Brasil

Assim como Igrejas Evangélicas, Igreja Católica e Padre Marcelo Rossi constroem mega-templo para 100 mil pessoas

Comments (2)
  1. O templo é a representação visível da denominação: Não Pode constranger pela modéstia.

  2. VERDADE MAXIMA disse:

    TEMPLO É DINHEIRO,COMO JÁ DISSE O PEDIR MACEDO!!!

    Quantos mais templos construirem,mais desculpa terão pra tomar mais e mais dinheiro do povo
    Acorda gado protestante!!!

  3. sofiasafira disse:

    bom dia,
    gostaria de fazer uma visita a voces paar promover o Coral abaixo
    CORAL ORATORIO SOCIETY OF NEW YORK
    PELA PRIMEIRA VEZ NO BRASIL

    Virá pela primeira vez ao Brasil, para duas únicas apresentações em São Paulo, no Auditório Ibirapuera, em 17 e 18 de agosto de 2012, o CORAL ORATORIO SOCIETY OF NEW YORK, um dos mais tradicionais e importantes do mundo, fundado em 1873.
    O Carnegie Hall é a “casa” do ORATORIO SOCIETY, há 120 anos. TCHAIKOVSKY regeu o ORATORIO SOCIETY na inauguração. O ORATORIO SOCIETY estreou obras-primas da música coral e óperas de Liszt; Brahms; Berlioz; Wagner; Tchaikovsky e Saint-Saëns. Na atualidade, foi dirigido por Aaron Copland e Leonard Bernstein. Ganhou prêmios como o Grammy e o medalhão Haendel, a maior condecoração cultural de Nova York. O Prefeito de NY, Rudolf Giuliani, instituiu o dia 7 de maio como o “Dia do Oratorio Society of New York”.
    O regente titular do Oratorio Society, maestro KENT TRITLE, estará à frente do Coral e da Orquestra Filarmônica de São Carlos. No Programa, a Missa em Dó Maior, “Credo” K.257 de Mozart e obras contemporâneas de Aaron Copland, “American Songs”. Além de maestro, Kent Tritle é organista da New York Philharmonic, e é considerado pelo «New York Times» como «o astro mais brilhante do mundo da música coral de Nova York». DAVID ROSENMEYER, Maestro Associado da Oratorio Society of New York, também regerá a Orquestra Filarmônica de São Carlos.
    A ORQUESTRA FILARMÔNICA DE SÃO CARLOS, atuando com solistas e regentes internacionais, recepciona Chefes de Estado e tem estreado obras de autores nacionais ilustres. Irá apresentar-se com quarenta músicos de vivência internacional, sob a direção da maestrina FLÁVIA BOMBONATO, regente, pianista e cantora lírica, com formação nos EUA, Europa e Brasil, experiência internacional em regência e na direção de programas de educação musical. Coordena o Projeto Guri, o mais importante programa de inclusão social do país.
    Um dos pontos altos do espetáculo será a estreia mundial do Concerto duplo “Chameleon”, para Violão, Clarineta e Orquestra, o primeiro Concerto da História da Música com esta formação, de autoria do internacionalmente premiado compositor e maestro brasileiro RICARDO CALDERONI, vindo de Nova York após a apresentação de composições suas no Carnegie Hall, em NY e no Kennedy Center, em Washington.
    Os solistas serão FÁBIO ZANON, Violão e LUIS AFONSO MONTANHA, Clarineta, músicos brasileiros internacionalmente consagrados, que atuarão com a Orquestra Filarmônica de São Carlos.
    Também de autoria do maestro RICARDO CALDERONI, o Coral ORATORIO SOCIETY, em estreia mundial, apresentará a obra coral, “Um Cais para o Caos”, acompanhado pela Orquestra Sinfônica de São Carlos, tendo como solistas JAMET PITTMAN, soprano; MALENA DAYEN, mezzo-soprano; JOHN TIRANNO, tenor; e JOSHUA SOUTH, barítono.
    A letra é de VINICIUS CALDERONI, um dos mais respeitados e promissores talentos da nova geração, destacado musicista e cineasta, autor de inspirados textos, inclusive em teatro, cinema e TV.
    A BRASIL PRODUÇÕES, responsável por esta realização, contou com o apoio do ProaC – Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Estado de São Paulo.

  4. Lella Mendes disse:

    gosto muito da missa do padre marcelo rossi agora com novo templo podemos levar mais pessoas

  5. Guilherme Spindola disse:

    legal nova igreja

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *