Destaque

Procuradora quer proibição de bancadas evangélicas em Brasília: “O estado é laico”

Comments (175)
  1. Arthur Ambrósio disse:

    Não precisei descer mais de uma página de comentários para ver os calorosos defensores dos pastores distorcendo toda a históra. Quando se fala em extinguir uma BANCADA EVANGÉLICA no congresso ou no senado, ninguém quer calar a boca da igreja, muito menos encher o saco do seu tão ocupado deus, que imagino ter mais o que fazer do que se importar com política.
    O que se propõe aqui é separar uma coisa e outra: não é extirpar a religião, religiosidade ou as crenças de determinado grupo, mas sim GARANTIR, sob a forma da lei, que tais crenças não interfiram no âmbito político, nas decisões tomadas ou nas discussões em pauta.
    O estado laico garante tanto a tão esperneada liberdade de expressão religiosa, garante todos os direitos que colocam igrejas e templos acima de pessoas comuns, garante ainda todos os privilégios que os religiosos têm, e que não se dão conta, ou são levados a não se dar conta, graças ao maniqueísmo de gente que só usa a religião em âmbito político para sugar votos e o sangue de imbecis cegos pela fé irracional.
    Minhas esperanças são poucas, em um país onde interpretação de texto é uma ferramenta rara e subutilizada, o voto de cabresto volta já já, o escambo do voto em troca de um lugarzinho no céu só está começando.

  2. Muito tosca essa matéria, e totalmente sem criatividade essa tal de Simon Andréa, não tem nada melhor para inventar não é, os evangélicos a incomodam tanto assim é, isso é muito bom, sinal que Cristo Jesus nos faz ser diferentes.

    1. Giosepe Luiz Dos Santos disse:

      Sinal que o Brasil está sendo dominado por pessoas que envés de pesquisar e terem curiosidades sobre a história, se encostam num só livro chamado Bíblia Sagrada que não tem base nem fundamento algum.

      Adorei a ideia dessa procuradora!

    2. Celina disse:

      Esse seu comentário, Carlos, reforça a ideia que pessoas como você tem complexo de superioridade.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *