Evangelista é agredido com pedrada enquanto pregava em praça pública; Veja o vídeo

18

O evangelista Arlen Soares, ligado à Missão Reluz, foi agredido fisicamente na Praça Rio Branco, conhecida como Praça da Rodoviária, em Belo Horizonte, enquanto pregava um sermão sobre a necessidade de que cada pessoa se empenhe na busca por uma mudança de vida.

Arlen Soares é conhecido na capital mineira por pregar na Praça da Rodoviária há mais de 10 anos. A região é um ambiente urbano degradado, com presença de prostíbulos, pontos de tráfico de drogas e grande número de mendigos.

De acordo com informações do site Noticias Cristãs, Arlen Soares adota uma linha de pregação dura, contra a teologia da prosperidade e doutrinas neopentecostais, e constantemente fala contra líderes evangélicos como Silas Malafaia, Edir Macedo, R. R. Soares, Valdemiro Santiago e David Miranda (líder da Igreja Pentecostal Deus é Amor).

A agressão aconteceu na última sexta-feira, 25 de outubro, e partiu de um espectador – que também seria evangélico – incomodado com o discurso de críticas fortes às mensagens dogmáticas pregadas na maioria das igrejas.


Enquanto o evangelista falava, foi surpreendido com uma pedrada na cabeça, que causou um corte profundo. Os transeuntes que haviam parado para ouvir a mensagem do Evangelho, tentaram impedir a fuga do agressor, mas não conseguiram.

Arlen estava acompanhado de alguns colaboradores de sua iniciativa evangelística e foi socorrido. Sangrando, entregou o microfone para um homem identificado apenas como Ronaldo, e foi levado a um hospital da região onde recebeu três pontos.

Assista o vídeo com cenas da agressão:

Assine o Canal

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


18 COMENTÁRIOS

  1. Na reportagem fala que o agressor seria EVANGÉLICO,como sabem e o mesmo não foi preso,sem contar que a mensagem não estava ofendendo nenhuma denominação,e o pastor estava ORANDO, portanto,não se pode afirmar nada diante desta reportagem,sei apenas que a PALAVRA foi passada e até mesmo os que não aceitam ouviram

      • Phedro, caso não tenha lido todo a matéria, a mesma fala que o evangelista que foi atingido é contra a “TEOLOGIA DA PROSPERIDADE”, teologia esta que a grande maioria das igrejas (praticamente 99,9% das igrejas de hoje) usam para atrair fieis.
        E pelo que pode ser entendido da matéria, o agressor ficou incomodado com as criticas feita às mensagens dogmáticas pregadas.
        Pare de achar que tudo que ocorre contra evangélicos e culpa dos gay, ou dos ativistas gay.

  2. Eu não tenho nada contra as Igreja Evangélicas exemplo Igreja Mundial; Universal; Graça de Deus e etc ! e também sou da Mundial nem tudo eu concordo as escrituras sobre que diz ai. Eu por mim deveria ganhar as almas e não criticar sobre a Igreja mesmo que estão fazendo errado os pregadores Deus ta olhando cada coração do seres humanos não importa que são cada um segue Jesus . . . . . .

    • Miquéias Weber caso não tenha lido a matéria toda, que pelo visto foi o que aconteceu, fala que quem mandou a pedra foi outro evangélico, como pode ser constatado na parte:

      ” […] A agressão aconteceu na última sexta-feira, 25 de outubro, e partiu de um espectador – que também seria evangélico – incomodado com o discurso de críticas fortes às mensagens dogmáticas pregadas na maioria das igrejas. […] ”

      Você deveria ler a matéria, e não apenas o titulo do texto.

    • O inimigo do meu inimigo é meu amigo, se esse homem de fato criticava pastores como o Malafaia, nunca que atiraria uma pedra contra ele! Você leu a matéria, anta? Foi um evangélico quem atirou a pedra.

    • Miquéias Weber caso não tenha lido a matéria toda, que pelo visto foi o que aconteceu, fala que quem mandou a pedra foi outro evangélico, como pode ser constatado na parte:

      ” […] A agressão aconteceu na última sexta-feira, 25 de outubro, e partiu de um espectador – que também seria evangélico – incomodado com o discurso de críticas fortes às mensagens dogmáticas pregadas na maioria das igrejas. […] ”

      Você deveria ler a matéria, e não apenas o titulo do texto.

    • A matéria fala que foi um evangélico incomodado com as críticas que esse homem fazia em relação a lideranças evangélicas. Você é analfabeto? Não sabe ler?

      • Vergonha…evangélico atira pedra em evangélico! Por mais razão que tivesse desse “pregador” não devia ter essa atitude. Mas esse pregador, não prega nada, ele berra como se estivesse discutindo. Isso não é pregar a Palavra de Deus. Mas mesmo assim não concordando, temos de respeitar.

      • Olha o que diz a reportagem: “A agressão aconteceu na última sexta-feira, 25 de outubro, e partiu de um espectador – que também seria evangélico – incomodado com o discurso de críticas fortes às mensagens dogmáticas pregadas na maioria das igrejas.
        Ninguém afirmou que era um evangélico, mas que também seria evangélico.

  3. Não há nenhuma evidência em todo o vídeo de que era algum outro evangélico incomodado com a pregação do irmão. De onde vocês da Gospel + tiraram essa informação? Por que o verbo está no futuro do pretérito (seria…)? Vocês não têm certeza? Por que vc´s estão vinculando uma matéria e dando informações que não são confirmadas? Por que vc´s não assumem que não sabem nem quem nem porquê a pessoa fez o que fez?

  4. conheci o arlen numa de suas pregações. claro que nao concordo com 100% no que ele diz mas acredito que Deus usa ele, pois precisamos urgente de reformas nas igrejas evangelicas brasileira.
    agora tambem como servo de Jesus nascido de novo pelo Espirito Santo de Deus,ouço padres, pais de santos, espiritas, mulçumanos, budistas, ateus, ativistas e tantos outros falarem bobeira e nem por isso vejo pessoas tacando pedras neles.Obvio que nao concordo com agressao em hipotese nenhuma. em tempos passados vimos uma perseguiçao religiosa contra evangelicos, mas agora no seculo XXI o que estamos assistindo é uma poderosa inquisição moderna, onde pregar contra a pratica do pecado e do erro é ser provavelmente vitima de uma agressao, correndo o risco de que o agressor se torne inocente, partindo do pressuposto que o ouvinte discorda da opinião do pregador, ele se auto-defende de uma susposta acusação pessoal, quando na verdade o evangelho não acusa pessoas, ele transforma vida pois confronta os erros que tais cometem. essa é uma simples opinião que claramente pode ser discordada pois nao sou e nem quero ser dona da verdade absoluta. Que Deus abençoe sempre.

    • Atacando pessoas não, mais sim condutas que não estão de acordo com os preceitos bíblicos.Atacar pessoas seria eu me referir especificamente a uma ou mais de uma.
      Agora não sei de onde tiraram que o rapaz que o atacou era evangélico.Como sabem disso?Ele não fugiu?Se sabem que fez isso,é só acionarem a policia e dizer onde o sujeito mora.

  5. Eu apóio totalmente quem se levanta e faz críticas a todos estes “pastores” que vem usando de forma leviana a Palavra de Deus, vendendo a fé e por muitas vêzes enganando os fiéis con falsos milagres. É uma vergonha para nós cristãos verdadeiros este comércio feito nas igrejas. Se foi um “crente”que atirou a pedra, com certeza seu cérebro não funciona bem e se foi um gay, o que eu acho inprovável, este tbm.estaria generalizando a conduta de alguns que não sabem como pregar a verdade sem ofender ou discriminar, pois como sabemos, Jesus fazia questão de assentar com os considerados marginais de sua época e conversar por horas a respeito do “reino de Deus” e não sobre seus pecados!!!

DEIXE UMA RESPOSTA