Mulher sobrevive ilesa a gravíssimo acidente e conta testemunho: “Sou milagre de Deus”

3

Uma viagem ao Paraguai para compras poderia ter resultado na morte de uma mulher que, por pouco, escapou com vida. O ônibus em que viajava colidiu com uma árvore, mas no momento do acidente, ela estava no banheiro do coletivo.

Márcia Regina da Silva, 49 anos, comerciante, viajava de Presidente Prudente (SP) rumo ao país vizinho, com um grupo de “sacoleiros”. Na região de Mamboré (PR), o motorista perdeu o controle do ônibus, cruzou a pista e bateu em uma árvore, resultado na morte de dez pessoas.

Segundo informações do G1, há a suspeita que o ônibus tenha sofrido uma tentativa de assalto, o que teria levado o motorista a perder a direção.

“Eu creio que Deus me deu livramento. Se eu não tivesse ido ao banheiro, ou eu estaria muito machucada ou eu estaria morta. Eu sou um milagre de Deus, com certeza”, afirmou Márcia Regina. “Eu não ouvi e não vi nada. Eu levantei para ir ao banheiro e não vi o ocorrido. Quando eu voltei em mim, estava fora do ônibus, na beira da estrada. Não ouvi tiro”, comentou, relatando seu estado de choque com o acidente.


Ela acredita que por ter levantado de seu lugar para usar o banheiro foi determinante para que não se ferisse no acidente, pois ela viajava nas poltronas 23 e 24, no meio do ônibus, parte que ficou “totalmente destruída”, segundo a comerciante. “Os bancos se juntaram nessa parte”, contou.

O susto, porém, não vai impedi-la de continuar a fazer as viagens ao Paraguai para comprar os produtos que revende, pois essa é sua forma de ganhar a vida: “Sabemos que temos os nossos riscos e isso não vai afetar, não. Eu sei que vamos ficar temerosos, mas nós vamos continuar, pode ter certeza. Nossos filhos dependem disso, nós criamos os nossos filhos através da venda dos produtos”, salientou Márcia Regina.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA