Percentual de jovens cristãos que fazem sexo antes do casamento é praticamente igual ao de jovens não cristãos, revela pesquisa

1

Quem ama espera, certo? Ao que parece, isso nem sempre é verdade. A edição de outubro-novembro da revista evangélica Relevant afirma que cristãos norte-americanos solteiros fazem sexo antes do casamento quase com a mesma frequência que os não-cristãos.

O artigo, que tem como manchete a frase “(Quase) Todo mundo já está fazendo”, citou vários estudos que analisam a atividade sexual dos jovens evangélicos. Uma das maiores surpresas foi um estudo de dezembro 2009, realizado pela Campanha Nacional de Prevenção à Gravidez adolescente e não planejada, que incluía informações sobre a atividade sexual.

Mesmo que o estudo não tenha como foco a questão religiosa dos entrevistados, algumas análises adicionais sobre a atividade sexual e a identificação religiosa chamam a atenção. Por exemplo: 80% dos solteiros evangélicos entre 18 e 29 anos afirmaram que já tiveram relações sexuais. Quase o mesmo percentual que os 88% de solteiros adultos não evangélicos, segundo a organização de prevenção à gravidez adolescente.

O artigo destaca os desafios que enfrentam os movimentos de abstinência como o “Quem ama, espera” que alguns anos atrás ficou famoso ao encorajar os adolescentes cristãos a usar “anéis de pureza” como sinal da promessa de se manter castos até o casamento.


No entanto, muitos destes jovens cristãos acabaram esquecendo de seus compromissos de pureza, afirma o artigo da Relevant. Seu autor, Tyler Charles conversou com pessoas como “Mary”, uma evangélica que afirmava realmente desejar esperar até o casamento para ter relações sexuais. Mas ela começou a se envolver sexualmente com seu namorado durante a faculdade, com quase 20 anos, porque sabia que quase todo mundo, inclusive a maioria de seus amigos cristãos, tinha uma vida sexual ativa.

Ela afirma: “Parecia que todos que eu conhecia, os mais velhos e os mais jovens já tinham transado. Na verdade, esperei até mais tempo que a maioria das pessoas que conhecia, incluindo minhas duas irmãs, pois somos todos cristãos e viemos de um bom lar evangélico”.

A revista ainda teoriza sobre por que é tão difícil para muitos jovens cristãos esperarem. Possíveis respostas incluem a saturação do sexo na cultura popular, a prevalência da pornografia e a popular filosofia de vida “faça tudo o que lhe fizer bem”.

A Relevant levanta ainda algo que raramente vem à tona nas discussões sobre os movimento de abstinência: nos tempos bíblicos, as pessoas se casavam antes. A média de idade para o casamento hoje é muito alta. Não é difícil encontrar um cristão solteiro na casa dos 30 ou até dos 40 anos.

Co-autor de “O Credo de Jesus”, Scott McKnight reconhece que jovens cristãos solteiros enfrentam tentações que as pessoas que viveram nos tempos bíblicos não conheceram. Ele explica: “Sociologicamente falando, a grande diferença – ela é monstruosa – entre o ensino bíblico e a nossa cultura é que os casamentos eram arranjados quando as pessoas eram muito jovens. Se você se casar quando tiver 13 anos não precisará passar por 15 anos de tentação”.

Fonte: Pavablog

1 COMENTÁRIO

  1. Eu estou passando por uma fase muito difícil na minha vida, não sei quem está lendo, mas que seja uma pessoa de Deus, espero que Deus também esteja me ouvindo, eu não estou conseguindo ficar mais sozinho, eu já encontrei uma pessoa, e sinto que ela é a pessoa que Deus escolheu para mim, nós dois nos conhecemos a 1 ano e quatro meses, e temos um compromisso de esperar um ao outro, esse compromisso é só entre nós dois e Deus, o pai dela não sabe, e nós dois já tivemos relações sexuais, eu tenho 21 anos e ela 14, e eu quero me casar com ela, não quero só usar ela, eu a amo de verdade, eu sei que muitos falam isso a toda hora da boca para fora, mas ela faz parte de mim, e nós não estamos conseguindo nos segurar, e ela não quer falar com pai dela e entendo, porque o pai dela é muito ignorante, e é capaz até de me matar se ele souber disso, verdade ele é capaz de me bater até a morte, e bater nela, e eu não quero prejudicar ela. O que eu faço?

  2. Irmaozinho… bom dia!!! Estou lendo artigos a respeito do assunto por conta de uma ministraçao cenica que o Senhor colocou no meu coraçao a respeito deste assunto que assola jovens, enfim, cristão solteiros que pelejam por um amor. Irmao… você tem 21 anos de idade e o papo com voce tem que ser de homem pra homem. Primeiro: Você é adulto e ela uma adolescente… é dificil pra todos que hoje namoram segurar a carne, mas o temor ao Senhor, permitirá forças a cada um em situaçoes como essa. A culpa é de quem tentou ou a culpa é de quem cedeu??? Que o Senhor é misericórdia é sim, e que o que diz em 1º Joao 1.9 é real é sim. Mas onde voce estava com a cabeça em trazer uma moça de 14 anos pro seu lado??? Hoje namoro e sei que é preciso ter cuidados, alias ambos, em se tratando de adultos como eu e minha futura esposa, que é uma bençao. Sabemos do que precisamos ter pra sermos fieis um para com o outro: dialogo. Cobertura dos nossos pastores e dos nossos pais. E que Deus perdoa… perdoa!!! Mas infelizmente as consequencias deste ato fará as vossas vidas ficarem mais dificil, pois vou ti dizer algo… momento dificil na vida voce não esta passando ainda. Peço perdao, pois não quero impor um cargo em vossas costas, e longe de mim criticas a respeito, porque sei que é dificil… mas faltou do seu lado um pastor que o orientasse, contanto que voce o procurasse, para lhe mostrar qual é o papo reto pra sua vida em Cristo Jesus. Irmao… e voce que esteja lendo este artigo, tive um relacionamento antes de me entregar a Jesus, com essa pessoa tive relacionamentos antes do casamento, nos casamos e tivemos dois filhos que hoje moram comigo e vezes com a mae, quando se é jovem sei que juntar o fosforo e a caixinha sai faisca mesmo. O Senhor me sustentou firmemente quando ela nos deixou e fará isso contigo tambem. Sou de Cristo a 10 anos e a responsabilidade é maior como a sua tambem irmãozinho, que Deus te dê as devidas forças e que o Espirito Santo, possa lhe ajudar a encarar os fatos tendo os pais dela, seus pais e seus pastores cientes de tudo.

DEIXE UMA RESPOSTA