do ser humano e sua ressurreição por meios próprios, onde o iniciante entra numa espécie de tumba, fica lá por alguns segundos e depois levanta, como se tivesse renascido; saber que há cristãos na Maçonaria é preocupante, pois a Bíblia é muito clara, ao apontar que só Cristo morreu e ressucitou, e isso foi pela graça de Deus, para a salvação do pecador que se arrepender, não por mérito do homem! como “encena” a Maçonaria.

  3. Prezada Gisele da Mota, o fato de sermos salvos por meio do Senhor Jesus Cristo, não significa que não precisamos colocar nossos filhos na escola ou numa faculdade para estudar com pessoas de diversas religiões. Tenho certeza que seu posicionamento foi um equívoco sincero. Nas faculdades onde nossos filho estudam ou estudaram, são obrigados a apreender filosofia, sendo alguns dos mestres até mesmo ateu, mas nem por isso impedimos um universitário ou professor de filosofia de ser um excelente pastor. A maçonaria não é nada mais que um sistema de ensino filosófico. A diferença é que os maçons crêem em Deus e sua filosofia prova sua existência. Portanto não assiste razão, em parte, o seu posicionamento.

  4. Acredito e creio em Deus Cara o que posso falar tenho 25 anos não sou maçon … mas pergunto a todos os religiosos porque só a maçonaria um irmão sempre ajuda o outro ? Seria tão bom se todas as religiões fossem assim.

  5. Deus é criador, e não arquiteto como falam, e a bíblia relata não servir a dois senhores, ou serve a DEUS, ou ao inimigo e as pessoas hoje em dia se preocupam com materialismo coisas terrenas e estão esquecendo do principal, a salvação então se a maçonaria não tem nada a ver com a espiritualidade a (DEUS) porquê? entrar?????o quê de bom ela traz? Porquê, é oculta ninguém realmente fala o significado…………………………..

  6. A culpa do Brasil ser assim é da maçonaria?? Como tem ignorante aqui

  7. eu quis dizer que um Cristão Não deve ser Maçom.
    Motivos:
    1-o Cristão deve ser parte da Igreja que pertence a Jesus e Não fazer parte Sociedade como a Maçonaria.
    2-os Cristão tem seu próprio Ritos baseados na Bíblia e sua vida dedicada a Jesus. A maçonaria tem seus próprios ritos diferentes e juramentos.
    por isso a Convenção Batista Brasileira devia ser posicionar Contra a Maçonaria!

  8. Muitas Igrejas Batistas São Contra a Maçonaria como a Igreja Batista Regular.
    Mais penso que seria bom que Todos os Cristãos Batistas da IGREJA BATISTA da CONVENÇÃO BATISTA BRASILEIRA( CBB ) deviam solicitar uma RESPOSTA OFICIAL da CBB se a Convenção Batista Brasileira é Contra ou a Favor da Maçonaria?
    Na verdade como um dever Cristão por se fiel só a Jesus então a CBB devia se posicionar Contra a Maçonaria .por isso os Irmão Batistas deviam solicitar uma Posição oficial da Convenção Batista Brasileira Contra a Maçonaria.
    A Igreja tem seus Ritos Baseados na Bíblia e a Maçonaria tem seus proprios Ritos e Juramentos.só isso já era um motivo para Não se posicionar Contra a Maçonaria

  9. Maçom vem do francês mason, ou pedreiro. Era como um sindicato de construtores, que passavam os conhecimentos de arquitetura somente para os membros. Eram respeitados e podiam ir para qualquer lugar na Europa sempre construindo templos e castelos. Quando o conhecimento de arquitetura se espalhou as ‘lodje’ (lugar de descanso, de refugio) ficaram sem influência. Mas fizeram uma reviravolta iniciando nobres e intelectuais. Alguns colocaram seus conceitos nos ritos. Se exigindo a crença em um Supremo Criador, ainda sim são taxados de adoradores de ‘shaitan’, o que dirá dos que praticam o rito moderno, onde não se pronuncia nada sobre a crença pessoal de cada um. No rito moderno o Livro da Lei pode ser os Landmarks maçonicos (princípios) ou a constituição do país, sem perguntar se o membro crê ou não em Deus. O culto a Deus fica para as igrejas e maçonaria não é religião, mas faz-se orações do mesmo modo que se faz orações dentro de uma empresa ou qualquer lugar onde hajam pessoas espiritualistas. Não se proíbe em uma empresa alguém de entrar por ser desta ou daquela religião. Deus é um só. Seja Alah, YHVH (Yavé, Javé ou Jeová), ou Tupã. Do mesmo modo que grandes empresas não contam sobre suas reuniões e não contamos nossa senha do cartão, assim é a maçonaria, uma organização de aprimoramento moral e filosófico, cujo objetivo é o progresso da ciência e da humanidade. É claro que ela procura o que julga melhores na sociedade, mas as vezes erra e feio. Tem maçom porcaria? Tem, como tem evangélico porcaria, católico porcaria, espírita porcaria. Não esqueçamos que Hitler acreditava em Deus e Charles Chaplin.

  10. Andréia,

    Após, pacientemente, ler os comentários, não pude me calar diante desta espécie de argumentos. Seria ultrajante.

    Preliminarmente, para deixar claro, explicito que ainda não sou maçom, mas recebi um convite para ir à uma iniciação. Assim, por ter bases doutrinárias cristãs batistas, oriundas de um lar cristão, onde meu pai sempre fora professor de EBD e há 7 anos é pastor e, também, onde batizado fui aos 7 anos de idade (hoje tenho 31), estou procurando subsídios para uma tomada de decisão lastreada em argumentos de ambas as partes, atento ao princípio do “audiatur et altera pars” (ouça-se também a outra parte) além de há, no mínimo, 10 anos estar lendo algo à respeito do assundo.

    Assim, ao ler “uma coisa que é oculta, obscura e que não é aberto ao público assim deve ser trem que não presta.”

    Ponto 1 – “Deve ser”: Prova a sua ignorância no assunto. Vc não sabe sé é bom ou ruim. “Deve” é juízo de possibilidade, não de certeza. Se vc acha correto o julgar-se apenas baseado em juízo de possibilidade, consequentemente acha correto te condenar por um crime – um homicídio, tenha-se por exemplo – desta forma. Ou até juízos sobre sua capacidade intelectual. Trocando-se os atores, vc acha certo que eu pense “uma pessoa que dá opiniões sem saber profundamente algo e escrevendo diabo com letra minúscula deve ser burra.” Estaria correto em pensar assim? Estaria a razão a meu favor?

    Ponto 2 – “Eles chamam para entrar na maçonaria só pessoas ricas e bem sucedidas”. Mais uma vez, a prova da sua ignorância no assunto. “Só pessoas ricas e bem sucedidas”. Só? A título de exemplo, hoje, pela manhã, estava a conversar com um maçom aqui do trabalho e, tenha certeza, minha irmã, ele NÃO É rico. Desta forma, este argumento não encontra qualquer eco na realidade.

    Ponto 3 – “Então minha gente, se fosse na época de Jesus, Ele mesmo não poderia entrar porque era pobre de uma família bem humilde, e agora???” Quem te disse que Jesus era pobre e bem humilde? Procure estudar mais o elemento mais importante da sua – da nossa, na verdade – própria fé. Jesus não era nenhum “bem humilde”. Não se engane com nascimento em manjedoura como sinônimo de pobreza, pq, reputo que vc saiba, José e Maria estavam procurando um lugar para se hospedar, ou não? Assim, seu nascimento na manjedoura foi por uma questão de, digamos, ‘overbooking’, não econômica. Em outros termos, ele não nasceu num quarto normal pq não tinha vaga. Não pq sua família não tivesse condições. Segundo, não se engane pq José e ele eram Carpinteiros. Hoje, talvez, a Carpintaria não seja uma profissão de expressão social tal como gozam um Advogado ou um Médico, p.e.. Naquela sociedade, um Carpinteiro seria, APROXIMADAMENTE, hoje, um elemento de Classe C. Nem rico, nem pobre.

    Cuidado, minha irmã, com seus julgamentos. Não julgue sem saber.
    Antes, estude a respeito.

    Se vou aceitar ou não, vai ser do que vou analisar.

  11. (“Irene, a maçonaria não está competindo com a sua religião. Ela não promete, ensina ou revela caminhos para a salvação da alma de ninguém. A maçonaria trabalha para a vida terrena. Pretende congregar homens que buscam um progresso enquanto homens, para si mesmos, e para seus semelhantes. E esses homens se reconhecem entre si por seus gestos e palavras, e a humanidade os reconhecem pelas suas obras. Não há conflito cabivel entre maçonaria e religião, pq são coisas diferentes, com propósitos diferentes. É que nem teoria da evolução com a religião. Não há conflito nisso. A evolução é meramente como Deus escolheu criar a natureza. É tudo obra do mesmo Deus, único e soberano, e infinitamente mais esperto do que todos nós. Não há como conceber que Ele fosse criar um mundo que não pudesse se adaptar e evoluir. O conflito é apenas sensacionalismo barato para chamar atenção.”)

    ORA,COMO UMA PESSOA AFIRMA QUE ALGO É BOM AO HOMEM SE ELA PROPRIA DIZ QUE A MACONARIA BUSCA SEU PROPRIO EGO E AINDA NAO MOSTRA CAMINHO DE SALVACAO A ALMA DO HOMEM? JESUS NOS ENSINA A NEGAR TUDO SE QUISERMOS SEGUI-LO,NEM TENHAM CURIOSIDADE PRA ENTRAR NESSE BECO SEM SAIDA,E DIGO MAIS,QUEM SENTIU DUVIDA EM SUA MENTE A RESPEITO DA MACONARIA É. BOM IR ORAR.

    • Leiam isto: Ezequiel 8: 4 E levou-me à entrada da porta da casa do Senhor, que está do lado norte, e eis que estavam ali mulheres assentadas chorando a Tamuz.

      15 E disse-me: Vês isto, filho do homem? Ainda tornarás a ver abominações maiores do que estas.

      16 E levou-me para o átrio interior da casa do Senhor, e eis que estavam à entrada do templo do Senhor, entre o pórtico e o altar, cerca de vinte e cinco homens, de costas para o templo do Senhor, e com os rostos para o oriente; e eles, virados para o oriente adoravam o sol.

      17 Então me disse: Vês isto, filho do homem? Há porventura coisa mais leviana para a casa de Judá, do que tais abominações, que fazem aqui? Havendo enchido a terra de violência, tornam a irritar-me; e ei-los a chegar o ramo ao seu nariz.

      18 Por isso também eu os tratarei com furor; o meu olho não poupará, nem terei piedade; ainda que me gritem aos ouvidos com grande voz, contudo não os ouvirei.

      Eles estão dentro dos átrios da casa do Senhor, estão infiltrados nas igrejas, para enganar a muitos até mesmo os escolhidos, tenham cuidado com certos “pastores” que na verdade são lobos cruéis e devoradores. O lugar deles é no inferno e D’us não poupará, nem terá piedade ainda que gritem.

  12. VCS SÓ FALAM BESTEIRA

  13. Deus é a única estrela do Universo? Não tem vergonha de falar isso não?

  14. Delson Ferrer disse:

    Isso só está acontecendo, por causa do desejo de ganhar dinheiro. O homem tem de largar esse negócio de juntar dinheiro com religião.

    • Também acho que é isso. Nunca em minha casa deixaremos de servir ao Senhor. Eu não sirvo a homens e suas ideias discriminatória. Quando me Jesus voltar o coração de todos serão examinados, é Ele que sonda nossas intenções.

  15. José robérto dos santos. disse:

    IRMÃO, SE O SR: JESUS É (CABEÇA) O NÓSSO SALVADOR E NÓS SOMOS (CORPO) SUA IGREJA, NÃO PRECISAMOS DE OUTRAS ORGANIZAÇÕES

  16. Religiões Abraãmicas são as religiões monoteistas cuja origem comum é reconhecida em Abraão ou o reconhecimento de uma tradição espiritual identificada com Ele. As três principais religiões abraãmicas são, em ordem cronológica, o “Judaismo, o Cristianismo e o Islamismo”. Então, vemos que todas tem uma origem em comum.
    Os cristãos em geral imaginam que nenhuma religião transmite tão bem como a sua as virtudes do “amor e do perdão”. A verdade é que afirmam ter sido transformados pelo amor de Cristo, no entanto, são intolerantes a críticas, de uma intolerancia tão profunda, até mesmo assassina . Tal ódio recebe considerável apoio da bíblia. Os cristãos mais mentalmente perturbados, sempre citam capítulos e versículos bíblicos.
    Cada experiência que um ser humano pode ter, admite uma discussão racional sobre suas causas e consequências.
    Há várias fontes de irracionalidades que não as religiosas, claro; mas nenhuma delas é louvada tão fortemente quanto a fé, que não adminte qualquer tipo de discussão. Mesmo que haja boas razões para acreditar em fenômenos paranormais, vida alienígena, reencarnação, poder de cura pela oração, ou qualquer outra coisa, nossa credulidade deve corresponder às evicências. A doutrina da fé nega isso.

  17. Felipe Viana disse:

    Bem Tenho 18 anos, sou Pregador, Evangelista e sou da Ordem Demolay que Antecede a maçonaria. Para você ser Maçom tem que entender que Deus ele é o único Senhor, a única estrela do universo, enfim, Saber que ele é Deus. Não vejo problema nenhum em ser maçom e fé em Deus, depois da ordem Demolay serei maçom como meu pai que é Maçom e Pastor ligado a convenção da CGADB como eu também faço parte!

    • é. e vai adorar osires. o olho de horus. e constatar que jesus não é o tão falado grande arquiteto do universo. aproveita e diz pros fieis que é maçom. quero ver o que a crentaiada vai achar disso. a coisa é tão boa que nenhum pastor maçom tem coragem de dizer pras ovelhinhas que é maçom.

    • Isso mesmo, meu esposo é maçom e membro dedicado da Igreja. Agora fico eu lá ouvindo que Deus vai colocar ele no estreito por ser maçom! Sabe qual é o resultado? Ele não quer mais ir para o culto de oração e eu estou lutando para manter minha mente focada no Senhor e não confundir o que diz o homem com o que diz Deus.

  18. Verdadeiramente dizendo a lamentável que igreja esteja envolvida com entidades que escondem o que fazer, o apostolo Paulo diz que devemos ser claros como a água, e o próprio Jesus diz que o que se fala as escondidas sejam proclamadas em cima dos telhados, e me desculpe aos que defendem dizendo que quem fala mal é pq não conhece, Deus não faz nada as escondidas, e condena tal prática, se é assim pq ocultam, o que será que realmente acontece mas reuniões maçonicas, ou será que tem mesmo algo a esconder, e se são criticados, foram os próprios que provocaram isso por esconder o que fazem, se pensam realmente em serem aceitos pela igreja, então tirem a máscara que cobre, se dizem não fazer nada que Desagrade a Deus.

  19. AFINAL O QUE É A MARÇONARIA DE VERDADE?
    PORQUE TANTOS MISTERIOS? PORQUE AQUELES QUE FREQUENTAM NÃO NOS CONTA COMO É LÁ???? COMO PODEMOS CONFIAR EM ALGO QUE NÃO PODE SER REVELADO?
    M,ELHOR MESMO É ESTARMOS PAUTADOS NA BIBLIA, ESSA SIM É BEM CLARA E TRAZ ENTENDIMENTO AOS MAIS INCULTOS. ESSA´É A PALAVRA DE DEUS, O RESTO É RESTO!!!

    • Renato Teixeira disse:

      Irene, a maçonaria não está competindo com a sua religião. Ela não promete, ensina ou revela caminhos para a salvação da alma de ninguém. A maçonaria trabalha para a vida terrena. Pretende congregar homens que buscam um progresso enquanto homens, para si mesmos, e para seus semelhantes. E esses homens se reconhecem entre si por seus gestos e palavras, e a humanidade os reconhecem pelas suas obras. Não há conflito cabivel entre maçonaria e religião, pq são coisas diferentes, com propósitos diferentes. É que nem teoria da evolução com a religião. Não há conflito nisso. A evolução é meramente como Deus escolheu criar a natureza. É tudo obra do mesmo Deus, único e soberano, e infinitamente mais esperto do que todos nós. Não há como conceber que Ele fosse criar um mundo que não pudesse se adaptar e evoluir. O conflito é apenas sensacionalismo barato para chamar atenção.

      • Caro amigo

        Quem disse que Deus Criou a natureza através da “teoria da evolução”?Outra comparação poderia ser feita. A maçonaria é real, altamente envolvida com a religiosidade, com seus rituais secretos e outros ocultismos, porém evolução é uma mera teoria posta em dúvida continuamente, uma excelente ferramenta para céticos que não acreditam num Deus pessoal, que terão comparecer diante dele no futuro.

    • maconaria e coisa tem ligacao com o coisa ruim,com o adversario de nossas almas.

    • VOCE JA PARTICIPOU DO (ECC) “ENCONTRO DE CASAIS COM CRISTO” DA IGREJA CATÓLICA, TENHO CERTEZA QUE NÃO SABE PORQUE? PORQUE TODOS QUE PARTICIPAO DESSE ENCONTRO SÃO PROIBIDOS DE FAZER QUALQUER TIPO DE COMENTÁRIO DO QUE ACONTECE LÁ (ISSO PARA NÃO TIRAR A SURPRESA DE OUTROS
      PARTICIPANTES) ASSIM É A MAÇONARIA TALVEZ SE FOSSE TOTALMETE ABERTA NÃO HAVERIA TANTOS COMENTÁRIOS ABSURDOS, IDIOTAS E SEM SENTIDO. PRA VOCE QUE É DESENFORMADO NA MAÇONARIA EXISTEM REINIÕES ABERTAS AO PÚBLICO AGORA, SE VC FICAR ESPERANDO UM MAÇON IR ATÉ SUA CASA LHE BUSCAR PARA ASSISTIR ESSA REUNIÃO ESPERE DEITADA POIS ISSO NUNCA VAI ACONTECER.

  20. O Cenário do Pior Caso Ocorreu na Convenção Batista do Sul dos EUA

    Em 1992-1993, a Convenção Batista do Sul dos EUA investigou a Maçonaria e publicou um estudo intitulado A Study on Freemasonry e o relatório A Report on Freemasonry, que continha a seguinte recomendação:

    “À luz do fato que muitos dogmas e ensinos da Maçonaria não são compatíveis com o Cristianismo e com a doutrina batista sulista, enquanto outros são compatíveis com o Cristianismo e com a doutrina batista sulista, recomendamos, portanto, que de acordo com as profundas convicções da nossa denominação com relação ao sacerdócio dos crentes e à autonomia da igreja local, a participação como membro da Ordem Maçônica seja uma questão de consciência individual. Portanto, exortamos os batistas sulistas a avaliarem cuidadosamente a Maçonaria, com muita oração, à luz do senhorio de Cristo, dos ensinos das Escrituras, e das análises deste relatório, sob a direção do Espírito Santo de Deus.”

    O estudo e o relatório foram produzidos pela Junta de Missões Nacionais (Home Missions Board) da Convenção Batista do Sul dos EUA. Os membros da Junta (aproximadamente oitenta pessoas) foram notificados por escrito da existência de um salvador maçônico antes de revisarem o relatório, que continha a recomendação que a participação como membro fosse uma questão de consciência pessoal. Mesmo com a evidência direta que a Maçonaria tem um salvador secreto, os membros da Junta votaram e aprovaram a posição herética. O relatório foi levado diante de toda a Convenção em 1993 e aprovado pelos mensageiros das várias igrejas. Nesse ponto, a Convenção Batista do Sul, como denominação, votou continuar permitindo que os maçons usem as igrejas como uma cobertura enquanto se reúnem em segredo na loja para ensinar salvação com base na imitação de Hirão-Abi. Desde aquele tempo, a Junta foi renomeada como North American Mission Board (Junta de Missões Norte-Americanas). A NAMB distribuiu o relatório emitido pela HMB após a mudança de nome.

    A maioria das igrejas que fazem parte da Convenção adotou a posição e continua a permitir que os maçons não somente sejam membros, mas também pastores, diáconos e professores nas congregações. Um número relativamente pequeno discordou do estudo e do relatório e tomou uma posição contrária à Maçonaria. Algumas igrejas excluem os maçons do rol de membros. Outras os excluem dos cargos de liderança, como se fosse aceitável para os membros reunirem-se nas lojas e participarem em rituais que ensinam salvação com base em outro salvador.

    A Igreja Batista de Northside, em Indianápolis, é uma congregação representativa da SBC que decidiu apoiar e até mesmo defender a Maçonaria. Ela fez isso, embora tenha visto evidências que substancie a existência de um salvador maçônico. A liderança examinou exemplares dos Monitores Maçônicos, incluindo o Kentucky Monitor, que diz que Jesus é o salvador dos cristãos, enquanto que Hirão-Abi é o salvador dos maçons. A congregação recebeu diversas correspondências que documentavam os fatos. Nosso folheto Devemos Ignorar o Salvador Secreto Deles Para Manter a Unidade na Igreja? foi oferecido àqueles que estavam no cadastro de mala direta da igreja. Além disso, foram oferecidas cópias xerográficas dos Documentos da Grande Loja, que documentavam a existência de um salvador maçônico, Hirão-Abi. Uma carta final foi publicada no nosso boletim informativo e enviada para eles durante o mês de setembro de 1999. Um cópia do Boletim Com Documentos de Apoio, que substancia a natureza luciferiana da Maçonaria e a existência do salvador maçônico pode ser obtida no formato PDF em nosso site. Permitimos a duplicação do documento.

  21. Vamos lá, uma coisa que é oculta, obscura e que não é aberto ao público assim deve ser trem que não presta. Eles chamam para entrar na maçonaria só pessoas ricas e bem sucedidas, então minha gente, se fosse na época de Jesus, Ele mesmo não poderia entrar porque era pobre de uma família bem humilde, e agora??? O que vcs tem a dizer disso? Não podemos nos enganar com pessoas que se dizem boazinhas e que ajudam o próximo fazendo caridade. “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”.Biblia Sagrada, a única regra de fé e prática, não podemos nos esquecer das artimanhas do diabo para se possível tentar enganar até os escolhidos de Deus.

    • Após, pacientemente, ler os comentários, não pude me calar diante desta espécie de argumentos. Seria ultrajante.

      Preliminarmente, para deixar claro, explicito que ainda não sou maçom, mas recebi um convite para ir à uma iniciação. Assim, por ter bases doutrinárias cristãs batistas, oriundas de um lar cristão, onde meu pai sempre fora professor de EBD e há 7 anos é pastor e, também, onde batizado fui aos 7 anos de idade (hoje tenho 31), estou procurando subsídios para uma tomada de decisão lastreada em argumentos de ambas as partes, atento ao princípio do “audiatur et altera pars” (ouça-se também a outra parte) além de há, no mínimo, 10 anos estar lendo algo à respeito do assundo.

      Assim, ao ler “uma coisa que é oculta, obscura e que não é aberto ao público assim deve ser trem que não presta.”

      Ponto 1 – “Deve ser”: Prova a sua ignorância no assunto. Vc não sabe sé é bom ou ruim. “Deve” é juízo de possibilidade, não de certeza. Se vc acha correto o julgar-se apenas baseado em juízo de possibilidade, consequentemente acha correto te condenar por um crime – um homicídio, tenha-se por exemplo – desta forma. Ou até juízos sobre sua capacidade intelectual. Trocando-se os atores, vc acha certo que eu pense “uma pessoa que dá opiniões sem saber profundamente algo e escrevendo diabo com letra minúscula deve ser burra.” Estaria correto em pensar assim? Estaria a razão a meu favor?

      Ponto 2 – “Eles chamam para entrar na maçonaria só pessoas ricas e bem sucedidas”. Mais uma vez, a prova da sua ignorância no assunto. “Só pessoas ricas e bem sucedidas”. Só? A título de exemplo, hoje, pela manhã, estava a conversar com um maçom aqui do trabalho e, tenha certeza, minha irmã, ele NÃO É rico. Desta forma, este argumento não encontra qualquer eco na realidade.

      Ponto 3 – “Então minha gente, se fosse na época de Jesus, Ele mesmo não poderia entrar porque era pobre de uma família bem humilde, e agora???” Quem te disse que Jesus era pobre e bem humilde? Procure estudar mais o elemento mais importante da sua – da nossa, na verdade – própria fé. Jesus não era nenhum “bem humilde”. Não se engane com nascimento em manjedoura como sinônimo de pobreza, pq, reputo que vc saiba, José e Maria estavam procurando um lugar para se hospedar, ou não? Assim, seu nascimento na manjedoura foi por uma questão de, digamos, ‘overbooking’, não econômica. Em outros termos, ele não nasceu num quarto normal pq não tinha vaga. Não pq sua família não tivesse condições. Segundo, não se engane pq José e ele eram Carpinteiros. Hoje, talvez, a Carpintaria não seja uma profissão de expressão social tal como gozam um Advogado ou um Médico, p.e.. Naquela sociedade, um Carpinteiro seria, APROXIMADAMENTE, hoje, um elemento de Classe C. Nem rico, nem pobre.

      Cuidado, minha irmã, com seus julgamentos. Não julgue sem saber.
      Antes, estude a respeito.

      Se vou aceitar ou não, vai ser do que vou analisar.

  22. MATEUS 6:33 PORTANTO PONHAM EM PRIMEIRO LUGAR NA SUA VIDA O REINO DE DEUS AQUILO QUE DEUS QUER, E ELE LHES DÁRA TODAS ESSAS COISAS. "OREM PELA VIDA DELES PARA QUE SI CONVERTAM E ACEITEM JESUS COMO UNICO E SUFICIENTE SALVADOR"

  23. Edson Vitorino disse:

    estou pasmo , com a quantidade de pastores renomados sendo enganados. aqui no rj mesm tem varios.. sujeira pura mas DEUS vai cobrar deles

  24. Então a denominação cuspiu no prato em que comeu no passado? Interessante, ainda mais para calvinistas, pois tanto fará para efeito de salvação ser ou não maçom, afinal isso foi decidido por Deus antes da fundação do mundo não é mesmo?
    Ou Simonton e outros eram perdidos? Sim, porquê agora dirão que se alguém for para maçonaria é porque não era predestinado e se sair renegano aí então estará salvo. Esses concílios sempre foram grandes produtores de erros históricos vela a igreja romana com editos e concilios oque se tornou no pasado, e agora se mostra bem mais razoavel até mais que muitos evangélicos em suas posições. Fui.

  25. Vi alguns defendendo a maçonaria, só faço uma pergunta a estes, se a maçonaria é a melhor coisa do mundo para que tanto segredo? Se é só um grupo que promove filantropia, porque tudo é tão secreto, e eu te digo que a maioria das coisas que são feitas em segredo é porque é algo vergonhoso, acredito que a maioria dos maçons são inocentes e são os que vem aqui defender porque o real objetivo só a alta hierarquia sabe. são 33 níveis e só os últimos níveis são detentores do conhecimento dos objetivos e metas e os outros são manipulados, o diabo é ardiloso, pois para conseguir que até os crentes trabalhem para a causa dele… Abram o olho.

    • Renato Teixeira disse:

      Esses “segredos” são tradições que remontam a uma época anterior a Cristo. A maçonaria vive um rito que é baseado na construção do templo de Salomão. É apenas um rito, que encerra verdades que se o homem as encontra em seu coração, ele se torna um homem melhor. Como se diz: “Maçonaria é um sistema de moralidade ilustrado por símbolos e velado por alegorias”. Esses segredos também servem um duplo propósito: são um tesouro que interessa apenas aos iniciados. E eles trabalham para o bem estar da humanidade como um todo, estreitando laços de fraternidade com toda a família humana. É por causa desses “segredos” que, por exemplo, eu tenho certeza que o tal Tio Chico nunca foi maçom. E sei também que jamais será. Will, abra o seu coração, aprenda a amar o próximo, e a fazer o bem, sem olhar a quem. Procure a salvação da sua alma na sua religião, mas trabalha para se tornar um homem melhor em outros lugares. Quem sabe um dia até mesmo na maçonaria?

      • Pessoas sendo manipuladas por satanas na maconaria.Todos esses simbolos que tem na maconaria sao simbolos satanicos.Tudo uns lobos devoradores querendo ferrar com humanidade.Voces acham que os politicos tem ideias de que…sao ideias maconicas,por isso tanta corrupaca.Aprendem a serem bonzinhos com o povo pra depois roubar qdo estiverem no poder,coisa horrivel.Por isso tanta corrupcao no Brasil.

      • É verdade amar o próximo sempre é como disse o outro amigo lá em cima , pessoas boas e más tem em todo lugar cabe a nós seguir o caminho não sou maçom creio confio em Deus e vou falar porque a maçonaria um irmão sempre ajuda o outro ? Se todas as religiões fosse assim seria tão bom um irmão ajudando o outro .

  26. Meus irmãos e irmãs. Pura bobagem. Sou maçom. Meu avô era pastor e foi maçom a vida toda (foi um dos homens mais santos e justos que jamais conheci). Não existe nada na maçonaria que contrarie a fé cristã. Muito pelo contrário. A maçonaria é uma instituição que só aceita em seu meio pessoas com conduta ilibada e caráter apurado. Pessoas que estejam dispostas a tudo visando o bem da sociedade e do mundo. Trabalhar em prol da humanidade e trabalhar por uma sociedade mais justa, fraterna e com justiça e igualdade para todos é um ideal nobre mas algo que nem todas as pessoas estão dispostas a fazer. Cuidado em julgar os outros pois no julgamento diante de Deus “tudo o que fizemos de bom ou mal” será revelado. Busquem conhecer melhor antes de ficar fantasiando ou se posicionando a favor ou contra a maçonaria. Não sei mais acredito infelizmente que a maioria dos maçons possuem a vida mais integra e santa que muitos cristãos que andam por ai.. Por isso talvez nos critiquem tanto..

  27. estou aqui como observadora, sou crista e sei que se de fato a maçonaria fosse algo tao compativel e tao bom nao teriam ocultado de nos a verdade… os ensimento de Cristo e maçonaria nao tem nehuma compatiblidade, Pike mesmo associou Jesus como mais um revolucionario…

  28. Marcelo Machado disse:

    Tenho certeza que todos os que aqui condenam e julgam estão livres do pecado! Certamente andam conferme a lei de Deus e podem atirar a pedra que cumpre com o castigo ao que foi julgado. Fala tanto em Deus e mas fazem o contrário do que ele diz: julgam seu semelhante se justificando justamente nas palavras que interpretam ao seu bel prazer desta forma se intitulando arautos da justiça divina. Que Deus tenha piedade sim , mas destes que aí acima , em seus comentários pseudo-cristãos falam do que desconhecem e julgam seus semelhantes como se tivessem a procuração de Deus.

    Piedade para estes!!!

  29. Tenho certeza que todos os que aqui condenam e julgam estão livres do pecado! Certamente andam conferme a lei de Deus e podem atirar a pedra que cumpre com o castigo ao que foi julgado. Fala tanto em Deus e mas fazem o contrário do que ele diz: julgam seu semelhante se justificando justamente nas palavras que interpretam ao seu bel prazer desta forma se intitulando arautos da justiça divina. Que Deus tenha piedade sim , mas destes que aí acima , em seus comentários pseudo-cristãos falam do que desconhecem e julgam seus semelhantes como se tivessem a procuração de Deus.

    Piedade para estes!!!

  30. …disse o Senhor…aquele que quizer vir após mim deve negar a sí mesmo…se não consigo negar uma uma pratica ocultista e estranhamente secreta…não sou digno do meu Senhor…tenho pena destes pobres coitados que perecem em suas paixões tolas que beiram a bestialidade humana!o Senhor vem…e ai saberemos se um maçom estara do seu lado direito ou esquerdo…o Senhor conhece os seus…quem não o amar acima de qualquer conceito ou princípio jamais habitara em seu redil..maranata!

  31. só mente jesus é o caminho a verdade e vida , o resto é engano!

  32. Vocês esquecem que nossa luta não é contra carne ou sangue, mas espiritual e nosso inimigo é inteligente, sábio, paciente e o maior estrategista que já existiu depois do nosso Deus Jesus o Cristo.
    Diferente de Satanás, nosso Deus não manipula os seus filhos, mas os deixa viver suas escolhas, talvez por isto muitos erram e se entregam a prazeres.
    Satanás manipula o evangelho através daqueles que o permitem.
    Sejamos santos, busquemos o perdão a cada dia, para que as máscaras colocadas em nossa presença possam cair…

    Deus abençoe a todos, justos e injustos!

  33. Rodrigo Mendes disse:

    Vocês esquecem que nossa luta não é contra carne ou sangue, mas espiritual e nosso inimigo é inteligente, sábio, paciente e o maior estrategista que já existiu depois do nosso Deus Jesus o Cristo.
    Diferente de Satanás, nosso Deus não manipula os seus filhos, mas os deixa viver suas escolhas, talvez por isto muitos erram e se entregam a prazeres.
    Satanás manipula o evangelho através daqueles que o permitem.
    Sejamos santos, busquemos o perdão a cada dia, para que as máscaras colocadas em nossa presença possam cair…

    Deus abençoe a todos, justos e injustos!

  34. Secreto e oculto, não têm nada a ver co "ocultismo" Quanta idiotice!
    Quem dera 10% dos pastores tivessem a integridade moral dos maçons. Nunca vi notícias de maçons molestando crianças, roubando ignorantes ou vendendo curas e milagres…

    • Já vi muitos enganando… será que serve? Onde esta a justiça baseada em Salomão? Pq existem níveis, fica obvio que maçons descem ou sobem (níveis) de acordo com seus atos… e todos sabemos… muitos descem!!! O pecado é humano o perdão é divino. Acho extrema hipocrisia julgar por ser pastores.

    • …a questão é:a maçonaria esta ligada a um objeto de adoração?esta adoração(Pike a enuncia)tem o objetivo de prestar culto a quem?o grande problema é que a gde maioria dos maçons não conhecem a maçonaria!!os poucos que a conhecem…mantém os demais sob a égide da mentira…conclusão…tolos são os que se submetem a uma sociedade,onde apenas uma minoria conhece a verdade!uma tolice colossal!

    • alexandre quem estafalando idiotice e´voce
      voce ja leu a biblia?
      ou voce fala daquilo que voce acha?
      todo ser humano tem a obrigaçao de obedecer a deus
      so existe um caminho para a salvaçao
      que e jesus cristo
      !!!!!!!!!!!!!

  35. primeiro eles criticam condenam, depois fazem parte de tudo que antes eles condenavam. o pior de tudo são os argumentos sem base.quando eles querem condenar eles podem, mais quando as criticas chegam pra eles, logo se ouve não julgue, não toque no ungido.ridiculo a postura desses ¨homens de Deus.¨o pior que eles tem bastante influência sobre seus seguidores e ainda vai ter deles aqui defendendo. povo não se iludam com palavras ditas de forma sábia pensam, reflitam se essas palavras são sabias para o seu crscimento espiritual ou se apenas para justificar aqueles que não se conformam em buscar só a Deus. pensem vocês não são robós Deus deu a todos a capacidade de pensar e dicernir. somos livres temos capacidade não se iludam. ou se busca a Deus ou os prazeres desste mundo a escolha é nossa.

  36. e um absurdo pastores que falam em Jesus, partilhares de reunioes que pregam e creem e praticam ocultismo,
    magia e outras praticas que nao vem de Deus que vendem sua alma em troca das riquezas que logo passam.

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 455,289 comentários no Notícias Gospel.