Alpinista amputado supera limitações e diz ver Deus nas montanhas durante escaladas

2

O alpinista Craig DeMartino sofreu um acidente anos atrás e precisou amputar sua perna direita na altura do joelho. Porém, a fé em Deus o ajudou a superar o trauma e as dificuldades e ele voltou a escalar.

Durante uma das edições do programa Fight to Surive, do Outdoor Channel, DeMartino afirmou que vê Deus nas montanhas e se sente mais perto d’Ele lá do que quando vai aos cultos: “Eu realmente gosto de nossa igreja, e eu sinto uma grande conexão com Deus quando estou lá, mas tenho uma ligação maior com Deus quando estou lá fora, pois vejo Deus em quase tudo”, disse o alpinista.

DeMartino alcançou uma marca inédita ao se tornar o primeiro amputado a atingir o pico dos 3.200 metros da montanha El Capitan, na parte norte do Vale de Yosemite, na Califórnia (EUA), segundo informações do Christian Post.

O acidente que marcou a vida de Craig DeMartino foi queda de quase 30 metros de altura, que resultou em fraturas e lesões e obrigou o alpinista a amputar parte de sua perna. No entanto, foi nessa fase que sua paixão pelo esporte foi submetida à prova, e o apoio de sua mulher foi decisivo para que ele tomasse a decisão de continuar praticando alpinismo.


“Ela é uma alpinista, e quando eu estava no hospital, disse que ‘se você quiser escalar de novo, eu entendo, é a sua decisão’. Ela me deu a confiança”, disse DeMartino, referindo-se à esposa.

Agora, DeMartino é famoso por sua marca inédita e usa seu programa de TV para falar abertamente sobre seu testemunho de fé e superação de desafios, encorajando os telespectadores a enfrentarem as dificuldades e inspirando recomeços.

2 COMENTÁRIOS

  1. Não entendi muito bem, mas vá lá. Afirma que vê Deus e depois contradiz, dizendo que sente mais perto de Deus na montanha do que na igreja. Na verdade ele não vê Deus, mas sim, sente Deus. Isso é bem diferente.

DEIXE UMA RESPOSTA