Ciência & Saúde

Especialistas discutem qualidade de vida para idosos

Comments (2)
  1. Roberto Schiaffino disse:

    Por esse intermédio venho mantendo contato com inúmeras instituições voltadas para a terceira idade. Através artigos das mais diversos fontes tais quais terapêuticas formais; religiosas e até leigas atuantes, são similiares as peculiares respostas e frustrante o lugar comum conclusivo.
    O idoso de mente saudável quer prosseguir doando e, tolhido via de regra por físicas consequentes limitações, deixa-se isolar na redoma protecionista dos múltiplos argumentos de cobertura e amparo – cabível mormente à familia.
    “Onde estão meus iguais?” matuta ele no berço explêndido da exclusão; “o aperto de mãos tão firme como dantes ficou no passado?”
    A integração que consagra e a ele se oferta é pueril devaneio; sobreexcelência destutiva de elementares talentos que definham – inoperantes!
    Aos sessenta e dois anos busco uma fresta, resquício de luz que mantenha-me o viço – sem que a plena certeza do que plantei me venha admoestar.
    Pois onde estão meus iguais?… O presente. onde está?
    Atenciosamente,
    Roberto Schiaffino

  2. marlene almeida disse:

    Presado Roberto Schiaffino muito bom o que li pois estou fazendo minha monografia e o tema que escolhi é este,o que poder me mandar pelo meu email o qual lhe passei agradeço.Será um complemento muito valioso para meu trabalho. Um abraço obrigada.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *