Pastor Marco Feliciano afirma que ameaça de cassação do registro da psicóloga Marisa Lobo é “perseguição religiosa”

20

A psicóloga cristã Marisa Lobo publicou uma imagem dela em frente ao Conselho Regional de Psicologia do Paraná lendo uma Bíblia, enquanto aguardava para ser ouvida pelas fiscais do CRP, e afirmou estar lendo seu manual de ética enquanto aguardava.

Marisa Lobo recebeu ultimato do Conselho para que retire de seus perfis em mídias sociais toda e qualquer menção à sua crença pessoal de fé, caso contrário, terá seu registro profissional de psicóloga cassado. As denúncias contra ela teriam sido feitas por ativistas homossexuais, e outros, favoráveis por exemplo, à legalização das drogas.

Ela afirmou que durante uma conversa questionou as fiscais se elas teriam exemplos de casos de dependentes químicos que foram curados apenas pela psicologia: “Quando mandei que me dessem um exemplo de cura da dependência química só pela ajuda psicológica, ficaram em silêncio, eu disse que conheço centenas de casos, falei das estatísticas das comunidades e serviços que trabalham a fé, e dos meus 15 anos de trabalho na área vendo os milagres da transformação, apenas por dar essa oportunidade às mães e usuários de saberem que existe um Deus que pode tirá-los desse lixo que a psicologia não tem conseguido. Claro que a situação ficou mais crítica”, afirmou em relato reproduzido no site do ativista Julio Severo.

O pastor e deputado federal Marco Feliciano prometeu ajudar a psicóloga, e afirmou que amanhã estará reunido com Marisa Lobo e outros parlamentares evangélicos, como o senador Magno Malta, o deputado João Campos, que é presidente da Frente Parlamentar Evangélica, e Roberto de Lucena, para traçar estratégias de defesa.


Segundo relato no blog Nação Pró-Família, o deputado pediu à psicóloga Marisa Lobo provas do processo de cassação que está sendo movido contra ela e afirmou que após a conversa pode “compreender a dimensão e gravidade da situação” que, em sua opinião, “trata-se de perseguição religiosa”.

Indignado, Feliciano prometeu reunir evangélicos e católicos na luta contra a iniciativa tomada pelo CRP: “Convoco toda a sociedade, líderes religiosos, parlamentares, para que se manifestem, pois se trata de uma afronta não apenas à profissional em questão, mas a todos os profissionais que se confessam cristãos, bem como ao Cristianismo em geral (católico, evangélico). O preconceito foi demonstrado por uma fé que tem sido ferramenta social na prevenção, enfrentamento e controle de inúmeros problemas, inclusive de saúde e de violência em toda nação”.

Confira abaixo o relato da psicóloga Marisa Lobo:

“Sobre a mesa colocaram Xerox de recados de twitter, o que me deixou indignada, como poderia estar sendo chamada para discutir ética, por denúncias de ateus, militantes gays, canabistas sem base legal alguma e que claramente me perseguem pelas minhas posições de direito de professar minha fé. Me senti perseguida, ouvi coisas absurdas, uma pressão psicológica que se eu não tivesse sanidade mental, teria me acovardado e desistido de minha fé.”
“Tentaram o tempo todo me vincular a homofobia, deixei claro que processaria todos eles, pois não sou homofóbica, nunca agredi ninguém apenas tinho minhas opiniões, que foram claramente negadas a mim pelas fiscais, me senti tolhida em meu direito de liberdade de expressão.”

Frase que foram ditas pelas fiscais que me indignaram

“Você não tem o direito, não pode se dizer Cristã e psicóloga ao mesmo tempo é ferir o código de ética.”
“Você não pode dizer que Jesus cura, sendo psicóloga,”
“Você não pode se dizer psicóloga e cristã, guarde sua fé pra você, não tem direito de externar para mídia.”
“Você não pode dar declarações que induza pessoas a acreditar que seu Deus cura, como faz em seus sites e blogs.”
“você não tem direito de dizer em público que ama gay, mas quer ter um filho hetero.”

“Me questionaram que eu disse, em uma palestra que não acredito em cura da dependência química sem Deus.”

“Quando mandei que me dessem um exemplo de cura da dependência química só pela ajuda psicológica, ficaram em silêncio, eu disse que conheço centenas de casos, falei das estatísticas das comunidades e serviços que trabalham a fé, e dos meus 15 anos de trabalho na área vendo os milagres da transformação, apenas por dar essa oportunidade as mães e usuários de saberem que existe um Deus que pode tirá-los desse lixo que a psicologia não tem conseguido. Claro que a situação ficou mais crítica.”
“Entendi que, a pessoa pode morrer, na sua frente, mas você como psicólogo não pode em nenhum momento, falar de Deus para pessoa.”

“Contei o exemplo de uma mulher que entrou em meu consultório e me disse:”
“Dê-me uma razão para viver, ou vou sair daqui e vou desistir da minha vida!!!”
“Eu dei, Deus, ela está viva e bem até hoje.”

“E perguntei o que deveria ter feito, já que ela tratava com psicólogos psiquiatras, tinha luto patológico, era depressiva suicida e não tinha vontade de viver, deveria deixá-la morrer então? A dar a ela a chance de acreditar que existe Deus, eternidade. Não souberam responder, enrolaram, e mudaram de assunto.”

“Quando questionei que estavam me pedindo para negar Deus se quiser continuar exercendo minha profissão, elas se olhavam, e diziam: Não é isso, você pode ter sua fé mas não pode externar, guarde pra você, pois está induzindo pessoas a acreditarem em você pela sua influência.”

“Deixei claro que não uso a religião para tratar meus pacientes, não tenho nenhuma reclamação em 15 anos no conselho, eles sabem disso. Então não estava entendendo, porque tanto código de ética. Se com meus pacientes nunca cometi um erro.”

“Sou uma cidadã livre, a constituição me dá esse direito de professar minha fé, fora do meu consultório, elas sempre debatiam dizendo” “como psicóloga não.”

“Quando disse que então seria cassada, pois não negaria minha Fé, uma delas que disse:”
“Você não precisa ser cassada pode abandonar a psicologia”

“Disse que não abandonaria minha profissão, que não estou sozinha, que paguei caro pela minha formação, gastei anos da minha vida, e que não vou abandonar minha profissão, e que pago caro o conselho também elas me responderam:” “então deixe de falar de seu Deus de sua fé.”

“Eu enfrentei e disse vamos para o enfrentamento e cassação.”

“Conforme texto abaixo tenho 15 dias tirar das redes sociais tudo que me ligue a religião, VEJA A MINHA RESPOSTA ABAIXO.

NÃO NEGO MINHA FÉ. TENHO ORGULHO DE SER CRISTÃ.É MINHA IDENTIDADE” TENHO QUE SER RESPEITADA POR ISSO.LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

Fonte: Gospel+

20 COMENTÁRIOS

  1. Isso é absurdamente triste, mas Jesus já havia nos avisado sobre essas perseguições. Acredito que há muita coisa por trás do que podemos ver. As pessoas envolvidas nas denuncias só estão do auto beneficio, pois a Marisa Lobo é uma pessoa de grande influencia, e é contra o aborto e a PLC122. Isso provavelmente deixou algumas pessoas com raiva da Psicologa, e arrumaram logo um jeito de derruba-la. Mas seu escudo é maior do que vocês tolos possam ver. Deus está na frente de seus servos.

  2. “Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e vos perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Alegrai-vos e regozijai-vos, porque será grande a vossa recompensa nos céus, pois foi assim que perseguiram os profetas, que vieram antes de vós.”

  3. Lógico que nunca vou me ater diante de fatos tão cruéis junto aos que seguem a Jesus e a sua Lei. Nossa vitória é garantida por Ele, e já sabíamos destas perseguições. Marisa antevejo seu vencer, pois nosso Deus é maior e é o criador, Ele não te desampará, fé e força…

  4. Bem aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo mal contra vós
    por minha causa.Exultai e alegrai-vos, porque grande é vosso galardão nos céus;porque assim perseguiram os profetas antes de vós.Mt 5;11,12… Estamos cientes de que a nossa luta vai ser muito grande de agora em diante, devido ao crescimento visível do mal entre os povos da terra…Aqueles que tem a fé serão o alvo. Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jeus Cristo.I co 15:57- Missionária vera Fiaes

  5. Marisa lobo deputada federal por Curitiba nas próximas eleições pra o conselho federal de psicologia se rasgar e segurar a onda e assim vamos fechar esse conselho pro gay vamos acabar com esse negocio de cassação de direito deter uma profissão como essa , quem esse conselho pensa que é ? Estamos juntos até o fim @marisalobo fuiiii!

    • O problema é que ela não consegue separa profissão e crença, como psicologa ela deveria se abster de fazer proselitismo religioso usando a posição de profissional da área de psicologia.

      Pois psicologos cristão existem aos montes eu mesmo conheço varios, mas a questão e que a grande maioria não misturas as coisas, sabendo separa sua crença pessoal da vida profissional. Porque a grande maioria dos paciente quando buscam um psicologo, queram exatamente isso um psicologo, e não um pastor ou missionario!

      Um exemplo seria se eu busca-se um medico é em vez de ele me receita-se medicamentos ou marca um cirurgia para me tratar, ele simplesmente realizase um oração ou um oferanda pra os exus, ou seja não faz sentido, pois estou procurando um porfissional da saúde e não um pastor ou pai-de-santo, ou seja, ele tem que execer a função a qual ele buscou formação profissional, se um médico fizesse muito provavelmente também teria seu visto casssado!

      O que o Concelho de Psicologia esta fazendo não é perseguição religiosa, mas sim diciplinando uma profissional da área que está exercendo de forma indevida sua profissão, de acordo com o codigo de ética da psicologia!

    • Afinal se ela quer evangelizar então escolheu a profissão errada, deveria ter escolhido ser pastora, pois a psicologia tem que ser indeferente a religião tanto do paciente quanto do profissional.

      Afinal acho que muito aqui se procurasem um psicologo é este, fosse por exemplo, umbandista ou mulçumano e começasse a pregar a religião dele a você, é quase certo que vocês não iriam gostar de estar tendo sua liberdade de crença invadida por um outro individuo, num momento o aqual você esta buscando a ajuda de um profissional diplomando!

    • Jonathan Almeida da Silva ….Conheço médicos Cristãos que atendem seus pacientes no que diz respeito ao fisico e humano, mas não deixam de ministrar a palavra do Eterno Deus ao coração dopaciente…Eu sou Seguidor de Jesus e já ministrei a muitos enfermos que trataram-se com médios e pelo poder da oração em nome de jesus foram curados…Voces erram porque não conhecem as escrituras e nem o Poder de Deus…Milhares de viciados em drogas e tantos outras vidas envolvidas na area do crime, prostituição, etc…etc…foram libertas e transformadas pelo poder da palavra de Deus ministradas por pessoas de diversas profissões. Fui vendedor muitos anos e durante o exercicio da minha função, ministrava a todos os meus clientes, claro que com respeito e educação, vários se converteram e servem a Deus com alegria em suas atividades seculares…Jonathan, imagine um profissional da sua area, sendo um seguidor de Jesus, ao examinar a radiografia do paciente, constata, por exemplo, um tumor maligno e sendo um Crente na Pessoa bendita de Jesus, e, sabedor que ele tem poder para curar, conversa com o paciente e oa por ele e lhe fala do amor de Deus e este paciente vem a crêr e receber o milagre, não é uma maravilha…Deus nos chama para o seu Reino e presença para servi-lo na função que estivermos, claro que deve-se usar sempre de sabedoria….Abrço Jonathan e que o Senhor jesus fale ao seu coaçao. Abraço

    • Propato Juarez a história dela é a mesma do Silas, apesar da Constituição, profissionais liberais, ficam sujeitos a normas de conduta, próprias de suas atividades, também apoiadas na constituição.
      já imaginou um médico matando, um advogado não defedendo???
      um psicologo tem que ser isento, não tomando partido religioso, racial ou sexual….tem que pensar no bem estar do paciente….já imaginou ela atendendo um paciente de candonblé muito religioso, que fala constantemente de sua fé??
      ou um gay que tá satisfeito com sua sexualidade e fala disto??
      ela vai ser isenta??
      o problema não é ter religião, a maioria tem religião, ela se faz de vítima… é não querer “curar” e converter a todos como vcs querem.
      um abraço

  6. Não devemos esquecer que toda a Escritura Sagrada nos foi dada por inspiração de Deus e é útil para nos ensinar o que é verdadeiro e para nos fazer compreender o que está errado em nossas vidas; ela nos endireita e nos ajuda a fazer o que é correto. Ela é o meio que Deus utiliza para nos tornar bem preparados em todos os pontos, perfeitamente habilitados para toda boa obra. (2ª Epístola a Timóteo cap. 3 vers. 16 e 17) Portanto, Marisa, eu insisto, diante de Deus, e diante de Jesus Cristo, que pregue insistentemente a palavra de Deus em todos os momentos, sempre que tiver a oportunidade, a tempo e fora do tempo, quando for conveniente e quando não for. Corrija e repreenda, estimule a todos os que te ouvem a fazer o bem, e esteja todo o tempo alimentando as pessoas pacientemente com a palavra de Deus e com o seu conhecimento profissional guiado pelo Espírito Santo. Porque chegará o tempo em que as pessoas não suportarão a verdade. Eles recusarão a ouvir aquilo que as Escrituras sagradas dizem e vão querer seguir suas próprias idéias desorientadas. Permaneça, Marisa, alerta e vigilante contra todos estes perigos. E não tenha medo de sofrer pelo Senhor Jesus. Continue levando outros a Cristo. Não deixe para fazer nada que você deve fazer. DIGO ISSO PORQUE ESTAMOS, TODOS AQUELES QUE SÃO CRISTÃOS, CONTIGO MINHA IRMÃ. NESTA HORA EM QUE PUBLICAMENTE SUA FÉ ESTÁ SENDO PROVADA. PERMANEÇA FIRME, PERSEVERE E COM CERTEZA, CRISTO JESUS JA TE DEU SUA VITÓRIA. NÃO DESANIME E SORRIA , PORQUE VOCÊ JÁ É VITORIOSA SEMPRE. (2ª Epístola a Timóteo cap 4 vers. 1 a 5)

  7. Sra. Marisa Lobo e Sr. Marco Feliciano, acredito que os mesmos cristãos que vocês estão convocando a ficar contra a solução acertadíssima tomada por um Conselho que é uma instituição séria, têm o direito de ler pelo menos o texto abaixo:

    "Resolução CFP nº 001/99 De 22 de março de 1999 Ementa: Estabelece normas de atuação para os psi­cólogos em relação à questão da Orientação Sexual. O CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA, no uso de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO que o psicólogo é um profissi­o­nal da saúde; CONSIDERANDO que na prática profissional, in­de­pendentemente da área em que esteja atuando, o psicólogo é freqüentemente interpelado por ques­tões ligadas à sexualidade. CONSIDERANDO que a forma como cada um vive sua sexualidade faz parte da identidade do sujeito, a qual deve ser compreendida na sua to­ta­lidade; CONSIDERANDO que a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão; CONSIDERANDO que há, na sociedade, uma in­quietação em torno de práticas sexuais desviantes da norma estabelecida sócio-culturalmen­te; CONSIDERANDO que a Psicologia pode e deve contribuir com seu conhecimento para o escla­re­ci­mento sobre as questões da sexualidade, permi­tin­do a superação de preconceitos e discrimina­ções; RESOLVE: Art. 1º – Os psicólogos atuarão segundo os prin­cípios éticos da profissão notadamente aqueles que disciplinam a não discriminação e a pro­mo­­ção e bem-estar das pessoas e da huma­ni­dade. Art. 2º – Os psicólogos deverão contribuir, com seu conhecimento, para uma reflexão sobre o pre­conceito e o desaparecimento de dis­cri­mi­na­ções e estigmatizações contra aqueles que apresentam comportamentos ou práticas homoeróticas. Art. 3º – Os psicólogos não exercerão qualquer ação que favoreça a patologização de comportamentos ou práticas homoeróticas, nem adotarão ação coercitiva tendente a orientar ho­mos­sexuais para tratamentos não solicitados. Parágrafo único – Os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades. Art. 4º – Os psicólogos não se pronunciarão, nem participarão de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a re­for­çar os preconceitos sociais existentes em rela­ção aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica. Art. 5º – Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Art. 6º – Revogam-se todas as disposições em con­trário. Brasília, 22 de março de 1999. ANA MERCÊS BAHIA BOCK Conselheira-Presidente"

    O texto deixa claro que a sua cassação não é resultado de perseguição religiosa, mas de denúncias de pessoas que, como eu (que não sou nem homossexual, nem ateísta, nem canabista), ficaram indignadas ao ver uma pessoa que deveria ser uma profissional, ferindo o código de ética de sua profissão (que é tão digna de respeito) e vinculando a ela sua fé (que faz parte do universo privado de cada um), além de espalhar falácias e discursos de intolerância e preconceito pelas redes sociais com a justificativa de que está professando sua fé. Manipular as pessoas desta forma, Sra. Marisa, não é uma atitude cristã. E mentir… não é considerando um pecado?
    Leia então o que a senhora escreveu:

    " (…)Contei o exemplo de uma mulher que entrou em meu consultório e me disse: Dê-me uma razão para viver, ou vou sair daqui e vou desistir da minha vida!!! Eu dei, Deus, ela está viva e bem até hoje."
    Neste momento, a senhora não professou sua fé no seu consultório? Mas, em outro trecho a senhora afirma: "Deixei claro que não uso a religião para tratar meus pacientes".
    Nenhuma das pessoas que lhe denunciaram, nem o CFP lhe pediram que negue sua fé (seja honesta!), queremos apenas que a senhora exerça sua profissão com dignidade ou a deixe apenas para aqueles que sabem fazer isso.
    Sabemos bem que a senhora pagou bem caro pela sua formação (Esse é um problema pelo qual passam pessoas que cursam nível superior em Faculdades Particulares), mas – pelo visto – todo o dinheiro gasto não comprou sua Formação, pagou apenas sua graduação. A senhora compreende esta diferença?
    A sua liberdade de expressão é assegurada, mas isso não lhe dá o direito de ser antiética, intolerante, preconceituosa e falaciosa.
    Sabemos que a homofobia ainda não foi tipificada como crime, o projeto de lei ainda não foi aceito, mas não precisa ser Doutor em Direito, basta apenas bom-senso, para compreender que não é apenas a agressão física a homossexuais que caracteriza a Homofobia!

    Nós, que prezamos pela ética, pelo respeito e pela tolerância, aguardamos ou a sua cassação ou a sua adequação a profissão de psicóloga!

    • Caro, Juarez Melo, não estou interessada em saber o que a Bíblia diZ (com "z", não com "s"), nem em me converter, enquanto HÁ (do verbo haver) tempo. Gostaria apenas que você não questionasse a minha paternidade! HAUSHAUSHAUSHUAHSUS…
      Se meu pai é o diabo ou não, isso não lhe diz respeito. Não acha?! HAUSHAUSHUA…
      Se for, o diabo é bem bonito, viu?!
      HAUSHAUSHUAHSUA…

      Falando sério… vou lhe ajudar: Não se usa mais o termo "homossexualismo", mas "homossexualidade". (Se o senhor procurar saber porquê no google, o senhor vai achar).
      E… não estou preocupada com ameças infantis do tipo: "você vai pro inferno". Se para não ir pro "inferno" preciso ser ignorante, saiba que irei bem alegre pra lá…
      haushaus…
      Boa tarde!

    • Lívia Noronha É muito triste saber que Jesus entregou sua própria Vida na cruz por amor a nós,e ver as pessoas dizerem que vai alegre pro inferno,vc não precisa viver a fé que vivemos,mas não transforme o sacrificio de Jesus em vão foi por amor a vc que Ele fez isso

    • Juarez Melo ,sr. Juarez, devemo nos dirigir com mansidão e amor,para corrigir ou exortar,pois Deus nos deu o livre arbítrio para escolher a benção ou a maldição,a vida ou a morte.o principe deste século cegou o entendimento devido a multiplicação do pecado.

    • Essa foi boa! "filha do diabo". rsrsrsrsrs
      Sendo assim, sou genro do mesmo!
      rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs
      Muito cômica a imagem da senhora "psicóloga cristã" lendo bíblia na frente do conselho! Caro Juarez Melo, Ester Ávila, dona Mariza Lobo e outros adeptos que ridiculamente se sentem perseguidos em sua fé, no texto da lívia, assim como no estatuto interno do CRP da cidade onde mora a dita psicóloga e do CFP, não há em nenhum momento, algum tipo de atentado a vida religiosa desta cidadã, que tem sim como todos nós o direito de manisfestar e professar sua fé garantido pela constituição e em que na mesma garante o direito a vida, liberdade de orientação sexual, étnica e diversidade de credo. Dona Maria lobo, entenda que ao prestar vestibular, para em uma universidade particular, ingressar no curso de Psicologia, a senhora livremente escolheu entrar para um grupo da sociedade que é orientado por um regime, e normas para a atuação para referida profissão. Lembre-se, que a senhora jurou, em uma solenidade ao final de sua graduação, seguir de maneira ética, esse regimento, essas normas e condutas, que acredito que ninguém tenha lhe forçado o juramento. Ao atuar ferindo o código de ética deste grupo, ao qual a senhora escolheu participar, a senhora incita o preconceito e opinião de seus seguidores, que equivocados, e atolados em um lamaçal de ignorância, agridem despretensiosamente, as pessoas que refutam as suas publicações.

    • A menina não falou nada contra essa corja de CRENTE FILHOS DE UMAS PUTAS MAL PAGAS.. Apenas expôs a verdadeira causa pela qual essa VACA vai ser cassada…Ela expôs que ser homosuxual é DOENÇA, O QUE NÃO É.. Que é pecado, e pelas LEIS MÉDICAS, NÃO EXISTE CÉU, INFERNO, O CARALHO A 4… Lívia, você não é minha irmã, meu pai disse que jamais durmiu com sua mãe, mas a família aqui é acolhedora hdsfhdsfhudshudsfhiudsahu

    • Lívia Noronha, que pena lívia vc dizendo de forma irônica ao responder o juares, mas te digo com toda a humildade, msm que ñ acredite na bíblia no seu conteudo, esse é o nosso manual de vida, que pode nos ajudar em nossas vidas tanto pessoal qnt profissional, msm que esteja acima de uma ética profissional, ultrapassando o natural e chegando ao sobrenatural, JESUS MORREU POR NÓS PQ ELE TE AMA MUITO MSM QUE Ñ SINTA ISSO AGORA, MAS ELE TE AMA MUITO SAIBA DISSO, acima de td, DEUS TE ABENÇOE !!!

    • Lívia Noronha ….A Foto de Lívia Noronha declara o tipo de pessoa que é, mesmo se expressando muito bem em seu português, declara sua arrogância e fetiche nas suas palavras. Bem minha cara senhora ou senhorita, qual seja sua posição nesta organização, mostra bem que esta instituição não passa de uma ordem eclética obsoleta de tratar suas questões neste fórum. Se mantivesse calada seria mais ético da sua parte sendo uma * Bolsista de Mestrado na empresa CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior *.

    • Senhora Lívia Noronha,não é aprimeira vez que vejo comentários a cerca da ortógrafia de álgúem por parte de Licenciados,a min o que me deixa a pensar é a falta dos príncipios que balizam o conhecimento a serem descurados por ditos doutoures, porque quem se diz doutor,licenciado…tem que olhar pelos factos,teem que investigar tudo,tudo!!!Ora quem não investiga os beneficios que certas pessoas teem recebido, só porque se tem um codigo.Logo a partida como investigador deixa a desejar.Porque antes de tudo é o bem do paciente,o seu sucesso na vida e não códigos interpretados a letra. Veja, eu conhece pessoalmente pessoas livres de tóxicos mediante a fé em Jesus Cristo e sei que Jesus pode Libertar qualquer pessoa ,seja da droga, do bandítismo ou de qualquer dístúrbio emócional ou de identidade.Ora em relação ao conceito sócio-cultural,basta olhar para naturesa ,é que na naturesa não existe conceito sócio-cultural e lá a forma natural de se reprodusir, é pelo macho e femia, inclusive as plantas. como a própia frutificação.. Vou lhe fazer um diagnostico de ambito biológico:É miopia com certesa,é que basta olhar para a natureza. Vamos a psicólogia ,mas, biblica.Jesus disse: pelos frutos serão conhecidos.O que há no coração fala a boca.Então veja o diagnóstico agóra. »Geração perversa».Porque demostam não ter investigado os beneficios do trabalho feito pela Marísa Lobo.A ética de pessoas que se dizem investigadores ainda não chegou a Bibía que tem milenios ,vejam só.É que a« ciência« é impotente em relação a certos diturbios de foro espirítual .É só para Cristãos.

    • Osvaldo Oliveira, Tenho certeza que a Ironia por parte da Lívia Noronha, fica bem mais vistoso que a grosseria do sr. Joares, que a chamou de "filha do diabo", não acha? Se a bíblia é seu manual de vida, não nos interessa, podes achar o que quiseres sobre seu conteúdo, inclusive achar que ela está acima de qualquer coisa, não pensamos dessa forma, essa senhora não pode fazer de sua clínica uma extensão do púlpito da igreja dela. Nos manifestaríamos contra, se um psicólogo receitasse uma hóstia como tratamento. Tu deverias ter um pouco mais de coragem e ler de verdade o que ela escreveu, veria que ela não dispara nenhuma ofensa, e menos ainda de cunho pessoal. Se tu te autonomeia humilde, então seja humilde e reconheça a pequenez de seu comentário e aprenda a ler com bastante atenção!

    • Geovany Reis Reis, retenha-se em sua insignificância e pare de dizer o que a Lívia Noronha deve fazer. Lamentamos muito que o senhor já tenha conhecido o inferno! Suas experiências pessoais também não nos interessam. Gurde-as para as seus testemunhos na sua igreja.

    • PrDilson G de Mendonça, muito feia a sua atitude e é de uma baixaria tremenda! Se eu fosse o senhor teria muita vergonha de me dirigir a alguém como o senhor fez. Isso fica feio pra sua idade. O senhor não conhece a Lívia Noronha somente de olhar o perfil do Facebook e pela foto dela, até mesmo porque as fotos dela são lindas e ela é muito linda, de uma beleza tal que não podemos encontrar o mesma beleza no senhor. Pelo visto, o senhor não sabe o significado da palavra arrogância, da palavra fetiche, podemos lhe dizer se o senhor tiver disposição de aprender, sempre é tempo de aprender, de evoluir, mesmo pra alguém da sua idade, não pergunte a psicóloga porque ela deve saber tão pouco quanto o senhor e menos ainda sobre ética. Se por um acaso, como o senhor não consegui escrever de forma clara do que tentou tratar ao dizer sobre "ordem eclética obsoleta de tratar suas questões neste fórum.", se refere a este site, saiba que temos o direito de nos manifestarmos esclarecendo e pontuando a verdade sobre a falta de ética PROFISSIONAL da psicóloga Marisa lobo, assim como o senhor tem o direito de expressar sua opinião, o que não significa que o senhor possa atacar as pessoas como o senhor o faz, isso não é ético, já que o senhor é um pastor, deveria ter atitudes mais limpas, mais claras.

    • Cada vez mais os crentes perdem a razão, se acham os melhores, leiam o velho testamento e verão que não há diabo, nem nada do que dizem. Seus idiotas… O inferno foi um conceito criado pela Igreja Católica na idade média… Jesus nunca andou no desento com o tal Tinhoso…rs…Vocês seguem a igreja que tanto repudiam SEM SABER que estão seguindo… auhauhauhauhauhauhauhauhauhauahuahu

    • Lívia Noronha, tudo é questão de ponto de vista e interpretação. A meu ver ela não infringiu em nada a citação da resolução que você publicou. O que é mais importante? Eu digo que o mais importante a meu ver são as pessoas, e qualquer psicólogo que professe qualquer tipo de fé que julgue benéfica ira, mesmo que não persuasivamente, ou até mesmo sem perceber, influenciar seus pacientes na medida que queiram o bem dos mesmos. Então volto a perguntar, o que é mais importante? é impossivel a total separação das nossas crenças pessoais, que nos definem como pessoas, com a nossa vida profissional, em qualquer área de atuação. Polemicas a parte, eu prefiro me ater ao bem que a psicóloga em questão presta aos seus pacientes. Quando aparecer uma queixa de um paciente dela ai sim poderemos questionar seus métodos. Um abraço! ah e sim, sou cristão e mesmo sem concordar com vc torço pra que tudo te va bem.

    • Agradeço aos interessados em discutir a cassação da Marisa Lobo (curti todos os comentários que julguei serem pertinentes). Os comentários a respeito de minha pessoa, minhas fotos (sem photoshop,tá?! =D ), minha formação ou minha vida pessoal (que vai muito bem,obrigada!) , vou ignorar, pois não estou disposta a discutir tais assuntos, com desconhecidos.
      Sabe-se que a questão da cassação da sra. Marisa Lobo não é mera "questão de ponto de vista" e por isso, aqueles que prezam pela ética, tolerância, respeito e se colocam contra qualquer tipo de proselitismo ou atitude ignorante, aguardam – assim como eu – a JUSTA cassação do registro da referida 'psicóloga' ou a sua adequação a profissão de psicóloga.

    • Ted Brian você entrou em um debate em um site gospel e não quer ver Jesus exposto nas respostas? Não fale"ninguém aqui está interessado em ouvir pregação" pq estou aqui e discordo de vc. Acho legal ouvir pregações. No mas todos podem expor suas idéias em um ambiente como este. Devemos respeitar as opiniões.Um abraço!

    • Tássio Oliveira Caríssimo, você precisa entender algumas coisas: Este debate neste site Gospel não contempla questões a cerca de Jesus, ou da vida religiosa de alguém. A discussão é acerca de ética profissional. E, pelo menos, neste espaço (comentários a respeito do MEU comentário), não deveriam haver pessoas interessadas em ouvir ou fazer pregações, pois isto além de fugir do tema do debate, você deve compreender, que este site apesar de ser gospel, não é destinado a testemunhos ou pregações religiosas.
      Se você "acha legal" ouvir pregações, isso diz respeito somente a você, compreenda. Não é essa nossa discussão.
      Todos podemos expor nossas opiniões nos cyber-espaços, mas devemos lembrar de que aqui também há regras, deve haver ética e coerência.
      Por exemplo: Eu não vou falar sobre Filosofia Contemporânea em resposta ao comentário de alguém que está falando sobre Ecossistema. Compreende?!
      Todos os comentários que seguem neste espaço (abaixo do meu), são respostas ao meu comentário… Você percebeu que clica em "responder" para escrever algo aqui? Acredito então, que seria no mínimo mais coerente responder sobre o mesmo tema do meu comentário e não fazer o que a Ester tentou fazer. (É por este motivo, entre outros, que não respondi ao comentário dela e concordo com o Ted Brian).
      Atenciosamente,
      Lívia Noronha.

    • Senhora Lívia Noronha , com todo respeito a sua profissão , que em breve também será a minha , não entendo , por que os cristãos não podem professar sua fé em Deus , em seus "faces"… e você pode professar a sua crença em uma foto dizendo :" umbanda eu curto"….. ? …. Não entendo por que dois pesos e duas medidas …a Senhora não acha que o conselho também deveria convocá-la ? ….. Alexandra.

    • Alexandra Siqueira Sou senhorita, pois ainda sou noiva. E… pelo visto, você está bem mal-informada a meu respeito, caríssima. Volte a minha página no Facebook, e desta vez ao invés de procurar algo no meu perfil que você possa tentar atacar, leia as minhas informações profissionais e acadêmicas… Não será difícil ver que não sou psicóloga. (Basta saber ler!)
      Ok… vamos aos problemas do seu comentário:
      1º. Não há problema algum em querer professar alguma fé no Facebook (eu não acho isso interessante… mas, há quem goste. Eu respeito). Eu não professo crença alguma, devo informa-lhe de que compartilhar uma IMAGEM com a legenda "Umbanda, eu curto" (nome de uma página do Facebook) não é professar fé. Você leu o que diz a legenda? Vou reescrever: Umbanda, EU CURTO. Não é Umbanda, eu professo… ou eu prego a umbanda. Compreende a notável diferença?
      Além disso, minha cara, o problema da Marisa Lobo não é professar sua fé em redes sociais, mas fazer isso enquanto psicóloga, vincular a profissão e ao seu exercício a sua fé.
      Agora você entende?
      2º. Porque o Conselho deveria me convocar?! Até agora só tive agradecimentos por ter denunciado a Marisa Lobo. ;)

    • Ted Brian esse ta de Jesus……..nao vou guardar a minha fé pra mim,pelo contrario ,se vc não quer ouvir falar de Jesus vai pra outro site,pois enquanto eu tiver vida vou falar do amor de Jesus,queira vc ou não,os encomodados que mudem de site

    • Ester Ávilla Caríssima, há apenas uma coisa que você ainda não entendeu… Apesar do nome do site ser "gospel +", o assunto tratado aqui, nesta postagem, é a cassação da Marisa Lobo. É sobre isso – APENAS SOBRE ISSO- que podemos discutir.
      Eu não respondi seu primeiro comentário porque você não disse nada sobre o assunto. Mas,… Já que você insiste… E como o seu comentário é uma resposta ao meu (note que para postar aqui, você clica em "Responder". Então seu comentário DEVERIA ser uma resposta ao meu), vou responder ao seu primeiro comentário (espero que isso seja bastante para encerrar a "fuga do tema"):

      SUA RESPOSTA AO MEU COMENTÁRIO:
      Ester Ávilla · Quem mais comentou · Anhembi Colégio
      Lívia Noronha É muito triste saber que Jesus entregou sua própria Vida na cruz por amor a nós,e ver as pessoas dizerem que vai alegre pro inferno,vc não precisa viver a fé que vivemos,mas não transforme o sacrificio de Jesus em vão foi por amor a vc que Ele fez isso

      MINHA RESPOSTA A VOCÊ:
      Querida, você comentou na postagem errada ou é impressão minha? Diga onde o seu comentário faz algum sentido? Eu “transformei o sacrifício de Jesus em vão”? Nossa, sou bem malvada, não?!
      Seres humanos, homossexuais, são agredidos com palavras e fisicamente, por pessoas tão ignorantes e preconceituosas quanto os senhores citados em meu comentário, todos os dias… Só porque os mesmos ignorantes acham que pessoas de orientação homossexual são doentes, transgressores, pecadores, errados… E você está triste por causa de uma comentário irônico meu?! Você está mais preocupada em saber quem quer e quem não quer ir para um lugar que FRANCAMENTE você nem sabe se existe??? Nossa, que boa cristã você é!!! Isso então é o seu exemplo de amor ao próximo?! Parabéns!

    • Parabéns pela postura Lívia! Acho incrível o tipo de respostas à seu comentário. É exatamente por esses posicionamentos que devemos enfrentar e lutar por uma sociedade mais justa e igualitária. Algumas pessoas preferem fechar os olhos e seguir um fanático que lhes faz lavagem cerebral a questionar o tipo de meio em que vivem, não veem os inúmeros casos de agressão e até morte de homossexuais, ausentam-se da responsabilidade de incutir em jovens um sentimento de ódio e discriminação, plantando cada vez mais sementes de preconceito, ira e intolerância. Fica claro o tipo de seguidores que a defende e identifica-se com suas opiniões. Como profissional de psicologia, esta Senhora pisou e rasgou seu próprio código de ética. Que assuma uma postura de pastora ou seja lá o que chamam pessoas que usam dessa visão amarga e tendenciosa para expressar sua opinião. É inaceitável que continue com tais disparates associando sua visão a de uma ciência. Estamos juntos na luta por uma sociedade de valores humanos e combatendo pseudo-intelectuais que se julgam acima da ética e da responsabilidade por seus atos.

    • Lívia Noronha dEVERIA DEIXA A MULHER MORRER ENTÃO, ISSO É ÉTICA PRA VC, A MINHA É VIDA. FICA NA PAZ , VC NÃO ESTAVA LÁ , NEM É ADVOGADA. OS MEUS JÁ ETSÃO ENTRANDO COM AÇÕES INCLUSIVE DE GENTE COMO VC. OBRIGADA

    • MEU DEUS NOS ACUDA!!!!!!!!!!!!!!!

      A que ponto chegamos. Agora ser cristã significa ameça??????????? Amar, conduzir os necessitados de amor para conhecerem e aprenderem a grandeza do amor de Deus no sentido real que esta palavra significa. Nós cristãos sabemos do que falamos, pois é encarnado nas nossas vidas, nas nossas palavras, e vemos a sociedade entrar na ilusão, armadilha que a mídia irresponsavelmente propõe como sendo essa vivência do falso amor novelístico sedimentado no prazer oportuno, por ter libertinagem dita como liberdade, isso sim vem gerando o caos das distorções sociais hoje, eis ai a grande insegurança que levam as drogas e aos desvios sexuais senhores psicólogos que fazem parte deste conselho.
      Deus me livre em deparar na minha vida com psicólogos desta especie, prestem atenção senhores psicólogos. Os cristãos ainda são maioria e peço encarecidamente que quem precisar destes profissionais primeiro vejam se são deste conselho e abominem pois por este fato mostram que não merecem o titulo e não tem ética profissional, eu como cristã, católica, praticante, experimentada, trabalho com pessoas marginalizadas e durante meus 55 anos ja vi centenas de recuperados pelo amor da experiencia com a pessoa de Jesus que estes ditos psicólogos não tiveram, e não creem e que consequentemente não sabem e não deveriam falar do que não conhecem.
      Deus me livre deparar com algum psicólogo do conselho que mostraram suas posturas antipsicológicas impondo a uma alma uma pressão, caros conselheiros sabem por que os seus consultórios e os psiquiátricos estão cheios? Porque os confessionários estão vazios.
      Se convertam e deixem os homens terem a chance de ser feliz, so é feliz quem vive a verdade e não quem pensa que a vive, essa falsa felicidade e liberdade que é imposta pela mídia. Exatamente pela deformação psicológica, não deixando os homens livres. São os presos por conceitos, por dependência de toda espécie de vícios, os materialistas ateus,basta olhar quem denunciou pessoas pobres de espirito, imaturas humanamente falando, infelizes que se sentem incomodados por uma simples ação de ver um profissional ser livre para optar por sua fé, ora me deem uma justificativa cabível!!!!!!!!!!
      E que tipo de liberdade é essa, desses que denunciaram, são presos por seus próprios conceitos e se sentem protegidos somente se tem, se estão respaldados por leis vazias, em grupos, que se sentem perturbados por uma ação livre, em um Pais livre, se sentem ofendidos…..vocês ferem a sociedade com seus atos libertinos, agressivos se vocês se sentem bem nessa ações contra a natureza, respeitem os que não a aceitam. Permitam que possa sentir-se bem em suas companhias sem se sentirem agredidos por vocês, como fizeram a seus exemplos os que denunciaram, citados nos meios sociais.
      Eu particularmente respeito inteiramente os ateus, é opção deles, mas dai vir a dizer que o nosso Pais, a nossa sociedade é isso, não cheguemos a tanto, estamos dando muita asa a quem voa tão baixo…..so tenho uma coisa a dizer, mudem esse conselho e cassem seus diplomas, seus títulos, de psicologia não entendem nada.
      Tenho cinco filhos, dos quais dois psicólogos, prefiro que DEUS tire suas vidas, os leve, a eles um dia terem que negar a vocação, seu chamado a ser um profissional integro, honesto, reto, digno formado pela ciência em psicologia praticada a luz do evangelho, por essa mesma luz sempre souberam e sabem discernir entre o certo e o errado, entre a falsidade e a verdade, entre a liberdade e a escravidão, com bom senso, e não poderem ser quem são por imposição de um conselho que mostra publicamente não estar qualificado para tão honrado cargo. Estou pasma!!!!!!!!!

      Como disse nosso querido Sábio, Prudente, Respeitoso e Respeitado, a autoridade de Cristo nesta terra, Papa Bento XVI hoje no ângelus, " Devemos rezar pelos que causam o mal ou nos prejudicam, sitando as palavras de Jesus pregado na Cruz por esses mesmo filhos, que mesmo não admintindo não deixam de ser, embora rebeldes, desnaturados e omissos continuam sendo.

      " Pai perdoa-lhes porque não sabem o que fazem"

      Maira do Socorro Lopes Frate

    • Marisa Lobo Fico feliz em ver que a senhora FINALMENTE resolveu responder. E , ao mesmo tempo, fico triste por ver que a sra. não apenas ainda não percebeu o absurdo que está cometendo, como de uma forma tão mal-escrita responde a tudo como se fosse uma crítica ou agressão pessoal.
      Mas, já que a senhora respondeu, não vou lhe deixar "falando sozinha", respondo ao seu comentário:
      1º. A sra. sabe muito bem que o código de ética da classe da qual faz parte (psicólogos) é claro e não admite ações intolerantes e antiéticas como as suas, expostas em seus perfis de redes sociais e blogs;
      2º. Não me faça ressaltar seus problemas com a ortografia;
      3º. Não acho que a senhora deveria deixar a pessoa da qual está falando, morrer (ou melhor, cometer o suicídio), mas deveria COMO PSICÓLOGA exercer sua PROFISSÃO visando ajudar a paciente, fazendo uso da psicologia (e não da fé), já que é esta a sua formação. E… nós duas sabemos muito bem, que a sua resposta, na verdade, não foi escrita para mim, mas para seus "seguidores", que não sabem que a sra. na ocasião em que relatou tinha muitas formas de agir, RESPEITANDO A ÉTICA PROFISSIONAL E A SUA PROFISSÃO, sem precisar envolver sua fé no exercício da psicologia. A senhora sabe que está errada, que enquanto psicóloga não simplesmente "deixaria a mulher morrer", mas poderia ajudá-la e agiu de forma antiética sim, quando – ao invés de fazer uso da psicologia para tratar a paciente – fez uso da fé (conforme a senhora relata) na tentativa , que acho muito irresponsável, de fazer com que a paciente se converta a sua religião.
      4º. A sua ética é a vida???????? Foi isso que a senhora tentou dizer??? Seja clara ou pelo menos, use a lógica na próxima colocação, psicóloga!
      5º. Não estamos falando do que é ética pra mim, para a sra. ou para qualquer outra pessoa, mas de um código claro, que a sra. enquanto profissional feriu, desrespeitou.
      6º. Não precisa estar no seu consultório ou ser advogada para entender o mínimo de ética (aliás, conheço várias advogadas que parecem TAMBÉM não entender nada de ética ou de direitos civis), para entender que a senhora não exerceu sua profissão de forma adequada, que a senhora faz comentários de cunho NOTORIAMENTE, preconceituosos e infundados. (Sabe-se que basta fazer uma rápida visita ao seu blog ou a seus perfis em redes sociais para perceber isso.)
      7º. Se os seus advogados já estão entrando com ações CONTRA (e não "DE") gente como eu, já devem saber do trabalho que terão para conseguir algum êxito nesta causa, principalmente porque GENTE COMO EU sabe muito bem a importância de denunciar GENTE COMO A SENHORA e lutar por uma sociedade mais justa, tolerante e responsável.
      Boa Sorte a senhora e bom-trabalho aos seus advogados!

    • Lívia Noronha NÃO VOU MAIS PERDER MEU TEMPO EM DISCUSSÕES,VC TEM SEU PONTO DE VISTA E EU TENHO O PONTO DE VISTA QUE A PALAVRA DE DEUS ME ENSIMA,TENHO CERTEZA QUE "ESTE LUGAR EXISTE SIM",E TB TENHO CERTEZA QUE VC TAMBEM VAI PRA ESSE MESMO LUGAR,POIS CREIO QUE DEUS VAI ABRIR SEUS OLHOS E VC CONFESSARÁ QUE JESUS CRISTO É SENHOR DA SUA VIDA,ATRAVES DA SUA VIDA MUITOS TAMBEM VÃO SE CONVERTER .DEUS VAI REVELAR A SUA GLÓRIA NA SUA VIDA E VC VAI RECONHECER QUANTO TEMPO PERDEU LONGE DO AMOR DE DEUS FIQUE NA PAZ DO SENHOR JESUS

    • Ester Ávilla haushauahauahau…
      Pregou, profetizou, já disse que estou longe do amor de Deus (mesmo Deus que você e sua religião dizem que ama a TODOS, o que faz ser impossível o fato de ele não amar alguém – mesmo eu – ou de alguém ficar "longe do amor de Deus"), e agora não vai perder tempo em discussões. Que bom, caríssima!
      Não perca seu tempo, não!
      Agradecemos por sua decisão!

    • ..blá, blá e blá, leis dos homens que querem perverter uma sociedade que ainda deseja viver princípios e valores,é só falar o nome "Deus" e o mundo de alguns "sábios e entendidos" desaba. As Instituições são sérias mas seus integrantes necessitam de conhecimento de Deus já que querem mexer com a alma dos outros semelhantes seus, que seja de mão limpas.."JESUS O MAIOR PSICÓLOGO QUE JÁ EXISTIU" devemos aprender Dele que é manso e humilde de coração!

    • Mário Jorge Jardim É tão fácil condenar os outros! e todos tem seus erros e pecados,talvez se a psicóloga Marisa Lobo tivesse matado alguém, roubado o caixa financeiro do "conselho regional de psicologia"(sei lá se tem) não estava sendo crucificada, agora só pq tirou uma foto em frente ao tal "conselho" com a Bíblia na mão está sendo condenada pelos pecadores.

    • Edison Martins ."JESUS O MAIOR PSICÓLOGO QUE JÁ EXISTIU" HAUAHAUAHAUAHAUAHAUAHAUAHU…
      É este tipo de literatura que você considera conhecimento???
      O maior problema de vocês, caríssimo, é não compreender nada… confundir tudo… Você PRECISA ENTENDER que pode crer no que quiser, mas não pode obrigar ninguém a crer na sua crença, nem confundir tal crença com qualquer profissão!

    • Marilda Alves de Sousa Não sejamos ingênuos, nem forjemos tal ingenuidade! Todos sabem que não é SÓ PORQUE A REFERIDA "PSICÓLOGA" TIROU A TAL FOTO, QUE ELA ESTÁ SENDO "CONDENADA" pelas PESSOAS (acho que "pecadores" é um termo para se usar só na igreja ou entre aqueles que creem no pecado. Respeite as outras crenças!). Ferir o código de ética do Conselho é sim algo condenável… e a tal foto, além de ridícula, representa muito bem a postura infantil, deselegante e incorreta de Marisa Lobo.
      Basta ter os olhos abertos, para ver isso!

  8. a história dela é a mesma do Silas, apesar da Constituição, profissionais liberais, ficam sujeitos a normas de conduta, próprias de suas atividades, também apoiadas na constituição.
    já imaginou um médico matando, um advogado não defedendo???
    um psicologo tem que ser isento, não tomando partido religioso, racial ou sexual….tem que pensar no bem estar do paciente….já imaginou ela atendendo um paciente de candonblé muito religioso, que fala constantemente de sua fé??
    ou um gay que tá satisfeito com sua sexualidade e fala disto??
    ela vai ser isenta??
    o problema não é ter religião, a maioria tem religião, ela se faz de vítima… é não querer “curar” e converter a todos como vcs querem.

    • Entendo os seus questionamentos, mas acho perfeitamente normal ela tratar um paciente de cadomblé, ou um gay de forma isenta. Diferente do que vc pensa ou diferente do possa parecer, o fato de eu como Cristão querer que as pessoas conheçam o Cristo que um dia vim a conhecer não me impede de respeitar as vontades desta pessoa. Se algo é bom pra mim, vou querer para as pessoas, acho que não estou errado nisso, como tenho certeza que se o homossexualismo faz bem pra alguém este alguém vai fazer propaganda positiva. Cabe a mim e a qualquer pessoa concordar ou não com a opinião das outras. Um médico pode tratar a pessoa clinicamente e sugerir que ela procure uma igreja, ou um templo budista, ou que pratique yoga. Cabe a pessoa atender a sugestão ou não. Um abraço!

    • Tássio Oliveira psicologos não são para sugerir…este não deve ser o caso dela, assim como é o de malafaia, claro malafaia tem uma vantagem sobre ela, ele nunca teve consultório, fala como pastor que é….como psicologos, não temos que sugerir, taró, horóscopo, budismo ou cristianismo… as respontas estão dentro das pessoas…individuais..tb é errado um psicologo homossexual, usar isto para doutrinar paciente. temos que tirar o sofrimento da pessoa… como vc falou a felicidade é relativa.
      PAZ

    • Paulo Teixeira Desculpe mas acho um pouco improvável, não digo não sugestionar, mas influenciar. Creio que quem procura um psicólogo é pq esta de certa forma fragilizado emocionalmente. por tanto o psicologo em questão, querendo ou não passa a ser referência para o seu paciente e influência o mesmo conforme suas atitudes. As pessoas podem ouvir nossas palavras, mas preferem basear-se pelas nossas atitudes. Sobre tirar o sofrimento das pessoas ai gostaria muito de aprofundar a conversa deste tema, pois mesmo não sendo psicólogo possuo crenças pessoais do tipo O sofrimento nos ensina e em muitas ocasiões molda o nosso caráter, mas isso é papo pra mais de dias não acha?

    • Tássio Oliveira verdade… o assunto rende, rsrrsrr. vc já viu aquela cena: paciente deitado e psicologo calado ouvindo? quem procura psicologo, precisa deste distanciamento.. pode ser pessoas fechadas , timidas. Muitos não vão a psicologos, procuram padres, pastores e pais de santo…. pessoas próximas.. outras são introvertidas, precisam deste distanciamento.
      PAZ

    • Paulo Teixeira se a pscóloga em questão está obtendo resultados ajudando os pacientes, e nenhum destes pacientes se sentiu prejudicado, qual o real motivo de expor o profissional questionando seus métodos e chegando a propor que o mesmo não exerça a sua profissão? Sério, não deviamos estar mapeando as melhoras, pesquisando como a fé (e quando digo fé, me refiro não só ao cristianismo, mas até ao poder de um pensamento positivo tipo efeito placebo )pode auxiliar a pisicologia. Certa vez li um livro Jesus cristo o maior psicólogo que existiu e analisei como as histórias de relacionamento entre Ele e os demais provocavam melhoras nas pessoas e neste termo, concordei que sua essencia é a mesma do bom psicólogo que é o bem do paciente. Será realmente que pelo bem dos pacientes a psicologia e a fé não poderiam ser aliadas?

    • Tássio Oliveira existe uma ética profissional…por que ela não faz como silas?
      vira pastora…apesar de paulo e timoteo, serem contra mulheres ensinarem a homens, nas igrejas evangelicas, já tem esta heresia…
      Os médicos tem que salvar vidas, advogados defenderem os piores bandidos, psicologos serem neutros, ficarem com seus gostos e filosofias para si..
      ela será uma ótima pastora…com a midia que esta tendo, tera uma igreja cheia, poderar ajudar muito mais do que num consultório…. não acha?? a maioria procura, pastores, padres, pai de santo..
      PAZ !!!

  9. É muito triste ver as pessoas transformarem o sacrifio de Jesus em nada, dizer que vai alegre pro inferno, sendo que Jesus morreu na cruz exatamente para que não fossemos para la, pois ali havera choro e ranger de dentes, LIVIA NORONHA ore para que Deus te abra os olhos, pois Ele tem um plano de Salvação para vc, não queira ter satanas como seu pai, pois quem te criou e sonhou com vc foi Deus.e a MARISA LOBO,É MELHOR OBEDECER A DEUS DO QUE A HOMENS, vc é um instrumento de Deus e ninguem pode mudar isso

    • Ester Ávilla vamos orar … é o que nos basta fazer …. estou tão indignada quanto vc … mas o Senhor nos diz em sua palavra … que a Ele pertence a palavra final …. bjs

    • É muito triste perceber que uma pessoa que se formou em Psicologia tenha atitudes tão contrárias à ética profissional. Fico ainda mais indignado pelas mentiras contadas pela tal psicóloga e pelas distorções em querer fazer isso parecer uma caso de perseguição religiosa, o que definitivamente não é. Ela pode ser psicóloga e ser cristã. Mas usar a psicologia pra proselitismo, pra endossar as suas idéias religiosas cheias de preconceito isso não.

    • É muito triste ver uma mulher que se diz tão espiritualizada e religiosa, citando o nome de uma pessoa desconhecida (Lívia Noronha, eu) em um comentário solto, neste site, principalmente seguido desta pregação a contra gosto! Caríssima, eu já lhe informei de que não estou interessada em 'pregações' e discursos religiosos… Não sei se você compreendeu, mas não é disso que se trata a "notícia" dada nesta página. Mas, se você insisti em "pregar" sua religião e os "ensinamentos" inerentes a ela, por favor, NÃO CITE MEU NOME no seu 'discurso'! É apenas por uma questão de respeito! Aliás, quem é você para dizer o que devo fazer??? Você já ouviu falar da humildade cristã??? Tentar impor a sua religião assim, é – além de ridículo – falta de respeito, compreenda!

    • Marilda Alves de Sousa Bastava entender algo sobre RESPEITO para compreender meu PEDIDO a Ester Ávilla, que parece ter compreendido o que eu estava falando, já que parou de citar meu nome INDEVIDAMENTE, EM COMENTÁRIOS SOLTOS, SEM CONEXÃO COM OS MEUS. Bom senso, senhora Marilda, infelizmente, não é comum a todos… Mas, se você se esforçar, quem sabe um dia o adquire!

    • Diego Felipe Chaves C "A Lívia" é alguém que você não conhece, POBRE RAPAZ, e "a Lívia", é alguém que, DIFERENTEMENTE DE VOCÊ, conhece o código de ética do Conselho Regional de Psicologia que a Marisa Lobo feriu… basta uma breve leitura neste texto, para compreender o erro do seu comentário… Eu vou lhe ajudar a abrir os olhos:

      "Resolução CFP nº 001/99 De 22 de março de 1999 Ementa: Estabelece normas de atuação para os psi­cólogos em relação à questão da Orientação Sexual. O CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA, no uso de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO que o psicólogo é um profissi­o­nal da saúde; CONSIDERANDO que na prática profissional, in­de­pendentemente da área em que esteja atuando, o psicólogo é freqüentemente interpelado por ques­tões ligadas à sexualidade. CONSIDERANDO que a forma como cada um vive sua sexualidade faz parte da identidade do sujeito, a qual deve ser compreendida na sua to­ta­lidade; CONSIDERANDO que a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão; CONSIDERANDO que há, na sociedade, uma in­quietação em torno de práticas sexuais desviantes da norma estabelecida sócio-culturalmen­te; CONSIDERANDO que a Psicologia pode e deve contribuir com seu conhecimento para o escla­re­ci­mento sobre as questões da sexualidade, permi­tin­do a superação de preconceitos e discrimina­ções; RESOLVE: Art. 1º – Os psicólogos atuarão segundo os prin­cípios éticos da profissão notadamente aqueles que disciplinam a não discriminação e a pro­mo­­ção e bem-estar das pessoas e da huma­ni­dade. Art. 2º – Os psicólogos deverão contribuir, com seu conhecimento, para uma reflexão sobre o pre­conceito e o desaparecimento de dis­cri­mi­na­ções e estigmatizações contra aqueles que apresentam comportamentos ou práticas homoeróticas. Art. 3º – Os psicólogos não exercerão qualquer ação que favoreça a patologização de comportamentos ou práticas homoeróticas, nem adotarão ação coercitiva tendente a orientar ho­mos­sexuais para tratamentos não solicitados. Parágrafo único – Os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades. Art. 4º – Os psicólogos não se pronunciarão, nem participarão de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a re­for­çar os preconceitos sociais existentes em rela­ção aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica. Art. 5º – Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Art. 6º – Revogam-se todas as disposições em con­trário. Brasília, 22 de março de 1999. ANA MERCÊS BAHIA BOCK Conselheira-Presidente"

    • Marilda Alves de Sousa Talvez o primeiro comentário não fique muito claro para a senhora, então, vou tentar esclarecer mais ainda o seu problema:
      Eu pedi a Ester Àvilla para não citar meu nome no discurso dela, pois há um espaço em que ela pode fazer isso (basta responder ao comentário), não é comentando diretamente neste site ou em seu facebook que isso deve ser feito. Acredito que ela compreendeu.
      Eu não vivo citando o nome dela, cito apenas o da Marisa Lobo, pelo ÓBVIO MOTIVO de que ela faz parte do assunto discutido nesta página.
      A senhora me desculpe, mas ridículo é ser incapaz de compreender um comentário informal como estes neste site, a ponto de usar minhas palavras (que já são muito claras) na tentativa de colocá-las contra mim, em um comentário completamente sem nexo, mal escrito e sem fundamento!

    • Lívia Noronha Primeiro eu nuca disse que te conhecia… Ta vendo alguma coisa ali que diz que te conheço? Segundo, você não me conhece portanto não me chame de "pobre"! E outra… o aclamado código que você tanto cita diz respeito há: "estabelece normas de atuação para os psicólogos em relação à questão da Orientação Sexual." Novamente: "para os psi­cólogos em relação à questão da Orientação Sexual." Mais uma vez: "em relação à questão da Orientação Sexual." Então senhorita Lívia o "POBRE RAPAZ" aqui não nega que a psicologa em questão está 100% certa, pois ela fez um comentário infeliz em um lugar inapropriado. Porem só acho um abuso o conselho querer cassa-lá e interferir na forma em que trata os seus pacientes sendo que os mesmos não reclamam de nada até onde sei… sendo que o tratamento dado por ela tem um resultado satisfatório e sem riscos para eles. Agora querer interferir na sua crença que segundo a matéria acima diz que ela deveria até tirar a sua opção RELIGIOSA dos sites de relacionamentos: "Marisa Lobo recebeu ultimato do Conselho para que retire de seus perfis em mídias sociais toda e qualquer menção à sua crença pessoal de fé, caso contrário, terá seu registro profissional de psicóloga cassado. As denúncias contra ela teriam sido feitas por ativistas homossexuais, e outros, favoráveis por exemplo, à legalização das drogas.". Isso sim se caracteriza de perseguição religiosa! Isso cabe processo… Essa é a questão! Agora como disse a outro debatedor deste comentário, cassa-lá seria em ultima instancia levando em consideração a sua "ficha limpa". Veja o que eu chamo de perseguição:
      Frase que foram ditas pelas fiscais que me indignaram

      “Você não tem o direito, não pode se dizer Cristã e psicóloga ao mesmo tempo é ferir o código de ética.”
      “Você não pode dizer que Jesus cura, sendo psicóloga,”
      “Você não pode se dizer psicóloga e cristã, guarde sua fé pra você, não tem direito de externar para mídia.”
      “Você não pode dar declarações que induza pessoas a acreditar que seu Deus cura, como faz em seus sites e blogs.”
      Sou estudante de Ciências Sociais da Universidade Federal do Maranhão, e como futuro sociólogo me entristeço ao ver a intolerância religiosa em um país que se diz livre e culturalmente misto! Grandes debates são travados em universidades sobre a fé ajudar em curas de patologias psicológicas… Acordem e vejam as possibilidades meus caros, nada é 100% certo ou 100% errado, ninguem pode falar sem provar que realmente a fé só atrapalha e que ela deveria ser retirada totalmente de um consultório. A mente humana ainda é uma terra desconhecida! Vamos ser mais tolerantes ok? =]

    • Lívia Noronha ah coitada! se preocupa demais com o que os outros dizem a seu repeito fica se explicando,não me interessa suas explicações são tão cansativas que só leio a primeira linha, me dar um tédio ler tantas abobrinhas, quer fazer coisa melhor? vai tampar o sol com a peneira ou jogar pedra na lua,kkkkkkkkkkkkkkk passe bem.

  10. Prezada irmã em Cristo:

    Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.
    Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.
    Mateus 5:11-12

    Vejo nesse episódio uma grande oportunidade para que o NOME que estar sobre todos os nomes seja exaltado!
    Deus é Fiel para cumprir a boa obra que um dia começou em sua vida!

  11. Não me assusta um tipo de notícias a sim isso nem chega a perseguição de povos da india africa etc, agora pessoa que toma medidas idiotas contra cristão como vai ter com DEUS e pronto cada um vai ser julgado vamos e orar para Deus ter misericordia dessas pessoas

    • Mário Jorge Jardim Não vou censurar o Pr. pelo que ele falou, apesar de não concordar. Mas gostaria de te fazer algumas pergutnas: A forma como vc se refere a ele não seria "muito feia e a sua atitude tb não seria de uma baixaria tremenda"? A verdade é que palavras asperas incendeiam ainda mais o furor de possiveis respostas vc não acha? Se não concordamos com a opinião de uma pessoa não precisamos nos referir a ela com termos depreciativos, basta expormos o nosso ponto de vista contrário não acha? Um abraço e que Deus nos abençoe!

    • Lívia Noronha "uma beleza tal que não podemos encontrar o mesma beleza no senhor" eufemismo pra chamar de FEIO, "mesmo pra alguém da sua idade" se ele é velho, qual o problema nisso?existe sim um problema na forma como vc fala e este termo não foi amistoso concorda?" já que o Sr é pastor deveria…" é complicado eu dizer o que um pastor deveria fazer vc não acha? Em suma, como falei não estou defendendo o que o Pastor falou, só acho que devemos temperar as palavras dos comentários. Se eu me sentir ofendido por alguma palavra de alguem, não vou alimentar as ofensas vou desejar e escrever coisas boas pq sei que a palavra branda desvia o furor. Note que eu posso discordar de vc sem te comparar, sem dizer como vc deveria agir ou pensar, ninguem gosta de que digam como vc deve agir, mas posso dizer que discordo e expor minha opinião, cabe a vc julgar se concorda comigo e reedita seus pensamentos ou discorda e mantem sua opinião. pelo menos acredito que diálogo seja isso, como tenho feito com Paulo Teixeira, concordamos em algumas coisas, discordamos em outras mas expomos nossas opiniões. Um abraço pra vc e seu noivo, espero que sejam muito felizes e que Deus possa abençoar o casamento de vc. E esse desejo não é demagogia, espero isso mesmo. tudo de bom!

    • Tássio Oliveira Obrigada pelo 'desejo'. Mas, já somos muuuuuuuuuuuiito felizes e não gostaríamos que pessoas estranhas tocassem em qualquer assunto referente a nossa vida pessoal. Entenda… o desejo de 'bem' pode ser silencioso. Agradeço!
      Acredito que se não é bom dizer aos outros como devem agir, você não deveria fazer o mesmo, dizendo ao Mário como falar com este senhor. (Só estou pedindo pra você ser coerente!)
      O que eu disse, como você pode reler, é que o Mário não usou nenhum termo depreciativo, para se referir ao Pastor, e você percebeu isso… Pois, teve que tentar "traduzir", simplificar, resumir, o que foi dito pelo Mário para demonstrar uma possível negatividade em seus comentários.
      De qualquer forma, concordo com você, não há problema nenhum em ser idoso, há problema em já sendo idoso, agir de forma imatura e infantil… E o fato de ser feio … fazer o quê, né?! Não escolhemos antes de nascer, como será nossa aparência. Não há problema em ser feio também. E em ser bonita, também não há problema, ao contrário do que acha o pastor e do que disse o Milton Maciel. Sim, é complicado dizer como o outro deve agir, mas há coisas que são óbvias. Por exemplo, um pastor, deveria – NO MÍNIMO – saber como se dirigir às pessoas. Coisa que o sr. citado não soube fazer.
      E se você acredita mesmo que não é "legal" dizermos aos outros como devem agir, porque você não avisa o pastor que não deve me dizer como agir, enquanto Bolsista de Mestrado (talvez ele nem tenha entendido o que isso significa).
      Att.,
      Lívia Noronha.

    • Lívia Noronha acredito ser coerente quando proponho que expressemos nossa opinião de forma mais amistosa. Desculpe por tocar em sua vida pessoal, se isso de alguma maneira não foi bem vista, não foi minha intenção, a intenção era demonstrar que o fato de discordar com suas idéias não implica em ser contrário e ofensivo a sua pessoa ou a de seu noivo, mas uma vez minhas desculpas.

    • ok, Tássio.
      Como os senhores Dilson G de Mendonça e Milton Maciel excluíram seus comentários (ou o facebook excluiu depois de algumas denúncias), acho justo excluir os meus sobre os comentários deles.
      Espero que o pastor possa debater com os demais que comentarão, algo a respeito do seu próprio comentário sobre a cassação da Marisa Lobo e não sobre a vida particular de qualquer outra pessoa.

  12. lívia a bíblia diz: a sabedoria do homem é loucura pra Deus, de que adianta tanta sabedoria de sua parte e se tornar uma mulher sem afeição de uma mulher sábia!!! na sua visão humana os mandamentos de Deus ñ tem importancia para vc, pq tem visão humana, mas a visão de Deus é diferente da sua, a bíblia diz: os seus pensamentos ñ são os meus pesamentos, os seus caminhos ñ são os meus caminhos, se resume em uma coisa, vc está errada diante de Deus!!!

    • Caro, Osvaldo, se você queria falar comigo ou para mim, seria mais adequado (pra não dizer, digno) responder no meu comentário nesta página, e não citar meu nome (já que sou a única 'Lívia' que comentou aqui) em um comentário solto. Mas,… já que você se deu ao trabalho de escrever este comentário CITANDO MEU NOME INDEVIDAMENTE, faço questão de responder:
      Desculpe-me, mas você não deve ter compreendido que não estou interessada em discutir sobre citações bíblicas (mal-traduzidas) ou sobre o que você PENSA a meu respeito. Até porque, se você se sentir a vontade para dizer aonde quiser o que você pensa a meu respeito, vou me sentir a vontade também pra dizer o que estou pensando a seu respeito… e não pretendo lhe ofender.

  13. Engraçado os homossexuais e lésbicas estão ai mostrando a que veio e uma psicologa não pode confessar sua fé diante dos homens, Marisa lobo lembre-se, BEM AVENTURADOS SOIS QUANDO, POR MINHA CAUSA, VOS INJURIAREM E VOS PERSEGUIREM, E, MENTINDO DISSEREM TODO MAL CONTA VÓS. REGOZIJAI-VOS E EXALTAI, PORQUE É GRANDE O VOSSO GALARDÃO NOS CÉUS: POIS ASSIM PERSEGUIRAM AOS PROFETAS QUE VIVERAM ANTES DE VÓS. Mateus, 5 vers. 11 e 12.

  14. interessante que ha 2000 mil anos atrás os cristãos foram perseguidos justamente por colocarem sua fé acima de todas as coisas, inclusive o governo e as leis(quando estas feriam os princípios cristãos) ali estabelecidas pelos imperadores romanos. Não espero que o mundo entenda a questão da fé, até porque o cristianismo e a palavra de Deus são loucura para o mundo. só aqueles que conhecem a Cristo entendem de fato essas coisas. Ética? não sei o que o que diz o CFP, nem o CRM, nem o CRC…mas acima de todos está a palavra de Deus.

  15. Querem cassar o registro de uma psicóloga por ela ser evangélica, e está no seu livre direito de expresar a sua fé…falar de uma pessoa homossexual é como se cometessemos o crime de Hitler mas e se eles criticarem os heterossexuais não dão em nada.Deixem de hipocrisia e ainda vem esses ateus que quando estão em perigo o rpineiro que chamam em por Deus……….

  16. Se Deus não poupo Sodoma e gomorra, antes, destruiu deixando como exemplo para os dias que se chama hoje, muito menos há homens ímpios que zombam de Deus, e, uma justiça contrária aos princípios éticos e a decência. Uma sociedade que ainda está de pé, graças ao sal da terra a luz do mundo. Muito escanda-lo, se a maioria dos crentes na pessoa bendita de Jesus, não andassem retamente (para vergonha de homens e mulheres que Deus os entregou as mais desprezíveis atrocidades e imundícias, para se desonrá-los assim mesmo e se apresentar diante dele, não o tempos que vossos corações trasviados pensam viver, pois, a vida ao nosso Deus pertence, e tu que confia em ti mesmo, levanta hoje pela manhã e, não termina seu dia e desce a sepultura e entre em juízo eterno com Deus, faz teus planos e é cortado da terra do vivente sem que ao menos uma só vida, se compadecendo possa te estender as mãos para te socorrer; todos os corações do homem e do rei, está nas mãos do Eterno. E, as vossas vidas, homens ímpios e justiça que acha que podem fazer as escondidas o mal, e ainda diz em vosso coração: não seremos apanhado, pois, somos os (…), sinto em dizer que a vossas vidas foram pesadas… O dono por direito dos que foram lavados com o precioso sangue de Jesus, veio aos vossos encontros, quem poderá resistir? Quer chegar a Deus, autoridades Brasileira, querem escarnecer de Deus, que considerá-lo ímpios como vós, só por Ele vos ter permitido vir até aqui? Vão adiante com a vossa dura cerviz! Ele quebrará o vaso ruim, e quem os livrará das potentes mãos do nosso Deus Senhor amigo e Mestre? Essa é a verdade, e não há remédio, vos levantaram tal alto, que seres abatidos pelo Juiz dos Juízes, Yeshua não a ceita suborno, despreza presentes, fala ao ímpio por um meio e de uma forma, que ele jamais escaparia se não que, ainda dissesse mais agravo a Yeshua, mais e mais agravos, odiando a si mesmo e a própria vida. Deus fere a aquém quer, e põe e tira de onde está para que saibam que o poder pertence somente a Deus. Quanto ao homem, está ordenado (por Deus) a morrer uma só vez, vindo depois disso o juízo. Homem e mulheres, crentes fieis são embaixadores de Deus aqui na terra, e ainda sim, vós desonrais as autoridades de Deus para vossos castigos eterno.

    Deus não está a procura de exímio escritor, e sim de homens que possa usa-los…

  17. Se aplicassemos o mesmo rigor "ético" que o Consellho Regional de Psicologia está empregando para julgar a psicóloga cristã Marisa Lobo, então o próprio Dr. Sigmund Freud seria cassado, uma vez ele mesmo publicamente professava ser ateu e, inclusive, publicou alguns livros e artigos para defender sua crença no ateísmo, entre os quais estão "O Futuro de uma Ilusão" e "Totem e Tabu". Conclusão : ao insistir para que a psicóloga cristã negue a sua fé, ou o CRP está afirmando que o Dr. Freud era antiético por professar o ateísmo, ou pior do que isso, está tomando partido ao favorecer uma crença em detrimento da outra, o que configura claramente perseguição por puro preconceito religioso. É por essas e outras que defendo que não é função do Estado regulamentar que tipo de postura religiosa ou anti-religiosa é mais adequada ao terapeuta. É um DIREITO DO CLIENTE escolher o psicoterapeuta que com quem quer se consultar, e isso inclui não apenas a linha psicológica, mas também a orientação religiosa (ou não) do terapeuta.

    • Marisa lobo após uma consulta com sua psicologia cristã : Tenha fé em deus (eu poderia ter ouvido isso em uma igreja qualquer =/ )

      Dr. Sigmund Freud após uma consulta com sua psicologia normal : A inteligência é o único meio que possuímos para dominar os nossos instintos. O pensamento é o ensaio da ação.A nossa civilização é em grande parte responsável pelas nossas desgraças. Seríamos muito mais felizes se a abandonássemos e retornássemos às condições primitivas.

      ainda quer associar que deus, um cara que deu a ordem de não matar,matou mais pessoas que o próprio demônio que é denominado o ''cara mal'' com a logica da mais pura razão? poupe-me de seus comentários u.u

      PS:. Não irei para o inferno e nem sou filho do capeta, pois não acredito em ambos

    • Nadson Gabriel você está desinformado. A psicóloga cristã Marisa Lobo não está sendo acusada por pregar religião dentro do consultório. Quanto a "retornar às condições primitivas" (Id), está claro que você defecou pelos dedos por ignorância em relação ao trabalho de Freud, mais especificamente sobre o Id, Ego e Superego. Sugiro leitura e esvaziamento do ego. O fato é que em 15 anos de profissão, ela jamais teve um processo sequer. A revolta da comunidade cristã se justifica porque o CRP está exigindo que a Marisa Lobo desvincule seu título de psicóloga das mídias eletrônicas que participa (blog, site, Face, etc). Isso seria o mesmo que pedir ao Dr. Freud que desvinculasse o seu título de psicanalísta e médico dos livros que publicou fazendo apologia do ateísmo. A grande questão é que dentro do consultório não há denúncia nenhuma contra ela. Portanto, se fora do consultório o Dr. Freud tinha liberdade de professar sua crença no ateísmo, por que a psicóloga Marisa Lobo não pode fazer o mesmo?

    • Tony Santos
      somente pelo simples fato, da sua querida doutora afirmar que, por eu ser ateu, e por outras pessoas serem ateus e homossexuais, não temos ética, moral, ou seja, ela está defecando com os dedos como você mesmo diz, as porcarias preconceituosas que o religioso faz !
      apesar de que não tem reclamação dentro do seu consultório, por que só quem vai la são os rebanhos =/

    • Nadson Gabriel mas isso que você alega não é motivo pra cassar o CRP dela. Discordância a respeito de moral e ética a gente debate em fóruns, palestras e congressos. Cada debatedor tem um ponto de vista e nem sempre se chega a um acordo. Mas apelar para a Inquisição do CRP é totalitarismo demais. Repito: Freud pode defender o ateísmo, mas psicólogos cristãos não podem defender o cristianismo? Onde está a ética nisso?

    • Mais um paraquedista dando pitaco acheológico sobre o assunto. REPITO aos demais paraquedistas: o motivo da cassação da psicóloga NÃO RESIDE NO TRATAMENTO, senão somente na associação do seu título de psicóloga à fé cristã. Portanto, assim como Freud DENTRO DO CONSULTÓRIO não tratava seus pacientes dizendo que "só a crença no ateísmo salva", a psicóloga Marisa Lobo também não trata seus pacientes DENTRO DO CONSULTÓRIO dizendo que "só o crença no cristianismo salva". Por outro lado, assim como Freud FORA DO CONSULTÓRIO tinha liberdade de professar o ateísmo e dizer que "Deus é uma ilusão", por que então o CRP quer vetar o mesmo direito a psicóloga cristã de professar o cristianismo FORA DO CONSULTÓRIO e dizer que "só Jesus salva"? EIS A IGNORÂNCIA DO CRP E DOS PARAQUEDISTAS

    • Tony Santos eu quero que você me explique como é a psicologia ''cristã'' que fiquei curioso logo que ouvi falar dela, como também do funk gospel, gostaria de saber como se dança um ritmo tao repugnante (não importa se gospel ou não é um ritmo lixo nesses novos tempos) em nome de deus.

    • Nadson Gabriel o que é a mente (psiquê)? O que é a psico (psiquê) + logia (estudo)? Consegue perceber que a psicologia é o estudo da psiquê e não a psiquê em si? Portanto, seguindo este raciocínio lógico, a resposta para sua pergunta é simples e óbvia. Psicologia cristã não é psicologia (no sentido positivista), assim como psicologia (estudo da psiquê) não é a psiquê. O estudo da psiquê não é exclusivo e restrito ao ponto de vista positivista. A prova disso é que a psiquê já vem sendo estudada há séculos por hindus, budistas, judeus, cristãos, muçulmanos e, por último, também pelos positivistas. O assunto é simples demais. Acontece que os totalitaristas que dirigem o Conselho Federal de Psicologia adoram manipular a verdade, e mentem ao divulgar que a única psicologia que existiu e que ainda existe é a psicologia científica positivista. Quanto a música gospel, não posso te ajudar porque como sou cristão protestante batista, não estou acostumado a ouvir esse tipo de ritmo. Deus te abençoe na sua busca por respostas.

    • Nadson Gabriel sugiro que reflita a respeito da ilógica das suas afirmações. Se na sua opinião Deus é um ser imaginário, então você também acredita que a mente e o inconsciente também o são? Digo isso porque, ao contrário do cérebro que é algo físico, a mente e o inconsciente são conceitos que, segundo a sua lógica, seriam considerados anti-científicos a luz da metologia científica positivista, uma vez que se tratam de instâncias psíquicas imateriais e atemporais (assim como Deus), portanto, incapazes de ser mensurados e observados cientificamente. Obviamente esse tipo de argumento é inválido, visto que a mente e o inconsciente são conceitos amplamente difundidos e usados por profissionais das mais diversas áreas da ciência, ainda que não exista prova material alguma da existência deles. Partindo dessa premissa, poderiamos concluir que se você crê na existência da mente e do inconsciente mesmo não tendo provas da existência destes conceitos "imaginários", automaticamente você é obrigado a admitir que crê em entidades ou seres igualmente imaginários e, consequentemente, também crê em Deus apesar de ainda não estar consciente disso. "Aperte o cinto, Dorothy, porque Kansas vai sumir do mapa" :-]

    • Tony Santos

      cara, o que você escreveu, faz tanto sentido quando um patinete para um peixe…
      inconsciente cerebral é mais que provado cientificamente, ao contrario da fé em deus, que é temor pelo que não se tem provas, ou seja, ''deus''(pastores) so precisa de insetos obedientes que são vocês para ganhar dinheiro, palavras de conforto, falsas curas, e o melhor de todos, humilhar os diferentes que é o que vocês mas amam.

    • Nadson Gabriel a mente e o inconsciente jamais foram provados cientificamente porque, uma vez que não são algo físico ou material, não podem ser provados através do método científico. Assuntos científicos devem ser debatidos utlizando critérios científicos e não atirando-se ao chão como uma criança mimada que pretende satisfazer sua vontade chamando a atenção dos pais, o que é justamente o que você tem feito aqui para sua própria vergonha, embora ainda não tenha a menor consciência disso. Qualquer pessoa que tenha lido com atenção no mínimo mais do que 20 linhas sobre a mente e o inconsciente sabe que estes conceitos são impossíveis de ser provados de acordo com a experimentação do método científico porque são não físicos ou materiais, mas psíquicos ou imateriais. Daí explica-se o surgimento do behaviorismo, uma teoria psicológica defendida por psicólogos que afirmam que o único objeto de estudo possível para a psicologia é o comportamento observável e, portanto, chegam a negar a existência da mente e do inconsciente por se tratar de conceitos imaginários e imateriais (lembrando que o inconsciente coletivo também é atemporal) sendo impossíveis de ser provados de acordo com os mesmos critérios de metologia científica que você defende para criticar a existência de um ser igualmente imaterial e atemporal conhecido como Deus. Para concluir, sugiro que você estude um pouco e pare agir como um tolo ignorante afirmando coisas que desconhece completamente baseado apenas na leitura de orelha de livros, se é que você já leu algum durante a sua vida. Primeiro vá estudar e se atualizar sobre as lacunas e pontos falhos do método científico e sobre as questões obscuras envolvendo a divulgação de descobertas "científicas" para a sociedade motivadas por interesses de agendas políticas que visam o estabelecimento de uma nova ordem mundial. Feito isso, volte daqui uns 10 anos e então quem sabe poderemos conversar. E já que dá última vez que me despedi dizendo "Deus te abençoe" e você desdenhou afirmando que Deus é um ser imaginário, desta vez deixarei você escolher que tipo de ser ou conceito imaginário você quer ser abençoado. Em nome de Deus ou da sua igualmente imaginária mente?

  18. Estou crente de que a maioria destas pessoas que se manifestam a favor desta psicóloga tem um serio problema de cognição ou são analfabetos funcionais o que é muito provável, serem as duas opções. A questão é simples meus senhores. O CFP ( que não são caras de pau como disse o PrDilson G de Mendonça), pode cassar o registro da psicóloga Marisa Lobo que, pela maneira como a mesma atua, feri o código de ética do conselho ("Resolução CFP nº 001/99 De 22 de março de 1999 Ementa: Estabelece normas de atuação para os psi­cólogos em relação à questão da Orientação Sexual. O CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA, no uso de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO que o psicólogo é um profissi­o­nal da saúde; CONSIDERANDO que na prática profissional, in­de­pendentemente da área em que esteja atuando, o psicólogo é freqüentemente interpelado por ques­tões ligadas à sexualidade. CONSIDERANDO que a forma como cada um vive sua sexualidade faz parte da identidade do sujeito, a qual deve ser compreendida na sua to­ta­lidade; CONSIDERANDO que a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão; CONSIDERANDO que há, na sociedade, uma in­quietação em torno de práticas sexuais desviantes da norma estabelecida sócio-culturalmen­te; CONSIDERANDO que a Psicologia pode e deve contribuir com seu conhecimento para o escla­re­ci­mento sobre as questões da sexualidade, permi­tin­do a superação de preconceitos e discrimina­ções; RESOLVE: Art. 1º – Os psicólogos atuarão segundo os prin­cípios éticos da profissão notadamente aqueles que disciplinam a não discriminação e a pro­mo­­ção e bem-estar das pessoas e da huma­ni­dade. Art. 2º – Os psicólogos deverão contribuir, com seu conhecimento, para uma reflexão sobre o pre­conceito e o desaparecimento de dis­cri­mi­na­ções e estigmatizações contra aqueles que apresentam comportamentos ou práticas homoeróticas. Art. 3º – Os psicólogos não exercerão qualquer ação que favoreça a patologização de comportamentos ou práticas homoeróticas, nem adotarão ação coercitiva tendente a orientar ho­mos­sexuais para tratamentos não solicitados. Parágrafo único – Os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades. Art. 4º – Os psicólogos não se pronunciarão, nem participarão de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a re­for­çar os preconceitos sociais existentes em rela­ção aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica. Art. 5º – Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Art. 6º – Revogam-se todas as disposições em con­trário. Brasília, 22 de março de 1999. ANA MERCÊS BAHIA BOCK Conselheira-Presidente"). São regras que esta senhora jurou de livre e espontânea vontade seguir e não o está. Não exige que ela negue a sua fé. Ela tem a liberdade de seguir seu credo, mas para isso tem o espaço, a igreja, o consultório não é lugar para pregações, esta senhora já sabia disso e se faz de perseguida do senhor, como mártir da causa cristã, querendo se popularizar na rede da maneira mais covarde, mesquinha, suscitando o apoio a ignorantes.

    • …sou a favor da psicóloga nesta questão, quanto aos xingamentos e palavras pejorativas que você usou para expressar o seu descontentamento por idéias contrárias ao CNP e suas sugiro que voce adiquira um pouco de polidez , mas eu acredito que lei alguma pode proibir um paciente a ser atendido buscando o seu bem estar naquilo que pretere , ser ou deixar de ser, tampouco coibir o profissional descartar o individuo alegando "ética profissional". Nesse caso esta lei deve ser revisada em favor do paciente…

    • Diego Felipe Chaves C Diego Felipe Chaves C ok.
      Todos nós temos direitos e deveres e esses direitos e deveres são garantidos por leis, as tão conhecidas regras, que todos nós temos que seguir, em que em umas delas dizem que roubar é crime. No caso do político, um prefeito que desvia verba pública destinada a merenda por exemplo, responderá por improbidade administrativa, esse prefeito tem o seu mandato cassado, quando a justiça "funciona". Um médico ao vender um atestado, pode ser cassado, por isso. Um cirurgião plástico ao submeter um paciente a mais de uma cirurgia plástica de uma só vez, pode ter ser registro cassado, porque isso fere o código de ética do Conselho Federal de Medicina. O que esses exemplos tem a ver com a psicologa, Quando você pergunta se é justo que a psicologa ser cassada por infringir o código de ética do Conselho Federal de Psicologia? Tudo. Entendeu agora o contexto do meu primeiro exemplo?

    • Mário Jorge Jardim você desconsidera que a cassação é a pena maior… Não digo que ela não deveria sofrer sanções, afinal ela infligiu a ética no que diz respeito a se posicionar quanto a preferencia sexual… Mais no caso dela ser cassada eu vejo como ma decisão injusta até mesmo porque nenhum dos pacientes dela reclamaram, ou seja, será que os anos de profissão sem nenhuma reclamação dos principais interessados não contam? A justiça deve ser sensata meu caro. Por isso que eu disse que sua resposta não entra no contexto, comparar ela a um criminoso ou ladrão… francamente…

    • Diego Felipe Chaves C

      "Toda profissão define-se a partir de um corpo de práticas que busca
      atender demandas sociais, norteado por elevados padrões técnicos e pela
      existência de normas éticas que garantam a adequada relação de cada
      profissional com seus pares e com a sociedade COMO UM TODO."

      PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS
      I. O psicólogo baseará o seu trabalho no respeito e na promoção da liberdade, da dignidade, da igualdade e da integridade
      do ser humano, apoiado nos valores que embasam a Declaração
      Universal dos Direitos Humanos.
      II. O psicólogo trabalhará visando promover a saúde e a qualidade de vida das pessoas e das coletividades e contribuirá para
      a eliminação de quaisquer formas de negligência, discriminação,
      exploração, violência, crueldade e opressão.
      III. O psicólogo atuará com responsabilidade social, analisando
      crítica e historicamente a realidade política, econômica, social e
      cultural.
      IV. O psicólogo atuará com responsabilidade, por meio do
      contínuo aprimoramento profissional, contribuindo para o desenvolvimento da Psicologia como campo científico de conhecimento
      e de prática.
      V. O psicólogo contribuirá para promover a universalização do
      acesso da população às informações, ao conhecimento da ciência
      psicológica, aos serviços e aos padrões éticos da profissão.
      VI. O psicólogo zelará para que o exercício profissional seja
      efetuado com dignidade, rejeitando situações em que a Psicologia
      esteja sendo aviltada.
      VII. O psicólogo considerará as relações de poder nos contextos em que atua e os impactos dessas relações sobre as suas atividades profissionais, posicionando-se de forma crítica e em consonância com os demais princípios deste Código.

      DAS RESPONSABILIDADES DO PSICÓLOGO
      Art. 1º – São deveres fundamentais dos psicólogos:
      a) Conhecer, divulgar, cumprir e fazer cumprir este Código;
      (…)
      Art. 2º – Ao psicólogo é VEDADO:
      a) Praticar ou ser conivente com quaisquer atos que caracterizem negligência, DISCRIMINAÇÃO, exploração, violência, crueldade ou
      opressão;

      f) Prestar serviços ou vincular o título de psicólogo a serviços de
      atendimento psicológico cujos procedimentos, técnicas e meios não
      estejam regulamentados ou reconhecidos pela profissão

      j) Estabelecer com a pessoa atendida, familiar ou terceiro, que
      tenha vínculo com o atendido, relação que possa interferir negativamente nos objetivos do serviço prestado;

      k) Ser perito, avaliador ou parecerista em situações nas quais seus
      vínculos pessoais ou profissionais, atuais ou anteriores, possam afetar
      a qualidade do trabalho a ser realizado ou a fidelidade aos resultados
      da avaliação

    • Diego Felipe Chaves C
      Precisas ler outras publicações desta senhora, talvez entenderás porque que ela está sendo cassada. Ai quem sabe entenderás também, e quem sabe concordarás como meus comentários, que não dizem respeito a pessoa Marisa lobo.

    • Mário Jorge Jardim talvez se me mostrares no código em que exime algo sobre religião ou sobre proferir credo, talvez quem sabe eu mude minha opinião… Até mesmo porque se tal coisa existir o caso dessa psicóloga deve ser analisado e ela punida, pois aceitou ser psicóloga já sabendo que proferir a fé é vetado… Porem volto a dizer, a cassação é em ultima instancia, pois até onde sei nenhum dos pacientes dela foram prejudicados…

    • Diego Felipe Chaves C Ok.
      Vou repetir…
      PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS
      I. O psicólogo baseará o seu trabalho no respeito e na promoção da liberdade, da dignidade, da igualdade e da integridade
      do ser humano, apoiado nos valores que embasam a Declaração
      Universal dos Direitos Humanos.

      (Declaração Universal dodos Direitos Humanos

      Artigo II

      Toda pessoa tem capacidade para gozar os direitos e as liberdades estabelecidos nesta Declaração, sem distinção de qualquer espécie, seja de raça, cor, sexo, língua, religião, opinião política ou de outra natureza, origem nacional ou social, riqueza, nascimento, ou qualquer outra condição.
      Artigo VII

      Todos são iguais perante a lei e têm direito, sem qualquer distinção, a igual proteção da lei. Todos têm direito a igual proteção contra qualquer discriminação que viole a presente Declaração e contra qualquer incitamento a tal discriminação).

      "A profissão de psicóloga(o) foi regulamentada no Brasil pela Lei nº 4.119/1962 e a Lei nº 5.766/1971 criou a autarquia dos Conselhos Federal e Regionais de Psicologia, destinados a orientar, a disciplinar e a fiscalizar o exercício da profissão de psicólogo e zelar pela fiel observância dos princípios de ética e disciplina da classe. Entre as atribuições estabelecidas por essa lei ao Conselho Federal de Psicologia estão a de elaborar e aprovar o Código de Ética Profissional do Psicólogo e funcionar como tribunal superior de ética profissional, portanto atuar como instância de recurso aos processos julgados nos Conselhos Regionais.

      Cumprindo seu papel previsto na Lei 5.766/1971 de zelar pela fiel observância dos princípios de ética e disciplina da classe, os Conselhos Regionais de Psicologia recebem e apuram as denúncias que chegam sobre o exercício profissional de psicólogas (os). Do julgamento do plenário do Conselho Regional, cabe recurso ao plenário do Conselho Federal de Psicologia.

      Qualquer cidadão pode oferecer denúncia contra o exercício profissional do(a) psicólogo(a), visto ser seu direito constitucional. Assim, as ações de orientação e fiscalização promovidas pelos conselhos profissionais no âmbito Regional são legítimas e não podem ser tomadas como perseguições ou cassações a qualquer direito. Todos os profissionais que exercem suas funções reconhecidas pelo Estado Democrático de Direito estão submetidos às legislações e Códigos de Ética dos seus respectivos Conselhos e, portanto, têm o dever de pautar sua atuação profissional nas legislações que disciplinam o exercício de sua profissão.

      A Psicologia como ciência e profissão pertence à sociedade tendo teorias, técnicas e metodologias pesquisadas, reconhecidas e validadas por instâncias oficiais do campo da pesquisa e da regulação pública que validam o conjunto de formulações do interesse da sociedade. Os princípios e conceitos que sustentam as práticas religiosas são de ordem pessoal e da esfera privada, e não estão regulamentadas como atribuições da Psicologia como ciência e profissão.

      Finalizamos esse posicionamento declarando que o CFP iniciará uma série de atividades de debate sobre a relação entre Psicologia e religiosidade, com vistas a contribuir com o debate público da categoria e da sociedade frente a esse tema, objetivando explicitar que não somos contrários a que os profissionais tenham suas crenças religiosas e sim que devemos zelar para que estes não utilizem suas crenças, de qualquer ordem, como ferramenta de atuação profissional."
      ( http://www.pol.org.br/pol/cms/pol/noticias/noticia_120228_001.html )

    • Diego Felipe Chaves C Caríssimo, devo informar-lhe de que não existe "preferência sexual", como você cita em mais de um comentário, mas ORIENTAÇÃO SEXUAL, veja as modificações no DSM (Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders – DSM) e compreenda como tais modificações históricas implicam tanto na utilização do termo "orientação sexual", e não escolha ou preferência sexual, quanto do termo "homossexualidade", e não homossexualismo.

      A Associação Americana de Psiquiatria, a Associação Americana de Psicologia e a Associação Nacional dos Trabalhadores Sociais declararam:
      "Em reconhecimento da evidência científica, a Associação Americana de Psiquiatria retirou a homossexualidade do DSM em 1973, afirmando que "a homossexualidade em si não implica qualquer prejuízo no julgamento, estabilidade, confiabilidade ou capacidades gerais sociais e vocacionais." Depois de uma profunda revisão de dados científicos, a Associação Americana de Psicologia adotou a mesma posição em 1975, e exortou todos os profissionais de saúde mental "para assumir a liderança em eliminar o estigma de doença mental que há muito tem sido associado com orientações homossexuais." A Associação Nacional dos Trabalhadores Sociais adotou uma política similar.
      Assim sendo, os profissionais e pesquisadores de saúde mental há muito reconheceram que ser homossexual não constitui obstáculo inerente à liderança de uma feliz, saudável e produtiva vida, e que a grande maioria dos gays e lésbicas funcionam bem em toda a gama de instituições sociais e relações interpessoais. "

  19. Isso é absurdo!Em nosso país temos total liberdade de manifestar a nossa fé. O que estão fazendo com a Psicóloga Marisa Lobo é anticonstitucional, seguida de uma brutal perseguição religiosa. Mais uma razão para percebermos a presença do anti-CRISTO no meio de nós.

  20. Turma de babacas de gravatas, vasilhas do demonio; se ela fosse mae de santo, ou se a Marisa falasse para as pessoas que era Maria quem curava? Será que seria forçada a deixar de dize-lo?
    POUPE-ME, seu bando de diplomados babaca! Somos livre pra ser ou não ser, e vamos continuar proclamamdo que Jesus cura, the lepra do pecado, the lepra the pele, do cancer, de hiv, e que "Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e O será para sempre" Persseguição é caso de policia, E ja dizia o profeta " quem tocar em você, toca na menina do olho de Deus". Oremos pra que o Senhor Jesus tenha compaixão deste "Judas".

  21. Esse escreveu no twitter, o seguinte: "Africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé. Isso é fato. O motivo da maldição é a polêmica. Não sejam irresponsáveis". Como disse, um certo jornalista: " Mas é interessante reparar que há um nítido mecanismo de negação racial no discurso do nobre parlamentar. Ele é, obviamente, descendente de negros, embora insista em alisar os cabelos com gel e chapinha, além de usar lentes de contatos verdes. Ainda assim, é racista. E, a julgar pelo que escreve, ignorante. Assim como seus eleitores."

  22. Sou completamente a favor da cassação do registro de Marisa lobo, o código de ética está mais do que claro, ela está totalente errada… ainda vou mais longe…sou completamente contra a candidatura de líderes religiosos na política brasileira como Sr. marco feliciano que é um completo inútil.

    Religião é atraso de vida, temos que tirar estes fundamentalistas religiosos do poder que sempre atrasaram o nosso Brasil, é preciso uma lei que impessa estes de se candidatarem.

    É lamentável ver pessoas que não enxergam 1 palmo diante do nariz, totalmente retrógradas apoiando esta pseucóloga, pessoas que vivem na era medieval fazendo vídeo para ela e ainda se achando mandando divulgar…HAHAHAHAHA!!! não me faça rir….vou ajudar é que esta fundamentalista seja cassada, isso sim que é uma conduta inteligente e racional que preza acima de tudo pela razão.

  23. Le esta reportagem da DRª Marisa e me admirei com a coragem que ela como crist~tem.
    QUE CORAGEM!
    QUE FÉ!

    http://reporterdecristo.com/campanha-em-favor-da-dra-marisa-lobo

    DRª Marisa Lobo, a senhora foi exemplo pra todos os cristão . Apoio já sabe que não está sozinha, (como falou em seu texto). Não está mesmo, conte com os cristão verdadeiros de nossa Igreja.
    Tem o meu apoio e a partir de agora estarei rezando pela senhora.
    Deus abençoe e lhe livre das ciladas de Satanás.
    Abaixo o Conselho Federal Homofascísta de Psicologia. Que seja este Conselho Homofascista e Cristofobico, completamente abolido.

    Tb estou apoiando todos os profissionais que levam sua profissão com competência e responsabilidade.
    Quem puder cometa lá

    Envie você também esse link para seus amigos:
    http://reporterdecristo.com/campanha-em-favor-da-dra-marisa-lobo
    Fique com Deus!!!!

  24. Por mais que reprimam o cristianismo assim como na época de Roma, Jesus morreu mas, a sua palavra vive eternamente, podem cassar o registro da psicologa, mas nunca matar sua fé e para senhorita Livia temos certeza que Deus tem misericordia dela, se Paulo sendo perseguidor da Igreja um dia morreu por ela vc não é diferente

  25. Um dos problemas do Brasil é o "jogar diploma aos porcos", uma prática muito comum em muitas faculdades particulares que se interessam em absorver os vestibulandos que não tiveram ou não tem esforço e competência para entrar na universidade pública, compram-se diplomas e jogam no mundo profissionais sem ética ou respeito à profissão. Sim, muito sensato por parte do CRP cassar a licença dessa sra. Marisa Lobo, o que ela faz em seus meios de comunicação chega a ser de um absurdo sem tamanho – já cheguei a ver a sra. Marisa Lobo incentivar o alcoolismo pra tentar justificar alguma coisa referente à drogas.

  26. eu entendo que esta resolucao se refere ao profissional no momento em que esta prestando um atendimento ou em participacao em congressos, conferencias e etc, ou seja, no exercicio da profissao. Ninguem trabalha 24 horas initerruptas, mas, na sua vida cotidiana porque ela nao pode declarar sua fé? . Querida Livia, independente do que vc diga ou creia , nada poderá fazer com que Deus deixe de lhe amar. Mesmo que as pessoas tentem ignora-lo Ele nao deixará de existir, e, quando vc precisar, pode chamar por Ele, que Ele te ouve e entende. Deus te abencoe.

  27. Galera, deixei de IGNORÂNCIA, ninguém quer caça-la por ser cristã, ela simplesmente não deve misturar seu trabalho de psicologa com sua religião.
    Porque se depois de visitar uma pessoa pra contar seus problemas e ele quiser ouvir jesus te abençoe, ele nao ira em um consultório psicologo, e sim a uma igreja.

  28. Senhora Lívia:
    Me perdoe mas, pelo o que vejo, a senhora é ignorante quanto ao tema. Pesquise um livro chamado Homossexualismo masculino: Escolha ou destino, de Claudemiro Soares.
    Mas só adiantando: quanto ao ser ou não doença, isso não está decidido; de Freud, Jung, Lacan et cetera, sempre trataram o homossexualISMO como doença e distúrbio mental. Já que a senhora mandou, pesquise também porque a OMS tirou do rol de doenças e distúrbios mentais o homossexualismo, e você saberá que não foi POR NENHUMA PESQUISA CIENTÍFICA, mas sim por pura pressão dos sodomitas.
    Cuidado ao repetir discursos de terceiros sem saber o porque das coisas.
    Shalom ve-Chachmah.

  29. "A Ce'sar o que é de César e a Deus o que é de Deus" assim disse um sujeito galileu ha milhares de anos atra's. Como isso ele quis dizer que existem coisas que são do ambito terreno, racional e da Lei e que existem outras coisas do espírito, de Deus. Enfim no caso da psicologa em questão – ela vai contra os principios LEGAIS e REGIMENTAIS que orientam o exercicio profissional e por isso foi convocada para uma reunião com os profissioanis FISCAIS do Conselho Regional de Psicologia – que face as provas documentais (denuncia, post's de twitter e texto do blog) orientaram sobre alguns alpectos contidos na lei (abaixo) e solicitaram que fizesse as retificações necessárias. Bom, se a psicologa recusar-se , ai se instaura processo ético administrativo no ambito local (CRP Paraná) que pode decidir pelo arquivamento, orientaçao, censura publica e se CASO decidir pela CASSAÇÃO ai sim irá para o Conselho Federal. É todo um processo LEGAL ! Compete aqui apenas alaertar que profissionais de diversas áreas sao regidos pelos seus Códigos de Ética profissional e resoluções que orientam sobre o exercício profissional. Como profissionais devem pautar sua pratica profissional por estes Códigos..
    * Código de Ética Profissional do Psicólogo

    Art. 2º – “Ao psicólogo é vedado:

    a) Praticar ou ser conivente com quaisquer atos que caracterizem negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade ou opressão;

    b) Induzir a convicções políticas, filosóficas, morais, ideológicas, religiosas, de orientação sexual ou a qualquer tipo de preconceito, quando do exercício de suas funções profissionais;”.

    ** Resolução CFP nº 001/99:

    “Art. 2° – Os psicólogos deverão contribuir, com seu conhecimento, para uma reflexão sobre o preconceito e o desaparecimento de discriminações e estigmatizações contra aqueles que apresentam comportamentos ou práticas homoeróticas.

    Art. 3° – os psicólogos não exercerão qualquer ação que favoreça a patologização de comportamentos ou práticas homoeróticas, nem adotarão ação coercitiva tendente a orientar homossexuais para tratamentos não solicitados.

    Parágrafo único – Os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades.

    Art. 4° – Os psicólogos não se pronunciarão, nem participarão de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a reforçar os preconceitos sociais existentes em relação aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica.”

  30. Recomendo a todos o livro: Jesus, o maior psicólogo que já existiu, de Mark W. Baker, um livro que promove a reconciliação entre Jesus e Freud. ele mostra como os ensinamentos de Cristo podem nos ajudar a resolver os problemas do cotidiano e aumentar nossa saúde emocional.

DEIXE UMA RESPOSTA