Mundo Cristão

Juiz quer satisfações sobre os dízimos de Kaká

Comments (7)
  1. Alessando disse:

    Estão certos em fazer a investigação .
    como diria minha Mãe :
    – Quem não deve não teme .
    Mas que diante de tudo isso possam realmenten ver e buscar entender oque Deus pode fazer na vida de alguém .
    E saber que tudo que temos ou somos vem de Deus , acreditem ou não , e que autoridade de Deus é intocável .
    Seja Abençoado

  2. Katia nonaka silva disse:

    Onde ja se viu fazer investigacoes dos dizimos de kaka,ele ta fazendo o certo!!Se esses pastores tiverem desviando o dinheiro e problema deles com Deus,e nao do kaka que tem como provar que o de onde o dinheiro vem!!Isso e um absurdo,cabe a ele decidir se quer continuar a dizimar na Renascer,sendo que ele e membro de la ao que tudo indica!!Ou dar seu dizimo onde ele estiver congregando,isso e perseguicao ao kaka nao a igreja.Deixo aqui o meu protesto!!A paz!!

  3. Cesar disse:

    Não estão certos em fazer a investigação.
    Não há nada de ilícito em dar dízimo, para que ele fiquem fazendo investigações e inquirindo o Kaká desta forma. É abuso de poder sim.
    Não é porque quem não deve não teme que devemos nos alegrar com o cerceamento de nossa liberdade e aceitar novos precedentes como esse.
    A questão é perguntar se a autoridade é sempre de Deus e devemos aprovar tudo que ela faz. Hitler era uma autoridade. E tantos outros. Será que eles eram de Deus?

  4. Mário César Alves Ferreira disse:

    Gostaria de me expressar, que agradeço a Deus por existirem pessoas como Kaká. Pois ele é fiel no que acredita e acha certo.
    A bíblia sagrada fala em Malaquias 3, 14 “Trazei todos os dízimos a casa do tesouro para que haja mantimento nela e vereis se não abrireis a porta dos céus e trarei sobre vós benção sem medida”!
    Kaká é um abençoado e abençoador, se ele paga seu imposto de renda, por que não pagaria seus dízimos. Jesus disse dai á César o que é de César e dai a Deus o que é de Deus!”
    Tem jogadores que preferem gastar seu dinheiro com farra e mulheres, e ninguem fala nada, mas quando alguem tem coragem de desgarrar do precioso metal e ajudar a obra de Deus é noticia.
    Kaká parabéns…voce é um orgulho para os evangélicos e o povo de Deus, continue com a tua fé Guerreiro e Deus te abençoará mais e mais.

  5. Paulo disse:

    Eu acho que deveria ser TERMINANTEMENTE PROIBIDO, qualquer igreja, receber dinheiro. PROIBIDO. Acho que só poderia receber doações em forma de algum tipo de titulo, ou CArta de Crédito, que SÓ poderia ser usado mediante a fiscalização governamental. Ou bens que NÃO PUDESSEM SER VENDIDOS, ou usadmos como “moeda”. Dai essa palhaçada acabava. E outra. Igreja tinha que prestar contas e pagar imposto, SIM. Pq não ?

  6. jose oliveira disse:

    Existem juízes,assim como muitos outros profissionais, que gostam demais de aparecer.O Kaká é um membro da Igreja Renascer, assim como poderia ser o Bill Gates ou qualquer outro milionário e famoso.Não tem nada a ver com o processo contra a Igreja Renascer, o envolvimento pessoal de qualquer de seus membros.O cristão devolve no altar o dizimo e do altar para dentro da Igreja a responsabilidade pelo bom uso dos dizimos recebidos é do pastor,do bispo ou dos líderes da Igreja.Eles é que prestarão contas à Deus e em alguns casos, quando existe desvio de conduta,as autoridades humanas.Vincular o craque Kaká com o processo da Igreja além de jogo sujo e baixo nível é caso de Corregedoria do Judiciário, para advertir o juiz de seu erro de interpretação.Kaká devolveu durante o ano R$2.000.000,00 de dízimo ao Senhor e não ao Bispo x ou o pastor y.Ele tem certeza que dos R$20.000.000,00 que recebeu, Deus o recompensará com bençãos sem limite.Kaká é amigo de Deus e apenasw respeita seu pastor ou bispo que é autoridade no mundo espiritual.Quando o que está investido da autoridade espiritual fraqueja na carne,é claro que deverá ser punido também pela carne, não cabendo contudo a quem não tem autoridade no tribunal dos homens,ficar julgando os líderes da Renascer até transitar em julgado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *