64% dos cristãos usam redes sociais para evangelizar, revela pesquisa inglesa

0

De acordo com o Charisma News, uma pesquisa sobre o comportamento cristão on-line revela que evangélicos do Reino Unido usam cada vez mais as redes sociais para compartilhar a fé.

Entre os 700 cristãos entrevistados, 84% concordaram que o espaço on-line foi um enorme espaço de missão, e 64% disseram que usavam redes sociais como o Facebook, Twitter e YouTube.

O estudo mostrou que não apenas os jovens eram alcançados, mas pessoas de todas as faixas de idade. 71% das pessoas postavam links com conteúdo cristão de valor missional, enquanto 73% postavam ou criavam um atalho para o conteúdo de compartilhamento da fé.

No entanto, os jovens têm mais chances de ter amigos não-cristãos e são mais ativos quando compartilham sua fé cristã, respondendo por 87% das pessoas que evangelizam intencionalmente na faixa etária dos 16 aos 18 anos.

Também entre os entrevistados, 79% concordaram que a melhor maneira de evangelizar era através de relacionamentos.

Apesar dos números positivos para as redes sociais, apenas 25% dos entrevistados disseram que sua igreja encorajava a evangelização on-line, enquanto 78% opinaram que as igrejas deveriam ser mais ativas nas redes sociais. Entre os pontos que eles acreditam que incentivariam o uso da internet, seriam mais orações e treinamento das ferramentas para abraçar os canais on-line abertos à igreja.

A pesquisa foi realizada para coincidir com o lançamento do portal yesheis.com, uma nova plataforma de recursos que possibilita que cristãos compartilhem sua fé através da internet.

Fonte: gospel+

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS

  1. PORQUE NÃO USARMOS MAIS AS REDES SOCIAIS PARA EVANGELZAR? SUGIROS QUE OS DEPARTAMENTOS DAS IGREJAS, JOVENS E ADOLESCENTES FORMEM GRUPOS DE RELACIONAMENTOS NA NET PARA TRANSMITIR A PALAVRA DE DEUS. O ATUAL PRESIDENTE DOS ESTADOS UNIDOS E TA NTOS OUTROS POLITICOS UTILIZAM-SE DESTE MEIO PARA DIVULGAREM SUA CANDIDATURA, PESSOAS E EMPRESAS VENDEM SUAS IDEIAS, PRODUTOS E SERVIÇOS E PORQUE NÃO " LANÇARMOS A REDE NAS REDES"??

DEIXE UMA RESPOSTA