Sociedade

Ao perseguir igreja, promotor atenta contra liberdade religiosa

Comments (6)
  1. Strong_Wind disse:

    Esse promotor não sabe o que faz… Essa perseguição com o povo de Deus… Que Deus tenha misericórdia dele…

  2. Cinthia Sobreira disse:

    A todos os irmãos em Cristo Jesus, que crêem que Cristo é o único e suficiente Salvador e que professam a Bíblia como única regra de fé e prática, pedimos vossa atenção:
    Os irmãos membros da Igreja Batista Monte Horebe Idependente, localizada no II conjunto de Flores, Alvorada I – Manaus – AM, vêm por meio desta pedir o vosso apoio, através de orações e súplicas ao senhor Nosso Deus, pois estamos sendo perseguidos quanto a nossa liberdade de culto e pasmem, esta perseguição vêm de dentro da nossa própria igreja, estes se utilizam do poder judiciario para atingir o povo de Deus.
    Somos mais de 130 membros atuantes e que buscam uma contínua melhoria de relacionamento com o nosso Senhor Jesus e com o Espírito Santo de Deus, buscando dar honra e Glória ao Pai ao Filho e ao Espírito Santo. Os dons do Espírito têm sido derramado sobre os santos do Senhor, que buscam a Deus através da Palavra e da submissão a vontade de Deus, que nos orienta a pregar o evangelho com avivamento, com entrega, resgatando a igreja de Atos, sem legalismo ou religiosidade, que durante 27 anos de pouco ou nada serviram para crescimento espiritual de nossa igreja.
    No dia 19 de dezembro 2007 por decisão judicial processo 001073655270 disponível para acesso em http://consultasaj.tj.am.gov.br:8080/cpopg/pcpoSelecaoPG.jsp# e pela ação minoritária de 14 irmãos contrários ao avivamento e a independência (oficialmente publicada) de nossa igreja, destituiram da presidência de nossa igreja o nosso líder, amigo e pastor Renato Belizário da Silva Junior, retirando-o da casa pastoral também.
    Estes entraram na justiça com apoio da Convenção Batista do Amazonas, está que por sua vez não teve a dignidade de apurar as acusações mentirosas quanto a quebra de filosofia ou doutrina Batista, passaram por cima de nossos direitos constitucionais de liberdade de culto e o Estado esquecendo sua condição de leigo nestas questões, expediu liminar que deu plenos poderes ao Pr. Teodório Soares de Souza – Diretor Executivo da CB-AM, que em carta entregue por ele, anulou nossa assembléia constituinte e proibiu toda e qualquer assembléia extraordinária e ordinária em nossa igreja, proibiu a continuidade dos estudos bíblicos dominicais que prepara líderes e mestres para as células de evangelismo e consolidação de vidas para o Senhor, até que o processo que eles levantaram contra o Pastor Renato continue.
    Meus irmãos que autoridade tem o Estado, dentro da igreja no tocante ao nosso culto e ordem, o nosso pastor foi retirado de nós e nos impõe a aceitação de um pastor indicado pela minoria de 14 irmãos.
    Por favor, nos ajudem com suas orações, suplicas e jejuns ao nosso Deus, pois não nos conformamos com está situação e não podemos permitir jurisprudência que pode atingir outras igrejas com o mesmo propósito, estamos entrando com recursos e acreditamos que a justiça de Deus prevalecerá.
    Esta semana, a situação se agravou ainda mais, pois o pastor interino auxiliar Laercio dos Santos Ribeiro, assumiu temporariamente no lugar do pastor interino, e por vontade própria, abusando da autoridade a ele confiada, destituiu os 2 ministerios de louvor e adoração da igreja, julgando-nos e tentando nos envergonhar diante uns dos outros, e ameaçou ate de impedir nossa entrada na igreja, pois ele diz ter autoridade pra tal atitude. Será que não temos mais liberdade de ir e vir, que nos é assegurada por lei no Brasil. Onde está a democracia, e a justiça no meio Batista?
    Como alguém que está entre nós a menos de um mês se acha no direito de nos julgar, de nos constranger, se nem ao menos nos conhece o mínimo.
    Estamos buscando ao Senhor e temos consciência de que o estamos agradando, se estamos sendo perseguidos, é por que o inimigo está incomodado, mas o Senhor fará justiça.

    Atenciosamente,
    Irmãos da Igreja Batista Monte Horebe Independente

  3. JC disse:

    Esse promotor deve ter algum desequilibrio mental, e esta precisando ser ministrado e esortado, pois esta claro que Ele ñ esta agindo como tal promotor de justiça e sim como um defesor absoluto de sua crença que até o momento é desconhecida.
    Um cidadão perigoso para a sociedade dado que age de forma fora da visão judicial, e comintençoes pessoais e ñ um representate da Justiça. Deve ser afastado imediatamente de suas funções.

  4. ubiratã disse:

    Não concordo com o advogado de defesa da igreja renascer. Quando a polícia indicia e a imprensa noticia um caso de pedofilia por parte de um sacerdote católico, ninguém diz q a polícia e a imprensa estão perseguindo a igreja católica. Quando um promotor, no exercício do seu trabalho, investiga uma igreja evangélica, tenta colher informações a respeito com um de seus mais notáveis membros, como é o jogador Kaká, a igreja se diz perseguida, é o cúmulo, será q a igreja q obstruir o trabalho do ministério público?

  5. Carlos Campos de Moura disse:

    Com relação ao descrito acima pela Cinthia Sobreira, datado de 17 de Janeiro de 2008 às 09:58:05.

    Infelizmente, é completamente descabido. Solicito aos senhores que investiguem e chegarão a outras conclusões sobre o caso. Não acreditem em tudo o que tentam vender. Infelizmente, pede até oração, jejum pedindo justiça pela injustiça. A que ponto chegamos.

  6. Geilson disse:

    Caro Irmãos com relação ao artigo da irmã Cinthia Sobreia sugiro que façam como os irmãos de Beréia em Atos 17:10-11 no qual eles examinavam as escrituras para ver se as coisas eram assim.
    A paz do Senhor!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *