Mundo Cristão

“Amor Horizontal”: conheça o projeto de solidariedade desenvolvido por Carol Celico

Comments (5)
  1. Assunto Reconstrução da Casa da Cidadania, que foi destruída pelas chuvas

    Prezado Senhor,

    Cumprimento-o cordialmente e solicito a Vossa Senhoria, apoio para que possamos reconstruir a sede da nossa entidade que foi destruída pelas chuvas, o telhado da organização era muito antigo e veio desabar com as chuvas, o telhado ao cair comprometeu as paredes e estruturas, sendo necessário a sua demolição, pois colocava em risco a vidas das pessoas que ali buscavam atendimento e ajuda.
    Nossa organização que tem como missão acolher crianças e jovens em risco social e darmos continuidade nos trabalhos sociais e humanitários desenvolvidos pela Entidade, o espaço é aberto ao publico e destinado à implantação de projetos de inclusão social, para famílias empobrecidas de baixa renda ou em risco social, amparar crianças e adolescentes, com projetos com ênfase nas artes, em especial música, teatro, capoeira, aulas de reforço e leitura.
    Nossos líderes, docentes e obreiros são todos voluntários, sem qualquer remuneração, trabalham pelo crescimento espiritual e discipulado de crianças, jovens e adultos que se alistam em nossa base para aprendizado, lutando contra toda e qualquer forma de violência, discriminação, principais problemas encontrados na comunidade, Idolatria, pobreza, miséria, desigualdades sociais, drogas, homicídios, prostituição analfabetismo, crianças e adolescentes vitimas de exploração de mão-de-obra, trabalho e prostituição.
    Nossa Entidade, não tem fins lucrativos ou econômicos, a nossa missão é resgatar a dignidade humana, moral e cultural daqueles que vivem em situação de exclusão social, por meios de programas e atividades que possam inserir na sociedade seres humanos plenamente restaurados em sua civilidade.
    OBSERVAÇÃO: Se no dia seis de Abril já estiver algum evento agendado, o SESC/MG, poderá agendar para qualquer outra data, o importante e sermos atendido

    Cordialmente,

    ANISIO ANTONIO IZIDORO GLEISSON ROBERTO DE MEDEIROS
    Coordenador e Idealizador do Projeto PRESIDENTE
    Contato: (031) 3530.7228 – 9744 60 59 anisioizidoro@ig.com.br Gleisson_mederios@yahoo.com.br
    A Entidade mantém projetos voltados para:
    1) Fortalecimento da cidadania de crianças e adolescentes
    Pautado na Convenção Internacional dos Direitos da Criança e do Adolescente e no Estatuto da Criança e do Adolescente. Seus focos são:
    Saúde e Nutrição:
    Ações curativas e preventivas em saúde (incluindo DST/AIDS) e ações direcionadas à melhoria da situação alimentar e nutricional de crianças e adolescentes, ações voltadas para combate a desnutrição e anemia causados pela fome ou má alimentação.
    Educação:
    Ações em apoio à educação formal e informal (incluindo educação comunitária, exercício da cidadania e melhoria da qualidade da educação) de crianças e adolescentes, além de cursos técnicos e de capacitação profissional para adolescentes;
    Direitos Humanos:
    Projetos que visem auxiliar a erradicação do trabalho infantil, o combate ao abuso e exploração sexual e maus-tratos contra crianças e adolescentes.
    2) Direitos Humanos
    O Projeto pretende fomentar especificamente os direitos das mulheres e de grupos étnico-raciais. Iniciativas em Direitos Humanos que têm como base a dignidade inerente da pessoa humana, fundamentais para o bem-estar do indivíduo e para a existência da liberdade, justiça e paz na região.
    3) Governança e Desenvolvimento Democrático:
    Projetos de caráter comprovadamente comunitário para o fortalecimento da participação popular no exercício do poder, a construção de instituições e práticas democráticas e o aprofundamento dos valores democráticos na sociedade de maneira a garantir que o exercício do poder pelos governos e a gestão dos recursos sociais e econômicos sejam feitas de maneira efetiva, honesta, eqüitativa, transparente e responsável.
    Área de atuação da Entidade: A Comissão de Direitos Humanos, esta sediada no Leprosário da Colônia Santa Izabel, município de Betim, Minas Gerais, desenvolvemos desde 1986, um trabalho de assistência e apoio a vítimas de violações de direitos humanos.
    Atuamos na luta contra todas as formas de violência, fomentando ações de inclusão, proteção e promoção da população mais vulnerável, como famílias empobrecidas, crianças e adolescentes em situação de risco, idosos, dependentes químicos, portadores de deficiências, vítimas de violência institucional e mulheres vítimas de violência, entre outros.

    Procuramos desenvolver atividades sociais na comunidade, que tem como objetivo construir com crianças e jovens que vivem em situação de risco social, caminhos que possam transformar o cotidiano de suas vidas, cercadas de violência, prostituição, miséria, fome, pobreza, condições desumanas, preconceito, discriminação, abandono e uso e trafico de drogas. As armas utilizadas serão a arte, a cultura, o conhecimento, a educação, e a saúde.

    Objetivos

    Reconstruir a sede da nossa organização, para que possamos voltar a prestar nosso trabalhos sociais e humanitários, atender crianças e jovens com projetos de inclusão social, visando diminuir os altos índices de violência, evasão escolar, analfabetismo, exploração de Mao-de-obra, principais problemas encontrados: idolatria, pobreza, muita miséria humana, pobreza espiritual, drogas, álcool, homicídios e prostituição

    A missão da nossa entidade é acolher pessoas que sobrevivem as margens da sociedade, trata-se de um investimento social inovador e da maior importância, causará um impacto social. Não se trata apenas de um projeto social e sim, da oportunidade de superação da pobreza, da miséria, da exclusão e desigualdades sociais.

    Queremos tirar das ruas crianças e adolescentes vitimas da Hanseníase, que estão deixando de ir para a escola, para pedir esmolas pelas ruas e semáforo, varias famílias que passam pela drama da fome, do desemprego, estão colocando os seus filhos para pedir esmolas, enquanto isso eles estão deixando de ir para a escola, aumentando os índices de crianças e adolescentes vitimas da prostituição e exploração de Mao-de-obra e trabalho infantil, evasão escolar, nossa meta é combater a fome, a miséria, a desnutrição infantil e a violência, dar a essas famílias, educação, cidadania, direitos humanos, lazer, atividades artísticas e culturais.

    Nossa meta é acolher 460 crianças e adolescentes com projetos voltados nas áreas de cultura, artes e lazer de dança, musica, teatro, capoeira, contribuindo para a reversão do quadro de limitação, fornecendo uma complementação educacional e cultural adequada para que cada um conheça sua potencialidade e reconheça que a educação é a grande ponte que leva à ascensão social.

    Concluir as obras de uma Cozinha Comunitária, que terá como finalidade acolher crianças e adolescentes que apresentem quadro de desnutrição e anemia, causadas pela fome ou má alimentação, afetando diretamente o crescimento, raciocínio e o aprendizado, tendo como conseqüência a evasão escolar e o analfabetismo.
    Justificativa:

    O projeto é relevante e de grande importância, pois a Casa da Cidadania será um espaço publico aberto ao publico em geral, visando, tirar das ruas e da ociosidade crianças e jovens pobres diminuir e as desigualdades sociais. A missão da nossa entidade é implantar projetos de leitura e reforço escolar, alfabetização para jovens e adultos, alem de oferecer atividades artísticas e culturais (dança, música, teatro, capoeira, judô, bale)

    Prioridades:
    – Amparar Jovens e adolescentes em risco social,
    – Acolher as Mulheres vitimas de preconceito, discriminaçao e violência.
    – Crianças e adolescentes, que ficam pelas ruas pedindo esmolas.
    – Dar dignidade as mulheres vitimas de Lepra, que estão se prostituindo, alegando que estão passando fome
    Objetivos:
    – Combater a fome, a miséria, a pobreza, o desemprego.
    – Melhorar a qualidade de vida das famílias da comunidade
    – Gerar trabalho e renda,
    – Qualificar mulheres chefes de famílias de baixa renda ou em risco social
    – Criar a possibilidade das mulheres e jovens ter uma qualificação, facilitando o acesso ao mercado de trabalho formal ou trabalhar como autônomo.
    – Metas de Desenvolvimento da nossa Entidade
    – a) Erradicar a extrema pobreza e a fome;
    – b) Oferecer educação básica de qualidade para todos;
    – c) Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres;
    – d) Reduzir a mortalidade na infância, combatendo a desnutrição e anemia, causadas pela fome ou má alimentação.
    – e) Melhorar a saúde materna;
    – f) Combater a síndrome da imunodeficiência adquirida, a malária e outras doenças;
    – g) Garantir implantação de projetos socioambientais
    – h) Estabelecer parceria mundial para o desenvolvimento;
    – I) Combater a discriminação, a intolerância e a violência contra as mulheres
    – j) Garantir projetos de qualificação e gerar trabalho e renda
    – l) dar uma vida digna, as famílias da comunidade, muitas sobrevivem em condições desumanas, na mais completa miséria

    Dados Específicos:
    Categoria: Entidades Diversas – Projetos Sociais
    Localização: Citrolândia, Betim, Minas Gerais
    Data prevista para conclusão das obras: 03/07/2013 a 30/10/2013
    Tempo para execução das obras: 90 dias (três meses)
    Faixa Etária: Variado, idade mínima 06 anos.
    Público Alvo: Crianças, Jovens e adultos de ambos os sexos empobrecidos
    Custo total da obra: R$ 15.000,00 (quinze mil reais)

    Contrapartida: A empresa terá um espaço para colocar o seu longo tipo ou logomarca
    Observação:
    Contrapartida da Entidade: A mão-de-obra será realizada por voluntários do projeto como vem ocorrendo desde inicio das obras, não haverá custos ou ônus para a Instituição

    Necessitamos de doações de telhas galvanizadas, estruturas metálicos, tijolos de concreto,portas, janelas, material elétrico e hidráulico, tintas pisos, argamassas, cimento, areia, pedra, brita
    Nossos Valores

    Ser receptivo: Ouvir permanentemente os nossos parceiros e a comunidade envolvida no projeto, agindo com rigor e profissionalismo, para nos adaptar às suas necessidades e construir com eles uma relação sólida e duradoura.

    Responsabilidade: Ter consciência do impacto de nossas ações cotidianas sobre o aprimoramento das condições de vida das populações e nunca esquecer a dimensão social e sociológica de nossa atividade, de maneira a exercê-la com o espírito de busca do bem coletivo.

    Inovação: Com audácia e imaginação, trabalhar para criar os serviços sociais, humanitários e ambientais do futuro, aprimorando nossas atividades través de pesquisa e tecnologia inovadora, a fim de oferecer serviços de crescente qualidade e maior valor agregado, tanto para nossos clientes como para os usuários em geral.

    Desempenho: Agir e investir todos os recursos com rigor financeiro e com objetivo de oferecer projetos sociais, a fim de perpetuar sua atuação e garantir seu desenvolvimento a longo prazo.

    Solidariedade: Deixar de lado os interesses individuais em prol do interesse coletivo e construir com a comunidade e as pessoas que buscam socorro em nossa organização e que as experiências sejam compartilhadas e o sucesso é uma vitória de todos.

    http://www.youtube.com/watch?v=06CdqMG9aHk

    http://www.youtube.com/watch?v=0mR88eOfx34

    http://www.youtube.com/watch?v=uSn_17vUlM4

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *