Ator Sylvester Stallone se converte e fala sobre Jesus em seu novo filme

26

Sylvester Stallone, famoso pelos filmes “Rocky” e “Rambo”, voltou a suas raízes cristãs, numa experiência de conversão que ele diz o libertou das pressões do mundo.

“Quanto mais vou à igreja”, disse Stallone, de acordo com o boletim CitizenLink de Focus on the Family, “e quanto mais me entrego ao processo de crer em Jesus e escutar Sua Palavra e deixá-Lo me guiar no que faço, mais sinto como se as pressões sumissem de cima de mim”.

O novo filme de Stallone, Rocky Balboa, é o mais recente filme e o último capítulo na série de filmes “Rocky”, refletindo a convicção do ator de que a vida é sobre seguir Cristo, não sobre enfrentar batalhas sozinho.

“É como se [Rocky] estivesse sendo escolhido, como se Jesus estivesse sobre ele, e como se ele fosse o cara que viveria sempre o exemplo de Cristo”, Stallone disse numa conferência com pastores e líderes religiosos no ano passado. “[Rocky agora] é muito, muito perdoador. Não há amargura nele. Ele sempre vira a outra face. É como se sua vida inteira fosse sobre servir”.

“Fui criado num lar católico, um lar cristão, e ia para escolas católicas e aprendi a fé cristã e fui até onde consegui”, disse Stallone. “Até que um dia, sabe, entrei no tão chamado mundo real e conheci a tentação. Praticamente me desviei do caminho e fiz uma porção de escolhas erradas”.

Stallone disse que ele quer comunicar para as audiências a importância de freqüentar a igreja e receber apoio no compromisso de viver a fé cristã.

“Precisamos ter a experiência e a orientação de outra pessoa”, disse ele. “Não podemos treinar a nós mesmos. Sinto do mesmo jeito acerca do Cristianismo e acerca do que a igreja é: A igreja é a academia de ginástica da alma”.

A estória de um Rocky que sente culpa espiritual e lê a Bíblia antes de cada luta foi escrita pela própria experiência de vida do ator, disse Stallone.

“A maior parte dos meus filmes anteriores era cheia de sangue”, ele declarou para o jornal San Francisco Chronicle. “Eles eram os resultados criativos de minha juventude, quando meu casamento não estava indo bem e me sentia seduzido pelas tentações de Hollywood”.

“Precisei realmente passar por meus testes e tribulações”, ele disse, “antes que eu pudesse ser homem o suficiente para saber escrever o tipo de estória que ‘Rocky Balboa’ é”.

Stallone desenvolveu um kit de recursos grátis para líderes, em associação com Motive Entertainment, para ajudar os pastores e líderes de igreja a utilizar a mensagem cristã do filme. O kit inclui um guia de líderes (grátis por download) que lida com as questões de coragem, integridade, fé, vitória e propósito, relatou o jornal Christian Examiner. O guia tem várias abordagens feitas para suprir as várias necessidades dos pastores, líderes de jovem, líderes de ministérios de leigos e pais.

A primeira atuação de Stallone do personagem “Rocky” em seu roteiro do mesmo nome rendeu ao filme um Oscar em 1977.

Traduzido e adaptado por Julio Severo: www.juliosevero.com.br

26 COMENTÁRIOS

  1. Olha amigo, eu descordo de vc, pois a igreja católica fala de coisas que não estão na bíblia como purgatório, e uma grande distorção do 10 mandamentos que não estão de acordo com a bíblia em sua forma de origem, além de canonização e adoração a imagens que são coisas abomináveis, pois está escrito em 1 Timóteo 2:3 " só há um mediador entre Deus e os Homens" e esse é Jesus e em atos 14 vc vê que os seguidores de cristo jamais aceitarão ser adorados. isso sem falar do que a historia nos conta sobre essa igreja, que vamos admitir não é nada bonito de se ver. E os evangélicos seguem a fio o que está na bíblia, se bem que não é novidade que tem gente corrupta, hipócrita, e mentirosa em todo canto e no meio deles também aparecem aqueles que abusam da fé das pessoas, mas ainda sim o povo evangélico procura buscar mais a Deus do que muito católico por ai que vivem em permissividades e não tem um real relacionamento com o Deus vivo

  2. Para ser salvo a pessoa precisa reconhecer que é pecador (Rom 3:23), se arrepender-se dos pecados, e pedir perdão a Deus reconhecendo que não pode ganhar os céus pelos seus próprios méritos, e sim somente através de Jesus (Efésios 2:8,9), ou seja não podemos salvar a nós mesmos, e ter a certeza que Deus nos ama (João 3:16), uma vez reconhecendo isto, é só pedir para Jesus em oração que entre em seu coração e transforme sua vida, então essa pessoa se torna filho de Deus (João 1:12) pela graça por meio da fé que é dom de Deus. Se Sylvester Stallone fez isto, ele é salvo. A igreja, papa, padre, pastor, anjo, boas obras nãos salva ninguém, só Jesus e fim de papo. Para refletir: "Eis que se alguém está em Cristo, nova criatura é, as coisas velhas já passaram, eis que tudo se faz novo." Este é o amor do grande Deus por cada um, de enviar seu filho para morrer em nosso lugar. Temos que ler as Escrituras para não opinarmos de maneira ignorante. Deus diz em sua palavra: "Errais por não conhecerdes as Escrituras…"

  3. Roberto Rodrigues, humildemente gostaria de responder a sua pergunta no que tange se Jesus tinha uma religião. Religião significa "religar", ou seja, Jesus é a própria essência da "religião", Ele é a própria religião, porque só Ele e ninguém mais, tem o poder de "religar" o homem a Deus. E isso foi através do seu sacrifício na cruz. Então posso dizer que Jesus não tinha religião, porque Ele é a própria religião, levando-se em questão a etimologia da palavra.

  4. Roberto Rodrigues, humildemente gostaria de responder a sua pergunta no que tange se Jesus tinha uma religião. Religião significa "religar", ou seja, Jesus é a própria essência da "religião", Ele é a própria religião, porque só Ele e ninguém mais, tem o poder de "religar" o homem a Deus. E isso foi através do seu sacrifício na cruz. Então posso dizer que Jesus não tinha religião, porque Ele é a própria religião, levando-se em questão a etimologia da palavra.

  5. Verdadeiramente não há barreiras, impedimentos e impossíveis para Deus fazer a glória Dele ser manifesta, portanto continuemos crendo pois o que há de vir virá e não tardará.
    Deus abençoe pelo poder que há no sangue de Jesus!

DEIXE UMA RESPOSTA