Câmara vota sobre o fim do 14º e 15º salários de parlamentares; Somente quatro deputados evangélicos recusaram o benefício

13

Um requerimento que prevê urgência na votação do projeto que determina o fim dos 14º e 15º salários aos parlamentares brasileiros deverá ser votado hoje na Câmara dos Deputados.

O projeto, se aprovado, determinará o fim da ajuda de custo nos meses de janeiro e fevereiro. Cada deputado que aceita os salários extras pode receber até R$ 53,4 mil no período, fora os salários do mês vigente, que sem contar benefícios como planos de saúde, passagens aeres, verba de gabinete (telefone, correspondências, transporte, entre outros) é de R$ 26.723,13.

No Twitter, o pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) manifestou-se favorável ao fim dos benefícios: “Hoje votaremos o fim dos privilégios parlamentares apelidados de “13o. e 14o. Salários” o que na verdade é uma ajuda de custo. O PPS e o PSC se uniram, assinaram em conjunto o requerimento de votação pra hoje. Queremos a extinção deste privilégio pelo bem do Brasil!”, disse Feliciano.

O pastor ainda abordou outros temas que envolvem a política: “Esse ano teremos outras votações importantes como por exemplo a Reforma Política. E esta precisa urgentemente ser votada. O gasto com as duas ultimas eleições, 2010 e 2012 foram de 2,9 bilhões de reais! A Reforma prevê a unificação das eleições. Também prevê o Financiamento Publico, o Sistema de eleição pelo modelo belga e a abertura na janela para que políticos mudem de partido”, resumiu Marco Feliciano, que justificou a necessidade das reformas: “Os três poderes, em especial o Parlamento busca desesperadamente a confiança do quarto poder, o povo. A constituição diz que o poder emana do povo!”, observou.


Entretanto, apesar de sua manifestação favorável à aprovação do projeto, Marco Feliciano não está na lista de 29 parlamentares que abriram mão de receber os ganhos extras, de acordo com informações do jornal Piauí Hoje.

Dos mais de 70 integrantes da Frente Parlamentar Evangélica (conheça todos aqui), apenas quatro parlamentares abdicaram de receber 14º e 15º salários: Fernando Francischini (PSDB-PR), Laercio Oliveira (PR-SE), Ronaldo Fonseca (PR-DF) e o presidente da bancada evangélica deputado João Campos (PSDB-GO).

Aprovada pelo Senado em maio último, a proposta pelo fim da ajuda de custo aguarda para ser votada na Câmara dos Deputados há quase um ano. O projeto ficou parado na Comissão de Finanças da Câmara, segundo informações do G1.

A votação só será possível devido a um acordo entre o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e os demais líderes das bancadas partidárias. Durante a reunião, segundo o jornalista Lauro Jardim da Veja, o deputado evangélico Anthony Garotinho (PR-RJ), primeiro vice-presidente da bancada evangélica, sugeriu que para a votação acontecer nesta quarta-feira os parlamentares também votariam um PEC que aumenta os salários dos parlamentares para R$28 mil, igualando ao dos ministros de STF. Segundo Alves, não está previsto nenhuma medida para compensar financeiramente a extinção dos salários extras: “Não [há chance de a Câmara criar compensações para o fim do 14º e do 15º]. Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa”, pontuou.

Confira a lista com todos os deputados federais que negaram receber o 14º e 15º salários (em negrito estão os evangélicos):

  • Afonso Florence
  • Alexandre Roso
  • Augusto Carvalho
  • Beto Albuquerque
  • Bohn Gass
  • Carlaile Pedrosa
  • Carlos Sampaio
  • Erika Kokay
  • Eros Biondini
  • Fabio Trad
  • Fernando Francischini
  • Francisco Araujo
  • Francisco Praciano
  • Henrique Oliveira
  • Izalci
  • Janete Capiberibe
  • João Campos
  • Laercio Oliveira
  • Lincoln Portela
  • Luiz Pitiman
  • Magela
  • Policarpo
  • Regufe
  • Ronaldo Fonseca
  • Rubens Bueno
  • Ruy Carneiro
  • Sergio Zveiter
  • Severino Ninho
  • Walter Feldman

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


13 COMENTÁRIOS

  1. AME – Agência Mundial de Evangelização
    Ministério: Evangelista Izaltino Medina

    Por meio da Bíblia nossas lágrimas são secas, nosso sorriso se renova, nossos dias ganham novo sentido.

    Por meio da Bíblia nossas noites não são mais longas, nosso coração encontra paz e conhecemos Jesus.

    SEJA UM PATROCINADOR DA OBRA DE DEUS
    Depositando uma oferta de R$ 50,00 ou mais para o nosso ministério de evangelização; você receberá em agradecimento 01 Bíblia Sagrada.

    Deposite sua oferta em qualquer agência do Banco Bradesco para:
    Agência: 3077 – Conta: 1711-6 – Evangelista Izaltino Medina.

    Envie o recibo e o endereço de entrega da sua Bíblia para o e-mail: evangelistamedina@yahoo.com.br ou para:
    AME – Rua Cabedelo, 11 – B. São Gabriel – Cep.: 31980-500
    Belo Horizonte – MG – Brasil.

    “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça” (2 Timóteo 3.16).

    A NÃO OBSERVÂNCIA DAS LEIS DE DEUS OU O SEU DESCONHECIMENTO, NÃO LHE ESCUSA
    DO SEU CUMPRIMENTO E NEM DE SOFRER AS PENALIDADES IMPOSTAS PELA MESMA LEI.

    Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas.
    Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação.

    Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de
    mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma
    bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes. E por causa de vós repreenderei o devorador, e
    ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.
    ( Malaquias 3:8-11 )

    Quando você não obedece as leis de Deus; demônios chamados de gafanhotos cortadores, migradores,
    devoradores e destruidores atacam sua vida financeira e seu patrimônio, trazendo todo tipo
    de problemas, prejuízos, confusão, escassez, falência, morte e destruição.

    Segundo a PALAVRA DE DEUS; se você deseja receber proteção divina sobre o seu patrimônio, prosperidade e sucesso financeiro em sua vida pessoal e nos seus negócios; você deve dar a César
    ( GOVERNO ) o que é de César ( IMPOSTOS E TAXAS ) e devolver a ( DEUS ) o que é de Deus ( DÍZIMOS E OFERTAS ).

    Se você já frequenta uma igreja católica ou evangélica; é lá que você deve entregar seus dízimos e ofertas.

    Agora, se você não tem tempo ou não gosta de ir a igreja e deseja colocar sua vida em dia com o Senhor Deus;
    então se você quiser, faça transferência eletrônica ou deposite seus dízimos e ofertas em qualquer agência do Banco BRADESCO para Agência: 3077 – Conta: 1711-6 e envie o recibo para: evangelistamedina@yahoo.com.br

    Nós consagraremos os seus dízimos e ofertas ao Senhor Deus em oração e determinaremos que as bençãos prometidas
    na Bíblia Sagrada sejam uma realidade em sua vida sentimental, familiar, financeira e empresarial.

    VEJA NOSSAS FOTOS:
    https://www.facebook.com/evangelistaizaltinomedina/photos_stream

  2. mais uma vez o infeliciano pré-supõe que os evangélicos são idiotas ou cachorros como ele ja chamou, mentiu fez um estardalhaço falou contra, como sempre faz, mas mentiu de novo e não assinou a lista de desistencia do roubo aos cofres publicos legalizados

  3. ACHO QUE SE FOR PARA APLICAR ESTE FUNDO COM HONESTIDADE VALE A PENA, MAS SE FOR PRA ALGUIÉM ROUBAR E ELES ABRIREM MÃO DE PODER ATÉ DIZIMAR MAIS NA CASA DO SENHOR … TEM QUE SER ANALIZADO!!!

  4. Estevão a mais nova bicha.Veio aqui pra achar um macho para atrasar a cagada dele.
    Por isso que digo Gays e ateus pragas da atualidade só serve para espalhar doenças como ratos,baratas,mosquitos.

  5. O EMPREGO DE POLITICO NO BRASIL EH O UNICO NO MUNDO Q NAO PRECISA APRESENTAR CURRICULO GRAU DE CULTURA ATE PELO CONTRARIO CF NOBRE DEPUTADO TIRIRICA PRESTAR CONCURSO E MUITO MENOS TAXA DE INSCRICAO E MAIS GANHA PARA APRENDER E SE NAO PASSAR TB EH PROMOVIDO CF CASO DO MENSALAO NOBRE SENADOR RENAN CALHEIROS E MUUUIIITTTOOOS OUTROS

DEIXE UMA RESPOSTA