Missionário cristão na Ásia é agredido por grupo intolerante e dado como morto, mas sobrevive

0

Um missionário cristão, que trabalha na Ásia, foi atacado a espadadas por um grupo de pessoas, próximo ao povoado em que desenvolve seu trabalho missionário.

No dia 23/09, o Pastor Bashuda, que havia saído de casa para atender a um chamado de um dos membros de sua congregação, percorria uma rodovia de bicicleta, quando notou que havia um carro atrás dele. Ao encostar para dar passagem ao carro, foi surpreendido pelos cinco ocupantes do veículo, que o perseguiram e o espancaram com golpes de espada.

Inconsciente, Bashuda foi dado como morto pelos agressores, que fugiram do local. Momentos depois, um homem que fazia o mesmo trajeto o viu caído e parou para prestar socorro. Ao reconhecer a vítima, o homem correu para o povoado e avisou os demais sobre o ocorrido, que prestaram socorro ao Pastor.

Segundo o site Portas Abertas, o missionário é sustentado pelo Gospel for Asia, e permanece em coma, ainda com risco de morte.


Fonte: Gospel+

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA