Brasil

Após defender a união gay, Pastor Ricardo Gondim afirma que sua igreja o aplaudiu de pé

Comments (4)
  1. Em tempo, esqueci de comentar uma coisa. Ele disse: "Um evangélico chegou a dizer, pelo Twitter, que se pudesse arrancaria a minha cabeça". Nossa, mas quanto amor cristão, não é? Dá pra ver que esse "evangélico" realmente segue os ensinamentos bíblicos. Jesus não disse "se alguém te bater na face direita, corta-lhe a cabeça". Esse texto ficaria melhor para a Rainha Vermelha em "Alice no País das Maravilhas". Os cristãos deveriam ser a luz do mundo, pessoas que todos desejassem seguir, exemplos de amor, de paz, de retidão. Não exemplos de violência. Os radicais muçulmanos já cumprem esse papel, agora cristãos também querem fazer o mesmo?

  2. Hã? Quem tem boca fala o que quer…

  3. Sane Almeida disse:

    Concordo em tudo com o Pr. Ricardo Gondim.
    Queria ver se uma seita que sacrifica crianças fosse dominante e obrigasse aos outros seguimentos religiosos a seguir suas doutrinas…
    Independentemente de nossa crença, devemos respeitar a religião dos outros e seus direitos. Nosso país é livre e a constituição federal em seu art.3º diz que um dos seus objetivos é " promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação". A palavra de Deus diz que devemos cumprir as leis, nesse caso é nossa obrigação respeitar e salvaguardar os direitos do cidadão, independente de suas escolhas.
    Se fossemos considerar que só porque ér homossexual ele não tem direitos porque é PECADOR …então, nenhum de nós temos direito à nada!

  4. jussara disse:

    Guia de cegos. anti evangelico isso que ele é….

  5. Marina disse:

    Eu sou cristã e fico indignada com o compartamento de certos cristãos, de fato o Estado é laico e não vai se orientar pela bíblia ou qualquer religião que seja, Não se pode querer que todas as pessoas tenham a mesma convicção, religião, orientação sexual etc.
    O Estado não pode deixar que determinados grupos fiquem sem seus direitos em detrimentos de outros grupos que pensam de maneira diferente, assim teremos uma hierarquia de culturas, onde uma se torna mais importante que outra, temos que respeitar todas as culturas porque elas são diferentes.
    O Pastor está de parabéns, seria muito bom que existissem muitos como eles, uma pessoa muito sábia.
    E pessoas que pensam em agredí-lo não tem um espírito nada cristão.
    Temos que respeitar as diferenças

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *