Ig Nobel: Profeta e Pastor famosos são vencedores de prêmio satírico por terem errado a data do fim do mundo

1

O prêmio Ig Nobel, uma sátira ao mais famoso prêmio do mundo, o Nobel, “premiou” ontem na Universidade de Harvard os evangélicos que tentaram prever o fim do mundo. O Pastor pentecostal Pat Robertson, a Irmã Dorothy Martin e o polêmico apresentador de rádio e TV Harold Camping que por vezes divulgaram datas em que o arrebatamento ou o apocalipse aconteceriam.

Segundo os organizadores do Prêmio Ig Nobel, os vencedores são sempre pessoas que “primeiro fazem rir e depois fazem pensar”. Os evangélicos premiados foram vencedores da categoria “Matemática”, por “ensinar o mundo a ter cuidado ao elaborar hipóteses e fazer cálculos”. Segundo o levantamento da organização, Robertson, Dorothy e Harold erraram na previsão do fim do mundo, ao lado de outros homenageados, como por exemplo, a escritora e mística Elizabeth Claire, o religioso coreano Lee Jang Rim, o japonês Shoko Asahara e a ungandense Credonia Mwerinde. Juntos, eles erraram a data do Apocalipse em 1954, 1982, 1990, 1992, 1994, 1997, 1999 e 2011.

Cientistas que ganharam a láurea em outras categorias levaram a piada na esportiva e foram a Harvard para a festa. Mirjam Tuk, da Universidade de Twente (Holanda), ganhadora na categoria Medicina e Makoto Imai, da Universidade de Ciências, vencedor na categoria Química. O vencedor mais aguardado da noite, porém, não compareceu: o Prefeito da cidade de Vilnius, na Lituânia, foi premiado por ter ficado famoso internacionalmente ao esmagar com um tanque de guerra os carros de luxo que ficavam estacionados em locais proibidos.

Fonte: Gospel+


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA