Médium afirma que espírito de Ayrton Senna fez aula de música com John Lennon para homenagear Xuxa

23

A médium Carmem Tiepolo afirmou em entrevista que o espírito do falecido piloto Ayrton Senna escreveu livros e compôs uma música em homenagem à apresentadora Xuxa Meneghel, com quem Senna havia namorado.

Segundo ela, o espírito de Senna tomou aulas de música com John Lennon, falecido líder e vocalista da banda inglesa “The Beatles”, para compor a canção em que supostamente o piloto declara seu amor à ex-namorada. “O Ayrton foi se especializando, mas o John não dava aulas só para ele. E uma das primeiras músicas que ele fez foi para Xuxa. Essa música já existe há 10 anos. Ele me deu um ultimato dizendo que não era para guardar, porque a Xuxa precisava saber do amor dele”, declaro a médium.

Carmem afirma que tinha amizade com Ayrton Senna e que dava conselhos ao piloto. “Eu conheci o Ayrton Senna pessoalmente, sete anos antes dele morrer. Eu o conheci por causa de um cantor, que era muito amigo dele, mas não vou falar quem é. Um dia fui até a oficina do Chicão, em São Paulo, para encontrá-lo. Lá eu falei: ‘Olha Ayrton, seu espírito é um viajante espiritual. Quando você dorme, ele vem conversar com a gente. Mas seu espírito está ficando preocupado, ele quer que você abandone a Fórmula 1 e vá para Fórmula Indy. Ele quer que você se case com a Xuxa e seja feliz”, afirmou a médium à revista Caras.

Segundo Carmem, o espírito de Ayrton Senna escreveu diversos livros, com um pseudônimo: “Ele se entregou de alma e começou a fazer um livro atrás do outro. Eu tenho muitos livros publicados, destes livros o Ayrton escreveu 40 deles, mas todos com o pseudônimo Bernardo Bandeira Brasil da Silva. Ele queria usar o nome dele, mas eu sugeri colocar o pseudônimo para não ter problema com a família”.

Segundo ela, a família não aceitou que os livros fossem publicados com o nome do piloto para que a renda fosse revertida para a caridade. “Viviane Senna, irmã, me mandou uma carta, dizendo que não era possível. Eles não acreditaram. Eu contei pra ele, e o Ayrton respondeu: ‘Eu estou morto, não estou usando meu nome, faça o que eu quero, porque eu sou o senhor do meu destino. Eu vou trabalhar com caridade, pois tem muita gente precisando’”.

Fonte: Gospel+

COMPARTILHAR

23 COMENTÁRIOS

  1. NÃO ME ENGANA QUE NÃO GOSTO . GRANDE MENTIRA DESLAVADA É ESTÁ

    QUER VENDER LIVRO VAI A FEIRA E NÃO USE DESCULPA DESAFARRAPADA !!!!!!!!!!!!!!!!

    Segundo Carmem, o espírito de Ayrton Senna escreveu diversos livros, com um pseudônimo: “Ele se entregou de alma e começou a fazer um livro atrás do outro. Eu tenho muitos livros publicados, destes livros o Ayrton escreveu 40 deles, mas todos com o pseudônimo Bernardo Bandeira Brasil da Silva. Ele queria usar o nome dele, mas eu sugeri colocar o pseudônimo para não ter problema com a família”.- MENTIRA , TUDO PARA SE PROMEVER NA VENDA DE LIVROS, FALA COM A EDITÔRA ELE TRATA DA VENDA.

  2. “Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos”. Deuteronômio 18:10-11. essa mulher, perdida, blasfema.

  3. Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro;Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; Deuteronômio 18:10-11

DEIXE UMA RESPOSTA