Bebê com meningite é dado como morto por médicos e ressuscita oito horas depois

0

Um diagnóstico de meningite bacteriana aos seis meses de idade poderia ser a sentença de morte de um bebê, mas seus pais acreditaram que Deus poderia reverter aquele quadro e ele foi curado.

A cura de Daniel Calveti aconteceu, mas de uma forma dramática: ele faleceu enquanto estava internado, teve seu óbito declarado pelos médicos e, após oito horas, voltou à vida.

“Eu fiquei morto por oito horas. E depois de oito horas, Deus tocou meu corpo”, contou Daniel, de acordo com informações da emissora de TV Christian Broadcasting Network (CBN). Ele contou que quem descobriu sua ressurreição após oito horas foram os funcionários que estavam trabalhando na limpeza, que viram os braços e pernas do bebê se mexendo sob o lençol.

“O médico ficou muito assustado e chamou meus pais de novo, dizendo: ‘Eu não sei o que aconteceu, mas Daniel voltou a viver e não conseguimos encontrar nenhum vestígio de meningite em seu corpo. Ele está curado”, relatou.


Meses antes dessa experiência milagrosa, os pais de Calveti haviam entregado o caso a quem poderia intervir: “Eles oraram e disseram: ‘Jesus, sabemos que não caminhamos com você, mas se você curar Daniel, prometemos dedicar ele à Sua obra e nós vamos consagrar a você toda a nossa família'”, narrou.

Com o milagre realizado, os pais cumpriram o compromisso assumido, criando o filho sob o Evangelho. Hoje, já casado e tem três filhos. Por anos ele viveu e trabalhou em seu país natal, a Venezuela, mas decidiu vender seus negócios e partiu, primeiramente, para Porto Rico, onde seus pais moram e frequentam a igreja Fruto de la Vid. Agora, Daniel Calveti é líder de um ministério de adoração no Texas (EUA).

Daniel Calvati e família

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA