Home » Brasil, Capa

Psicóloga Marisa Lobo sai em defesa de Silas Malafaia e afirma: “Jean Wyllys se aproveitou de um programa para ser deputado”. Leia na íntegra

Profile photo of Tiago Chagas Publicado por Tiago Chagas em 19 de junho de 2012

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Psicóloga Marisa Lobo sai em defesa de Silas Malafaia e afirma: “Jean Wyllys se aproveitou de um programa para ser deputado”. Leia na íntegra

Após as afirmações do deputado Jean Wyllys, que questionou a competência do pastor Silas Malafaia para falar sobre homossexualismo, a psicóloga cristã afirmou que o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo “é um psicólogo, e não apenas um professor de história, ganhador de um BBB, que se aproveitou de um programa, para ser deputado”.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Lobo afirma que o deputado e ativista gay é quem “não tem autoridade científica alguma, para falar de homossexualidade”, e emenda dizendo que Jean Wyllys pode falar sobre  assunto apenas “de conhecimento prático, da sua sexualidade vivenciada. Pois sua experiência acadêmica o deixa longe de discussões científicas, que são neste caso da área médica e de saúde mental, que é a área de formação acadêmica do pastor Silas Malafaia”.

A psicóloga Marisa Lobo afirma que o fato de Jean Wyllys questionar a autoridade de Silas Malafaia sobre o assunto demonstra falta de conhecimento por parte do deputado: “Somente quem não tem conhecimento filosófico e não enxerga nada além de seu umbigo apenas, e vive surfando na onda social dos prazeres relativos pode cometer esta gafe”, pontua.

A sociedade, segundo Marisa Lobo, não se omitirá às afirmações do deputado federal Jean Wyllys: “O Brasil está acordando, não cola mais. Dessa vez esse deputado Jean Wyllys se referiu a um líder de conhecimento acadêmico, científico e de uma inteligência, reconhecida pelos maiores pensadores de nosso tempo. Malafaia queiram ou não é referência”.

Confira abaixo a íntegra do artigo da psicóloga Marisa Lobo sobre o as afirmações de Jean Wyllys:

Assistindo a entrevista do deputado Jean Wyllys, no jogo do poder na CNT pude observar a arrogância, desse deputado, a perseguição e preconceito aos cristãos principalmente aos pastores, que este deixa claro em todas suas falas.

Descredenciar cristãos, e nos taxar de incultos tem sido a ferramenta, o mote de campanha de desvalorização e difamação da nossa fé, são meros pretextos a serviço de uma ideologia neocomunista, que tem em sua prática o totalitarismo. O que na verdade é apenas uma defesa (formação reativa) e Freud explica porque nessa ditadura que desejam instalar à força, surgem profissionais, como nós que temos a coragem de assumir nossa fé, e gritar aos quatros cantos que o fato de  sermos Cristãos não nos incapacita ou nos transforma em seres incultos, raça burra. E que principalmente não somos massa de manobra. Sim, pensamos.

É ou não é discriminação e preconceito essa tentativa de nos descaracterizar, por sermos Cristãos?

Esse papo de que o pastor Silas Malafaia não tem autoridade para falar de homossexualidade, é de dar risada, pois o pastor Silas é um psicólogo, e não apenas um professor de história, ganhador de um BBB, que se aproveitou de um programa, para ser deputado, pode dizer que ele sim, não tem autoridade para falar de bíblia, já que nunca leu, e não acredita nela. A sua ética e falta de conhecimento bíblico é de envergonhar qualquer criança.

Acredito que esse deputado sim, não tem autoridade científica alguma, para falar de homossexualidade, e sim de conhecimento prático, da sua sexualidade vivenciada. Pois sua experiência acadêmica o deixa longe de discussões científicas, que são neste caso da área médica e de saúde mental, que é a área de formação acadêmica do pastor Silas Malafaia.

Me pego a pensar como os seres humanos são perversos, e ingênuos quando tentam com falácias, com perversidade oral, implantar mentiras na sociedade. O Brasil está acordando, não cola mais. Dessa vez esse deputado Jean Wyllys se referiu a um líder de conhecimento acadêmico, científico e de uma inteligência, reconhecida pelos maiores pensadores de nosso tempo. Malafaia queiram ou não é referência.

Somente quem não tem conhecimento filosófico e não enxerga nada além de seu umbigo apenas, e vive surfando na onda social dos prazeres relativos pode cometer esta gafe.

Essa conversa desses militantes gays não convence mais ninguém. Se enche de razão porque é um parlamentar, mas cá entre nós, não entrou na política pela sua militância, o que seria louvável, e sim por ficar famoso em um reality show. Então deixa pra lá.

Marisa Lobo

PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

24 comentaram, comente você também!

  1. SE TODOS TIVESSEM A MESMA POSTURA QUE MARISA LOBO ESTÁ TENDO COM CERTEZA AS COISAS SERIAM DIFERENTE, ESTAMOS FICANDO ACOADOS NO CANTO DA PAREDE POR UMA MINURIA BARULHENTA E SEM JESUS.

  2. Imagina. E ela NEM se aproveita da mídia que está ganhando falando imbecilidades profissionais, tirando casquinha de Malafaia né? Pimenta no rabo dos outros é óleo ungido!

  3. Marisa Lobo, o nome já diz tudo!

     1 2

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 462,086 comentários no Notícias Gospel.

Da Internet e em Inglês para Praticar