Ex-atéia afirma que foi para o céu e se encontrou com Deus durante nove minutos em que esteve morta em hospital

18

Uma ex-cética religiosa do estado de Oklahoma, nos Estados Unidos, conta ter ficado morta por nove minutos em um hospital, e afirma que durante esse tempo se encontrou com Deus no céu. A professora Cristal McVea, de 36 anos, ficou sem sinais vitais durante nove minutos depois que médicos lhe deram uma overdose de analgésicos no hospital.

Casada e mãe de quatro filhos, McVea conta que ela foi sexualmente abusada quando criança e passou por um aborto quando ela era uma adolescente, o que a levou a acreditar que Deus não a amava ou não existia.

Porém, ela afirma que em dezembro de 2009 foi levada para o hospital para ser tratada de pancreatite, quando acidentalmente recebeu uma overdose da medicação para dor. McVea afirma que a última coisa que se lembra é de receber a medicação e adormecer. Nos nove minutos seguintes os médicos lutaram para reanimá-la e seu coração parou de bater.

Ela conta que depois de fechar os olhos no hospital a próxima coisa que se lembra é de acordar no céu, que descreve como um “lugar pacífico”. Ela afirma então que se encontrou com dois anjos e que pouco depois Deus se apresentou para ela, mas não em forma humana, mas como uma presença que ela podia sentir e que sabia quem era.


Então, ela conta que Deus invocou a imagem de uma jovem garota, rindo e brincando. Ela acredita que a menina era uma versão de si mesma antes que o abuso sexual a fizesse perder a fé. Então, segundo McVea, após estar na presença de Deus e ver a versão inocente de si mesma, um peso foi tirado de seu passado sombrio.

– Eu só lembro que eu me senti livre de todas as mentiras que eu tinha vivido e da inverdade de que Deus não me ama – afirmou, em entrevista ao New York Daily News.

McVea afirma que sentiu uma alegria tão grande durante o tempo em que diz ter estado no céu que quando Deus a perguntou se ela queria voltar ela optou por ficar no céu. Ela conta ainda que foi somente quando ouviu sua mãe a chamando em seu leito no hospital que mudou de ideia e quis voltar.

– Eu senti tanta pena (da minha mãe) então me virei para encontrar sua voz, e (Deus) disse: “Diga-lhes o que você lembrar” – conta McVea, afirmando ainda que no instante seguinte estava viva, em seu quarto no hospital.

Casos como esse já aconteceram outras vezes, e o neurocientista Dean Mobb afirmou em uma publicação na Scientific American que tais experiências são uma resposta biológica colateral ao efeito dos medicamentos; no caso de McVea, os analgésicos que lhe causaram overdose.

Porém, McVea afirma que sua experiência foi real e não permitiu que aqueles que não acreditam a impedisse de contar sua história. Para compartilhar sua experiência com o mundo ela escreveu um livro sobre suas nove minutos no céu, intitulado “Waking up in Heaven”, que foi publicado em junho passado.

Sua esperança com o livro, ela afirma, é a de ajudar os outros a perceberem que “não importa o quão quebrado e machucado” eles estejam, “não há nada que possa os separar do amor de Deus por eles”.

Por Dan Martins, para o Gospel+


18 COMENTÁRIOS

  1. Se é real ou não, não me cabe julgar. O fato é que essa mulher estava quase morta e voltou, isso já é motivo de alegria, ainda mais para seu marido, filhos e amigos, ainda mais se ela realmente voltou sem seus traumas, como uma pessoa melhor e mais feliz.

  2. Daqui a pouco vem os ateus fundamentalista e radicais dizendo, NAO EXISTE EX ATEU, assim como os gays fundamentalistas e radicais que dizem NAO EXISTE EX GAY, nao e memo

    • Nada a ver, ser ateu ou não é uma questão de crença. Ser homossexual, bissexual ou heterossexual é uma caracteristica do ser humano, assim como a cor da pele ou dos olhos.

      • Sera meu irmão querido, mesmo que você e todos os ateus e gays não queira, nos somos todos irmãos e todos somos descendentes da mesma madre, um dia cada um de nos saberemos da verdade,cedo ou tarde uns andam mais rápidos e ficam sabendo da verdade primeiros porque vao primeiros outros demoram mais, assim como minha mae que e escritora e esta com 94 anos, outros pelas fatalidades vao as vezes por suas próprias culpas mais rápidos com 16 17 18 20 ou 30 mas todos saberemos dia menos dia, o mal disso e que muitos vao em situações que poderiam ser evitadas, mas o que fazer, o livre arbítrio esta ai, e cada um usio de conformidade com seus querer não e verdade, Jesus te Ama e eu também

  3. Fatos como esse ocorrem com frequência. E vice-versa. Isto é, fatos importantes, que levaram ateus a deixarem de o ser, como o de crentes, por alguma razão decepcionados, tornaram-se ateus. Sendo que, não raro estes últimos sempre voltam algum dia à razão e retornam à FÉ.

  4. 99,99 dos ateus o são por julgarem que as religiões são más, o restante é que o são por entender que Deus existe.

    Mas tanto os de uma categoria como os da outra negociam facilmente, são abertos, logo creem, lembrando que não estou a fazer referência aos que não são ateus, todavia se dizem ser apenas com o fito de aparecer, de zombar, de tirar com a cara dos outros.

    Atenção, o que falei acima não advém de estudos científicos, mas é como o fosse, pois resultado daquilo que tenho contemplado, faltando apenas pessoas outras, em especial doutores no comportamento humano repetirem os estudos para comprovação do que afirmo, ou seja, não se trata de simplória deduções, aliás, pelo fato de ter sido em breve período um período ateu, mas saído da escuridão ao constatar da existência de algo misto sobre a terra e que não tem a assinatura de ser humano algum, sim de algo mais.

  5. 99,99 dos ateus o são por julgarem que as religiões são más, o restante por entender que Deus não existe.

    Mas tanto os de uma categoria como os da outra negociam facilmente, são abertos e logo creem quando devidamente ensinados. Cumpre fazer um alerta, não estou aqui a contabilizar um certo grupo,refiro-me aos que não nunca foram ateus e não sabe nem o que é, todavia se dizem ateus visando projeção, bem assim zombar da religiosidade e misticismo dos que o rodeiam.

    Atenção, o que falei acima não advém de estudos científicos, mas é como o fosse, pois resultado daquilo que tenho contemplado, faltando apenas pessoas outras, em especial doutores no comportamento humano repetirem os estudos para comprovação do que afirmo, ou seja, não se trata de simplória deduções, aliás, pelo fato de ter sido em breve período um período ateu, mas saído da escuridão ao constatar da existência de algo misto sobre a terra e que não tem a assinatura de ser humano algum, sim de algo mais.

    • Varela,

      Uma das razões, que me fizeram repensar meu ateísmo, foi exatamente o meu aprofundamento no conhecimento científico, quando descobri que os mais importantes e imprescindíveis nomes da ciência, em especial das ciências exatas, como Isaac Newton(física) e Pascal(matemática), entre outras centenas de cientistas, eram TEÍSTAS. Me chamou a atenção, o fato de que a maioria dos cientistas ateus, são aqueles ligados às ciências biológicas, que não são exatas e extremamente suscetíveis a manipulações desses cientistas, como a história prova sobre as fraudes ligadas à teoria da evolução.
      Logo, percebi que, os cérebros mais privilegiados, que são aqueles ligados às ciências exatas, em sua maioria eram crentes em Deus. Aliás, os principais cientistas das ciências exatas como os que citei, jamais poderão ser substituídos com seus postulados científicos, sem os quais tudo o que temos de avanço científico seria impossível.
      Para quem não sabe, um dos últimos trabalhos de Isaac Newton foi um aprofundado estudo sobre os livros de Daniel e Apocalipse.

      Portanto, quando MAIS CIÊNCIA, MAIS DEUS. MENOS CIÊNCIA, MENOS DEUS. Claro que estou falando de ciência de verdade e não de mera PREDILEÇÃO CIENTÍFICA a apoiar teorias mirabolantes, que sugerem bilhões de anos para vários argumentos improváveis e cientificamente impossíveis de serem observados. Ou será obra do ACASO ou do TEMPO a organização sistemática, matemática e exata do Cosmos? Desafio qualquer indivíduo a provar que o TEMPO ou o ACASO tenham esse poder organizador! E muito mais, CRIADOR!

      Valeu, LEVI,

      Estamos juntos, em DEUS!

    • Vc. estão falando de cientistas ocidentais e de séculos passados, quando e onde se dizer cristão e teísta era imprescindível para desenvolver essas atividades, e mesmo permanecer vivo. Mas mesmo assim, cientista crer em Deus, não prova nada. O restante dos textos são apenas proselitismo religioso, e opiniões pessoais. Sds.

      • Pitágoras,

        Não se faça de desentendido. Você costuma afirmar que os que buscam o místico não mais é que prova indiscutível de ignorância. Muitos cientistas orientais sequer conhecem Cristo, então ninguém aqui seria tolo em fazer afirmação sem propósito na verdade.

DEIXE UMA RESPOSTA