Diversão

Livro Fé e descrença traz à tona temáticas das crises de fé e das decepções

Comments (2)
  1. Por que para uns acreditar é tão natural como respirar e para outros, uma luta emocional e intelectual que no fim não vale a pena? À medida que o conhecimento avança e os fenômenos naturais tornam-se conhecidos, Deus deixou de fazer parte da resposta. E se nem mesmo a milenar questão do mal consegue ser resolvida, a razão confronta: existe Deus?

    Ruth Tucker decidiu caminhar pelo terreno movediço que separa a fé e a descrença, revisitando teólogos, filósofos e cientistas que conviveram com a dúvida intermitente ou colocaram Deus em xeque. Também ouviu relatos daqueles que viram sua fé desmoronar, mesmo tendo acreditado fervorosamente, por não conseguir conviver com o perturbador silêncio de Deus e com a indiferença dos cristãos que os cercavam.

    recomendo…

  2. Lucio disse:

    Falar em Deus é sempre uma situação difícil. Quem estuda ou já estudou o Evolucionismo não pode se dar ao luxo de acreditar em possibilidades inexistentes. A moral “divina”, que deveria ser uma lei universal, retrata um mundo onde o mais forte sobrevive. O Deus bíblico nos convoca ao amor, mas não é o amor que enxergamos na natureza: é uma guerra. Uma violenta guerra pela sobrevivência. Como ter fé em algo que não é mais sensanto que a própria justiça humana? Por que os animais morrem de forma tão violenta e tão cruel? Depois de meditar longamente, verificamos que Deus das qualidades bíblicas não está fisicamente na natureza. Se não sabemos onde ele está, sabemos que ele está apenas na Bíblia e é somente poesia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *