Destaque

Cantora pop Fergie, do Black Eyed Peas, revela libertação do vício: “Deus me salvou das drogas”

Comments (0)
  1. Felipe Benoit disse:

    O raciocínio vale no outro sentido também: Deus a colocou no vício em primeiro lugar. Rssssssssss

    1. e tu diz que faz faculdade,meu estuda mais uns 20 anos para aprender a falar com ,mais inteligencia.

    2. Felipe Benoit disse:

      Não. Aprenda a escrever antes de dizer para alguém estudar. Rssssssss

    3. Não fala isso não, Felipe!
      É ÓBVIO que foi o Caipiroto, vulto Diabo, Satanás, Belzebu etc etc que fez isso com ela. E por que Deus permite em primeiro lugar? Por que um ser onisciente, sabendo de todo o futuro, permitiu que tudo acontecesse do mesmo jeito (inclusive a queda de Lúcifer e o Pecado Original? Porque "Deus age de modo misterioso". kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    4. Deus dá o livre arbítrio a todos pq Ele ama a todos…
      Sabe aquela frase: “Se quer saber se algo te pertence deixe que vá. Se retornar, você nunca perdeu; se não retornar, você nunca possuiu.”? É isso.
      Ele nos deixa livres e pra que tenhamos o direito de escolhê-lO.

    5. Felipe Benoit disse:

      Rodrigo M. de Abreu
      E te pune caso você não escolha o que ele quer que você escolha. Esse arbítrio é bastante livre, hein? RSssssssssssss

    6. Ele não pune ninguém…
      Só uma comparação: em um dia de muito calor vc tem o livre arbítrio de tomar um sorvete e cair numa piscina gelada OU ficar na cama embaixo de 5 cobertas. A primeira escolha obviamente te fará bem, enquanto a segunda não terá boas consequências.
      É isso. DEUS é infinitamente Bom e toda a bondade está nEle. Assim sendo, se toda a bondade está em DEUS, ficar afastado dEle nos fará com que fiquemos afastados de toda a bondade. Escolher qualquer coisa me trará consequências e escolher as escolhas de DEUS fará com que essas consequências sejam boas. Não significa que serão agradáveis. Podem até ser, mas consequências da escolha por DEUS que não sejam agradáveis não significam que Ele é mau. Apenas que Ele permitiu que isso acontecesse pra que aprendamos com as "pancadas da vida".
      Sou livre pra usar de toda a minha razão e escolher o que é melhor pra mim. Ora, se DEUS me deu sabedoria, devo usá-la para me aproximar dEle e estar aconchegado em toda a bondade.
      Escolher ficar afastado de DEUS só me faria escolher a maldade e suas consequências.
      Somos livres pra escolher entre DEUS e o mundo e a escolha mais racional é DEUS.

    7. Felipe Benoit disse:

      Deixar de salvar, tendo o poder para isso, não é uma punição?
      96% dos presidiários são cristãos, e mesmo assim eles não são pessoas boas. Como explicar? Pessoas sem deus tem maior propensão à caridade. Estão longe de toda a bondade?
      Só uma comparação. Se o sorvete fosse omnisciente e omnipotente, e se ele me amasse, ele viria até mim para me refrescar, ou seria mais prático abaixar a temperatura. Achei forçada a sua comparação de deus com um sorvete. RSssssssssssss

    8. – DEUS é justo, coerente e sabe respeitar. Usando o exemplo anterior, se vc escolher ficar sob as cobertas num dia de muito calor e estiver realmente decidido a isto, por mais que eu insista que vai lhe fazer mal, vc continuará lá e a mim só caberá respeitar sua decisão, sua escolha.
      Se uma pessoa escolhe viver longe de DEUS, tal pessoa usou de seu livre arbítrio. Se DEUS deu o livre arbítrio pra que as pessoas tivessem direito de escolhê-lO ou não, que sentido teria Ele salvar alguém que escolheu viver longe dEle e, por isso, "estão numa draga"? Porém, assim que a pessoa escolhe mudar de vida e opta por DEUS, Ele salva sim. Isso aconteceu incontáveis vezes na história da Igreja.
      – DEUS é tão grande e maravilhoso que se não houvesse o livre arbítrio a única escolha possível seria adorá-lO. Mas Ele não quer apenas adoração, mas Ele quer ser amado e foi precisamente para isso que fomos criados. Mas sem o direito de escolher amar, não existe o amor. Por isso o livre arbítrio.
      – Quanto aos presidiários, é ridiculamente fácil explicar: eles (os do exemplo) não são cristãos! Cristão de verdade é coerente com o que Cristo prega. Cristo prega paciência e perdão, mas muitos que estão nas cadeias pregam a vingança. Percebe a diferença entre se dizer cristão e realmente sê-lo? Hitler se dizia cristão, mas seus atos provavam o contrário.
      – DEUS nos criou para sermos dependentes uns dos outros e a Caridade é algo intrínseco da natureza humana. Mas caridade sem DEUS não é caridade; é filantropia. À princípio, não importa se a pessoa escolheu ou não estar com DEUS pq DEUS escolheu estar com cada um de nós e ELE fará de tudo pra que façamos o que é certo, desde que não fira nosso livre arbítrio. Porém, a filantropia sem nenhum tipo de interesse pessoal (seja material ou não) não é filantropia; é Caridade, mesmo que a pessoa não escolha que DEUS esteja presente, DEUS estará nas pessoas que são as vítimas de tal Caridade.
      – Quanto à comparação, eu quis dizer o seguinte: o sorvete não sairá do seu lugar pra satisfazer nossos desejos, mas nós é que devemos nos mexer. De que adiantaria estar tomando sorvete debaixo das cobertas? No exemplo dado, haviam duas escolhas possíveis, sendo uma boa e outra ruim. Vc estaria livre pra escolher qualquer uma das duas, mas devia saber as consequências de cada uma. Se, sabendo dessas consequências, ainda assim escolheu a ruim, que pena. Eu escolhi ficar na piscina tomando sorvete e te convido pra refrescar-se nessa piscina também, mas não posso te obrigar a isso.

    9. Felipe Benoit disse:

      Acontece o contrário também, sabe? A pessoa se entrega totalmente e não é salva por Deus. No final das contas, seu deus é o deus da coincidência. Ou a coincidência, por si própria.
      Adoro o argumento de que os 95% de presidiários cristãos não são "verdadeiros cristãos". Como se não fosse possível ser bom sem ser cristão, e traz a conotação de bondade exclusiva para a palavra cristão. Hitler se dizia cristão, e acreditava estar fazendo muito bem à humanidade, em resposta ao que deus queria. A tua interpretação do que deus quer faz parecer com que o que Hitler fez é errado, e por isso você diz que ele não era um "verdadeiro" cristão, tentando afastar a possibilidade de quem algum cristão possa cometer equívocos nas interpretações do que deus quer.
      E seu exemplo do sorvete é muito ruim. O sorvete não tem consciência e nem criação, ao contrário de deus. Vou desconsidera-lo, portanto.

    10. Felipe Benoit
      1-) Quem realmente se entrega a DEUS é salvo com toda a certeza.

      2-) Não entendi o que vc quis dizer com coincidência. Esse parágrafo ficou confuso.

      3-) É claro que é possível ser bom sem ser cristão (olhe pro exemplo do Ghandi), mas a recíproca não é verdadeira (de novo, olhe pro exemplo de Hitler).

      4-) A tua interpretação sobre a minha interpretação a respeito dos atos de Hitler está correta, exceto a parte em que eu estaria tentando afastar a possibilidade de quem algum cristão possa cometer equívocos nas interpretações do que DEUS quer. As pessoas podem interpretar errado, mas não a ponto de fazer o que Hitler fez. Como pode o extermínio de milhões ser baseado na Palavra de um Cristo que jantava com cobradores de impostos (quando eles eram considerados entre as piores pessoas) e conversava com leprosos (que eram como que párias da sociedade da época)? Isso é absurdamente incoerente.

      5-) O exemplo do sorvete foi apenas uma parábola para tentar facilitar a compreensão. Como não houve êxito, quem sabe uma outra comparação…

      Quando vc vai colocar comida pro seu cachorro, vc (de certa forma) diz: "Aqui está sua ração. É escolha sua comê-la ou não". O instinto do cachorro diz que é melhor ele comer ou passará fome. O cachorro age no instinto (pelo menos eu nunca vi um cachorro sadio que escolha não comer… hehehe), mas nós, seres humanos, temos esse poder de escolha entre o certo e o errado, o bem e o mal, o "agradável agora e ruim depois" e o "desagradável agora e perfeito depois".

      Mas, como eu disse, nossas escolhas tem consequências.

      Eu usei o exemplo do cachorro pq o meu morreu semana passada. Ele estava doente e por isso não comia. Entra a dor na coluna e a fome, o instinto dele "optou" por não andar até o prato de comida e não sentir dores. Essa "opção" trouxe como consequência uma desnutrição severa e a morte dele. Se ele tivesse comido, sentiria dores, mas eu teria conseguido levá-lo ao veterinário antes e poderia, ao menos, tê-lo sacrificado e poupado-o de morrer com tantas dores. Mas cachorros não pensam, não sabem que existe ajuda do veterinário e o meu acabou morrendo.

      Mas o seres humanos pensam (ao menos são capazes de) e podem muito bem escolher o que dói agora, mas que trará consolações no futuro.

      Entendeu?

    11. Felipe Benoit disse:

      Rodrigo M. de Abreu
      1 – A salvação de uma condenação que ele próprio condenou? Rsssssssssss

      2 – Exercite sua capacidade de interpretação, o meu texto está claríssimo.

      3 – Concordamos em alguma coisa, pelo menos.

      4 – Talvez não a ponto de fazer o que Hitler fez, mas consulte os inúmeros casos de pessoas que mataram seus filhos alegando ser um pedido divino.

      5 – Se cachorro optou por não andar até o prato de comida para não sentir dor? Você, com seu papel de deus dele, devia ter trazido o prato para o lado dele e evitado sua desnutrição. A não ser que você fosse um deus mal, para não ajudar, o que eu suspeito que não é o caso. O exemplo falhou de novo, tem mais algum?

      O serem humanos pensam por si só, logo provam que não existe um deus consciente, pela lógica. E se existe, ele não é bom. Reflita.

    12. Felipe Benoit

      1-) DEUS não condena nem condenou ninguém. O inferno é a ausência de DEUS e isso é fruto da escolha que fazemos em vida. Se escolhemos viver longe dEle Ele se entristecerá, mas respeitará nossa decisão pessoal de nos afastarmos dEle.

      2-) Eu tentei, de verdade, mas não encontrei onde há coincidência.

      4-) Quem fez essas coisas não soube interpretar a vontade de DEUS. DEUS já deu o Seu Filho único e não exige mais sacrifícios. Ele se agrada quando alguém se desprende totalmente de si próprio e acaba até mesmo morrendo por amor a DEUS. Esse tipo de martírio é agradável a DEUS pq a pessoa mostra que acredita no DEUS da vida e não teme morrer pois, como disse São Francisco, é morrendo que se vive para a vida eterna.

      5-) O exemplo não falhou pq na sua interpretação vc não levou em conta pontos importantíssimos já citados. Se eu tivesse levado a tigela ao cachorro ele não teria direito ao livre arbítrio. Em se tratando de um animal, isso não faria diferença mas, no caso de uma pessoa, faz toda a diferença. Mais uma vez, o livre arbítrio, que por sinal deu início a essa discussão, mostra sua importância no plano divino.
      Além disso, se eu levasse a tigela ao cachorro ele poderia se acomodar e nunca mais se levantar pra comer, ainda que estivesse em condições de fazê-lo. Da mesma forma conosco, se DEUS nos traz a salvação sem que a "mereçamos" e a "peçamos", vamos nos acomodar e isso está errado. Sempre precisamos da salvação, mas nem sempre temos essa consciência.

      A capacidade de pensar é dom de DEUS. E, ainda que não fosse, na sua frase, a segunda afirmação não justifica a primeira. Como o fato de o homem pensar provaria a não existência de DEUS? Isso é ilógico. Ainda mais quando o pai da teoria do big bang, por exemplo, foi um padre.
      Talvez vc não saiba, mas a Igreja aceita o evolucionismo como teoria possivelmente válida. Porém, há que se ter em consciência que pra que algo evoluísse à partir de um outro algo primário, esse algo primário não poderia ter vindo de nada afinal, do nada só pode sair nada.

      Assista o vídeo a seguir (de apenas 1:35 min). O vídeo é apresentado como o melhor argumento anti-cristão. Ainda assim, tal argumento é brilhantemente refutado logo em seguida. Preste atenção na contra-resposta.
      http://www.youtube.com/watch?v=jZE0R3Rn0v0

    13. Felipe Benoit disse:

      Rodrigo M. de Abreu
      1 – Se deus é o criador de tudo, ele criou o Inferno. Você se contradiz.

      2 – Continuo recomendando um exercício de interpretação lógica.

      3 – Não é pretensão dizer que sabe qual a vontade de deus? Acho que estamos indo muito fundo em dizer que alguém sabe, ou ousa dizer que sabe. Deus não gosta que falem por ele, ou sobre suas vontades. RSsssssssss

      5 – Oh, então é melhor deixar o cachorro sofrer as dores que o livre arbítrio trás, ao invés de aliviar seu sofrimento? Isso não é ato de um deus/dono bondoso. Reflita. A capacidade de pensar é dom do homem, e sua execução cria fantasias para explicar o que não sabe. Deus é uma criação sua, e não o contrário. Reflita.

      Sobre o video, chamar isso de melhor argumento é debatível, e o contra argumento usa fatos não provados para refutar. "Eles inventariam isso para serem perseguidos?" Quem disse que eles foram perseguidos? _A bíblia disse. Usar a bíblia para provar a veracidade da bíblia é ilógico. Os inventores estavam drogados, realmente, ou sofriam de esquizofrenia, e até hoje alguns acreditam nos seus delírios. Ou é apenas uma historinha e nenhum dos personagens existiu realmente. Ou você acredita no homem aranha também? Rssssssssssss A sua revistinha é a prova, irmão. Reflita.

    14. 1-) DEUS não criou o inferno pq o inferno não é uma lugar. É um estado da alma. Quando morremos, nossa alma se apresenta diante de DEUS e Ele nos mostra quais foram nossas escolhas e suas consequências. Se escolhemos estar longe, afastados, ausentes de DEUS, assim ficaremos.

      2-) No seu texto, me parece que a palavra "contradição" cabe melhor do que "coincidência". Se assim for, já elucidei em outros pontos que isso é inverídico. DEUS é Verdade e a Verdade não pode contradizer-se, senão seria mentira.

      4-) Não é pretensão alguma. Ele se revela a nós por meio da Palavra e, principalmente, da oração pessoal. DEUS é amigo e quer nos contar tudo, mas só pode fazê-lo numa conversa entre amigos, no caso, na oração. Oração não é monólogo, onde eu falo, e peço. Se eu não escuto o que DEUS me fala, seja por meio de sinais que Ele me dê seja pela leitura da Bíblia ou seja realmente falando aos meus ouvidos, de nada valeu a oração.

      5-) É claro que o melhor é alimentar e aliviar o sofrimento, mas isso só pode ser feito no caso do cachorro. No caso de um ser humano, NÃO ADIANTA apenas aliviar o sofrimento. Que benefício isso trará? Vc está fazendo comigo (no tópico 2) exatamente o que DEUS faz conosco: Pra mim é mais cômodo esperar que vc me fale o que vc quis dizer, mas vc prefere que eu pense. Que benefício terei eu se tudo me vier de mão beijada? Não é por causa disso que os filhinhos de papai estão por aí nas danceterias a espancar o primeiro que olha torto? Pro homem é mais fácil que DEUS venha e retire o peso de suas costas, mas qual será o benefício disso pro ser humano? Na vida, o ser humano geralmente só aprende na base da pancada. Não dá pra adestrar o homem dando um pedacinho de chocolate, como fazemos com os cães. Queria DEUS que não fosse assim, mas nós somos tão cabeças-dura…

      DEUS não é criação minha. Um milagre só é aceito como tal quando a ciência se mostra incapacitada de explicar. E, ainda que um dia ela possa, é preciso que se pondere se a explicação seria plausível na época em que ocorreu tal milagre.

      "Quem disse que eles foram perseguidos?" Analise o contexto da conversa e verá que a refutação tem base no contexto da conversa. E a existência de um homem que teria revolucionado a história do mundo conhecido na época em que Cristo viveu não é documentada apenas na Bíblia. Vc nunca assistiu no National Geographic ou no Discovery as tantas séries que eles fazem sobre quem teria sido Cristo e se Ele realmente teria existido?

      A Bíblia foi escrita sob inspiração divina e foi elaborada para que nós não desanimemos da caminhada rumo a DEUS. Sua constituição é de inúmeras cartas ou narrando coisas que aconteceram na época ou exortando o povo (Hebreus, Filipenses, Colossenses, etc) a não desistirem.
      O gibi do homem-aranha é apenas algo para entreter. Esse seu argumento é inválido.

    15. Felipe Benoit disse:

      Rodrigo M. de Abreu
      1 – Prove. Caso não consiga, assuma a possibilidade de encontrar com Cthulhu quando morrer, e pagar por não tê-lo adorado.

      2 – É a verdade para você. Outras pessoas tem outros deuses, outras verdades, ou nenhum deus. A sua verdade claramente se contradiz, o que não significa que outras verdades se contradizem. Por curiosidade, sua bíblia tem 576 contradições.

      4 – Usando a bíblia para provar a bíblia, ou deus para provar deus não é lógico. Vou desconsiderar seu argumento por falta de formalidade argumentativa.

      5 – Não adianta? Da mesma forma que você tem o poder de alimentar o cachorro e aliviar seu sofrimento, deus não tem o poder de aliviar o sofrimento do homem? Seu cachorro também não é cabeça dura, por não pensar da mesma forma que nós? Acho que isso não justifica deixa-lo sofrendo, ou deixar os humanos.
      Já considerou a possibilidade de que a bíblia foi escrita sob a mesma inspiração de quem escreveu a revistinha do homem aranha? Só porque a história existe, não quer dizer que seja verdade, esse é o meu ponto que você claramente não entendeu, e meu argumento continua válido. E bíblia foi escrita para controlar os mais limitados de pensamento. Rssssssssssssss

    16. Felipe Benoit disse:

      Rodrigo M. de Abreu
      1 – Um ponto a mais. Não disse que o Inferno é um lugar, preste atenção. Mesmo que for um estado de alma, isso é criação dele. Assim como o mal, afinal, ele é o criador de tudo. A não ser que essa história seja mentira. Rsssssssssss

    17. Felipe Benoit
      1-) Não é criação. É fruto da escolha de lúcifer. Ele escolheu afastar-se de DEUS e assim ocorreu. sei que não é de tão fácil entendimento mas, à luz da Fé, é compreensível. E, se alguém afirma não ter fé, de que adianta a essa pessoa crer ou não no inferno?

      2-) As pessoas acreditam no que acreditam e não é preciso evidência alguma pra basear a crença. Tive minha experiência com DEUS, fui vítima de Sua Misericórdia e Seu Amor inúmeras vezes. Baseio minha Fé em algo que me é palpável, não em pesquisas com margem de erro.
      E não há sequer uma contradição na Bíblia. Tudo se completa. É por isso que antes de ler a Bíblia nos pedimos a inspiração do Espírito Santo. Se A lermos apenas como mais um livro, encontraremos contradições sim. Mas a bíblia não é "só mais um livro".

      4-) Veja os seguintes vídeos do dr. Craig:
      http://www.youtube.com/watch?v=2Bla3t8jEP4

      http://www.youtube.com/watch?v=H-GFpQZkke8&feature=relmfu

      http://www.youtube.com/watch?v=bErQvvVuDuQ&feature=relmfu

      Talvez os argumentos dele te sejam mais elucidativos que os meus.

      5-) Claro que DEUS tem o poder de aliviar o nosso sofrimento, mas não adianta pq Ele teria que fazer isso a cada sofrimento que, em geral, ocorrem por culpa de nós mesmos. Ser humano não é um animal como o cachorro. O cachorro "pensa pelo instinto" e o homem pensa por si.
      O sofrimento é um instrumento utilíssimo. não como meio de tortura mas, quando a pessoa está no fundo do posso, ou ela repensa sua vida ou ela morre.

      Algum dia vc já teve uma experiência real com o Espírito Santo? Se não, não te será possível entender as maravilhas que Ele é capaz de fazer. Desde nos acordar com um belo dia ensolarado como está hoje até escrever livros que inspiram 2000 anos de gerações.

      Limitados de pensamento? Só pra constar, o Apocalipse não se trata especificamente de algo a ocorrer, mas de algo já ocorrido. Tente ir pra Síria e escrever qualquer coisa contra o governo de lá. Agora imagine-se na época do império romano tendo que escrever uma carta contra o governo sem que pareça (caso o governo intercepte tal carta), mas que seja compreensível para os destinatários.

    18. Felipe Benoit disse:

      Rodrigo M. de Abreu
      1 – Mais uma contradição. Se ele é o criador de tudo, então criou lúcifer. Ou se é omnipotente, devia derrotar o mal de uma vez por toda, a não ser que sua omnipotência seja mentira.

      2 – Ótima tese. As pessoas acreditam no que acreditam, com sua própria fé, sem provas. Eu não posso te provar a não existência de deus, assim como você não pode provar a existência. Sua suposta experiência com deus te fez acreditar, mesmo que tenha sido uma coincidência de fatos que você tomou uma intervenção miraculosa. Inocência ou não, acho desmoralizante acreditar no deus dos outros sem provas, como o deus dessa bíblia.
      Argumente contra este texto que mostra 439 contradições, com bastante redundância e cita de onde foram tiradas. Talvez depois eu considere que a bíblia não tem erros. É só mais um livo, e muito mal escrito por sinal. Rssssssssssssss

      4 – Peço que apanhe a ideia dos videos, e quero argumentar sobre sua interpretação deles.

      5 – Você já teve uma experiência com o Espírito Santo? Eu já, em Vitória é uma cidade linda. Quanto a sua experiência, você pode pensar que teve, mas na realidade não teve. Pode ter sido uma dor de barriga que você pensou ser um sinal de revelação, ou uma boa notícia que chegou num momento oportuno de coincidência, e que na sua necessidade de achar uma fonte para a conspiração favorável de fatos, atribuiu a realização ao sobrenatural. Isso era bastante comum antigamente, quando as pessoas eram menos esclarecidas. "Isso ou aquilo ocorre porque deus quis". É o mesmo argumento que você usa para justificar suas experiências. Por outro lado, algumas pessoas tem tendências esquizofrênicas. Rsssssssss Por fim, ele não pode aliviar o sofrimento de cada um, pois somos os própros culpados pelo exercício do livre arbítrio que ele próprio nos deu. Portanto, nosso sofrimento é consequência de um ato divino, e sua não intervenção prova sua passividade com o sofrimento. Num exemplo, se você ver seu filho tomando uma decisão que não lhe convém, você intervém ou deixa que ele sofra as consequências, que podem levar à morte ao danos permanentes? Um pai que ama de verdade, intervém e protege o filho, e alivia seu sofrimento incondicionalmente.

      Por fim, estão dizendo que é o fim dos tempos desde o ano 0, e mesmo assim nunca acabou. Rssssssss A síria é só mais um evento não relacionado com qualquer apocalipse, pois já está assim já séculos.

    19. Felipe Benoit
      1-) Sim. DEUS criou lúcifer, cujo nome significa anjo de luz. E tbm aos anjos DEUS deu o livre arbítrio. E lúcifer escolheu desobedecer, estar afastado de DEUS. E, como os anjos existem numa dimensão além do espaço-tempo, onde não exite tempo mas tudo é um eterno hoje, suas escolhas são irrevogáveis. Diferentemente dos seres humanos, os anjos não tem oportunidade e/ou tempo pra se arrepender. E eles sabiam que suas escolhas seriam eternas.
      E DEUS é sim onipotente, mas Ele criou criaturas capacitadas para escolherem entre seguí-lO e serví-lO ou abandoná-lO e sabe respeitar a decisão de cada um. Ele pode acabar com o mal, mas não o faz. O mal é o contrário de bem e só DEUS é realmente bom. Portanto, a simples existência do mal evidencia a existência de DEUS. Se existe um mal, existe um bem, que é DEUS.

      2-) Ainda que eu tivesse lido (e não li pq tenho mais o que fazer além de ficar respondendo posts num blog) manteria a certeza de que a Bíblia não tem contradições, mas afirmações que, embora pareçam contraditórias, são complementares.

      4-) Ele não prova a existência de DEUS, mas nos ajuda a concluir a existência de DEUS como algo mais provável do que a inexistência de DEUS.
      Use os vídeos pra responder a primeira parte do seu último tópico 2.

      5-) Deplorável o desrespeito, o deboche com o Espírito Santo, no qual eu creio.
      Quem teve a experiência fui eu e ninguém NUNCA poderá afirmar que ela não ocorreu, que não foi real. Eu sei distinguir quando algo é ação de DEUS e quando não é.
      Esquizofrenia? Faça-me o favor e saiba respeitar.
      Nunca usei o argumento de que as coisas acontecem pq DEUS quis. Elas acontecem pq DEUS permite e isso é bem diferente.

      "Por fim, ele não pode aliviar o sofrimento de cada um, pois somos os próprios culpados pelo exercício do livre arbítrio que ele próprio nos deu." Ele pode sim, mas não o faz por respeito.

      "Portanto, nosso sofrimento é consequência de um ato divino". Não. É consequência de um ato pessoal e livre de cada ser humano.

      "sua não intervenção prova sua passividade com o sofrimento." Não. Prova que Ele nos respeita.

      "se você ver seu filho tomando uma decisão que não lhe convém, você intervém ou deixa que ele sofra as consequências, que podem levar à morte ao danos permanentes?" Eu vou conversar e vou orientá-lo enquanto houverem chances de fazer tal coisa. Mas a escolha é da pessoa e eu não tenho poder de mudar isso.

      Mas aí vc pode me dizer o seguinte: "Quer dizer que se seu filho for um viciado em drogas vc vai deixá-lo se afundar mais?" Não. Primeiro que ele chegará a isso por suas próprias pernas, mas não sem saber que isso é errado. Segundo que um viciado não é livre. Ele perdeu sua liberdade e é escravo da droga. Por isso é lícito fazer como fazem no RJ e internar usuários de crack à força. Não é prendê-lo, tirar sua liberdade até que ele esteja recuperado. É justamente tirá-lo da escravidão e proporcionar seu retorno à liberdade, que tbm é dom de DEUS.
      Da mesma forma, um bandido se torna refém de seus crimes e cada vez que pratica um é um incentivo pra praticar outro e outro e outro e …
      Prendê-lo significa (deveria, pelo menos) privá-lo da capacidade de cometer crimes. Assim ele ficaria livre daqueles que o escravizaram.

      Quanto ao fim dos tempos, não cabe a mim e nem a vc ou qualquer outra pessoa saber quando será. Basta que vivamos amando o outro como se fosse o último dia.

    20. Felipe Benoit disse:

      Rodrigo M. de Abreu
      1 – Chegamos a um acordo então. Deus criou o mal (Lúcifer).

      2 – Não leia pois, mas pelo menos não mais afirme que a bíblia é uma verdade irrefutável, pois não é e eu provei com este documento. Ela própria se contradiz. Uma mania engraçada de quem quer acreditar é fechar os olhos à verdade, e as infinitas tentativas que a razão faz de esclarecer as pessoas. É triste ver um conhecimento tão iluminador ser ignorado, mas é sua escolha. Enfim.

      4 – Nunca disse que deus não existe, portanto , mais cuidado com as afirmações sobre a minha opinião acerca da existência ou não de deus. Ele pode dizer que é mais provável a existência de Deus, mas em nenhum momento você vai ver ele falando sobre o seu Yaweh, pois isso é impossível.

      5 – Se deus permite, ou não, é, em suma, a mesma filosofia que usavam na Idade Média que citei, porque no final das contas, é permitido ou não de acordo com sua vontade. Você se contradisse mais uma vez.

      Desculpe-me se te ofendi quando citei esquizofrenia. É que, tradicionalmente, chamam-se pessoas que enxergam coisas que outras não enxergam, ou que tem experiências com coisas invisíveis, ou sensações de espíritos e fantasmas, de esquizofrênicas. Só estou usando a definição Rssssssss

      As frases antes do exemplo do filho são uma construção única. Inclusive, a primeira afirmação foi tirada do seu raciocínio. "Por fim, ele não pode aliviar o sofrimento de cada um, pois somos os próprios culpados pelo exercício do livre arbítrio que ele próprio nos deu." Não entendi porque respondeu a dua própria tese, discordando de você mesmo. Rsssssssssss

      Enfim. O filho chegará às drogas não pelas próprias pernas, mas porque não teve educação e informação dos pais saber sobre os perigos, ou porque teve uma má influência ou foi coagido a entrar nesse mundo. Portanto, nem sempre o filho entra nas drogas por vontade própria, ou conscientemente. Caso isso aconteça, os pais interveem veementemente ao perceber que o filho está envolvido com drogas quando o amam realmente. Por outro lado, deus não intervém. Por respeito? Eu diria por omissão. Rssssssssss
      O bandido pratica um crime por necessidade, e não por prazer. Logo, um crime não incentiva o outro, e isso desconstrói seu raciocínio.

      Quanto ao fim dos tempos, não fui eu quem especulou sobre o apocalipse. Na verdade achei sua menção à Síria bastante desconexa.

    21. Felipe Benoit
      1-) Chegamos a meio acordo. DEUS criou lúcifer, não o mal. O mal não é algo criado, assim como o frio ou a escuridão. Eles indicam a ausência de algo (de DEUS, do calor e da luz, respectivamente).

      2-) Não li. Posso até talvez vir a ler algum dia, mas não hoje. O dia foi cansativo e não to afim de me estressar.
      Mas posso afirmar sim que a Bíblia é verdade irrefutável. Afirmo também que, se lida como se fosse um livro comum, apresenta inúmeras contradições, mas ela NÃO É um livro comum. É inspiração divina dada a nós, pobres mortais.

      4-) Todas as suas citações me indicavam que vc não crê em DEUS. Desculpe se fiz um julgamento premeditado.
      Quanto ao vídeo, foi gravado num debate em que o que estava em cheque era se o universo teria ou não um propósito e o dr. Craig fez a ligação entre a existência ou não de DEUS e a existência ou não de um propósito para o universo. Assim sendo, ele não fala de um DEUS de uma religião específica, mas fala apenas de DEUS.

      5-) Não é a mesma filosofia. DEUS não quer que nada de mal ocorra, mas permite. Um exemplo bobo: se vc tem um filho pequeno e sabe que se ele ficar sozinho num quarto escuro ele vai se assustar, não vai querer que isso aconteça. Mas se vc sabe que ele ficando sozinho nesse quarto escuro fará com que ele se assuste e não queira mais ficar sozinho no quarto. Ou seja: vc não queria, mas permitiu pra que a criança aprendesse.
      Outro exemplo: digamos que vc tenha um filho pequeno. Quando ele começa a ir na escolinha é um sofrimento muito grande pros pais e pra criança. Ninguém quer separar-se uns dos outros, mas vc permite que a criança sofra com a separação pq sabe que é o melhor pra ela no momento.

      Permitir algo não é sinônimo de querer esse algo. É sinônimo de sabedoria do que é o correto. Não há contradição.

      “É que, tradicionalmente, chamam-se pessoas que enxergam coisas que outras não enxergam, ou que tem experiências com coisas invisíveis, ou sensações de espíritos e fantasmas, de esquizofrênicas. Só estou usando a definição” É mesmo? Então fale isso pra um bilhão de Católicos no mundo todo (sem contar aqueles que tiveram tal experiência, mas optaram por viver longe dEle).

      “Não entendi porque respondeu a sua própria tese, discordando de você mesmo.” Não discordei de mim mesmo. Afirmar que DEUS não pode fazer algo é possível não por Ele ser ilimitado, mas por Ele, de certa forma, colocar limitações em Si.
      Se Ele é justo, não pode praticar a injustiça. Se Ele é verdade, não pode mentir. Se Ele é bondade, não pode ser mau. Se Ele é Perfeito, não pode haver imperfeição. Se Ele é Misericórdia, não pode não perdoar.* E assim por diante.

      O filho chegará às drogas pelas próprias pernas sim. Refutar isso é querer fugir da responsabilidade. Eu nunca usei drogas, mas não foi por falta de oportunidades, de más companhias ou etc. No exemplo, eu afirmei que o rapaz saberá que aquilo é errado. Se ele optar por isso, saberá que estará errado. Hoje em dia, ninguém chega ao mundo das drogas sem saber que está fazendo algo errado. Se optar fazer o errado, será opção dele e de mais ninguém. Se for por influência, má formação familiar ou por coação, ainda assim é escolha pessoal.

      E não é que DEUS não intervém. Ele dá sinais o tempo inteiro de que aquilo é errado e de que é hora de mudar. Mas isso parte da decisão pessoal do filho. DEUS é coerente. Se Ele deu o livre arbítrio pra que pudéssemos ter o direito de escolhê-lO ou não, que coerência teria se Ele simplesmente arrancasse esse filho do vício. É por respeito sim. E, mais ainda, por coerência. E, mais ainda, e por mais difícil que te seja entender isso, por Amor. O Amor exige respeito. DEUS nos ama e nos deixa livre para amá-lO ou não. Se escolhemos o não, ele nos respeita por amor. Isso o faz sofrer absurdamente, mas DEUS nos dá um poder gigantesco: o de deixá-lO de mãos atadas.

      A maioria dos bandidos que vemos hoje em dia não são ladrões de galinha ou pessoas que roubam comida no mercado. Infelizmente, são usuários de droga querendo sustentar o vício ou jovens que querem ter uma condição de vida melhor, mas são muito preguiçosos pra estudar e trabalhar, como uma pessoa decente faz. E daí que ele quer um tênis caro? Tem mesmo necessidade disso? Se sim, que vá fazer bicos, mendigar, vender bala no farol, mas não roube. Sempre há uma saída.
      Quanto ao ladrão de galinha, ele já perdeu sua liberdade. Perdeu as outras possíveis opções. Perdeu as esperanças. Pra essa pessoa a mendicância ainda é uma opção melhor que o crime, mas a causa do furto diminui a importância do erro. Ainda é errado, mas roubar pra por comida na mesa é menos errado do que roubar pra comprar um tênis ou uma roupa.
      E vamos deixar o fim dos tempos pra lá. Minha citação foi mal interpretada, mas não me parece ter nenhuma relevância ao assunto.

    22. Felipe Benoit disse:

      Rodrigo M. de Abreu
      1 – Se deus criou lúcifer e lúficer é o mal, então deus criou o mal. Se deus é omnisciente, ele saberia que ao criar lúcifer estaria criando o mal. A não ser que ele não seja omnisciente. O acordo que chegamos é: deus criou o mal ou ele não é como dizem.

      2 – Não encare o conhecimento como algo que cause estresse. Tome isso como uma oportunidade de ter uma diferente perspectiva do mundo. Conhecer não significa aceitar, mas é uma chance de você olhar o mundo por uma outra perspectiva. Após isso, você pode voltar a sua atual. Não ler não te dá o direito de dizer que a bíblia é irrefutável. Afinal, ali foram separados 439 trechos que provam o contrário.

      4 – Aceito a retratação, e entendo que a não crença no deus popular pode causar confusão com nenhuma crença. Achar um propósito em tudo é uma necessidade humana muito básica, não me espanta que alguns tenham chegado a alguma hipótese para explicar um propósito. Responder a questão do propósito levanta mais questões do que responde, de qualquer forma…

      5 – Se ele tem o poder de intervir para prevenir que o mal ocorra, então ele é cúmplice. Deus intervém no acaso, ou é o próprio acaso.

    23. 1 – Só se chega a um acordo quando as duas partes concordam em algo e a discussão em torno do assunto termina e isso não é o caso. DEUS é onisciente sim e sabia que lúcifer O desobedeceria, mas intervir feriria o livre arbítrio, mesmo que essa intervenção seja a não criação.
      Lembre-se que DEUS também está fora do que conhecemos como espaço-tempo além Dele ser perfeito. Assim sendo, DEUS não falha e não pode voltar atrás em Sua decisão. DEUS não criou o mal. O mal nasceu da vontade de lúcifer em se afastar de DEUS.

      2 – Eu não encaro o conhecimento como algo que cause estresse. Apenas quis dizer que não tomaria naquele momento tal texto apenas como uma leitura, mas como uma ofensa ou, no mínimo, um escrito digno de pena.
      É claro que conhecer não significa aceitar. (Aqui sim, nessa frase, chegamos a um acordo). Mesmo pq, eu não posso afirmar algo que sobre alguma coisa que eu não conheça. E eu duvido que para a compilação do texto tenha havido uma vivência realmente viva, profunda e com todo o uso da razão por alguém com vasto conhecimento teológico e histórico, além do mais importante: Fé viva e verdadeira na Palavra de DEUS e um aceitável conhecimento da tradição apostólica. Sem esses últimos o resto é inútil. Porém, com essa Fé real e a tradição o resto é suprimível.
      Como pode ver, pra não encontrar nenhuma contradição, só em profunda comunhão com DEUS.
      Ler a Bíblia como um simples livro fará com que qualquer Einstein encontre talvez até mais do que 439 contradições.

      4 – Me parece que concordamos aqui. E eu diria, com uma visão Católica, que todas as questões sobre os propósitos são respondidas em DEUS.

      5 – DEUS tem sim o poder de intervir, mas não o faz e isso NÃO FAZ dEle um cúmplice. DEUS nos ama e nos respeita.
      Sua intervenção de forma a mudar a consequência de algo que tenhamos feito feriria nosso livre arbítrio e não teríamos outra opção senão amá-lO com todas as nossas forças, com toda a nossa alma, com toda a nossa inteligência, tamanhos são o Poder e a Graça divinos.
      E Ele nos criou exatamente pra que reconheçamos nossa pequenez e O escolhamos como Rei e Senhor de nossas vidas. Veja que, ao nos criar, Ele corre o risco de não O escolhermos, mas ainda assim Ele quer que O amemos com as nossas forças e não com as dEle.
      E o acaso não existe, pois tudo o que ocorre já é de conhecimento de um Alguém, ou seja, de DEUS.

    24. Felipe Benoit disse:

      1 – De acordo com a escritura, o livre arbítrio se aplica somente aos homens, e não aos anjos. Portanto, ele não é omnisciente ou criou o mal. Ou concordamos, ou você se contradisse.

      2 – Acho engraçado a denominação "digno de pena". Este artigo não tem texto algum além de próprias passagens da bíblia. Será que você quis dizer que a bíblia é digna de pena? Concordamos num segundo ponto.

      4 – Deus não responde a questões, o que o torna eternamente não respondido. Explicar o mal e externalidade negativas como consequências do "Livre arbítrio" é cercear o questionamento, e soa bastante conveniente para um deus do acaso. "Se você for bom, coisas boas podem acontecer. Senão, coisas boas podem acontecer também." Me parece bastante dispensável um deus assim.

      5 – Vide item 4. Acrescentando um ponto, "ele nos criou para isso ou aquilo, ele faz isso porque nos deus livre arbítrio, etc etc". Acho um tanto pretensioso alguém afirmar que sabe os motivos que levam deus a fazer ou deixar de fazer alguma coisa. Afinal, quem somos nós para inferir as razões dele? "Ah, tá na bíblia". E quem garante que esta é a palavra dele? "Ah, tenha fé". E porque não ter fé quando eu digo que sou deus? "Ah, porque na bíblia cita falsos profetas". Ah, então é um círculo do qual não se sai. Me soa perigoso, caso estas não sejam a verdeira palavra dele, e um grande risco ao afirmar que ele, do alto de sua grandeza, proferiria palavras tão pobremente organizadas, e com as 439 contradições que mencionei, e você aceitou ao não conferir. Por fim, ele é cúmplice, e indigno de adoração ao permitir injustiças e não intervir. Vide criança nascida com múltiplas deficiências cerebrais. "Ah, ela está pagando pelo livre arbítrio que usou de forma errada". Faz todo sentido.

    25. 1-) A criação dos anjos ocorreu antes mesmo da criação do mundo. Vc diz que a escritura afirma que o livre arbítrio é apenas para os homens e não aos anjos. Não quero dar uma de protestante, mas onde vc leu isso? O direito de escolha é dado por DEUS a todas as suas criaturas pensantes, no caso, homens e anjos. O que ocorre é que, aos anjos, não é possível voltar atrás em sua decisão, visto que sua existência transcende o espaço-tempo.

      2-) Com digno de pena eu me referi ao fato de alguém ler a Bíblia apenas como um livro qualquer e não aproveitar tudo o que a Bíblia tem a nos oferecer. Não é a Bíblia que é digna de pena, mas sua leitura de forma inadequada.

      4-) A existência de DEUS responde às questões sim. E o próprio DEUS também o faz.
      Não disse que o mal e suas consequências visíveis são secundários ao livre arbítrio. O mal mora na vontade e o uso indevido do livre arbítrio apenas pra satisfazer a vontade própria é a origem do mal.
      Coisas boas e coisas ruins vão acontecer e isso independe de sermos bons ou ruins. Assim sendo, sua frase ao final do post é inválida. Nossas atitudes perante essas coisas, esses fatos do cotidiano é que vão dizer o quão ruim é algo.
      Um exemplo: no filme "À procura da felicidade", o Will Smith tem um encontro de negócios com um cara estupidamente rico num jogo de futebol, mas não consegue fechar o contrato. Ele poderia ter saído do jogo na mesma hora, mas ficou até o final e se aproveitou de terem outros investidores menores e conseguiu contratos.
      No fim do filme, ele consegue o emprego e depois abre sua própria empresa. Ele poderia ter parado por aí e dizer: "Cansei. Meu filho já pode ter uma vida digna." Mas ele preferiu continuar trabalhando.
      Ele poderia ter desistido no que foi ruim e parado no que estava bom, mas usou sua liberdade pra fazer a escolha certa.

      5-) Não acho que seja pretensão afirmar algo que se concluiu e após centenas de anos de tradição e confirmado após outras centenas de anos de estudos.
      Eu citei a Bíblia pouquíssimas vezes. Basicamente pra afirmar sua infalibilidade, sua extrema coerência sendo, por isso, o seu estudo aprofundado altamente indicado.
      Não é do desejo de DEUS que Sua Palavra seja lida e ponto. Como eu já disse, fazendo assim realmente é possível encontrar contradições. É preciso entender todo o contexto em que determinada passagem foi escrita, como qual era o público alvo e seu comportamento na época. Aliás, eu NUNCA concordei com a possibilidade de serem verdadeiras as contradições citadas. Primeiro que eu não li. Como posso concordar com algo que não conheço? Seria muita imprudência de minha parte.
      O fato de haverem crianças nascidas com múltiplas deficiências cerebrais não torna DEUS indigno de adoração. TUDO o que existe tem um propósito aos olhos de DEUS. Desde uma simples ameba a um complexo vírus.
      Pode ser que os pais de tal criança precisem disso pra se tornarem pessoas melhores. Já vi inúmeras pessoas com as mais variadas deficiências, adquiridas ou genéticas. Garanto que a maioria é de pessoas que sabem sofrer e que não tornam o sofrimento maior do que ele é de fato. Sofrimentos todos temos; alguns mais outros menos, mas todos temos. E o sofrimento é algo bom em nossas vidas. Quem não aprende com o sofrimento é digno de pena. Pessoalmente, eu duvido que alguém não aprenda nada com o sofrimento.

  2. Junior Biell disse:

    Os ateus e pederastas podem falar o que quiserem, esse tipo de cois SO acontece no meio religioso, pessoas saindo de drogas, bebedeiras e vida de autodestruicao a fe CRISTA eh especialista em fazer a pessoa ter uma vida que nao a destroi, dar DIGNIDADE a ela, fazer a pessoa ter respeito, nao so na sociedade, mas na familia, pois NAO importa onde vc viva, desde o sudao ate a china comunista, pessoas que usam drogas, tem vida promiscua, auto-destrutiva nao sao bem vista por ninguem, em nenhum periodo da historia, mesmo ANTES DO CRISTIANISMO, pessoas assim eram bem vista.

    1. SOu gay, ateu e nunca fumei um cigarro, não bebo e não uso qualquer tipo de drogas.
      Explique isso, "homem de deussss"
      Vcs são cheios de regras de moral. Só esquecem de olhar para a maior parte do mundo, q funciona muito bem sem religião.

    2. Junior Biell disse:

      John John Machado Cara, quem diz isso nao conhece historia, antes do cristianismo o mundo era bem pior, execucoes sumarias, matanca de criancas, estupros em massa em guerras, divorcios quando a mulher fica velha, injusticas, barbarie, o cristianismo influenciou o mundo para o bem.

      Hoje em dia, qualquer lugar que nao tem cristianismo, eh ruim, veja os paises comunistas desses seculo passado, onde 100 milhoes foram mortas, executadas, todos paises que proibia o cristianismo.
      Veja paises islamicos, onde homosexuais sao mortos a pedradas, la o cristianismo eh segregado.

      O cristianismo colocou no mundo a ideia de perdao, clemencia, de bondade, amor, antes disso so existia O EU e nao o proximo.

      Conheca historia, sabera a mudancas positivas que o cristianismo causou.

    3. Ah tá. E as cruzadas cristãs, matanças bíblias de mulheres, criannças, venda de filhos como escravos, superaram esses tempos.. tá bom.

      A Europa só tem o cristianismo católico, quase nada do protestantismo. E mesmo em crise anda muito melhor que nosso continente. O Cristianismo nunca fez esse "bem" que vc fala a país algum.
      E se o cristianismo fosse tão maravilhoso, nosso país seria um celeiro de educação, políticos honestos e prosperidade. E não é bem isso q vemos.
      Amor, bondade, perdão sempre existiram. Não foi o cristianismo quem deu isso. A humanidade desenvolveu atraves de suas relações tribais tais comportamentos.

      "Antes só existia O EU e não o próximo".
      Vc vive no mesmo planeta q eu? rs Pq no mundo que eu vivo isso tem DE SOBRA.
      Todos querendo passar por cima dos outros pra "se dar bem". Ou ter o iphone, galaxy, só pra mostrar pros outros.
      O cristianismo não extinguiu isso do mundo?
      Somos todos socialistas? Todos dividimos tudo e nos amamos em nome de jesus?

      Conheço história. inquisição, conselho de Nicéia e outras manchas de sangue escabrosas deixadas por essa igreja q vc defende.

    4. Junior Biell disse:

      John John Machado Primeiro, as cruzadas nao foram BASEADAS em algum mandamento cristao, foi um erro do papa, ele nao usou textos biblicos para isso.
      Venda de filhos? nao sei onde vc viu isso.
      Mtancas? vc fala de guerra de israel? Primeiro que aquilo NAO era cristianismo, segundo que aquilo era uma guerra no qual israel travava para se manter vivo.

      NADA que existe no mundo eh perfeito, em 2 mil anos de cristianismo erros ocorreram, o cristianismo eh feito de pessoas, que por muitas vezes usam suas posicao para seus proprios objetivos egoistas.

      No imperio romano, as criancas que nasciam, o cidadao tinha direito de assasinalo caso nao queria ele, se tivesse um defeitinho ou mesmo nao queria, matava, romam sitiava e matava sem pena quem nao lhe obedecia, tanto que os judeus foram expulsos de jerusalem e so voltaram a 50 anos atraz

      Os barbadores nem precisa dizer, invadiam povos visinhos, estupravam, mitilavam inimigos e torturavam.

      Africados invadiam tribos rivais, fazia eles de escravos, no qual muitos foram vendidos a europeus.

      Quando digo que o cristianismo influenciou a ATITUDE, A MENTE DAS PESSOAS, as sociedades, mesmo nao sendo cristaos, as pessoas hoje tem essa ideia de ajudar o proximo por influencia do cristianismo na sociedade.

      Me mostre um livro ANTIGO que diz para amar as pessoas, a nao fazer mau as pessoas, a praticar o bem? isso no OCIDENTE nao tem, no oriente tem coisas parecidas

    5. Se um homem vender sua filha como escrava, ela não será liberta como os escravos homens. Se ela não agradar ao seu senhor que a escolheu, ele deverá permitir que ela seja resgatada. … – Êxodo 21:7-11

      Sobre matanças, NÃO MATAVAM PRA SE DEFENDER. Matavam porque "DEUS MANDAVA".
      Geralmente pq "deus" criava algum tipo de implicância por adorarem outros deuses. ¬¬

      " Também a Nobe, cidade destes sacerdotes, passou a fio de espada, desde o homem até a mulher, desde os meninos até os de peito, e até os bois, jumentos e ovelhas passou a fio de espada
      I Samuel 22:19

      " Seus filhinhos serão despedaçados e suas mulheres grávidas serão fendidas "
      Os 13:16

      " …. matai a velhos , a moços e a virgens, e a crianças e a mulheres, até extermina-los;
      Ez 9:4-6

      Mais em Is 13:18 / Je 19:9 / Salmos 137:9

      Esta tradição de invadir tribos, saquear, roubas, estuprar e matar DE FATO era sinônimo de algum tipo de imposição do medo, "respeito" e domínio territorial.
      Só não entendo ONDE isso se encaixa com um deus benevolente e soberano sobre todas as coisas.

      Sobre ATITUDE e AJUDAR AO PRÓXIMO, o reino animal é REPLETO DE EXEMPLOS DE CARIDADE, longanimidade e AMOR.
      Espécies que criam outras completamente diferentes, resgatam feridos, são companheiros, trazem comida para a outro.. E NÃO SÃO CRISTÃOS.

      Isso está em nosso INSTINTO. Todos temos essa capacidade.

      Amor e ódio nascem no mesmo lugar, dizem cientistas
      http://www2.uol.com.br/sciam/noticias/amor_e_odio_nascem_no_mesmo_lugar_dizem_cientistas.html

      Além disso o amor e outros sentimentos já eram temas de canções e profundas discussões entre pensadores na Grécia antiga, cerca de 500 a.c.

      Buda, pouco mais de 550 a.c, já falava de compaixão, amor e respeito ao próximo.

      Diversas espécies perpetuaram o cuidado ao próximo. Lealdade, fraternidade, compaixão.. Tudo SEM religião.
      Eu por exemplo amo, cuido, pratico o bem e sou ateu.

      Você ainda tem o google tanto qto eu. É fácil achar respostas.

    6. Junior Biell disse:

      John John Machado

      Esta tradição de invadir tribos, saquear, roubas, estuprar e matar DE FATO era sinônimo de algum tipo de imposição do medo, "respeito" e domínio territorial.
      Só não entendo ONDE isso se encaixa com um deus benevolente e soberano sobre todas as coisas.
      RESPOSTAS: O termo estupro foi colocado por vc, e nao esiste mandamento de Deus dizendo para estuprar.

      Os israelitas estavao no meio de povos que queriam matar eles e pegar suas terras e riquezas, entao Deus permitiu que eles entrassem em guerra com esse povo, e para esse povo nao voltar a atacalos de novo mais tarde, Deus mandou eliminalos.

      Uma coisa eh ser bom, outra eh ser BURRO, vc pode agir com bondade para com todos, mas quando tem alguem que quer eliminar vc, vc nao deve ficar so olhando as coisas acontecerem, vc precisa agir, vc nao eh uma pessoa violenta, nao bate nas pessoas na rua e nem provoca brigas, mas se alguem entrar na tua casa parar matar toda a sua familia e vc tem oportunidade de lutar para evitar isso, tera que usar de violencia, nao quer dizer que vc goste, mas eh o que precisa ser feito. Mesma coisa Deus, ele permitiu essas violencia, mas nao foi gratuita, foi para defender o territorio de israel, sua existencia.

      Sobre ATITUDE e AJUDAR AO PRÓXIMO, o reino animal é REPLETO DE EXEMPLOS DE CARIDADE, longanimidade e AMOR.
      Espécies que criam outras completamente diferentes, resgatam feridos, são companheiros, trazem comida para a outro.. E NÃO SÃO CRISTÃOS.
      RESPOSTAS: Os animais nao fazem isso por ser racional, ms por instinto, fazem isso porque se apegam a outro animal ou ser humano.

      Quando alguem se torna cristao, ele nao se torna perfeito, ele ainda comete erros, falhar e algumas coisas vergonhosas, esperar que nenhum cristao cometa coisas ruins(pecado) eh irreal..

      Sou cristao, desde minha adolecencia, ja ajudei muitas pessoas que nao sao cristaos, ajuda em sentido financeiro e outras, ja ajudeu negros, brancos, homosexuais, nao importa, se vc eh gay ou hetero, o cristao por AUTO OBRIGACAO tem que ajudar, ajudar quem precisa sem esperar nada em troca.

      Se existe "cristaos" que fazem coisas ruins, jesus os punira, nos ultimos 50 anos surgiu um cristianismo NEGOCIO, no qual igrejas nao ensinam os cristaos a SEREM cristaos, mas eh uma igrejas de promesas falsas, para pegar dinheiro das pessoas, para lideres ganharem poder, sou cristao e me afasto disso, minha religiao NAO participa dessas coisas, se eu nao poder te ajudar, atrapalhar nao vou.

      budismo eh religiao.

      Visto que vc eh ateu, qual sua fonte para responder perguntas existenciais?

      Pois a ciencia nao sabe como a vida foi criada, nem objetivo da vida, e a tal AMOR pela ciencia nada mais eh que QUIMICA, nao serve para nada, pois se a vida eh apenas SE DIVERTIR E TER PRAZER, ajudar os outros eh besteira, porque vc so tem essa vida, e gastar parte dela, que ja eh curta ajudando os outros eh perda de tempo, deverias buscar o que vc acha que eh o objetivo da vida, prazer, o resto nao importa, pois todos vamos morrer mesmo, e BEM RAPIDO.

    7. John, quanto a sua opçao sexual cada um decide o quer ou seja somos o que queremos ser, se vc nao fumou ou bebeu que bom, isso é uma grande prova que existem coisas melhores que esses vicios destruidores. Mas Jhon, Deus nao tem nada haver com a opçao ou decisao de cada um de nós. Adão e Eva foram posto em um lugar que havia algo que eles nao deveriam ir lá era prejudicial, Deus disse a eles "a uma arvore que da o conhecimento do bem e do mal, nao comam!! poi se isso acontecer vcs irao morrer" e hoje jhon, nao é diferente, vc acha que Deus nao está por traz das diversas propagandas de avisos contra o que é prejudicial? Mas mesmo assim as pessoas vao lá, compram exageram e se prejudicam. Mas vc pergunta: Porque Deus naop faz alguma coisa? Nao somos marionetes Jhon, somos criaçao, seres dotados de ciencia capaz de discernir o que é ou o que nao é bom e para isso nao é necessario ser cristao. Imagine o mundo sem um padrao de conduta para dignidade humana? Nao seria horrível? Uma anarquia? Pois é Jhon, essa "conduta para a dignidade humana é a moral, a regra para um cristao, eu digo cristao Jhon (que pode ser vc) é a Bíblia, ela é o perfeito guia moral do mundo. Está contra ela é estar contra o criador foi ele quem inpirou o homem a escreve-la. Imagine lutar contra uma correnteza de um forte rio usando uma simples canoa? Pois é assim é mais ou menos lutar contra Ele e sua Palavra.

    8. Junior Biell "O termo estupro foi colocado por vc, e nao ESISTE mandamento de Deus dizendo para estuprar."

      Ou seja, retirando "estupro" o resto PODIA. Matar outras tribos, mulheres, crianças, animais.. extermínio total.

      "Os israelitas estavao no meio de povos que queriam matar eles e pegar suas terras e riquezas, entao Deus permitiu que eles entrassem em guerra com esse povo, e para esse povo nao voltar a atacalos de novo mais tarde, Deus mandou eliminalos."

      Ah para. Essa justificativa de que perseguiam Israel não fazia o menor sentido. Alguns povos tinham sede de poder. Outros simplesmente queriam viver suas vidas em paz.
      Basta buscar no google pra relembrar o livro de Reis e ver os reais interesses políticos e religiosos da época.
      Tudo era pra prevalecer sobre os outros ou por causa de outros ídolos.

      "RESPOSTAS: Os animais nao fazem isso por ser racional, ms por instinto, fazem isso porque se apegam a outro animal ou ser humano."
      LOGO, não precisamos de RAZÃO para fazê-lo. POis mesmo RACIONAIS AINDA somos ANIMAIS. E temos os mesmos instintos. OS MESMOS. Comer, dormir, transar, se proteger, amar, etc. Aliás, a concepção de "amor" foi criada por homens. Compaixão, afeição são sinônimos BEM semelhantes.

      "Quando alguem se torna cristao, ele nao se torna perfeito, ele ainda comete erros, falhar e algumas coisas vergonhosas, esperar que nenhum cristao cometa coisas ruins(pecado) eh irreal.."
      O ruim é que PREGAM moral e retidão. E na maioria das vezes fazem outra coisa. Daí é PIOR do que uma pessoa que não prega nem segue nada. Desta pelo menos não se espera algum tipo de EXEMPLO.

      "Sou cristao, desde minha adolecencia, ja ajudei muitas pessoas que nao sao cristaos, ajuda em sentido financeiro e outras, ja ajudeu negros, brancos, homosexuais, nao importa, se vc eh gay ou hetero, o cristao por AUTO OBRIGACAO tem que ajudar, ajudar quem precisa sem esperar nada em troca."
      Que maravilha! FIco feliz então q vc seja um cristão de verdade. Que não se preocupa em pregar ou falar de jesus pra ajudar os outros como barganha.
      Uma coisa nada tem a ver com a outra.

      "Se existe "cristaos" que fazem coisas ruins, jesus os punira, nos ultimos 50 anos surgiu um cristianismo NEGOCIO"
      Esperteza e marketing existe desde q o mundo é mundo.
      Lembra-se do relato onde Jesus invadiu o pátio do templo histérico em cima dos vendedores e comerciantes?
      Ou então das indulgências, pedaços de cruz, fita, tecido, sangue e outras coisas relacionadas a cristo pela igreja católica no século passado?
      Na verdade a logomarca jesus vende muito bem a anos..

      "budismo eh religiao."
      Na verdade budismo é mto mais um conceito de vida do que religião. São teorias criadas por homens, assim como o cristianismo, que tentam confortar ou responder algumas questões da vida.
      Utilizei-o como exemplo apenas pra responder sua pergunta sobre a pseudo singularidade teórica do cristianismo.

      "Visto que vc eh ateu, qual sua fonte para responder perguntas existenciais?"
      Vivo satisfeito e preenchido com o que tenho. Não tenho necessidade de ter todas as respostas. Vivo feliz com o que a ciência me apresenta e com o q é possível ser comprovado.

      "Pois a ciencia nao sabe como a vida foi criada, nem objetivo da vida, e a tal AMOR pela ciencia nada mais eh que QUIMICA"
      Nem tão pouco a bíblia tem comprovação científica de nada do que diz. Além disso são escritos profundamente alterados dos originais até esse português "sociedade bíblica" que vc conhece.

      Eu não preciso saber por que a vida foi criada pra ser feliz. As informações que a ciência comprova me são suficientemente e bem apresentadas. Pra que preciso saber de antes do "big bang"? O q isso mudaria na minha existência?

      Meu objetivo de vida? O meu é ser e fazer os outros felizes. Não sei o seu.

      E quanto a nossas reações físicas, SIM. Tudo se dá no campo da bio-química.
      ANTES, enquanto não havia tanta ciência e computadores que faziam grandes cálculos, tudo era mencionado como "vontade dos deuses". Inclusive os mares, a noite, a chuva, o sol, etc. Hoje vemos q as coisas não são bem assim.

      O sucesso de medicamentes controlados e outras drogas comerciais são a prova disso. Uma pequena dosagem pode tirar em poucos minutos uma pessoa de uma depressão crônica a uma alegra profunda. Mostrando que tudo em nosso corpo e mente está ligado ao psicossomático e ao equilibrio químico.
      Além é CLARO, de uma boa alimentação, prática de esportes, leitura, vida sexual ativa (ou não) e uma mente livre de padrões e conceitos aprisionantes e angustiantes. Nosso corpo é uma bela engrenagem a ser lubrificada e alimentada constantemente.

      "nao serve para nada, pois se a vida eh apenas SE DIVERTIR E TER PRAZER, ajudar os outros eh besteira, "
      Vc está ERRADO. O hedonismo SIM é parte integrante da vida. Mas o PRAZER está também diretamente associado a fazer o bem ao próximo.

      Existes diferentes ideiais de vida. Pessoas que são felizes com pouco, outras com muito e outras apenas dividindo e fazendo o bem ao próximo.
      Todas podem ser felizes e completas. Com ou sem religião, com ou sem ajuda ao próximo. Fúteis ou não. Aliás, até mesmo o conceito de futilidade é relativo.

      Esse pensamento que descreveu por alguém que crê nos relatos da ciência é invalido. Eu e diversos outros ateus não são negativistas desse jeito.
      Não sei de onde tirou essa informação.

    9. Max Willam Silva "John, quanto a sua opçao sexual cada um decide o quer ou seja somos o que queremos ser"
      ERRADO Max. É ORIENTAÇÃO SEXUAL.
      Ninguém em sã consciência escolheria nascer em uma cultura machista, regida por uma heteronormatividade, sofrer bullying, sentir-se estranho desde criança e ter pouquíssima informação para entender o que está acontecendo.
      Ninguém escolheria sofrer em escolas, faculdades ou ir pra forca como em países teocráticos como no oriente médio. Mentir, fingir, se esconder, ou ter medo até mesmo de seus pais cristãos. De apanharem, de serem expulsos de casa.
      Não é e nem nunca foi escolha.

      ESTUDOS CHEGAM CADA VEZ MAIS PERTO DA EXPLICAÇÃO SOBRE O “GENE GAY”
      http://hypescience.com/como-o-gene-gay-e-passado-adiante/

      PESQUISADORES DIZEM QUE A HOMOSSEXUALIDADE MASCULINA PODE SER CONGÊNITA
      http://jornalciencia.com/sociedade/comportamento/1795-por-que-existem-homens-gays

      HOMEM GAY TEM CÉREBRO FEMININO, COMPROVA ESTUDO.
      Estudo dá as provas mais sólidas de que a orientação sexual é característica biológica.
      http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL602802-5603,00.html

      UM ESTUDO CONDUZIDO POR PESQUISADORES SUECOS MOSTROU QUE O CÉREBRO DE HOMENS GAYS É FISICAMENTE PARECIDO COM O DAS MULHERES HETEROSSEXUAIS
      http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/06/080617_cerebroshomossexuais_fp.shtml

      "se vc nao fumou ou bebeu que bom, isso é uma grande prova que existem coisas melhores que esses vicios destruidores."
      Isso não é uma prova. Isso é o meio que cresci. Infelizmente nem todos tem a mesma sorte q eu. Nem por isso deixei de ser ateu ou homossexual. Pra vc ver que algumas coisas não se escolhem
      Exceto o de não crer em tudo que se diz, que é o caso do ateísmo.

      "Mas Jhon, Deus nao tem nada haver com a opçao ou decisao de cada um de nós. Adão e Eva foram posto em um lugar que havia algo que eles nao deveriam ir lá era prejudicial,"
      Já sobre o conto de Adão e Eva, não posso considerá-lo muito menos debatê-lo.

      FÓSSIL DE ANCESTRAL HUMANO COM 2 MILHÕES DE ANOS REVELA INFORMAÇÕES SOBRE SEUS HÁBITOS ALIMENTARES
      http://jornalciencia.com/sociedade/diversos/1830-fossil-de-ancestral-humano-com-2-milhoes-de-anos-revela-informacoes-sobre-seus-habitos-alimentares

      FRAGMENTO DE UM OSSO DE DEDO DECIFROU CÓDIGO GENÉTICO DE UM PRIMO DOS HUMANOS MODERNOS
      http://jornalciencia.com/sociedade/diversos/2044-fragmento-de-um-osso-de-dedo-decifrou-codigo-genetico-de-um-primo-dos-humanos-modernos

      CONFIRMADA EXISTÊNCIA DE OUTRAS DUAS ESPÉCIES DE HUMANOS PRIMITIVOS HÁ QUASE 2 MILHÕES DE ANOS
      http://jornalciencia.com/sociedade/diversos/1972-confirmada-existencia-de-outras-duas-especies-de-humanos-primitivos-ha-quase-2-milhoes-de-anos

      "Imagine o mundo sem um padrao de conduta para dignidade humana? Nao seria horrível?"
      PRA ISSO criaram-se leis, código penal, direitos humanos, estado democrático de direito e outros órgãos regulatórios fundamentais eleitos pelo povo.

      "ela (a bíblia) é o perfeito guia moral do mundo."
      Desculpe. Ela é BASTANTE imperfeita, mal retraduzida, vcs propagam certos absurdos sem pesquisar os originais e NÃO, ela NÃO É a moral do mundo. É a moral que os CRISTÃOS acreditam.
      Cada cultural tem sua moral, seus costumes e acima de tudo, existe um padrão universal de direitos humanos.
      Estes sim regem o mundo. E no caso do Brasil quem rege é a constituição federal.
      Se há homens que geram erro nesse equilíbrio, não culpo a deus. Até pq sou ateu e não o culpo por nada. Culpo a homens e seu caráter.

      "Está contra ela é estar contra o criador foi ele quem inspirou o homem a escreve-la. Imagine lutar contra uma correnteza de um forte rio usando uma simples canoa? Pois é assim é mais ou menos lutar contra Ele e sua Palavra."
      Não debato sentido figurado. Pra mim e milhares de outras pessoas a vida não se determina como um rio e uma canoa contra a correnteza.

      Voltando ao tema central, nosso organismo se VICIA em certas químicas. Alguns, tem mais propensão física para se viciarem. Outros MENOS. A estes a luta química da libertação se torna mais fácil.

      ESTUDO RASTREIA COMO A DEPENDÊNCIA SE ALOJA NO CÉREBRO – E PODE ABRIR NOVOS CAMINHOS PARA COMBATÊ-LA
      http://www2.uol.com.br/sciam/noticias/o_cerebro_pode_ser_reprogramado_para_vencer_a_dependencia_de_drogas_.html

    10. Discutindo em outro lugar sobre o assunto, achei ainda outros trechos interessantíssimos sobre escravidão na bíblia.

      "Escravos, obedecei em tudo aos vossos senhores terrenos, não só sob o seu olhar, como se os servísseis para agradar aos homens, mas com simplicidade de coração, por temor de Deus".
      – Colossenses 3:22

      Todos os escravos devem considerar os seus senhores dignos de toda a honra, para que não se fale mal do nome de Deus.
      – I Timóteo 6:1

      Escravos, obedeçam aos vossos senhores.
      – Efésios 6:5

      Os escravos devem estar submissos em tudo aos senhores. Que lhes sejam agradáveis, não os contradigam, não roubem.
      – Tito 2:9-10

      "Escravos e escravas para vos servires, podereis adquiri-los entre os povos circunvizinhos. Poderes também comprá-los dentre os filhos dos estrangeiros, que abitarem entre vós e dentre suas famílias, nascidos e crescidos na vossa terra, e serão vossa propriedade".
      – Levítico 25:44-45

      …… OUtro exemplo literário da relação entre escravidão e protestantismo.

      Título da obra: "Negro não entra na igreja: espia da banda de fora" – protestantismo e escravidão no Brasil Império
      Nome do autor: José Carlos Barbosa
      Editora: Unimep
      Número de páginas: 221
      http://www.antropologia.com.br/res/res14.htm

    11. olha realmente cada vez mais descubro que pessoas assim realmente só estudam e aprendem o que querem ser cristão não é religião,eu como bispo denominacional posso te dizer que não posso discutir nada de DEUS ,ou biblia com voce,A PALAVRA DE DEUS NI LIVRO DE JO 17,JESUS CRISTO FAZ UMA ORAÇÃO POR NOS DIZENDO QUE NÃO SOMOS DO MUNDO ,POREM ESTAMOS NO MUNDO ,MAS NÃO SE PREOCUPE ESTÁ PALAVRA NÃO ESTÁ DIRIGIDA A VOCÊ ,MAS SIM A QUEM ACREDITA EM DEUS,COMO VOCÊ DIZ QUE É ATEU O QUE VOCÊ QUER OUVIR,MEU FILHO?DEUS ´S TEM COMPROMISSO COM QUEM TEM COMPROMISSO COM ELE,MAS NÃO SE PEOCUPE ESTÁ PALAVRA NÃO É PARA VOCÊ A BILBIA ,NÃO NOS FOI DADA POR DEUS PARA PESSOAS QUE NÃO ACREEDITAM NELE,MAS NÃO SE PREOCUPE ESTÁ PALAVRA NÃO É PARA VOCÊ .O QUE POSSO TE DIZER QUE DEUS TENHA COMPAIXÃO DE VOCÊ MAS NÃO SE PREOCUPE ESTÁ PALAVRA NÃO É DIRIGIDA PARA VOCÊ,MAS A PALAVRA DE DEUS DIZ NO LIVRO DE EZEQUIEL 3 QUE SE NÃO FALARMOS O SANGUE DE PESSOAS COMO VOCÊ PODEM SER RECQUERIDOS DAS NOSSAS MÃOS ,PELOS SEUS PECADOS ,MAS NÃO SE PREOCUPE ESTÁ PALAVRA NÃO É PARA VOCE É PARA MIM,E PARA QUEM TEME E OBEDECE A DEUS,AMEM

    12. John John Machado – uma coisa é ser cristão, outra coisa é usar o cristianismo para benefício próprio (venda de indulgências, terror psicológico caso alguém não entregue o dízimo, relíquias sagradas…), isso sempre existiu e só vai acabar quando Jesus voltar e dar fim a esse sistema mundial maligno que comanda o mundo em que vivemos. a europa já abandonou Deus há muito tempo, assim como os EUA. No Brasil está na moda ser crente, assim como no passado por aqui todo mundo falava que era católico. Quantidade ñ necessariamente implica em qualidade. e o que a mídia apresenta é um falso cristianismo, uma minoria que faz barulho, e que, infelizmente, passa a imagem de que todas as igrejas são iguais. O cristianismo ñ tem como extinguir o mal do mundo, só quem vai fazer isso é Deus no fim dos tempos. O máximo que o cristianismo pode fazer é mostrar ao mundo que quem quiser pode se reconciliar com Deus através de Jesus, e assim obter a vida eterna. ñ podemos forçar ninguém a se converter à nossa religião, nem impor nossas convicções. tenho o direito de me expressar, de expor minhas opiniões, minhas críticas e posicionamentos. assim como quem ñ acredita em Deus tem todo o direito de omitir sua opinião contrária. Jesus enquanto esteve aqui na Terra ñ foi uma unanimidade, quanto mais agora! ñ somos fundamentalistas que matam em nome de um Deus irado. please, veja esse ótimo vídeo para vc ter uma pequena ideia de pq Deus mandou matar algumas mulheres e crianças: http://www.youtube.com/watch?v=13FF6tcdYj0
      E que Deus continue te abançoando!

    13. Pois é, Marcos. Como você mesmo disse, tem que "se atentar para perceber que coisas foram escritas ao contexto de uma época".
      Beleza, hoje não pode mais escravidão. Beleza, hoje as mulheres não são mais submissas (são, inclusive, pastoras). Beleza, hoje não há mais atrocidades. Beleza…. então pq AINDA pode-se demonizar a homossexualidade? Se é pra atentar pra época, está mais que claro que a época mudou, e que é socialmente aceito ser homossexual.
      Siga uma tendência: ou siga a Bíblia a risca, ou leve TUDO no contexto. Se ser gay é pecado, uma mulher não deveria nunca subir ao pulpito de uma igreja.

    14. "Bispo", por que escrever em CAPSLOCK? Não sabia q isso é indelicado? Faz parecer q está gritando?
      Quanto ao conteúdo altamente bíblico de sua resposta, não vou discuti-lo. Religião é opinião. Ciência é fato. Só discuto tais temas.

    15. Marcos Alexandre
      "uma coisa é ser cristão, outra coisa é usar o cristianismo para benefício próprio"
      CONCORDO. E infelizmente é o q rege o Brasil nesse momento.

      "isso sempre existiu e só vai acabar quando Jesus voltar"
      Na verdade só acabaria se acabasse a religião. A Europa é um belo exemplo disso. Um sistema majoritariamente ateu que até em "crise" funciona MELHOR que nosso país. É impressionante a expectativa e qualidade de vida por lá.

      "assim como no passado por aqui todo mundo falava que era católico."
      Ainda falam e são. A maioria AINDA é católica por costume.

      "a mídia apresenta é um falso cristianismo, uma minoria que faz barulho, e que, infelizmente, passa a imagem de que todas as igrejas são iguais."
      Olha, fui crente por 22 anos na minha vida. Conheci diversos "ministérios", como vcs dizem, e denominações diferentes. TODAS IGUAIS. Da mais tradicional a mais neo pentecostal.
      Gostaria q não fosse verdade pra não ter que estar aqui discutindo isso. Mas infelizmente o objetivo é sempre o mesmo.

      QUanto a questão de "vida eterna" e outras ideias abordadas pela filosofia cristã, não posso comentar. Porque aí entramos no campo da crença. E crer é escolha pessoal. É um direito seu acreditar no q quiser.

      "ñ podemos forçar ninguém a se converter à nossa religião, nem impor nossas convicções."
      GOSTARIA que os pastores charlatões que adoram uma quantidade numérica exorbitante pensassem assim.
      Mas infelizmente os exemplos que temos na tv e em Brasília só demonstram o contrário. A massificação irritante de pregação em cima de pessoas nas ruas, na tv e até mesmo no senado e câmara, q deveriam ser espaços laicos, livres de ranço religioso.

      "tenho o direito de me expressar, de expor minhas opiniões, minhas críticas e posicionamentos. assim como quem ñ acredita em Deus tem todo o direito de omitir sua opinião contrária."
      CORRETO. Só não tem o direito de ofender, denegrir ou diminuir pessoas por NÃO crença, por orientação sexual ou outras questões naturais da dignidade humana. Nem tão pouco o de impedir acesso de direitos a cidadãos.

      Artigo 5 da Constituição:
      VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política

      II – ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei;

      III – ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante;

      X – são invioláveis a intimidade, a vida privada, A HONRA e a imagem das pessoas

      Sobre o vídeo, agradeço a oferta mas conheço a bíblia. Fui obrigado durante toda a minha juventude a conhecê-la profundamente. Sei dos motivos filosóficos do deus da bíblia de matar ou não "sua" criação.

    16. Marcos Torres Barbosa "Só não se esqueça, ou tenha consciência de que ateus não fugiram de se tornar extremistas e intolerântes no passado. Em extremismo cometeram atrocidades, torturas e barbáries durante o comunismo do século passado. "
      QUERO LINKS comprovando o q vc diz.
      O comunismo nunca teve relação direta com ateísmo nem carregava algum tipo de bandeira de algum deus a ser adorado.
      Já sobre a herança maldita da religião temos PILHAS De conteúdo disponível. Inclusive em matérias no colégio se dão tais temas.

      "Por mais que você não queira ou torça o nariz o ocidente é proeminente cristão. E diferente de outras regiões como a árabe com extremismo islâmico e a oriental com ditadura e totalitarismo comunista, temos por aqui os melhores lugares de ideais democráticos e de liberdade de se viver."
      Desculpe. Se acha REALMENTE o Brasil "melhor lugar de ideias democráticas pra se viver" eu realmente desconfio de sua avaliação política.
      1º. DEMOCRACIA?? Só temos no papel. Pq IGUALDADE nesse país ainda está muito aquém.
      2 – O q temos de calor humano e beleza natural temos de descumprimentos de leis, machismo, preconceito, mortes bárbaras e outros problemas estúpidos e ridículos q colocam o Brasil em baixíssimas posições em qualidade de vida, direitos básicos, educação e outras questões.

      Vou recorrer NOVAMENTE ao velho continente Europeu. Q em sua maioria ateu, mesmo em crise, funciona MELHOR do q o Brasil "cristão" sem crise.
      Vc precisa colocar na balança detalhes óbvios: Educação, saúde, qualidade de vida, expectativa de vida, taxa de pobreza, distribuição de renda, corrupção, criminalidade..
      Não é ATOA que em bairros mais pobres existe uma igreja atrás da outra. Uma competição FEROZ em cima dos menos favorecidos. Tudo pra manter as pessoas na esfera do milagre e da ignorância.
      Se religião colocasse comida na mesa de alguém o país não teria esses problemas ainda tão ridículos.

      "Se quizer saber sobre a fé cristã, frequente uma igreja, sente no banco e apreda."
      Bem, meus 22 anos de igreja foram suficientes pra me ensinar alguma coisa sobre bíblia. Inclusive a não escrever erros básicos de escrita como a maioria de vocês escrevem.

      Essa analogia de quem é de fora é ignorante e "taca pedras" é a maior tolice. Já fui de igreja. E essa ideia vendida de que são o máximo, especiais e que burros são os que não estão com vocês no culto é a maior prepotência da história.
      Todo grupo, seita ou coisa do gênero usa esse tipo de chantagem emocional pra insuflar o ego dos participantes. Só assim se sentem especiais por algum motivo. Mesmo pobres, mal assistidos pelo estado, sem saneamento básico em seu bairro, sem comida na geladeira..
      Dão o dízimo, tem um PÉSSIMO português e ainda se acham especiais porque acreditam em deus.

      E TUDO ISSO SIMPLESMENTE porque comentei uma infeliz colocação do indivíduo nesse site!!! Depois somos NÓS que não sabemos ouvir críticas.
      Não se pode falar NADA da religião de vocês. É como se falasse da HONRA! Q estupidez. Vcs não sabem diferenciar IDEIAS de CARÁTER.

      "Interessante que tem pessoas que fazem História, Antropologia apenas por que são aversas ao cristianismo."
      JURA? Não conheço. Geralmente essas pessoas fazem o curso por amar conhecer suas origens, por querer entender as coisas como realmente são e não ouvir histórias prontas, contadas como lendas e fábulas.

      "Não querem se atentar para perceber que coisas foram escritas ao contexto de uma época."
      UAU. Essa frase serve pra vocês. Caso não saiba a sociedade bíblica do brasil, o vaticano, Calvino, o Concílio de Nicéia e outros, adulteraram COMPLETAMENTE essa bíblia de você lê. Justamente pra nao saberem a VERDADE sobre o contexto histórico e sobre algumas questões básicas como o dízimo por exemplo.
      Se vcs efetivamente considerassem contexto histórico saberiam disso. E não leriam a bíblia como "inspiração divina".

      "Você não vai querer sugerir ou fazer claros ataques à fé cristã de dizer que bíbilia e a fé cristã ensina a escravidão vai?"
      Não. Eu vou AFIRMAR! Está na bíblia, meu caro! Vc NÃO LEU??????????????

      "Escravos, obedecei em tudo aos vossos senhores terrenos, não só sob o seu olhar, como se os servísseis para agradar aos homens, mas com simplicidade de coração, por temor de Deus".
      – Colossenses 3:22

      Todos os escravos devem considerar os seus senhores dignos de toda a honra, para que não se fale mal do nome de Deus.
      – I Timóteo 6:1

      Escravos, obedeçam aos vossos senhores.
      – Efésios 6:5

      Os escravos devem estar submissos em tudo aos senhores. Que lhes sejam agradáveis, não os contradigam, não roubem.
      – Tito 2:9-10

      "Escravos e escravas para vos servires, podereis adquiri-los entre os povos circunvizinhos. Poderes também comprá-los dentre os filhos dos estrangeiros, que abitarem entre vós e dentre suas famílias, nascidos e crescidos na vossa terra, e serão vossa propriedade".
      – Levítico 25:44-45

      Cara.. querer ignorar um fato histórico CLARO, aí já é escolha sua. Não aceitar o fato de que a mesma bíblia incentiva ABSURDOS como mulheres não terem autonomia, serem tratadas como escravas, vendidas como objetos.. isso sim é ser ignorante, como vc disse logo mais acima.

  3. Que bom que ela aceitor Jesus. Aleluia.

  4. Aline Amorim disse:

    A tradução está com erros… ela disse que nunca foi a faculdade…e que usava drogas em festas.

    1. PrElton Santana disse:

      O Ideal ALine então vc seria informar a fonte real para que possamos ver.. oq acha? vc tem o endereço do site?

    2. Aline Amorim disse:

      Eu sou formada em Inglês… assisti a entrevista original em Inglês. Aliás, saiu em vários sites gringos, com os detalhes diferentes conforme eu disse aqui…

    3. Aline Amorim disse:

      PrElton Santana "Now married to hunky actor Josh Duhamel, who was accused of cheating on her with a stripper in Atlanta, Fergie said she’s experimented sexually with women, but isn’t a lesbian.

      She denied being a lesbian but admitted to experimenting with women

      “I never dated women. It was more fun. I think that a lot of women experience this sort of thing in college. Tour was like college in a way. I mean I guess I would call it bisexual or sexually open, free."

      Fergie, aka Stacy Ann Ferguson, singer, songwriter, fashion designer, actress. A straight A student and cheerleader in high school. But went on a drug and sex spree after turning 18, while touring with Wild Orchid. Never attended college.

      http://collegedropoutshalloffame.com/f.htm

      http://thebreakoutworld.wordpress.com/2012/05/09/nova-edicao-da-forbes-life-traz-ensaio-fotografico-inedito-de-fergie-veja-as-fotos/

      http://www.radaronline.com/exclusives/2012/10/fergie-crystal-meth-addiction-paranoid-fbi-chasing-her
      http://www.dailymail.co.uk/tvshowbiz/article-2222022/God-saved-Fergie-drugs-Black-Eyed-Peas-star-battled-crystal-meth-addiction.html?ito=feeds-newsxml

  5. Apos ler "havia sido lésbica" como sexualidade fosse assim uma "opção" hoje sou gay e amanhã vou acordar hétero , perdeu toda a credibilidade a matéria .

    1. Aline Amorim disse:

      Mas ela não disse na entrevista original que havia sido…. ela nem respondeu a pergunta. Apenas disse que teve experiências no passado…

    2. Aline Amorim _ então foi esse site estúpido e sem credibilidade que fala mais de gays do que os próprios sites gays que distorceu a entrevista .

    3. mas é sim uma opção…..
      opção feita à partir de tendências que a pessoa tem, mas ainda assim uma opção
      eu tenho a tendência de comer demais, mas comer demais é uma opção minha
      eu tenho a tendência de dormir demais, mas dormir demais é uma opção minha

    4. Rodrigo M. de Abreu _ ninguém em sã consciência opta por levar uma vida de perseguições ,humilhações e demonização por parte da igreja. Não fale sobre algo que vc não vive . #ficaadica

    5. – enquanto os outros perseguem é até tolerável, mas quando vc discorda de algo que vc mesmo faz é extremamente ruim… muitos optam por coisas que consideram erradas por causa de suas tendências
      – a Igreja NÃO persegue, NÃO humilha e NÃO demoniza os homossexuais. Ela apenas diz que o homossexualismo é um grande erro, mas aqueles que o praticam são chamados à castidade e à santidade….. se alguns membros da Igreja agem da forma como vc disse, eles agem por si próprios; quando eles falam não é a Igreja falando
      – e muitas pessoas em sã consciência optam por abraçar a verdadeira Fé Católica em países como a China e algumas nações africanas e acabam morrendo por isso…… procure por vídeos no youtube sobre a perseguição da Igreja na África e verá coisas talvez até piores que as câmaras de gás #ficadica

      e não me venha falar do que eu não vivo pois a cada Cristão assassinado a Igreja as mesmas dores sofre e eu, enquanto Igreja que tbm sou, sofro junto e rezo por e com cada um deles

    6. Rodrigo M. de Abreu _ não se escolhe a sexualidade , assim como vc não escolheu ser hétero .Pena que isso não entre na cabeça de alienados religiosos como vc. e deixa de ser hipócrita e demagogo que a opinião da igreja é bem clara em relação a homossexualidade não passamos de ABERRAÇÕES DO DEMÔNIO para ela .e ela não desistira á enquanto não nos mandar novamente para a fogueira como fazia na inquisição

    7. Rodrigo M. de Abreu _ cristãos não são perseguidos no BRASIL , não existe nenhum relato desde que português porão as patas aqui que algum cristão foi morto ou perseguido por ser CRISTÃO . Já com homossexuais somos ridicularizados,demonizados e assassinados diariamente por sermos oque somos tudo encorajado pelas igrejas que põe na cabeça até de quem não é religioso que somos seres do mal e o resultado é toda essa violência gratuita .

    8. Rodrigo M. de Abreu _ a arrogância de vc cristãos sobre tudo católicos é podre ! se achar o dono da verdade e achar que sua "verdade" anula todas as outras .Já fui da renovação católica durante 5 anos assim como vc deve ser e sei o quanto vcs são fanáticos e fundamentalistas donos da "VERDADE ABSOLUTA" e hipócritas server uma instituição atolada na pedofilia e com um passado ,presente e futuro mais podre que um chiqueiro .

    9. Marcelo de Figueiredo _ se escolhe sim, pois TUDO na nossa vida é questão de escolha. DEUS deu aos homens o direito de escolherem, mas apresenta-nos as consequências das nossas escolhas e nos diz no que devemos baseá-las… conhece toda a história de vida do Walmir Alencar?!
      – quem te disse que eu não escolhi ser hétero? Ninguém pode dizer quais foram as MINHAS escolhas a não ser eu e DEUS. Eu escolhi ser hétero sim!!!
      – em nenhum momento eu ofendi vossa pessoa, então, por favor, mantenha esse diálogo em alto nível…
      – e não tire conclusões sem base… eu não sou da RCC. Concordo em alguns pontos e discordo de alguns que me parecem ser a posição dela, apesar de não conhecê-la o suficiente pra tirar conclusões a respeito dela… #ficadica
      – homossexuais não são aberrações e falo em nome da Igreja quando digo isso. A posição da Igreja é exatamente a que eu citei no comentário anterior: pessoas com tendências ao homossexualismo (e que aderem a ele) e que são chamadas a viver a castidade e a santidade como todo e quaisquer outros cristãos…
      – a título de conhecimento, a Igreja NUNCA mandou ninguém à fogueira. Quem fazia isso eram os governantes da época, os quais, por vezes, eram pessoas que queriam impressionar membros da Igreja. Veja bem: ainda que o Papa mandasse matar alguém, seria um erro pessoal dele, e não da Igreja…
      – nos seus anos de RCC é sério mesmo que vc nunca VIU ninguém ser ridicularizado e ser motivo de chacota por declara-se cristão?! Ninguém nunca debochou de um cristão chamando-o de "santinho" na sua frente?
      – o cara que ouve a voz da Igreja e sai matando, ridicularizando e demonizando homossexuais NÃO OUVIU A VOZ DA IGREJA!!!
      – nem eu e nem nenhum outro Católico somos donos da verdade. A Verdade é que nos possui. CRISTO é a Verdade e por esse Caminho (o da Verdade) seguiremos rumo à Vida eterna…
      – a Igreja Católica Apostólica Romana NÃO é atolada na pedofilia e sua história é, atualmente, a maior responsável pelo conhecimento do mundo. Houveram casos de alguns desgraçados que praticaram tais atos e, por isso, mancharam o bom nome da Igreja, mas isso é referente a uma quantidade ínfima de membros de tão nobre e tradicional Instituição.
      – sou fisioterapeuta e sei que se uma pessoa vai pra reabilitação e cai nas mãos de um profissional incompetente, geralmente, a culpa não vai pra esse profissional, mas vai pra toda a profissão… o mesmo ocorre entre os padres: se um erra mancha o nome de toda a "classe"…
      – recordo mais uma vez que eu não proferi nenhum tipo de ofensa. Portanto, gostaria que todo se mantivesse em nível aceitável e que esse diálogo permanecesse em nível respeitável…

      fique com DEUS e com MARIA

      PAZ E BEM!!!

    10. Marcelo de Figueiredo ah… e perdão por fazer um texto tão grande, mas acho que te respondi tudo o que achei que fosse necessário elucidar

    11. Marcos Torres Barbosa _ o suposto "homem" que fez a cirurgia é um transsexual ! nada tem haver com homossexual . Sou homossexual e não me sinto mulher nem tenho vontade de cortar meu pênis . informe-se antes de falar besteira .

    12. Marcos Torres Barbosa _ homossexualidade não se ensina ! assim como ninguém ti ensinou a ser hétero ! falando em bom português para que não reste a menor duvida , ninguém ensina seu PAU ficar duro para outro homem nem uma BUCETA ficar melada para outra mulher . deixe de ser estúpido isso não se ensina !

    13. Marcos Torres Barbosa _ o kit anti-homofobia apelido por vcs de "kit-gay" nada mais era do que um material aprovado pelo MEC para ser usado por professores (não alunos) para mostrar que nos também somos GENTE , apesar de vcs insistirem que somos apenas ABERRAÇÕES DO DEMÔNIO .

    14. Rodrigo M. de Abreu _ não vou perder meu tempo com sua demagogia ! não se pode esperar nada racional de pessoas que acreditam que um individuo é homossexual por que seu corpo foi possuído por um espirito diabólico . Sei muito bem qual é a real posição da sua igreja em relação a isso , portanto não perca seu tempo (nem o meu) tentando dar uma "maquiada" ———- fique com GOKU paz é bem .

    15. – trans, homo, bi, etc… podem ter diferença entre si, mas são todos desvios do caminho reto: homem + mulher
      – e o termo homossexualidade deriva do termo sexualidade e que é sim ensinado, assim como os termos cristandade, religiosidade, etc… ou seja, ensinar que existem pessoas que vivem de forma diferente do normal e ensinar que deve-se respeitar a todos independente da escolha está correto… e a família é (e sempre deverá ser) o primeiro lugar onde esse ensino deve ocorrer
      – o pretexto do kit gay é justamente dizer que deve-se ensinar o respeito… pois bem, ensinem o respeito mas não ensinem a prática
      – homossexualismo é prática, não filosofia de vida… e isso não pode ser ensinado
      – carência mal interpretada como atração leva a essa confusão entre amor de amigo (a) e amor de namorado (a)

    16. Rodrigo M. de Abreu _ ok ! pois fique com suas "teorias" sua "heterossexualidade" e sua "verdade" católica suprema e absoluta. bjos ….obs : interceda por mim a GOKU , digo DEUS quando chegar lá no céu e estive tocando Harpa com os anjinhos ♥♥♥♥♥

    17. Marcelo de Figueiredo _ vou sim rezar por vc e vou começar ainda hoje. Não vou esperar chegar no Céu pq o tempo urge e se eu for esperar não chego Lá… e vou pedir especialmente que vc aprenda a respeitar a opinião e a Fé alheias…
      não precisa aceitá-las pra si… eu gostaria que sim, mas não precisa, pq a escolha (olha ela aí outra vez) do que vc vai fazer com sua vida é sua…
      – mas vou rezar pedindo que DEUS te ensine a expor suas ideias e seus ideais sem que, pra isso, seja necessário denegrir a crença alheia…
      – sendo vc um ex-membro da RCC deve saber o quão ruim é para o cristãos de um modo geral ver um desrespeito ocorrer… coisas como comparar DEUS com o goku…
      – por favor, releia tudo o que eu escrevi e me diga apenas um ponto onde eu te faltei com o respeito (de verdade) e até te faço um pedido formal de desculpas
      – se não encontrar, peça desculpas a DEUS por tantas palavras de baixa qualidade que me foram proferidas por vc

    18. ah… e que DEUS e MARIA te abençõem e te acompanhem sempre

      PAZ E BEM!!!

    19. Rodrigo M. de Abreu _ cristãos proselitistas que demonizam espiritas,budistas,ateus e toda a outra metade da população não cristã do planeta falando em "respeitar a fé alheia" foi demais pra mim por hoje ! depois dessa vou dormir zZzZzZzzz

    20. Rodrigo M. de Abreu _ antes de dormir queria dizer outra coisa … para de quer empurrar a tal Maria em tudo porque na sua gibíblia não tem dizendo pra ninguém adora-la , ops quis dizer venera-la como vcs dizem (sic) rs mais isso ai já é assunto para outro dia porque agora vou dormir e sonhar com os anjinhos Rafael,Gabriel e Miguel rsrsrsr

    21. Marcelo de Figueiredo Eles não entendem, não é uma questão se escolha….Mas Amém.

    22. Rodrigo M. de Abreu, que bom que você não vai esperar chegar no Céu pra orar por nós, né! Até porque, segundo a sua própria Bíblia, os mortos só vão para o Céu (ou não) depois do Juízo Final.
      Mas então, só pra discutir um pouquinho… sexualidade não é "ensinada". Sexualidade simplesmente É. Você foi ensinado a ser hetero? Se ninguém tivesse te falado: "Rodriguinho, você gosta de mulher! E SÓ de mulher!"??? Aí você passou a gostar de mulher… mas se vc quisesse, você ia gostar de homem?
      Pq pra mim não foi assim, não! Por mais que eu visse essa sociedade heteronormativa, com pais heteros, amigos heteros e quase nenhum contato com gays, eu, desde criança, sabia que eu gostava de homens e não de mulheres.
      Aí vc vem falar: "tá, mas você pode escolher não praticar a sua sexualidade". AHHHH mas eu posso mesmo. Posso escolher passar o resto da minha vida frustrado, sem fazer sexo, sem amar, simplesmente para agradar um ser superior (sim, acho castiddade algo TERRÍVEL, inclusive sou contra a castidade da Igreja Católica). Entre escolher viver uma vida de mentiras e uma vida plena, prefiro viver uma vida plena. Seja com sexo com homem ou com mulher. O que importa, no final das contas, é a MINHA felicidade, e NINGUÉM está dentro da minha pele pra saber o que eu passo.

    23. Marcelo de Figueiredo _ vou deixar às claras caso vc não tenha entendido (o que parece ser o caso)

      1-) em todos os posts eu fiz um diferenciação entre uma classe e seus membros, entre cristãos e Cristianismo, entre judeus e judaísmo, entre budistas e budismo, entre homossexuais e homossexualismo, etc…
      2-) eu já convivi perfeitamente bem e respeitosamente com espíritas, budistas, ateus, gays, lésbicas, aquelas pessoas que afirmam acreditar em DEUS e só, etc… só não tem mais pq a vida ainda não me deu essa oportunidade ou eu esqueci de colocar aqui…
      3-) "respeitar" é diferente de "ter uma visão sobre"… eu vejo as outras denominações de uma forma mas, ainda que eu não concorde, a pessoa usou de seu livre arbítrio pra escolher viver nessa ou naquela denominação…
      4-) eu não empurrei MARIA… se você fosse da igreja maradoniana e me respondesse assim: "que maradona te encha de alegrias", eu ia entender que, dentro da tua crença, vc desejou o melhor pra mim… quando eu digo que quero que MARIA te abençõe e te acompanhe, eu te desejo o amor daquela que é, segundo minha crença, a Verdadeira Mãe… e, convenhamos, a Verdadeira Mãe não te faria nenhum mal…
      5-) minha tentação pessoal é pensar que pedir que vc me respeite é dar murro em ponta de faca, mas eu ainda acho que vc conseguirá entender um dia e, por isso, insisto: respeite-me e repeite a minha Fé… ainda que vc ache que eu não te respeito, então mostre a si mesmo que vc é maior e respeite-me e repeite a minha Fé…
      6-) tecnicamente falando, gibis são livrinhos infantis cheios de figuras e histórias pra entreter. A Bíblia é um conglomerado de 73 livros cheios de histórias que se forem interpretados ao pé da letra nos farão cometer atrocidades contrárias à vontade de DEUS, como discriminar homossexuais, mas que, se interpretadas corretamente nos fazem entender a vontade de DEUS na nossa vida… assim sendo, respeite a Bíblia, Palavra de DEUS…
      7-) acesse esse link e veja a melhor resposta… http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20080402071129AA27htM
      8-) bons sonhos e que DEUS e MARIA te cubram com o manto da Esperança… PAZ E BEM!!!

    24. Antônio Amarante _ exatamente esse o ponto… rezo agora pq é a única chance que tenho para fazê-lo
      – Ninguém nunca me falou pra eu gostar de mulher, mas eu escolhi. Tive oportunidades tanto pra escolher um lado como o outro e escolhi viver como DEUS me fez.
      – É complicado, mas vou explicar como entendemos casos como o seu:
      – quando Adão e Eva pecaram por desobediência a DEUS foi imprimida em toda a humanidade dali em diante uma marca: o pecado original. À partir do pecado original é que nós temos tendências a uns e/ou outros pecados. A esses pecados chamamos de pecados capitais…
      – os 7 pecados capitais são: ira, avareza, preguiça, gula, orgulho, inveja e luxúria…
      – há de concordar comigo que tem pessoas que nasceram com a tendência de comer demais e outras que sempre foram mais contidas. Sabemos que comer demais é algo que faz mal e eu não posso usar minha tendência como desculpa, como “síndrome de Gabriela”: eu nasci assim, eu cresci assim, vou morrer assim… se eu como demais e sei que isso me faz mal, minha consciência deve me informar constantemente que algo em meu comportamento tem que ser mudado senão eu vou morrer, ou seja, eu tenho a tendência, mas posso (com MUITO custo) controlá-la; esse é só um exemplo do que é a tendência pra nós cristãos
      – conheço algumas pessoas que um dia escolheram viver sua sexualidade de forma desregrada, se arrependeram e resolveram impor em suas vidas as regras de JESUS… e essas pessoas eu conheço em maior número do que pessoas que ainda vivem o homossexualismo… quem resolveu impor as regras de DEUS em suas vidas hoje vive muito menos frustrado, ama muito mais e se sente muito mais agradado do que antes… e isso não significa que não façam sexo, mas significa que fazem tudo da forma como DEUS criou o sexo
      – vida plena de verdade só quando fazemos o outro ser humano feliz… viver só pra si próprio, pensando nos seus próprios ideais (em todos as esferas da sociedade), desculpe, mas isso sim é viver uma vida de mentiras
      – e, desculpe, mas castidade (que é diferente de celibato) não é algo pra ser vivido só na Igreja…. quem se diz ateu, agnóstico ou até anti-Cristo pd usar de sua razão (já que não tem Fé) e chegar a conclusão que a castidade e o celibato são as melhores opções
      – o que vc critica na Igreja parece ser o celibato, mas se for a castidade mesmo, que vc entenda que ela nada mais do que deixar-se por amor ao irmão;
      – além disso, se vc é brasileiro e vive aqui, vc tem direito de opinar a respeito das leis brasileiras. Mas, se vc não vive aqui, esse direito não te é válido pq vc vai tentar mudar uma lei que pra vc não fede nem cheira; da mesma forma, se vc for realmente Católico (e não católico de IBGE) vc tem direito de expor sua opinião a respeito da castidade e do celibato. Do contrário, opine na instituição da qual vc faz parte…
      – e que DEUS e MARIA te abençoem e te acompanhem sempre….. PAZ E BEM!!!

    25. "O Celibato (do latim cælibatus que significa "não casado") na sua definição literal é uma pessoa que se mantém solteira, sem obrigação de manter a castidade, podendo ter relações sexuais." Então eu acho que quis dizer "castidade" mesmo, porque o celibato seria uma consequência da castidade. Mas eu não gosto APENAS porque é uma IMPOSIÇÃO da Igreja. Como uma escolha, realmente não vejo problema algum. Como vou expor abaixo, cada pessoa encontra a sua plenitude de uma forma diferente.
      Primeiro: não, não adianta dizer que você escolheu gostar de mulher, porque você não escolheu. Você simplesmente sentiu atração por mulheres e não por homens. Atração não é algo que se escolhe. Viver a atração, sim, é uma escolha.
      DEUS não criou o sexo: ele criou os órgãos genitais. Ele não ensinou ninguém a transar. E não estou falando de "promiscuidade", estou falando de sexo com amor, entre a intimidade do casal. Onde isso "faz mal"? Não entraria na sua "luxúria", pois todos fazemos sexo.
      Nunca disse que a vida se baseia apenas na pessoa. Ajudar os outros é uma parte importantíssima para você se sentir bem. Para você se sentir bem = sua felicidade. Você não faz nada de graça: você ajuda, você doa, você ora, para que? Para se sentir bem, tranquilo, feliz. No final, todos estamos em busca da felicidade individual, é só refletir um pouco sobre isso. Se para você se sentir bem, realizado, completo, FELIZ, você precisa se entregar ao seu deus, precisa orar etc, pra mim não é só isso. Eu preciso ajudar os outros, preciso me sentir bem comigo mesmo, com os meus sentimentos, com meus desejos; preciso estar com alguém que eu ame e deseje, preciso viver (não apenas a minha sexualidade) como todo casal homossexual pode. É muito simples. Cada um tem a sua forma de encontrar sua plenitude, mas algumas pessoas dizem que as formas de felicidade das outras estão erradas. ESSE É O PONTO PRINCIPAL.

    26. Correção: "todo casal heterossexual pode"***

    27. Ficou realmente grande e desculpe por isso. Espero não escrever tanto na próxima vez que eu postar ou responder em algum blog…

      – Existem três coisas: celibato, castidade e continência. 1º: abstinência de sexo por consagração (em denominações religiosas); 2º: sexo regrado (dentro de um casamento, com respeito ao corpo do cônjuge) e; 3º: abstinência de sexo por opção (por consagração ou não).

      – Como curiosidade (de verdade), de que fonte foi obtida essa informação a respeito da definição da palavra celibato? Uma outra fonte que encontrei define o celibato como "o estado do homem ou da mulher que vivem, espontaneamente, em solidão , sem se casar". Ou seja, é viver em eterna continência sexual.

      – Pra exemplificar, quando um surfista resolve ser advogado ele sabe que no fórum ele TEM QUE USAR terno e gravata e sabe que se quiser ser advogado a vestimenta em questão é parte do pacote. Mas ele não é advogado "full time" e tem a opção de usar só um bermudão florido quando for surfar. Pois bem, quando o rapaz resolve ser padre ele sabe que é uma condição ser casto, ser continente em relação ao sexo. E ele sabe que ele é padre "full time" e a condição em questão é também "full time". É uma escolha dele seguir ou não por esse caminho.

      – Ao contrário do que você disse, celibato é consequência da castidade. É possível ser casado e ser casto ao mesmo tempo que não é possível ser casado e não fazer sexo. O sexo na noite de núpcias tem como intuito validar o Santo Matrimônio celebrado horas antes. Um casamento onde não tenha havido sexo é declarado como tendo sido nulo, pois as Sagradas Escrituras dizem que o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher.

      – A Igreja é a esposa do padre e, por mais que muitos possam pensar de forma diferente, a magnânima maioria dos padres assim se sente e muitos até usam aliança.

      – Acredito que todas as escolhas tem uma série de fatos por trás de si, mas tudo o que fazemos na vida é escolha. Posso escolher entre seguir o que me é imposto ou não, mas ainda assim é uma escolha.

      – DEUS criou o sexo sim. Ele não dá nenhuma ordem que não somos capazes de cumprir, mas nos dá as condições de cumprir tal ordem. E Ele nos ordenou: "crescei e multiplicai-vos". Essa ordem foi dada por DEUS depois de ter criado o homem e a mulher e os casado. Ou seja, o sexo é criação divina sim e é para ser vivida dentro do Santo Matrimônio que só pode ser dado entre um homem e uma mulher.

      – O sexo tem regras e uma delas é que ocorra dentro do Matrimônio. Mas, mesmo que aconteça num Matrimônio, ainda há certas regras a serem respeitadas. Fora disso é sexo desregrado e entra na definição de luxúria sim.

      – Querendo ou não fazer o bem pra sentir-se bem é egoísmo, ainda que bem disfarçado. São Francisco nunca fez o bem pra sentir-se bem. Sentir-se bem foi uma recompensa dada a ele por DEUS. Nossa própria felicidade, por mais difícil que seja fazer isso, deve ser colocada em segundo plano. Antes a felicidade do irmão e depois, se possível, a nossa. Amar de verdade é doar-se de verdade ao irmão. Beata Teresa de Calcutá disse que é preciso Amar até doer, ou seja, é preciso Amar mesmo que isso nos faça sofrer, mas o irmão tem que ser feliz antes de nós. A felicidade do irmão é o canal da nossa alegria cuja fonte é DEUS.

      – É realmente MUITO difícil esquecer-se de si e lembrar só do outro, mas é essa a Cruz que Cristo nos propõe que carreguemos.

      – A felicidade completa é esquecer completamente de si e lembrar apenas do outro. Isso pode (e deve) acontecer entre amigos mas também entre pessoas como o Bush e o Hugo Chávez ou o entre o Ahmadinejad e o Sarkozy. Exemplos aparentemente absurdos, mas os uso pra exemplificar que, por mais diferentes que sejam as nossas opiniões, ainda assim a felicidade do outro é que tem que importar. Imagina quantas guerras não teriam sido evitadas…

      – DEUS nos fez diferentes uns dos outros e procuramos tanto nos completar com o outro de diversas formas (numa obra de filantropia, num namoro, numa balada, etc…), mas Ele sabe que plenitude só encontraremos quando decidir-mo-nos inteira e definitivamente por DEUS, o autor de tudo, inclusive a felicidade.

      P.S.: deixei assim separado por tópicos pq acho mais fácil de ler. Será que, por favor, você poderia fazer o mesmo (caso pretenda responder)?

    28. Castidade não é restrição, mas possibilidade. Sou um homem livre. A liberdade que experimento é escolha. Ninguém me obrigou a assumir o que escolhi.
      Pe.Fábio de Mello

    29. Realmente fica mais fácil ler assim.
      Mas não pretendo prolongar muito. Não dá pra argumentar. Você (se) baseia nas "Sagradas Escrituras", que para mim não tem validade nenhuma. Então, não importa o que eu fale, não fará diferença.

    30. não baseei todas as minhas respostas diretamente na Palavra de DEUS…
      mesmo pq são os protestantes que tem base só na Bíblia… nós Católicos também temos por base a tradição da história da Igreja

    31. Felipe Benoit disse:

      Rodrigo M. de Abreu
      Oh, a queima de hereges, a mordaça ao desenvolvimento científico, os casos de pedofilia acobertados pelo vaticano, a omissão durante a escravidão, o aliamento com a Alemnha nazista e a Itália facista, etc, etc… É uma tradição para se ter orgulho, não é mesmo? Rsssssssssssss

    32. – Queima de hereges?
      http://www.youtube.com/watch?v=KPE1xwggBp8
      http://caiafarsa.wordpress.com/a-verdadeira-face-da-inquisicao/
      http://omniverbo.wordpress.com/2009/09/25/santainquisicao/
      http://www.agoragrega.com/tag/historia/

      – Mordaça à ciência?
      http://4.bp.blogspot.com/-VY8QKqEKWVI/Tt4QZ6T9IyI/AAAAAAAAAgw/Z0yPDkP9aMs/s1600/roger.jpg
      http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_cl%C3%A9rigos-cientistas_cat%C3%B3licos

      – Pedofilia acobertada?
      http://meucatolicismo.blogspot.com.br/2010/03/christopher-hitchens-contra-o-papa.html (especialmente o 3º parágrafo)

      – Omissão na escravidão?
      http://meucatolicismo.blogspot.com.br/2010/03/christopher-hitchens-contra-o-papa.html
      (especialmente o parágrafo que fala explicitamente da Igreja)

      – Nazismo?
      http://www.zenit.org/article-22822?l=portuguese
      http://www.montfort.org.br/old/index.php?secao=cartas&subsecao=historia&artigo=20060615172118&lang=bra
      http://caiafarsa.wordpress.com/a-igreja-de-hitler/
      http://pioxiicaluniado.blogspot.com.br/search/label/Pio%20XII%20e%20Prisioneiros%20de%20Guerra
      http://pioxiicaluniado.blogspot.com.br/search/label/PIO%20XII%20-%20Telegrama%20protestando%20contra%20Deporta%C3%A7%C3%A3o%20de%20Judeus
      http://pioxiicaluniado.blogspot.com.br/search/label/Pio%20XII%20-%20Mensagem%20sobre%20o%20Nazismo

      – Facismo?
      http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/fascismo/fascismo-e-a-igreja.php
      http://www.domhenrique.com.br/index.php/perguntasdo-internauta/717-igreja-nazismo-e-fascismo
      http://roberto-cavalcanti.blogspot.com.br/2011/05/fascismo-e-condenado-pela-doutrina-da.html

      – Tradição?
      http://pt.wikipedia.org/wiki/Tradi%C3%A7%C3%A3o_cat%C3%B3lica
      http://catecismo-az.tripod.com/conteudo/a-z/s/tradicao.html
      http://www.veritatis.com.br/apologetica/106-biblia-tradicao-magisterio/518-a-necessidade-do-magisterio-e-da-tradicao-da-igreja

      Quer mais ou tá bom? Eu acho que chega…

    33. Felipe Benoit disse:

      Rodrigo M. de Abreu
      As fontes são tão confiáveis quanto o primeiro vídeo? Não perderei meu tempo assistindo ou lendo posicionamentos tendenciosos, pois contra fatos não há argumentos. Qualquer livro de história, que é imparcial, suporta meu argumento. Rsssssssssss

    34. E vc acha mesmo que o posicionamento dos historiadores que colocaram nos livros informações contrárias à Igreja não são tendenciosos e gozam de plena imparcialidade?
      Pelo menos nós somos tendenciosos à verdade.

      E, apenas pra te elucidar, fontes como "Zenit", "Ominiverbo e "Caiafarsa", entre outros, são extremamente confiáveis…

    35. Felipe Benoit disse:

      Não duvido que são tendenciosos à verdade. Afinal, não é defendendo sua própria verdade que muitos morrem em atentados terroristas?
      Sim, historiadores são imparciais no sentido de não se deixarem levar por superstições delirantes. Obrigado pelas dicas sobre as fontes confiáveis. Infelizmente, nunca ouvi falar de nenhuma. E apenas para te elucidar, Bíblia não é confiável.

    36. – Os que são extremistas ao ponto de praticarem atentados terroristas são, ao menos, coerentes com o que acreditam. Não significa que matar "um tantão de gente" seja certo. Apenas coerente.
      – Mas, ao afirmar que somos tendenciosos à verdade, eu não estava falando de verdades de uma determinada crença. Eu me referia à verdade de fatos concretos.
      – Uma fonte confiável não é necessariamente uma fonte famosa. Antes, é uma fonte que não se baseia em si, mas em outras fontes de pesquisa. Use a fonte "Zenit" e entenda e aprenda um pouco mais sobre o que é a verdade da inquisição (que é muuuuuito diferente do que aprendemos na escola). E disponha… :)
      – Por exemplo: sabia que a inquisição que mais matou foi a alemã? E que a Alemanha era majoritariamente protestante? E que a Igreja Católica apenas constatava que alguém era culpado de heresia, mas não matava e que o tribunal CIVIL da época era quem condenava à morte, mesmo que a Igreja se opusesse a tal condenação?
      – Além disso, a Bíblia é realmente não confiável pra afirmar alguma coisa sobre a Santa Inquisição, visto que foi compilada antes de a Santa Inquisição.
      – Superstições? Quando a Igreja foi supersticiosa?

    37. Felipe Benoit disse:

      Não disse que não são coerentes. Apenas atentei ao fato de se auto proclamar conhecedor da verdade. Afinal, o que é a verdade? Quem a conhece? O que você quis dizer é que vocês são defensores de uma interpretação de uma série de fatos. Fatos estes que não são baseados em verificações experimentais ou formais, e sim pela crença de serem ou não creditados como possíveis. Uma análise científica e racional dos fatos interpretados como possíveis conclui que são mais prováveis de não o serem.
      Apenas o fato de alguém ter sido condenado por questões religiosas mostra o tipo de externalidades negativas quando se tem um domínio religioso. Você acha que eu estou preocupado em saber qual inquisição matou mais? Só porque a religião católica matou menos, significa que ela foi melhor que a outra? Apenas o fato de punições baseadas em superstições terem existido mostram os perigos na defesa de uma verdade absoluta e difundida.
      Por fim, a igreja é baseada em superstições, como orações, simpatias, crença em seres invisíveis que a tudo veem, e estão em todos os lugares, etc etc… Ou não?

    38. – Eu apenas citei serem coerentes. Não que isso fosse relevante pra discussão, mas achei interessante colocar.
      – Os fatos que são apresentados nos links postados são baseados em (desculpe a redundância) fatos reais. Não se trata de probabilidade. Se trata da realidade.
      – Quando vimos a última campanha presidencial pudemos observar o quanto os candidatos quiseram agradar as opiniões de religiosos. Vc acha que os religiosos sérios estavam interessados nesse agrado? Na época da inquisição também haviam governantes querendo agradar os religiosos, mas esse agrado, à base da injustiça e do exagero, não agradava ninguém.
      – Não disse que vc deveria se preocupar em qual inquisição seria a pior. Vc leu a minha frase: "mesmo que a Igreja se opusesse a tal condenação"?
      – Oração e crença em DEUS não são superstição. A Igreja não tem nenhuma superstição como base. As bases da Igreja são: Sagrada Escritura, Sagrada Tradição e Sagrado Magistério.

    39. Felipe Benoit disse:

      Rodrigo M. de Abreu
      Não me referi a esses fatos como probabilísticos, e sim às manifestações de deus na Terra. Essas, sim, não probabilísticas. É sabido que na época da Inquisição, a Igreja era o poder maior. Portanto, não faz sentido falar em governantes tentando agradar aos religiosos, e isso se estende até o início da idade moderna, com o renascimento e a reforma protestante, que deram um "chega para lá" na igreja.
      Mesmo que se opusesse a tal condenação, ela a praticava. É claro que a Igreja era contra a condenação, pois gostaria que todos vivessem sob suas regras. Ela aplicava o julgamento e condenação quando fosse necessário um exemplo, pois a sociedade era mecânica e repressiva, necessário à ordem.
      A partir do momento em que não existe alta correlação entre uma causa e um efeito, pode-se chamar uma ação de superstição. O simples fato de considerar esses três pilares sagrados, pode ser caracterizado como superstição, na sua definição mais estrita.

    40. – Como são não probabilísticas? O simples fato de haverem na história tantas e tantas pessoas que – deram e dão suas vidas (não falo só de se consagrarem… falo especialmente de morrerem mesmo) por amor a DEUS já é uma manifestação dEle.
      – A Igreja até poderia ter a maior influência, mas ainda assim estava sob as asas do estado. Só que o estado na época dava mais importância à Igreja do que o estado de hoje dá. Assim sendo, faz sim sentido falar em governantes querendo agradar religiosos e isso ocorria na época com muito mais frequência do que ocorre hoje.
      – "Ela aplicava o julgamento e condenação quando fosse necessário um exemplo, pois a sociedade era mecânica e repressiva, necessário à ordem." O que vc me diz da pena de morte nos EUA, por exemplo? Não seria com o intuito de servir de exemplo aos demais infratores?
      – Além disso, vc leu os links que eu mandei? Viu que as condenações à fogueira da Igreja Católica eram simbólicas, ou seja, queimavam bonecos que representavam os condenados com o intuito de lhes servir de exemplo?
      – "A partir do momento em que não existe alta correlação entre uma causa e um efeito, pode-se chamar uma ação de superstição. " Achei essa frase meio sem nexo. Superstição não é uma ação e nem pode-se chamar uma ação de superstição. Superstição é acreditar que algo tem um determinado poder, por exemplo: gato preto dá azar ou pular sete ondas dá sorte. Todos acreditam que existem gatos pretos ou sete ondas, mas nem todos acreditam em azar ou sorte.
      – Nas aulas de adm que tive na faculdade aprendi que as empresas precisam de determinadas bases. A coca-cola e o mc donald's usavam o segredo de suas fórmulas secretas, a net shoes usa a inovação de vender unicamente pela internet, entre outras. As instituições religiosas tem também suas bases. O protestantismo usa a tríade "sola fide, sola gratia e sola scriptura", o islamismo usa o Corão, o budismo usa a meditação, e nós usamos os ensinamentos da Sagrada Escritura e da Sagrada Tradição e a autoridade do Sagrado Magistério. Isso não é ser supersticioso, é ter bases firmes e sólidas.

    41. Felipe Benoit disse:

      Rodrigo M. de Abreu
      Acho que citei o porquê digo que são probabilísticas. "Se uma pessoa segue as regras de deus, coisas boas podem acontecer a ela. Senão, coisas boas podem acontecer também."
      Recomendo uma revisita à História da humanidade para constatar que durante a Idade Média, que a Igreja dominou, não haviam estados nacionais. Os senhores feudais estavam sujeitos ao clero.
      A pena de morte é um insulto aos direitos humanos, e os EUA se mostram completamente atrasados ao aplicá-las. Desenvolvimento não se traduz somente economicamente, e a sociedade americana não é um bom exemplo para ser exemplo de direito humanos.
      Correlação é uma entidade da matemática probabilística, e uma ação pode ser considerada supersticiosa. Por exemplo, beber manga com leite causa morte. Ou carregar um pé de coelho traz boa sorte. Essas são ações que podem ou não trazer os efeitos relatados, mas a correlação é baixa. Orar pode trazer o requerido pedido ou efeito, mas a correlação é baixa. Isso se aplica aos exemplos corporativos supramencionados. Nada garante que o sucesso das empresas é devido ao segredo de suas fórmulas, pois para isto devem ser consideradas outras variáveis, de maior peso, como a qualidade do serviço e a área de cobertura. O segredo é só um "charme", assim como a beleza por trás de um deus consciente e interventor (ou não interventor…).

    42. – Acho que agora eu entendi aonde vc queria chegar com os fatos serem probabilísticos e ainda assim discordo de vc. Quando eu disse que somos defensores das verdades dos fatos concretos me referia desde o fato incontestável de que comer no mc donald’s faz mal pra saúde até às manifestações de DEUS na terra, manifestações essas impossíveis de serem previstas quanto ao seu acontecimento mas visível na mudança (ou melhora) de atitude daqueles que se encontram com DEUS.

      – Não fiz a revisita à história recomendada (ao menos não pesquisei nada… só puxei da memória e tentei deduzir algumas coisas), mas me lembro que naquela época haviam reis. Logo, haviam reinados, os quais faziam o papel do estado. Reinados provavelmente com alguma religião oficial que só o era no papel. Haviam sim os senhores feudais e o rei, na prática, era como se fosse só mais um senhor feudal. Mas um rei não é só um rei. Comportar-se apenas como mais um é bastante cômodo. Ele deixaria os problemas de cada feudo pra senhor feudal correspondente resolver e assim era fácil ser rei. Mas os reis tinham sim poderes pra mandar matar ou livrar da degola quem eles quisessem e usavam tal poder quando lhes aprouvesse. Como disse antes (eu acho), o estado sempre teve e sempre terá pessoas com poder querendo agradar outras pessoas com poder e o poder que a Igreja tinha na idade média é inquestionável e não pode ser diminuído (nem aumentado). As pessoas creditavam à Igreja um poder que ela não tinha, mas os governantes da época queriam se sentir mais seguros em suas relações com o clero e faziam aquilo que eles achavam que lhes seria agradável, ou seja, exerciam seu poder naquilo que a Igreja não poderia fazer de acordo com o que acreditavam ser o que a Igreja queria que acontecesse. Mas pegue as biografias de todos os santos da Igreja que viveram a Idade média e veja o que eles pregavam, o que a Igreja realmente pregava. Acredito que podem ter havido membros do clero que fossem favoráveis à queimadas e outras torturas, mas essa era a opinião pessoal deles, não a da Igreja. Portanto, não se pode creditar à Igreja algo que ela não fez e não se pode descreditar algo que ela tenha feito.
      – “A pena de morte é um insulto aos direitos humanos, e os EUA se mostram completamente atrasados ao aplicá-las. Desenvolvimento não se traduz somente economicamente, e a sociedade americana não é um bom exemplo para ser exemplo de direito humanos.” Pessoalmente, eu concordo. Usei os EUA de exemplo apenas pq é um dos países mais visados pelo mundo como meta a ser alcançada.

      – “Orar pode trazer o requerido pedido ou efeito, mas a correlação é baixa.” É aí que provavelmente mora o perigo. Como falamos sobre DEUS, eu acredito que a Bíblia é a Palavra de DEUS e muitos agem conforme leem na Bíblia e creem estar agindo em nome de DEUS, partamos do princípio que seja de fato assim. E lá está escrito: “pedi e recebereis” (Lc 11,9). Mas também está escrito: “Se um filho pedir um pão, qual o pai entre vós que lhe dará uma pedra? Se ele pedir um peixe, acaso lhe dará uma serpente? Ou se lhe pedir um ovo, dar-lhe-á porventura um escorpião?” (Lc 11, 11-12).
      Como vc pode ver, nem sempre nós sabemos o que estamos pedindo. Por exemplo: digamos que vc tenha alguém que vc realmente odeie, como o cara que te fez perder um emprego absurdamente bom ou alguém que tenha tentado te matar. Façamos de conta que vc esteja dirigindo na marginal Tietê e seu “inimigo” aparece numa moto a 90km/h do seu lado. Vc não pensa 2x (ou sequer pensa e age no instinto) e acelera pra alcançá-lo e derrubá-lo. Vc reza pra que DEUS te ajude a alcançá-lo, mas o trânsito para e ele consegue escapar. É uma situação totalmente hipotética, mas acho que ficou claro que eu quis dizer que nem sempre DEUS nos atende como queremos. Aliás, Ele raramente nos atende como queremos. Sempre, as ações de DEUS em nossas vidas são exatamente o que precisamos e, costumeiramente, exatamente o contrário do que pedimos. O próprio Jesus, quando suava sangue no horto das oliveiras, disse “Pai, afasta de Mim esse cálice.” Mas Ele completou com “Não se faça, todavia, a minha vontade, mas sim a Tua.” (Lc 22,42).

      – “Nada garante que o sucesso das empresas é devido ao segredo de suas fórmulas (…) O segredo é só um "charme", assim como a beleza por trás de um deus consciente e interventor (ou não interventor…)”
      Como eu disse acima, DEUS é sempre interventor, mas raramente da forma como pedimos. Afinal, Ele é onisciente (logo, Ele sabe porque pedimos) e onipotente (pode fazer o melhor sempre), além de nos amar.

  6. Deus tramforma o homen deixando as mais praricas

  7. ENgraçado que "deus" livrou ela das drogas mas deixou MILHARES nas cracolândias pelo Brasil..
    Que tal falar que vc tem dinheiro e força de vontade, minha querida?

    1. Demetrius Dourado Farias A MAIS PURA VERDADE! Falei alguma mentira?????

    2. Aline Amorim disse:

      Olha, quando ela se curou das drogas ela nem dinheiro tinha…nem era famosa nem nada, pelo contrário, tinha perdido tudo, estava até desempregada. Tudo isso é falado na entrevista.

    3. Bem.. vc deve saber tb que alguns cérebros são mais resistentes a droga do q outros, né?
      Ou seja.. algumas pessoas apresentam chances MAIORES de não sair do vício facilmente. Já outras, conseguem se reabilitar simplesmente QUERENDO.

      Pesquisa revela que neurônios que controlam o interesse por alimentos no cérebro também impulsionam o desejo pela droga
      http://www.isaude.net/pt-BR/noticia/28791/geral/pessoas-com-menos-apetite-sao-mais-propensas-ao-vicio-em-cocaina

      Uns experimentam drogas e sobrevivem, ilesos. Outros se tornam dependentes. Para a ciência, a explicação pode estar na dopamina, a molécula do prazer.
      http://super.abril.com.br/saude/pesadelo-fim-443859.shtml

      Existem pessoas ateias ou de outras religiões que conseguem se liberar da mesma forma q ela. Logo, não há nenhum indício de que deus tenha feito alguma coisa a não ser que ela acredita nisso.

    4. John, procure a Missão Belém e veja o trabalho que eles fazem na cracolândia

    5. Não Marcos. O que se ensinam nas igrejas não é ter "força de vontade".
      Ensinam a "depender inteiramente de deus". É ISSO que ensinam. Pra qualquer coisa e qualquer milagre. Basta ORAR. E INFELIZMENTE as coisas não funcionam de forma mágica assim. Basta vc passar por algo impossível de ser mudado pra entender isso.
      As matérias q coloquei acima comprovam exatamente isso. Propensão de algumas pessoas. Umas mais outras menos.
      É uma questão química. Nada além disso.

      Sobre as cracolândias, não vejo cristãos visitando. Eu vejo é a prefeitura tentando resolver esse problema de saúde pública.
      Fui de uma igreja que TENTAVA recuperar alguns jovens envolvidos com drogas. NUnca dava certo. Fugiam, voltavam pra marginalidade.. simplesmente pq queriam ficar ORANDO, ungindo, expulsando demônio dos meninos, quando o problema era de SAÚDE e necessitava de um tratamento psiquiátrico específico.

    6. Essa Missão Belém que citei acima oferece, até onde sei, casa, trabalho, tratamento (médico e, especialmente, psicológico) e, como base de tudo, oração, oração e oração… pq sem oração nada mais funcionaria

    7. Ah… Missão Belém faz parte da Igreja Católica Apostólica Romana

    8. Rodrigo M. de Abreu Dei um busca rápida no site.
      É um movimento católico, né? Caridade é sempre bom. A única coisa que me entristece é que se aproveitam de uma fragilidade pra PREGAREM. Sendo q pra tirar pessoas dessa vida não é necessário inseri-la em nenhuma religião.

    9. – Sempre que alguém tenta inserir outro alguém numa determinada religião acontece o que vemos em países como a Líbia e a China e outros cujo governo tenta impor suas crenças à força

      – Ninguém insere ninguém em religião alguma… DEUS nos deu livre arbítrio tanto pra aceitá-lO como para recusá-lO… as pessoas acolhidas pela Missão belém são livres até mesmo pra retornarem à "vida" de uso de drogas

      – Porém, ninguém nunca poderá dizer que os ensinamentos de Cristo são inúteis em situações como a dos viciados… Pregar o nome de DEUS é algo propício em todas as situações, sejam elas boas ou ruins

      – Assim sendo, me sinto à vontade pra dizer que ensinar os ensinamentos de Cristo àqueles que não O conhecem não é inserí-los em nenhuma religião… é mostrar-lhes que pode ser diferente, que pode ser melhor… eles podem até mesmo sair de lá e tornarem-se pastores, ou seja, não se tornaram Católicos, mas essa foi uma escolha (triste, diga-se de passagem) da pessoa

    10. Mas estamos falando sobre O QUE afinal? Sobre ACEITAR alguém? Ou sobre buscar tratamento para dependentes químicos???

      "Pregar o nome de DEUS é algo propício em todas as situações, sejam elas boas ou ruins"
      Discordo. Existem locais, situações e espaços pra isso.
      Na escola, ERRADO.
      Na política, ERRADO.
      Na rua, ERRADO.
      No ônibus, ERRADO.
      Na televisão, ERRADO.
      Na igreja, CERTO.
      Em uma conversa informal com um amigo, CERTO.

      Mostrar que podem ser diferentes ou melhores não significa que podem virar "católicos".
      Serem melhores significa terem um trabalho digno, educação, renda própria, alimentação, ou seja, DIGNIDADE.
      Além disso fazerem somado ao psiquiátrico um bom tratamento psicológico, reconstruindo a auto estima dessa pessoa.
      A escolha de vida por ser um cidadão digno e de bem independe de deus, jesus, maria, religião, etc.

      Ainda não consigo ver relação ALGUMA com uma coisa que não tem nada a ver com a outra.

    11. – Pra grande maioria das pessoas que deixam o vício, o marco de tal mudança é aceitação de Jesus em suas vidas… Então pq privar os viciados de um método que tem dado tantos resultados positivos?

      – Apresentá-los a Fé Católica é parte do tratamento. A pessoa compreendendo (real e profundamente) porque e por Quem ela foi criada é impulsionada a mudar de vida. Veja bem que novamente é escolha da pessoa. Livre pra escolher ela escolherá aquele que julgar ser o caminho mais adequado a ser seguido dali em diante.

      – Vc postou da seguinte forma: "'Pregar o nome de DEUS é algo propício em todas as situações, sejam elas boas ou ruins' Discordo. Existem locais, situações e espaços pra isso."
      Eu disse que todas as situações são propícias e vc me respondeu com apenas uma, sendo o resto lugares. Ainda assim, compreendo que todos em os lugares é necessário falar de DEUS, ainda que pra isso tenhamos que ficar calados. Já ouviu dizer que o corpo fala? Nossas atitudes falam e todos percebem que somos diferentes e, querendo ou não, surgirá a oportunidade de discutirmos civilizadamente sobre o assunto.

      – Eu acho que usei o termo errado. Em vez de "pregar" eu deveria ter escrito "apresentar". Cabe melhor inclusive com o meu próximo exemplo. Eu fiz um curso que tinha em sua grade a matéria "Moral Cristã". Curiosamente, eu não me lembro sequer de a professora ter adentrado a sala com a Bíblia uma única vez. Ainda assim, os ensinamentos que lá nos eram passados eram coisas para levarmos pro resto da vida.

      – Eu disse que "PODE" ser diferente, não que "PODEM" ser diferentes. Creio que muitos, além de viciados, são deprimidos pois sentem-se abandonados pela família e amigos. Me referia à situação deles e à forma como enxergam a vida e não a eles especificamente. Mesmo pq muitos, talvez a maioria, são pessoas maravilhosas que um dia fizeram uma escolha errada e não souberam voltar atrás.

      – Serem melhores não significa terem dignidade, mas serem dignos. Não é a mesma coisa. Como escrevi acima, muitos, talvez a maioria, são pessoas maravilhosas, apesar de não terem nenhuma dignidade perante os olhos da sociedade (que vê dignidade baseando-se nos pontos elencados por vc).

      – É claro que a escolha por ser uma pessoa digna e de bem independe de a pessoa aceitar ou não a existência de DEUS e, segundo sei, a Igreja entende da mesma forma pois (de novo, segundo sei) existe santo canonizado que em vida foi ateu. Porém, vamos comparar as seguintes situações:

      1-) Uma pessoa cresce numa família desestruturada, em meios a uma vizinhança que só briga, com amigos que só falam palavrão e usam drogas. Cada problema em sua vida que tenta resolver gera um novo maior ainda. Ela cresce, usa drogas e vai pra reabilitação. Nunca falam a ela de Cristo e Seus ensinamentos;

      2-) Uma pessoa tem a mesma vida, mas foi apresentada à história de vida de Cristo e soube que muitos tiveram suas vidas transformadas por seguirem tais ensinamentos. Continuaram sofrendo, mas souberam superar todos os problemas, que se tornam cada vez mais suportáveis.

      – Em qual das situações é maior a probabilidade de a pessoa ter sua auto-estima reconstruída?
      Veja bem que eu não afirmo que em um caso ele vai morrer viciado e no outro vai ser padre, exemplo pros outros viciados. Em ambos os casos pode haver (e espero que haja) reabilitação, mas qual é mais provável?

    12. "Pra grande maioria das pessoas que deixam o vício, o marco de tal mudança é aceitação de Jesus em suas vidas"
      TEM ALGUMA COMPROVAÇÃO CIENTÍFICA DISSO?? Se tiver poste o link e a gente conversa sobre.

      "A pessoa compreendendo (real e profundamente) porque e por Quem ela foi criada é impulsionada a mudar de vida."
      Isso é a opinião de um católico. E NÃO de um especialista em desintoxicação química.

      "Veja bem que novamente é escolha da pessoa. Livre pra escolher ela escolherá aquele que julgar ser o caminho mais adequado a ser seguido dali em diante."
      Vocês são muito cruéis. NÃO É APENAS ESCOLHA. É RESISTÊNCIA BIOLÓGICA.

      Uns experimentam drogas e sobrevivem, ilesos. Outros se tornam dependentes. Para a ciência, a explicação pode estar na dopamina, a molécula do prazer.
      http://super.abril.com.br/saude/pesadelo-fim-443859.shtml

      "Ainda assim, compreendo que todos em os lugares é necessário falar de DEUS"
      Eu ENTENDO porque pensem dessa forma. Vocês não são ensinados na igreja a respeitar o espaço dos outros.
      POR ISSO estão e ficarão AINDA MAIS incomodados com o avivamento do contexto LAICO da constituição.
      As pessoas passaram a exigir respeito e que a constituição seja cumprida. Isso NATURALMENTE vai causar incômodo a vocês.
      Eu só lamento que a igreja não ensine cidadania e respeito básico quanto ao que é público.

      "Já ouviu dizer que o corpo fala?"
      A escrita também.

      "Nossas atitudes falam e todos percebem que somos diferentes"
      Eu seeei.. blablabla.. sal da terra, luz do mundo, embaixadores de deus, fazem diferença nessa terra…. uma lista infinita de dons espirituais que teoricamente os diferenciam dos demais.
      "e, querendo ou não, surgirá a oportunidade de discutirmos civilizadamente sobre o assunto."
      Como eu disse no outro tópico.. ninguém quer impedir que preguem. Conversa com amigos? Por que não? Se é tão importante falarem de deus.. falem!
      O resto é que, segundo a LEI, CONTINUA ERRADO.
      Não apoio gritaria, inconveniência em transporte público, programas de tv chantageando pessoas em suas emoções.. etc.

      "Eu acho que usei o termo errado. Em vez de "pregar" eu deveria ter escrito "apresentar"."
      Como se deus precisasse disso. Chega a ser ESTRANHO imaginar que o deus todo poderoso, senhor do céu e da terra precise de meros mortais para "apresentá-lo" pra outros mortais. É hilário quando pensamos nisso. Mas enfim.

      " Eu fiz um curso que tinha em sua grade a matéria "Moral Cristã". Curiosamente, eu não me lembro sequer de a professora ter adentrado a sala com a Bíblia uma única vez. Ainda assim, os ensinamentos que lá nos eram passados eram coisas para levarmos pro resto da vida."
      É incrível. Nosso país é um lixo no sistema educacional mesmo.
      Não há matérias como educação básica, princípios de cidadania e nem política.
      As pessoas continuam furando filas, jogando papel no chão, roubando.. Mas "moral cristã" eles aprendem. rs
      Surreal.

      "Serem melhores não significa terem dignidade, mas serem dignos."
      ERRADO.
      Vc pode ter dignidade consigo mesmo. Basta buscá-la em atitudes.
      SER DIGNO DE ALGO já é OUTRA história. Nada a ver com o assunto.

      CONTINUA não havendo NENHUM PARALELO entre DEUS e tratamento de dependência química.

      "Em qual das situações é maior a probabilidade de a pessoa ter sua auto-estima reconstruída?"
      Depende do organismo da pessoa.
      Criar falsas esperanças de que outras pessoas se livraram por terem conhecido a deus, sendo na realidade simplesmente mais resistentes a droga, pode leva-la a frustração, depressão, por não conseguir alcançar tão facilmente o objetivo. Conclusão: Recaída.

      Além disso existem casos de pessoas bem criadas, cercadas de boa condição financeira e cultura, e ainda assim se afundam na lama.

      Não adianta comparar situações como caso 1 e caso 2. Cada corpo é um corpo.
      TUDO está ligado ao campo bioquímico. A questão de deus apenas move paixões e esperanças. A pessoa pode orar horrores, jejuar, subir o monte, mas se seu corpo não for resistente quimicamente ele terá o DOBRO de dificuldade de que um ateu mais resistente.

      FÉ NÃO DEFINE CURA NEM DESINTOXICAÇÃO.
      Vamos largar a ignorância e estudar mais o assunto.

      Pesquisa revela que neurônios que controlam o interesse por alimentos no cérebro também impulsionam o desejo pela droga
      http://www.isaude.net/pt-BR/noticia/28791/geral/pessoas-com-menos-apetite-sao-mais-propensas-ao-vicio-em-cocaina

    13. 1-) Algumas coisas não necessitam de comprovação científica.
      Na minha profissão já pude, por inúmeras vezes, comprovar na prática coisas diferentes daquelas que os livros me mostravam. E minha “prática de vida” já me fez conhecer inúmeros casos de ex-usuários. Não me lembro de nenhum casos de alguém que eu conheço que tenha deixado de usar drogas sem ter conhecido Cristo.

      2-) "A pessoa compreendendo (real e profundamente) porque e por Quem ela foi criada é impulsionada a mudar de vida."
      Eu falo com a propriedade de quem teve uma experiência com DEUS, de quem O conheceu mais profundamente do que simplesmente o que falam por aí. Não sou especialista em reabilitação mesmo, mas o DEUS que eu e muitos outros acreditamos é o melhor dos profissionais.

      3-) É claro que é uma escolha. E é claro que tem componente biológico incluso. Ignorante é quem acha que APENAS as orações vão tirar o indivíduo das drogas.
      Eu sei o que é dopamina e sei da importância desse neurotransmissor. E sei que cada pessoa reage de uma forma. Porém, ainda que seja uma luta contra a própria vontade biológica do viciado, ainda assim deixar o vício é algo que tem que pressupor força de vontade, ou seja, parte da pessoa. Não adianta tomar anti-depressivos e outras drogas controladas pra se livrar do vício. Força de vontade é imprescindível também. Do contrário, a pessoa vai estar se drogando com receita médica.
      É bem verdade que força de vontade por si só também não é a solução. É preciso ter acompanhamento psicológico e, se a pessoa quiser, o acompanhamento religioso será muito bem-vindo.

      4-) Não, você não ENTENDE porque pensamos dessa forma. Prova de que você não entende é que separou essas minhas frases que se completavam: "Ainda assim, compreendo que todos em os lugares é necessário falar de DEUS" "Já ouviu dizer que o corpo fala?"
      Nós não somos ensinados a desrespeitar o espaço alheio. Muito pelo contrário. Aprendemos desde sempre que se quisermos ser respeitados devemos antes respeitar. Primeiro o outro e depois eu. E isso não significa não falar de DEUS.

      Não me incomodo com a laicidade estatal. O estado Impor que as pessoas sejam de um determinado país católicas é anti-católico porque o catolicismo prega que DEUS nos deu livre arbítrio. Assim sendo, o estado não tem direito de impor uma determinada religião a duras penas. A constituição deve ser cumprida sim, desde que as leis dos homens não infrinjam as leis de DEUS. Por exemplo: no oriente médio é proibido proclamar a Fé cristã sob risco de pena capital. Lá só pode ser muçulmano. Qualquer cristão que lá esteja é chamado a escolher manter-se firme na Fé cristã, mesmo que pra isso dê a sua vida. Nos primeiros anos do cristianismo esse tipo de martírio cruento ocorria bastante.
      Se você não sabe o que a Igreja ensina, então não fale. Respeitamos o público e repudiamos o desrespeito, mas queremos respeito a DEUS e, se o público desrespeita DEUS, seguimos o ensinamento de antes a lei de DEUS do que a lei dos homens.

      5-) De verdade. Não entendi o que você quis dizer com: “A escrita também.”

      6-) Quando digo que nossas atitudes falam, me refiro ao nosso modo de viver e ver a vida. Compare dois jovens, sendo um frequentador de baile funk e outro frequentador de grupo de oração juvenil, e veja a diferença entre os dois. Ou ainda, Compare dois jovens, sendo um que faz cursos profissionalizantes e estuda 2 horas por dia porque tem o sonho de passar em medicina na USP e um outro frequentador de grupo de oração juvenil e mesmo assim encontrará diferenças entre o modo como os 2 enxergam a vida. Não estou dizendo que um é melhor que o outro. Digo que é diferente dos padrões que a sociedade espera pra um jovem responsável.

      7-) Quando esses dois jovens do exemplo anterior se encontram, é certeza que o jovem estudante perceba que o outro tem algo de diferente e vai querer saber o que é. É isso que eu chamo de conversar civilizadamente sobre DEUS.
      Eu também não apoio gritaria, inconveniência em transporte público, programas de tv chantageando pessoas em suas emoções… etc. E também nunca vi nenhum Católico elevando o tom de voz fora da Igreja pra falar de DEUS. Se isso acontece: ou ele é intolerante e tem muito o que mudar pra ser um bom Católico; ou ele é novo na Fé e está empolgado demais pra defender (e precisa ser mais bem instruído); ou ele desrespeita e também tem muito o que mudar pra ser um bom Católico; ou ele já perdeu a calma depois de ser muito atacado. O bom Católico não eleva o tom de voz, mas conversa serena e civilizadamente.

    14. continuação:

      8-) DEUS nos ama muito e realmente não precisa ser apresentado. Mas Ele nos criou justamente pra nos amar e pra que amemos a Ele e aos outros. Ora, amar é querer o bem do outro e, assim sendo, se eu amo meus irmãos, ainda que eu não os conheça (porque esse é um dos mandamentos: amar ao próximo como a si mesmo), quero o melhor pra eles e o melhor que eu tenho pra dar é DEUS.
      DEUS não precisa ser apresentado. Nós é que precisamos apresentá-lO. Sem nós DEUS continua exatamente igual Ele é, mas sem DEUS nós nos reduzimos a pó, somos nada e, como nada, não temos valor e nem significância.

      9-) A escola onde fiz o curso em questão foi fundada por um frei. Lá são aceitas todas as pessoas de todas as crenças. Por esse motivo a matéria não se chama “ensino bíblico” ou “a Fé católica”, mas “moral cristã”. É uma escola de cursos profissionalizantes e por isso, não é tão necessário que haja matérias falando de política, cidadania ou educação básica, visto que as pessoas que ali chegam pra estudar tiveram chance de aprender sobre isso nas suas escolas de ensino regular. Ainda assim, o frei quis colocar na grade a matéria “moral cristã” que, como disse anteriormente, ensina as pessoas a respeitarem-se uns aos outros, algo que eu definiria como cidadania e educação básica que você citou.

      10-) Nossa sociedade diz que a pessoa precisa ter moradia digna, escola digna, trabalho digno, etc… tudo isso pra ter dignidade. Pois bem, a Suzane Von Richthoffen teve a chance da melhor educação, a melhor moradia, se quisesse teria o melhor emprego e ainda assim não soube ter dignidade. Ao passo que recentemente teve um bombeiro carioca que recusou propina de “sei lá quantos mil reais” enquanto seu salário era de 900 e sua casa era um barraco. Esse bombeiro não tem moradia digna pra sua família, não tem salário digno pelo risco da sua profissão e, possivelmente, sequer tem estudo, visto que, se tivesse, estaria em condições mais confortáveis (talvez não fazendo o que gostaria, mas com mais “luxos”). Ainda assim esse bombeiro mostrou ter dignidade.
      De fato, ser digno de algo já é outra história e não tem mesmo nada a ver com o assunto. E também não sei de onde você tirou essa parte.

      11-) "’Em qual das situações é maior a probabilidade de a pessoa ter sua auto-estima reconstruída?’
      Depende do organismo da pessoa.”
      É claro que depende do organismo, mas como eu disse antes, não adiantar fazer de tudo por essa pessoa se ela não tiver força de vontade. E é comprovado na prática (e provavelmente também por estudos, mas não vou me dar ao trabalho de procurá-los às 3 da manhã) que quem busca apoio religioso pra deixar o uso de drogas consegue ter mais força de vontade. As pessoas estão desacreditadas de si mesmas porque todas as vezes que tentaram por suas forças elas sucumbiram. Mas crer que existe alguém com poder pra livrá-las das drogas e que deseja ajudá-las é um incentivo a mais. Ainda que os outros não acreditem, a pessoa acredita. Os ateus podem até dizer que a mudança é resultado da combinação esforço do paciente + uso de fármacos (como os adesivos de nicotina pros fumantes), mas o ex-usuário sabe no que ele acredita.
      Não é criar falsas esperanças, mas mostrar que é possível. Uma pessoa responsável pode e deve informar o indivíduo que pra uns é mais difícil que pra outros, mas ainda assim é possível.

      12-) “existem casos de pessoas bem criadas, cercadas de boa condição financeira e cultura, e ainda assim se afundam na lama”
      Mais uma vez voltamos ao ponto. A pessoa, mesmo tendo opções ótimas de como viver a vida, escolheu a pior. Isso não a impede de arrepender-se.

      13-) Realmente, tudo está ligado ao campo bioquímico. Inclusive a Fé das pessoas. Muitos estudos demonstram que aqueles que tem fé tem maiores probabilidades de cura de diversas doenças. Ou seja, quando Jesus diz ao cego que a fé o curou, Ele quer dizer exatamente isso. No contexto da passagem, acreditar que Jesus é o grande Salvador que os judeus esperavam fez com que o cego O chamasse. Hoje em dia existem alguns tipos de cegueira que podem ser transformados em acuidade visual muito prejudicada, mas a pessoa pode ver com óculos específicos. Mas naquela época só se curava cegueira e outras doenças através de milagres e o cego da passagem acreditava que Jesus poderia operar tal milagre. Assim sendo, o cego fez a parte dele, ou seja, agiu (movido pela fé).
      Ele pode ter o cêntuplo de dificuldade, mas também terá mais força de vontade.

      14-) Fé não define cura nem desintoxicação,as é mais um instrumento importantíssimo.

      P.S.: Obrigado pelos links. Não os acessei porque demorei cerca de uma hora e meia pra escrever essa resposta toda e já são 3h20 da madrugada. Mas pode ser que eu acesse algum dia, caso eu julgue necessário.

    15. 1-) " Não me lembro de nenhum casos de alguém que eu conheço que tenha deixado de usar drogas sem ter conhecido Cristo."
      CLARO Q NÃO. É uma prática COMUM apesar de desnecessária e equivocada. Além disso é O SEU MEIO! É natural que veja pessoas ditas recuperadas pela "fé".

      2-) "mas o DEUS que eu e muitos outros acreditamos é o melhor dos profissionais."
      Ótimo. ENtão pare de tomar remédios, de se exercitar, de usar o facebook e outras coisas do seu dia a dia. Tudo realizado, estudado e apresentado pelos melhores profissionais.
      Televisão, computador, microondas, máquina de lavar, detergente pra lavar louça…
      Tenha uma doença crítica, passe dor e espere uma "morfina divina".

      Seu "encontro com deus" é SEU. E ninguém está colocando isso em dúvida. Apenas não pode ser estendido aos outros como único meio para reabilitação.

      3-)" É claro que é uma escolha. E é claro que tem componente biológico incluso. Ignorante é quem acha que APENAS as orações vão tirar o indivíduo das drogas."
      ahn.. então quer dizer que AGORA começa a considerar a questão química. Interessante.

      "Não adianta tomar anti-depressivos e outras drogas controladas pra se livrar do vício. "
      Ninguém falou q este era o único caminho.

      "Força de vontade é imprescindível também"
      CLARO q sim. Mas a "força de vontade" NÃO ESTÁ ATRELADA A DEUS. Umas pessoas TEM outras NÃO TEM. Algumas são depressivas crônicas, que preferem morrer em vida de forma lenta.
      As "dores" do ser humano são muitas e devemos lidar com cada uma delas de forma singular.

      "É bem verdade que força de vontade por si só também não é a solução. É preciso ter acompanhamento psicológico e, se a pessoa quiser, o acompanhamento religioso será muito bem-vindo."
      AGORA SIM falou como alguém coerente. A religião é última opção para algum tipo de conforto psíquico. Porém ANTES deve-se utilizar de todos os métodos cientificamente conhecidos e comprovados na reabilitação.

      O resto são paliativos e terapias alternativas. Como meditação, oração, cultos, cura espiritual, etc.

      4-) Entendo PERFEITAMENTE. Fui evangélico por 22 anos. E não um "esquenta banco". Fui profundamente atuante. Conheço PERFEITAMENTE a mecânica psicológica que se dá nas igrejas.

      Quando falei em respeito fui BEM objetivo.
      E quando falei em "falar de deus", A MESMA COISA.
      Basta reler o q escrevi. Acho que quem não compreendeu bem a distinção entre os assuntos foi vc.

      "Assim sendo, o estado não tem direito de impor uma determinada religião a duras penas."
      Concordo.

      "A constituição deve ser cumprida sim, desde que as leis dos homens não infrinjam as leis de DEUS.
      Por exemplo: no oriente médio é proibido proclamar a Fé cristã sob risco de pena capital. "
      DISCORDO. VAMOS POR PARTES.

      "Leis de deus"? Do q se trata isso? Não lidamos com isso em um estado democrático de direito. "leis de deus" é algo que um cristão deve TENTAR cumprir pra si, sem q isso prejudique a constituição do país nem o espaço democrático de outros cidadãos.
      Vc é LIVRE pra cumprir as leis do seu deus o quanto quiser. Desde q essas não passem por cima da DEMOCRACIA.

      Oriente médio é TEOCRACIA. Governos sendo administrados por princípios religiosos.
      LOGO, não há comparação. Estamos falando DO BRASIL.

      "Se você não sabe o que a Igreja ensina, então não fale."
      FALO E AFIRMO. Conheço, vivi, INFELIZMENTE preguei os ideias cristãos de dominação territorial.
      Concordo que vocês católicos são menos incisivos do que evangélicos. Não tem tanto ess princípio de "ide pelo mundo e pregai o evangelho".
      POR ISSO são MENOS chatos.

      "queremos respeito a DEUS e, se o público desrespeita DEUS, seguimos o ensinamento de antes a lei de DEUS do que a lei dos homens."
      REPITO. Seu deus continuará sendo respeitado.
      Desde que seus princípios religiosos NÃO AFRONTEM OS DIREITOS DOS OUTROS.

      Artigo 5º, inciso 8º da constituição:
      VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política

    16. 5-) A escrita também "fala".
      É fácil identificar padrões de comportamento e muitas outras questões através da escrita. Me referi a VOCÊ.
      Foi apenas uma forma de responder o bordão "o corpo também fala".

      6-) CLARO q são diferentes. Isso se chama CULTURA. A escolha de frequentar um baile funk, um grupo de oração e estudar para ter um futuro como profissional formado pela USP são CAMINHOS. Cada um com suas consequências. Uns com MAIS maturidade outros com MENOS.
      Mas não existe certo e errado nesse caso.
      Não entendi ONDE deseja chegar com essa ponderação.

      7-) "Quando esses dois jovens do exemplo anterior se encontram, é certeza que o jovem estudante perceba que o outro tem algo de diferente e vai querer saber o que é."
      Ah ok. Entendi ¬¬
      Vcs SEMPRE levam pra esse lado de que pessoas verão esse "farol", essa espiritualidade maravilhosa. Um "comportamento diferenciado".
      Vocês precisam perder essa teoria de "seres especiais". Isso é nada mais do que um truque de hiper valorização construído pela igreja para que permaneçam frequentando. Caso não tenham esse "diferencial", não teria GRAÇA pra jovens frequentarem a igreja e sentirem mais especiais tendo MENOS do que os não cristãos tem.
      Na realidade o religioso hoje em dia na maioria das vezes é visto como tolo. Desculpe, mas estou lhe dizendo o que a MAIORIA não cristã pensa.
      Qualquer pessoa estudiosa, bem resolvida, feliz, livre de padrões comportamentais aprisionantes e angustiantes, vê religiosos como uma prisão filosófica sem sentido.
      A questão é que algumas pessoas NASCEM nesse "clima", não tendo muita referência de como é uma vida "aqui fora".

      Como eu disse. São caminhos, escolhas e não uma luz mágica q brilha no peito de quem crê em deus.
      Acreditar nisso é uma opção de quem gosta do princípio da fábula e da ficção da crença. Respeitosamente apoiado pela constituição.
      Nem eu concordaria com uma ditadura ateísta.
      Por isso eu AMO a diversidade e a democracia.

      "O bom Católico não eleva o tom de voz, mas conversa serena e civilizadamente."
      POR ISSO, como disse anteriormente, os católicos pra mim já ganham mais pontos do que evangélicos.
      Não é atoa que AINDA SÃO a religião majoritária no país. Por ter efetivamente uma "liberdade" pouco maior.

      8-)" Ele nos criou justamente pra nos amar e pra que amemos a Ele e aos outros. Ora, amar é querer o bem do outro e, assim sendo, se eu amo meus irmãos, ainda que eu não os conheça (porque esse é um dos mandamentos: amar ao próximo como a si mesmo), quero o melhor pra eles e o melhor que eu tenho pra dar é DEUS."
      PARTE desta linha de raciocínio faz sentido. PARTE não. Se o "melhor que tem pra dar aos seus amigos" é deus há uma inversão de valores.

      Angelina Jolie por exemplo é atéia e faz mais trabalhos sociais na África do que muita gente cristã. O "melhor dela" é dar amor sem precisar falar de deus.

      Ela e muitos outros fazem o MESMO. Engenheiros, cientistas, médicos e outros profissionais que vivem dia e noite para o bem do próximo.

      Se só há "deus" em vc para passar, onde estão seus valores? Amor, educação, compaixão?
      deus não é necessariamente um "pack" de atualização do windows que vem com TUDO junto.
      Tais sentimentos SEMPRE existiram e partem do ser humano. Inclusive do reino animal. Que por instinto tem praticamente os mesmos sentimentos sem nem mesmo conhece-los racionalmente.

      Amar ao próximo como a si mesmo QUASE NUNCA É CUMPRIDO. Vc dá suas melhores roupas para estranhos? Não digo amigos. Digo ESTRANHOS.
      Melhores produtos de supermercado em doação de compras?
      Receberia em sua casa pessoas para banho e alimentação?

      Este ideal de amar ao próximo como a si mesmo é lindo. Porém um sonho MUITO DISTANTE de nossa realidade capitalista. Creio q poucas pessoas NO MUNDO conseguem cumprir tal proeza. E imagino que estas consigam INCLUSIVE faze-lo SEM PRECISAR FALAR DE DEUS.

      "DEUS não precisa ser apresentado. Nós é que precisamos apresentá-lO."
      ESSA FRASE É SÉRIA? RS VC LEU ISSO DEPOIS QUE ESCREVEU? Se não precisa ser apresentado por que precisam apresentá-lo?? rs
      "Sem nós DEUS continua exatamente igual Ele é, mas sem DEUS nós nos reduzimos a pó, somos nada e, como nada, não temos valor e nem significância."
      Discordo COMPLETAMENTE de você.
      TODOS somos pó e todos seremos após a morte. Como qualquer ser vivo da natureza nesse universo.
      Esse sentimento de inferioridade colocada sobre outros seres humanos não cristãos é que é uma prepotência degradante presente em sua religião. E que continuará SEMPRE afastando pessoas.

      Sempre existiram e EXISTEM pessoas nobres nesse mundo, não cristãs.
      Os criadores do facebook e da internet, por exemplo. Essa ferramenta que você cristão usa com tanta vontade.

    17. 9-) "A escola onde fiz o curso em questão foi fundada por um frei. Lá são aceitas todas as pessoas de todas as crenças."
      Mas NATURALMENTE se prega ESSENCIALMENTE UMA SÓ CRENÇA.

      E se realmente o projeto funcionasse vc não teria dito o que disse:

      "sem DEUS nós nos reduzimos a pó, somos nada e, como nada, não temos valor e nem significância."
      LOGO, a questão do "respeito ao próximo" ficou de lado quando vocês aprenderam a reproduzir essa ideia estúpida de mundo.

      10-) Suzane Von Richthoffen e o bombeiro não são exemplos constantes.
      Existem pessoas de classe média alta de caráter e pessoas de classes mais pobres sem caráter. Como também o inverso.
      Isso tudo é relativo e não prova nada.
      Sobre "ser digno", eu apenas ressaltei sua complicação em relação ao tema dignidade.
      Vc embaralhou um pouco as coisas e por isso estranhei sua citação inicial.

      11-) "quem busca apoio religioso pra deixar o uso de drogas consegue ter mais força de vontade."
      Não precisa ser as 3 da manhã. Mas pode achar o link quando puder de uma pesquisa LAICA e trazê-la pra discutirmos.
      "As pessoas estão desacreditadas de si mesmas porque todas as vezes que tentaram por suas forças elas sucumbiram."
      Isso é simples. Algumas pessoas PRECISAM de religião. Outras não. Caso fosse o contrário, o MUNDO INTEIRO já teria se rendido ao deus cristão. E não é bem assim. Temos diversas culturas, deuses e religiões por todo o mundo. TODAS Dizendo serem a única fé.
      Algumas pessoas PRECISAM de um paliativo. É como o famoso efeito placebo de remédios de farinha ou açucar. A pessoa toma o comprimido pensando q está agindo em seu corpo. E muitas vezes consegue se curar sozinha, apenas com a força do pensamento.

      Existem estudos de física quântica que abordam essas questões energéticas, além é claro, da também conhecida citação de que usamos apenas cerca de 10% nosso cérebro.
      Algumas pessoas precisam orar, cantar, meditar, falar com seus deuses, pra ativar essas outras regiões. OUtras pessoas simplesmente não precisam.

      Exemplo: Estou tratando de um familiar que está com depressão por um problema pessoal. ELe é cristão.
      Durante nossas sessões ele acredita que o que surgiu de ruim na vida dele não pode ter vindo de deus.
      Sabendo q isso pode ajudá-lo dei o apoio necessário afirmando que sim. Deus jamais traria algo ruim a ele.
      CLARO q isso o ajudou a superar um pouco mais a dificuldade. Pensar que há um ser soberano olhando por vc individualmente, mesmo em um planeta 6 bilhões de pessoas e do tamanho de um protozoário de uma bactéria?
      Porém quem lida com isso diariamente e entende a mente de um religioso sabe como esse processo químico se dá no cérebro.
      E SABE q a "força de vontade" varia no modo, na intensidade e de pessoa pra pessoa.

      12-) "Mais uma vez voltamos ao ponto. A pessoa, mesmo tendo opções ótimas de como viver a vida, escolheu a pior. Isso não a impede de arrepender-se."
      Claro que não. Como não te impede de se arrepender de algo que lhe traga qualquer malefício ou algum sentimento de culpa.
      A vida é feita de erros e acertos. O resultado disso se chama "maturidade". Errar é necessário pra crescer.
      Fato é q algumas pessoas podem ter erros que podem levar a morte. Ou atitudes de ignorância que podem mantê-la morrendo lentamente em vida.

      13-) "Realmente, tudo está ligado ao campo bioquímico. Inclusive a Fé das pessoas. Muitos estudos demonstram que aqueles que tem fé tem maiores probabilidades de cura de diversas doenças."
      APLAUSOS. Exatamente como disse anteriormente. A física quantica tem estudos incríveis a respeito.
      Mas vale a pena relembrar que não se dá pela "fé". Se dá pela energia vital que temos e ainda não a dominamos.
      Daí vem a teoria de alguns espiritualistas dizerem que somos nossos próprios deuses. E isso de fato faz MUITO sentido. Temos poderes só não sabemos ainda totalmente como usá-los.
      Algumas pessoas até sabem, tentam nos ensinar, como a teoria da lei da atração, mais conhecida como o famoso livro "O Segredo". Tem tb o filme dublado. RECOMENDO.

      "Ou seja, quando Jesus diz ao cego que a fé o curou, Ele quer dizer exatamente isso."
      Exatamente, jesus pode ter sido uma pessoa com o incrível dom de orientar pessoas pelo caminho da auto-cura.

      14-) Ah sim! rs Fique tranquilo. Coloco os links apenas mesmo como referência. Se bater curiosidade os estudos estarão sempre lá ou no google. Basta procurar.
      rs Essas respostas DE FATO nos tomam tempo. rs

    18. 1-) Como vc poderá ver no link que postei no fim da resposta, a crença em DEUS significa reconhecer que a nossa vida esta nas Suas mãos, e quando vivemos a Sua Palavra nada temos a temer. Portanto, pode ser uma prática até dispensável, visto que alguém pode basear sua força de vontade no sofrimento da sua família com a situação ou em outros pontos que não a religião. Mas diante do fato de tantos e tantos deixarem o vício com esse método, não podemos afirmar que ele é equivocado.
      O meu meio é mais de 90% Igreja, mas eu vivo em um mundo que tem outras coisas que não a Igreja. E não moro em Higinenópolis, então vc pode pressupor que há favelas perto da minha casa, onde geralmente há usuários. E essas pessoas tbm usam da religiosidade pra largar o vício.

      2-) Quando afirma que DEUS é o melhor dos profissionais eu não disse que temos que deixar de lado os remédios, os exercícios e outras coisas do seu dia a dia. Essas coisas foram criadas por pessoas que receberam de DEUS a graça de serem capazes de criarem tais coisas, úteis e até imprescindíveis na sociedade contemporânea.
      DEUS não quer que esperemos uma "morfina divina". Ele quer nos mostrar que somos capazes de ir atrás de coisas que Ele criou através de pessoas como Einstein, Pascal, Newton e tantos outros cientistas.

      E eu não coloquei encontro pessoal com DEUS como única forma de reabilitação. Apenas vejo como a melhor das opções.

      3-) Nunca desconsiderei a questão química. Apenas não a tinha citado pq imaginava a conversa indo por outro caminho (felizmente não foi)

      Força de vontade não está atrelada a DEUS mas, quando DEUS é a base, quando a pessoa acredita que há algo maior em que posso se apoiar, maior a força de vontade da pessoa.
      Algumas são sim depressivas crônicas e fico triste por elas. Quero vê-las felizes. Se algo me faz muito feliz eu vou querer que todos vejam e compreendam como isso me faz feliz. Se é DEUS quem me faz feliz, vou levar DEUS a todos os lugares onde eu for pq quero ser feliz onde eu estiver e quero mostrar o motivo da minha alegria pro mundo todo.
      Cada pessoa tem uma maneira de lidar com a sua dor e só DEUS, que conhece cada essência de cada dor de cada ser humano, é capaz de dar consolações que cada um precisa e Ele o faz de forma singular.

      Um país cuja maioria da população afirma se de uma religião que tem como primeiro mandamento “Amar a DEUS sobre TODAS as coisas” não pode deixar o apoio religioso como última opção. O apoio religioso é sim um método amplamente conhecido e com comprovação científica e não deve ser nem usado de forma isolada e nem subjugado.
      Como profissional de saúde sei que paliativo se refere a algo que “não tem mais jeito”, como um câncer muito avançado, por exemplo. E apoio religioso NÃO É PALIATIVO, visto que inúmeras pessoas abandonam o uso de drogas quando tem algum apoio religioso.

      4-) O que vc não levou em conta é que eu não sou evangélico e o ensinamento dado nas igrejas ditas evangélicas é, em muitos pontos, bastante diferente dos ensinamentos da Igreja Católica Apostólica Romana. Portanto, vc pode até entender dos ensinamentos das denominações evangélicas pelas quais vc passou nesses 22 anos, mas não viveu a fundo a Igreja católica e, por esse motivo, não pode afirmar como ela ensina.

      São Francisco diz é preciso pregar o Evangelho em todas as partes e, se necessário, usar palavras. Já fui desrespeitado e provocado só por viver a Fé Católica, mas isso me deu abertura pra falar dEle. O que quero dizer é que primeiro devemos viver segundo nos ensina a nossa Santa Mãe Igreja e, quando necessário e possível, falarmos de DEUS. Ou seja, antes mostrar ao mundo como é viver com DEUS e isso naturalmente despertará curiosidade em quem nos vê agindo de maneira diferente da que o mundo está habituado e nos dará a brecha pra falarmos dEle. Confiamos que Ele quer que falemos dEle e que nos dará a oportunidade de fazê-lo mas, para isso, devo estar pronto.

      Aqueles pastores que vão pro meio da praça, pros ônibus ou outras situações com a bíblia na mão gritar pra quem tiver passando não estão agindo de forma correta. E isso é diferente do que fazemos em nossa comunidade. Aqui nós vamos aos lugares de grande concentração de jovens (até mesmo praças, ônibus, etc) e divulgamos eventos que teremos em nossas casas. Deixamos claro que é um evento de Igreja e que não há bebida alcoólica ou drogas. Dessa forma, ninguém que vá lá pode reclamar do que verá. E não se pode dizer que isso é invadir o espaço alheio. Os promoters das danceterias da região de Moema, por exemplo, fazem o mesmo e ninguém reclama. A única diferença é que eles promovem eventos pagãos e nós oferecemos eventos cristãos.

      É incoerente dizer pra um cristão viver segundo as leis de DEUS sem que as leis dos homens sejam colocadas abaixo quando uma das leis de DEUS é justamente que as leis devem ser vividas antes das leis dos homens.
      Além disso, a segunda lei de DEUS (em importância) é amar ao próximo. Se as pessoas se amassem como o Renato Russo eternizou na sua música não haveria desrespeito, não haveriam problemas no trânsito e não haveriam tantas desgraças que assolam o mundo.
      As leis estatais deveriam ser baseadas nas leis de DEUS. Muitas contradições seriam evitadas.

      Usei o oriente médio como exemplo pra demonstrar que existe lugar onde a lei humana tenta sobressair-se em detrimento da lei de DEUS e que nesses lugares os cristãos são chamados a manterem-se firmes na Fé.

      Segundo a constituição temos o direito de expor nossa Fé. Mas DEUS nos ensina a sermos contra, por exemplo, o aborto em todas as situações. Mas o STF se posicionou favorável ao aborto de anencéfalos. E nós também aprendemos de DEUS que quem presencia o erro e não faz nada também erra. Calarmo-nos diante dessa decisão do STF é tão errado quanto decidir junto.

      5-) Agora entendi… hehehehe

    19. 6-) Quis chegar no ponto de vermos as atitudes e a responsabilidade da maioria daqueles que “curtem funk” comparadas às atitudes e à responsabilidade da maioria daqueles que frequentam grupos de jovens ou da maioria daqueles que estudam pra entrar na USP. Aqueles que seguem a Cristo tem por obrigação serem diferentes. O próprio Cristo diz ao jovem rico que ele deve deixar tudo (casa, família, amigos, modo de viver, luxos, comportamentos, etc)e seguí-lO.
      É claro que existem exceções, mas me refiro à maioria.

      7-) Não refiro a termos comportamento diferenciado. Me refiro que todos nós temos por obrigação agirmos segundo as leis de DEUS. Essa obrigação não vem de um papa ou mesmo do próprio Cristo. Vem da nossa consciência. Quem segue a Cristo e vive com Ele sente no coração a obrigação de ser diferente. Não se trata de algo que a Igreja imponha. Acha mesmo que a Beata Teresa de Calcutá não foi nem um pouquinho impulsionada pela sua Fé em DEUS? Será que ela teria as mesmas atitudes se nunca tivesse tido sua experiência pessoal com DEUS?

      E não me importa o que a maioria não cristã pensa de nós. Me importa o que DEUS pensa de como eu vivo. Pouco depois de ser eleito papa, Bento XVI declarou que o mais importante não é o número de Católicos, mas a qualidade deles. Ou seja, não importa se numa cidade tem 10 Católicos ou 20 mil, mas o que importa é o quão Católicos são esses 10; importa até onde eles estão dispostos a ir na sua entrega pessoal pra agradar a DEUS.

      A vida com DEUS é totalmente livre. Na nossa liberdade escolhemos ser escravos do Amor de DEUS, o qual exige renúncias. Não sei a qual(is) denominação(s) vc pertenceu, mas a maioria das que vejo hoje em dia não consegue compreender esse ponto da renúncia de si por amor a DEUS.

      E o que vc me diz dos estudiosos da Igreja? Muitos não dedicam seus estudos exclusivamente ao catecismo propriamente dito, mas pesquisam assuntos seculares também. São pessoas altamente bem resolvidas, imensamente felizes, livres para terem os padrões comportamentais que quiserem e só encontraram sentido na religião. Um dos maiores exemplos disso (se não for o maior) é Sto. Agostinho.

      Temos nosso livre arbítrio e escolhemos viver segundo a Palavra de DEUS, Palavra essa que nos ensina a sermos essa “luz mágica” que você diz.
      Mas somos seres humanos e temos falhas. Como nos propusemos a viver unicamente segundo a Palavra de DEUS, muitos esperam que consigamos, mas somos passíveis de erros como quaisquer outros seres humanos. Quando erramos somos fortemente cobrados por não termos sido perfeitos como a Palavra instrui.

      8-) Não existe nem NUNCA existirá nada melhor do que DEUS. Ele é perfeito e nunca mais existirá nada perfeitamente perfeito. Amor, compaixão, piedade, benevolência, justiça e tantos outros pontos são todos características de DEUS, que é perfeito.
      O ser humano não é completo e por isso vive em sociedade. O próprio DEUS afirma isso em gênesis quando diz que não é bom que o homem fique só. Ele não necessariamente se referia à vida conjugal, mas à vida entre irmãos. O fato de mais tarde Ele ter dado a ordem de crescermos e multiplicarmo-nos indica que, ao criar Eva, Ele apenas uniu o útil (não deixar o homem só) ao agradável (multiplicação da espécie humana).
      E, se eu tenho em mim o próprio DEUS, a perfeição das perfeições, que outra coisa eu poderia dar àquele que eu amo? Um Playstation 3?
      Dar DEUS aos outros é justamente dar Amor, compaixão, piedade, benevolência, justiça, …

      O exemplo da Angelina é ótimo e tenho um outro exemplo parecido. Infelizmente não me lembro o nome, mas há um santo canonizado que, em vida (óbvio… hehehe) declarava-se ateu. Outro exemplo: como o Pe. Fábio de Mello disse pra Marília Gabriela, eu posso discordar (e o faço) da crença que o Chico Xavier pregava, mas não posso negar que esse homem só praticou o bem. Prova disso é o fato de ter arrecadado milhões com seus livros, ter doado tudo e ter morrido pobre. Outro: Mahatma Gandhi (dispensa palavras).

      O mundo é cheio de pessoas que fazem o bem sem pronunciar o nome de DEUS mas, essas pessoas querendo ou não, elas pronunciam sim o nome de DEUS com todos os atos que praticam.

      DEUS vem com todos os valores citados e muitos outros. Ele nos ensina como viver todos esses valores, mas nós acabamos deixando alguns de lado. Culpa da nossa fraqueza, da nossa concupiscência.

      O fato de algo ser comum não significa que é normal. É comum jogarem lixo na rua, mas isso é anormal. Compreende a diferença? O fato de a maior parte do mundo (cristãos e não cristãos) não amar o próximo não torna isso menos errado. E me incluo nessa lista, infelizmente.

      "DEUS não precisa ser apresentado. Nós é que precisamos apresentá-lO." Realmente ficou ambíguo, mas deixa eu reformular. DEUS não precisa ser apresentado, mas nós precisamos apresentá-lO. Nós necessitamos apresentá-lO. É imprescindível pra nossa salvação que O apresentemos a tantas pessoas quanto nos for possível. Deus não precisa de nós; nós precisamos de DEUS. Compreendeu o que eu quis dizer agora?

      Nosso conceito de “após a morte” parece ser meio diferente. Eu creio que após a morte nossa alma segue seu caminho rumo a DEUS (ou não, depende de pra onde décimos, em vida, ir depois de morrermos), enquanto nosso corpo se torna pó aqui na terra. É esse o ponto. Cremos que temos apenas uma vida pra fazermos o que é correto e garantir nosso lugar junto de DEUS. Pode parecer ambição, mas não. É apenas um coração apaixonado que quer ficar ao lado daquele que ama, no caso, DEUS.

      Sermos pó significa que sem Ele não somos nada mesmo, pois Ele é a essência da vida. Sem aquele que É a Vida, somos mortos; somos pó.
      Não estamos dizendo que os não cristãos são inferiores. Mesmo pq alguns escolheram viver sem DEUS, ao passo que muitos sequer tiveram a chance de conhecê-lO. Não se trata de nós sermos superiores. Se trata de todos os seres humanos serem infinitamente pequenos e insignificantes perante a grandeza de DEUS.

      Existem sim pessoas nobres, mas nobreza apenas não é suficiente. Não adianta só eu fazer o bem ao mundo todo se eu não faço o bem a mim mesmo.

      9-) Na escola que citei não se prega nenhuma crença a não ser a crença em DEUS, ou seja, lá as pessoas acreditam em DEUS e ponto. Mas isso não impede de ateus, praticantes do candomblé ou da macumba, judeus, islâmicos, etc de frequentarem as aulas. O único requisito lá é ter uma renda familiar máxima que eu não lembro o valor. O curso é apenas para os que não tem condições de fazer um SENAI, por exemplo, ou que um SENAI apertaria demais o cinto das pessoas da família do aluno.
      Na minha sala, por exemplo, existiam inúmeros protestantes, alguns agnósticos e um ateu o qual, por sinal, era um dos que eu mais conversava.

      Não entendi sua resposta nessa parte: “LOGO, a questão do "respeito ao próximo" ficou de lado quando vocês aprenderam a reproduzir essa ideia estúpida de mundo.”

    20. 10-) Quanto à diferença entre “dignidade” e “ser digno”, algo que parece ter surgido de uma má interpretação de texto, me parece que estamos correndo em círculos e que ambos falamos a mesma coisa. Sugiro abolirmos esse tópico 10… hehehe

      11-) Minha memória é estupidamente fraca mas se eu lembrar eu procurarei tal pesquisa laica.

      O ser humano naturalmente precisa acreditar que há algo maior. Bom exemplo disso são as inúmeras comunidades indígenas existentes. Elas não tinham nenhum contato com o homem branco, mas tinham lá seus deuses e rituais de adoração.

      Quanto à sua afirmação de que se todos precisassem de religião todos teriam se rendido ao DEUS dos cristãos, discordo e baseio isso no fato de que as pessoas são uma combinação de “elas mesmas” + “suas circunstâncias”. Ou seja, alguém que tenha vivido sua vida em meio ao islamismo, ao judaísmo, ao budismo, ao hinduísmo, etc, não tem como seguir o DEUS dos cristãos a menos que estes O apresentem aos primeiros.

      O fator psicológico é importantíssimo e acho que nesse ponto já havíamos concordado antes. Não sei direito, não reli tudo pra confirmar, mas penso que sim. E eu já havia dito que compreendo que se a pessoa realmente acredita ela tem maior probabilidade de ter mais força de vontade, visto que ela não coloca suas forças em si, mas em alguém que ela acredita que é capaz de ajudá-la.
      Curiosamente, DEUS NUNCA faz por nós o que somos capazes de fazer. Pode ser que nos custe muito, mas se formos capazes, nós mesmos faremos.
      A única coisa que somos incapazes de fazer são os milagres. E esses variam desde o simples nascer de uma flor até à Ressurreição dos mortos. Me arrisco a dizer q essa é a única coisa que DEUS faz por nós. De resto, tudo o mais somos nós que fazemos; buscamos forças em DEUS, mas a responsabilidade pelo ato é nossa.

      12-) Mais uma vez chegamos a um ponto de comum acordo. Talvez os maiores exemplos de arrependimento que a Bíblia nos dá são as conversões de S. Dimas (o “bom ladrão” que se arrependeu na cruz com Cristo e Este prometeu o Céu, mostrando que todos (de viciados a assassinos) tem chance de serem melhores pessoas) e S. Paulo (que se arrependeu de perseguir e matar cristãos e tornou-se um deles).

      13-) Essa “energia vital” que você cita nós denominamos DEUS. Não acreditamos que uma energia cósmica que rege as coisas. Se houvesse algo assim, onde estaria nosso livre arbítrio? Acreditamos que tem um DEUS que sabe de tudo e, mesmo sabendo onde nossos erros vão nos levar, Ele nos nos rege, mas tenta nos mostrar que erramos e fica pronto a nos receber quando nos arrependermos de tais erros. Ele também sabe se vamos ou não nos arrepender, mas nos deixa livres pra escolhê-lO ou não, afinal, Ele nos ama e o amor deixa livre. Sabe aquela frase: “Se quer saber se algo te pertence deixe que vá. Se retornar, você nunca perdeu; se não retronar, você nunca possuiu.” O amor deixa livre e não há amor maior nem mais perfeito que o Amor de DEUS.
      Nós não somos capazes de sermos nossos próprios deuses ou senhores de si. Isso implica em termos atitudes que, querendo ou não, uma hora afetarão outras pessoas. Só DEUS é capaz de governar nossa vida de forma a não atrapalharmos a vida alheia, afinal, Ele conhece as necessidades e as vontades de cada ser humano e sabe como suprir as necessidade e satisfazer as vontades de forma correta.

      A título de curiosidade, se a pessoa tem uma vontade errada, DEUS fará com que ela veja que isso é errado e fará que ela seja saciada com outra coisa que ela necessite.

      “Exatamente, Jesus pode ter sido uma pessoa com o incrível dom de orientar pessoas pelo caminho da auto-cura.”
      Não. Jesus não indicava o caminho da auto-cura. Ele indica o caminho da cura. O cego da passagem que citei não tinha o poder de se curar. Quem tinha e tem o poder de operar milagres é DEUS, mas Ele espera que usemos de nosso livre arbítrio e escolhamos ser curados por Ele.
      E foi exatamente isso que o cego fez. Ao reconhecer que Jesus tem o poder de operar milagres ele demonstrou sua Fé em Jesus e se colocou à disposição pra que DEUS agisse em uma obra do Seu Reino, que é o milagre. Curar a cegueira foi bom pro cego, mas ele já acreditava e isso bastava. Curar o cego foi mais do que caridade: foi exemplo pros outros que poucos instantes antes o mandavam se calar e não importunar Jesus. Jesus quer ser importunado por aqueles que precisam dEle, mas espera uma resposta pessoal de cada um.
      E responder Jesus não significa dizer: “Vem me curar, Senhor!”, mas dizer: “Faça-se a Tua Vontade, Senhor. Você conhece a minha, mas quero que se faça a Tua”.

      P.S.: É esse tipo de coisa que nós afirmamos. Veja bem que o padre afirma que não se trata de uma religião específica, mas da crença em DEUS.
      https://www.facebook.com/photo.php?fbid=497954780224603&set=a.376509532369129.84540.233964296623654&type=1&relevant_count=1&ref=nf

      P.S. 2: ao menos concordamos em alguns pontos. Já é um progresso… hehehehe

    21. 1-) Bem. Não podemos só viver de argumentação Rodrigo. Vivemos em um mundo de ciência, razão e estatísticas. E ESTAS SIM devem ser confiáveis para padronizarmos qualquer tipo de comportamento ou método científico.
      Só de já ter 90% de sua convivência envolvida pela filosofia religiosa, isso já induz que seu pensamento e suas conclusões serão majoritariamente baseadas pela fé.
      Seu prisma e senso de julgamento perpassarão por esse viés cristão. O da fé.
      Ande em bairros ricos e em bairros pobres. É uma questão social e que pode ser facilmente observada. ONDE HÁ MAIS IGREJAS?
      Em bairros pobres vemos uma sobre a outra.
      Fato: A renda familiar influencia diretamente na qualidade de ensino. E isto, diretamente na necessidade de crença.
      Logo, os empresários da fé se aproveitam da carência dessas pessoas em bairros mais pobres. Pois sabem q o percentual de "fé" ali será muito mais alto e trará muito mais investimentos para a igreja.

      E isso dentro da lógica católica, pode ser facilmente comparado ao terrível evento conhecido como Sírio de Nazaré, onde pessoas esfomeadas, suadas e desesperadas se amontoam em volta de uma corda, em sinal de penitência pessoal, pensando estar agradecendo a uma imagem de gesso por alguma graça a alcançada.
      Novamente entramos no tema "paliativo".
      Eu posso eleger hoje uma Bárbie como minha santa. Quem dirá o contrário? Quem seria capaz de desmentir a divindade que creio?

      Já na Europa, onde o nível de escolaridade e assistência social do governo é bastante superior, o máximo q vemos é algumas pessoas na praça do vaticano aguardando calmamente o papa acenar da janela.

      É NATURAL, q em bairros pobres como falamos mais acima, filhos drogados de pais evangélicos, sofrerão todo tipo de influência religiosa paralela ao seu tratamento. O filho será levado direto para a igreja, como se o pastor ou padre fosse a pessoa mais capaz de resolver tal questão. Simplesmente pelo poder da reza.
      Já vi jovens q nem oração e nem mesmo o conselho tutelar deram jeito. Pessoas SEM SOLUÇÃO.
      São zombies em vida. Vivem a espera da morte. E provavelmente ainda são culpados por falta de fé, falta de força de vontade, fracos, etc. Tudo por uma questão bioquímica q nem mesmo eles tem mais controle.

      2-) "Essas coisas foram criadas por pessoas que receberam de DEUS a graça de serem capazes de criarem tais coisas, úteis e até imprescindíveis na sociedade contemporânea."
      Que engraçado. A internet é uma benção na vida de todos que sabem utilizá-la e foi criada por um Ateu.
      O facebook também.
      ALIÁS, se levantar a ficha de ateus famosos verá a quantidade de pessoas que trouxeram benefícios inigualáveis a sociedade.
      Esse papo de "inspirados por deus" é uma argumentação tão vazia.. estranha..
      Colocando as pessoas como simples incapazes. Fantoches de deus. Acho isso deplorável. Mas enfim.

      "Ele criou através de pessoas como Einstein, Pascal, Newton e tantos outros cientistas."
      Exato. Homens em sua maioria ateus, com um raciocínio lógico excepcional.

      "E eu não coloquei encontro pessoal com DEUS como única forma de reabilitação. Apenas vejo como a melhor das opções."
      Ah sim. Aí será sempre uma escolha e opinião SUA. Não a da ciência.

      3-) "Nunca desconsiderei a questão química. Apenas não a tinha citado pq imaginava a conversa indo por outro caminho (felizmente não foi)"
      Pra QUAL caminho? o bíblico?
      Evito ao máximo pq nunca leva a nada. Eu discuto tudo dentro do que é real e concebível.

      "Força de vontade não está atrelada a DEUS mas, quando DEUS é a base, quando a pessoa acredita que há algo maior em que posso se apoiar, maior a força de vontade da pessoa."
      Como eu disse anteriormente.. EFEITO PLACEBO. Se ela ACHA q "deus é a base" pra alguma coisa, isso está na verdade utilizando sua energia pré existente cerebral para algum processo de auto-cura e restauração de alguma questão emocional.

    22. "Algumas são sim depressivas crônicas e fico triste por elas. Quero vê-las felizes."
      Encaminhe-as a um tratamento psiquiátrico, tomarão remédios e serão felizes.

      "Se algo me faz muito feliz eu vou querer que todos vejam e compreendam como isso me faz feliz. Se é DEUS quem me faz feliz, vou levar DEUS a todos os lugares onde eu for pq quero ser feliz onde eu estiver e quero mostrar o motivo da minha alegria pro mundo todo."
      LEMBRANDO SEMPRE DO RESPEITO AO PRÓXIMO, vc pode fazer o q quiser.

      "Cada pessoa tem uma maneira de lidar com a sua dor e só DEUS, que conhece cada essência de cada dor de cada ser humano, é capaz de dar consolações que cada um precisa e Ele o faz de forma singular."
      Me desculpe querido. Aí terei de defender toda a minha classe de terapeutas e médicos psiquiátras.
      Não é só deus não. A dor humana é estudada e reavaliada desde a Grécia Antiga, através de homens maravilhosos como Sócrates, Aristóteles, Platão e outros.
      Hoje temos uma ciência chamada Psicologia, que em suas ramificações não só é capaz de entender, traduzir como orientar o caminho para a saída de dores psíquicas.
      Já os psiquiatras, em tratamento conjunto ou não, são capazes de receitar o remédio certo para um simples desequilíbrio químico como é o caso da depressão e outras patologias mais graves. Antigamente tão pensadas como demoníacas e outras bobagens.
      Portanto não é só deus que conhece a essência e tem o caminho pro consolo. Um bom profissional é capaz de tirar pessoas de grandes poços de morte, solidão, suicídio e outros problemas de extrema complexidade afetiva.

      "Um país cuja maioria da população afirma seR de uma religião que tem como primeiro mandamento “Amar a DEUS sobre TODAS as coisas” não pode deixar o apoio religioso como última opção."
      Então feche os hospitais, cancele os médicos, terapeutas e terapias das mais diversas q tem alcançado sucessos incríveis.
      Vamos todos apenas orar e colocar a religião como primeira opção. Vamos nos tornar logo um país como a Síria. Onde a religião domina e "resolve tudo".

      "O apoio religioso é sim um método amplamente conhecido e com comprovação científica e não deve ser nem usado de forma isolada e nem subjugado."
      Se usar o seu google e DE FATO ler tais pesquisas verá que TUDO O Q EU FALEI está de acordo. Eu seria desonesto profissionalmente se estivesse falando coisas da minha cabeça.
      Portanto, nem precisarei repetir tudo o que já disse sobre o efeito da "fé" em pessoas que creem em alguma coisa.

      "Como profissional de saúde sei que paliativo se refere a algo que “não tem mais jeito”, como um câncer muito avançado, por exemplo."
      Nada disso. Paliativos são usados em caso de depressão leve, doenças de estômago e CENTENAS de outros tratamentos comuns.
      Pessoas se convencem de que o remédio ou a oração está fazendo o efeito. Na realidade são ELAS PRÓPRIAS se causando a mudança.

      "E apoio religioso NÃO É PALIATIVO, visto que inúmeras pessoas abandonam o uso de drogas quando tem algum apoio religioso."
      BOm. Estamos voltando MESMO a estaca ZERO? rs Acho q vou desistir de discutir esses assuntos contigo. É muito tempo perdido pra pouca compreensão. rs

      4-)Eu me lembro PERFEITAMENTE que estou falando com um católico e não com um evangélico. Porém o grau de fé de ambos é bem semelhante. A fé que cega frente a qualquer raciocínio lógico. Sem embasamento científico em nada do q se diz.

      Falo da igreja católica pois tenho familiares freiras e MUITOS familiares católicos. Só meus pais e 2 primos são evangélicos.
      Você acha mesmo q eu iria abrir minha boca pra falar de um assunto sem conhece-lo? Não sou leviano a esse ponto.

      Além disso, a bíblia não é a MESMA??? Não entendo por que meus 22 anos de evangelho não me trariam o conhecimento suficiente pra abordar o tema contigo.

      Bom. Estamos saindo do tema principal que é recuperação de drogas com fé ou não.
      Falar de pregação pra mim é enfadonho pois sei onde isso termina e definitivamente esse assunto não me interessa. Sua necessidade de pregar ou não, amar a "santa mãe igreja" ou não diz respeito somente a você.

      "Os promoters das danceterias da região de Moema, por exemplo, fazem o mesmo e ninguém reclama. A única diferença é que eles promovem eventos pagãos e nós oferecemos eventos cristãos."
      Ninguém reclama porque não são chatos e nem eventos que possam passar alguma mensagem hipócrita. Por isso ninguém reclama. Eles fazem parte do mercado do entretenimento. E não de um mercado da fé. Q tenta padronizar jovens como bonecos playmobil.

      É incoerente dizer pra um cristão viver segundo as leis de DEUS sem que as leis dos homens sejam colocadas abaixo quando uma das leis de DEUS é justamente que as leis devem ser vividas antes das leis dos homens.
      LOGO, como convencer um cristão de seu erro? rs
      NEM QUERO tentar convence-lo do contrário. rs Vcs NUNCA concordam com o que é cidadania e democracia.

      "Se as pessoas se amassem como o Renato Russo eternizou na sua música não haveria desrespeito…."
      Pera aí… Um católico curtindo a poesia de um poeta sodomita ateu e herege??????
      Não estou te reconhecendo.
      A biblia diz "não vos conformeis com esse mundo". Vc vai concordar com um "pecador"????????????

      "As leis estatais deveriam ser baseadas nas leis de DEUS. Muitas contradições seriam evitadas."
      Ah não. Depois dessa eu me retiro. Não ACRE DI TO que vc é capaz de pensar isso.
      Você já leu a constituição do seu país, antes de falar uma atrocidade dessas?

      "Segundo a constituição temos o direito de expor nossa Fé."
      Vocês só sabem ESSA FRASE da constituição. Sabem dizer alguma coisa a mais? Vamos lá. Vou t dar a chance de correr rapidinho no seu google.

      ai não. Desculpa. Hoje eu definitivamente quero relaxar e não to afim de discutir NADA a luz de bíblia.
      Se não concordar com as leis do seu país, mude pra outro mais cristão e favorável a loucuras bíblicas.

    23. 1-) “Não podemos só viver de argumentação” Como não? Em uma conversa como essa nossa todo comentário de um gera uma argumentação do outro baseada no que este acredita. Sim, vivemos em um mundo de ciência, razão e estatísticas, as quais foram, por sinal, amplamente aprofundadas pela Igreja. Por exemplo, um padre usou de sua razão e tornou-se o “pai da teoria do big bang”. Outro exemplo: a Igreja NUNCA afirma que tal acontecimento foi um milagre sem que antes a ciência não analise e conclua que não o pode explicar.
      Refleti e admito: minhas conclusões tem base na Fé. Porém, a Fé sem a razão é cega e incompleta e vice-versa. Afinal, aquele que nos dá a Fé também nos abençoou com a razão.

      Não entendi a ligação que vc viu entre eu ter minhas conclusões baseadas na Fé e a afirmação de a Fé ser uma questão social. Por isso, vou responder separado.

      “Ande em bairros ricos e em bairros pobres … Onde há mais igrejas?” A grandessíssima maioria das igrejas abertas ‘uma sobre a outra’ nos bairros pobres são igrejas protestantes. Uma paróquia Católica não é erguida dentro do território de outra paróquia (por desnecessidade). As paróquias Católicas se complementam e, juntas, todas formam o corpo físico de uma única Igreja. Se vc reparar verá que se existam 5, 10 igrejas protestantes na mesma rua, serão 5, 10 denominações diferentes. Em um bairro mais rico é mais caro abrir uma igreja, um bar, uma danceteria, um mercado, etc pq o metro quadrado é mais caro. Questão de simples logística financeira. Onde eu consigo comprar ou alugar o espaço é onde eu vou abrir minha igreja, meu bar, minha danceteria, meu mercado, etc. Observe as grandes denominações protestantes e verá que elas tbm não inauguram um templo do lado do outro.

      “Fato: A renda familiar influencia diretamente na qualidade de ensino.” Concordo.

      “E isto, diretamente na necessidade de crença.” Discordo. Pode influenciar na crença, mas não na necessidade dela. Isso é algo intrínseco.

      “os empresários da fé se aproveitam da carência dessas pessoas em bairros mais pobres.” Infelizmente alguns desgraçados se aproveitam da ingenuidade e do desespero dos mais necessitados. Mas creia que isso NÃO ocorre na Igreja Católica. Algumas pessoas podem até usar de má índole e se aproveitar de outras, mas a Igreja não faz isso e condena tal prática.

      Quanto ao Círio de Nazaré, a Igreja condena a atribuição a uma imagem de poderes que ela não possui. Isso é idolatria. Gesso nada pode fazer. Da mesma forma, se uma pessoa coloca Maria (REPRESENTADA na imagem) no lugar de DEUS é igualmente idolatria e também condenável. Eu concordo que há uma certa desorganização e que a festa poderia ocorrer de forma diferente a fim de evitar as inúmeras ocorrências médicas e a fim de instruir melhor o povo que para lá se desloca.

      Quanto a vc poder eleger uma Barbie como sua santa, não seria a mesma coisa. A boneca é apenas uma boneca, enquanto a imagem retrata alguém que existiu um dia e que teve um papel muito importante na história da humanidade. São duas situações completamente diferentes. Nós não cremos na divindade nem da imagem e nem de Maria, mas utilizamos a imagem como forma de nos dirigirmos a alguém que amamos e que não está corporalmente entre nós (como fazemos com nossos primos do interior que não vemos há 10 anos, mas dos quais temos fotografias)

      Quanto à situação da Europa, não é diferente daqui; só a escala é mais discrepante. O ser humano não gosta de sofrer, ainda que tenha uma finalidade justa. As mulheres só querem partos cesárea pq o normal dói muito; as pessoas compram pela internet pq é mais cômodo ficar em casa do que andar até o mercado que fica a 5 minutos a pé; jovens carentes saem da escola (cujo ensino é ruim) e entram pro tráfico pq “não tem opção”; etc. E quando a finalidade justa encontra-se em algo que transcende a visão, que é mais sobrenatural do que natural, mais espiritual do que material, menos pessoas se mostram dispostas a sofrer por isso. Mas também é fato que quanto mais trabalho pra conquistar algo, maior o valor dado a esse algo. Ou quanto maior o sofrimento, maior a recompensa.
      Na Europa o nível de escolaridade e assistência social são superiores e isso acomoda as pessoas. Não digo que escolaridade e assistência são ruins, mas o comodismo é. E é isso que a Igreja quer: que saiamos de nossos lugares e que façamos a diferença que queremos ver no mundo.

      É natural que quaisquer filhos drogados de pais religiosos sofram todo tipo de influência religiosa paralela ao seu tratamento. Tenho um amigo que “nasceu na Igreja”, foi coroinha, a mãe dele é ministra e outras tantas influências que ele teve, mas ele acabou se envolvendo com drogas e delitos pequenos. Só a oração nunca fez ele desistir da vida que levava. A única coisa que funcionou foi quando ele escolheu que era hora de largar o erro. E ele escolheu internar-se em uma instituição religiosa. Lá ele recebeu todos os tipos de assistências que ele necessitava, INCLUINDO assistência religiosa. E voltou pronto a mudar realmente de vida; voltou reabilitado.
      Não existem pessoas sem solução. O que existe são pessoas que demandam maior esforço de equipe multiprofissional para recuperação. Tal equipe deve ser composta por psicólogo, médico, amigos, família, religião e o próprio viciado.

      2-) E daí que as pessoas que criaram a internet e o facebook são ateus? DEUS não precisa que as pessoas creiam nelas para as usar como instrumento. Alguém (pode ter sido vc… não lembro) citou pra mim esses dias uma ateia bem contemporânea para nós e os bens que ela faz: Angelina Jolie. E eu me lembro de que há um santo canonizado (do qual não recordo o nome) que se declarava ateu. TODOS somos instrumentos de DEUS para santificação do mundo e, mais ainda, pra nossa própria santificação.
      Quando DEUS criou o homem, este era santo e, como santo, era capaz de fazer o certo e ainda é. DEUS criou o homem e, nesse momento, o capacitou pra fazer grandes coisas utilíssimas, como a internet ou o facebook ou a roda ou a lâmpada ou o telefone ou …
      Até onde sei os três cientistas que citei (Einstein, Pascal e Newton) eram teístas.
      Duvido que um cientista realmente coerente vá contra fatos visíveis e digo que o encontro pessoal com DEUS não é uma forma realmente eficaz de reabilitação.
      E antes que me peça alguma pesquisa que comprove isso, saliento que são fatos visíveis e, diante de fatos visíveis pesquisas são desnecessárias. Se eu encontro alguém decapitado não preciso checar o pulso pra saber que a pessoa morreu. É por aí a linha de raciocínio.

    24. 3-) “Pra QUAL caminho?” Essas discussões costumam ocorrer com protestantes. Como disse fiquei feliz que não tenha sido esse o caminho.
      Não é efeito placebo e não é auto-cura. Auto-cura quem tem é o Wolverine. Trata-se de a pessoa ter maior disposição e motivação pra aderir ao tratamento médico-psíquico que lhe é proposto. Se ele basear essa disposição nos pais, por exemplo, na hora que o pai ou a mãe derem algum tipo de mal exemplo, ainda que seja algo lícito, como beber umas cervejas numa festa de família, a sustentação da reabilitação é perdida. Mas se a base for em alguém perfeito, não haverá perda da sustentação. A pessoa pode até mudar de ideia e voltar ao erro, mas, mais uma vez, é escolha dela.
      “Encaminhe-as a um tratamento psiquiátrico, tomarão remédios e serão felizes.” Só é feliz quem está com a felicidade e felicidade só existe em DEUS. Não podemos confundir alegria, bem estar, comoção, realização pessoal, etc com felicidade.

      "Se algo me faz muito feliz eu vou querer que todos vejam e compreendam como isso me faz feliz. Se é DEUS quem me faz feliz, vou levar DEUS a todos os lugares onde eu for pq quero ser feliz onde eu estiver e quero mostrar o motivo da minha alegria pro mundo todo." Vou destrinchar essa minha frase:
      – ‘eu vou querer que todos vejam’ = vou agir como quem está feliz e esperar que busquem saber o pq dessa felicidade
      – ‘vou levar DEUS a todos os lugares’ = serei a alegria onde houver tristeza; serei a presença de DEUS onde a Ele não foi permitido entrar mas a mim foi, visto que só a presença de DEUS faz inflamar os corações
      – ‘quero mostrar o motivo da minha alegria pro mundo todo’ = eu QUERO mostrar, mas DEUS me ensina a esperar a chance de fazê-lo… esperar a hora certa de falar de DEUS também é respeitar o próximo

      Os profissionais de toda a sua classe de terapeutas e médicos psiquiatras podem até conhecer as dores, mas nenhum é capaz de curar todas de uma vez. Isso só DEUS é capaz.
      Não sei se vc sabe mas não é só o psiquiatra que pode receitar remédios. Alguns psicólogos também tem tal permissão. Mas todo médico sabe que quanto menos drogas forem infundidas no pcte, melhor. Mas isso não vem ao caso.
      O que importa é que é sim apenas DEUS que conhece a essência de CADA DOR de CADA SER HUMANO.
      Muitas vezes, o problema do doente é ter se decepcionado com as pessoas ao redor. DEUS ensina que isso vai continuar acontecendo sempre que o doente colocar suas confianças nas pessoas ao redor, mas, se a confiança estiver em DEUS, a decepção não doerá tanto a ponto de deixar um zumbi entre nós.

      “Então feche os hospitais, cancele os médicos, terapeutas e terapias das mais diversas q tem alcançado sucessos incríveis.” Mais uma vez, não disse que devem fechar os hospitais, etc. Eu afirmei que o apoio religioso tem que ser a primeira opção de tratamento (mas não a única) e que o emprego das terapias médicas deve ocorrer de forma concomitante.
      A Síria é um péssimo exemplo. Lá a religião é a única alternativa oferecida e não se pode optar por outra coisa, enquanto que o que eu afirmei é que tudo deve ocorrer de forma conjunta.
      “’O apoio religioso é sim um método amplamente conhecido e com comprovação científica e não deve ser nem usado de forma isolada e nem subjugado.’
      Se usar o seu google e DE FATO ler tais pesquisas verá que TUDO O Q EU FALEI está de acordo. Eu seria desonesto profissionalmente se estivesse falando coisas da minha cabeça.
      Portanto, nem precisarei repetir tudo o que já disse sobre o efeito da "fé" em pessoas que creem em alguma coisa.”
      Eu continuo achando que estamos de acordo e vc não está compreendendo onde eu quero chegar.
      Eu NUNCA afirmei que o apoio religioso deve ser

      Pelo que entendi, vc usa o termo paliativo, por exemplo, no caso de tomar café pra combater uma gripe. A cafeína não combate o vírus. Quem combate é o organismo. O café apenas ajuda a deixar a pessoa mais esperta, mais ligada, mais disposta.
      Outro exemplo: quem está com câncer, usa morfina como paliativo e quimioterápicos como tratamento principal. Dei os exemplo certos?
      Pode até ser que as drogas empregadas nos tratamentos que vc citou sejam chamadas de paliativas, mas, ao menos na prática clínica, o termo paliativo se refere a “não tem mais jeito”. Por isso a nossa divergência nesse ponto.
      Se os exemplos que eu dei estão corretos, posso afirmar que tratamento paliativo seria uma terapia complementar e de grande valia para o doente.

      "E apoio religioso NÃO É PALIATIVO, visto que inúmeras pessoas abandonam o uso de drogas quando tem algum apoio religioso."

      Essa minha frase foi baseada em “paliativo = ‘não tem mais jeito’”. Eu a completaria com: apoio religioso é, ao mesmo tempo, terapia inicial e terapia complementar. Afirmo isso com base em, se prefere assim, “pesquisa observacional não documentada e/ou não publicada”.

    25. 4-) Não se pode afirmar que o grau de Fé de um é maior que o do outro. Fé é pessoal e indelegável a uma determinada religião, ou seja, não posso dizer que um judeu tem mais Fé que eu por ele ser judeu e nem que minha fé é maior que a de um islâmico por eu ser católico.
      E a minha Fé não está à frente da minha razão e vice-versa, mas ambas caminham juntas. É pela razão que eu tenho Fé e vice-versa.
      Base científica? Não demonstrei não tê-la em nenhum momento. Não usá-la não significa não tê-la. A ciência é inconstante e de tempos em tempos prova que estava errada em alguma afirmação sua do passado, como a Terra ser redonda. Hoje se sabe que a Terra está mais pra ovalada e amanhã pode-se chegar a outra conclusão. Minha religião é constante e, em 2000 anos, manteve-se firme em seus alicerces.

      Eu já conheci judeus, espíritas, ateus, protestantes e até um cara com tendências a ser hare krishna. Isso não me dá autoridade pra falar de nenhuma dessas religiões. Só tenho direito de falar da Igreja Católica. Suas familiares freiras podem falar da Igreja Católica, mas vc nunca viveu a Igreja Católica e, por isso, não pode afirmar como ela ensina e o que ela ensina. Como eu vou falar das aulas de um determinado professor se eu nunca frequentei tais aulas? Entendeu onde eu queria chegar nesse ponto?

      “Além disso, a bíblia não é a MESMA?” A resposta é não. Na Bíblia protestante faltam 7 livros que foram retirados por Lutero quando da reforma protestante no século XVI.

      “Bom. Estamos saindo do tema principal que é recuperação de drogas com fé ou não.” Concordo… hehehe

      “Ninguém reclama porque não são chatos e nem eventos que possam passar alguma mensagem hipócrita. Por isso ninguém reclama. Eles fazem parte do mercado do entretenimento. E não de um mercado da fé. Q tenta padronizar jovens como bonecos playmobil.”
      A Igreja Católica NUNCA passou nenhuma mensagem hipócrita. Alguns de seus membros foram desgraçados a tal ponto de darem mal exemplo, de darem contra-testemunho, de não se importarem com a instituição (só consigo mesmos). Esses sim são hipócritas. A Igreja NÃO É e NUNCA FOI hipócrita. E não somos bonecos playmobil. Somos livres, completamente livres. Na nossa liberdade escolhemos ser escravos de DEUS. Mas acho (espero estar errado) que nunca vai entender o que é ser escravo de DEUS por amor.

      “ ‘É incoerente dizer pra um cristão viver segundo as leis de DEUS sem que as leis dos homens sejam colocadas abaixo quando uma das leis de DEUS é justamente que Suas leis devem ser vividas antes das leis dos homens.’
      LOGO, como convencer um cristão de seu erro? RS
      NEM QUERO tentar convence-lo do contrário. rs Vcs NUNCA concordam com o que é cidadania e democracia.”
      A lei primordial de DEUS é o Amor. Um santo dizia: “ame e faça o que quiser”. Ora, amar significa perdoar, acreditar que todos podem mudar, todos podem ser bons independente de quão mal tenha sido até então, etc.
      Enquanto isso, em países economicamente desenvolvidos, é permitido às pessoas matarem seus pais ou avós que estão presos numa cama (eutanásia), é permitido usar maconha livremente em ambientes fechados, é permitido matar alguém que prova estar realmente arrependido de seus atos criminosos, etc. Que cidadania é essa?

      “ ‘Se as pessoas se amassem como o Renato Russo eternizou na sua música não haveria desrespeito…."
      Pera aí… Um católico curtindo a poesia de um poeta sodomita ateu e herege??????”
      Vc escreveu várias coisas que eu já afirmei considerar bastante erradas e eu já concordei com vc em diversos pontos. Qual o problema de concordar com algo que está certo?????
      Os grandes pensadores políticos concordam que Hitler foi um dos líderes do nosso tempo mais capacitados pra ocupar tal cargo. Ele fez coisas horrendas quando esteve no poder, mas não se pode subjugar sua capacidade de liderança.

      “ ‘As leis estatais deveriam ser baseadas nas leis de DEUS. Muitas contradições seriam evitadas.’
      Ah não. Depois dessa eu me retiro. Não ACRE DI TO que vc é capaz de pensar isso.
      Você já leu a constituição do seu país, antes de falar uma atrocidade dessas?”
      Como eu afirmei mais acima, a principal lei de DEUS é o Amor. Amor a DEUS e Amor ao próximo, ao ser humano. Apenas com o cumprimento disso, quantos assassinatos seriam evitados? Quantas brigas entre vizinhos, entre casais, no trânsito, etc. seriam evitadas?

      “ ‘Segundo a constituição temos o direito de expor nossa Fé.’
      Vocês só sabem ESSA FRASE da constituição. Sabem dizer alguma coisa a mais? Vamos lá. Vou t dar a chance de correr rapidinho no seu google.”
      No momento, é o que eu preciso saber. Quando algo me acontecer que eu acredite ter o direito de recorrer, aí irei até a constituição e procurarei meus direitos. Se eu realmente tiver tal direito, ótimo. Se não, paciência.

      “Se não concordar com as leis do seu país, mude pra outro mais cristão e favorável a loucuras bíblicas.”
      Prefiro ficar e tentar melhorar, transformar. Começando por aqueles que estão ao meu redor.
      E DEUS e os santos me dão o alento de que é mais válido viver as loucuras da Cruz do que as sanidades do mundo

      E fico no aguardo das demais respostas (caso queira escrever algo sobre)

  8. Libertação total — do pecado — exige viver para Deus.

    Mesmo passando 1 vez na igreja, mesmo assim só acredito em libertação para quem quer participar do que Deus tem pra dar.

    Fora isso, está me parecendo mais uma "atitude mental". Entretanto, conheço testemunhos de pessoas que foram definitivamente libertas de drogas, de bebedeira, de perturbações, de certos pecados, e outros.

  9. João Hernane disse:

    Ninguem pode julgar fé de ninguem , pois nao conhecemos ..mas se ela se livrou mesmo do vicio..amem

  10. Eu só queria saber o que ateus, gays, etc e tal fazem num site cristão!? vão procurar sua laia….

    1. É que poucas coisas são mais divertidas do que discutir com crentelhos e sua "laia", Gislene.

    2. E desde quando a gente "vive" ateísmo? Desde quando temos a ciência como religião? HAHAHAHAHAHA Ateísmo é a simples não crença em nenhuma das milhares de divindades "existentes". A ciência, ao meu ver, é até bem falha. O ponto é que os crentelhos são os únicos que ficam querendo se meter na vida dos outros: deixe-os com suas crenças ou não crenças!

  11. Essa é a explicação porque cremos que é uma opção. Opção influenciada por tendências que se manifestam desde a mais tenra infância, mas ainda assim uma opção.

    https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=383894721685777&id=238794229529161

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *