Ator Chuck Norris fala sobre testemunho de fé e superação em meio a um câncer

12

O ator Chuck Norris publicou em sua coluna no WND uma reflexão baseada na história de um casal que, ameaçado pelo câncer em grau avançado da noiva, resolveu encarar a situação com alegria.

Evangélico, Norris afirmou que a lição de vida da cabeleireira Jen, 35 anos de idade, o fez refletir sobre a necessidade de ter fé e esperança na vida.

“Após cinco meses de intenso tratamento, os médicos de Jen deram a ela a lamentável notícia de que os remédios não estavam funcionando, e que ela tinha seis meses de vida, no máximo. Jen e sua família ficaram devastados, assim como seu noivo, Jeff Lang. Mas Jen não estava pronta para desistir. Com um impulso positivo e esperançoso para a frente, ela revelou algo que ela queria mais do que qualquer outra coisa: se casar com Jeff. Então ela disse ao noivo: ‘Vamos nos casar. Quero me concentrar sobre a vida’”, relatou Norris.

A lição de vida e de perseverança destacada pelo ator se explica nos desdobramentos da história: “Com quase nenhum tempo para planejar, Jen abriu mão de seu casamento dos sonhos e planejou uma pequena cerimônia no quintal de seus pais, com algumas mesas dobráveis ​​e uma recepção com churrasco. Quando Erica Ota, gerente de uma empresa de festas de casamento ouviu falar da situação de Jen, decidiu usar suas reservas e oferecer a Jen o casamento que ela tinha sonhado desde que era uma menina. Em apenas 12 dias, Ota recrutou mais de 30 fornecedores, que doaram cerca de US$ 50 mil em produtos e serviços, incluindo uma banda de jazz e um desfile, que foi planejado pelos vizinhos da noiva”, escreveu o ator.


De acordo com Chuck Norris, a gerente esclareceu o motivo de ter se voluntariado: “Erica explicou: ‘Era o meu objetivo para eles não pagam um centavo. Eu pensei comigo mesmo: Essas pessoas já sofreram o suficiente. Por que não ser capaz de dar-lhes um presente, um dom maravilhoso que eles e suas famílias nunca serão capazes de esquecer? Eles são pessoas simples – tão positivas e esperançosas – e não pediram nada a ninguém. Mas eles merecem isso e muito mais… Eles são pessoas realmente maravilhosas, com bons corações e almas boas’. Jen e Jeff se casaram em ​​27 de julho, num casamento de conto de fadas em um parque local, onde trocaram seus votos sob algumas belas árvores de pau-brasil”, escreveu.

No resumo de seu texto, Norris diz que é necessário ter fé mesmo quando as adversidades se mostram implacáveis e acreditar que Deus pode proporcionar o melhor, sempre.

“Há tantas histórias incríveis e corajoso da vida acontecendo agora, eu sei. Mas eu suponho que esta se destacou para mim, porque eu acredito na luta contra todas as probabilidades e para as coisas que mais importam, como o amor, o casamento e a família. Eu não sou um teólogo. Eu não posso explicar por que coisas ruins acontecem a pessoas boas ou, por falar nisso, por que as coisas boas acontecem a pessoas más […] Mas uma coisa eu sei… Como disse minha mãe, 92 anos de idade, em sua autobiografia: ‘Coisas ruins acontecem com pessoas boas, mas pessoas boas podem sobreviver a coisas ruins com a ajuda de Deus’. Por mais difícil e até mesmo cruel que a vida possa ser, a verdade é que devemos nos esforçar com esperança e otimismo, até podermos não mais. E quando nós fizemos tudo o que podemos fazer, devemos lembrar que a nossa sobrevivência final e cura são oferecidos além desta vida com a ajuda de Deus. Jesus disse assim: ‘Eu sou a Ressurreição e a Vida. Quem crê em mim viverá mesmo que morra”.

Segundo o site WND, a comoção causada pela repercussão da história da cabeleireira Jen motivou pessoas a montarem um fundo para custear suas despesas médicas e uma viagem de lua de mel ao Havaí. Dos US$ 75 mil necessários, aproximadamente US$ 45 mil já foram arrecadados.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


12 COMENTÁRIOS

      • Dizimo,dizimo,dizimo,dizimo,dizimo,dizimo,dizimo, o demônio que esta no stardust não gosta de ouvir essa palavra dizimo,como eu gosto de queimar o diabo,então toma dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo queimaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo queimaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo queimaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo queimaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa em nome de Jesusssssssssssss dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo dizimo dizimooooooooooooooooooooooo

        • vai arrebentar o templo de salomão.

          responde aí pra mim, até pq dizem que perguntar não ofende…

          aonde na bíblia, a palavra dizimo, ou o fato de dizimar expulsa algum demonio?

          A palavra de Deus nos garante que é só mencionarmos o nome de Jesus e pronto… o demonio é expelido.

          Quem nos ajuda a expulsar demonios é o nome de Jesus e não o dizimo.

          Agora, se vc puder provar o contrário… usando a bíblia, é claro!

  1. POSITIVO, DEUS E BOM E A MISERICORDIA DELE E DESDE A ETERNIDADE OU DURA PARA TODO O SEMPRE, E GLORIAS A DEUS POR ISSO ALELUIAS E GLORIAS DESDE A ETERNIDADE AMEM

  2. tudo bem ter um lugar para adorar a Deus mais não precisa ser um majestoso templo que dá a inpressão de exibionismo , Deus quer primeiro o coração , ele quer que muitos abra a porta de seus corações para ele entrar e morar . Dízimo não salva , é um, ato de fé e adoração.

  3. Deus acima de todas as coisas quer que o homen abra o seu coração para ele entrar e morar, sendo assim ele terá o maior e melhor templo, dízimo faz só parte da adoração e é uma ordenança, Deus nos abençoi.

  4. Deus quer entrar e morar no coração do homem ; este é o primeiro templo aonde Deus habita .Muitos templos são puro exibionismo. Dizimo faz parte da adoração a Deus e reconhecimento como Sr. . Cada um de nós devemos dar com alegria e no limite.;

DEIXE UMA RESPOSTA