Idosa de 94 anos é batizada nas águas e diz: “Nunca é tarde demais para conhecer Jesus”

0

“Nunca é tarde demais para aceitar Jesus”. Essa observação foi feita por Ophelia White, uma nova convertida de 94 anos de idade, que recentemente foi batizada na Igreja Batista Cook, em Ruston, Louisiana.

Segundo informações do site The Baptist Message, quando Ophelia entrou excitadamente nas águas batismais, disse a seus amigos que observavam a celebração: “Quero que as pessoas saibam que nunca é tarde demais [para ser cristão]”.

Durante décadas, Ophelia acreditava que já tinha um relacionamento com Cristo. No entanto, sua companheira de quarto, Joy Campbell, descobriu mais tarde que White ainda não era uma cristã, uma vez que ela não tinha sido batizada ainda. Depois que Campbell conversou com White sobre assuntos espirituais, White percebeu que ela precisava aceitar formalmente Cristo como seu Senhor e Salvador.

“É inspirador para as pessoas, especialmente para adultos idosos, saber que Deus ainda está tocando os corações mesmo em sua velhice”, disse Todd Free, pastor de discipulado da igreja. “Há muitos outros como a dona Ophelia, que passaram toda a sua vida pensando que conheciam Cristo, mas entenderam mais tarde sua necessidade por Ele”, acrescentou.


“Eu estou orando para que tenhamos outros na nossa congregação, com uma história semelhante, e tenham a coragem de fazer como dona Ophelia. Nós vemos seu testemunho como um presente de Deus para a nossa igreja e somos gratos. Ele nos permitiu fazer parte disto”, celebrou o pastor.

Joy Campbell disse que refletiu sobre seu falecido marido, Henry, com quem ela tinha sido casada por 34 anos, enquanto evangelizava a colega. Durante seu tempo juntos, Henry foi um diácono na igreja, mas admitiu que não tinha feito uma profissão de fé. Aos 64 anos, ele aceitou Jesus como seu Senhor e Salvador. “Fiquei surpresa que ele não era um cristão [batizado] já que ele estava servindo na igreja por tanto tempo. Nós, como cristãos, precisamos perceber que alguns dos nossos estão ativos no serviço, mas não conhecem Jesus [formalmente]”.

A idosa disse que o que aconteceu com seu falecido marido e sua amiga, Ophelia, é um lembrete de que “nunca é tarde demais para se tornar um cristão e que você nunca deve desistir de uma pessoa, [pois] leva tempo, muito tempo”, concluiu.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA