Casal é chicoteado em praça pública por ter filho fora do casamento

0

Um grupo fundamentalista islâmico condenou na última quarta feira um casal ao chicoteamento. Sob os preceitos da fé islâmica, o castigo público foi adotado como punição ao fato de o casal ter tido um filho fora do casamento. O caso aconteceu na cidade de Tombuktu, no Mali.

De acordo com a agência AFP, o ato foi assistido por várias testemunhas e depois o casal foi assistido na unidade hospitalar mais próxima.

“Na Praça de Sankore em Tombuktu, um homem e uma mulher receberam 100 chicotadas por terem um filho fora do casamento. Nunca vi nada assim, as pessoas assistiram como se estivessem num espetáculo”, relatou Mohamed Uld Baby, das autoridades locais.

A lei islâmica está sendo aplicada na região desde março desse ano pelo grupo fundamentalista Ansar Dine (Defensores da Fé), que controla o norte do país. O grupo já exigiu às mulheres que usem um véu, além de proibir o consumo de bebidas alcoólicas e de fumar, porém esta foi a primeira punição aplicada em praça pública.

Fonte: Gospel+

SEM COMENTÁRIOS

  1. O islâmismo continua no velho testamento, punindo, julgando, matando, Cristo já veio, perdoou os nossos pecados, e foi morto, e eles ainda estão espera o messias, acreditam mais num profetinha que em Cristo que é Deus, Jesus disse não julgueis para que não sejam julgados, ao invés de chicotear este casal, deveriam pregar a palavra a eles.
    Afinal se Jesus apareceste por lá eles o matariam de novo

DEIXE UMA RESPOSTA