Internacional

China vai submeter pacotes olímpicos a raios X

Comments (6)
  1. Reinaldo disse:

    pela Lei brasileira??

    espere ai Levi…

    qual Lei brasileira diz essa estupidez ai??

    kkkkkk

    agora vc viajou looooonge heim meu amigo Levi… kkkkk

    Levi, não existe em nenhuma Lei do Brasil esse tipo de afirmação.

    vc ouviu essa afirmação de alguém que ouviu de alguém que ouviu de alguém etc. etc. etc…

    e a tomou como verdadeira kkkkk

    mas vou tentar esclarecer para vc, para que vc não passe vergonha navamente blzs…

    vamos lá então:

    No Brasil, temos desde 2006 a Lei Maria da Penha, que é a Lei que fala sobre a violencia doméstica E FAMILIAR.. ou seja é basicamente uma lei que projete as mulheres da violencia masculina dentro do convivio familiar, bastando uma dependencia doméstica ou familiar para que esta lei tenha efeito.

    ou seja.. marido que bate em mulher, pai que agride filhos que dependem dele mas que o ECA já não alcança… filhos que agridem pais, mas que o Estatuto do idoso ainda não alcança etc. etc.

    Esta Lei Levi é de AÇÃO INCONDICIONADA PÚBLICA, ou seja, não depende da representação da vítima, é o MP quem a move independente se a vítima quer ou não representar contra seu algoz…

    mas vou me fazer entender melhor…

    no caso da Sra. Pereira, ela registrou uma queixa por violencia doméstica.. ou seja.. levou ao conhecimento do MP uma agressão que recebeu do marido…

    a partir dai, o MP moveu uma ação contra o Pa$$tor, e durante o decorrer do processo, a Sra. Pereira deve ter se “aju$$tado” com o marido e enviou ao MP uma carta dizendo que não tinha intenção de processar o marido…

    pobre dela… tal documento não tem valor algum.. primeiro porque para se retirar uma queixa em crimes de ação condicionada (que não é o caso) seria necessário ela ir até o MP e demonstrar fisicamente o desejo…

    segundo que em ação INCONDICIONADA PÚBLICA, essa “retirada” de queixa não é possível, ela no máximo poderia ser ouvida pelo promotor de justiça e sua situação analisada para ajudar o Juiz na decisão da pena…

    ou seja Levi…

    pare de espelhar coisas inexistentes que vc ouviu de outras pessoas sem analisar…

    ademais…

    tivemos deputados que chegaram a fazer criticas ferrenhas as Leis e ao processo judicial para defender o Pa$$tor..

    e vem vc aqui dizer que não tentaram defender o bandido kkkkkkk

  2. Reinaldo disse:

    Levi, não existe em nenhuma Lei do Brasil esse tipo de afirmação.

    vc ouviu essa afirmação de alguém que ouviu de alguém que ouviu de alguém etc. etc. etc…

    e a tomou como verdadeira kkkkk

    mas vou tentar esclarecer para vc, para que vc não passe vergonha navamente blzs…

    vamos lá então:

    No Brasil, temos desde 2006 a Lei Maria da Penha, que é a Lei que fala sobre a violencia doméstica E FAMILIAR.. ou seja é basicamente uma lei que projete as mulheres da violencia masculina dentro do convivio familiar, bastando uma dependencia doméstica ou familiar para que esta lei tenha efeito.

    1. Reinaldo disse:

      ou seja.. marido que bate em mulher, pai que agride filhos que dependem dele mas que o ECA já não alcança… filhos que agridem pais, mas que o Estatuto do idoso ainda não alcança etc. etc.

      Esta Lei Levi é de AÇÃO INCONDICIONADA PÚBLICA, ou seja, não depende da representação da vítima, é o MP quem a move independente se a vítima quer ou não representar contra seu algoz…

      1. Reinaldo disse:

        mas vou me fazer entender melhor…

        no caso da Sra. Pereira, ela registrou uma queixa por violencia doméstica.. ou seja.. levou ao conhecimento do MP uma agressão que recebeu do marido…

        a partir dai, o MP moveu uma ação contra o Pa$$tor, e durante o decorrer do processo, a Sra. Pereira deve ter se “aju$$tado” com o marido e enviou ao MP uma carta dizendo que não tinha intenção de processar o marido…

      2. Reinaldo disse:

        pobre dela… tal documento não tem valor algum.. primeiro porque para se retirar uma queixa em crimes de ação condicionada (que não é o caso) seria necessário ela ir até o MP e demonstrar fisicamente o desejo…

      3. Reinaldo disse:

        segundo que em ação INCONDICIONADA PÚBLICA, essa “retirada” de queixa não é possível, ela no máximo poderia ser ouvida pelo promotor de justiça e sua situação analisada para ajudar o Juiz na decisão da pena…

        ou seja Levi…

      4. Reinaldo disse:

        pare de espelhar coisas inexistentes que vc ouviu de outras pessoas sem analisar…

        ademais…

      5. Reinaldo disse:

        tivemos deputados que chegaram a fazer criticas ferrenhas as Leis e ao processo judicial para defender o Pa$$tor..

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *