Carta de fiel católico a Silas Malafaia responde críticas do pastor ao papa Francisco: “Vocês são cegos que querem guiar cegos”

382

As críticas do pastor Silas Malafaia ao papa Francisco e seus discursos durante sua visita ao Brasil receberam uma resposta em forma de carta, que circula pelas redes sociais, compartilhada por mais de 1,3 mil internautas católicos só no Facebook.

Escrito pelo blogueiro Fernando Nascimento, o texto confronta o líder da Assembleia de Deus  Vitória em Cristo em seus argumentos, respondendo a Malafaia sobre questões ligadas ao crescimento dos evangélicos, legados sociais da Igreja Católica às cidades brasileiras, humildade, entre outros.

“Dirijo-me ao senhor com respeito porque assim me ensinaram meus pais, em primeiro lugar. Educação vem do berço […] O senhor tem todo o direito de falar a respeito da visita do Santo Padre ao Brasil e em nenhum momento o senhor foi ofensivo (como o foram as manifestantes que se auto-intitulam “vadias”).  Admira-me o fato de que os meus irmãos da fé no Christus Totus, os meus irmãos católicos, estejam escandalizados e furiosos. Eu não esperava nada diferente, a final: o senhor é filho do cisma protestante”, introduziu Nascimento.

Sobre o crescimento evangélico e um suposto alarde da cúpula da Igreja Católica a esse respeito, Nascimento minimizou: “O senhor disse que o Papa está profundamente preocupado com a evasão dos católicos para as igrejas Protestantes […] Foi a mídia quem trouxe a tona este tema que, mesmo no Documento de Aparecida (onde o mesmo foi abordado) o mesmo não tomou mais que poucas páginas da primeira parte do documento; o papa Francisco não demonstrou preocupação sobre o tema. Se o senhor fizer um balanço de todos os pronunciamentos do papa em sua visita ao Brasil (com honestidade intelectual) verá que o tema foi mencionado aqui e acolá, mas não estamos nesta ‘consternação toda’”, afirma o autor.


Nascimento diz ainda, em sua carta ao pastor Silas Malafaia, que não se pode acusar o catolicismo de falta de tradição, e que mesmo com as divergências teológicas entre a Igreja Católica e o protestantismo, a Igreja romana tem legitimidade.

“Não há uma única capital deste país que não tenha, em sua história, o legado da Igreja Católica com suas Escolas, Hospitais, Universidades e seus missionários […] Nós temos um legado, uma história, e não somos um ‘vento de doutrina’… Temos dois mil anos. Posso escolher qualquer bispo católico de qualquer parte do mundo e começar a contagem: este foi ordenado por este, que foi ordenado por este, etc, que chegarei até aos Apóstolos. Temos história (ainda não estou abordando doutrina, mas apenas algo que se chama direito histórico). Portanto, a Igreja Católica tem o seu peso no Brasil”, contextualiza o blogueiro.

Contra a afirmação de Malafaia que o papa teria falado sobre humildade e pobreza de forma vazia devido às reservas de ouro do Vaticano, o blogueiro diz que a Igreja Católica não se beneficia disto e condena os corruptos que são descobertos.

“O senhor acusou o papa Francisco de ‘falso’ por falar de pobreza. Muito bem: sua alegação é a de que o Vaticano é ‘a maior reserva de ouro’ do mundo. O senhor, que é um homem inteligente, deveria saber que o tratado de Latrão faz do Vaticano um patrimônio da humanidade; ninguém pode ‘vender’ o Vaticano, ou partes do Vaticano. São obras de arte feitas com o melhor de que se dispunha na época, sob a visão da Era da Cristandade, oriunda da Sagrada Escritura, de que ‘ouro e prata pertencem ao Senhor’. Desta ‘reserva de ouro’ nenhum bispo ou cardeal pode dispor. Os escândalos do Banco do Vaticano não são novidade alguma; ao longo da história da Igreja tivemos – e aos montes! – padres, bispos e papas com conduta deplorável, amantes do dinheiro. Aliás, diga-me qual é a realidade humana onde não encontramos tais coisas, não é mesmo? Contudo, estes cardeais não são representantes, mas traidores da Igreja, e assim são recordados e mencionados”, pontua Nascimento.

O confronto mais agudo de Nascimento contra Malafaia se dá no âmbito da teologia da prosperidade, defendida pelo pastor e fonte de inúmeras discordâncias no meio evangélico: “O senhor diz que não podemos falar ‘de pastor’ por causa de tudo isto que escrevi acima. A questão é a seguinte: Não foi justamente tudo isto que gerou a ‘Reforma’? É irônico o fato de que os ‘reformadores’ são, agora, os propagadores da nefasta ‘Teologia da Prosperidade’. A mais expressiva Igreja Pentecostal Brasileira, a IURD, vende arruda, terreno no céu e por aí vai… Nós podemos falar SIM do escândalo dos pastores, Sr. Malafaia, porque vocês são cegos que querem guiar cegos… Há muitos pastores vivendo no luxo, o que causa escândalo ao coração do pobre e sofrido povo de Deus”, criticou o blogueiro, de forma contundente.

O ataque de Nascimento contra os argumentos de Silas Malafaia abrangeu também os episódios em que o pastor foi à televisão mostrar suas finanças, após ser apontado pela revista Forbes como um dos líderes evangélicos mais ricos do Brasil.

“O senhor acha que isto é falsidade… Tem o direito de expressar isto. Para mim, contudo (e tenho o direito de dizê-lo) o que está acontecendo é que o comportamento do justo irrita o proceder do ímpio. Os pastores evangélicos estão tendo que correr para os mais diversos meios de comunicação para prestar contas de suas finanças há algum tempo (o senhor mesmo teve que fazer isto várias vezes)… O proceder do Papa realmente lhes incomoda”, afirmou o blogueiro, antes de complementar: “Eu já vi o senhor falar bem da Igreja Católica em alguns aspectos; eu lhe considerava honesto intelectualmente… Agora, confesso, que questiono esta honestidade intelectual que é incapaz de reconhecer o bem quando o vê.  É com honestidade e respeito que lhe respondo”.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


382 COMENTÁRIOS

  1. Amigo leandro,

    Querido, nenhuma morte hoje no tempo da graça e liberada ou permita por Deus, isto é um equivoco, mesmo que a pessoa adore a demônios.

    Agore eu não estou te julgando em nenhum momento, me perdoe se eu te ofendi. Porém eu como defensor do evangelho puro e sincero tenho dever do Senhor lhe perguntar:

    Onde estar MARIA APARECIDA na biblia??

    Se você me responder isso, eu não falo mais que a tradição catolica é idolatra!

    e tenho dito…

    • Xiiiiiiii! Rafer já fiz inúmeros questionamentos similares como este…! O Leandro e sua turma roda como peão, pedem a fonte, disfarçam, mudam o enredo da questão, etc. – Estes são os que cumprem a profecia em Mateus 7:6!

      • Vejamos… para bons entendedores, Maria está no VT, citada por Deus…

        Maria está no salmos…

        entre outros lugares…

        mas no NT, Maria está na anunciação do Anjo, com saudação enviada pelo próprio Deus e tudo mais…

        está também na casa de sua prima, a qual se sente honrada com a presença da “mãe de seu salvador” que seria Jesus Cristo…

        está no nascimento à morte do salvador…

        Está nos primeiros passos dado pela criança destinada a ser o Cordeiro de Deus…

        está nas primeiras palavras ditas por ele, que inclusive, como acontece na maioria dos lares, deve ter sido “mamãe” (em outra lingua claro kkk)

        está na boa educação do menino chamado Jesus Cristo..

        está também nos cuidados que esta criança bendita teve durante a infancia e a juventude..

        está na via sacra de Cristo…

        está na crucificação, tendo o coração transpassado ao ver o filho ser torturado e pendurado numa cruz… (imagine para uma mãe ver o filho numa situação desta… ainda mais uma mãe bendita pelo próprio Deus)

        e finalmente está no momento final da vida do salvador, onde ele solenemente entrega sua mãe a humanidade, representada na pessoa do apóstolo querido de Cristo, Simão, a quem ele próprio deu o novo nome de Pedro (Pedra), e ao mesmo tempo entrega seu apóstolo querido a sua nova Mãe, como indicando que este deveria respeitá-la como mãe…

        SE VCS, LEITORES DE BIBLIAS NUNCA VIRAM MARIA NA BIBLIA, É SIMPLESMENTE PORQUE ESTÃO CEGOS PELA MALDADE DO INIMIGO…

        • Isso mesmo Reinaldo,

          Santa Maria de Lourdes, Santa Maria Aparecida, Santa Luzia, Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora dos Milagres, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora dos Conflitos,

          Ou seja, igual aos Príncipe dos Príncipes, Senhor dos Senhores, Rei dos Reis, então foi feito de Maria, a mãe de Cristo, uma DEUSA.

          Será que você e os seus não entendem que a bíblia não dá o status de Deusa à Maria, mãe terrena de Cristo?

          Vocês com essa tradição invertida da tradição.

          • Bem meu caro, vc pediu pra citar onde estava Maria na biblia… eu dei alguns exemplos…

            mas só dando entendimento melhor sobre o que vc falou a respeito de Status de deusa a Maria, quero esclarecer que quem dá esse Status a ela meu caro… SÃO VCS PROTESTANTES… que na verdade não sabem diferenciar veneração (como as atitudes de Josué, do carcereiro da passagem de Paulo pela prisão entre outras atitudes VENERATIVAS) de adoração, que é devida somente a Deus…

          • desculpe, Levi, não foi vc quem pediu, e nem foi a mim que foi pedido… mas me adiantei ao Leandro e postei uma das respostas existentes…

            só atendi ao pedido do Rafer…

          • Reinaldo,

            Vamos fazer considerações com a oração mais rezada pelos católicos, a ave maria.

            Ave Maria, cheia de graças – cita o nome dela e diz que ela é cheia de graça, onde está Deus e Cristo nesta primeira frase?

            O Senhor é convosco – agora ele está em plano de igualdade;

            Benditas sois vós entre as mulheres – Cadê Deus e Cristo?

            Bendito é fruto do vosso ventre, Jesus – no mesmo patamar de Cristo todavia ela como mãe e Ele como feto;

            Santa Maria, mãe de Deus – Diz que ela é santa e esquece Deus no primeira parte, já na segunda, deixa Deus em segundo plano seja Deus seja Cristo;

            Rogai por nós pecadores agora e na hora de nossa morte, amém – Tira de Cristo a condição de mediador, bem como deixa de falar seja em Deus seja em Cristo, e dá a ela sempre o poder da interseção, ou seja agora e sempre.

            Meu caro, Deus e Cristo foram terceira e quarta pessoa em termos de menção, bem como transfere para Maria poderes e condição que a bíblia não dá.

            Ora, ora, ora, isso não é apenas dar o lugar de deusa, mas sim, de forma discreta, colocá-la em lugar superior a Cristo e a Deus.

          • Levi, não quero aqui tentar te convencer de nada, so vou tentar te passar uma visão diferente do que vc ve..

            vamos então aos seus questionamento com relação a oração:

            Ave Maria, Cheia de Graça: vc perguntou onde está Deus e Cristo…

            Deus está nas palavras do mensageiro… já que o mensageiro somente repete as mensagens do mestre…Veja que a mensagem veio de Deus… então a saudação vem de Deus… sem contar que tal mensagem é exatamente sobre Cristo…

            O Senhor é Convosco: não é igualdade a Deus, é o anjo dizendo a Maria que Deus está com ela… tanto que enviou seu filho unigenito ao mundo através dela.

            Bendito é o fruto do vosso Ventre Jesus: poxa Levi, vamos ser racionais… está enaltecendo o nome de Cristo… Bendito é fruto do ventre de Maria… que é Jesus…

            Santa Maria Mãe de Deus: Santa porque não tem pecados (ou vc é como a maioria dos protestante que acredita que Deus enviaria seu filho unigenito através de uma arca defeituosa?) e mãe de Deus porque Cristo é Deus filho, ou vc também acredita que se separa as personalidades humana e divina de Cristo?

            Rogai por nós pecadores… não tira a glória de Cristo, pois essa oração pede a Maria que rogue por nós junto a Deus filho… além de que, como promessa do próprio Cristo, somos parte de seu corpo… após a morte também não nos separamos do amor de Deus.

            * faço aqui uma observação…: então quando pedimos a alguém que ore por nós (oração de intercessão) estamos tirando de Cristo a condição de mediador??? ora, todos sabemos que temos o poder de intercessão também, ou vc acha que não?

            Além de que, Levi, o inicio da oração que vc questionou, está na biblia… na anunciação do Anjo a Maria…

            Também tenho que observar que a intercessão é biblica… e que a própria biblia diz que nem a morte nos separa do amor de Deus, bem como mesmo morrendo em corpo, vencendo o pecado, somos Igreja.

            Santos nos céus mandando suas orações a Deus se veem na biblia também…

          • Leandro,

            Meu caro, tudo que você falou é de conhecimento público, melhor, bíblico.

            Que os anjos a saudaram, que Maria foi a mulher mais feliz do mundo por ter tido a oportunidade de gestar, amamentar, dar colo, mingau, trocar as fraudas, ensinar os primeiros passos, cuidar da dentição, conduzido-o às primeiras letras, ninado, feito sua comida, orientado quanto às namoradas e pretendentes, sofrido com a morte dele, tais são indiscutíveis, mas daí se fazer dela Deusa, isso não há paradigma bíblico, pois se for assim, daqui a pouco você vai querer transformar Moisés também em Deus; João Batista também, afinal Cristo disse que dos que nasceram de mulher, ele foi o maior.

            Quanto a Cristo somente com a natureza divina, aí seria uma farsa total, pois em não tendo a natureza humana, os espancamentos, os pregos da cruz, a coroa, nada disso o fizeram sofrer, aí é de se perguntar, tudo uma farsa? Mas, vamos que seja, então o quer dizer a bíblia que falava que ele era homem de dores, que chorou, que sofreu, que ficou triste? E a história da paixão dEle? E o jejum de quarenta dias, esse também foi falso?

            Ora, então Cristo é falso.

          • Levi

            Levi não tente me dar lições de ortodoxia cristã. Já esta ficando hipócrita de sua parte.

            TE AFIRMO PEL MILESSIMA VEZ, E LEIA ISTO E ENTENDA: Maria, mãe de Deus, NÃO É SINONIMO DE MARIA DEUSA. Do que me adianta ficar respondendo seus absurdos se toda hora vc repete e repete os mesmíssimos temas já rebatidos e esclarecidos….

            Sobre Natureza de Cristo, também já esclarecido anteriormente. Cristo é ao mesmo tempo Homem e Deus. Suas duas naturezas são inseparáveis. E acho muito curioso e PRA FALAR A VERDADE, ATÉ INCOERENTE DE SUA PARTE ME QUESTIONAR ISTO.AFINAL E TOMO por testemunhas o Mauro, o Reinaldo, o Clamando e talvez o Wagner (não me recordo se ele entrou neste tema) que vc Levi afirmou QUE CRISTO FOI APENAS HOMEM E TEVE FILHOS COM MARIA MADALENA.

            Se nos católicos víssemos Maria como deusa, um ser nascido antes do tempo, me diga de onde tiraríamos o lado humano de Jesus…
            Pois seu Pai é o Criador do Universo e se sua mãe fosse deusa pra nos…
            Da união de dois deuses teríamos um Deus com natureza exclusivamente superior.

            E além disto, teríamos que ensinar não SS Trindade, e sim SS quarteto. Coisa que não consta em nenhuma Biblia, concilio, bula papal ou catecismo católico.

        • Ave Maria, cheia de Graça, o Senhor é convosco, bendito o fruto de teu ventre Jesus… Amém, Glórias a Deus por isso, louvado seja Deus por ter escolhido a Maria parar ser a mãe de nosso Salvador, e tudo muito mais que exalta Maria!
          Mas… Jesus, seu próprio filho, temendo que sua mãe seria idolatrada, como era o costumes dos gentios, e até mesmo de muitos israelitas, chegou muitas vezes ser até rude para com ela (está nos evangelhos). – Também: INTERCESSORA E ASSUNÇÃO AOS CÉUS, NEM NOS APÓCRIFOS ENCONTRAMOS TAL HERESIA! Encontramos nos concílios aprovado pelo Vaticano. Pura carnalidade!

          • Cristo nunca foi “rude” com sua mãe…

            nem adianta citar as passagens que referem-se aos momentos em que ele diz que seus irmão são os que tem fé e tudo mais, pois com ela, ele nunca foi rude… ele somente, com a perspicácia de um ser divino aproveitou a oportunidade para exaltar aqueles que o seguiam…

            se vc realmente acha que Cristo tenha sido rude com sua mãe, seu cristo não é santo, já que desrespeitou um dos mandamentos de Deus… HONRAR PAI E MÃE…

            como não está na biblia??? A intercessão está na biblia… até nós pobres pecadores podemos interceder pelos nossos irmãos… agora imagina aqueles que venceram o pecado através da fé em Nosso Senhor Jesus Cristo… imagina a mãe de Deus filho…

          • Reinaldo.

            Vá com calma, Cristo não gostou da sua mãe ter interferido no ministério dEle, no caso o principiar, pois ela usou indevidamente a autoridade de mãe para fazer aquele milagre, ou seja, preferiu fazer o que por insistência dela, no caso, transformar água em vinho, a entrar em atrito na frente dos outros.

            Tanto é que de quando foi buscá-lo, deixou bem claro sua insatisfação, tudo para que ela não voltasse a repetir, bem como evitar que as pessoas procurassem ela com pedidos, além de não expô-la em perigos, afinal se soubessem os inimigos dEle que era sua mãe, iriam importuná-la.

            Cristo prezava sua mãe, tanto que pediu a um dos discípulos quando da sua crucificação que fizesse as vezes de filho e mãe, ou seja, ajudasse aos irmãos dele na manutenção na velhice, nas enfermidades e demais situações.

          • Vemos diferente meu caro…

            Apesar de não ter chegado sua hora… Cristo, como Deus que era, tinha poder, mas sabia que sua hora não era chegada…

            contudo, atendeu ao pedido de sua mãe… aparentemente a contra gosto, mas que bom filho não faz o que a mãe carinhosa pede, mesmo sem muita vontade???

            A biblia não diz nada sobre Cristo te-la advertido a que aquilo não voltasse a repetir… Maria, assim como nós confia no socorro do salvador.. veja meu caro que o casamento é uma instituição sagrada sendo que o vinho representa nesta passagem a alegria e a vida do casamento (representa)… A mãe, sábia, ve no filho o poder de salvar a alegria da festa, diz a ele o que está por acabar… “Não tem vinho”… e diz então aos empregados que “façam o que ele disser”, confia no filho e confia os empregados ao filho… a solução foi dada exclusivamente por Cristo, sob intercessão de sua mãe.

            no calvário, Cristo diz a sua mãe”Mulher, eis ai teu filho” e em seguida diz ao seu amado apóstolo “filho, eis ai sua mãe” (não diz, filho cuida da tua mãe…), não faz nenhuma referencia a irmãos, mas somente dá ao seu apóstolo, o mesmo que disse que seria a Pedra da Igreja na terra, sua própria mãe, e da a responsabilidade a sua mãe de cuidar de seus novos filhos, um mundo todo de filhos, representados no orientador da Igreja, Pedro.

            Mas veja que vcs não são obrigados a ver desta maneira… essa é a maneira que nós católicos vemos… e quem pode dizer que estamos errados???? se vcs acreditam que a biblia é de livre interpretação e que todas são inspiradas pelo espirito santos, porque só a Católica, a mesma Igreja que criou a biblia (guardou as escrituras, traduziu, preservou e compilou em um unico livro) estaria errada???

          • Meu caro, Cristo não quis dar uma de intransigente, machão, excluidor, assim preferiu fazer o que sua mãe inoportunamente estava pedindo. Lembre-se que em outra passagem, os parentes de Cristo tentaram intervir, mas ele disse que ainda não era a hora. Meus caros, os parentes dele sabiam que era especial e ficaram ansiosos, talvez até querendo mostrar grandeza, em síntese um certo grau de soberba.

            Quanto a Mãe de Cristo ter sido advertida naquele momento, leia que eu disse que foi quando ela e os demais irmãos de Cristo pediram atenção especial. Quanto a importância do casamento, ninguém duvida, mas não é bebida e comida de importância vital, pois tais são da festa em si, não à instituição, afinal casamentos há que não se tem nem água em face da pobreza dos noivos e seus parentes, não esquecendo que o casamento como se dá hoje, ou seja, suas pompas, nada mais é que uma imitação barata da cerimônia dos príncipes, inclusive o vestido branco, o modelo, coisa que se repete com a roupa dos noivos e também com os padrinhos, pois se convidava os lordes, que de ricos e importantes davam presentes caros, tanto que se repete quanto a isso também. menos

            Meu caro, a mensagem de Cristo foi para todos os discípulos tomarem conta de sua mãe, não o fazendo a todos em face que somente um deles esteve na sua última hora.

            Leia direitinho que a passagem de Pedro, Cristo faz referência a ESTA pedra e não a ESSA pedra, veja que na linguagem formal há diferença abrupta, mas a mais, os demais discípulos ficariam a fazer o que, chupando o dedo? Aquela palavra é extensiva a todos, não esquecendo você que PAULO foi o que mais abriu igreja, tendo pastoreado, tendo sido mais líder que Pedro, pois ficou muito tempo fincado apenas em Israel, tanto é que Paulo a escrever chama a atenção que suas ovelhas estavam disputando preferência por pastor, mas sequer ele(paulo) fala em Pedro: uns dizem que são de Apolo, outros de Paulo, tendo chamado a atenção, vós sois de Cristo.

            Meu caro,quanto essa história de que a criou a bíblia, tal se constitui numa soberba extrema. O velho testamento foi obra dos judeus, tanto que Cristo ia lê-lo nas casas de oração, lembra de quando Ele leu a passagem de Isaías se referindo a si próprio e que foi expulso?

            A igreja católica, após a junção Constantitino tratou de juntar os livros, ou seja, o trabalho que uma gráfica faz, não por acaso, é que o Império Romano houvera destruído Jerusalém e com ela levado a alma do povo judeu, inclusive o escritos. Assim, de posse dos despojos de guerra, o imperio os repassou, mas vocês guardaram para si, não publicaram, tanto que a maioria dos padres sequer sabiam uma letra da bíblia, apenas repetiam com papagaios o que os outros falavam, ou seja, sem conteúdo, Não poderia falar muito desse povo judeu, pois o império, de que a igreja católica se juntou,aniquilou sua cultura, seu povo, sua nação, então o culto aos santos italianos, modo de fazer esquecer de vez o povo judeu. Em síntese, voces manusearam objeto de roubo, saque e destruição que estava com o sócio em comum, império e católicos.

          • Reinaldo,
            Meu caro, Cristo não quis dar uma de intransigente, machão, excluidor, assim preferiu fazer o que sua mãe inoportunamente estava pedindo. Lembre-se que em outra passagem, os parentes de Cristo tentaram intervir, mas ele disse que ainda não era a hora. Meus caros, os parentes dele sabiam que era especial e ficaram ansiosos, talvez até querendo mostrar grandeza, em síntese um certo grau de soberba.

            Quanto a Mãe de Cristo ter sido advertida naquele momento, leia que eu disse que foi quando ela e os demais irmãos de Cristo pediram atenção especial. Quanto a importância do casamento, ninguém duvida, mas não é bebida e comida de importância vital, pois tais são da festa em si, não à instituição, afinal casamentos há que não se tem nem água em face da pobreza dos noivos e seus parentes, não esquecendo que o casamento como se dá hoje, ou seja, suas pompas, nada mais é que uma imitação barata da cerimônia dos príncipes, inclusive o vestido branco, o modelo, coisa que se repete com a roupa dos noivos e também com os padrinhos, pois se convidava os lordes, que de ricos e importantes davam presentes caros, tanto que se repete quanto a isso também. menos

            Meu caro, a mensagem de Cristo foi para todos os discípulos tomarem conta de sua mãe, não o fazendo a todos em face que somente um deles esteve na sua última hora.

            Leia direitinho que a passagem de Pedro, Cristo faz referência a ESTA pedra e não a ESSA pedra, veja que na linguagem formal há diferença abrupta, mas a mais, os demais discípulos ficariam a fazer o que, chupando o dedo? Aquela palavra é extensiva a todos, não esquecendo você que PAULO foi o que mais abriu igreja, tendo pastoreado, tendo sido mais líder que Pedro, pois ficou muito tempo fincado apenas em Israel, tanto é que Paulo a escrever chama a atenção que suas ovelhas estavam disputando preferência por pastor, mas sequer ele(paulo) fala em Pedro: uns dizem que são de Apolo, outros de Paulo, tendo chamado a atenção, vós sois de Cristo.

            Meu caro,quanto essa história de que a criou a bíblia, tal se constitui numa soberba extrema. O velho testamento foi obra dos judeus, tanto que Cristo ia lê-lo nas casas de oração, lembra de quando Ele leu a passagem de Isaías se referindo a si próprio e que foi expulso?

            A igreja católica, após a junção Constantitino tratou de juntar os livros, ou seja, o trabalho que uma gráfica faz, não por acaso, é que o Império Romano houvera destruído Jerusalém e com ela levado a alma do povo judeu, inclusive o escritos. Assim, de posse dos despojos de guerra, o imperio os repassou, mas vocês guardaram para si, não publicaram, tanto que a maioria dos padres sequer sabiam uma letra da bíblia, apenas repetiam com papagaios o que os outros falavam, ou seja, sem conteúdo, Não poderia falar muito desse povo judeu, pois o império, de que a igreja católica se juntou,aniquilou sua cultura, seu povo, sua nação, então o culto aos santos italianos, modo de fazer esquecer de vez o povo judeu. Em síntese, voces manusearam objeto de roubo, saque e destruição que estava com o sócio em comum, império e católicos.

            CADÊ O QUE ESCREVI? AQUI É UM SAMBA DE UMA NOTA SÓ? SOMENTE OS DISCRIMINADORES É QUE FALAM NESTE SITE?

          • LEVI VARELA você foi muito mais feliz na explicação da ‘reza’ ave Maria que a minha, por isso nós ‘crentes’ em Jesus crescemos NA FÉ E NO CONHIMENTO, pois somos livres e não escravo de um estado político romano, digo, VATICANO! –
            Católicos romano engolem a comida podre do Vaticano e tão pouco tem a permissão de vomitar, esta tem que ser digerida mesmo que não gostem – NÓS CRISTÃOS SOMOS LIVRES!

            João 8:
            “32 e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
            33 Responderam-lhe: Somos descendentes de Abraão, e nunca fomos escravos de ninguém; como dizes tu: Sereis livres?
            34 Replicou-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é escravo do pecado.[IDOLATRIA, E TODAS AS HERESIAS QUE NÃO CONDIZ COM AS SANTAS ESCRITURAS*]
            36 Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.
            37 Bem sei que sois descendência de Abraão; contudo, procurais matar-me, porque a minha palavra não encontra lugar em vós.
            38 Eu falo do que vi junto de meu Pai; e vós fazeis o que também ouvistes de vosso pai.
            39 Responderam-lhe: Nosso pai é Abraão. Disse-lhes Jesus: Se sois filhos de Abraão, fazei as obras de Abraão.
            40 Mas agora procurais matar-me, a mim que vos falei a verdade que de Deus ouvi; isso Abraão não fez.
            41 Vós fazeis as obras de vosso pai. Replicaram-lhe eles: Nós não somos nascidos de prostituição; temos um Pai, que é Deus.
            42 Respondeu-lhes Jesus: Se Deus fosse o vosso Pai, vós me amaríeis, porque eu saí e vim de Deus; pois não vim de mim mesmo, mas ele me enviou.
            43 Por que não compreendeis a minha linguagem? é porque não podeis ouvir a minha palavra.
            44 Vós tendes por pai [A NINGUÉM CHAMAIS POR PAI, PORQUE…*]’ o Diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele é homicida desde o princípio, e nunca se firmou na verdade, porque nele não há verdade; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio; porque é mentiroso, e pai da mentira.
            45 Mas porque eu digo a verdade, não me credes.
            46 Quem dentre vós me convence de pecado? Se digo a verdade, por que não me credes?
            47 Quem é de Deus ouve as palavras de Deus; por isso vós não as ouvis, porque não sois de Deus.
            48 Responderam-lhe os judeus: Não dizemos com razão que és samaritano, e que tens demônio?
            49 Jesus respondeu: Eu não tenho demônio; antes honro a meu Pai, e vós me desonrais.
            50 Eu não busco a minha glória; há quem a busque, e julgue.
            51 Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém guardar a minha palavra, nunca verá a morte.
            58 Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão [E MARIA*] existisse, eu sou”.

          • reinaldo

            Já vi o levi repreendendo a “mediocridade” dos apóstolos, o “mau discernimento de Jesus” e outros absurdos. Agora reclama da saudação do santo anjo Gabriel à Maria.

            Sinceramente, temo que nos estamos em pecado “mortal ” Reinaldo. Pois pra dar reprimenda em um Deus e em um anjo tem que ser superior e mais poderoso do estes.

            o Levi deve ser “DIVINO”.

            Melhor não discutirmos com ele, pois nem Cristo poderá nos salvar deste novo Deus made im Brazil.

        • No AT a maria e tratada como mulher…porém Jesus como : Messias, emauel, Rei, principe da PAz….

          maria no NT como: Abençoada, bendinta entre as mulheres, “porém” também como aquele precisou de salavação assim como todos comedores de arroz e feijão como cada um de nos.

          Agora pare de asneira e resposndam catolicos aonde estar MARIA APARECIDA na biblia???? não é a maria aquela que foi usada por Deus nos evangelhos, eu quero sabe de maria aparecida????

          infelizmente a tradição e a seita catolica é idolatra!!!!

          • Sobre falar que Maria precisou ser salva, já disse o mesmo para o Wagner e repito. Na ICAR ensinamos sim que Maria precisou ser resgatada(so que antes mesmo de nascer) por seu Santissimo Filho.

            Se alguem segue uma seita aqui é vc. Eu sigo a Igreja legada por Cristo a administração de seus apostolos. Se vc que sergue as ideis luterano-calvinistas e se considera cristão, eu e demais catolicos somos mais servos de Cristo ainda.
            E como disse vc muito ofende, muito acusa, muito pergunta e pouco ou nada responde

            É cristão um Macedo ao exibir novelas e programas pornográficos…. Um canal católico como a Rede Vida mostra isto Rafer e Wagner?

            Porque os sinceros cristãos evangélicos se mostram tão menos zelosos que o “paganismo católico” Será que o papa está assim tão melhor que a Biblia ?

            Beijos e namoros homoafetivos, isto é moral cristã Rafer?

            repito ao Wagner e aos demais :
            Vc chama quem pratica tais coisas, mesmo sabendo estes que estão errados de seus irmãos em Cristo ? Eles são evangelicos?

            Vc admite que Cristo teve filhos como fala o Levi, senhor Rafer?

            Se admite me mostre vc como a Biblia não falou disto?.
            Ou as bodas de caná foram mensagem velada como nos diz o “sábio Levi”( há há há). ?

            E se Cristo teve descendentes que eram eles.Homens, semideuses;seriam Hercules e thor ou seriam os merovíngios do Reino Franco?

            Onde estão as provas da passagem de Pedro pela Babilônia da Mesopotâmia ?
            Onde e porque vc insiste que Constantino criou a Ig Catolica se este nome e suas crenças já eram ensinados séculos antes de Constantino ?

            Se é verdade que um dirigente pecador invalida toda a Igreja então porque continuam aceitando os dogmas de fé propostos por blasfemadores tais como Lutero e Calvino?

            Se mortes na inquisição detonam a moral de uma igreja então porque luteranos, calvinistas, batistas e presbiterianos não se dissolvem no momento em que hipocritamente acusam a IG católica dos mesmos crimes?

            Onde está na Biblia Sagrada a unção do chulé ?
            Onde está na Bíblia Sagrada a unção da vassoura ?
            Onde está na Bíblia Sagrada a unção da vaca ?
            Onde está na Bíblia Sagrada a unção do zoológico ?
            Onde está na Bíblia a doutrina da transferência da unção ?
            Onde está na Bíblia a doutrina da troca de anjo da guarda ?
            Onde está na Bíblia a doutrina da unção da meia ?
            Onde está na Bíblia a doutrina de macedo favorável ao aborto ?
            Onde está na Bíblia a doutrina da malafaia favorável a prosperidade ?
            Onde está na Bíblia a doutrina de RR Soares de que ajudar os pobres desvia recursos de sua igreja(de seu bolso) ?
            Onde está na Bíblia a doutrina de Santiago que diz que Jesus Cristo não é DEUS ?
            Onde está na Bíblia a doutrina do culto das princesas ?
            Onde está na Bíblia a novíssima doutrina evangélica da transferência de unção com os pés?

            Me diga Wagner(rafer), onde tais doutrinas são vistas ? No catolicismo ou no protestantismo ?

            Estes que praticam tais doutrinas são teus irmãos em Cristo ?

            Você é cúmplice de suas obras ?

            Você os chama de “irmãos em Cristo” ?

            Você aparece junto com eles nas estatísticas e nas pesquisas do IBGE como sendo uma só igreja evangélica e vibra com aumento do segmento ?

            Se com tudo isto vocês ainda reclamam ser uma igreja cristã e não uma seita como podem julgar os católicos?
            Tire a trave de teus olhos antes de julgar que os demais tem traves nos olhos.

        • O que percebo é que o Católicos via de regra se defendem, mas os evangélicos têm uma necessidade de autoafirmação que está ficando fora de controle, distorcem tudo…colocam palavras na boca do Católicos…nem conhecem a fundo a tradição da Igreja…realmente as pessoas que não conhecem o Catolicismo verdadeiramente são facilmente manipulados por essas argumentações protestantes. Bem, eu sei que procurei na Bíblia quando Nosso Senhor Jesus Cristo afirmou que estaria com sua Igreja até o final dos tempos…para mim isso bastou. É uma questão de coerência, objetividade e respeito. Vejo tantas igrejas evangélicas diferentes…qual é a mais verdadeira, a que tem o pastor com melhores argumentos?

      • Wagner

        Primeiro que vcs também deixaram de responder muito do que repliquei ou perguntei aos mesmos.

        Segundo que boa parte do que vcs postaram sobre os papas, pode ser levado tão a serio quanto os ataques que a oposição faz a um governo. Pega-se um defeito ou deslize e o transforma num crime. Fora que vc já postou aqui inverdades históricas como a acusação de que o papa louvou o extermínio de huguenotes na noite de S Bartolomeu. Ou esta falácia de que Constantino criou o papado e a ICAR.

        Há muito que a Igreja reconhece que muitos de seus bispos(inclusive o de Roma) não eram ou foram homens plenamente dedicados a Cristo. Mas vamos a algumas considerações:
        Tomemos o exemplo do pior dos papas : Alexandre VI

        Sobre a acusação de que teria sido amante de sua filha. O ataque baseia-se na fala do primeiro esposo dela. E veio no momento em que ela pediu anulação de casamento por queixa de impotência da parte dele. Ele até pode ter falado a verdade, mas nestas circusntâncias, talvez fosse apenas o puro ódio e vontade de magoar e difamar a esposa litigiosa.

        Mesmo sendo um mundano, reprovou o modo como os monarcas espanhóis Fernando e Isabel usavam a inquisição na Espanha e deu asilo em Roma a milhares de judeus, e em seu tempo as queixas e as vezes, até ataques pessoais de baixo nível que faziam contra o mesmo circulavam livremente. Nunca puniu ninguém por isto.

        Muitos dos homens que chegaram a papa, o eram leigos até o dia da eleição( a rigor o critério mínimo para ser papa é ser católico, batizado, ter recebido a eucaristia e o sacramento do Crisma).

        E veja que em sua acusação o senhor citou alguns dos piores exemplos. Mas o contrario vc não fez. VAMOS POR UM INSTANTE ADMITIR QUE TODAS AS ACUSAÇÕES SÃOP VERDADE.
        E OS PAPAS QUE BEM SERVIRAM A JESUS, os que foram humildes, os que morreram por sua fé em Cristo Jesus…..

        PEDRO, LINO, CLEMENTE
        LIBERIO I E JULIO I (AMBOS DIGNISSIMOS DEFENSORES DO DOGMA TRINITARIO, SENDO QUE LIBERIO ENCAROU O EXILIO MAUS TRATOS POR CONTA DISTO).

        E COMO vc classifica um João I que morreu de fome no cárcere por também defender a SS Trindade contra a heresia ariana….

        Ou Leão I que num encontro desarmado com o terrível chefe bárbaro Atila impediu que o mesmo ( o Hitler de seu tempo ) saqueasse Roma….se isto não prova que Cristo estava a seu lado, o que mais poderia então.

        Se quer falar que imoralidade impede um cargo ou um homem de ser instrumento de Deus então ainda ASSIM FICA PIOR ´PARA OS SEGUIDORES DAS IDEIAS LUTERANO-CALVINISTAS. E infelizmente o senhor as segue Wagner.
        Pois os católicos podem alegar ter boa raiz no Esp Santo via pregação dos apóstolos e seus continuadores. Dai que se uma arvore de boa raiz, em algum momento dá galhos podres, podemos cortá-los e esperar que os sadios retornem.
        E vcs….

        Vamos a sua tese aplicada aos Pais da Reforma Protestante:

        Lutero- já mostrei aqui como chamou Jesus de pecador e fornicador.
        Em outros debates vc já viu o que postei de como ele SE ARREPENDEU DE TER ENSINADO O LIVRE EXAME DAS ESCRITURAS, falou que a poligamia era aceitável. Acrescentou a palavra somente na escrita de PAULO: “o justo viverá pela fé”, acusou muitos livros da Biblia como o de ester, apocalipse e ep de Tiago de serem inúteis. Foi defensor da inquisição como arma protestante.

        Calvino- inquisidor, ditador, autoritaRIO.

        Zwinglio- fornicador e também defensor da inquisição protestante. Foi um dos exterminadores dos anabatistas que eram protestantes parecidos com ele (mas como não eram iguais, ele sola biblicamente os matou).

        Sobre o rei Henrique VIII nem me dou ao serviço de comentar, até a wikipedia que é fraca dá o serviço completo.

        EM SUMA, TODA A RAIZ DO MOV PROTESTANTE É MÁ E JA NASCEU CONTAMINADA. DESDE QUANDO SE PODE ESPERAR DE ARVORE MÁ BOM FRUTO….

        • Leandro.

          Católicos vieram de Constantino, o que matou os filhos e a mãe deles, ou seja, uma má árvore, mas daí dizer que o tudo que o catolicismo fez foi igual ao sr. que criou o catolicismo, aí é pura ma fé.

          Outra coisa, como esperar que vocês falem bem de Lutero? Ele é um dissidente de vocês que não conseguem perdoá-lo, pior ainda, não aceitaram até hoje que ele estava certo.

          Quando eu dizia que tua igreja estava cheia de coisas negras, você dizia que era criação de quem não gostava dos católicos. O papa não gosta dos católicos, pois Bento e Francisco dizem agora com todas as letras o que eu falava, mas você dizia que era exagero.

          • Levi

            Minta ,negue e distorça, outra vez te pergunto cadê a evidencia documental: o edito, o decreto, o monumento de que Constantino fundou a IG Catolica….

            É que nem no caso do aborto, vc nega e nega e eu mostro os textos onde todo cristão combatia a pratica.

          • Como esperar que Católicos falem bem de Lutero se ele mesmo se dizia “Bebado”… se ele acusava Cristo de fornicador em suas “obras”????

            só protestantes conseguem falar bem de um ser assim.

          • Reinaldo,

            Pensar que um simples bêbado, Lutero, fez este estrago todo com a igreja católica, imagine se não fosse álcoolatra. Como é que um dissidente faz tanto estrago? Cadê os pilares desta igreja?

            Ora, se ele e seus seguidores fossem embriagados de vinho, sequer reforma faria, muito menos se perpetuaria por mais de 500 anos, e estando hoje com mais de 700 milhões de pessoas, em especial em países de pessoas com nível de estudos superior a católicos, islamitas, espíritas, budistas…

          • Pois é meu caro Levi… pra ver o tamanho da força do diabo sobre pessoas que não buscam conhecimento do que é Divino, do que realmente a palavra de Deus quer de nós…

            veja que um bebado, fornicador e herege conseguiu fazer com as pessoas… mas não foi sozinho.. a verdade é que depois de Lutero, cujo tem a verdadeira Igreja protestante, que é a Luterana, e que apesar de tudo, não chegam nem perto do que virou os protestantes dos protestantes… que são essas novas religiões que nascem todos os dias…

          • Como ja respondi acima não vou tornar a postar a mesma coisa aqui pois acho falta de educação com os leitores..

            mas faço aqui um complemento ao seu querido Pai Lutero…

            Cristo cometeu adultério pela primeira vez com a mulher do poço de que nos fala São João. Não se diz sobre ele: ‘Que fez, então, com ela’? Depois, com Maria Madalena, depois, com a mulher adúltera, que ele absolveu tão levianamente. Assim, Cristo, tão piedoso, também teve que fornicar, antes de morrer”.

      • Jesus Cristo mandou pregar as boas novas. Não mandou pregar a Bíblia. Jesus nunca andou com Bíblia debaixo do braço.

        Pelo contrário, disse Jesus em alto e bom som: “Julgais ter vida eterna porque conhecem as Escrituras, mas são elas mesmo que dão testemunho de mim.”

        O mesmo acontece hoje.

        Os decoradores de versículos fazem o mesmo que os fariseus no passado.

        2.000 anos atrás não conseguiram notar que o Messias já havia chegado.

        Hoje não conseguem perceber a sua Igreja.

        No passado os fariseus perseguiram Jesus.

        Hoje os “mestres” e “sábios”, “peritos” em Bíblia perseguem a Igreja de Jesus Cristo.

        Está escrito: “A letra mata, mas o espírito vivifica.”

        A letra matou o protestante.

  2. A Salvação é uma revelação através do Espírito Santo e não cabe a nós forçarmos para que o impio se converta, é somente necessário que preguemos a Palavra, e o convencer é do Espírito Santo.

  3. Reinaldo,
    Meu caro, Cristo não quis dar uma de intransigente, machão, excluidor, assim preferiu fazer o que sua mãe inoportunamente estava pedindo. Lembre-se que em outra passagem, os parentes de Cristo tentaram intervir, mas ele disse que ainda não era a hora. Meus caros, os parentes dele sabiam que era especial e ficaram ansiosos, talvez até querendo mostrar grandeza, em síntese um certo grau de soberba.

    Quanto a Mãe de Cristo ter sido advertida naquele momento, leia que eu disse que foi quando ela e os demais irmãos de Cristo pediram atenção especial. Quanto a importância do casamento, ninguém duvida, mas não é bebida e comida de importância vital, pois tais são da festa em si, não à instituição, afinal casamentos há que não se tem nem água em face da pobreza dos noivos e seus parentes, não esquecendo que o casamento como se dá hoje, ou seja, suas pompas, nada mais é que uma imitação barata da cerimônia dos príncipes, inclusive o vestido branco, o modelo, coisa que se repete com a roupa dos noivos e também com os padrinhos, pois se convidava os lordes, que de ricos e importantes davam presentes caros, tanto que se repete quanto a isso também. menos

    Meu caro, a mensagem de Cristo foi para todos os discípulos tomarem conta de sua mãe, não o fazendo a todos em face que somente um deles esteve na sua última hora.

    Leia direitinho que a passagem de Pedro, Cristo faz referência a ESTA pedra e não a ESSA pedra, veja que na linguagem formal há diferença abrupta, mas a mais, os demais discípulos ficariam a fazer o que, chupando o dedo? Aquela palavra é extensiva a todos, não esquecendo você que PAULO foi o que mais abriu igreja, tendo pastoreado, tendo sido mais líder que Pedro, pois ficou muito tempo fincado apenas em Israel, tanto é que Paulo a escrever chama a atenção que suas ovelhas estavam disputando preferência por pastor, mas sequer ele(paulo) fala em Pedro: uns dizem que são de Apolo, outros de Paulo, tendo chamado a atenção, vós sois de Cristo.

    Meu caro,quanto essa história de que a criou a bíblia, tal se constitui numa soberba extrema. O velho testamento foi obra dos judeus, tanto que Cristo ia lê-lo nas casas de oração, lembra de quando Ele leu a passagem de Isaías se referindo a si próprio e que foi expulso?

    A igreja católica, após a junção Constantitino tratou de juntar os livros, ou seja, o trabalho que uma gráfica faz, não por acaso, é que o Império Romano houvera destruído Jerusalém e com ela levado a alma do povo judeu, inclusive o escritos. Assim, de posse dos despojos de guerra, o imperio os repassou, mas vocês guardaram para si, não publicaram, tanto que a maioria dos padres sequer sabiam uma letra da bíblia, apenas repetiam com papagaios o que os outros falavam, ou seja, sem conteúdo, Não poderia falar muito desse povo judeu, pois o império, de que a igreja católica se juntou,aniquilou sua cultura, seu povo, sua nação, então o culto aos santos italianos, modo de fazer esquecer de vez o povo judeu. Em síntese, voces manusearam objeto de roubo, saque e destruição que estava com o sócio em comum, império e católicos.

    CADÊ O QUE ESCREVI? AQUI É UM SAMBA DE UMA NOTA SÓ? SOMENTE OS DISCRIMINADORES É QUE FALAM NESTE SITE?

  4. Reinaldo,

    Meu caro, Cristo não quis dar uma de intransigente, machão, excluidor, assim preferiu fazer o que sua mãe inoportunamente estava pedindo. Lembre-se que em outra passagem, os parentes de Cristo tentaram intervir, mas ele disse que ainda não era a hora. Meus caros, os parentes dele sabiam que era especial e ficaram ansiosos, talvez até querendo mostrar grandeza, em síntese um certo grau de soberba.

    Quanto a Mãe de Cristo ter sido advertida naquele momento, leia que eu disse que foi quando ela e os demais irmãos de Cristo pediram atenção especial. Quanto a importância do casamento, ninguém duvida, mas não é bebida e comida de importância vital, pois tais são da festa em si, não à instituição, afinal casamentos há que não se tem nem água em face da pobreza dos noivos e seus parentes, não esquecendo que o casamento como se dá hoje, ou seja, suas pompas, nada mais é que uma imitação barata da cerimônia dos príncipes, inclusive o vestido branco, o modelo, coisa que se repete com a roupa dos noivos e também com os padrinhos, pois se convidava os lordes, que de ricos e importantes davam presentes caros, tanto que se repete quanto a isso também. menos

    Meu caro, a mensagem de Cristo foi para todos os discípulos tomarem conta de sua mãe, não o fazendo a todos em face que somente um deles esteve na sua última hora.

    Leia direitinho que a passagem de Pedro, Cristo faz referência a ESTA pedra e não a ESSA pedra, veja que na linguagem formal há diferença abrupta, mas a mais, os demais discípulos ficariam a fazer o que, chupando o dedo? Aquela palavra é extensiva a todos, não esquecendo você que PAULO foi o que mais abriu igreja, tendo pastoreado, tendo sido mais líder que Pedro, pois ficou muito tempo fincado apenas em Israel, tanto é que Paulo a escrever chama a atenção que suas ovelhas estavam disputando preferência por pastor, mas sequer ele(paulo) fala em Pedro: uns dizem que são de Apolo, outros de Paulo, tendo chamado a atenção, vós sois de Cristo.

    Meu caro,quanto essa história de que a criou a bíblia, tal se constitui numa soberba extrema. O velho testamento foi obra dos judeus, tanto que Cristo ia lê-lo nas casas de oração, lembra de quando Ele leu a passagem de Isaías se referindo a si próprio e que foi expulso?

    A igreja católica, após a junção Constantitino tratou de juntar os livros, ou seja, o trabalho que uma gráfica faz, não por acaso, é que o Império Romano houvera destruído Jerusalém e com ela levado a alma do povo judeu, inclusive o escritos. Assim, de posse dos despojos de guerra, o imperio os repassou, mas vocês guardaram para si, não publicaram, tanto que a maioria dos padres sequer sabiam uma letra da bíblia, apenas repetiam com papagaios o que os outros falavam, ou seja, sem conteúdo, Não poderia falar muito desse povo judeu, pois o império, de que a igreja católica se juntou,aniquilou sua cultura, seu povo, sua nação, então o culto aos santos italianos, modo de fazer esquecer de vez o povo judeu. Em síntese, voces manusearam objeto de roubo, saque e destruição que estava com o sócio em comum, império e católicos.

    VOU DAR A ÚLTIMA OPORTUNIDADE AO SITE, POIS DISCRIMINADOR, POIS HIPÓCRITA, POIS MANIFESTADAMENTE PARCIAL, ENTÃO TEM QUE SER DENUNCIADO.

    CADÊ O QUE ESCREVI? AQUI É UM SAMBA DE UMA NOTA SÓ? SOMENTE OS DISCRIMINADORES É QUE FALAM NESTE SITE?

  5. Reinaldo,

    Meu caro, Cristo não quis dar uma de intransigente, machão, excluidor, assim preferiu fazer o que sua mãe inoportunamente estava pedindo. Lembre-se que em outra passagem, os parentes de Cristo tentaram intervir, mas ele disse que ainda não era a hora. Meus caros, os parentes dele sabiam que era especial e ficaram ansiosos, talvez até querendo mostrar grandeza, em síntese um certo grau de soberba.

    Quanto a Mãe de Cristo ter sido advertida naquele momento, leia que eu disse que foi quando ela e os demais irmãos de Cristo pediram atenção especial. Quanto a importância do casamento, ninguém duvida, mas não é bebida e comida de importância vital, pois tais são da festa em si, não à instituição, afinal casamentos há que não se tem nem água em face da pobreza dos noivos e seus parentes, não esquecendo que o casamento como se dá hoje, ou seja, suas pompas, nada mais é que uma imitação barata da cerimônia dos príncipes, inclusive o vestido branco, o modelo, coisa que se repete com a roupa dos noivos e também com os padrinhos, pois se convidava os lordes, que de ricos e importantes davam presentes caros, tanto que se repete quanto a isso também. menos

    Meu caro, a mensagem de Cristo foi para todos os discípulos tomarem conta de sua mãe, não o fazendo a todos em face que somente um deles esteve na sua última hora.

    Leia direitinho que a passagem de Pedro, Cristo faz referência a ESTA pedra e não a ESSA pedra, veja que na linguagem formal há diferença abrupta, mas a mais, os demais discípulos ficariam a fazer o que, chupando o dedo? Aquela palavra é extensiva a todos, não esquecendo você que PAULO foi o que mais abriu igreja, tendo pastoreado, tendo sido mais líder que Pedro, pois ficou muito tempo fincado apenas em Israel, tanto é que Paulo a escrever chama a atenção que suas ovelhas estavam disputando preferência por pastor, mas sequer ele(paulo) fala em Pedro: uns dizem que são de Apolo, outros de Paulo, tendo chamado a atenção, vós sois de Cristo.

    Meu caro,quanto essa história de que a criou a bíblia, tal se constitui numa soberba extrema. O velho testamento foi obra dos judeus, tanto que Cristo ia lê-lo nas casas de oração, lembra de quando Ele leu a passagem de Isaías se referindo a si próprio e que foi expulso?

    A igreja católica, após a junção Constantitino tratou de juntar os livros, ou seja, o trabalho que uma gráfica faz, não por acaso, é que o Império Romano houvera destruído Jerusalém e com ela levado a alma do povo judeu, inclusive o escritos. Assim, de posse dos despojos de guerra, o imperio os repassou, mas vocês guardaram para si, não publicaram, tanto que a maioria dos padres sequer sabiam uma letra da bíblia, apenas repetiam com papagaios o que os outros falavam, ou seja, sem conteúdo, Não poderia falar muito desse povo judeu, pois o império, de que a igreja católica se juntou,aniquilou sua cultura, seu povo, sua nação, então o culto aos santos italianos, modo de fazer esquecer de vez o povo judeu. Em síntese, voces manusearam objeto de roubo, saque e destruição que estava com o sócio em comum, império e católicos.

    VOU DAR A ÚLTIMA OPORTUNIDADE AO SITE, POIS DISCRIMINADOR, POIS HIPÓCRITA, POIS MANIFESTADAMENTE PARCIAL, ENTÃO TEM QUE SER DENUNCIADO.

    CADÊ O QUE ESCREVI? AQUI É UM SAMBA DE UMA NOTA SÓ? SOMENTE OS DISCRIMINADORES É QUE FALAM NESTE SITE?

    ESTOU ESPERANDO

  6. Reinaldo,

    Meu caro, Cristo não quis dar uma de intransigente, machão, excluidor, assim preferiu fazer o que sua mãe inoportunamente estava pedindo. Lembre-se que em outra passagem, os parentes de Cristo tentaram intervir, mas ele disse que ainda não era a hora. Meus caros, os parentes dele sabiam que era especial e ficaram ansiosos, talvez até querendo mostrar grandeza, em síntese um certo grau de soberba.

    Quanto a Mãe de Cristo ter sido advertida naquele momento, leia que eu disse que foi quando ela e os demais irmãos de Cristo pediram atenção especial. Quanto a importância do casamento, ninguém duvida, mas não é bebida e comida de importância vital, pois tais são da festa em si, não à instituição, afinal casamentos há que não se tem nem água em face da pobreza dos noivos e seus parentes, não esquecendo que o casamento como se dá hoje, ou seja, suas pompas, nada mais é que uma imitação barata da cerimônia dos príncipes, inclusive o vestido branco, o modelo, coisa que se repete com a roupa dos noivos e também com os padrinhos, pois se convidava os lordes, que de ricos e importantes davam presentes caros, tanto que se repete quanto a isso também. menos

    Meu caro, a mensagem de Cristo foi para todos os discípulos tomarem conta de sua mãe, não o fazendo a todos em face que somente um deles esteve na sua última hora.

    Leia direitinho que a passagem de Pedro, Cristo faz referência a ESTA pedra e não a ESSA pedra, veja que na linguagem formal há diferença abrupta, mas a mais, os demais discípulos ficariam a fazer o que, chupando o dedo? Aquela palavra é extensiva a todos, não esquecendo você que PAULO foi o que mais abriu igreja, tendo pastoreado, tendo sido mais líder que Pedro, pois ficou muito tempo fincado apenas em Israel, tanto é que Paulo a escrever chama a atenção que suas ovelhas estavam disputando preferência por pastor, mas sequer ele(paulo) fala em Pedro: uns dizem que são de Apolo, outros de Paulo, tendo chamado a atenção, vós sois de Cristo.

    Meu caro,quanto essa história de que a criou a bíblia, tal se constitui numa soberba extrema. O velho testamento foi obra dos judeus, tanto que Cristo ia lê-lo nas casas de oração, lembra de quando Ele leu a passagem de Isaías se referindo a si próprio e que foi expulso?

    A igreja católica, após a junção Constantitino tratou de juntar os livros, ou seja, o trabalho que uma gráfica faz, não por acaso, é que o Império Romano houvera destruído Jerusalém e com ela levado a alma do povo judeu, inclusive o escritos. Assim, de posse dos despojos de guerra, o imperio os repassou, mas vocês guardaram para si, não publicaram, tanto que a maioria dos padres sequer sabiam uma letra da bíblia, apenas repetiam com papagaios o que os outros falavam, ou seja, sem conteúdo, Não poderia falar muito desse povo judeu, pois o império, de que a igreja católica se juntou,aniquilou sua cultura, seu povo, sua nação, então o culto aos santos italianos, modo de fazer esquecer de vez o povo judeu. Em síntese, voces manusearam objeto de roubo, saque e destruição que estava com o sócio em comum, império e católicos.

    ESTOU ESPERANDO OS INTRANSIGENTES-PECADORES-DISCRIMINADORES-

  7. Reinaldo,

    Meu caro, Cristo não quis dar uma de intransigente, machão, excluidor, assim preferiu fazer o que sua mãe inoportunamente estava pedindo. Lembre-se que em outra passagem, os parentes de Cristo tentaram intervir, mas ele disse que ainda não era a hora. Meus caros, os parentes dele sabiam que era especial e ficaram ansiosos, talvez até querendo mostrar grandeza, em síntese um certo grau de soberba.

    Quanto a Mãe de Cristo ter sido advertida naquele momento, leia que eu disse que foi quando ela e os demais irmãos de Cristo pediram atenção especial. Quanto a importância do casamento, ninguém duvida, mas não é bebida e comida de importância vital, pois tais são da festa em si, não à instituição, afinal casamentos há que não se tem nem água em face da pobreza dos noivos e seus parentes, não esquecendo que o casamento como se dá hoje, ou seja, suas pompas, nada mais é que uma imitação barata da cerimônia dos príncipes, inclusive o vestido branco, o modelo, coisa que se repete com a roupa dos noivos e também com os padrinhos, pois se convidava os lordes, que de ricos e importantes davam presentes caros, tanto que se repete quanto a isso também. menos

    Meu caro, a mensagem de Cristo foi para todos os discípulos tomarem conta de sua mãe, não o fazendo a todos em face que somente um deles esteve na sua última hora.

    Leia direitinho que a passagem de Pedro, Cristo faz referência a ESTA pedra e não a ESSA pedra, veja que na linguagem formal há diferença abrupta, mas a mais, os demais discípulos ficariam a fazer o que, chupando o dedo? Aquela palavra é extensiva a todos, não esquecendo você que PAULO foi o que mais abriu igreja, tendo pastoreado, tendo sido mais líder que Pedro, pois ficou muito tempo fincado apenas em Israel, tanto é que Paulo a escrever chama a atenção que suas ovelhas estavam disputando preferência por pastor, mas sequer ele(paulo) fala em Pedro: uns dizem que são de Apolo, outros de Paulo, tendo chamado a atenção, vós sois de Cristo.

    Meu caro,quanto essa história de que a criou a bíblia, tal se constitui numa soberba extrema. O velho testamento foi obra dos judeus, tanto que Cristo ia lê-lo nas casas de oração, lembra de quando Ele leu a passagem de Isaías se referindo a si próprio e que foi expulso?

    A igreja católica, após a junção Constantitino tratou de juntar os livros, ou seja, o trabalho que uma gráfica faz, não por acaso, é que o Império Romano houvera destruído Jerusalém e com ela levado a alma do povo judeu, inclusive o escritos. Assim, de posse dos despojos de guerra, o imperio os repassou, mas vocês guardaram para si, não publicaram, tanto que a maioria dos padres sequer sabiam uma letra da bíblia, apenas repetiam com papagaios o que os outros falavam, ou seja, sem conteúdo, Não poderia falar muito desse povo judeu, pois o império, de que a igreja católica se juntou,aniquilou sua cultura, seu povo, sua nação, então o culto aos santos italianos, modo de fazer esquecer de vez o povo judeu. Em síntese, voces manusearam objeto de roubo, saque e destruição que estava com o sócio em comum, império e católicos.

    TÃO COM MEDO DE QUE?

  8. Leandro.

    Católicos vieram de Constantino, o que matou os filhos e a mãe deles, ou seja, uma má árvore, mas daí dizer que o tudo que o catolicismo fez foi igual ao sr. que criou o catolicismo, aí é pura ma fé.

    Outra coisa, como esperar que vocês falem bem de Lutero? Ele é um dissidente de vocês que não conseguem perdoá-lo, pior ainda, não aceitaram até hoje que ele estava certo.

    Quando eu dizia que tua igreja estava cheia de coisas negras, você dizia que era criação de quem não gostava dos católicos. O papa não gosta dos católicos, pois Bento e Francisco dizem agora com todas as letras o que eu falava, mas você dizia que era exagero.

    • AH COITADO CADA DIA MAIS DELIRANTE. E O QUE É PIOR TAMBÉM HIPÓCRITA POIS SE HÁ UMA MERA NOTICIA DE acusação contra personalidade católica o Levi já pede cadeia e exige pedido de retração da adm da ICAR.
      Mas se o acusado é de igreja evangélica. Ai ele exige calma, moderação, que ninguém julge antes da hora. Que a policia e a mídia estão armando, que a justiça ficou injusta…..e etc.

      BENTO E FRANCISCO ODEIAM OS CATOLICOS , rsrs rsrsrs, mas é mesmo um demente este meu contrargumentador. Por que ser membro de um clero e de uma igreja que vc odeia….

      Só mesmo um louco pra falar tanta asneira e ainda exigir respostas claras e inteligíveis dos outros.

      Leia as declarações de Francisco e Bento na integra senhor LEVIano. Na ultima entrevista. Ele falou que temos santos e pecadores na cúria romana. O que alias nunca soou como novidade. Desde criança que ouço:
      “A Igreja é santa e pecadora”.

      A santidade vem de ser dom de Cristo e mantida pelo Esp Santo. É a coluna e firmamento da verdade como bem ensinou o ap Paulo.

      É pecadora porque todo homem JÁ NASCE ENVOLTO NO PECADO DE NOSSOS PAIS DO ÉDEN( SE BEM QUE GENTE COMO O LEVI NÃO NASCE EM PECADO, SÃO DE OUTRA LINHAGEM).
      Ademais até bons homens cometem erros e venalidades no decurso de sua vida. Cadê a novidade….

      Temos tal reflexão em todas as igrejas evangélicas…..

      Sim em algumas temos, mas em todas….

      Negativo, naquelas que mais crescem como a IMPD e a IURD me mostrem a reflexão e arrependimento de um Macedo ao exibir novelas e programas pornográficos…. Um canal católico como a Rede Vida mostra isto Levi e Wagner. Porque os sinceros cristãos evangélicos se mostram tão menos zelosos que o “paganismo católico”.
      Será que o papa está assim tão melhor que a Biblia….

      Beijos e namoros homoafetivos…

      Isto é moral cristã Levi….

      repito ao Wagner e aos demais :
      Vc chama quem pratica tais coisas, mesmo sabendo estes que estão errados de seus irmãos em Cristo…..

      Vc admite que Cristo teve filhos como fala o Levi, senhor Wagner….

      Se admite me mostre vc como a Biblia não falou disto….
      Ou as bodas de caná foram mensagem velada como nos diz o “sábio Levi”( há há há).

      E se Cristo teve descendentes que eram eles…

      Homens, semideuses(seriam Hercules e thor ou seriam os merovíngios do Reino Franco).

      Onde estão as provas da passagem de Pedro pela Babilônia da Mesopotâmia…
      Onde e porque vc insiste que Cosntantino criou a Ig Catolica se este nome e suas crenças já eram ensinados séculos antes de Constantino….

      Se é verdade que um dirigente pecador invalida toda a Igreja então porque continuam aceitando os dogmas de fé propostos por blasfemadores tais como Lutero e Calvino.

      Se mortes na inquisição detonam a moral de uma igreja então porque luteranos, calvinistas, batistas e presbiterianos não se dissolvem no momento em que hipocritamente acusam a IG católica dos mesmos crimes…

      • Nunca pedi condenação de igreja católica pela pedofilia, sim que ela fica com mais,mais, mais e não se posiciona, diferente dos evangélicos que quando tomam conhecimento, logo expulsam e entregam as autoridades, pois crime hediondo.

        Quando falei para igreja se posicionar, é que pipocavam na imprensa e na justiça inúmeros casos, todavia a igreja se mantinha inerte, não procurava investigar, sendo que somente as coisas vieram à tona em face das famílias terem buscado o judiciário.

        Basta olhar todas as vezes em que aqui me pronunciei, aliás se assim tivesse feito, ou seja, pedido execução sem apuração, você me engoliria vivo. Prove em qual fala minha eu fui intransigente. Fui intransigente com a inércia católica, em especial por se tratar de criancinhas.

        Quanto aos roubos, sempre falei do banco do vaticano em vista de que desse roubo, o papa joão paulo I foi morto, e o seu sucessor, baleado, e o sucessor deste, renunciou, e o atual mandou apurar e disse que tem rapinagens.

        • Levi

          Mas de sal falácia leviana.

          O tratamento diferenciado que vc dá em casos envolvendo padres e pastores é notório. Até outros evangélicos aqui já notaram.

          Sobre João Paulo I assassinado, leviandade sua. Isto é suposição e ninguém mostrou prova em contrário. Já te mostrei o livro onde se comprova que ele era cardiopata e teve ataque cardíaco ainda no conclave.

          sobre o tiro em João Paulo II, ainda ninguém mostrou qualquer prova de que tenha sido mais que um ato de loucura do desequilibrado mulçumano turco Ali Agca. O máximo que temos são algumas evidencias inconclusivas de atuação da antiga URSS.

          Engolir vc vivo…..rsrsrs. Eu não sou canibal e se fosse creio que sua carne daria indigestão ou até a morte do consumidor.

          • Ora, se a tentativa de morte a João Paulo II foi algo isolado, coisa de pessoa mentalmente perturbada ou de um um sistema(comunista) pra intimidá-lo então o que motivou ele(joão paulo II) dizer que a terceira visão de Fátima dizia respeito ao atentando que ele sofreu?

            Foi coisa dos próprios da igreja, pois quando a morte é advinda dos ímpios, esta é esperada, diferente da que ocorre por prática dos da própria igreja como foi com Judas que roubou e vendeu seu Mestre.

            Tanto é verdade, que papa bento correu, tanto é verdade que o atual modificou o Código Canônico.

            Só uma pergunta, se os dois papas acusam os da própria igreja, então é de se perguntar a você: és tu um dos que praticaram o surrupio à igreja para querer tanto negar o óbvio, o confessado?
            É de se ter desconfiança de você, pois qualquer seguimento tem erros, mas você fica nesse hemhem de santidade.

            Lutero queria pôr a igreja no rumo, gente como você ficou com essa postura, aí viu no que deu. Quer você que separe mais ainda o que já está separado?

            Essa história de que as portas do inferno não prevalecem, cuidado, está acontecendo sem que vocês percebam, só que Deus não deixa seus filhos órfãos e aí cria outros ramos, e se brincar morre por inanição em face da soberba, da pétulância.

          • Levi

            Tuas palavras cada vez mais carecem de razão. O proprio Cristo previu a traição de Judas e falou isto aos apostolos. O fato da 3º profecia dizer respeito ao atentado em nada muda a autoria. E como disse vc carece de fontes e provas .

            Muitos falam a titulo de lenda urbana que Tancredo Neves levou um tiro. Mas cadê as provas???
            O senhor quer passar devaneios e boatos como verdade eterna gravada em pedras da lei.
            Um tipo que já afirmou que D Odilio de SP seria o novo papa.

            A mudança do Codigo Canônico diz respeito ao endurecimento de penalidades a condenados por pedofilia. E não por tentativa de assassinato. Já sob João Paulo II houve uma mudanla moderada onde a pena aumentou um pouco. E esta de agora já tinha sido encaminhada a revisão e aperfeiçoamento ainda sob Bento XVI.

            Me mostre a fala onde estes dois papas estão acusando formalmente seus bispos e cardeais de tramar sua morte???

            O que me encontrei foi a afirmativa de Bento XVI e de Francisco que temos alguns ambiciosos e carreiristas na Igreja.
            Mas se este é mal exclusivamente catolico então não teriamos tantos acusados de enriquecimento ilicito entre os pastores evangélicos.

          • Leandro,

            Caramba, quer dizer que cristo previu a traição de Judas? E a traição da cúpula católica ao vaticano também não? Quer dizer que Fátima não previu nada da traição? Ora, tanto previu que até hoje vocês não falam, pois se tremem de medo da rede criminosa infiltrada, tendo um deles sido pego com dinheiro vindo de logo de onde?

            Só espero que Leandro não impeça de publicar, pois tem sido assim. Mas tudo sendo registrado pra depois ir buscar direitos, inclusive a velada discriminação.

            Suíça, o país que rouba há muito tempo com um sistema bancário que recebe depósitos injustificados, melhor dizendo da corrupção de políticos, traficantes, despojos de guerra. Há!!!, que vocês usam esse povo para cuidar da segurança do Vaticano, é muita coincidência mesmo, como seja, TUDO DOMINADO, TUDO CERCADO, POR ISSO OS ÚLTIMOS PAPAS NÃO PODEM NEM PIAR, A MORTE SERÁ CERTA.

            Quanto a Odílio, leia Nostradammus que sempre deu indícios, nunca certeza, cabendo a quem lê especular, e do que ele falou acertou, tanto que o atual papa disse que vinha do fim do mundo, e que esse fim do mundo é vizinho ao Brasil, e que a língua espanhola é a maia parecida com a portuguesa, que vinha de príncipes, ou seja, a família do atual é derivada da itália e que de tanto papa italiano é possível que todo italiano tenha um ascendente papa.

            Tancredo levado um tiro? Primeira vez que ouço falar tal asneira, sim que os médicos dele tenham, de propósito e a mando da ditadura, deixado ter os zelos médicos para gerar as consequências mortais.

            Ele vem acusando os da igreja, nunca os protestantes pois não acessam aos segredos do vaticano, tanto que há uma equipe de seis ou sete cardeais fazendo uma geral, e segundo o papa já com coisas mais que palpáveis em termos de crimes, sendo que em três anos, quando identificarem, serão mortos os dois, apocalipse 11.

            Não, nunca, os pastores nunca serão ricos e nem tantos, pois as igrejas evangélicas são pobrezinhas, rica é a igreja católica, aliás estranho, pois seus fieis são pobres, mas igreja a instituição do mundo mais rica. Já imaginou a vergonha de Cristo lá nos céus? O reino de Deus pregado por ele em prol das pessoas só beneficiou a igreja, o povo, passando fome. Até padre não nomeiam e ficam com essa história de que não há interessados. Padre é custo, e custo empobrece a igreja. A igreja rica de Cristo, mas de povo pobre.

            Espero que leandro não censure esse texto, pois tá ficando caso de polícia.

  9. A mais ‘vulgar’ das igrejas cristã evangélicas, crentes, protestantes (como queiram), erram… Mas erram dentro dos ensinos bíblicos!
    Quanto a católica romana, acertam em tudo (como diz os seus seguidores), porém as suas doutrinas estão baseadas em ritos, costumes e nas tradições de povos pagão conquistados pelo exército militar de Roma. Podemos conferir nas vestimentas dos padres, bispos, cardeais e papas! Também nos acessórios e relíquias empregada nos ofícios das missas…
    Contudo, há esperanças, assisti pela mídia televisiva uma missa católica-carismática onde em todo tempo plagiou muitas das evangélicas neo-pentecostal, em número, gênero e alegorias; para a minha surpresa, Maria não foi exaltada em nem um momento; por isso eu digo que aiinda há esperança…

    • Wagner
      pegou a doença do Levi…

      Há pouco tempo atrás te dei uma lista de verdades de fé que temos em comum católicos e evangélicos. Se tudo é baseado em tradição sem Biblia de nossa parte. Só posso supor que vcs estão cometendo hipocrisia ao partilhar estas crenças conosco. E como falamos isto antes de qualquer igreja, não venha nos acusar de plágio.

      E Jesus sempre FOI E SEMPRE SERÁ O CENTRO DE NOSSA LITURGIA E DEVOÇÃO. Um mero olhar no folheto de missa e isto fica muito claro.

      • Pedro, que era da igreja primitiva, unindo-se ao império romano, constantino, é brincadeira. A igreja primitiva não é a católica, sim a cristã ainda sem nenhuma mácula e nem nome.

        Outra coisa, as práticas e ritos cristãos são uma imitação do judaísmo, então é bom parar com essa soberba, caro Leandro, Deus despreza esse comportamento.

        • Levi

          Das coisas que Deus despreza vc é um especialista, e praticante costumaz. Coisas como falar de modo leviano, dar falso testemunho, defender o aborto e etc..

          Sobre Ig Primitiva toda vez que transcrevo aqui ensinos dos mártires e primeiros epíscopos cristãos e que são mantidos na IG Catolica, vc diz que tudo está ultrapassado e que nada do eles disseram tem valor.

  10. A QUESTÃO CATÓLICO-PROTESTANTE SOBRE SER PEDRO A PEDRA DE MATEUS 16:18 DISPENSA DEBATES. O PRÓPRIO APÓSTOLO SÃO PEDRO RESPONDE NA BÍBLIA CATÓLICA: ” FICAI, POIS, SABENDO TODOS VÓS E TODO O POVO DE ISRAEL: SE ESTE HOMEM ESTÁ CURADO DIANTE DE VÓS, É POR MEIO DO NOME DE JESUS CRISTO, O NAZARENO, QUE VÓS CRUCIFICASTES E QUE DEUS RESSUSCITOU DOS MORTOS. ESTE É A PEDRA QUE VÓS, OS CONSTRUTORES, DESPREZASTES E QUE SE TORNOU A PEDRA ANGULAR. EM NENHUM OUTRO HÁ SALVAÇÃO, POIS NÃO EXISTE DEBAIXO DO CÉU, OUTRO NOME DADO À HUMANIDADE PELO QUAL DEVAMOS SER SALVOS ” ( ATOS 4:10-12 BÍBLIA CATÓLICA DE ESTUDO CNBB ). OU ENTÃO LEIAM A PRIMEIRA EPÍSTOLA DO APÓSTOLO PEDRO EM I PD. 2:1-10. É TUDO UMA QUESTÃO DE LEITURA,O QUE DISPENSA DEBATE. ( O PROBLEMA DO POVO É A PREGUIÇA ).

  11. SILAS MALACHEIA SÓ AJUDA A DESUNIR AS PESSOAS, POIS ELE NÃO TEM MORAL PARA DIZER ISSO. JESUS DISSE: ” NÃO JULGUEIS PARA QUE NÃO SEJAIS JULGADOS ” ( MT 7:1 ). PALAVRAS ESSAS DIRIGIDAS AOS HIPOCRITAS ( V.5). QUEM NÃO É HIPOCRITA JULGA SIM PORÉM CONFORME OS ENSINAMENTOS DE CRISTO ( JO 4:24 ).

    • Teologia católica.

      Silas é pedófilo.

      Silas não tem conhecimento da bíblia,

      Silas não prega a palavra de Deus, sim a tradição,

      Silas vende perdão;

      Silas é arrodeado de imagens;

      Silas recebe dinheiro do estado quando da reforma dos templos da igreja dele;

      Silas é a favor do aborto como a católica foi até 1870 e agora nem fala nisso;

      Silas vende crucifixos, imagens;

      Silas tem igrejas cheias de ouro;

      Silas é casado quando a Cristo proibiu os líderes religiosos se casarem;

      Silas recebe percentual das festas mundanas quando próximas das igrejas dele;

      Silas bebe e fuma;

      Silas fica dentro do castelinho dele sem sair para pregar como recriminado pelo papa;

      Silas é católico.

    • Teologia católica

      como o senhor pode ver , o Levi repete uma serie de coisas indevidas em seu ódio a IG Catolica. Sobre aborto veja o texto publicado aqui mesmo. Reflete toda a posição cristã a respeito do aborto desde o sec I DC. Vale pra católicos e evangélicos.

      Sobre pedofilia também já respondi isto ao caluniador Levi. Ele quer tomar todos os padres e fieis católicos por cerca de 5% do clero. Que eel seja julgado assim no além vida.

      • Odío pela seita catolica??? desde quando…
        eu nunca precisei entra em um site desta seita pagã para critica-la…

        e vcs estão aqui pq?? pq gostam ou são simpatisante da fé cristã evangélica??? rsrs

        vc são uma comédia…mordem a testa…kkkk

        • Noticias Gospel = nome deste site…

          Gospel = evangelho – que vem da palavra americana “God Speel”

          God Speel = palavra de Deus = evangelho

          NÃO É SITE PROTESTANTE… É SITE EVANGÉLICO… PORTANTO, QUALQUER RELIGIÃO QUE PREGUE O EVANGELHO PODE COMENTAR NO SITE, INCLUSIVE QUEM NÃO TEM RELIGIÃO, JÁ QUE O SITE NÃO FAZ RESTRIÇÃO DE PESSOAS, DO CONTRÁRIO TERIA UMA SENHA PARA ACESSO.

          • Esse site é evangélico isso, mesmo pq a maioria dos seus usuários são evangélicos!

            vc é tão desligado que evangélico é protestante, e não tem nada a ver com a seita idolatra catolica.

            Agora esse site e livre não tem restrição para nenhuma religião e nenhuma seita igual a sua.

            Mais se vc perceber que o site de qualquer seita catolica tb não tem restrição para nenhum usuário, mais nem por vou eu para lá critica-los…

            fica a dica….rs

          • Não, este site é católico travestido de protestante, tanto que vive censurando o que escrevo.

            Aliás, o padre que está preso em Roma é uma espécie de contador, todavia até agora não saiu nada sobre essa figura, nem contra e nem a favor, ou seja, o site é católico.

          • EVANGÉLICO NUNCA FOI E NUNCA SERÁ DENOMINAÇÃO EXCLUSIVA DE PROTESTANTE MEU CARO…

            Evangélico é todo aquele que professa o evangelho… simples…

            o site pode até ser dirigido por “protestantes” mas pelo fato de ter o nome de Gospel, deixa livre para qualquer religião que professe o evangelho…

            os sites católicos são CAtólicos…kkkk afinal, a Igreja Católica é uma só e evangélica e crente… vc queira ou não… kkkk

            pode até dar piti… mas não vai mudar este fato kkkk

  12. É VERDADE. NESSES DIAS DIFÍCEIS É PRECISO LER A BIBLIA E NÃO APENAS OUVIR PESSOAS PREGANDO. É PRECISO SER BEREANO. OU SEJA, CONFIRMANDO A PALAVRA DO PREGADOR A LUZ DA PALAVRA DE DEUS, COMO FAZIAM OS BEREANOS. (ATOS 17:11 ). QUEM SO OUVE, CORRE O RISCO DE INGERIR ALIMENTO DE PÉSSIMA QUALIDADE. QUEM LÊ A PALAVRA DE DEUS, DE FORMA RESPONSÁVEL E SISTEMÁTICA, ALÉM DE COMER ALIMENTO DE ÓTIMA QUALDADE , COME DIRETO NA MESA DO SEU SENHOR.

    • Verdade amigo, por isso que falo pra todos lerem a Bíblia e segui-la, e sair das tradições que não constam na Bíblia! Fora da Bíblia é tudo errado!

      “Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.” (João 17 : 17)

  13. Reinaldo,

    Pensar que um simples bêbado, Lutero, fez este estrago todo com a igreja católica.

    Imagine se não fosse álcoolatra.

    Como é que um dissidente fez tanto estrago deste jeito? Cadê os pilares dessa igreja?

    Ora, se ele e seus seguidores vivessem do vinho, sequer a Reforma faria, muito menos se perpetuaria por mais de 500 anos, estando hoje com mais de 700 milhões de pessoas, em especial em países de pessoas com formação acadêmica superior a dos católicos, islamitas, espíritas, budistas…

    • Então meu caro.. pra vc ver que o diabo realmente tem poder sobre os infiéis… olha o estrago que faz na vida das pessoas que não buscam conhecimento e acreditam nas seitas que vieram do Lutero… o estrago não foi na Igreja Católica, afinal, ela está viva e forte, prova disso foi a visita do Papa com os milhares de fiéis que estiveram no Rio de Janeiro.

      sobre Maria Aparecida eu achei ate comico.. Maria é a Maria da biblia, que está onde eu já havia lhe mencionado… Aparecida é somente uma extensão do nome dela dada pelas questões culturais brasileiras meu caro… isso vc nem precisa estudar, já que é brasileiro e conhece bem as tradições e a cultura do nosso país.. Aparecida porque ela apareceu pra um ou pra outro, apareceu uma imagem sua em um riacho etc… sabe bem que não tem Maria Aparecida na biblia, pois na biblia, ela está como Maria, sem o apelido ganho no Brasil. Sejamos mais inteligentes e menos hipócritas meu amigo.

      Agora se vc não acredita nas heresias de Lutero, faça vc mesmo uma pesquisa sobre a vida e os livros que ele escreveu.

      • Reinaldo,

        Quem tem interesse em Lutero são os fundamentalistas católicos para desqualificar a pessoa que desqualificou a tua igreja, pois ninguém melhor conhecedor dela que ele, afinal fecundado dentro do catolicismo.

        Vá a busca, uma a uma das evangélicas, e verá que talvez a única que faça considerações a Lutero, seja a que carrega o nome dele, a Luterana.

        As demais é como se não existisse, pois quem gosta de falar em homem terrestre são vocês com Pedro, seus santos e seus papas, isso é com vocês; os evangélicos, apenas com o cabeça da igreja, a pedra fundamental da igreja, o centro da igreja, CRISTO JESUS.

        Se fossem os evangélicos cultuar a Lutero, em verdade teria que fazê-lo em prol dos líderes do Cátaros, grupo contrário aos desmandos católicos duzentos anos anos antes de Lutero, movimento que gerou a pior das figuras católicas, todavia vocês o converteram num santo, o depredador de gente reformista, católica, padres, o talzinho SÃO DOMINIQUE, que na frente deste, tudo que vocês atribuem ao dissidente Lutero, é um anjo, um bebê. Procura lê pra saber o perfil do cara; aproveite e leia do bom papa que mandou invadir e matar todos de uma cidade, aí indagado se não seria melhor tirar primeiros os católicos não dissidentes, o tal papa apontou que Deus separaria a alma dos católicos. Isso foi um papa, meu caro, que mandou matar todos, independente de reacionários ou católicos. CRISTO FARIA ISSO, COMO SEJA, TERIA USADO A ESPADA PARA MATAR OS QUE DIVERGISSE DELE?

        Por favor, deixe de hipocrisia.

        • levi

          Por certo nenhuma igreja deveria usar de violência contra outros. Mas no caso dos cátaros vc esta enganado sobre S Domingos ou Dominique. Durante anos ele pregou aos cátaros e reconverteu muitos ao catolicismo pacificamente. Posteriormente membros da ordem que ele fundou de fato foram inquisidores.

          Agora não te esqueças que os cátaros defendiam o suicídio, inclusive suicídios coletivos. E que Javé no AT era uma divindade má e mundana. Na concepção deles Jesus era um Deus de pura luz oposto a Javé. Gente como Davi e Moises eram servos do Mal portanto.

          E já mostramos como muitas igrejas como a luterana e Presbiteriana tiveram suas inquisições.

          Sobre violência até hoje isto ocorre. Esta marcha pela tolerância religiosa que se faz no RJ é motivada porque cerca de 3 anos atrás um grupo de traficantes do morro do Dênde expulsou todos os pais de santos e terreiros a pedido do pastor local.
          Em troca o “pastor” fazia a benção das armas dos traficantes e cultos de intercessão pelo sucesso dos mesmos traficantes.

          É Luterano todo que fala que é a salvação é SOMENTE PELA FÉ, quem usa canon de 66 livros, quem nega que o matrimonio seja um sacramento indissolúvel e etc…

          • Leandro,

            Ele não pregou pelo fato dos cátaros carecerem de conhecimento, pois possuíam mais até que você em pleno século XXI, Dominique foi lá para fazer o trabalho sujo da igreja, sendo primeiro identificar quem era contra a corrupção da igreja com base na bíblia, depois passou a pregar usando a mesma tática dos cátaros, pois homens sábios, com cultura bíblica e inspirados em seus discursos e de considerada eloquência concedida por Deus.

            Dominique viu que não ia debelá-los com a palavra, apesar de eloquente também só que a causa que defendia a honestidade da igreja, impossível, eis que partiu para a ignorância, mas antes usava uma birita, afinal parava antes das reuniões e da pensão que residia e enchia a cara, inclusive depois de chegar em casa, sozinho no quarto.

            Se os cátaros defendiam o suicídio, coisa que errada, mas em verdade a vida de certa forma é deles, se bem que não acredito nessa historinha tua, mas o pior de tudo é o Papa que mandou matar a todos, deixando Deus escolher as almas católicas depois de assassinadas pelo exército criado pelo vaticano para matar e destruir matutos do sul da França.

            Quanto a essa historinha de achar isso ou aquilo outro, além de invencionisse catálica pra amenizar a culpa de vocês, importa indagar, o ser humano não pode pensar de modo x ou y? Por favor, se você não tiver cuidado, em breve a igreja vai pegar você, por duas razões: por pensar e por falar, isso basta para morrer;

            Que as igrejas luteranas e presbiterianas tiveram suas inquisições, é mais que provável que sim, pois recém egressos da igreja que tinha isso por prática, em síntese, ainda não convertidos ainda, ainda com os costumes antigos católicos, mais a mais muitas das coisas, foi em REAÇÃO ao brutalismo católico, inclusive bem demonstrado com as cruzadas, onde até crianças colocaram para fazer guerras aos da Palestina, homem peça perdão a Deus pela a tua igreja, deixe de soberba.

            Quanto a expulsar os santos de terreiros, é que muitos evangélicos, caso a coisa tenha sido do jeito que você diz, ainda estão com a mente na católica de onde vieram, pois foi ela quem ensinou tais práticas ao tomar o patrimônio dos ricos alegando serem bruxos e bruxas.
            Em troca o “pastor” fazia a benção das armas dos traficantes e cultos de intercessão pelo sucesso dos mesmos traficantes.

            Quanto a salvação somente pela fá, finja que é de uma igreja e fique cometendo os pecados de antes e alegue que somente a fé basta, será expulso em ato contínuo.

            Os sete livros que igreja católica acresceu no velho testamento, que é da religião judaica, foi uma intromissão indevida, uma forma de dizer que ela é superior ate mesmo ao judaísmo que antecede ao cristianismo. Meu caro, isso é política de governo e de estado imperialistas, desaculturar o povo, União Soviética dizia aos seus cidadãos que tudo foi invento dela, modo de demonstrar grandeza, superioridade. Espero agora que você se converta ao Cristo que não quis ser grande nesta terra, sim o mais simples. Igreja dele rica e dominando politicamente os povos?

          • levi

            Sempre com acusações absurdas e indevidas. De onde vc tirou estas info sobre S Domingos? Cite a fonte, o livro e o autor.
            Falar de sabedoria dos cataros, meu Deus, então foi sabio chamar Javé de demônio Levi???

            Vc crê mesmo que os servos de Javé no AT eram servos do maligno? Se crê que Deus se apiede de tua alma condenada.

            Vc esta caluniando o mesmo. Falar que a Inquisição protestante foi mera resposta a brutalidade catolica. Tai coisa que não se sustenta.
            Veja no caso das Bruxas de Salém. Nos EUA um grupo de moças evangelicas se envolve num tolo ritual de dança “Atrai marido” dirigido por uma escrava negra.

            Tal evento ocorreu num local onde nem havia catolicos por perto. Em povoado de origem protestante e com familias que já estavam na terceira geração evangelica. O que tivemos nos catolicos com isto???

            A maldade e o erro não são coisas estranhas a quem se considera melhor que os catolicos.

            Coisa parecida aqui na Ilha do Governador, me mostre se tem algum padre que já tenha solicitado este favor sem vergonha de algum traficante carioca. Apure nos jornais, e tais pastores que pediram tal delito usam as tuas falas pra falar mal de catolicos e de quem pensa diferente deles.

            O senhor reclama do preconceito contra algum evangelico. Mas do teu preconceito ninguem pode falar não é Levi?

          • Levi [

            Então os cataros estavam cheios de sabedoria ao falar que Javé no AT era maligno????

            Moises e Davi serviram ao Senhor do Mal, portanto?

            Se toda a maldade da inquisição protestante saiu dos catolicos então porque 100 anos depois, apos 3 ou 4 gerações seguidas continuavamos tendo inquisidores protestantes que condenavam pessoas nascidas de familias evangelicas?
            Veja o caso das bruxas de Salem. Nem tinhamos catolicos nas proximidades.
            No caso da Ilha do Governador foram pastores que como vc se acham muito superiores aos que não são evangelicos.

            Sobre o que falou de S Domingos, pura novidade, pode me dar a referencia bibliográfica. De que autor tirou tais inofrmações .

            E sobre os deuterocanonicos nada melhor que a analise de um ex evangelico o senhor Alessandro Lima
            Muitos protestantes através de livros, folhetos e sítios na Internet, procuram defender sua posição contra os livros deuterocanônicos do AT, afirmando que estes livros contêm heresias. Segundo eles, (que eles chamam de apócrifos) não são livros canônicos porque ensinam as seguintes heresias:

            1. perdão do pecado mediante esmolas: Dizem que Tobias 12,9; 4,10; Eclesiástico 3,33 e 2 Macabeus 43-47 ensinam que as esmolas apagam os pecados, negando então a redenção do sacrifício de Cristo e por isso não podem ser considerados canônicos. Primeiro estas referências são do AT, portanto não podem ter qualquer relação com o sacrifício de Cristo. Segundo, elas estão em plena conformidade com o AT, que ensina que o bem feito ao próximo será considerado em nosso julgamento. Este é o princípio das esmolas. E esta mesma doutrina se encontra em Prov 10, 12, por exemplo. Será que o Livro dos Provérbios não é canônico também? Em terceiro lugar, esta mesma doutrina é confirmada no NT, basta verificar Mc 9,41; Lc 11,41. Jesus confirma até mesmo o valor da esmola juntamente com outras formas de piedade (cf. Mt 6,2-18), veja também 1 Pd 4,8; At 10,3-4; 10,31.

            2. a vingança e a prática do ódio contra os inimigos: Dizem que isto está em Eclo 12,6 e Judite 9,4 e contradiz ferozmente Mt 5,44-48. Mais uma vez Eclo diz respeito ao AT, onde valia a lei do retalião. Se o Livro do Eclesiástico não é canônico por esta razão, também não são Êxodo, Deuteronômio e Levítico, veja Ex 21,24; Lv 24,20; Dt 19,19-21.

            3. prática do suicídio: Dizem que o ensino sobre a prática do suicido está em 2 Macabeus 14,41-42. Entretanto em Jz 16,28.30 Sansão se suicida e sua morte é tida como grandiosa pelo autor do Livro de Juízes. A Bíblia possui diversos casos de suicídio – principalmente entre guerreiros -basta ver: Jz 9,54; 16,28-29; 1Sm 31,4-5; 2Sm 17,23; 1Rs 16,18.

            4. ensino de artes mágicas: Dizem que Tobias 6,8-9 favorece a prática de artes mágicas. Ora, em Tobias 8,3 vemos que não é Tobias quem expulsa o demônio, mas sim o Anjo Rafael. O interesse era ocultar a ação do Anjo para Tobias. Em Jo 9,6 vemos que Jesus reconstituiu os olhos de um cego com saliva e logo em Tg 5,14 há instruções para usar óleo na cura de enfermos; será que por isso estes livros também deixaram de ser canônicos?

            5. prática da mentira: Dizem que Judite 11,13-17 e Tob 5,15-19 favorecem a prática de mentiras. Abrão disse ao rei Abimelec que Sara era sua irmã, e na verdade era sua esposa (Gn 20,2). Jacó, auxiliado pela mãe, mente ao pai cego, dizendo que era o filho mais velho e no entanto era o mais novo (cf. Gn 27,19), além de também enganar o sogro (cf. Gn 31,20). Será que o livro de Gênesis também não é canônico?

            6. erros históricos e cronológicos: Dizem ainda que os livros de Baruc e Judite são cheios de contradições em relação aos protocanônicos do AT. Devemos nos lembrar que a Sagrada Escritura não é um livro histórico ou geográfico, nela Deus através das limitações humanas comunicou seus desígnios. Veja que II Reis 8,26 se contradiz com II Cro 22,2; II Reis 23,8 também se contradiz com I Cro 11,11. Isto também faz deles livros não canônicos?

            Há citações dos deuterocanônicos do AT no NT?

            Um grande motivo de disputa entre católicos e protestantes em relação ao Cânon Bíblico diz respeito a um conjunto de sete livros disponíveis na Septuaginta, além de acréscimos nos Livros de Daniel e Ester; e que se encontram no AT católico e ortodoxo e não no protestante. Estes livros são considerados apócrifos pelas confissões protestantes e deuterocanônicos pelas confissões católica e ortodoxa. São eles: Judite, Baruc, Sabedoria de Sirac, Eclesiástico, 1o. Macabeus, 2o. Macabeus e Tobias.

            As confissões protestantes acreditam que este conjunto de livros apresenta erros doutrinários e até mesmo heresias; por isso seriam contrários à Fé Cristã. Porém, o fato do NT possuir tantas referências à versão da Septuaginta, que continha esses livros, pode ser um indício de que nem os judeus de Alexandria, nem os da Palestina, nem Jesus e nem os Apóstolos, tiveram qualquer restrição a esses livros, ou então por que usariam uma versão bíblica que continham livros heréticos?

            Há ainda objeções que afirmam que nem Jesus e os Apóstolos citaram os deuterocanônicos. Ora, se este fosse um critério verdadeiro para determinar a conformidade de um livro com a Fé Cristã, estariam em não conformidade pelo menos os livros Juizes, Crônicas, Ester, Cântico dos Cânticos, que também não são citados por eles. Entretanto, não é verdade que falta no NT referências aos deuterocanônicos do AT.

            Por exemplo, em Hebreus 11, somos animados a imitar os heróis do AT, “as mulheres [que] receberam a seus mortos pela ressurreição. Alguns foram torturados, recusando aceitar ser libertados, para poder levantar-se novamente a uma vida melhor” (Hb 11,35). Nos protocanônicos do AT (que corresponderia ao AT Protestante), encontramos vários exemplos de mulheres recebendo a seus mortos mediante ressurreição. Encontraremos Elias ressuscitando o filho da viúva de Sarepta em 1 Reis 17, encontraremos seu sucessor Eliseu ressuscitando o filho da mulher sunamita em 2 Reis 4. Mas jamais encontraremos (desde Gênesis até Malaquias) algum exemplo de alguém sendo torturado e recusando aceitar ser liberto, por causa de uma melhor ressurreição. A história, cuja referência é feita em Hebreus, se encontra em um dos livros deuterocanônicos, a saber, em 2 Macabeus. Vejamos:

            “[durante a perseguição dos Macabeus] Também foram detidos sete irmãos, junto com sua mãe. O rei, flagelando-os com açoites e feixes de couro de boi, tratou de obrigá-los a comer carne de porco, proibida pela Lei. […] Os outros irmãos e a mãe se animavam mutuamente a morrer com generosidade, dizendo: ‘o Senhor Deus está nos vendo e tem compaixão de nós…’ Uma vez que o primeiro morreu […] levaram o suplicio ao segundo […] também ele sofreu a mesma tortura que o primeiro. E quando estava por dar o último suspiro, disse: ‘Tu, malvado, nos privas da vida presente, mas o Rei do universo nos ressuscitará a uma vida eterna, se morrermos por fidelidade às suas leis’” (2 Mac 7,1.5-9)

            Um após outro os filhos morrem, proclamando que serão recuperados na ressurreição. Vejamos ainda:

            “Incomparavelmente admirável e digna da mais gloriosa lembrança foi aquela mãe que, vendo morrer a seus sete filhos em um só dia, suportou tudo valorosamente, graças à esperança que tinha posto no Senhor. Exortava a cada um deles, [dizendo] ‘Eu não sei como vocês apareceram em minhas entranhas; não fui eu que lhes dei o espírito e a vida nem fui eu que ordenou harmoniosamente os membros de seu corpo. Por conseguinte, é o Criador do universo, o que formou o homem em seu nascimento e determinou a origem de todas as coisas, quem lhes devolverá misericordiosamente o espírito e a vida, já que vocês se esquecem agora de si mesmos por amor à suas leis’, dizendo ao último: ‘Não temas a este verdugo: mostra-te digno de seus irmãos e aceita a morte, para que eu volte a encontrá-lo com eles no tempo da misericórdia’” (2 Mac 7,20-23.29).

            Perceba o leitor que em Hb 11,35, o escritor sagrado, ao ensinar um artigo de Fé refere-se a um exemplo de testemunho, que se encontra somente em um dos livros deuterocanônicos. Ora, se por isto o livro dos Macabeus contivesse alguma doutrina estranha à fé, com toda certeza o autor da Carta aos Hebreus, evitaria mencioná-lo em sua pregação.

            Esta informação possui mais um detalhe muito importante: a Carta aos Hebreus foi escrita para os judeus da Palestina, demonstrando mais uma vez que a versão da Septuaginta foi também aceita por eles; caso contrário, não faria sentido o escritor sagrado fazer referência a uma história que não era conhecida por seus destinatários.

            Também é importante saber que em alguns dos livros deuterocanônicos do AT, há revelações divinas confirmadas no NT. Por exemplo:

            “Quando tu oravas com lágrimas e enterravas os mortos, quando deixavas a tua refeição e ias ocultar os mortos em tua casa durante o dia, para sepultá-los quando viesse a noite, eu apresentava as tuas orações ao Senhor. Mas porque eras agradável ao Senhor, foi preciso que a tentação te provasse. Agora o Senhor enviou-me para curar-te e livrar do demônio Sara, mulher de teu filho. Eu sou o anjo Rafael, um dos sete que assistimos na presença do Senhor” (Tobias 12,12-15) (grifos meus).

            Em nenhum lugar nos livros protocanônicos do AT, há alguma revelação dos 7 anjos que assistem na presença do Senhor e que Lhe entregam as orações dos justos. Esta revelação é confirmada no livro do Apocalipse:

            “Eu vi os sete Anjos que assistem diante de Deus. Foram-lhes dadas sete trombetas. Adiantou-se outro anjo e pôs-se junto ao altar, com um turíbulo de ouro na mão. Foram-lhe dados muitos perfumes, para que os oferecesse com as orações de todos os santos no altar de ouro, que está adiante do trono. A fumaça dos perfumes subiu da mão do anjo com as orações dos santos, diante de Deus. Depois disso, o anjo tomou o turíbulo, encheu-o de brasas do altar e lançou-o por terra; e houve trovões, vozes, relâmpagos e terremotos” (Ap 8,2-5) (grifos meus).

            Um outro caso intressante está no livro da Sabedoria:

            “Ele se gaba de conhecer a Deus, e se chama a si mesmo filho do Senhor! Sua existência é uma censura às nossas idéias; basta sua vista para nos importunar. Sua vida, com efeito, não se parece com as outras, e os seus caminhos são muito diferentes. Ele nos tem por uma moeda de mau quilate, e afasta-se de nossos caminhos como de manchas. Julga feliz a morte do justo, e gloria-se de ter Deus por pai. Vejamos, pois, se suas palavras são verdadeiras, e experimentemos o que acontecerá quando da sua morte, porque, se o justo é filho de Deus, Deus o defenderá, e o tirará das mãos dos seus adversários. Provemo-lo por ultrajes e torturas, a fim de conhecer a sua doçura e estarmos cientes de sua paciência. Condenemo-lo a uma morte infame. Porque, conforme ele, Deus deve intervir” (Sabedoria 2,13-21).

            A profecia acima se refere ao escárnio promovido pelo Sinédrio contra o Senhor Jesus. Veja o testemunho do NT sobre o seu cumprimento:

            “A multidão conservava-se lá e observava. Os príncipes dos sacerdotes escarneciam de Jesus, dizendo: Salvou a outros, que se salve a si próprio, se é o Cristo, o escolhido de Deus! […] Se és o rei dos judeus, salva-te a ti mesmo. […] Um dos malfeitores, ali crucificados, blasfemava contra ele: Se és o Cristo, salva-te a ti mesmo e salva-nos a nós!” (Lc 23,35.37.39).

            “Mas Jesus se calava e nada respondia. O sumo sacerdote tornou a perguntar-lhe: És tu o Cristo, o Filho de Deus bendito? […] Alguns começaram a cuspir nele, a tapar-lhe o rosto, a dar-lhe socos e a dizer-lhe: Adivinha! Os servos igualmente davam-lhe bofetadas” (Mc 14,61.65)

            “Querendo Pilatos satisfazer o povo, soltou-lhes Barrabás e entregou Jesus, depois de açoitado, para que fosse crucificado. […] Davam-lhe na cabeça com uma vara, cuspiam nele e punham-se de joelhos como para homenageá-lo. Depois de terem escarnecido dele, tiraram-lhe a púrpura, deram-lhe de novo as vestes e conduziram-no fora para o crucificar” (Mc 15,15.19-20).

            “salva-te a ti mesmo! Desce da cruz! Desta maneira, escarneciam dele também os sumos sacerdotes e os escribas, dizendo uns para os outros: Salvou a outros e a si mesmo não pode salvar! Que o Cristo, rei de Israel, desça agora da cruz, para que vejamos e creiamos! Também os que haviam sido crucificados com ele o insultavam” (Mc 15,30-31).

            É importante dizer que nos protocanônicos do AT, há registro de coisas muito reprováveis, como as filhas de Lot engravidaram dele, depois de o embebedar (Gn 19,30-36). O Rei Saul consultou uma espírita (I Reis 28,8), Abraão arrumou um filho fora de seu casamento (Gn 16), e o Patriarca Jacó vários (Gn 30,4-5.7.9-10.12). Davi planejou a morte de um de seus soldados para ficar com sua esposa (cf. 2 Sm 11). Alguém poderia dizer ainda que o Livro de Gênesis promove a poligamia (cf. Gn 29,28-30) e todos os cristãos sobre a terra ainda o consideram canônico apesar disso. Portanto, se não é o juízo subjetivo e pessoal que coloca ou retira livros no Cânon Bíblico, o que é? Qual foi o juízo adotado pelos primeiros cristãos para receber ou não um livro como canônico?

            O critério deles foi o mesmo dos cristãos que viveram na era apostólica quando aceitaram que a Lei de Moisés não era necessária para alcançar a Justiça (cf. At 15): o discernimento da Única e Verdadeira Igreja de Cristo.

        • É como eu disse meu caro, o diabo usa os infiéis para semear a discórdia

          usou muito bem os devaneios de Lutero, já que ele, na realidade teve seus momentos de lucidez, mas em meio a devaneios, acabou por semear a discórdia dentro da Igreja de Cristo, acabou por semear a discórdia nos corações dos mais fracos na fé.

          vcs querendo ou não, são fruto deste mal que nasceu a pouco mais de 500 anos… Fato indiscutível… vcs são fruto de uma semente do inimigo, plantada em meio a Igreja de Cristo.

          • Esse pessoal catolico eles não param de falar sobre a história, na qual a seita catolica nos banhou de sangue, os PAPAS eram cruéis mandavam muitas pessoas cristãs de verdade ao fogo pq eram contra os dogmas desta seita.

            Seja protestante ou catolico, seja padre ou pastor, se o cara come teu crime tem q ser preso.

            Agora o crimes do passado e nem os crimes do presente pode apagar a fé e nem o que estar escrito na biblia.

            É isso que estou tentando explicar, a tradição católica não tem base biblia e é totalmente idolatra!

            os fiés como vcs preferem acreditar na igreja e na tradição e dogmas do que nas escrituras sagradas da biblia.

          • Não tem base biblica porque vcs so sabem ler a biblia, mas não conseguem entende-la por falta de estudos ou por estudos errados.

            ai quando alguém fala algo que vcs não podem refutar, começam a trocar o assunto, falar em inquisição e pedofilia como se o protestantismo, apesar de tão novo, não tivesse tido sua própria carnificina, como se o protestantismo não tivesse em seu meio muito mais pedófilos que os que apareceram na Igreja Católica. a inveja é tão grande que até nos erros dos católicos os protestantes querem ganhar… e estão conseguindo… ao menos nos erros…

          • Se vc acha que a tradição catolica tem base biblica então por favor me responda dentro da palavra de Deus..

            ONDE ESTAR MARIA APARECIDA NA BIBLIA???

            Estou falando da padroeira do Brasil aquela santa negra que vcs idolatram…me respondi isso…please?

            Vc nunca vai responder, sabe porque? Porque vc não ler a biblia não conhece na de teologia, sempre vai ser manipulado pela religião e pelos papas….rs

          • Se vc acha que a tradição catolica tem base biblica então por favor me responda dentro da palavra de Deus..

            ONDE ESTAR MARIA APARECIDA NA BIBLIA???

            Estou falando da padroeira do Brasil aquela santa negra que vcs idolatram…me respondi isso…please?

            Vc nunca vai responder, sabe porque? Porque vc não ler a biblia não conhece na de teologia, sempre vai ser manipulado pela religião e pelos papas….rs

            e outra…eu nunca acusei padre ou vaticano de pedofilia, estou nem ai…isso é erro dos homens e não da instituição.

            Unica coisa que estar no debate caro acéfalo, é a heresia da seita católica, vamos debate dentro da luz da palavra de Deus?

          • Amigo, heresia é o seu preconceito pela “Santa Negra” que é padroeira do Brasil…

            ela é negra porque foi encontrada na época da escravidão do Brasil, tempo de sofrimento do povo afro.

            Mas de maneira nenhuma deixa de ser maria pela cor da pela, afinal, alma não tem cor e o sangue humano é vermelho em todas as “raças”.

            N S Aparecida é Maria, a coisa é simples meu caro, Maria como mãe amorosa, e como fiel em Cristo, sabe que os que estão neste mundo não estão livres das provações, porém, com fé em Deus somos capazes de suportar as mais árduas provações estando com a mente voltada para Cristo… aparentemente no intuito de fortalecer a fé dos tão sofridos escravos, deu a eles alguns simbolos para fortalecer sua fé… meu amigo… as mãos juntas de Maria na imagem de Aparecida incentivam a oração, seu aparecimento das águas como simbolo de purificação e batismo, sua entrada em um barco, etc… além de que, meu caro, à época, para quem conhece um pouco da história, sabe que os Srs de escravos estupravam e degolavam as filhas dos negros e atiravam nos rios… a imagem de Maria foi encontrada sem cabeça, a qual, num ato improvavel de acontecer, também foi pescada…

            então Caro, Maria está sim na biblia, como já havia dito:

            Maria está no VT, citada por Deus…

            Maria está no salmos…

            entre outros lugares…

            mas no NT, Maria está na anunciação do Anjo, com saudação enviada pelo próprio Deus e tudo mais…

            está também na casa de sua prima, a qual se sente honrada com a presença da “mãe de seu salvador” que seria Jesus Cristo…

            está no nascimento à morte do salvador…

            Está nos primeiros passos dado pela criança destinada a ser o Cordeiro de Deus…

            está nas primeiras palavras ditas por ele, que inclusive, como acontece na maioria dos lares, deve ter sido “mamãe” (em outra lingua claro kkk)

            está na boa educação do menino chamado Jesus Cristo..

            está também nos cuidados que esta criança bendita teve durante a infancia e a juventude..

            está na via sacra de Cristo…

            está na crucificação, tendo o coração transpassado ao ver o filho ser torturado e pendurado numa cruz… (imagine para uma mãe ver o filho numa situação desta… ainda mais uma mãe bendita pelo próprio Deus)

            e finalmente está no momento final da vida do salvador, onde ele solenemente entrega sua mãe a humanidade, representada na pessoa do apóstolo querido de Cristo, Simão, a quem ele próprio deu o novo nome de Pedro (Pedra), e ao mesmo tempo entrega seu apóstolo querido a sua nova Mãe, como indicando que este deveria respeitá-la como mãe…

          • Então Reginaldo,

            Amigo MAria aparecida agora é MAria mãe de JEsus afff.

            Quando eu fui católico o padre falou que uma era padroeira e outra era mãe, agora vc me tras uma outra heresia dizendo que as duas são as mesmas pessoas?? dupla pessonalidade?? rrsrs

            vcs são totalmente perdidos e outra e fiz algum comentário preconceituoso quando falei q a imagem é negra?? uai oq ela é então? seu acéfalo!

            Me responda onde estar MAria Aparecida a padroeira do Brasil na biblia??

          • pois Rafer, me desculpe a franqueza meu caro, mas eu sempre digo que um Católico ignorante é um futuro protestante… não há como fugir disso, mas veja que eu não estou dizendo ignorante no sentido de ser “burro” ou de “truculencia”, mas no sentido de não conhecer a própria religião… Não venha me dizer que foi o padre que te ensinou que Aparecida é uma santa e Maria é outra que isso nunca foi e nunca será ensinado nas Igrejas, essa conversa é morta na raiz meu caro…

            de fato tenho que reconhecer que muitos “católicos” realmente não conhecem a própria religião, e ai acontece isso que ocorreu com vc, mas isso é uma questão de interesse, já que é ensinado o correto na Igreja, porém, muitos sequer prestam atenção na missa ou nas catequeses, e se tornam presas fáceis para lobos…

            Eu fico me perguntando se vc não leu, ou se vc não entendeu, ou se vc fingiu que não entendeu o que eu escrevi sobre as questões culturais do Brasil, sobre a simbologia da imagem de Maria… coisa de protestantes… já não faço mais questão de entender…

            A respeito do seu comentário meu caro, deixe-me te explicar algo sobre a leitura de textos: quando vc le um texto, vc deve ler, como se estivesse ouvindo o interlocutor falando ele, respeitando os pontos e assimilando as expressões… no seu texto meu caro, vc deixou EXPLÍCITO a vontade de dizer que a Santa é negra… como se isso fizesse alguma diferença…

            Leia meu caro: “Estou falando da padroeira do Brasil aquela santa negra que vcs idolatram”… te pergunto… havia necessidade de dizer que a Santa é negra??? será que eu, como católico não sei que a imagem é negra???

            Aliás… não a idolatramos meu amigo, a veneramos, damos a ela o respeito e admiração que ele deve ter como a mãe do nosso Salvador… como a arca da nova aliança.. como a Bendita entre as mulheres… aquela cuja bem-aventurança deveria ser dita por todas as gerações (com exceção da geração protestante atual)…

            Espero que vc entenda que não são duas, é somente uma… com a diferença de que a imagem veio para fortalecer a fé dos escravos sofridos para que, em nome de Cristo, conseguissem suportar as adversidades desta vida… por isso veio em forma de uma mulher negra..

            Não é porque vc quer que sejam duas…

            mas vamos lá novamente… como vc insiste em perguntar onde está Maria (Aparecida) na biblia, eu volto a te indicar:

            Maria está no VT, citada por Deus… (aqui nem nome ela tinha ainda)

            Maria está no salmos…

            entre outros lugares…

            mas no NT, Maria está na anunciação do Anjo, com saudação enviada pelo próprio Deus e tudo mais…

            está também na casa de sua prima, a qual se sente honrada com a presença da “mãe de seu salvador” que seria Jesus Cristo…

            está no nascimento à morte do salvador…

            Está nos primeiros passos dado pela criança destinada a ser o Cordeiro de Deus…

            está nas primeiras palavras ditas por ele, que inclusive, como acontece na maioria dos lares, deve ter sido “mamãe” (em outra lingua claro kkk)

            está na boa educação do menino chamado Jesus Cristo..

            está também nos cuidados que esta criança bendita teve durante a infancia e a juventude..

            está na via sacra de Cristo…

            está na crucificação, tendo o coração transpassado ao ver o filho ser torturado e pendurado numa cruz… (imagine para uma mãe ver o filho numa situação desta… ainda mais uma mãe bendita pelo próprio Deus)

            e finalmente está no momento final da vida do salvador, onde ele solenemente entrega sua mãe a humanidade, representada na pessoa do apóstolo querido de Cristo, Simão, a quem ele próprio deu o novo nome de Pedro (Pedra), e ao mesmo tempo entrega seu apóstolo querido a sua nova Mãe, como indicando que este deveria respeitá-la como mãe…

            NÃO ESPERO QUE VC ACREDITE NELA OU QUE PASSE A VENERÁ-LA TAMBÉM, MAS SINCERAMENTE ESPERO AO MENOS QUE APRENDA A RESPEITAR A FÉ ALHEIA E QUE PROCURE SE INFORMAR MELHOR ANTES DE FAZER CALUNIAS OU FALSAS AFIRMAÇÕES SOBRE ALGO QUE NÃO CONHECE.

            ABRÇS

          • Reinaldo Querido!

            Vc chama de ignorante aqueles lê a biblia de verdade e se convertem.

            A seita catolica em nenhum momento quando eu fui de lá nos ensinava seus fiés a estuda-la.

            A biblia diz que quando estava no erro(seita catolica), quando nos se convertemos para verdade, a biblia diz que Deus não leva em conta o tempo da sua ignorancia. Se converta para verdade!

            Blz! Maria aparecida e MAria são as mesmas pessoas….rsrs

            Veja bem analise a ignorancia da seita catolica, analisar maria como uma santa negra em uma imagem, e agora como uma santa branquinho dos olhos azuis??

            Uma santa multante?? Onde tem base biblica para isso? rs…a seita catolica é uma piada!

            Agora sobre maria, ela nunca existiu no VT, só existiu profecias acerca que seria uma mulher, agraciada foi MAria por se a escolhida.

            MAria nasceu no NT e morreu e cheia de filhos, marcos capitulo 3 .33-34 capitulo 6.3
            voce veja o que diz estes textos que se refere aos irmão de jesus
            que eram TIAGO, JUDAS , JOSÉ E SIMÃO , agora observe abaixo , que fiz questão de colocar o esses mesmos textos que pedi para vc ler na sua biblia , no original grego , ou seja a forma original em que foi escrita , isso para desistimular qualquer catolico de plantão ´para não dar a desculpa de que eram primos e não irmãos

            veja bem a palavra IRMÃO EM GREGO É : ADELPHAI OU ADELPHOS E A PALAVRA PARA PRIMOS É : ANEPSIOS.
            Portanto, se os “irmão do Senhor” fossem primos de Jesus, ao escrever o NT em grego, os autores sagrados usariam a palavra ANEPSIOS (primo), e não ADELPHOS (irmão). Porém, o NT sempre se refere aos “irmãos do Senhor” usando o termo ADELPHOS (irmão) e nunca ANEPSIOS (primo).

            OBSERVE O TEXTO ABAIXO

            6,3] OUK OUTOS ESTIN O TEKTÔN O UIOS a=TÊS MARIAS a=KAI ADELPHOS b=DE IAKÔBOU KAI a=IÔSÊTOS b=IÔSÊ KAI IOUDA KAI SIMÔNOS KAI OUK EISIN AI ADELPHAI AUTOU ÔDE PROS ÊMAS KAI ESKANDALIZONTO EN AUTÔ

            3,32] KAI EKATHÊTO b=OKHLOS PERI AUTON a=OKHLOS a=KAI a=LEGOUSIN b=EIPON b=DE AUTÔ IDOU Ê MÊTÊR SOU KAI OI ADELPHOI m=SOU m=KAI m=AI m=ADELPHAI SOU a=[KAI a=AI a=ADELPHAI a=SOU] EXÔ ZÊTOUSIN SE

            [3,33] KAI a=APOKRITHEIS b=APEKRITHÊ AUTOIS a=LEGEI b=LEGÔN TIS ESTIN Ê MÊTÊR MOU a=KAI b=Ê OI ADELPHOS a=[MOU] b=MOU

            e existem fora destes textos outras fontes biblicas , o proprio paulo no livro de galatas capitulo 1.19, faz menção a tiago o irmão do senhor e outra vez a palavra ADELPHOS é usada e não a palavra ANEPSIOS ,

            JESUS SEMPRE EXISTIU E RESSUCITOU…POR ISSO ELE DISSE: ANTES DE ABRAÃO EU SOU…MARIA NUNCA DISSE ISSO PQ ERA SERVA E PRECISOU DE SALVAÇÃO.

            Por isso que catolicos sofrem por não conhecer as escrituras sagradas…rs

          • Cara, se tem uma coisa que me deixa irritado é ficar vendo postagens repetidas, e vc faz isso sempre meu caro… respeite os leitores, pra que ficar enchendo o chat de postagens que além de extensas já existem???

            mas apesar disso vou colar aqui minha resposta a essa falácia que vc postou ai… INDIGNADO, mas vou repetir essa postagem também.

            meu caro, aqueles que Leem e de fato Estudam a biblia não são ignorantes, já que provavelmente são católicos…

            ignorante são aqueles que leem a biblia e não entende e já acham que são doutores de toda verdade mundial kkkkk

            Vc tem razão, talvez Deus não leve em conta esse tempo que vc está no engano e deixando de entender tantas coisas que diz a biblia… rezo para que tenha iluminação de Deus para conseguir entender melhor as escrituras sagradas e também a aceitar visões diferentes da sua meu caro.

            Olha vc questionando novamente a cor da Santa… kkk

            Meu caro, tá dificil de entender que a Santa não tem cor meu caro??? assim como nosso espírito não tem cor… assim como Jesus Cristo não tem cor… Deus não tem cor…

            não tem essa parada de Santa mutante… o que tem é a mãe de Jesus Cristo, Deus filho, cuja imagem apareceu em um rio em uma época em que o povo mais sofrido e que precisava mais de motivos pra ter fé eram negros…

            Vc novamente mudando de assunto, viaja pela biblia buscando novos assuntos já que os outros vc fica sem argumentos,… olha só… até pensei em não comentar sobre os tais filhos “filhos de Maria” porque é de uma falta de conhecimento tão grande que me deixa desanimado… mas como vcs protestantes tem a péssima mania de dizer que por não querermos debater um ou outro assunto é porque vcs tem razão, então vou fazer sua vontade e vou te mostrar a verdade sobre os tais “irmãos de Cristo”

            A Biblia diz o nome desses irmãos???

            claro que diz… :

            ”Não é este o carpinteiro, filho de Maria, irmão de Tiago, de José, de Judas e de Simão? E não estão aqui entre nós suas irmãs? E escandalizavam-se dele”. (Marcos, 6-3). “Não é este o filho do carpinteiro ? E não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos tiago, e josé, e simão e judas? E não estão entre nós todas as suas irmãs?.. (Mateus, 13,55 e 56).

            Pois bem, este tiago que encabeça a lista é um Apóstolo, pois diz S. Paulo na Epístola aos Gálatas: “E dos outros apóstolos não vi a nenhum, senão a tiago, irmão do SENHOR” (Gálatas, 1-19).
            Se na opinião dos protestantes, este Tiago Apóstolo era filho de Maria, mãe de Jesus; por que então depois da morte de José, na hora da morte de Cristo, ela está sozinha, sem marido e Cristo a entrega a João Evangelista, filho de Salomé e Zebedeu, que a levou para casa?
            Temos 2 Apóstolos com o nome de Tiago: Tiago Maior, e Tiago Menor. Vamos ver se algum deles era filho de José com Maria.
            Tiago Maior era irmão de João Evangelista, e ambos FILHOS DE ZEBEDEU: “Da mesma sorte havia deixado atônitos a tiago e a JOÃO, filhos db Zebedeu (Lucas 10,10).

            Mateus 27, 56
            Maria, mãe de Tiago e de José; Maria Madalena; a mãe dos filhos de Zebedeu.

            Marcos 15, 40
            Maria, mãe de Tiago Menor e de José; Maria Madalena; Salomé

            João 29,25
            a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Cleofas; Maria Madalena

            Por aí se vê que a mesma Maria que é apresentada por São João como Irmã da mãe de Jesus, é apresentada por S. Mateus e S. Marcos como “mãe de TIAGO MENOR E de José”. E é claro que não se trata de Maria Salomé, que é a mãe dos filhos de Zebedeu e, portanto, é mãe de Tiago Maior

            olha só… tem muito mais que isso meu caro, mas acho que não é viavel discutirmos isso aqui, até porque, como eu disse, vcs acreditem no que quiserem… de repente até vc pode ser um herdeiro cansanguíneo de Cristo e nem sabe né kkkk… eu quero ser herdeiro na salvação kkk…

            Também porque vc com esse assunto saiu totalmente do contexto do debate… mas se realmente quiser eu posso postar muito mais, apesar de não achar bom, já que a leitura é cansativa.

            abçs…

      • Eis aqui um leigo fico pasmo com tanto colhecimento sobre historias da biblia das igrejas e ate de alguns pastores eu vejo e observo que estamos em tempos dificeis e meu coraçao doi ao saber como e dificil servir a deus humanamente falando e assim como vc meu caro e outros aqui em repostas eu vejo que vcs sao dotados de bastante argumentos e talvez eu ate fique sem palavras depois que vcs lerem mas o que sei e que aprendi foi que deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu filho unigenito para que todo aquele que nele cre nao pereça mas tenha a vida eternao pouco que sei e que jesus morreu por nos nao foi maria ou silas ou edir ou davi o que aprendi foi homems muito amados por deus, segundo o coraçao de deus .amigo de deus mas nao para fazerem igual a deus eu li que que tudo que pedimos a jesus e somente a ele ele nos concedera se tudo que gostamos criarmos imagens nao caberia lugar em nossa casa como disse sou leigo ainda estou aprendendo mas nao entra no meu coraçao alguem que pode salvar curar libertar e etantas coisas senao o pai o filho eo espirito santo eu nao quero saber quem rouba quem mata nao que eu queira mas quem vai prestar contas pra deus nao so u eu eu ja tenho minhas falhas pra apresentar diante de deus pra mim precioso e jesus e pronto se pareceu ofensa me perdoem em nome de jesus e que ele me ensine como ele disse nos ensinaria que todos fiquem com a paz de jesus amem

    • Fracquinho esse idolatra…rs

      Levi, esse reginaldo eu nem posso dizer que ele é fraco intelectualmente, eu acho que falta pra ele abrir a mente e aceitar outros argumentos, para que ele posso entender as coisas de Deus, textos traduzidos para grego lingua na qual a biblia foi escrita. E percebi que ele é preguisoço intelectualmente não lê o que eu escrevo e vem com a mesma ladainha, que não tem nexo nenhum. Mais vamos novamente.

      Olha o texto que eu peguei aqui nesse site, um resumo legal, leiam:

      A lista “Tiago, José, Judas e Simão” lhe diz alguma coisa? Uma dica: não são nomes de apóstolos. Na verdade, de acordo com o Evangelho de Marcos, estes seriam os irmãos de Jesus, que são citados ao lado de pelo menos duas irmãs de Cristo (cujos nomes não aparecem). Os católicos e ortodoxos normalmente interpretam o trecho como uma referência a primos ou parentes mais distantes do mestre de Nazaré, mas o mais provável é que essa visão seja incorreta. A maior parte dos (poucos) indícios históricos indica que Maria e José realmente tiveram filhos depois do nascimento de Jesus.

      Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
      É claro que, sem nenhum acesso a registros familiares contemporâneos ou evidências arqueológicas diretas, a conclusão só pode envolver probabilidades, e não certezas. “Se a busca do ‘Jesus histórico’ já é difícil, a pesquisa dos ‘parentes históricos de Jesus’ é quase impossível”, escreve o padre e historiador americano John P. Meier no primeiro volume de “Um Judeu Marginal”, série de livros (ainda não terminada) sobre Jesus como figura histórica.

      Meier explica que, ao longo da tradição cristã, teólogos e comentaristas do texto bíblico se dividiram basicamente entre duas posições, batizadas com expressões em latim. A primeira é a chamada “virginitas ante partum” (virgindade antes do parto), segundo o qual Maria permaneceu virgem até o nascimento de Jesus, tendo filhos biológicos com seu marido José mais tarde. A segunda, “virginitas post partum” (virgindade após o parto), postula que Maria não teve outros filhos e até que seu estado de virgem teria sido milagrosamente restaurado após o único parto.

      A “virginitas post partum” foi, durante muito tempo, a posição defendida por quase todos os cristãos, diz o historiador — até pelos protestantes, que hoje não se apegam a esse dogma. “Um fato surpreendente, e que muitos católicos e protestantes hoje em dia desconhecem, é que as grandes figuras da Reforma, como Martinho Lutero e Calvino, defendiam a virgindade perpétua de Maria”, escreve ele. Já especialistas católicos modernos, como o alemão Rudolf Pesch, defendem que Maria provavelmente teve outros filhos sem que isso tenha levado a reprimendas diretas do Vaticano.

      Jerônimo

      Diante das menções claras aos “irmãos e irmãs de Jesus” nos Evangelhos (que inclusive se mostram contrários à pregação dele, chegando mesmo a considerá-lo louco), como a interpretação da “virginitas post partum” prevaleceu?

      “Houve três formas de interpretar esses textos”, afirma o americano Thomas Sheehan, estudioso do cristianismo primitivo e professor da Universidade Stanford. “Além de considerar essas pessoas como irmãos biológicos de Jesus, sabemos da posição de Epifânio, bispo do século IV para quem os irmãos eram de um casamento anterior de José. Mas a opinião que prevaleceu foi a de Jerônimo, que era um excelente filólogo [especialista no estudo comparativo de idiomas] e viveu na mesma época. Jerônimo dizia que a palavra grega ‘adelphos’, que nós traduzimos como ‘irmão’, era só uma versão de um termo aramaico que pode ter um significado mais amplo e que pode querer dizer, por exemplo, primo.”

      Jerônimo tinha razão num ponto: quando o Antigo Testamento foi traduzido do hebraico para o grego, a palavra “adelphos” realmente foi usada para representar o termo genérico “irmão” (empregado para parentes mais distantes no original). De fato, o hebraico, bem como o aramaico (língua falada pelos judeus do tempo de Jesus na terra de Israel), não tem uma palavra para “primo”. O problema é que há um único caso comprovado de que a palavra hebraica “irmão” tenha tido o significado real de “primo”. Essa única ocorrência está no Primeiro Livro das Crônicas — e mesmo assim o contexto deixa claro que as pessoas em questão não são irmãs, mas primas.

      No entanto, o caso do Novo Testamento é diferente, argumenta Meier: não se trata de “grego de tradução”, mas de textos originalmente escritos em grego, nos quais não havia motivo para usar um termo que poderia gerar confusão. O próprio Paulo, autor de várias cartas do Novo Testamento, chama Tiago, chefe da comunidade cristã de Jerusalém após a morte de Jesus, de “irmão do Senhor”, ao escrever para fiéis de origem não-judaica (ou seja, que não sabiam hebraico ou aramaico). De quebra, a Carta aos Colossenses, atribuída a Paulo, usa até o termo grego “anepsios”, que quer dizer “primo” de forma precisa.

      Reforçando esse argumento, o escritor judeu Flávio Josefo, ao relatar em grego a morte de Tiago, também o chama de “irmão de Jesus”. E o contexto dos Evangelhos reforça a impressão de que se tratam de irmãos de sangue, argumenta Meier. Os irmãos e a mãe de Jesus são sempre citados em conjunto. Quando Maria e os parentes de Jesus tentam interromper uma pregação, ele chega a pronunciar a polêmica frase “Qualquer um que fizer a vontade do meu Pai celestial é meu irmão, minha irmã e minha mãe”. Para Meier, a frase perderia muito de sua força se o significado real dela se referisse a “meu primo, minha prima e minha mãe”.

      Para Geza Vermes, professor de estudos judaicos da Universidade de Oxford (Reino Unido), as próprias narrativas sobre o nascimento de Jesus dão apoio a tese de que Maria e José tiveram outros filhos mais tarde. No Evangelho de Mateus, afirma-se que José não “conheceu” (eufemismo para ter relações sexuais com alguém) sua mulher até que Jesus nascesse. Ainda de acordo com Vermes, em seu livro “Natividade”, é importante notar o uso do verbo grego “synerchesthai”, ou “coabitar”, para falar da relação entre José e Maria. O verbo, quando empregado pelos autores do Novo Testamento, implica sempre relações sexuais entre homem e mulher, diz ele.

      Texto pequeno e simple de ler, os catolicos tem preguiça de ler, por isso que falam tudo aquilo que aprenderam na catequese, foi assim comigo tb quando eu era desta seita, Hoje Jesus me levou para sua maravilhosa Luz.

      • meu querido… discutir teologia com pessoas pobres de entendimento é dificil…

        Vc me acusou de desviar do assunto… do assunto que vc já havia desviado.. kkkkk

        José compareceu muito bem, na Educação de Cristo, na criaçao e no seu sustento… mas é como eu disse… vcs são capazes de dar uma gravidez à Micol mesmo depois de morta… tirar Cristo do convívio com os fiéis, só pra tirar a virgindade de Maria kkkkk

        Não quero que vc pregue tradições humanas meu caro.. isso a biblia já faz.. “tradições que vos dou ORALMENTE”… mas pulemos essa parte… vcs não aceitam por não entender ou por puro comodismo em manter suas ideologias…

        Talvez a sua biblia diga que José transou com Maria… afinal, é uma biblia maculada mesmo, não me surpreenderia que vcs trouxessem nela trechos assim… olha que bacana.. vcs chegam a aceitar um concílio Judaico ocorrido 100 anos depois da morte de Paulo, já dentro da era do Cristianismo, só pra contradizer a Igreja de Cristo…

        Mas eu sempre digo… a biblia já nos chamava atenção os caluniadores e maldizentes da Igreja de Cristo… fazer o que né?? é profecia biblica, não tem como fugir dela…

        Mas a biblia também diz que as portas do Hades não prevaleceram contra ela…

  14. No AT a maria e tratada como mulher…porém Jesus como : Messias, emauel, Rei, principe da PAz….

    maria no NT como: Abençoada, bendinta entre as mulheres, “porém” também como aquele precisou de salavação assim como todos comedores de arroz e feijão como cada um de nos.

    Agora pare de asneira e resposndam catolicos aonde estar MARIA APARECIDA na biblia???? não é a maria aquela que foi usada por Deus nos evangelhos, eu quero sabe de maria aparecida????

    infelizmente a tradição e a seita catolica é idolatra!!!!

    parem de falar do passado, da tradição, pq história pra mim ´´e lixo!
    e outra a história da seita catolica já a condena!…rs

    mais partir para palavra de Deus..isso aqui vcs apanham pq são acéfalos na questão de biblia…rs

  15. LEandro tente entender que o povo de Deus não tem papa!!
    pra mim nada me importa que o lutero cometeu com erros particulares como homem, (ainda mais vc não tem provas, se vc tem denuncie!!..rs)

    o que importa para mim e para todos que creem no evangelho é a palavra de Deus, se estiver na biblia eu acredito senão não acredito.

    Eu acredito nos ideais de lutero que tinha base biblia, agora quais são os ideais da tradição catolica? as coisas que vcs fazem lá é abominação, um repudio da palavra de Deus…uma tradição totalmente idolatra!

    não adianta vc falar, babar e esperniar falando de lutero, estou nem ai, não tenho papa, não sigo à homens, mais Sim a Cristo.

    Divorcio é repudiado por Deus, e Jesus ensinou isso, tanto cristão evangélicos e a maioria da parte da seita catolica se divorciam, é um hiprocresia falar somente do povo de Deus (evangelicos). Veja o exemplo daquele cantor idolatra que tava namorando com debora secco uma que se divorciou com pelo menos 5 homens, o que aquele idolatra estava fazendo com a debora seco pela luz da palavra de Deus era, ADULTERIO!

    Agora me responda please?? Aonde estar a ordem na MARIA APARECIDA???

    POR FAVOR A MARIA APARECIDA…KKKKKK

    • Rafer( ou quem seja por trás do pseudonimo)

      Olha vou parar de postar pra vc por aqui pois não devo o tipo de resposta desaforada que vc está pedindo pra ouvir.

      Ficar NERVOSA? Vc está pelo que vejo falando de si mesmo e para si mesmo. Se duvida de sua sexualidade nada tenho haver com isto.

      Vc já me chamou de acefalo, burro, agora faz insinuações maldosas, tenta me fazer diverso do que sou. OBRIGADO, ISTO MOSTRA O SEU “CRISTIANISMO”. E isto depois de ter me pedido desculpas poucas horas atrás. Suas desculpas valem o que ? Ou nunca foram sinceras??

      Diz que nada repondo, mas vc já teve mais respostas do que pôde dar em troca. E de todo modo vc não aceita nada do que recebe se isto não se encaixa em sua “verdade”.

      Sobre ter que provar algo sobre Lutero.
      Esta fugindo da realidade. Já postei aqui falas dele onde chama Cristo de adultero. Nada inventado, e são obras suas que até a IG Luterana reconhece constrangida serem dele.O livro pra consulta esta citado junto a fala pecaminosa dele.

      O teu diiscurso é muito contraditorio. Vc diz que não mente. Mas trouxe à baila argumentos históricos distorcidos para mostrar como no tempo os personagens catolicos nada tinham de bom. Ai quando mostrei a contradição e as blasfemias entre os seus patriarcas da Reforma, o senhor muda o disco.

      “Ah a Historia pra mim nada significa”. Se ele nada significa, porque vc trouxe argumentos de nada pra nossa conversa???

      O seu objetivo era provar que a ICAR era criada por um imperador e que Pedro nunca esteve em Roma.
      Mostrei docs e autores daquele tempo atestando a versão catolica e vc fala que não servem. Pedi a referencia de que Pedro esteve na Babilônia dos caldeus e vc não publicou.
      Ai vem a imoralidade dos papas. Que vc é o Wagner so souberam mostrar os pessimos que tivemos. Os virtuosos e honestos vcs fingem que não existem. Mas dos pecados dos criadores do protestantismo vcs fazem vista grossa.

      Dois pesos e duas medidas diferentes.

      Sobre divorcio
      catolico que se divorcia peca e a ICAR fala isto claramente. São em sua grande parte falsos catolicos. E ainda assim o que vale é seguir a verdade cristã. Se a Reforma mudou a ordem de Cristo então caiu por terra o discurso de sola biblia.

      De Maria eu e o Reinaldo ja postamos tudo que vc precisa saber. E vc esqueceu de falar que o anjo a chamou de Mãe de Deus ao falar que daria luz ao FILHO DO ALTISSIMO.

      Vc quer perguntar apenas para fugir das contraições de tua propria fala.

      • Vc é um cara que estar fora de si nesse debate, estar levando uma surro de biblia, foge do assunto e não resposnde as perguntas…rs

        blz!!.. Lenadrinho a seita catolica nunca provou nada contra lutero só tem história tendenciosa contra ele, e mesmo que provasse não ligo, estou nem ai…

        Pelo motivo que paulo escreveu, “Se outro pregar um outro evangelho diferente deste que vos escrevo, mesmo que seja um anjo do céu, que ele seja anatema!!!”

        É esse meu legado de Cristo e do seu evangelho meu caro idolatra, eu penso do mesmo jeito acerca do divorcio, se um evangelico que pratica isso como uma orgia, na verdade essa pessoa é falso critão evangelico.

        Meu querido me responda a minha pergunta eu não estou falando de MAria mãe de Jesus HOMEM!!…

        Estou falando de MAria Aparecida aquela santa negra que a seita catolica adora ela, por favor responda e pare de dá chilique,

        AONDE ESTAR A PRODOEIRA DO BRASIL, MARIA APARECIDA NA BIBLIA??

        Isso vc nunca vai provar, e isto é a prova que a tradição catolica é idolatra.

  16. ficou nervosa? rs

    LEandro tente entender que o povo de Deus não tem papa!!
    pra mim nada me importa que o lutero cometeu com erros particulares como homem, (ainda mais vc não tem provas, se vc tem denuncie!!..rs)

    o que importa para mim e para todos que creem no evangelho é a palavra de Deus, se estiver na biblia eu acredito senão não acredito.

    Eu acredito nos ideais de lutero que tinha base biblia, agora quais são os ideais da tradição catolica? as coisas que vcs fazem lá é abominação, um repudio da palavra de Deus…uma tradição totalmente idolatra!

    não adianta vc falar, babar e esperniar falando de lutero, estou nem ai, não tenho papa, não sigo à homens, mais Sim a Cristo.

    Divorcio é repudiado por Deus, e Jesus ensinou isso, tanto cristão evangélicos e a maioria da parte da seita catolica se divorciam, é um hiprocresia falar somente do povo de Deus (evangelicos). Veja o exemplo daquele cantor idolatra que tava namorando com debora secco uma que se divorciou com pelo menos 5 homens, o que aquele idolatra estava fazendo com a debora seco pela luz da palavra de Deus era, ADULTERIO!

    Agora me responda please?? Aonde estar a ordem na MARIA APARECIDA???

    POR FAVOR A MARIA APARECIDA…KKKKKK

  17. Nenhuma prova há que Pedro foi papa em roma, podem esperniar com a história tendenciosa da seita catolica…não há provas só estória…rs

    A seita catolica invéis de inventar que um dos apostolos de Cristo fosse porventura um papa, essa seitá pagã podeira inventar que Paulo fosse o 1º papa deles.

    Pelo motivo que Paulo ajudou a expandir o exangelho em roma e para mundo, Pedro somente começou a igreja primitiva em Jerusalém.

    E quando Jesus fala para Pedro: Tu és pedro e sobre essa pedra eu edificarei a minha Igreja(pessoas e não uma religião).

    quando JEsus fala de Pedra, Jesus estava se referindo a si mesmo, tanto que Pedro confirmou isso novamente em Atos capitulo 4:10 e 11.

    A expressão “sobre esta pedra” está relacionada à resposta de Pedro, que disse: “Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo.” É sobre Cristo que a Igreja foi edificada e não sobre Pedro. Jesus afirmou que Ele próprio era a pedra (Mt 21.42). A afirmação de Jesus é uma interpretação veraz do Salmo 118.22. O próprio Pedro identifica Jesus como sendo a pedra (At 4, 11, 12; 1Pe 2.4-6). Se Pedro foi papa durante vinte e cinco anos, então existe algo errado, já que o apóstolo foi martirizado no reinado de Nero, entre os anos 67 e 68 a.D. Subtraindo desta data vinte e cinco anos, retrocederemos ao ano 42 ou 43 a.D. Nessa época, não havia sido realizado ainda o Concílio de Jerusalém (At 15), que ocorreu por volta do ano 48 a.D, ou um pouco depois. Pedro participou do Concílio, mas foi Tiago quem o realizou e presidiu (At 15.13, 19).

    O apóstolo Paulo escreveu sua epístola aos romanos no ano 58 a.D. e, no capítulo 16, mandou saudação para muita gente em Roma, mas Pedro sequer é mencionado. Por outro lado, Paulo chegou a Roma no ano 62 a.D. e foi visitado por muitos irmãos (At 28.30,31). E também nesse período não há nenhuma menção a Pedro ou a algum papa. O apóstolo Paulo escreveu quatro cartas de Roma: Efésios, Colossenses e Filemon (62 a.D.) e Filipenses (entre os anos 67 e 68 a.D.). Todavia, Pedro não é mencionado em nenhuma delas e, novamente, não se tem notícia do suposto pontificado de Pedro.

    Devemos, ainda, considerar o texto em estudo e seu contexto:
    1) Enquanto Pedro é mencionado na segunda pessoa (tu), a expressão “esta pedra” está na terceira pessoa.
    2) Pedro (petros) é um substantivo masculino, enquanto pedra (petra), um feminino singular. Conseqüentemente, estas palavras não têm a mesma referência. Ainda que Jesus tivesse falado em aramaico, o original grego inspirado traz as distinções. O interessante é que até as próprias autoridades teológicas católicas concordam que a referência bíblica em estudo não está relacionada a Pedro.

    O destaque aqui é para João Crisóstomo e Agostinho.
    Agostinho, em seu comentário sobre o evangelho de João, escreveu: “Nesta pedra, então, disse Ele, a qual tu confessaste, eu construirei minha Igreja. Esta Pedra é Cristo; e nesta fundação o próprio Pedro construiu.” Assim, não existe fundamento bíblico nem subsídio histórico para consubstanciar a figura de Pedro como papa (Ef 2.20).

    E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.

    Com base nesta afirmação de Jesus a Pedro, ensina o Catolicismo Romano, que tanto esse apóstolo quanto seus sucessores foram revestidos de um poder especial e exclusivo, tornando o papado infalível.

    A doutrina católica sobre a infalibilidade papal não encontra apoio nas Escrituras. Jesus, de modo algum, outorgou autoridade a outras pessoas para exercerem, de forma singular, a liderança (como cabeça) de sua Igreja. Com base em Mateus 18.15-20, Jesus estende a autoridade que concedeu a Pedro aos demais discípulos, como membros do corpo de Cristo. Esse tipo de autoridade era comum aos rabinos, que tinham o privilégio de dar “permissão” e “proibir”. Não se tratava de uma porção de poder exclusiva somente a Pedro. A Igreja também recebeu a mesma autoridade, pela qual proclamamos o evangelho, o perdão de Deus e o julgamento divino aos impenitentes. Contudo, o único que tem proeminência sem igual é Cristo, a pedra angular. Os demais crentes, inclusive Pedro, são as “pedras vivas” (v.5) nesta edificação.

    O papel de Pedro, no Novo Testamento, está longe da reivindicação católica romana de que ele possuía e era autoridade sobre seus companheiros. Embora tenha sido o orador principal no dia de Pentecostes, no entanto, sua atuação no restante do livro de Atos é escassa, sendo considerado tão-somente como “um dos apóstolos”. De forma muito clara, o apóstolo Paulo falou o seguinte: “Em nada fui inferior aos mais excelentes apóstolos” (2Co 12.11). Será que uma leitura mais cuidadosa da carta escrita aos gálatas nos levaria a aceitar que algum apóstolo foi superior a Paulo? Claro que não. Pois Paulo disse ter recebido uma revelação (do evangelho) que não veio dos demais apóstolos (Gl 1.12; 2.2) e que o seu chamado era semelhante ao ministério de Pedro (Gl 2.8), a ponto de usar da autoridade que tinha como apóstolo para repreender duramente o próprio Pedro (Gl 2.11-14).

    O fato de Pedro e João terem sido “enviados pelos demais apóstolos” a uma missão especial em Samaria demonstra que Pedro não tinha uma posição superior entre eles (At 8.4-13). Se Pedro de fato fosse superior aos demais, por que é dispensada ao ministério de Paulo uma atenção maior, fato constatado nos capítulos 13-28? No primeiro concílio realizado em Jerusalém (At 15), a decisão final não partiu de Pedro, mas, sim, dos apóstolos e dos anciãos. Além disso, foi Tiago, e não Pedro, que presidiu o conselho (At 15.13). em momento algum, já que era, segundo o catolicismo, superior aos demais apóstolos, Pedro reivindicou ser pastor das igrejas, antes exortou os presbíteros para que cuidassem do rebanho de Deus (1Pe 5.1, 2). Embora reconhecesse ser “um” apóstolo (1Pe 1.1), não se intitulou “o” apóstolo, ou chefe dos apóstolos. Sabia que era apenas “um” dos pilares da Igreja, junto com Tiago e João, e não “o” pilar (Gl 2.9). contudo, foi falível em sua natureza. somente a Palavra de Deus é infalível. Isso, no entanto, não quer dizer que Pedro não teve um papel significante na vida da Igreja.

    Segundo afirma o catolicismo romano, os “sucessores” de Pedro ocupam sua cadeira. Quando, porém, analisamos as Escrituras, encontramos critérios específicos para o apostolado (At 1.22; 1Co 9.1; 15.5-8), de modo que não poderia haver sucessão apostólica no bispado de Roma ou em qualquer outra igreja.

    Quanto às chaves entregues simbolicamente a Pedro, não significam que esse apóstolo tinha poder para fazer entrar no céu quem ele quisesse. Simplesmente representam a propagação do evangelho, pela qual todos os pregadores, e não apenas Pedro, podem abrir as portas dos céus aos pecadores que desejam ser salvos. Jesus foi explicito e enfático ao ordenar a divulgação das boas-novas em Lucas 24.46, 47. A mensagem de salvação produz arrependimento, por meio da fé na pessoa e obra de Cristo; ou seja, em sua morte e ressurreição. Pedro abriu as portas do céu para seus ouvintes no dia de Pentecostes (At 2.37-41) e na casa de Cornélio (At 10.42, 43).

  18. Jesus não fundou religião alguma ele veio pros judeus e era judeu!

    Encarregou os apóstolos de espalhar o evangelho pelo mundo!

    Colocou Pedro como líder da Igreja (que não tinha nome! Pq Igreja na bíblia são duas ou mais pessoas reunidas em nome de jesus)

    Cada Apóstolo foi prum canto!

    Não existia o termo Papa, Padre, e nem essa hierarquia hoje da igreja católica!

    A 1º igreja a ser reconhecida foi a Igreja Apostólica da Armênia

    a 2º a Igreja Católica de Cópta!

    a 3º foi a Igreja Católica Apostólica Romana (em ±365 d.C fundada por Constantino com esse nome)

    Pedro, junto com os apóstolos foram fundadores do Cristisnismo (apelido ganho quando evangelizavam na Grécia) e não da Igreja Católica Apostólica Romana!

    Fora essas Igrejas existiam pequenas comunidades de outras religiões providas do cristianismo: Arianos, Gnósticos, Anabatistas (que só vieram a ter esse nome quando a Igreja resolveu impor a nova prática: batizar crianças) etc… o Catoliscismo era só mais uma das inúmeras seitas provindas do cristianismo, se não fosse um fato: Eram os cristãos de Roma ( Os USA da época), e quando o cristianismo foi legalizado, lógico que o cristianismo escolhido foi o praticado em Roma (que passou a ser o cristianismo correto e os outros errados)!

    Pior erro das pessoa é pensar que a religião tem verdades absolutas, vejam a história provam isto o q estou escrevendo.

    Se libertem da tradição e da religião, Jesus é o Unico Senhor e Salvador, Ele é a verdade, diga não a religião.

  19. “Não ajunteis para vós tesouros na terra, onde a ferrugem e as traças corroem…
    Discussões sobre riquezas acumuladas por indivíduos, instituições religiosas, igrejas, partidos etc. Entre defesas e ataques de toda sorte, cada um se defendendo ou em defesa daquilo que acredita, desarmados de qualquer preconceito e animados pelo Espírito Santo, tentássemos visualizar esta cena… Dois quadros ..Dois caminhos…Dois grupos… de um lado chorando passando privações básicas, sem dignidade, sem planos de saúde, educação,moradias, pobres, crianças, idosos, doentes, prostitutas, presos…imagine todos excluídos por si mesmos ou pela sociedade postos a margem da vida…De outro lado mansões suntuosas , homens e mulheres com anéis de ouro e ricos trajes,Tg 2,2 ,com os corações abertos para si mesmo e fechados para o próximo, partilham com quem nada precisa.. sorridentes usufruem do melhor que o dinheiro pode comprar. Jóias raríssimas, roupas das melhores grifs, quadros e pinturas dos séculos XV,V, II ,I AC ou DC ,trancados a sete chaves praticamente invioláveis, ou em algum porão secreto de instituição, igreja ou castelo de um “nobre”…preciosidades apreciadas por olhos criteriosamente selecionados…E os pobres Lc 16,20-21 ,com fome , sede e frio, cobertos de chagas, as porta dos ricos, desejando matar a fome com as migalhas que caiem de suas mesas… Até os cães recebem coisas melhores. “Recebem tombamento histórico colocando sob a tutela pública os bens móveis e imóveis, públicos ou privados que, por suas características históricas, artísticas, estéticas, arquitetônicas, arqueológicas, e sob sua guarda tesouros escondidos ouro, prata, papeis em bolsas de valores etc. Porém o maior tesouro da Humanidade ( o próprio ser humano) continua “tombado” pelas ruas de nossas… Jerusalém a Jericó! Homens, mulheres, crianças,idosos continuam caindo nas mãos de ladrões, que os despojam; e depois de os maltratarem com muitos ferimentos vão embora deixando-os meios mortos pelos caminhos e descaminhos da vida, Lc 10,30ss. E quem é o meu próximo? Que papel nós estamos desempenhando? Somos o sacerdote que passou pelo outro lado? O Levita viu-o e passou também adiante? Ou ladrões que os despojamos,ferimos e vamos embora? Jesus nos ensina… quando os vermos devemos ter piedade deles, cuidar de suas feridas e…’Cuide dele. Quando eu voltar, pagarei todas as despesas que você tiver’.L10,35b. Creio que o Senhor Jesus Misericordioso olhando o primeiro grupo (pobres de tudo ) mandaria derreter o ouro , a prata , vender as esculturas, livros propriedades, quadros para pintar um quadro novo na vida de cada sem-nada espalhados pelo mundo ! Porque tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; era peregrino e me acolhestes; nu e me vestistes; enfermo e me visitastes; estava na prisão e viestes a mim.Mt 25,35-36. “Se queres ser perfeito, vai, vende teus bens, dá-os aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me! Ouvindo estas palavras, o jovem foi embora muito triste, porque possuía muitos bens. Jesus disse então aos seus discípulos: Em verdade vos declaro: é difícil para um rico entrar no Reino dos céus!Mt 19,21-23 “Não ajunteis para vós tesouros na terra, onde a ferrugem e as traças corroem, onde os ladrões furtam e roubam. Ajuntai para vós tesouros no céu, onde não os consomem nem as traças nem a ferrugem, e os ladrões não furtam nem roubam. Porque onde está o teu tesouro, lá também está teu coração.Mt 6,19-21.Portanto irmãos e irmãs nosso devemos partir para propostas e atitudes praticas , perto da minha casa tem muitos pobres…O que eu tenho feito com a minha renda mensal? Tiro pelo menos um pouco do muito que o Senhor me dá para aliviar ao menos um pouco suas dificuldades financeiras e Espirituais? Ou fico apenas no campo das palavras? Tenho jogado no lixo muita comida que serviria para matar a fome de alguém? Espero os pães ficarem embolorados para depois oferecer para meu irmão faminto? O que dou para meu irmão esfomeado eu comeria?
    Que o Senhor nos ajude a “Sermos cumpridores da palavra e não apenas ouvintes; isto equivaleria a nos enganarmos a nós mesmos. Tg 1,22
    “Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo e sua Mãe Maria Santíssima! Amem!
    Jair Martins Da Silva “Moribundo da Palavra”

  20. Corrigindo:

    Catolicos preferem acreditar na “Religião”, para instituições não são igrejas, são obras humanas…

    seja qual for a pessoa, eu não acredita na minha religião, eu acredito na verdadeira PEDRA, que CRISTO JESUS…

    e a sua verdadeira igreja de Cristo, são pessoa, são cada um de nos, que entregamos as nossas vidas para Ele.

    • Amigos RAFER, LEVI VARELA TOU PARK queria muito pedi-lhes que OREMOS antes de postarmos algo, pois lembre nossas palavras jamais vão convencer os catÓlicos mais sim O ESPIRITO SANTO!

      Por mais que queremos provar que estamos com a verdade, ELes também acham que estão com a verdade, então vamos orar para que o Espirito de DEUS OS CONVENCE!

      Amém?

      • então me esclareça dayane… quem está certo entre vcs???

        – O Bi$po Macedo (que chegou a desqualificar um milagre de Cristo dizendo que não serviu para nada)
        – O RR $oares;
        – O Marco Feliciano (que prega um deus vingativo);
        – O Valdemiro;
        – O $ilas Malafalha (que acredita que pa$tores bandidos não devem ser denunciados pelos fiéi$)
        – O “Apóstolo” Estevam Hernandes (com sua biblia que é cofre de dinheiro)
        – O Davi Miranda (o que pregava o fim do mundo no ano de 2000, arrecadou milhões dos fiéi$ para ir a Jerusalem pedir a deus para não destruir o planeta kk)

        QUEREM PROVAR QUE ESTÃO COM A VERDADE… MAS QUAL???

        – a que Cristo tem obrigação de deixar os “dizimistas fiéis” ricos??
        – A que Cristo tem obrigação de curar até dores de cabeça dos fiéi$??
        – A que pode batizar crianças (Igreja Luterana)?
        – A que não pode batizar crianças (seitas “evangélicas”)???
        – A que se deve guardar o sábado??
        – A que se deve guardar o domingo??
        – A que o espirito santo faz as pessoas gritarem e enlouquecerem dentro das igrejas, falando em “linguas estranhas” e que ninguém entende??
        – A que os fiéis devem pautar os cultos em ordem???
        – A que pode vender objetos “ungidos” para cura de doenças e pagamentos de dívidas??
        – A que diz que a Africa é amaldiçoada??
        – A que contradiz o que foi dito e diz que a teologia da africa amaldiçoada é falha??

        vixii.. entre tantas e tantas outras VERDADES que vcs tem…

        kkkkkkkkkkk

        ahhh mas a verdade deve ser a sua… vc é a unica ungida de deus no mundo para trazer a verdade a todos aqui…

        ou melhor… TODOS ESTÃO CERTOS… Lutero estava certo, a interpretação biblica é livre, o espirito santo da a verdadeira interpretação a todos, mesmo sendo divergentes entre si, e apesar de a interpretação ser livre a todos, só a católica é que está errada… todos os outros estão certos… inclusive aquele pastor que “adulterou” com a mulher do fiel por ordem da sua interpretação biblica… ele também estava certo…

        kkkkk

        • Reinaldo, Maldito o homen que confia no home(isso serve pra vc mesmo e para seu proximo)

          Huai vc julga os evangélicos pelos homen?

          Ha então se eu col.ocar aqui os padres pedofilos, os papas mentirosos, os gays do vaticano!

          Se vc ficar julgando Religião pelos seres humanos vai PERDER SUA FÉ meu querido!!

          e QUEM SOMOS NÓS PRA JULGAR UM PADRE OU UM PASTOR? se vc não viu com seus propios olhos vc se torna um julgador!

          Infelizmente o DIABO vai fazer de tudo pra destruir a igreja e tranforma-la em religião!!

          A igreja catolica é a prostituta do apocalipse! Pois largou seu ESPOSO(Jesus) se prostituindo com as imagens de escultura, CANONIZANDO SERES humanos! Colocando intercessores HUMANOS QUE não tem poder de nada!!
          Preferem sua Maria doq o própio Jesus!

          Quero ver Naquele grande dia se os SEUS santos vão interceder para vcs irem pára o inferno com tanta IDOLATRIA A seres humanos mortos!!

          vc já pensou nisso?

          • Dayane… vc já foi melhor em interpretação de texto minha cara…

            eu não julguei ninguém… também não foi uma crítica da minha parte aos protestantes..:

            eu só te fiz uma pergunta sobre a Verdade que vc diz ser a dona…

            olha a sua fala:

            “Por mais que queremos provar que estamos com a verdade, ELes também acham que estão com a verdade, então vamos orar para que o Espirito de DEUS OS CONVENCE!”

            claro que eu fiquei em duvida se o Espírito Santo deve nos convencer de vez que estamos certos ou se é convencer que são vcs… mas acredito que vc quis dizer mesmo que são vcs…

            então SIMPLESMENTE te perguntei qual verdade é essa que vcs protestantes tem, afinal, cada denominação prega um deus diferente da outra, uma doutrina diferente, um entendimento diferente… a unica coisa que vcs são unanimes é em caluniar a Igreja Católica..

            não tem julgamento nenhum… tem uma pergunta que vc não respondeu: QUAL DAS VERDADES PROTESTANTES É VERDADEIRA… qual das denominações de fato interpreta as escrituras inspirados pelo Espirito Santo???

          • Reinaldo ; Primeiro te desejo muito luz…. observei o que você disse a Dayana ,parece que vocês estão mesmo é tendo uma briga de casal mal resolvida de tão dificíl que é o diálago de vcs , Quando que na realidade bate boca não responde questão nenhuma. Fazo uma pergunta a vc .Quem pode saber aquilo que é oculto senão Deus? Quem pode garantir que um papa ou um pastor é honesto? O que importa na verdade é seguir a Jesus. Porque aquele que o segue é incapaz de mentir. Sendo que o Pastor que rouba, menti, prostitui, não é senão do do Diabo.Agora um Padre ou que seja um Papa que faz as mesmas coisas não se iguala em tamanho erro. Só que por mais que o Papa seja um homem intrego se ele não se converter do erro e seguir o mandamento de Deus no livro de êxodo 20;01… nem ele nem ninguém escapará da justiça de Deus… Adorar ou se prostar diante de qualquer imagem é ferir o coração de Deus… Fora isso Reinaldo não se engane a pessoas erradas em todo lugar.

          • Reinaldo,

            Nos protestantes só ADORAMOS A Deus Pai Filho e Espirito Santo!
            Todas as igrejas Protestante são iguais neste sentido! Não há diferença nenhuma! A unica coisa que tem de diferentes é umas prega prosperidade, e outras procura não pregar isso!

            Pediria que antes de vc JULGAR, vai em tres denominalção evangelica e obrserva, e verás que os cultos são parecidos com louvor e pregação da palavra! E nossa orações são somente a Deus em nome de Jesus!

          • O dayane não estou julgando, já te disse, estou perguntando…

            mas vc disse que são unanimes em ADORAR somente a Santíssima trindade… mas qual Deus vcs ADORAM… ??/

            o Deus do Pa$tor Marco Feliciano, que amaldiçooou um continente inteiro, se vinga de palavras tolas de jovens no auge da juventude, mandando anjos jogarem o avião em montanhas, matando Jovens que poderiam louvar a ele no futuro como temos muitos exemplos, inclusive matando um piloto que ficou quietinho e morreu inocente???

            O deus do Bi$po Macedo que é obrigado a deixar os fiéis que dão “tudo de si” ($$$) ricos??? neste encontra-se também o deus do Ap$tolo Valdemiro.

            O deus que o Martinho Lutero seguia, cujo qual se dizia inspirado pelo espirito santo e permitia o batismo de crianças??

            o deus da maioria dos discidentes protestantes que também se dizem insipirados pelo espirito santo e dizem que não pode batizar ciranças??

            Dayane, não tem jeito, vcs não se entendem.. o espirito santo que inspira um não é o mesmo que inspira outro, ou vamos pensar que o espirito santo protestante é BIPOLAR kkkk

            Não me venha com essa estorinha que vcs seguem o mesmo deus que não é verdade, do contrário vcs seriam unanimes no entendimento do evangelho, já que o evangelho é um só, e o Espirito Santo verdadeiro é um só e não da entendimentos diferentes da mesma palavra.

            agora resta vc responder qual das denominações protestantes está com a razão… afinal, como alguém vai se tornar protestante sem saber para onde ir??? vai entrar na Igreja do Macedo para louvar a teoria da prosperidade?? vai entrar na Igreja do Apóstolo Valdemiro para através de pagamento ganhar a cura de alguma doença?? vai entrar na Igreja do Marco Feliciano para conseguir vingança contra um inimigo qualquer???

            O Dayanne, seja honesta consigo mesma… será que só a sua Igreja está seguindo Deus de verdade??? será que só vcs são os donos da verdade???

  21. Leandro,

    Ele não pregou pelo fato dos cátaros carecerem de conhecimento, pois possuíam mais até que você em pleno século XXI, Dominique foi lá para fazer o trabalho sujo da igreja, sendo primeiro identificar quem era contra a corrupção da igreja com base na bíblia, depois passou a pregar usando a mesma tática dos cátaros, pois homens sábios, com cultura bíblica e inspirados em seus discursos e de considerada eloquência concedida por Deus.

    Dominique viu que não ia debelá-los com a palavra, apesar de eloquente também só que a causa que defendia a honestidade da igreja, impossível, eis que partiu para a ignorância, mas antes usava uma birita, afinal parava antes das reuniões e da pensão que residia e enchia a cara, inclusive depois de chegar em casa, sozinho no quarto.

    Se os cátaros defendiam o suicídio, coisa que errada, mas em verdade a vida de certa forma é deles, se bem que não acredito nessa historinha tua, mas o pior de tudo é o Papa que mandou matar a todos, deixando Deus escolher as almas católicas depois de assassinadas pelo exército criado pelo vaticano para matar e destruir matutos do sul da França.

    Quanto a essa historinha de achar isso ou aquilo outro, além de invencionisse catálica pra amenizar a culpa de vocês, importa indagar, o ser humano não pode pensar de modo x ou y? Por favor, se você não tiver cuidado, em breve a igreja vai pegar você, por duas razões: por pensar e por falar, isso basta para morrer;

    Que as igrejas luteranas e presbiterianas tiveram suas inquisições, é mais que provável que sim, pois recém egressos da igreja que tinha isso por prática, em síntese, ainda não convertidos ainda, ainda com os costumes antigos católicos, mais a mais muitas das coisas, foi em REAÇÃO ao brutalismo católico, inclusive bem demonstrado com as cruzadas, onde até crianças colocaram para fazer guerras aos da Palestina, homem peça perdão a Deus pela a tua igreja, deixe de soberba.

    Quanto a expulsar os santos de terreiros, é que muitos evangélicos, caso a coisa tenha sido do jeito que você diz, ainda estão com a mente na católica de onde vieram, pois foi ela quem ensinou tais práticas ao tomar o patrimônio dos ricos alegando serem bruxos e bruxas.
    Em troca o “pastor” fazia a benção das armas dos traficantes e cultos de intercessão pelo sucesso dos mesmos traficantes.

    Quanto a salvação somente pela fá, finja que é de uma igreja e fique cometendo os pecados de antes e alegue que somente a fé basta, será expulso em ato contínuo.

    Os sete livros que igreja católica acresceu no velho testamento, que é da religião judaica, foi uma intromissão indevida, uma forma de dizer que ela é superior ate mesmo ao judaísmo que antecede ao cristianismo. Meu caro, isso é política de governo e de estado imperialistas, desaculturar o povo, União Soviética dizia aos seus cidadãos que tudo foi invento dela, modo de demonstrar grandeza, superioridade. Espero agora que você se converta ao Cristo que não quis ser grande nesta terra, sim o mais simples. Igreja dele rica e dominando politicamente os povos?

    • Caro irmão Levi,

      Todas as criticas dos fiés da seita católica vem sempre como mesmo papo, falando sobre história e também muitas praricas que pastores cometem por ai…(que eu não estou de acordo)

      Agora porém muitos dogmas e tradições da catolica os fiés não conseguem enxegar que isso tudo é heresia e fora dos parametros biblicos.

      A religião catolica cospe na religião judaica desrespeitando quando acrescentou 7 livros no AT na qual essa religião não tem poder para isso.

      A religião mais desreipeitosa que existiu e existe foi a religião catolica, que matou não só vidas de pessoas como também matou e ainda mata varias pessoas com suas praticas e ensinamentos.

      Esse livros que a religião catolica acrescentou é pura heresia…
      Os chamados livros apócrifos foram acrescentados à Bíblia pela Igreja Católica em 8 de abril de 1546 no Concílio de Trento (1545-1563). Trata-se do livro de Tobias, Judite, Sabedoria de Salomão, Eclesiástico, Barucque, A Epístola de Jeremias, 1 e 2 Macabeus e acréscimos feitos a Ester e a Daniel. Wayne Grudem alista 4 fatos que comprovam que você não pode aceitá-los como Palavra de Deus:

      1. Eles não atribuem a si inspiração divina;
      2. Não foram considerados Palavra de Deus pelo povo judeu;
      3. Não foram considerados como Escritura por Jesus nem pelos escritores do Novo Testamento;
      4. Contêm ensinos incoerentes com o restante da Bíblia.

      Erros, absurdos, comprovam que não são divinos:

      1. Judite e Tobias – contêm erros históricos, cronológicos e geográficos; No livro de Tobias,o Anjo Rafael mente acerca de sua identidade: Rafael apresenta-se como “Azarias, filho do grande Ananias” (Cap. 5, ver. 18 de Tobias); revelando sua verdadeira origem somente depois. O problema nesse texto é que um verdadeiro anjo de Deus nunca utilizaria a mentira, que, segundo o contexto geral da Bíblia, é uma característica diabólica, e não divina.

      Além disso, o Anjo Rafael ensina a Tobias práticas de magia/feitiço como forma de exorcismo, quando diz que, queimando o coração de um peixe sobre brasas, a fumaça expulsará todo mau espírito (Cap. 6, ver. 8 de Tobias).
      2. Sabedoria de Salomão – ensina a criação do mundo a partir de matéria preexistente (11.17);
      3. Eclesiástico – ensina que esmolas traz em a expiação do pecado (3.14-15);
      4. Baruc – diz que Deus ouve as orações dos mortos (3.4);
      5. I Macabeus – contém erros históricos e geográficos;
      6. II Macabeus – em 1538-39 o escritor pede desculpas pelos erros. Como poderiam ser livros veja: 2 Macabeus 15:38: “Se ela está felizmente concebida e ordenada, era este o meu desejo; se ela está imperfeita e medíocre, é que não pude fazer melhor.”:inspirados se contêm erros e foram escritos em grego, uma vez que o Antigo Testamento está emhebraico e aramaico? Prova que estes livros foram escritos após o AT.
      7. Judite – foi escrito em grego e situa a história na Babilônia de 626 a 668 a.C. Analise: “Mas, como poderia ser verdade, se neste momento nem há notícia da propagação dos gregos?”.

      A Bíblia responde:

      “Examinais as Escrituras, porque vós julgais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam” (Jo 5.39).

      Jesus ensinou a infalibilidade da Bíblia ao dizer:

      “A Escritura não pode falhar” (Jo 10.35).

      “Nada acrescentareis à palavra que vos mando, nem diminuireis dela, paraque guardeis os mandamentos do Senhor vosso Deus, que eu vos mando” (Dt 4.2).

      “Eu testifico a todo aquele que ouve as palavras da profecia deste livro, : Se alguém lhes fizer qualquer acréscimo, Deus lhe acrescentará os flagelos escritos neste livro; e se alguém tirar qualquercoisa das palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore da vida, da cidade santa e das coisas que se acham escritas neste livro” (Ap 22.18-19).
      O PRÓPRIO SITE DA CANÇÃO NOVA, DECLARA QUE A IGREJA CATÓLICA, USA A VERSÃO BÍBLICA DE ALEXANDRIA, E NÃO O VELHO TESTAMENTO HEBRAICO, DOS JUDEUS, QUE, SEGUNDO O SITE ULTILIZARAM DOS SEGUINTES CRITÉRIOS INSPIRACIONAIS: “(1) Deveria ter sido escrito na Terra Santa; (2) Escrito somente em hebraico, nem aramaico e nem grego; (3) Escrito antes de Esdras (455-428 a.C.); (4) Sem contradição com a Torá ou lei de Moisés.

      Ensinam Atitudes Anticristãs, como: Vingança,
      Crueldade e Egoísmo

      a) VINGANÇA – Judite 9:2
      b) CRUELDADE e EGOÍSMO – Eclesiástico 12:6
      c) Contraria o que a Bíblia diz sobre:
      – Vingança (Rm 12:19, 17)
      – Crueldade e Egoísmo ( Pv. 25:21,22; Rm 12:20; Jo 6:5; Mt 6:44-48)
      A igreja Católica tenta defender a IMACULADA CONCEIÇÃO baseando em uma deturpação dos apócrifos (Sabedoria 8:9,20) – Contradizendo: Lc. 1:30-35; Sl 51:5; Rm 3:23)
      Diante de tudo isso perguntamos: Merecem confiança os livros Apócrifos ? A resposta obvia é, NÃO.

      • Rafer,

        Veja que o próprio livro de Sabedoria chega a zombar dos que fazem e usam imagens, ou seja, o tiro saindo pela culatra, se eles lessem, talvez até renegassem esse livro, mas os católicos não leem mesmo, aí vão sendo levados pelo bico.

        4. Não fomos seduzidos pelas invenções da arte corruptora dos homens nem pelo vão trabalho dos pintores: borrada figura de cores misturadas,
        5. cuja vista excita os desejos dos insensatos, fantasma inanimado de uma imagem sem vida que provoca a paixão!
        6. Cativados pelo mal, não merecem esperar senão o mal, os que o fazem, os que o amam e os que o veneram.
        7. Eis, portanto, um oleiro que amassa laboriosamente a terra mole, e forma diversos objetos para nosso uso, mas da mesma argila faz vasos destinados a fins nobres e outros, indiferentemente, para usos opostos. Para qual destes usos cada vaso será aplicado? O oleiro será o juiz.
        8. Do mesmo barro, forma também, como obreiro perverso, uma vã divindade, ele que, ainda há pouco, nasceu da terra, e em breve voltará a ela, de onde foi tirado, quando lhe serão pedidas as contas de sua vida.
        9. Ele mesmo não tem preocupação alguma com o próprio desfalecimento, nem com a brevidade da vida; ele rivaliza, pelo contrário, com aqueles que trabalham o ouro e a prata, imita os que trabalham o cobre.
        10. Pó é o seu coração, mais vil que a terra sua esperança, e põe sua glória em fabricar objetos enganadores. E mais desprezível que o barro é sua vida,
        11. porque não reconheceu aquele que o formou, aquele que lhe inspirou uma alma ativa e lhe insuflou o espírito vital.
        12. Para ele a vida é um divertimento, e nossa existência um mercado lucrativo, porque, diz ele, é preciso aproveitar-se de tudo, mesmo do mal.
        13. Mais que qualquer outro, esse homem sabe que peca, fazendo do mesmo barro vasos frágeis e ídolos.
        14. Ora, verdadeiramente, muito insensatos, mais infortunados que a alma da criança, são os inimigos de vosso povo, que o oprimiram,
        15. porque eles também tiveram por deuses todos os ídolos das nações, que não podem servir-se de seus olhos para ver, que não têm nariz para aspirar o ar, nem ouvidos para ouvir, nem os dedos das mãos para apalpar, e cujos pés são incapazes de andar;
        16. foi, com efeito, um homem que os fez, formou-os alguém que recebeu a alma de empréstimo. Nenhum homem pode fazer um deus, mesmo semelhante a si próprio,
        17. porque, sendo ele próprio mortal, morto é tudo que produz com suas mãos ímpias. De fato, ele vale mais que os objetos que venera; ele, pelo menos, tem vida, enquanto os ídolos não a têm.
        18. Chega-se até a adorar os mais odiosos animais, que são piores ainda que os outros animais irracionais,
        19. que nem mesmo possuem o que outros seres vivos possuem: bastante beleza para serem amados, e que foram excluídos da aprovação e da bênção de Deus.

      • Rafer,

        Veja que o próprio livro de Sabedoria chega a zombar dos que fazem e usam imagens, ou seja, o tiro saindo pela culatra, se eles lessem, talvez até renegassem esse livro, mas os católicos não leem mesmo, aí vão sendo levados pelo bico.

        4. Não fomos seduzidos pelas invenções da arte corruptora dos homens nem pelo vão trabalho dos pintores: borrada figura de cores misturadas,
        5. cuja vista excita os desejos dos insensatos, fantasma inanimado de uma imagem sem vida que provoca a paixão!
        6. Cativados pelo mal, não merecem esperar senão o mal, os que o fazem, os que o amam e os que o veneram.
        7. Eis, portanto, um oleiro que amassa laboriosamente a terra mole, e forma diversos objetos para nosso uso, mas da mesma argila faz vasos destinados a fins nobres e outros, indiferentemente, para usos opostos. Para qual destes usos cada vaso será aplicado? O oleiro será o juiz.
        8. Do mesmo barro, forma também, como obreiro perverso, uma vã divindade, ele que, ainda há pouco, nasceu da terra, e em breve voltará a ela, de onde foi tirado, quando lhe serão pedidas as contas de sua vida.
        9. Ele mesmo não tem preocupação alguma com o próprio desfalecimento, nem com a brevidade da vida; ele rivaliza, pelo contrário, com aqueles que trabalham o ouro e a prata, imita os que trabalham o cobre.
        10. Pó é o seu coração, mais vil que a terra sua esperança, e põe sua glória em fabricar objetos enganadores. E mais desprezível que o barro é sua vida,
        11. porque não reconheceu aquele que o formou, aquele que lhe inspirou uma alma ativa e lhe insuflou o espírito vital.
        12. Para ele a vida é um divertimento, e nossa existência um mercado lucrativo, porque, diz ele, é preciso aproveitar-se de tudo, mesmo do mal.
        13. Mais que qualquer outro, esse homem sabe que peca, fazendo do mesmo barro vasos frágeis e ídolos.
        14. Ora, verdadeiramente, muito insensatos, mais infortunados que a alma da criança, são os inimigos de vosso povo, que o oprimiram,
        15. porque eles também tiveram por deuses todos os ídolos das nações, que não podem servir-se de seus olhos para ver, que não têm nariz para aspirar o ar, nem ouvidos para ouvir, nem os dedos das mãos para apalpar, e cujos pés são incapazes de andar;
        16. foi, com efeito, um homem que os fez, formou-os alguém que recebeu a alma de empréstimo. Nenhum homem pode fazer um deus, mesmo semelhante a si próprio,
        17. porque, sendo ele próprio mortal, morto é tudo que produz com suas mãos ímpias. De fato, ele vale mais que os objetos que venera; ele, pelo menos, tem vida, enquanto os ídolos não a têm.
        18. Chega-se até a adorar os mais odiosos animais, que são piores ainda que os outros animais irracionais,
        19. que nem mesmo possuem o que outros seres vivos possuem: bastante beleza para serem amados, e que foram excluídos da aprovação e da bênção de Deus.

        Tenho que apelar pra justiça? O que motiva não publicar parte du texto de um livro católico em que ilustro de forma correta uma tese?

        • Levi

          Então os cataros se mostravam mais sabios que eu no sec XXI???

          Então quer dizer Õ Cristão Levi que chamar Javé de demônio´é sabedoria???

          Isto faz parte das crenças protestantes???

          Moises e Davi eram servos do Deus do Mal???

          Sobre S Domingos peço que me mostre o texto, livro e autor que fundamenta as tuas “verdades” sobre ele. Deve ser do mesmo lugar onde vc achou os filhos que Cristo teve com Maria Madalena, ou de onde viu a eleição do cardeal de SP pra papa

          Sobre os 7 Deuterocanonicos um presentinho de Alessandro Lima pra vcs:

          Muitos protestantes através de livros, folhetos e sítios na Internet, procuram defender sua posição contra os livros deuterocanônicos do AT, afirmando que estes livros contêm heresias. Segundo eles, (que eles chamam de apócrifos) não são livros canônicos porque ensinam as seguintes heresias:

          1. perdão do pecado mediante esmolas: Dizem que Tobias 12,9; 4,10; Eclesiástico 3,33 e 2 Macabeus 43-47 ensinam que as esmolas apagam os pecados, negando então a redenção do sacrifício de Cristo e por isso não podem ser considerados canônicos. Primeiro estas referências são do AT, portanto não podem ter qualquer relação com o sacrifício de Cristo. Segundo, elas estão em plena conformidade com o AT, que ensina que o bem feito ao próximo será considerado em nosso julgamento. Este é o princípio das esmolas. E esta mesma doutrina se encontra em Prov 10, 12, por exemplo. Será que o Livro dos Provérbios não é canônico também? Em terceiro lugar, esta mesma doutrina é confirmada no NT, basta verificar Mc 9,41; Lc 11,41. Jesus confirma até mesmo o valor da esmola juntamente com outras formas de piedade (cf. Mt 6,2-18), veja também 1 Pd 4,8; At 10,3-4; 10,31.

          2. a vingança e a prática do ódio contra os inimigos: Dizem que isto está em Eclo 12,6 e Judite 9,4 e contradiz ferozmente Mt 5,44-48. Mais uma vez Eclo diz respeito ao AT, onde valia a lei do retalião. Se o Livro do Eclesiástico não é canônico por esta razão, também não são Êxodo, Deuteronômio e Levítico, veja Ex 21,24; Lv 24,20; Dt 19,19-21.

          3. prática do suicídio: Dizem que o ensino sobre a prática do suicido está em 2 Macabeus 14,41-42. Entretanto em Jz 16,28.30 Sansão se suicida e sua morte é tida como grandiosa pelo autor do Livro de Juízes. A Bíblia possui diversos casos de suicídio – principalmente entre guerreiros -basta ver: Jz 9,54; 16,28-29; 1Sm 31,4-5; 2Sm 17,23; 1Rs 16,18.

          4. ensino de artes mágicas: Dizem que Tobias 6,8-9 favorece a prática de artes mágicas. Ora, em Tobias 8,3 vemos que não é Tobias quem expulsa o demônio, mas sim o Anjo Rafael. O interesse era ocultar a ação do Anjo para Tobias. Em Jo 9,6 vemos que Jesus reconstituiu os olhos de um cego com saliva e logo em Tg 5,14 há instruções para usar óleo na cura de enfermos; será que por isso estes livros também deixaram de ser canônicos?

          5. prática da mentira: Dizem que Judite 11,13-17 e Tob 5,15-19 favorecem a prática de mentiras. Abrão disse ao rei Abimelec que Sara era sua irmã, e na verdade era sua esposa (Gn 20,2). Jacó, auxiliado pela mãe, mente ao pai cego, dizendo que era o filho mais velho e no entanto era o mais novo (cf. Gn 27,19), além de também enganar o sogro (cf. Gn 31,20). Será que o livro de Gênesis também não é canônico?

          6. erros históricos e cronológicos: Dizem ainda que os livros de Baruc e Judite são cheios de contradições em relação aos protocanônicos do AT. Devemos nos lembrar que a Sagrada Escritura não é um livro histórico ou geográfico, nela Deus através das limitações humanas comunicou seus desígnios. Veja que II Reis 8,26 se contradiz com II Cro 22,2; II Reis 23,8 também se contradiz com I Cro 11,11. Isto também faz deles livros não canônicos?

          Há citações dos deuterocanônicos do AT no NT?

          Um grande motivo de disputa entre católicos e protestantes em relação ao Cânon Bíblico diz respeito a um conjunto de sete livros disponíveis na Septuaginta, além de acréscimos nos Livros de Daniel e Ester; e que se encontram no AT católico e ortodoxo e não no protestante. Estes livros são considerados apócrifos pelas confissões protestantes e deuterocanônicos pelas confissões católica e ortodoxa. São eles: Judite, Baruc, Sabedoria de Sirac, Eclesiástico, 1o. Macabeus, 2o. Macabeus e Tobias.

          As confissões protestantes acreditam que este conjunto de livros apresenta erros doutrinários e até mesmo heresias; por isso seriam contrários à Fé Cristã. Porém, o fato do NT possuir tantas referências à versão da Septuaginta, que continha esses livros, pode ser um indício de que nem os judeus de Alexandria, nem os da Palestina, nem Jesus e nem os Apóstolos, tiveram qualquer restrição a esses livros, ou então por que usariam uma versão bíblica que continham livros heréticos?

          Há ainda objeções que afirmam que nem Jesus e os Apóstolos citaram os deuterocanônicos. Ora, se este fosse um critério verdadeiro para determinar a conformidade de um livro com a Fé Cristã, estariam em não conformidade pelo menos os livros Juizes, Crônicas, Ester, Cântico dos Cânticos, que também não são citados por eles. Entretanto, não é verdade que falta no NT referências aos deuterocanônicos do AT.

          Por exemplo, em Hebreus 11, somos animados a imitar os heróis do AT, “as mulheres [que] receberam a seus mortos pela ressurreição. Alguns foram torturados, recusando aceitar ser libertados, para poder levantar-se novamente a uma vida melhor” (Hb 11,35). Nos protocanônicos do AT (que corresponderia ao AT Protestante), encontramos vários exemplos de mulheres recebendo a seus mortos mediante ressurreição. Encontraremos Elias ressuscitando o filho da viúva de Sarepta em 1 Reis 17, encontraremos seu sucessor Eliseu ressuscitando o filho da mulher sunamita em 2 Reis 4. Mas jamais encontraremos (desde Gênesis até Malaquias) algum exemplo de alguém sendo torturado e recusando aceitar ser liberto, por causa de uma melhor ressurreição. A história, cuja referência é feita em Hebreus, se encontra em um dos livros deuterocanônicos, a saber, em 2 Macabeus. Vejamos:

          “[durante a perseguição dos Macabeus] Também foram detidos sete irmãos, junto com sua mãe. O rei, flagelando-os com açoites e feixes de couro de boi, tratou de obrigá-los a comer carne de porco, proibida pela Lei. […] Os outros irmãos e a mãe se animavam mutuamente a morrer com generosidade, dizendo: ‘o Senhor Deus está nos vendo e tem compaixão de nós…’ Uma vez que o primeiro morreu […] levaram o suplicio ao segundo […] também ele sofreu a mesma tortura que o primeiro. E quando estava por dar o último suspiro, disse: ‘Tu, malvado, nos privas da vida presente, mas o Rei do universo nos ressuscitará a uma vida eterna, se morrermos por fidelidade às suas leis’” (2 Mac 7,1.5-9)

          Um após outro os filhos morrem, proclamando que serão recuperados na ressurreição. Vejamos ainda:

          “Incomparavelmente admirável e digna da mais gloriosa lembrança foi aquela mãe que, vendo morrer a seus sete filhos em um só dia, suportou tudo valorosamente, graças à esperança que tinha posto no Senhor. Exortava a cada um deles, [dizendo] ‘Eu não sei como vocês apareceram em minhas entranhas; não fui eu que lhes dei o espírito e a vida nem fui eu que ordenou harmoniosamente os membros de seu corpo. Por conseguinte, é o Criador do universo, o que formou o homem em seu nascimento e determinou a origem de todas as coisas, quem lhes devolverá misericordiosamente o espírito e a vida, já que vocês se esquecem agora de si mesmos por amor à suas leis’, dizendo ao último: ‘Não temas a este verdugo: mostra-te digno de seus irmãos e aceita a morte, para que eu volte a encontrá-lo com eles no tempo da misericórdia’” (2 Mac 7,20-23.29).

          Perceba o leitor que em Hb 11,35, o escritor sagrado, ao ensinar um artigo de Fé refere-se a um exemplo de testemunho, que se encontra somente em um dos livros deuterocanônicos. Ora, se por isto o livro dos Macabeus contivesse alguma doutrina estranha à fé, com toda certeza o autor da Carta aos Hebreus, evitaria mencioná-lo em sua pregação.

          Esta informação possui mais um detalhe muito importante: a Carta aos Hebreus foi escrita para os judeus da Palestina, demonstrando mais uma vez que a versão da Septuaginta foi também aceita por eles; caso contrário, não faria sentido o escritor sagrado fazer referência a uma história que não era conhecida por seus destinatários.

          Também é importante saber que em alguns dos livros deuterocanônicos do AT, há revelações divinas confirmadas no NT. Por exemplo:

          “Quando tu oravas com lágrimas e enterravas os mortos, quando deixavas a tua refeição e ias ocultar os mortos em tua casa durante o dia, para sepultá-los quando viesse a noite, eu apresentava as tuas orações ao Senhor. Mas porque eras agradável ao Senhor, foi preciso que a tentação te provasse. Agora o Senhor enviou-me para curar-te e livrar do demônio Sara, mulher de teu filho. Eu sou o anjo Rafael, um dos sete que assistimos na presença do Senhor” (Tobias 12,12-15) (grifos meus).

          Em nenhum lugar nos livros protocanônicos do AT, há alguma revelação dos 7 anjos que assistem na presença do Senhor e que Lhe entregam as orações dos justos. Esta revelação é confirmada no livro do Apocalipse:

          “Eu vi os sete Anjos que assistem diante de Deus. Foram-lhes dadas sete trombetas. Adiantou-se outro anjo e pôs-se junto ao altar, com um turíbulo de ouro na mão. Foram-lhe dados muitos perfumes, para que os oferecesse com as orações de todos os santos no altar de ouro, que está adiante do trono. A fumaça dos perfumes subiu da mão do anjo com as orações dos santos, diante de Deus. Depois disso, o anjo tomou o turíbulo, encheu-o de brasas do altar e lançou-o por terra; e houve trovões, vozes, relâmpagos e terremotos” (Ap 8,2-5) (grifos meus).

          Um outro caso intressante está no livro da Sabedoria:

          “Ele se gaba de conhecer a Deus, e se chama a si mesmo filho do Senhor! Sua existência é uma censura às nossas idéias; basta sua vista para nos importunar. Sua vida, com efeito, não se parece com as outras, e os seus caminhos são muito diferentes. Ele nos tem por uma moeda de mau quilate, e afasta-se de nossos caminhos como de manchas. Julga feliz a morte do justo, e gloria-se de ter Deus por pai. Vejamos, pois, se suas palavras são verdadeiras, e experimentemos o que acontecerá quando da sua morte, porque, se o justo é filho de Deus, Deus o defenderá, e o tirará das mãos dos seus adversários. Provemo-lo por ultrajes e torturas, a fim de conhecer a sua doçura e estarmos cientes de sua paciência. Condenemo-lo a uma morte infame. Porque, conforme ele, Deus deve intervir” (Sabedoria 2,13-21).

          A profecia acima se refere ao escárnio promovido pelo Sinédrio contra o Senhor Jesus. Veja o testemunho do NT sobre o seu cumprimento:

          “A multidão conservava-se lá e observava. Os príncipes dos sacerdotes escarneciam de Jesus, dizendo: Salvou a outros, que se salve a si próprio, se é o Cristo, o escolhido de Deus! […] Se és o rei dos judeus, salva-te a ti mesmo. […] Um dos malfeitores, ali crucificados, blasfemava contra ele: Se és o Cristo, salva-te a ti mesmo e salva-nos a nós!” (Lc 23,35.37.39).

          “Mas Jesus se calava e nada respondia. O sumo sacerdote tornou a perguntar-lhe: És tu o Cristo, o Filho de Deus bendito? […] Alguns começaram a cuspir nele, a tapar-lhe o rosto, a dar-lhe socos e a dizer-lhe: Adivinha! Os servos igualmente davam-lhe bofetadas” (Mc 14,61.65)

          “Querendo Pilatos satisfazer o povo, soltou-lhes Barrabás e entregou Jesus, depois de açoitado, para que fosse crucificado. […] Davam-lhe na cabeça com uma vara, cuspiam nele e punham-se de joelhos como para homenageá-lo. Depois de terem escarnecido dele, tiraram-lhe a púrpura, deram-lhe de novo as vestes e conduziram-no fora para o crucificar” (Mc 15,15.19-20).

          “salva-te a ti mesmo! Desce da cruz! Desta maneira, escarneciam dele também os sumos sacerdotes e os escribas, dizendo uns para os outros: Salvou a outros e a si mesmo não pode salvar! Que o Cristo, rei de Israel, desça agora da cruz, para que vejamos e creiamos! Também os que haviam sido crucificados com ele o insultavam” (Mc 15,30-31).

          É importante dizer que nos protocanônicos do AT, há registro de coisas muito reprováveis, como as filhas de Lot engravidaram dele, depois de o embebedar (Gn 19,30-36). O Rei Saul consultou uma espírita (I Reis 28,8), Abraão arrumou um filho fora de seu casamento (Gn 16), e o Patriarca Jacó vários (Gn 30,4-5.7.9-10.12). Davi planejou a morte de um de seus soldados para ficar com sua esposa (cf. 2 Sm 11). Alguém poderia dizer ainda que o Livro de Gênesis promove a poligamia (cf. Gn 29,28-30) e todos os cristãos sobre a terra ainda o consideram canônico apesar disso. Portanto, se não é o juízo subjetivo e pessoal que coloca ou retira livros no Cânon Bíblico, o que é? Qual foi o juízo adotado pelos primeiros cristãos para receber ou não um livro como canônico?

          O critério deles foi o mesmo dos cristãos que viveram na era apostólica quando aceitaram que a Lei de Moisés não era necessária para alcançar a Justiça (cf. At 15): o discernimento da Única e Verdadeira Igreja de Cristo.

    • Levi

      Se os cataros sabem mais do que eu então quer dizer Eles estavam certos ao falar que Javé no AT era um Deus mundano, que era demoniaco???

      Isto faz parte de sua doutrina? Os grandes do AT como Moises e Elias serviam ao senhor do mal?

      Sobre Domingos gostaria que me mostrasse sua fonte de onde tirou tantas informações negativas sobre Ele. Será que foi de onde vc descobriu os filhos de Jesus e a eleição de D Odilio pra papa??

      Muito facil falar que todos os males da inquisção protestante derivam dos que foram catolicos. Um simples olhar num caso como o das “Bruxas de Salem ” desmonta sua tese. Não havia catolicos ali proximo, eram familias que há gerações já eram protestantes.

      Sobre os deuterocanonicos
      Muitos protestantes através de livros, folhetos e sítios na Internet, procuram defender sua posição contra os livros deuterocanônicos do AT, afirmando que estes livros contêm heresias. Segundo eles, (que eles chamam de apócrifos) não são livros canônicos porque ensinam as seguintes heresias:

      1. perdão do pecado mediante esmolas: Dizem que Tobias 12,9; 4,10; Eclesiástico 3,33 e 2 Macabeus 43-47 ensinam que as esmolas apagam os pecados, negando então a redenção do sacrifício de Cristo e por isso não podem ser considerados canônicos. Primeiro estas referências são do AT, portanto não podem ter qualquer relação com o sacrifício de Cristo. Segundo, elas estão em plena conformidade com o AT, que ensina que o bem feito ao próximo será considerado em nosso julgamento. Este é o princípio das esmolas. E esta mesma doutrina se encontra em Prov 10, 12, por exemplo. Será que o Livro dos Provérbios não é canônico também? Em terceiro lugar, esta mesma doutrina é confirmada no NT, basta verificar Mc 9,41; Lc 11,41. Jesus confirma até mesmo o valor da esmola juntamente com outras formas de piedade (cf. Mt 6,2-18), veja também 1 Pd 4,8; At 10,3-4; 10,31.

      2. a vingança e a prática do ódio contra os inimigos: Dizem que isto está em Eclo 12,6 e Judite 9,4 e contradiz ferozmente Mt 5,44-48. Mais uma vez Eclo diz respeito ao AT, onde valia a lei do retalião. Se o Livro do Eclesiástico não é canônico por esta razão, também não são Êxodo, Deuteronômio e Levítico, veja Ex 21,24; Lv 24,20; Dt 19,19-21.

      3. prática do suicídio: Dizem que o ensino sobre a prática do suicido está em 2 Macabeus 14,41-42. Entretanto em Jz 16,28.30 Sansão se suicida e sua morte é tida como grandiosa pelo autor do Livro de Juízes. A Bíblia possui diversos casos de suicídio – principalmente entre guerreiros -basta ver: Jz 9,54; 16,28-29; 1Sm 31,4-5; 2Sm 17,23; 1Rs 16,18.

      4. ensino de artes mágicas: Dizem que Tobias 6,8-9 favorece a prática de artes mágicas. Ora, em Tobias 8,3 vemos que não é Tobias quem expulsa o demônio, mas sim o Anjo Rafael. O interesse era ocultar a ação do Anjo para Tobias. Em Jo 9,6 vemos que Jesus reconstituiu os olhos de um cego com saliva e logo em Tg 5,14 há instruções para usar óleo na cura de enfermos; será que por isso estes livros também deixaram de ser canônicos?

      5. prática da mentira: Dizem que Judite 11,13-17 e Tob 5,15-19 favorecem a prática de mentiras. Abrão disse ao rei Abimelec que Sara era sua irmã, e na verdade era sua esposa (Gn 20,2). Jacó, auxiliado pela mãe, mente ao pai cego, dizendo que era o filho mais velho e no entanto era o mais novo (cf. Gn 27,19), além de também enganar o sogro (cf. Gn 31,20). Será que o livro de Gênesis também não é canônico?

      6. erros históricos e cronológicos: Dizem ainda que os livros de Baruc e Judite são cheios de contradições em relação aos protocanônicos do AT. Devemos nos lembrar que a Sagrada Escritura não é um livro histórico ou geográfico, nela Deus através das limitações humanas comunicou seus desígnios. Veja que II Reis 8,26 se contradiz com II Cro 22,2; II Reis 23,8 também se contradiz com I Cro 11,11. Isto também faz deles livros não canônicos?

      Há citações dos deuterocanônicos do AT no NT?

      Um grande motivo de disputa entre católicos e protestantes em relação ao Cânon Bíblico diz respeito a um conjunto de sete livros disponíveis na Septuaginta, além de acréscimos nos Livros de Daniel e Ester; e que se encontram no AT católico e ortodoxo e não no protestante. Estes livros são considerados apócrifos pelas confissões protestantes e deuterocanônicos pelas confissões católica e ortodoxa. São eles: Judite, Baruc, Sabedoria de Sirac, Eclesiástico, 1o. Macabeus, 2o. Macabeus e Tobias.

      As confissões protestantes acreditam que este conjunto de livros apresenta erros doutrinários e até mesmo heresias; por isso seriam contrários à Fé Cristã. Porém, o fato do NT possuir tantas referências à versão da Septuaginta, que continha esses livros, pode ser um indício de que nem os judeus de Alexandria, nem os da Palestina, nem Jesus e nem os Apóstolos, tiveram qualquer restrição a esses livros, ou então por que usariam uma versão bíblica que continham livros heréticos?

      Há ainda objeções que afirmam que nem Jesus e os Apóstolos citaram os deuterocanônicos. Ora, se este fosse um critério verdadeiro para determinar a conformidade de um livro com a Fé Cristã, estariam em não conformidade pelo menos os livros Juizes, Crônicas, Ester, Cântico dos Cânticos, que também não são citados por eles. Entretanto, não é verdade que falta no NT referências aos deuterocanônicos do AT.

      Por exemplo, em Hebreus 11, somos animados a imitar os heróis do AT, “as mulheres [que] receberam a seus mortos pela ressurreição. Alguns foram torturados, recusando aceitar ser libertados, para poder levantar-se novamente a uma vida melhor” (Hb 11,35). Nos protocanônicos do AT (que corresponderia ao AT Protestante), encontramos vários exemplos de mulheres recebendo a seus mortos mediante ressurreição. Encontraremos Elias ressuscitando o filho da viúva de Sarepta em 1 Reis 17, encontraremos seu sucessor Eliseu ressuscitando o filho da mulher sunamita em 2 Reis 4. Mas jamais encontraremos (desde Gênesis até Malaquias) algum exemplo de alguém sendo torturado e recusando aceitar ser liberto, por causa de uma melhor ressurreição. A história, cuja referência é feita em Hebreus, se encontra em um dos livros deuterocanônicos, a saber, em 2 Macabeus. Vejamos:

      “[durante a perseguição dos Macabeus] Também foram detidos sete irmãos, junto com sua mãe. O rei, flagelando-os com açoites e feixes de couro de boi, tratou de obrigá-los a comer carne de porco, proibida pela Lei. […] Os outros irmãos e a mãe se animavam mutuamente a morrer com generosidade, dizendo: ‘o Senhor Deus está nos vendo e tem compaixão de nós…’ Uma vez que o primeiro morreu […] levaram o suplicio ao segundo […] também ele sofreu a mesma tortura que o primeiro. E quando estava por dar o último suspiro, disse: ‘Tu, malvado, nos privas da vida presente, mas o Rei do universo nos ressuscitará a uma vida eterna, se morrermos por fidelidade às suas leis’” (2 Mac 7,1.5-9)

      Um após outro os filhos morrem, proclamando que serão recuperados na ressurreição. Vejamos ainda:

      “Incomparavelmente admirável e digna da mais gloriosa lembrança foi aquela mãe que, vendo morrer a seus sete filhos em um só dia, suportou tudo valorosamente, graças à esperança que tinha posto no Senhor. Exortava a cada um deles, [dizendo] ‘Eu não sei como vocês apareceram em minhas entranhas; não fui eu que lhes dei o espírito e a vida nem fui eu que ordenou harmoniosamente os membros de seu corpo. Por conseguinte, é o Criador do universo, o que formou o homem em seu nascimento e determinou a origem de todas as coisas, quem lhes devolverá misericordiosamente o espírito e a vida, já que vocês se esquecem agora de si mesmos por amor à suas leis’, dizendo ao último: ‘Não temas a este verdugo: mostra-te digno de seus irmãos e aceita a morte, para que eu volte a encontrá-lo com eles no tempo da misericórdia’” (2 Mac 7,20-23.29).

      Perceba o leitor que em Hb 11,35, o escritor sagrado, ao ensinar um artigo de Fé refere-se a um exemplo de testemunho, que se encontra somente em um dos livros deuterocanônicos. Ora, se por isto o livro dos Macabeus contivesse alguma doutrina estranha à fé, com toda certeza o autor da Carta aos Hebreus, evitaria mencioná-lo em sua pregação.

      Esta informação possui mais um detalhe muito importante: a Carta aos Hebreus foi escrita para os judeus da Palestina, demonstrando mais uma vez que a versão da Septuaginta foi também aceita por eles; caso contrário, não faria sentido o escritor sagrado fazer referência a uma história que não era conhecida por seus destinatários.

      Também é importante saber que em alguns dos livros deuterocanônicos do AT, há revelações divinas confirmadas no NT. Por exemplo:

      “Quando tu oravas com lágrimas e enterravas os mortos, quando deixavas a tua refeição e ias ocultar os mortos em tua casa durante o dia, para sepultá-los quando viesse a noite, eu apresentava as tuas orações ao Senhor. Mas porque eras agradável ao Senhor, foi preciso que a tentação te provasse. Agora o Senhor enviou-me para curar-te e livrar do demônio Sara, mulher de teu filho. Eu sou o anjo Rafael, um dos sete que assistimos na presença do Senhor” (Tobias 12,12-15) (grifos meus).

      Em nenhum lugar nos livros protocanônicos do AT, há alguma revelação dos 7 anjos que assistem na presença do Senhor e que Lhe entregam as orações dos justos. Esta revelação é confirmada no livro do Apocalipse:

      “Eu vi os sete Anjos que assistem diante de Deus. Foram-lhes dadas sete trombetas. Adiantou-se outro anjo e pôs-se junto ao altar, com um turíbulo de ouro na mão. Foram-lhe dados muitos perfumes, para que os oferecesse com as orações de todos os santos no altar de ouro, que está adiante do trono. A fumaça dos perfumes subiu da mão do anjo com as orações dos santos, diante de Deus. Depois disso, o anjo tomou o turíbulo, encheu-o de brasas do altar e lançou-o por terra; e houve trovões, vozes, relâmpagos e terremotos” (Ap 8,2-5) (grifos meus).

      Um outro caso intressante está no livro da Sabedoria:

      “Ele se gaba de conhecer a Deus, e se chama a si mesmo filho do Senhor! Sua existência é uma censura às nossas idéias; basta sua vista para nos importunar. Sua vida, com efeito, não se parece com as outras, e os seus caminhos são muito diferentes. Ele nos tem por uma moeda de mau quilate, e afasta-se de nossos caminhos como de manchas. Julga feliz a morte do justo, e gloria-se de ter Deus por pai. Vejamos, pois, se suas palavras são verdadeiras, e experimentemos o que acontecerá quando da sua morte, porque, se o justo é filho de Deus, Deus o defenderá, e o tirará das mãos dos seus adversários. Provemo-lo por ultrajes e torturas, a fim de conhecer a sua doçura e estarmos cientes de sua paciência. Condenemo-lo a uma morte infame. Porque, conforme ele, Deus deve intervir” (Sabedoria 2,13-21).

      A profecia acima se refere ao escárnio promovido pelo Sinédrio contra o Senhor Jesus. Veja o testemunho do NT sobre o seu cumprimento:

      “A multidão conservava-se lá e observava. Os príncipes dos sacerdotes escarneciam de Jesus, dizendo: Salvou a outros, que se salve a si próprio, se é o Cristo, o escolhido de Deus! […] Se és o rei dos judeus, salva-te a ti mesmo. […] Um dos malfeitores, ali crucificados, blasfemava contra ele: Se és o Cristo, salva-te a ti mesmo e salva-nos a nós!” (Lc 23,35.37.39).

      “Mas Jesus se calava e nada respondia. O sumo sacerdote tornou a perguntar-lhe: És tu o Cristo, o Filho de Deus bendito? […] Alguns começaram a cuspir nele, a tapar-lhe o rosto, a dar-lhe socos e a dizer-lhe: Adivinha! Os servos igualmente davam-lhe bofetadas” (Mc 14,61.65)

      “Querendo Pilatos satisfazer o povo, soltou-lhes Barrabás e entregou Jesus, depois de açoitado, para que fosse crucificado. […] Davam-lhe na cabeça com uma vara, cuspiam nele e punham-se de joelhos como para homenageá-lo. Depois de terem escarnecido dele, tiraram-lhe a púrpura, deram-lhe de novo as vestes e conduziram-no fora para o crucificar” (Mc 15,15.19-20).

      “salva-te a ti mesmo! Desce da cruz! Desta maneira, escarneciam dele também os sumos sacerdotes e os escribas, dizendo uns para os outros: Salvou a outros e a si mesmo não pode salvar! Que o Cristo, rei de Israel, desça agora da cruz, para que vejamos e creiamos! Também os que haviam sido crucificados com ele o insultavam” (Mc 15,30-31).

      É importante dizer que nos protocanônicos do AT, há registro de coisas muito reprováveis, como as filhas de Lot engravidaram dele, depois de o embebedar (Gn 19,30-36). O Rei Saul consultou uma espírita (I Reis 28,8), Abraão arrumou um filho fora de seu casamento (Gn 16), e o Patriarca Jacó vários (Gn 30,4-5.7.9-10.12). Davi planejou a morte de um de seus soldados para ficar com sua esposa (cf. 2 Sm 11). Alguém poderia dizer ainda que o Livro de Gênesis promove a poligamia (cf. Gn 29,28-30) e todos os cristãos sobre a terra ainda o consideram canônico apesar disso. Portanto, se não é o juízo subjetivo e pessoal que coloca ou retira livros no Cânon Bíblico, o que é? Qual foi o juízo adotado pelos primeiros cristãos para receber ou não um livro como canônico?

      O critério deles foi o mesmo dos cristãos que viveram na era apostólica quando aceitaram que a Lei de Moisés não era necessária para alcançar a Justiça (cf. At 15): o discernimento da Única e Verdadeira Igreja de Cristo.

  22. Leandro,

    Você não tem jeito mesmo não.

    Eu não falei que todos os católicos eram favoráveis ao aborto, sim tinha vozes discordantes, no caso as que você citou e algumas outras, assim como Lutero que era contra as indulgências e demais coisas.

    Meu caro, eu fiz menção a uma posição oficial da igreja católica favorável que somente foi alterada em 1870, mas se você não trouxer, eu vou trazer, e aí vai ficar feio, afinal quem faz questão de se mostrar como arquivista da igreja católica é você, portanto correrá o risco de perder o cargo.

    Então traga o texto em que a igreja altera sua posição sobre o aborto, ou seja, deixa de acatar como normal até três meses e passa a condená-lo para todas as situações.

    Católicos, fiquem atentos ao Leandro,ele está na porta, não entrando e nem deixando os outros entrarem, a crítica que Cristo fez aos maus religiosos da época dele, no caso os farizeus.

    • Levi

      Se acha mesmo que os cataros estavam certos e que sabiam o que era melhor, peço que explique como se encaixa nas seitas evangelicas as afirmativas cataras de que Jave era um Deus maligno, que homens como Moises e Elias serviam ao Senhor do Mal, que gravidez era uma desgraça e que as pessoas deveriam evitar prole.

      Tem algum de vcs que ensine isto????

      • Leandro,

        Não sobrou nem a alma dos cátaros para escrever o pensamento deles, pois o papa mandou matá-los e a todos, sejam católicos ou cátaros que fossem vizinhos.

        Eu quero que você me mostre na bíblia ou na tradição, os cristãos tirando a vida por discussões doutrinárias, diga a base, o fundamento de se matar quem pensa diferente dagente?

        Quer dizer que pelo fato deles dizerem que Deus do velho testamento era mal, eu tenho o direito de matá-los?

        Ora, se os que mataram Cristo, Ele os perdoo, imagine os que falem ou preguem asneiras contra o Criador, será que Deus os mataria?

        Quem agiu como mau e perverso como o deus do velho testamento foi a católica que mandou matar todo mundo.

        • Levi

          os historiadores acharam bastante material para caracterizar os cátaros bem como suas crenças. Mas como vc acha que Deus no AT foi “malvado” começo a entender sua atração pelos cátaros. Semelhante se attrai com seu semelhante.

          Mas vamos As acusações contra os deuterocanonicos. A Igreja não se intrometeu em seara alheia. Sendo coluna e firmamento da verdade, nas palavras de Paulo(que infelizmente é inferior ao Levi), ela pode e deve dizer o que é canon bíblico.
          Fora que os livros entraram lá por meio dos judeus do Egito que até hoje os usam, bem como os judeus etiopes. No passado, os essênios que viviam em Qurân no Mar Morto também usaram, vejamos que nos achados arqueológicos de 1948 eles estavam nos depósitos dos essênios.

          1. perdão do pecado mediante esmolas: Dizem que Tobias 12,9; 4,10; Eclesiástico 3,33 e 2 Macabeus 43-47 ensinam que as esmolas apagam os pecados, negando então a redenção do sacrifício de Cristo e por isso não podem ser considerados canônicos. Primeiro estas referências são do AT, portanto não podem ter qualquer relação com o sacrifício de Cristo. Segundo, elas estão em plena conformidade com o AT, que ensina que o bem feito ao próximo será considerado em nosso julgamento. Este é o princípio das esmolas. E esta mesma doutrina se encontra em Prov 10, 12, por exemplo. Será que o Livro dos Provérbios não é canônico também? Em terceiro lugar, esta mesma doutrina é confirmada no NT, basta verificar Mc 9,41; Lc 11,41. Jesus confirma até mesmo o valor da esmola juntamente com outras formas de piedade (cf. Mt 6,2-18), veja também 1 Pd 4,8; At 10,3-4; 10,31.
          2. a vingança e a prática do ódio contra os inimigos: Dizem que isto está em Eclo 12,6 e Judite 9,4 e contradiz ferozmente Mt 5,44-48. Mais uma vez Eclo diz respeito ao AT, onde valia a lei do retalião. Se o Livro do Eclesiástico não é canônico por esta razão, também não são Êxodo, Deuteronômio e Levítico, veja Ex 21,24; Lv 24,20; Dt 19,19-21.
          3. prática do suicídio: Dizem que o ensino sobre a prática do suicido está em 2 Macabeus 14,41-42. Entretanto em Jz 16,28.30 Sansão se suicida e sua morte é tida como grandiosa pelo autor do Livro de Juízes. A Bíblia possui diversos casos de suicídio – principalmente entre guerreiros -basta ver: Jz 9,54; 16,28-29; 1Sm 31,4-5; 2Sm 17,23; 1Rs 16,18.
          4. ensino de artes mágicas: Dizem que Tobias 6,8-9 favorece a prática de artes mágicas. Ora, em Tobias 8,3 vemos que não é Tobias quem expulsa o demônio, mas sim o Anjo Rafael. O interesse era ocultar a ação do Anjo para Tobias. Em Jo 9,6 vemos que Jesus reconstituiu os olhos de um cego com saliva e logo em Tg 5,14 há instruções para usar óleo na cura de enfermos; será que por isso estes livros também deixaram de ser canônicos?
          5. prática da mentira: Dizem que Judite 11,13-17 e Tob 5,15-19 favorecem a prática de mentiras. Abrão disse ao rei Abimelec que Sara era sua irmã, e na verdade era sua esposa (Gn 20,2). Jacó, auxiliado pela mãe, mente ao pai cego, dizendo que era o filho mais velho e no entanto era o mais novo (cf. Gn 27,19), além de também enganar o sogro (cf. Gn 31,20). Será que o livro de Gênesis também não é canônico?
          6. erros históricos e cronológicos: Dizem ainda que os livros de Baruc e Judite são cheios de contradições em relação aos protocanônicos do AT. Devemos nos lembrar que a Sagrada Escritura não é um livro histórico ou geográfico, nela Deus através das limitações humanas comunicou seus desígnios. Veja que II Reis 8,26 se contradiz com II Cro 22,2; II Reis 23,8 também se contradiz com I Cro 11,11. Isto também faz deles livros não canônicos?

          Há citações dos deuterocanônicos do AT no NT?
          Um grande motivo de disputa entre católicos e protestantes em relação ao Cânon Bíblico diz respeito a um conjunto de sete livros disponíveis na Septuaginta, além de acréscimos nos Livros de Daniel e Ester; e que se encontram no AT católico e ortodoxo e não no protestante. Estes livros são considerados apócrifos pelas confissões protestantes e deuterocanônicos pelas confissões católica e ortodoxa. São eles: Judite, Baruc, Sabedoria de Sirac, Eclesiástico, 1o. Macabeus, 2o. Macabeus e Tobias.
          As confissões protestantes acreditam que este conjunto de livros apresenta erros doutrinários e até mesmo heresias; por isso seriam contrários à Fé Cristã. Porém, o fato do NT possuir tantas referências à versão da Septuaginta, que continha esses livros, pode ser um indício de que nem os judeus de Alexandria, nem os da Palestina, nem Jesus e nem os Apóstolos, tiveram qualquer restrição a esses livros, ou então por que usariam uma versão bíblica que continham livros heréticos?
          Há ainda objeções que afirmam que nem Jesus e os Apóstolos citaram os deuterocanônicos. Ora, se este fosse um critério verdadeiro para determinar a conformidade de um livro com a Fé Cristã, estariam em não conformidade pelo menos os livros Juizes, Crônicas, Ester, Cântico dos Cânticos, que também não são citados por eles. Entretanto, não é verdade que falta no NT referências aos deuterocanônicos do AT.
          Por exemplo, em Hebreus 11, somos animados a imitar os heróis do AT, “as mulheres [que] receberam a seus mortos pela ressurreição. Alguns foram torturados, recusando aceitar ser libertados, para poder levantar-se novamente a uma vida melhor” (Hb 11,35). Nos protocanônicos do AT (que corresponderia ao AT Protestante), encontramos vários exemplos de mulheres recebendo a seus mortos mediante ressurreição. Encontraremos Elias ressuscitando o filho da viúva de Sarepta em 1 Reis 17, encontraremos seu sucessor Eliseu ressuscitando o filho da mulher sunamita em 2 Reis 4. Mas jamais encontraremos (desde Gênesis até Malaquias) algum exemplo de alguém sendo torturado e recusando aceitar ser liberto, por causa de uma melhor ressurreição. A história, cuja referência é feita em Hebreus, se encontra em um dos livros deuterocanônicos, a saber, em 2 Macabeus. Vejamos:
          “[durante a perseguição dos Macabeus] Também foram detidos sete irmãos, junto com sua mãe. O rei, flagelando-os com açoites e feixes de couro de boi, tratou de obrigá-los a comer carne de porco, proibida pela Lei. […] Os outros irmãos e a mãe se animavam mutuamente a morrer com generosidade, dizendo: ‘o Senhor Deus está nos vendo e tem compaixão de nós…’ Uma vez que o primeiro morreu […] levaram o suplicio ao segundo […] também ele sofreu a mesma tortura que o primeiro. E quando estava por dar o último suspiro, disse: ‘Tu, malvado, nos privas da vida presente, mas o Rei do universo nos ressuscitará a uma vida eterna, se morrermos por fidelidade às suas leis’” (2 Mac 7,1.5-9)
          Um após outro os filhos morrem, proclamando que serão recuperados na ressurreição. Vejamos ainda:
          “Incomparavelmente admirável e digna da mais gloriosa lembrança foi aquela mãe que, vendo morrer a seus sete filhos em um só dia, suportou tudo valorosamente, graças à esperança que tinha posto no Senhor. Exortava a cada um deles, [dizendo] ‘Eu não sei como vocês apareceram em minhas entranhas; não fui eu que lhes dei o espírito e a vida nem fui eu que ordenou harmoniosamente os membros de seu corpo. Por conseguinte, é o Criador do universo, o que formou o homem em seu nascimento e determinou a origem de todas as coisas, quem lhes devolverá misericordiosamente o espírito e a vida, já que vocês se esquecem agora de si mesmos por amor à suas leis’, dizendo ao último: ‘Não temas a este verdugo: mostra-te digno de seus irmãos e aceita a morte, para que eu volte a encontrá-lo com eles no tempo da misericórdia’” (2 Mac 7,20-23.29).
          Perceba o leitor que em Hb 11,35, o escritor sagrado, ao ensinar um artigo de Fé refere-se a um exemplo de testemunho, que se encontra somente em um dos livros deuterocanônicos. Ora, se por isto o livro dos Macabeus contivesse alguma doutrina estranha à fé, com toda certeza o autor da Carta aos Hebreus, evitaria mencioná-lo em sua pregação.
          Esta informação possui mais um detalhe muito importante: a Carta aos Hebreus foi escrita para os judeus da Palestina, demonstrando mais uma vez que a versão da Septuaginta foi também aceita por eles; caso contrário, não faria sentido o escritor sagrado fazer referência a uma história que não era conhecida por seus destinatários.
          Também é importante saber que em alguns dos livros deuterocanônicos do AT, há revelações divinas confirmadas no NT. Por exemplo:
          “Quando tu oravas com lágrimas e enterravas os mortos, quando deixavas a tua refeição e ias ocultar os mortos em tua casa durante o dia, para sepultá-los quando viesse a noite, eu apresentava as tuas orações ao Senhor. Mas porque eras agradável ao Senhor, foi preciso que a tentação te provasse. Agora o Senhor enviou-me para curar-te e livrar do demônio Sara, mulher de teu filho. Eu sou o anjo Rafael, um dos sete que assistimos na presença do Senhor” (Tobias 12,12-15) (grifos meus).
          Em nenhum lugar nos livros protocanônicos do AT, há alguma revelação dos 7 anjos que assistem na presença do Senhor e que Lhe entregam as orações dos justos. Esta revelação é confirmada no livro do Apocalipse:
          “Eu vi os sete Anjos que assistem diante de Deus. Foram-lhes dadas sete trombetas. Adiantou-se outro anjo e pôs-se junto ao altar, com um turíbulo de ouro na mão. Foram-lhe dados muitos perfumes, para que os oferecesse com as orações de todos os santos no altar de ouro, que está adiante do trono. A fumaça dos perfumes subiu da mão do anjo com as orações dos santos, diante de Deus. Depois disso, o anjo tomou o turíbulo, encheu-o de brasas do altar e lançou-o por terra; e houve trovões, vozes, relâmpagos e terremotos” (Ap 8,2-5) (grifos meus).
          Um outro caso intressante está no livro da Sabedoria:
          “Ele se gaba de conhecer a Deus, e se chama a si mesmo filho do Senhor! Sua existência é uma censura às nossas idéias; basta sua vista para nos importunar. Sua vida, com efeito, não se parece com as outras, e os seus caminhos são muito diferentes. Ele nos tem por uma moeda de mau quilate, e afasta-se de nossos caminhos como de manchas. Julga feliz a morte do justo, e gloria-se de ter Deus por pai. Vejamos, pois, se suas palavras são verdadeiras, e experimentemos o que acontecerá quando da sua morte, porque, se o justo é filho de Deus, Deus o defenderá, e o tirará das mãos dos seus adversários. Provemo-lo por ultrajes e torturas, a fim de conhecer a sua doçura e estarmos cientes de sua paciência. Condenemo-lo a uma morte infame. Porque, conforme ele, Deus deve intervir” (Sabedoria 2,13-21).
          A profecia acima se refere ao escárnio promovido pelo Sinédrio contra o Senhor Jesus. Veja o testemunho do NT sobre o seu cumprimento:
          “A multidão conservava-se lá e observava. Os príncipes dos sacerdotes escarneciam de Jesus, dizendo: Salvou a outros, que se salve a si próprio, se é o Cristo, o escolhido de Deus! […] Se és o rei dos judeus, salva-te a ti mesmo. […] Um dos malfeitores, ali crucificados, blasfemava contra ele: Se és o Cristo, salva-te a ti mesmo e salva-nos a nós!” (Lc 23,35.37.39).
          “Mas Jesus se calava e nada respondia. O sumo sacerdote tornou a perguntar-lhe: És tu o Cristo, o Filho de Deus bendito? […] Alguns começaram a cuspir nele, a tapar-lhe o rosto, a dar-lhe socos e a dizer-lhe: Adivinha! Os servos igualmente davam-lhe bofetadas” (Mc 14,61.65)
          “Querendo Pilatos satisfazer o povo, soltou-lhes Barrabás e entregou Jesus, depois de açoitado, para que fosse crucificado. […] Davam-lhe na cabeça com uma vara, cuspiam nele e punham-se de joelhos como para homenageá-lo. Depois de terem escarnecido dele, tiraram-lhe a púrpura, deram-lhe de novo as vestes e conduziram-no fora para o crucificar” (Mc 15,15.19-20).
          “salva-te a ti mesmo! Desce da cruz! Desta maneira, escarneciam dele também os sumos sacerdotes e os escribas, dizendo uns para os outros: Salvou a outros e a si mesmo não pode salvar! Que o Cristo, rei de Israel, desça agora da cruz, para que vejamos e creiamos! Também os que haviam sido crucificados com ele o insultavam” (Mc 15,30-31).
          É importante dizer que nos protocanônicos do AT, há registro de coisas muito reprováveis, como as filhas de Lot engravidaram dele, depois de o embebedar (Gn 19,30-36). O Rei Saul consultou uma espírita (I Reis 28,8), Abraão arrumou um filho fora de seu casamento (Gn 16), e o Patriarca Jacó vários (Gn 30,4-5.7.9-10.12). Davi planejou a morte de um de seus soldados para ficar com sua esposa (cf. 2 Sm 11). Alguém poderia dizer ainda que o Livro de Gênesis promove a poligamia (cf. Gn 29,28-30) e todos os cristãos sobre a terra ainda o consideram canônico apesar disso. Portanto, se não é o juízo subjetivo e pessoal que coloca ou retira livros no Cânon Bíblico, o que é? Qual foi o juízo adotado pelos primeiros cristãos para receber ou não um livro como canônico?
          O critério deles foi o mesmo dos cristãos que viveram na era apostólica quando aceitaram que a Lei de Moisés não era necessária para alcançar a Justiça (cf. At 15): o discernimento da Única e Verdadeira Igreja de Cristo.

        • Somente em sua opinião não sobrou material abundante deixado pelos cátaros pra saber o que pensavam. Os historiadores acharam o necessário. Mas como vc já pensa que o Javé no AT foi “malvado” começo a entender sua admiração pelos cátaros. Afinal, semelhante se atrai com seus semelhantes.

          Mas sobre os deuterocanonicos

          vOU POSTAR AQUI UMA ANALISE CATOLICA SOBRE AQUILO Q VCS JULGAM ERROS E HERESIAS DOS DEUTEROCANONICOS CATOLICOS.O atigo pertence a Alexandre Semedo

          Não pretendo, aqui, analisar todos os argumentos levantados pelos protestantes, mas apenas, dentre os mais comuns, aqueles que não têm sido rebatidos pela maior parte dos apologistas católicos.

          O problema dos deuterocanônicos é bem conhecido. Existe uma série de livros do Antigo Testamento que os protestantes não aceitam como fazendo parte da Bíblia sagrada. Vamos analisar os argumentos mais usados, mas, antes, preliminarmente, colocaremos uma questão: existe, na Bíblia, algum catálogo de livros inspirados?

          A resposta a esta pergunta é negativa. A Bíblia, do Gênesis ao Apocalipse, não traz qualquer série de livros inspirados. A definição dos livros bíblicos requer, inexoravelmete, uma fonte extra-bíblica. Este é um ponto incontornável para os protestantes que, para não enfrentarem este problema, criam um sem número de subterfúgios. Trazem listas antigas, afirmam que a inspiração dos livros é patente (êta, subjetivismo arretado!), etc..

          O fato, contudo, é que todo protestante acredita (faz parte da sua fé) que os livros que compõe a sua Bíblia são inspirados e que todos os demais não o são. É ponto de fé basilar do protestantismo. Só que este ponto de fé não está na Bíblia. Uma das crenças centrais do protestantismo (da qual procede todas as demais) não está, implícita ou explicitamente, estabelecida no Livro que eles têm como sendo a única fonte de sua fé!!!

          Isto, por si só, faz de todo o protestantismo um enorme absurdo. Isto, por si só, torna qualquer discussão sobre os deuterocanônicos irrelevante.

          Mas, sejamos bondosos. Passemos por cima deste obstáculo (que lhes é absolutamente invencível) para analisarmos os outros “argumentos” usados para rejeitar os deuterocanônicos. Assim, o leitor terá uma idéia ainda mais ampla do absoluto despropósito de tudo o que nasceu da árvore podre de Lutero.

          CONTINUANDO O ARTIGO

          Argumento protestante nº 1: O Concílio judeu de Jamnia descartou os deuterocanônicos como sendo de inspiração divina.

          Talvez o leitor menos acostumado com a questão não saiba, exatamente, o que foi este Concílio, pelo que o explicaremos rapidamente. Por volta do ano 100 da nossa era, os líderes religiosos judeus se reuniram para definir qual seria o Cânon de suas próprias escrituras. Estavam, particularmente, interessados em barrar o avanço do cristianismo entre os judeus da diáspora e, por isto, estabeleceram algumas regras que, na prática, excluíram, não apenas os deuterocanônicos, mas todos os escritos cristãos.

          É óbvio que o bom senso nos indica que uma decisão de líderes judaicos, tomada em plena era apostólica, não tem qualquer poder de vinculação com relação à Igreja, já constituída por Deus como a nova guardião e depositária da fé. Em outras palavras: o que os judeus de Jâmnia disseram sobre o Cânon não tem qualquer importância.

          Os protestantes costumam a usar um texto bíblico para tentar sustentar esta tese esdrúxula (que, adotada de forma coerente levaria à rejeição de todo o Novo Testamento). Trata-se do texto de Rm 3, 2 que diz serem os judeus os “portadores dos oráculos de Deus”.
          A utilização deste trecho é bastante curiosa. São Paulo afirma que os judeus eram “guardiães dos oráculos”. Ocorre que a divisão das Escrituras entre Antigo e Novo Testamento é, apenas, uma divisão didática, assim como didática é a divisão dos livros em capítulos e versículos. As Escrituras formam um todo orgânico. Não há qualquer sentido em se afirmar que aos judeus foi confiado o Antigo Testamento e, aos cristãos, o Novo. Se os judeus são os guardiões das escrituras (ou dos oráculos), e se esta premissa serve de argumento para excluirmos os deuterocanônicos, então, logicamente, devemos rejeitar todos os livros do Novo Testamento, visto que estes “guardiões” não os aceitaram como escritura inspirada.

          Mais curiosamente ainda, quando defendem o “sola scriptura”, ao citarem 2 Tm 3, 15-17, os protestantes entendem o termo “escritura” de forma totalmente diversa. Vejamos:

          “Desde a infância conheces as Sagradas Escrituras e sabes que podem instruir-te para a salvação pela fé em Cristo Jesus. Pois toda Escritura é divinamente inspirada e útil para ensinar, para repreender, para corrigir, para educar na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e capacitado para toda boa obra.”
          Aqui, “escritura” abrange tanto o Antigo como o Novo Testamento (não fosse assim, eles seriam obrigados a crer que apenas os livros do Antigo Testamento eram bons para ensinar, repreender, corrigir e educar). Por que em Rm 3,2 “escritura” refere-se apenas ao Antigo Testamento, enquanto que em 2Tm 3, 15-17 refere-se à Bíblia como um todo?
          Mistérios protestantes…
          Mas podemos resolver este mistério. Tal é assim porque o texto de Romanos, entendido segundo o subjetivismo protestante é útil para que se afastem os deuterocanônicos; por sua vez, esta mesma exegese, sendo-lhes inútil em 2 Tm, 15-17, é solenemente deixada de lado.

          Assim caminham os protestantes. Na verdade, a sua única fonte de fé é a sua própria cabeça. Usam a Bíblia apenas para justificarem suas crenças, e, nisto, não se dão conta das incoerências e contradições que caem.
          Como entender, então, o texto de Rm 3,2? De fato, o povo de Israel era o depositário da verdade até que Deus suscitou um novo Israel (a Igreja) e a ele deu esta missão. Por isto, enquanto Nação, os Judeus têm vantagem sobre os demais povos (disto é que falava São Paulo neste trecho), visto que, com eles, Deus havia feito uma aliança. Os judeus precedem os gregos na predileção divina. Mas, em relação à Igreja, aos batizados, estão em desvantagem, visto que a aliança que Deus fez conosco é superior à feita com eles.

          • Pode procurar um psiquiatra dos bons, de preferência com formação na Sourbone em diante, pois o seu caso é sério.

            Historinha de fazer criança perder o sono ou então dormir de vez esta contada acima.

            Meu caro, quando o novo testamento fala de tradição, tal decorre do fato de que Cristo trouxe uma mensagem mais avançada que a contida no velho testamento, e como Cristo não teve historiadores para registrar a novidade, apenas os discípulos meio que analfabetos, bem assim a professada pelos demais judeus que o viram atuando.

            Como exemplo tem-se o fato dEle não discriminar a mulher, tanto que Maria Madalena os acompanhava no dia a dia, que ele se dirigiu à mulher samaritana do poço de Jacó, que ele recebeu ajuda financeira de três mulheres: Joana, Suzana, Maria Madalena. Quer mais? Não apedrejou a mulher adúltera como determinava a Lei de Moisés.

            Agora entendeu?

            Por Deus, vamos crescer, vamos deixar de ser criança

          • Ah levi se eu preciso de um psiquiatra então vc ja devia estar na camisa de força.
            Alem do que pra um cara que já falou Jesus ser apenas homem , ficva hipocrita falar que catolicos seguem doutrina de homens. Se Jesus, segundo suas palavras, era mortal somente. Tudo no NT são, por consequencia obra e lei humana.

            Ainda sobre deuterocanonicos
            Argumento protestante nº 2: O cânon bíblico se encerrou com Malaquias.

            Embora, normalmente, os protestantes afirmem que “o cânon bíblico se encerrou com Malaquias”, os mesmos aceitam, como inspirados, uma série de livros que se escreveram depois de Malaquias, quais sejam, todos os livros do Novo Testamento. Assim, o que eles gostariam de dizer (embora não o digam) é que o cânon do Antigo Testamento (e não da Bíblia) se encerrara com Malaquias. Passarei, então, a responder o que eles gostariam de argumentar, ao invés de responder o que, de fato, argumentam.

            Os protestantes que usam este argumento (e a maioria o faz) têm a crença de que, no período que vai da morte de Malaquias ao nascimento de João Batista, o profetismo havia abandonado Israel. É neste período que foram escritos os deuterocanônicos. Concluem, portanto, que os mesmos não poderiam ser inspirados.

            Pergunto: em que versículo bíblico está escrito que o profetismo cessou com Malaquias? Ora, se este é um ponto de fé dos adeptos da sola scriptura, então, coerentemente, é necessário que o mesmo esteja implícita ou explicitamente estabelecido na Bíblia. No entanto, não está. E, no entanto, os “solascripturistas” crêem nele. Os protestantes, de um lado, querem que os católicos creiam no “sola scriptura”, ao mesmo tempo em que os querem crendo num ponto de fé alheio às escrituras. Incoerências protestantes…

            É bastante sintomático o fato de que, para defender o devaneio desta afirmação, os protestantes socorrem-se de fontes extra-bíblicas. Citam a literatura rabínica, citam Flávio Josefo, citam os Manuscritos do Mar Morto, e, (pasmen!) citam, um tanto fora de contexto, os próprios deuterocanônicos (para eles, fonte extra-bíblica). Mas não citam sequer um único versículo por eles considerados como bíblico!

            Isto, por si só, desmonta este argumento. Mas novamente, serei bondoso. Continuarei analisando este despautério apenas para demonstrar, mais profundamente, a sua absoluta inconsistência.

            Vamos supor, então (embora nada nos obrigue a isto), que não houve profetismo no período em que foram escritos os deuterocanônicos.

            O argumento baseia-se numa profunda ignorância do que foi o profetismo em Israel. Um profeta não era alguém chamado por Deus para escrever livros inspirados ou para estabelecer doutrinas. Tanto o é que João Batista não escreveu uma linha sequer, embora todos reconheçam, nele, o autêntico profetismo judeu. Um profeta era um canal de comunicação entre Deus e o seu povo. Geralmente, cabia ao mesmo chamar o povo de Israel de volta à observância da Aliança estabelecida, denunciando seu pecado e alertando-o das conseqüências dos mesmos. Geralmente, inclusive, os livros proféticos não foram escritos pelos profetas, mas por seus discípulos.

            A inspiração ou não de um livro sagrado não está, portanto, vinculada à condição de profeta do seu autor. Um profeta pode escrever um livro não inspirado; um não-profeta, pode escrever um livro movido pela inspiração divina.

            Argumento encerrado. Passemos à próxima pérola protestante.

            Argumento protestante nº 3: os apócrifos não são inspirados porque apresentam várias heresias.

            Segundo os protestantes, um livro que apresenta heresias e doutrinas anti-bíblicas não pode ser inspirado. Um livro bíblico, segundo eles, não pode conter doutrinas anti-bíblicas.

            A falha lógica neste argumento é patente. Ora, se concluirmos que os deuterocanônicos são inspirados, as doutrinas “heréticas” que os mesmos contém seriam, então, inspiradas, e os verdadeiros hereges seriam aqueles que não as aceitam. Portanto, a afirmação de que os deuterocanônicos estão repletos de heresias já pressupõe a não-inspiração dos mesmos e, assim, não serve de argumento para provar a sua não-inspiração.

            Tomou-se por provado o que se pretendeu provar.

            A estrutura lógica deste sofisma é a seguinte:

            Premissa maior: Um livro inspirado não contém heresias.

            Premissa menor: Os deuterocanônicos contém heresias.

            Conclusão: Os deuterocanônicos não são inspirados.

            O leitor, facilmente, pode perceber que, para que a premissa menor seja válida, a conclusão já está pressuposta. Estamos diante de um sofisma, de um não-argumento. Novamente, isto já bastaria para que fossem afastados todos os demais argumentos procedentes desta ilogicidade. Afinal, provada a inspiração dos deuterocanônicos, todas as suas doutrinas são inspiradas. Gostem delas os protestantes ou não.

            No entanto, bondosos que estamos neste dia, passemos à análise de quais seriam estas “heresias”.

            1ª “HERESIA”: Os deuterocanônicos ensinam a justificação pelas obras.

            Para justificar esta afirmação, os protestantes citam os seguintes trechos:

            “Tira de teus bens para dar esmola. Que teu olho não te inveje, quando deres esmola. Não desvies tua face de nenhum pobre, e assim não se desviará de ti a face de Deus. Age de acordo com tuas posses. Se tiveres em abundância, dá esmola em proporção a teus bens. Se tiveres pouco, não tenhas receio de tirar deste pouco. Assim acumulas em teu favor um precioso tesouro para o dia da necessidade. A esmola preserva da morte e não deixa entrar nas trevas. Para todos os que a praticam diante do Altíssimo, a esmola é oferenda de grande valor.” (Tb 4, 7-11)

            “É valiosa a oração com a verdade; e a esmola com a justiça vale mais que a riqueza com a injustiça. Mais vale dar esmolas que entesourar ouro.” (Tb 12,8)

            “A água extingue o fogo flamejante, e assim a esmola expia os pecados. Quem retribui os favores será recordado um dia; e, no momento da queda, encontrará apoio.” (Eclo 3, 30,31)

            O leitor, desde logo, pode perceber como é notável a cegueira protestante. Primeiramente, estes trechos não ensinam a “justificação pelas obras”, mas ensinam-nos a respeito dos méritos das mesmas. As boas obras não são capazes de nos salvar, mas são retribuídas pelo Pai, juiz incorruptível. Eis o que ensinam estes trechos; eis, de resto, o que ensina o cristianismo autêntico e verdadeiro desde o princípio.

            Bem, se eles forem coerentes, devem taxar de herético outros livros, pois ensinam a mesma doutrina. Curiosamente, no entanto, os protestantes os têm como inspirados. Vejamos alguns exemplos.

            “Darás a cada um conforme as sua obras, que conheces que ele tem no seu coração, pois que só tu conheces os corações dos filhos dos homens.” (2 Cr 6, 30).

            “Se tu disseres: As forças não me ajudam, o mesmo que é inspetor do coração o conhece e ao guardador da tua alma nada se esconde e Ele retribuirá ao homem segundo as sua obras.” (Pr 24,12).”

            “Guardai-vos de fazer as vossas boas obras diante dos homens, com o fim de serdes vistos por eles, doutra sorte não sereis remunerados pelo vosso Pai, que está nos céus. Quando, pois, dás esmola, não faças tocar a trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem honrados pelos homens.” (Mt 6,1-2)

            “Entesouras para ti ira no dia da ira e da revelação do justo juízo de Deus que há de retribuir a cada um segundo as suas obras: com a vida eterna por certo aos que, perseverando em fazer obras boas, buscam glória e honra e imortalidade; mas com ira e indignação aos que são de contenda e que não se rendem à verdade, mas que obedecem à injustiça.” (Rm 2, 5-8)

            Já chega! Poderíamos continuar com, literalmente, dezenas e dezenas de citações que expõem a mesma doutrina. Tanto no Velho como no Novo Testamento. Não há livro na Bíblia que, explícita ou implicitamente, não ensine que Deus premia as boas obras e castiga as más.

            Se os protestantes estivessem corretos, toda a Bíblia seria herética. Como estão errados, hereges são eles.

            2ª “HERESIA”: Os deuterocanônicos ensinam a mediação dos santos. Citam, para prová-lo, os seguintes trechos:

            “Quando tu e Sara fazíeis oração, eu apresentava o memorial de vossa prece diante da glória do Senhor; e fazia o mesmo quando tu, Tobit, enterravas os mortos.” (Tb 12,12)

            “Tomando a palavra, disse Onias: ?Este é o amigo de seus irmãos, aquele que muito ora pelo povo e pela Cidade Santa. É Jeremias, o profeta de Deus?.” (2Mc 15,14)

            “Senhor Onipotente, Deus de Israel, ouve a súplica dos mortos de Israel, dos filhos daqueles que pecaram contra ti, que não ouviram a voz do Senhor seu Deus: por isso vieram sobre nós estas calamidades.” (Br 3,4)

            Bom, se os protestantes que usam deste argumento forem coerentes (e adianto que a imensa maioria deles não será), devem tirar de sua Bíblia, igualmente, o Evangelho de São Lucas e o Apocalipse. No primeiro, vemos que o rico Epulão, já morto, intercedeu por seus irmãos (Lc 16, 19-31). Sua oração não foi atendida, não pelo fato de que os mortos não intercedem, mas porque a intercessão deste falecido, em particular, não encontrou ouvidos diante de Deus. Alguns trechos do Apocalipse são ainda mais explícitos. Vejamos (os grifos são meus):

            “Quando abriu o quinto selo, vi debaixo do altar, com vida, os que tinham sido degolados por causa da palavra de Deus e do testemunho que guardavam. Clamavam a grandes vozes, dizendo: “Até quando, Senhor, santo e verdadeiro, ficarás sem fazer justiça e sem vingar nosso sangue contra os habitantes da terra?” Foi então dada a cada um uma túnica branca e lhes foi dito que ficassem calados ainda um pouco de tempo até que se completasse o número de seus companheiros e de seus irmãos que também haviam de ser mortos como eles.” (Ap 6, 9-11)

            “E vi os sete anjos, que estão de pé diante de Deus. Foram-lhes dadas sete trombetas. Chegou outro anjo e se pôs em pé junto do altar com um turíbulo de ouro. Foram-lhe dados muitos perfumes para oferecê-los com as orações de todos os santos no altar de ouro que está diante do trono. 4 A fumaça dos perfumes subiu da mão do anjo com as orações dos santos para a presença de Deus.” (Ap 8, 2-6)

            No primeiro trecho, os degolados (que, salvo melhor juízo, estavam mortos…) clamam a Deus. No último, em especial, surge um ser levando as orações dos santos (cristãos) até a presença de Deus. Há, aqui, um ser intermediando os cristãos e o Pai. E (bingo!!!) este ser não é Jesus Cristo, mas um mero anjo. E agora? Como fica a tese protestante de que há, apenas, um mediador entre Deus e os homens?

            Esperemos que os protestantes anatematizem, também, este livrinho herético chamado de Apocalipse…

            Apenas para nos exercitarmos, vejamos também um trecho do Antigo Testamento:

            “E o Senhor me disse: ainda que Moisés e Samuel se apresentassem diante de mim, o meu coração não se voltaria para esse povo” (Jr 15,1).

            Ora, Moisés e Samuel já estavam mortos há alguns séculos. Deus, com todas as letras, afirma que a oração dos mesmos tem um enorme valor diante de Si. Mas o pecado do povo era tão abominável que ainda não atenderia mesmo orações tão poderosas. Só não vê quem não quer…

            3ª “HERESIA”: Os deuterocanônicos ensinam o culto e o sacrifício pelos mortos. Para prová-lo, citam o seguinte trecho (os grifos são meus):

            “O nobre Judas exortou o povo a conservar-se isento de pecado, pois tinham visto com os próprios olhos o que acontecera por causa do pecado dos que haviam tombado. Depois, tendo organizado uma coleta entre os soldados, mandou a Jerusalém cerca de duas mil dracmas, para que se oferecesse um sacrifício expiatório. Ação muito justa e nobre, inspirada no pensamento da ressurreição! Pois, se não esperasse que os soldados caídos haviam de ressuscitar, teria sido supérfluo e insensato orar pelos mortos. Considerando ele, porém, que belíssima recompensa está reservada aos que morrem piedosamente, seu pensamento foi santo e piedoso. Eis por que mandou oferecer aquele sacrifício pelos mortos, para que ficassem livres do seu pecado.” (2Mc 12, 43-45)

            Os protestantes não aceitam nem a intercessão pelos mortos, nem o fato de que, em favor de suas almas, se ofereçam sacrifícios e orações.

            O cristianismo primitivo, porém, já cultuava os seus mortos. A crença de que os cristãos (seja em militância, seja em padecimento, seja, por fim, na glória) intercediam uns pelos outros em suas orações sempre foi aceita. As fontes patrísticas o atestam. Mas vejamos textos que os protestantes aceitam para prová-lo. Citemos um do Antigo e um outro do Novo Testamentos. Primeiramente, do Antigo:

            “Terminados os dias de festa, Jó os mandava chamar para purificá-los; de manhã cedo ele oferecia um holocausto por cada um, pois dizia: “Talvez meus filhos tenham cometido pecado, maldizendo a Deus em seu coração”. Assim costumava Jó fazer todas as vezes.” (Jó 1,5)

            Ora, se Jó podia interceder e fazer sacrifícios pelos seus filhos, por que razão os sacrifícios e orações da Igreja (esposa predileta do Pai) em favor de seus filhos não teria qualquer valor? Seria Jó mais valioso aos olhos de Deus do que aquela por cuja redenção Ele ofereceu Seu próprio filho? De qualquer forma, temos um trecho bíblico em que se oferecem sacrifícios. Que os protestantes se virem com o mesmo.

            Vejamos, agora, um do Novo Testamento:

            “De outra maneira, o que pretendem aqueles que se batizam em favor dos mortos? Se os mortos realmente não ressuscitam, por que se batizam por eles?” ( 1 Co 15, 29)

            Existia, portanto, um batismo em favor dos mortos. Um verdadeiro culto cristão, expresso na Bíblia (para que todo protestante possa ler) que demonstra como os primeiros cristãos honravam os seus mortos e sentiam-se em comunhão com eles.

            Eis aí. Demos um exemplo de sacrifício do qual se conclui válido aquele praticado em favor dos mortos. Demos, também, um outro de culto explícito aos mortos. Mais dois livros que os protestantes devem tirar de suas Bíblias.

            Argumento protestante nº 4: Os deuterocanônicos estão repletos de estórias absurdas e fictícias.

            Para provar que as “inúmeras” estórias absurdas, citam, geralmente, o seguinte trecho:

            “Partiu, pois, Tobias em companhia do anjo. Também o cão saiu e os seguia. Foram caminhando juntos, até que chegou a primeira noite. Acamparam às margens do rio Tigre. O moço desceu para lavar os pés no rio. Um enorme peixe, saltando de dentro d?água, tentou devorar-lhe o pé. Ao grito do companheiro, o anjo lhe disse: “Agarra o peixe e segura-o!”O jovem segurou o peixe e o arrastou para a terra.” (Tb 6, 1-4)

            Este argumento é um dos mais difíceis de engolir. A classificação do que seria uma “estória absurda” depende, apenas, do subjetivismo do leitor. A estória narrada acima é absurda? Então, o que dizer de uma serpente falante (Gn 3, 1-5)? E o que dizer de uma jumenta falante (Nm 22, 22 ss)? Que tal a estória de um homem que passou três dias dentro das entranhas de um peixe, sendo, posteriormente, vomitado pelo mesmo em terra firme. E com vida (Jn 2)? Ou um homem que caminha sobre as águas, que tem uma espada afiada saindo pela boca, ou homens casando-se com anjos, etc, etc, etc? Perto destas estórias, a narrada em Tobias é bastante verossímel

            A Bíblia é cheia de estórias que, a princípio, poderiam ser classificadas como absurdas ou lendárias. Por que razão o protestante rejeita o livro de Tobias baseado no trecho acima e, mesmo assim, aceita, por exemplo, o livro de Jonas sem maiores problemas? Eu mesmo respondo: porque lhe é conveniente! Pura e simplesmente por isto. É conveniente aceitar o livro de Jonas porque o mesmo é uma parábola da ressurreição de Cristo. É conveniente rejeitar o de Tobias porque o mesmo é uma das mais solenes negação das doutrinas protestantes que se tem notícia.

            Qualquer outra razão não passa de balela.

            Queremos, entre as “estórias absurdas” apontadas pelos protestantes, dar um certo destaque à do “anjo mentiroso”. Atente-se para o seguinte trecho, no qual consta um diálogo entre Tobit e o arcanjo São Rafael:

            “Tobit perguntou-lhe: “De que família és, irmão, e de que tribo? Indica-me isto, meu irmão”. Respondeu-lhe: “Que necessidade tens de conhecer minha tribo?” Insistiu Tobit: “Gostaria, irmão, de saber com segurança de quem és filho e qual o teu nome”. Respondeu-lhe o anjo: “Sou Azarias, filho do grande Ananias, um de teus irmãos”. Disse-lhe Tobit: “Sê bem-vindo, irmão! E não me leves a mal, por ter querido conhecer a verdade a respeito de tua família. És realmente um irmão, membro de nobre e distinta família. Conheci Ananias e Natã, os dois filhos do grande Semeías: eles iam juntos comigo a Jerusalém, lá prestavam culto comigo e não se desviaram do caminho reto. Teus irmãos são homens de bem. És de boa estirpe. Sê bem-vindo!”(Tb 5,11-14)

            Segundo os protestantes, um anjo não pode mentir, pois isto seria contrário à sua natureza. Assim, este livro ensina uma mentira e, portanto, não pode ser inspirado.

            Bom, se assim for, que dizer de diversos trechos bíblicos que afirmam que “Deus se arrependeu”(como, por exemplo, em Gn 6,6)? Ora, arrepender-se está tão distante da natureza de Deus quanto mentir está da dos anjos. E, no entanto, os protestantes aceitam estes livros como inspirados. Que dizer, ainda, de um anjo que entra em luta corporal com um homem, sendo, inclusive, dominado por ele?

            Mas basta de cobrar coerências dos protestantes. Desejar que um protestante seja coerente é como esperar que Deus se arrependa ou que um anjo falte com a verdade. A coerência está longe da natureza do protestantismo…

            E, en passant, o anjo não foi mentiroso, pois não visava enganar ou manter no engano a Tobit e sua família. Apenas que a revelação, naquele momento, de sua identidade poria a perder o plano de Deus para os mesmos. A revelação veio no momento oportuno, quando, então, eles já a poderiam suportar. O demônio mentiu para Eva, fazendo-a pecar. São Rafael apenas fez com que Tobit e sua família cumprissem a vontade de Deus.

            Afirmar que São Rafael mentiu, equivale a afirmar que Deus mentira a Abraão quando lhe disse ser “o mais poderoso dos deuses”. Na verdade, Yahweh era único Deus. Tal revelação, contudo, seria insuportável para o velho Abraão. No tempo oportuno, Deus se revelou, para os descendentes de Abraão, como sendo o único Deus existente.

            Os pensamentos de Deus estão muito acima dos nossos…

            Argumento protestante nº 5: Os deuterocanônicos ensinam a feitiçaria. Citam o seguinte trecho:

            “Depois de abrir o peixe, o jovem recolheu o fel, o coração e o fígado. Assou parte do peixe e comeu. Deixou outra parte para salgar. Ambos continuaram juntos a viagem, até chegarem perto da Média. Dirigiu-se, então, o jovem ao anjo e perguntou: “Azarias, meu irmão, que virtude medicinal há no coração, no fígado e no fel do peixe?” Respondeu-lhe: “O coração e o fígado do peixe, podes queimá-los diante de um homem ou de uma mulher que estejam sendo atacados por algum demônio ou espírito mau. O ataque cessará e os demônios os deixarão para sempre. Quanto ao fel, deves ungir com ele os olhos de uma pessoa atingida por leucomas. Soprando-se, depois, sobre os leucomas, a pessoa ficará curada”. (Tb 6, 5-9)

            Se o uso de partes de um peixe para curar pessoas ou afugentar demônios é exemplo de feitiçaria (suficiente para provar a não-inspiração do livro de Tobias), pode-se perguntar o que nossos queridos protestantes acham acerca de saliva misturada com terra curando cegueira, ou de uma serpente de bronze que, só de olhar para a mesma, livra qualquer um da morte por envenenamento de cobras. Ambos os casos estão escritos em livros que os protestantes têm por canônicos sem os rejeitar.

            Novamente, icoerências protestantes…

            Talvez, os protestantes dirão que estamos apelando. Dirão que a serpente era símbolo de Cristo crucificado; dirão que a saliva é símbolo do Evangelho de Jesus Cristo. Ou seja, interpretarão estes trechos como sendo alegorias de verdades eternas.

            Para interpretar Tobias, no entanto, somente aceitam a interpretação literal. Se já não estivéssemos acostumados às incoerências protestantes, talvez achássemos isto absurdo.

            O trecho de Tobias é um belíssimo sinal do poder de Cristo. O primeiro símbolo de Jesus Cristo era um peixe e, por metonímia, o peixe era o símbolo de todo o cristianismo. O coração do peixe é símbolo do Amor salvífico de Cristo; as brasas na qual o mesmo é queimado é símbolo do Espírito Santo; as fumaça que afugenta o demônio é símbolo da intercessão do Novo e Eterno Sumo-sacerdote que, tendo nos amado até o fim, apresenta, diante do Pai diariamente o Seu sacrifício por nós. O fel é símbolo do Evangelho que, amargo, livra-nos da cegueira do pecado.

            Não há qualquer feitiçaria nisto tudo.

            Argumento protestante nº 6: Os deuterocanônicos ensinam atitudes anti-cristãs como: vingança, crueldade, egoísmo.

            Novamente, livros com atitudes “anti-cristãs” é o que não falta na Bíblia. Os Livro de Josué e de Juízes são um poço de atitudes de selvageria e crueldade. Em Gênese, temos situações bastantes constrangedoras, como a mentira de Abraão (que, para salvar a sua pele, arriscou a honra de sua esposa), ou a desonestidade de Jacó (premiada com uma benção), ou o incesto das filhas de Lot, etc..

            Precisamos falar mais alguma coisa?

            Argumento Protestante nº 7: Os deuterocanônicos possuem erros históricos e geográficos. Sendo a Bíblia inerrante (segundo os protestantes), um livro com erros históricos e geográficos não pode fazer parte da Bíblia.

            Obviamente, isto não faz qualquer sentido para um católico. Em primeiro lugar, a Bíblia não é nem inerrante nem “errante”. A Bíblia não erra nem acerta; erram e acertam os homens ao interpretá-la. Além disto, a Bíblia não é um compendio de história e/ou geografia. Através dela, ecoa a fé da Igreja, e não a ciência dos homens. Erros de história e geografia não determinam nem excluem a inspiração de um texto bíblico.

            É necessário que se tenha em vista que Deus usa dos autores sagrados para revelar Suas verdades eternas. Mas o escritor é um homem, com seu estilo, suas palavras e suas limitações. Portanto, com seus erros.

            Poderíamos citar vários erros históricos e geográficos existentes nos livros bíblicos que os protestantes têm por inspirados (cf. 1 Re 6,1, que fixaria a data da saída do Egito alguns séculos posterormente ao ocorrido). Mas não o farei. Prefiro enveredar esta discussão por outros caminhos.

            Pergunto: por que razão erros de história e geografia excluiriam livros da Bíblia, e erros de geologia e astronomia não? Ora, à “Bíblia inerrante em ciência” dos protestantes são permitidos erros de todas as outras ciências, menos de história e geografia? Sim, pois esta “Bíblia inerrante em ciências” afirma que o Sol gira em torno da Terra, que existem camadas de Água acima do firmamento, que a luz foi criada depois da matéria; que o Sol e as estrelas foram criados depois da Terra; que as plantas surgiram antes dos animais aquáticos, etc, etc, etc. E mais vários “etcs”. Tudo isto está em desacordo com as ciências humanas. E, no entanto, por uma razão quase esotérica, isto não é capaz de abalar a “inerrância bíblico-científica” dos protestantes. Apenas erros de história e geografia é que o podem fazer.

            III – CONCLUSÃO

            Com isto, terminamos. Como dissemos acima, existem, ainda, outros “argumentos” que não foram analisados. Este texto já ficou muito longo e, ampliá-lo ainda mais desencorajaria os leitores. No entanto, os “argumentos” deixados de lado são mais comumentemente rebatidos pela apologética nacional.

            É óbvio que o leitor já percebeu a enorme sandice dos argumentos lançados pelos protestantes. Pelo menos, o leitor católico já o fez. Talvez o leitor protestante ainda esteja lutando para não enxergar o óbvio. Acostumou-se a confiar no fato de existirem razões objetivas para rejeitar os deuterocanônicos.

            Que, então, seja grande luta! E que, ao final, vença a verdade.

      • OS MALAFAIAS E O PROTESTANTISMO DAS PESQUISAS COM SEUS DEBOCHES E ZOMBARIAS
        =============
        Protestantes não raras vezes discordam uns dos outros.

        E mesmo que todos identifiquem heresias uns nos outros, todos se consideram irmãos em Cristo para fins estatísticos.

        A maior parte reconhece que o Espírito Santo não ensina doutrinas divergentes e opostas entre si.

        E assim nunca foi segredo para ninguém que uma Igreja evangélica não é igual a outra.

        Entretanto, os institutos de pesquisas e a imprensa colocam de um mesmo lado todas as igrejas protestantes e evangélicas.

        E a maior parte dos pregadores, fazendo-se de ingênuos, tentam sugerir que todos juntos integram uma “única” e “una” Igreja Evangélica Brasileira.

        Não é por inocência que fazem isto. É colossal a diferença em percentuais e números absolutos favoráveis a Igreja Católica em relação a qualquer outra igreja do Brasil.

        E mesmo somadas todas as 50.000 ou 60.000 igrejas protestante e evangélicas, e, admitindo que os percentuais e números anunciados estejam corretos, ainda assim estas igrejas todas somadas alcançaram menos da metade do número de católicos no Brasil.

        Estou fazendo apenas um registro. Maioria católica não praticante ou maioria evangélica sem compromisso efetivo com a unidade verdadeira ordenada por Jesus Cristo penso que não podem operar grandes transformações ou mudanças.

        Retomando:

        Quando surgem as estatísticas e pesquisas que sugerem falsamente a existência de uma só Igreja evangélica, o zelo pela coerência e o desejo na transmissão da sã doutrina desaparecem até mesmo dos honestos e bem intencionados.

        Pouco importa o que cada grupo ou pessoa prega ou o Cristo que se pretende seguir. O importante é o apontamento de determinado Instituto de pesquisa sobre os percentuais de igrejas evangélicas e número de crentes que assim se declaram.

        Todos os dias podemos verificar textos e artigos de pregadores famosos que estão exultantes com o “sucesso” desta “una” igreja evangélica onde tem de tudo e onde todos se atacam e muitos são abertamente denominados como apóstatas e hereges.

        Tem gente séria sendo injustamente chamada por outros de trouxas, idiotas, endemoníados e até filhos do diabo.

        No entanto, mesmo estes que são ofendidos por outros de forma brutal e injusta, SURPREENDENTEMENTE, logo que surgem as pesquisas assumem que todos, inclusive seus acusadores, “integram” a “única” e “una” Igreja Evangélica Brasileira.

        Para fins estatísticos todos estão “salvos” por causa das placas e dos rótulos protestante e evangélico.

        E curiosamente e contraditóriamente, todos gritam ao mesmo tempo contra o catolicismo que religião, placa de igreja ou rótulo não salvam ninguém.

        O que temos visto por aí ?

        Recentemente, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, um líder evangélico muito determinado nos ataques ao Papa Francisco confirmou a máxima de que as pesquisas parecem ser mais importantes do que a qualidade do cristianismo:

        Incomodado especialmente com o discurso do Papa Francisco sobre a pobreza, este líder manifestou-se no twitter naqueles dias do mês de julho de 2013 da seguinte forma:

        “…Olha a nossa preocupação: segundo o IBGE, nós, os evangélicos em 2020 serão maioria no Brasil. Como estamos preocupados, deixa eu [rir] kkkkkkk.”

        Tenho impressão que o IBGE não fez tal afirmação. Não importa !

        Esta celebridade evangélica colocou todo mundo no mesmo saco, incluindo seus adversários com os quais já brigou e cujas doutrinas condenou.

        E também incluiu aqueles outros tantos que condenaram suas doutrinas, em especial, a doutrina da prosperidade que ele vem pregando e que a maioria, GRAÇAS A DEUS, rejeita, repudia e repele.

        O que vale realmente para este líder é tão e somente o que dizem as pesquisas.

        E ao que tudo indica, este líder parece ser o que há de melhor no meio evangélico.

        Grande parte dos evangélicos fez dele seu representante para diversos assuntos, especialmente quando se abre espaço para este líder nos grandes canais de tv.

        Se ele está na TV, torna-se repentinamente o representante de todos. Ou quase todos.

        Nesta “una” Igreja Evangélica Brasileira sugerida por este líder tem de tudo, se não vejamos:

        Unção da meia. Unção da Vassoura. Unção do leão. Unção do zoológico. Regressão ao útero materno. Troca de anjos da guarda. Transferência de unção. Casamento entre pessoas do mesmo sexo. Culto das princesas. Há quem batize e tem quem não batize. Tem quem acata o divórcio. Tem quem defenda a teologia da prosperidade e tem quem diga que isto é uma aberração. Tem quem guarde o sábado e tem quem guarde o domingo. Tem adoração da arca da aliança e tem fogueira santa ou desafios financeiros. Tem confissão positiva e tem até venda de canais por assinatura e venda de Bíblia da prosperidade. Tem pastor televisivo pregando a heresia de Ário. Tem pastor dizendo que ajudar os pobres desvia recursos da igreja. E tem pastor dizendo que não se deve tocar no “ungido” do Senhor. Tem pastor “determinando” e tem pastor mandando tomar posse da benção.

        E contra todas estas doutrinas existem muitos outros grupos, denominações e pessoas que também se declaram protestantes ou evangélicos e que também divergem umas das outras em outros temas.

        Tem ainda o grupo dos sem igreja que também se declara protestante/evangélico e que se afastou de todos os outros grupos.

        Mas este líder convive muito bem com toda esta confusão e Babel teológica.

        Vejamos o que ele acrescentou no twitter:

        “O único país do mundo onde os 3 últimos papas estiveram foi o Brasil. Somos nós que estamos preocupados? Deixa eu rir mais um pouco kkkkkkkkk”.

        Sem dúvida alguma para ele o “somos nós” significa que todos são “irmãos em Cristo”. Ele não fez qualquer distinção.

        Assim sendo, naquele grupo que ele elegeu como “Os salvos”, necessariamente, tem até o seu antigo mentor que é o auto proclamado bispo que prega a favor do aborto.

        Sinceramente, não vejo como podem pertencer ao mesmo grupo de “eleitos” ou “salvos”, os defensores do aborto e seus opositores.

        E como é possível que sejam “Irmãos em Cristo” os pregadores da teologia da prosperidade e todos aqueles que dizem que esta doutrina é obra do diabo ?

        Não há como negar a salvação pelo rótulo que vem sendo encarnada e assumida pelos protestantes e evangélicos rotineiramente.

        E quanto aos que berram sobre os percentuais alcançados nas pesquisas e estatísticas, podemos afirmar que se não é por ignorância, é tão e somente por má-fé que é possível alguém encher a boca e dizer “Povo de DEUS” ao fazer referência a um determinado grupo, quando se sabe que ele próprio já condenou doutrinas de muitos que ali estão inseridos e sabendo que ele também teve suas doutrinas ou ensinos condenados por tantos outros que fazem parte do mesmo grupo.

        No que diz respeito a uma eventual maioria evangélica no ano de 2020 e sobre a qual este líder fez referência, podemos dizer o seguinte:

        Se houver maioria evangélica ou maioria católica em 2020, DEUS ainda estará no controle de tudo.

        Se tivermos bons evangélicos que confessam Jesus Cristo como Senhor e DEUS uno e trino e cada qual assumir de fato a sua cruz, por via de consequência teremos bons cristãos.

        E os evangélicos sendo bons cristãos em 2020 por certo respeitarão as minorias. Respeitarão as leis. Serão amorosos com os católicos, cordiais, gentis e atenciosos. Respeitarão todas as religiões e terão apreço pela liberdade religiosa.

        Se esta maioria evangélica fizer como Jesus Cristo, então nós católicos seremos servidos por eles.

        Seremos acolhidos e nos darão de comer e beber.

        Seremos abrigados e vestidos.

        Ao que tudo indica, este líder evangélico esquece o que ele próprio vem pregando habitualmente.

        Por vezes, são as minorias que devemos temer.

        Finalmente, disse ainda no twitter este líder que agora aparece nos canais de TV, diga-se de passagem para alegria e encantamento de muitos no meio evangélico que antes “repudiavam” algumas destas emissoras:

        “A verdade é que tem gente que não suporta a verdade, quando ela o confronta. Deixa eu [rir] ahahahahahah”

        Mas será que ele suporta a verdade ?

        Para a decepção deste líder evangélico:

        “Quem define as coisas no Reino Espiritual não é o IBGE irmão, mas o Espírito Santo, o Deus Todo-Poderoso. Ele nunca erra! (Padre Roger Luis também no twitter)”

        Reconheço que todo homem e mulher podem e devem aderir a fé, crença ou credo que lhes pareçam mais favoráveis ou adequados. Não concordo com qualquer tentativa de cerceamento de liberdade religiosa. Não aceito também ofensas a honra e dignidade das pessoas.

        Autor: André Silva com a colaboração de V.De Carvalho – Livre divulgação mencionando-se os autores

  23. Leandro,

    Você não tem jeito mesmo não.

    Eu não falei que todos os católicos eram favoráveis ao aborto, sim tinha vozes discordantes, no caso as que você citou e algumas outras, assim como Lutero que era contra as indulgências e demais coisas.

    Meu caro, eu fiz menção a uma posição oficial da igreja católica favorável que somente foi alterada em 1870, mas se você não trouxer, eu vou trazer, e aí vai ficar feio, afinal quem faz questão de se mostrar como arquivista da igreja católica é você, portanto correrá o risco de perder o cargo.

    Então traga o texto em que a igreja altera sua posição sobre o aborto, ou seja, deixa de acatar como normal até três meses e passa a condená-lo para todas as situações.

    Católicos, fiquem atentos ao Leandro,ele está na porta, não entrando e nem deixando os outros entrarem, a crítica que Cristo fez aos maus religiosos da época dele.

    • Levi
      Deixe de ser ridiculo em tais falas. O texto sobre aborto já esta publicado e mostra o que todo cristão precisa saber sobre isto. A Igreja não mudou sua posição em 1870. Eu já te desafiei a mostrar isto e vc nda.

      Falar que controlo este site gospel HA ha ha.

    • O Levi, ultra iluminado e descendente dos filhos de Jesus com Maria Madalena.
      Os concilios e bulas papais que falam contra o aborto são POSIÇÃO OFICIAL DA IGREJA CATOLICA E BASEADOS NA BIBLIA.

      QUAQUER UM QUE NÃO FOR ANLAFABETO E LER VERÁ QUE TUDO QUE CITEI É DATADO DE ANTES DE 1870.

      • Leandro,

        Dizem que a maioria do povo brasileiro é descendentes de judeus, os cristãos novos que vieram em cerca de cem mil nos dois primeiros séculos do início do país, 1500 e 1600, por obra e graça da perseguição impingida contra eles, então você também é parente de Cristo, assim como eu e todos nós daqui, ou seja, você tem sangue de Maria, então folgai, então cantai, então pare com essa mania torpe comum aos depressivos.

        Somos quatros vezes parentes sim de Cristo.

        Por Deus, por Adão e Abraão, por sanguinidade direta(a referida acima) e da fé(pelo ato redentor de Cristo na cruz do calvário ).

  24. Rafer,

    Veja que o próprio livro de Sabedoria chega a zombar dos que fazem e usam imagens, ou seja, o tiro saindo pela culatra, se eles lessem, talvez até renegassem esse livro, mas os católicos não leem mesmo, aí vão sendo levados pelo bico.

    4. Não fomos seduzidos pelas invenções da arte corruptora dos homens nem pelo vão trabalho dos pintores: borrada figura de cores misturadas,
    5. cuja vista excita os desejos dos insensatos, fantasma inanimado de uma imagem sem vida que provoca a paixão!
    6. Cativados pelo mal, não merecem esperar senão o mal, os que o fazem, os que o amam e os que o veneram.
    7. Eis, portanto, um oleiro que amassa laboriosamente a terra mole, e forma diversos objetos para nosso uso, mas da mesma argila faz vasos destinados a fins nobres e outros, indiferentemente, para usos opostos. Para qual destes usos cada vaso será aplicado? O oleiro será o juiz.
    8. Do mesmo barro, forma também, como obreiro perverso, uma vã divindade, ele que, ainda há pouco, nasceu da terra, e em breve voltará a ela, de onde foi tirado, quando lhe serão pedidas as contas de sua vida.
    9. Ele mesmo não tem preocupação alguma com o próprio desfalecimento, nem com a brevidade da vida; ele rivaliza, pelo contrário, com aqueles que trabalham o ouro e a prata, imita os que trabalham o cobre.
    10. Pó é o seu coração, mais vil que a terra sua esperança, e põe sua glória em fabricar objetos enganadores. E mais desprezível que o barro é sua vida,
    11. porque não reconheceu aquele que o formou, aquele que lhe inspirou uma alma ativa e lhe insuflou o espírito vital.
    12. Para ele a vida é um divertimento, e nossa existência um mercado lucrativo, porque, diz ele, é preciso aproveitar-se de tudo, mesmo do mal.
    13. Mais que qualquer outro, esse homem sabe que peca, fazendo do mesmo barro vasos frágeis e ídolos.
    14. Ora, verdadeiramente, muito insensatos, mais infortunados que a alma da criança, são os inimigos de vosso povo, que o oprimiram,
    15. porque eles também tiveram por deuses todos os ídolos das nações, que não podem servir-se de seus olhos para ver, que não têm nariz para aspirar o ar, nem ouvidos para ouvir, nem os dedos das mãos para apalpar, e cujos pés são incapazes de andar;
    16. foi, com efeito, um homem que os fez, formou-os alguém que recebeu a alma de empréstimo. Nenhum homem pode fazer um deus, mesmo semelhante a si próprio,
    17. porque, sendo ele próprio mortal, morto é tudo que produz com suas mãos ímpias. De fato, ele vale mais que os objetos que venera; ele, pelo menos, tem vida, enquanto os ídolos não a têm.
    18. Chega-se até a adorar os mais odiosos animais, que são piores ainda que os outros animais irracionais,
    19. que nem mesmo possuem o que outros seres vivos possuem: bastante beleza para serem amados, e que foram excluídos da aprovação e da bênção de Deus.

    Tenho que apelar pra justiça? O que motiva não publicar parte du texto de um livro católico em que ilustro de forma correta uma tese?

  25. Reinaldo Querido!

    Vc chama de ignorante aqueles lê a biblia de verdade e se convertem.

    A seita catolica em nenhum momento quando eu fui de lá nos ensinava seus fiés a estuda-la.

    A biblia diz que quando estava no erro(seita catolica), quando nos se convertemos para verdade, a biblia diz que Deus não leva em conta o tempo da sua ignorancia. Se converta para verdade!

    Blz! Maria aparecida e MAria são as mesmas pessoas….rsrs

    Veja bem analise a ignorancia da seita catolica, analisar maria como uma santa negra em uma imagem, e agora como uma santa branquinho dos olhos azuis??

    Uma santa multante?? Onde tem base biblica para isso? rs…a seita catolica é uma piada!

    Agora sobre maria, ela nunca existiu no VT, só existiu profecias acerca que seria uma mulher, agraciada foi MAria por se a escolhida.

    MAria nasceu no NT e morreu e cheia de filhos, marcos capitulo 3 .33-34 capitulo 6.3
    voce veja o que diz estes textos que se refere aos irmão de jesus
    que eram TIAGO, JUDAS , JOSÉ E SIMÃO , agora observe abaixo , que fiz questão de colocar o esses mesmos textos que pedi para vc ler na sua biblia , no original grego , ou seja a forma original em que foi escrita , isso para desistimular qualquer catolico de plantão ´para não dar a desculpa de que eram primos e não irmãos

    veja bem a palavra IRMÃO EM GREGO É : ADELPHAI OU ADELPHOS E A PALAVRA PARA PRIMOS É : ANEPSIOS.
    Portanto, se os “irmão do Senhor” fossem primos de Jesus, ao escrever o NT em grego, os autores sagrados usariam a palavra ANEPSIOS (primo), e não ADELPHOS (irmão). Porém, o NT sempre se refere aos “irmãos do Senhor” usando o termo ADELPHOS (irmão) e nunca ANEPSIOS (primo).

    OBSERVE O TEXTO ABAIXO

    6,3] OUK OUTOS ESTIN O TEKTÔN O UIOS a=TÊS MARIAS a=KAI ADELPHOS b=DE IAKÔBOU KAI a=IÔSÊTOS b=IÔSÊ KAI IOUDA KAI SIMÔNOS KAI OUK EISIN AI ADELPHAI AUTOU ÔDE PROS ÊMAS KAI ESKANDALIZONTO EN AUTÔ

    3,32] KAI EKATHÊTO b=OKHLOS PERI AUTON a=OKHLOS a=KAI a=LEGOUSIN b=EIPON b=DE AUTÔ IDOU Ê MÊTÊR SOU KAI OI ADELPHOI m=SOU m=KAI m=AI m=ADELPHAI SOU a=[KAI a=AI a=ADELPHAI a=SOU] EXÔ ZÊTOUSIN SE

    [3,33] KAI a=APOKRITHEIS b=APEKRITHÊ AUTOIS a=LEGEI b=LEGÔN TIS ESTIN Ê MÊTÊR MOU a=KAI b=Ê OI ADELPHOS a=[MOU] b=MOU

    e existem fora destes textos outras fontes biblicas , o proprio paulo no livro de galatas capitulo 1.19, faz menção a tiago o irmão do senhor e outra vez a palavra ADELPHOS é usada e não a palavra ANEPSIOS ,

    JESUS SEMPRE EXISTIU E RESSUCITOU…POR ISSO ELE DISSE: ANTES DE ABRAÃO EU SOU…MARIA NUNCA DISSE ISSO PQ ERA SERVA E MORREU E ESTAR NA TUMBA ATÉ HOJE E PRECISOU DE SALVAÇÃO.

    Por isso que catolicos sofrem por não conhecer as escrituras sagradas…rs

    • meu caro, aqueles que Leem e de fato Estudam a biblia não são ignorantes, já que provavelmente são católicos…

      ignorante são aqueles que leem a biblia e não entende e já acham que são doutores de toda verdade mundial kkkkk

      Vc tem razão, talvez Deus não leve em conta esse tempo que vc está no engano e deixando de entender tantas coisas que diz a biblia… rezo para que tenha iluminação de Deus para conseguir entender melhor as escrituras sagradas e também a aceitar visões diferentes da sua meu caro.

      Olha vc questionando novamente a cor da Santa… kkk

      Meu caro, tá dificil de entender que a Santa não tem cor meu caro??? assim como nosso espírito não tem cor… assim como Jesus Cristo não tem cor… Deus não tem cor…

      não tem essa parada de Santa mutante… o que tem é a mãe de Jesus Cristo, Deus filho, cuja imagem apareceu em um rio em uma época em que o povo mais sofrido e que precisava mais de motivos pra ter fé eram negros…

      Vc novamente mudando de assunto, viaja pela biblia buscando novos assuntos já que os outros vc fica sem argumentos,… olha só… até pensei em não comentar sobre os tais filhos “filhos de Maria” porque é de uma falta de conhecimento tão grande que me deixa desanimado… mas como vcs protestantes tem a péssima mania de dizer que por não querermos debater um ou outro assunto é porque vcs tem razão, então vou fazer sua vontade e vou te mostrar a verdade sobre os tais “irmãos de Cristo”

      A Biblia diz o nome desses irmãos???

      claro que diz… :

      ”Não é este o carpinteiro, filho de Maria, irmão de Tiago, de José, de Judas e de Simão? E não estão aqui entre nós suas irmãs? E escandalizavam-se dele”. (Marcos, 6-3). “Não é este o filho do carpinteiro ? E não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos tiago, e josé, e simão e judas? E não estão entre nós todas as suas irmãs?.. (Mateus, 13,55 e 56).

      Pois bem, este tiago que encabeça a lista é um Apóstolo, pois diz S. Paulo na Epístola aos Gálatas: “E dos outros apóstolos não vi a nenhum, senão a tiago, irmão do SENHOR” (Gálatas, 1-19).
      Se na opinião dos protestantes, este Tiago Apóstolo era filho de Maria, mãe de Jesus; por que então depois da morte de José, na hora da morte de Cristo, ela está sozinha, sem marido e Cristo a entrega a João Evangelista, filho de Salomé e Zebedeu, que a levou para casa?
      Temos 2 Apóstolos com o nome de Tiago: Tiago Maior, e Tiago Menor. Vamos ver se algum deles era filho de José com Maria.
      Tiago Maior era irmão de João Evangelista, e ambos FILHOS DE ZEBEDEU: “Da mesma sorte havia deixado atônitos a tiago e a JOÃO, filhos db Zebedeu (Lucas 10,10).

      Mateus 27, 56
      Maria, mãe de Tiago e de José; Maria Madalena; a mãe dos filhos de Zebedeu.

      Marcos 15, 40
      Maria, mãe de Tiago Menor e de José; Maria Madalena; Salomé

      João 29,25
      a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Cleofas; Maria Madalena

      Por aí se vê que a mesma Maria que é apresentada por São João como Irmã da mãe de Jesus, é apresentada por S. Mateus e S. Marcos como “mãe de TIAGO MENOR E de José”. E é claro que não se trata de Maria Salomé, que é a mãe dos filhos de Zebedeu e, portanto, é mãe de Tiago Maior

      olha só… tem muito mais que isso meu caro, mas acho que não é viavel discutirmos isso aqui, até porque, como eu disse, vcs acreditem no que quiserem… de repente até vc pode ser um herdeiro cansanguíneo de Cristo e nem sabe né kkkk… eu quero ser herdeiro na salvação kkk…

      Também porque vc com esse assunto saiu totalmente do contexto do debate… mas se realmente quiser eu posso postar muito mais, apesar de não achar bom, já que a leitura é cansativa.

      abçs…

      • Reinaldo se vc verificar direito os protestante e ler a Bíblia (sem precisar de teologia de ninguém), Veras que só pedimos oração para o Pai no nome do filho, nos afastamos do mundo secular, só ouvimos músicas que são feitas pra DEUS, seguimos todos os ensinamentos de Jesus e de PAULO!

        E se verificar direitinho, nos não fazemos imagens de escultura nem pedimos ORAÇÕES pra Homens que já morreu!

        Ler a Bíblia so vc e lembre-se DENOMINAÇÃO DE IGREJA nenhuma salva!
        A salvação vem pela graça, HA E LEMBRANDO ATE SEUS 7 LIVROS A MAIS PROIBEM IMAGENS DE ESCULTURAS COMO IDOLOS!

        • Nós também minha cara… com uma compreensão melhor do que diz a biblia…

          grande parte dos protestantes leem a biblia e levam ao pé da letra alguns assuntos e outros tentam interpretar para que atenda suas próprias necessidades (a biblia usa os fariseus para exemplificar isso).

          mas pelo que vc diz, fazemos as coisas meio igual mesmo… já que a biblia condena a feitura de imagens DE IDOLATRIA, ou seja, imagens que sejam adoradas como deuses… agora imagens de OBRAS DO PRÓPRIO DEUS, como de Santos (lembre-se que ele mesmo diz: Eu os santificarei), que nada mais são que pessoas que, através da fé em Nosso Senhor Jesus Cristo, venceram o pecado… servem de exemplo a ser seguido, e são provas da fidelidade divina. veja que no livro de apocalipse, os Santos são referidos ali e ainda fazendo orações.

          Também não fazemos orações para pessoas que estão mortas, mas sim para aqueles que estão mais vivos que nunca, na Igreja de Cristo, assim como ele prometeu… “Nem a morte nos separa do amor de Deus que está em Cristo Nosso Senhor”.

          só te lembrando… não temos 7 livros a mais… vcs tem 7 a menos… interessante que seguem uma biblia cujo canon foi definido pela Igreja Católica, mas a pouco mais de 500 anos resolveram utilizar o canon do VT definido por um concílio Judeu ocorrido mais de 100 anos depois da morte de São Paulo, e acham que estão certos… bem.. podem até estar, quem sou eu para discordar… mas prefiro ficar com a decisão da Igreja que definiu primeiro o que conteria o livro da palavra de Deus.

          abçs.

          • Reinaldo, me perdoe mais o santos não tem oniciência para ouvir nossas orações a Deus!! Leia um pouco pra vc ver!!
            Se citarmos os erros da Igreja catolica não vai caber aqui!

            Infelizmente esses erros te levam para o inferno(um deles é fazer culto pra santos e para anjos) Exodo 20.
            E tira o poder de Jesus e do ESPIRITO SANTO!!

            Me diga tradição vai te salvar?

        • ????….Você só postou me chamando de ignorante, que leio e não estudo, vc é um desonesto intelecutalmente consigo mesmo, vc pelo menos poderia respeitar a vc msm, pois nem as escrituras vc respeita e nem aceita a verdade.

          Veja que os textos que apresentei tem a biblia e com as explicações, então não é só leitura, isso é teologia amigo!!
          Eu nunca preguei tradições humanas como vcs da seita catolica costumam sempre defender com unhas e dentes.rsrs

          E outra vc sempre foge dos assuntos do debate, a virgindade da Irmã MAria vai ser defendida por vocÊ, porém a bilia diz que josé compareceu muito bem.

      • Reinaldo meu querido idolatra!!

        Vc tropeça nas suas propria palavras, como vc compara meros mortais esses ditos santos pagãs aparecida como Deus.

        Vc disse que Deus não tem cor…td bem concordo, mais as imagem de escultura tem cores, uma é negra e outra e branca…a pessoa ignorante não consegue enxergar a verdade. Se catolicos fosse ler a biblia de verdade se convertiam com mais frequencia, como muitos estão se convertendo quando começam a ler a biblia.

        Veja bem quando eu falei do irmãos do Senhor JEsus eu traduzi tudo para o grego: ADELPHAI OU ADELPHOS, essa palavra é irmão e isso qualquer seita católica não consegue derrubar essa tese…rs

        a Bíblia parece indicar que embora Maria tivesse concebido a Jesus enquanto era virgem, depois do nascimento dele teve outros filhos com José.
        Mateus 13:55,56, por exemplo, cita VÁRIOS irmãos e irmãs.
        Todavia, alguns defendem que quando a Bíblia fala em “irmãos”, na realidade seriam “primos”, pois o hebraico NÃO teria uma palavra para “primos”.
        De fato, no Velho Testamento, os antigos judeus chamavam outros parentes de “irmãos”, embora fossem tios, primos, etc.
        Abraão e Lot, por exemplo, foram chamados de “irmãos”, quando eram tio e sobrinho.

        PORÉM… o Novo Testamento foi escrito na língua Grega.
        E, nessa língua, existe a “palavra irmão”, o que mostra que, quando se fala em irmão, seria IRMÃO mesmo.

        Em Mateus 1:25 diz que José NÃO “conheceu” (ou não teve relações sexuais com) Maria ATÉ que ela deu à luz seu filho, o PRIMOGÊNITO; e pôs-lhe por nome Jesus”.
        Parece claro que, “até” o nascimento de Jesus, ele não teve relações, mas que DEPOIS as teve. Isso era normal e abençoado por Deus.
        Além disso, Jesus foi o “primogênito” (ou o primeiro filho ou principal herdeiro).
        SE fosse o único, não seria o primogênito, pois só teria ele.

        Depois, João 7:5 diz que “nem mesmo os irmãos de Jesus CRIAM nele”.
        “Irmãos”, nesse caso, não seriam os irmãos de “fé”, pois os que tinham a mesma FÉ acreditavam nele e aqueles que dizem ter sido “primos” de Jesus também acreditavam nele.
        Portanto, se alguém NÃO acreditava, seriam os seus irmãos carnais, mesmo.

        Aliás, isso EXPLICA por que, na sua morte, Jesus pediu para o apóstolo João receber Maria na sua casa, pois seus próprios irmãos NÃO acreditavam nele, até a época de sua morte.
        João, este sim, era seu “primo”, mas ao mesmo tempo era, também, seu irmão pela fé, pois fazia a “vontade de Deus” e, por isso, poderia ser considerado com um irmão de verdade.
        Sendo um irmão de verdade, consideraria Maria, que também fazia a “vontade de Deus”, como sua verdadeira mãe (Mateus 12:47-50 – João 19:26.27) e cuidaria bem dela, melhor do que seus próprios irmãos carnais.

        Quando vieram da festa de Jerusalém, quando Jesus tinha 12 anos, só deram pela falta dele muito depois da saída da cidade (Lucas 2:39-52).
        SE fosse filho único, teriam dado pela falta dele de imediato.
        Já se fossem vários irmãos juntos, a falta de um deles, apenas, poderia passar sem se notar.

        O apóstolo Paulo, em Gálatas 1:19 diz que “Tiago era irmão do Senhor”, mas em Romanos 16:11 diz para “saudar Herodião, meu PARENTE e para saudar a FAMÍLIA de Narciso…”.
        Isso parece deixar claro que, quando falou que Tiago “era irmão do Senhor”, quis dizer que ele era IRMÃO mesmo.
        Se quisesse falar que era “parente” ou da “família” de Jesus, teria usado as palavras apropriadas, como usou para Herodião e para Narciso.
        Nesse caso, o Tiago citado por Paulo era o irmão de Jesus, que depois da morte dele aderiu aos ensinamentos cristãos.
        Tanto que, mais tarde, teria dirigido a reunião em Atos 15:28,29.

        Portanto, embora Maria tivesse concebido a Jesus enquanto era virgem, depois do nascimento dele teria tido outros filhos com José.
        É o que a Bíblia parece dizer.

        E a biblia também diz que maria teve relação sexual com seu marido jose depois que Jesus nasceu, maria não morreu virgem como a seita catolica prega…rs

        Mateus 1:25
        E não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe por nome Jesus.

        A palavra conhecer na biblia é uma relação intima entre um casal, porém caro. leia a mais a biblia!!!!

        • Olha meu querido, eu detesto mesmo postar textos longos, mas vc tá tentando se fazer de INTELECTUAL porque descobriu algumas palavras em grego kkkkk

          mas não vou comentar novamente a mesma coisa meu caro… já mostrei para vc que os tais “irmãos” de Jesus, tinham outra mãe e outro pai… kkkk

          mas vou fazer complemento no que diz respeito ao termo “até que” o qual vcs acreditam que tira toda virgindade de Maria…

          Vamos falar do seu “até que”… ele faz parte da “linguagem biblica” meu caro… Na Bíblia, a palavra “até que” é usada freqüentemente em uma maneira específica que implica somente o cumprimento de certas condições. Não indica nada a respeito do que ocorre depois de que essas condições sejam cumpridas. É evidente que São Mateus faz esta elucidação necessária para indicar que o menino nasceu de Maria por meios divinos e não humanos. Por conseguinte, o versículo em questão não implica, em modo algum que José e Maria tivessem relações depois do nascimento de Jesus.

          1 Coríntios 15, 25 – Pois é preciso que ele reine, “até que” tenha posto todos teus inimigos debaixo de teus pés.

          Será que depois de por todos os inimigos debaixo dos pés, Jesus, não reinará mais???? claro que reinará também depois de que tenha subjugado a todos seus inimigos.

          Mateus 28, 18-20 – Jesus aproximando-se deles, falou: “Toda autoridade sobre o céu e sobre a terra me foi entregue. Ide, portanto, e fazei que todas as nações se tornem discípulos, batizando-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e ensinando-as a observar tudo quando vos ordenei. E eis que eu estou convosco todos os dias, “até” a consumação dos séculos!”.

          será que depois do fim do mundo Cristo não estará mais conosco???Entretanto, deveríamos aceitar esta interpretação se também concluirmos que José e Maria tiveram relações depois do nascimento de Jesus.

          2 Samuel 6, 23 – E Micol, filha de Saul, não teve filhos “até que” morreu.

          Dificilmente seria possível para Micol ter filhos depois do dia de sua morte. Não obstante, se queremos ser consistentes, deveríamos assumir que sim os teve se afirmarmos que José e Maria tiveram relações depois de que Jesus nasceu aduzindo as implicações da frase “até que”.
          1 Macabeus 5, 53 – enquanto Judas ia recolhendo os retardatários e confortando o povo ao longo do caminho, até chegarem todos à terra de Judá.

          Resulta óbvio que Judas Macabeu não cessou de animar ao povo logo depois de ter chegado à terra de Judá.

          Olha meu querido, é desta forma que eu vejo o tamanho da cegueira de vcs…

          veja que vcs interpretam a biblia ao pé da letra em alguns pontos e em outros vcs interpretam ela de uma maneira totalmente sem sentido somente para dar amparo as suas próprias vontades..

          mas de qualquer forma, vc já viu quem são os irmãos de Jesus e já viu que se vc for realmente dar a Maria uma noite de nupcias com José por causa do “Até que”, terá que cometer outros absurdos contra Cristo também…

          • Reinaldo

            Não perca tempo argumentando mais com o levi. Se ele censura os apostolos e Cristo ( um mero homem que teria esconcondido ate os filhos, vai ver pra não ter que pagar pensão).

            Nos então estamos moralmente incapacitados. E vc ja viu acima os pretextos furados dos luteranos calvinistas pra recusar os deuterocanonicos. O texto do Alexandre Semedo desmascara tudo. se fosse por coerencia que eles rejeitam, por ex, Judite por falar em vingança então rejeitariam Levitico e Deuteronomio.
            Se recusam Tobias por contar historias absurdas, então jogariam fora Numeros e Genesis por ter jumento e cobra falantes.

            So pretextos por meio dos quais cavam a sua propria condenação.

      • Reinado,

        Meu caro, você disse acima que os irmãos de Cristo não estavam com Cristo na hora de sua crucificação.

        Ora, então por lógica, Pedro e os demais que não estavam na crucificação, pois estavam escondidos, não são discípulos de Cristo. Veja que absurdo você falou, se a versão da igreja for essa, tão perdidinhos; Mas se essa for uma versão pessoal, em breve a igreja vai chamar sua atenção, vai excomungá-lo, depois vai fazer o que costuma fazer com os hereges.

        Meu caro, Cristo não morava na Judeia, sim na Galilea, cerca de duzentos quilômetros. E que nem sempre a família por completo vinha pra a páscoa, pois alguém tinha que tomar conta da casa e das coisas do dia a dia, como cabrito, galinha, roçado, tendo em vista que a festa era de três dias e tinha o tempo da viagem, não menos, portanto, de dez dias ao todo.

        Segundo, se os irmãos de Cristo caso tivessem descidos com Ele a Jerusalém, onde os poderosos estavam descontentes com o que se deixou proclamar Rei, filho de Deus e contrariado os interesses religiosos espancando os vendedores do templo, será que eles seriam tolos de se apresentarem: nós somos irmãos de sangue de Cristo?Quando até o teu senhor, Pedro papa, negou conhecê-lo pra salvar a própria pele.

        Meu caro, historinhas de criancinhas essas de vocês, hein? Acabem com isso e ensine o evangelho de verdade.

        • Levi, esse reginaldo eu nem posso dizer que ele é fraco intelectualmente, eu acho que falta pra ele abrir a mente e aceitar outros argumentos, para que ele posso entender as coisas de Deus, textos traduzidos para grego lingua na qual a biblia foi escrita. E percebi que ele é preguisoço intelectualmente não lê o que eu escrevo e vem com a mesma ladainha, que não tem nexo nenhum. Mais vamos novamente.

          Olha o texto que eu peguei aqui nesse site, um resumo legal, leiam:

          A lista “Tiago, José, Judas e Simão” lhe diz alguma coisa? Uma dica: não são nomes de apóstolos. Na verdade, de acordo com o Evangelho de Marcos, estes seriam os irmãos de Jesus, que são citados ao lado de pelo menos duas irmãs de Cristo (cujos nomes não aparecem). Os católicos e ortodoxos normalmente interpretam o trecho como uma referência a primos ou parentes mais distantes do mestre de Nazaré, mas o mais provável é que essa visão seja incorreta. A maior parte dos (poucos) indícios históricos indica que Maria e José realmente tiveram filhos depois do nascimento de Jesus.

          Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
          É claro que, sem nenhum acesso a registros familiares contemporâneos ou evidências arqueológicas diretas, a conclusão só pode envolver probabilidades, e não certezas. “Se a busca do ‘Jesus histórico’ já é difícil, a pesquisa dos ‘parentes históricos de Jesus’ é quase impossível”, escreve o padre e historiador americano John P. Meier no primeiro volume de “Um Judeu Marginal”, série de livros (ainda não terminada) sobre Jesus como figura histórica.

          Meier explica que, ao longo da tradição cristã, teólogos e comentaristas do texto bíblico se dividiram basicamente entre duas posições, batizadas com expressões em latim. A primeira é a chamada “virginitas ante partum” (virgindade antes do parto), segundo o qual Maria permaneceu virgem até o nascimento de Jesus, tendo filhos biológicos com seu marido José mais tarde. A segunda, “virginitas post partum” (virgindade após o parto), postula que Maria não teve outros filhos e até que seu estado de virgem teria sido milagrosamente restaurado após o único parto.

          A “virginitas post partum” foi, durante muito tempo, a posição defendida por quase todos os cristãos, diz o historiador — até pelos protestantes, que hoje não se apegam a esse dogma. “Um fato surpreendente, e que muitos católicos e protestantes hoje em dia desconhecem, é que as grandes figuras da Reforma, como Martinho Lutero e Calvino, defendiam a virgindade perpétua de Maria”, escreve ele. Já especialistas católicos modernos, como o alemão Rudolf Pesch, defendem que Maria provavelmente teve outros filhos sem que isso tenha levado a reprimendas diretas do Vaticano.

          Jerônimo

          Diante das menções claras aos “irmãos e irmãs de Jesus” nos Evangelhos (que inclusive se mostram contrários à pregação dele, chegando mesmo a considerá-lo louco), como a interpretação da “virginitas post partum” prevaleceu?

          “Houve três formas de interpretar esses textos”, afirma o americano Thomas Sheehan, estudioso do cristianismo primitivo e professor da Universidade Stanford. “Além de considerar essas pessoas como irmãos biológicos de Jesus, sabemos da posição de Epifânio, bispo do século IV para quem os irmãos eram de um casamento anterior de José. Mas a opinião que prevaleceu foi a de Jerônimo, que era um excelente filólogo [especialista no estudo comparativo de idiomas] e viveu na mesma época. Jerônimo dizia que a palavra grega ‘adelphos’, que nós traduzimos como ‘irmão’, era só uma versão de um termo aramaico que pode ter um significado mais amplo e que pode querer dizer, por exemplo, primo.”

          Jerônimo tinha razão num ponto: quando o Antigo Testamento foi traduzido do hebraico para o grego, a palavra “adelphos” realmente foi usada para representar o termo genérico “irmão” (empregado para parentes mais distantes no original). De fato, o hebraico, bem como o aramaico (língua falada pelos judeus do tempo de Jesus na terra de Israel), não tem uma palavra para “primo”. O problema é que há um único caso comprovado de que a palavra hebraica “irmão” tenha tido o significado real de “primo”. Essa única ocorrência está no Primeiro Livro das Crônicas — e mesmo assim o contexto deixa claro que as pessoas em questão não são irmãs, mas primas.

          No entanto, o caso do Novo Testamento é diferente, argumenta Meier: não se trata de “grego de tradução”, mas de textos originalmente escritos em grego, nos quais não havia motivo para usar um termo que poderia gerar confusão. O próprio Paulo, autor de várias cartas do Novo Testamento, chama Tiago, chefe da comunidade cristã de Jerusalém após a morte de Jesus, de “irmão do Senhor”, ao escrever para fiéis de origem não-judaica (ou seja, que não sabiam hebraico ou aramaico). De quebra, a Carta aos Colossenses, atribuída a Paulo, usa até o termo grego “anepsios”, que quer dizer “primo” de forma precisa.

          Reforçando esse argumento, o escritor judeu Flávio Josefo, ao relatar em grego a morte de Tiago, também o chama de “irmão de Jesus”. E o contexto dos Evangelhos reforça a impressão de que se tratam de irmãos de sangue, argumenta Meier. Os irmãos e a mãe de Jesus são sempre citados em conjunto. Quando Maria e os parentes de Jesus tentam interromper uma pregação, ele chega a pronunciar a polêmica frase “Qualquer um que fizer a vontade do meu Pai celestial é meu irmão, minha irmã e minha mãe”. Para Meier, a frase perderia muito de sua força se o significado real dela se referisse a “meu primo, minha prima e minha mãe”.

          Para Geza Vermes, professor de estudos judaicos da Universidade de Oxford (Reino Unido), as próprias narrativas sobre o nascimento de Jesus dão apoio a tese de que Maria e José tiveram outros filhos mais tarde. No Evangelho de Mateus, afirma-se que José não “conheceu” (eufemismo para ter relações sexuais com alguém) sua mulher até que Jesus nascesse. Ainda de acordo com Vermes, em seu livro “Natividade”, é importante notar o uso do verbo grego “synerchesthai”, ou “coabitar”, para falar da relação entre José e Maria. O verbo, quando empregado pelos autores do Novo Testamento, implica sempre relações sexuais entre homem e mulher, diz ele.

          Texto pequeno e simple de ler, os catolicos tem preguiça de ler, por isso que falam tudo aquilo que aprenderam na catequese, foi assim comigo tb quando eu era desta seita, Hoje Jesus me levou para sua maravilhosa Luz.

          • Srs… Por favor, estudem mais… leiam menos… vcs fazem o contrário… vcs leem bastantes, mas deixam o estudo de lado.. Aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante, mas aquele que a conhece e diz que é mentira, este é um criminoso.

            o ignorante estabelece critérios que desqualifica o conhecimento alheio em favor de sua falta de conhecimento, esse é um dito bastante antigo meus caros…

            eu procurei bastante em meus texto onde eu falei que os irmãos de Cristo não estavam na crucificação… claro que estavam, mas não os ditos irmãos de sangue… os irmãos que Cristo chamava de irmãos ora bolas kkk

            Srs. tenham humildade em reconhecer… vcs ficam batendo em cima de termos de tradução da biblia, que inclusive já comentei, porém já dei a vcs os nomes e os familiares destes “irmãos” de Jesus, dos quais inclusive São Paulo identifica como um apóstolos “Thiago de Clófas” …

            No afã de dar a Cristo Irmãos de sangue, vcs trazem o termo “Até que” para provar que Maria teve relações com José após o nascimento de Cristo, porém este mesmo termo também obrigaria Micol ter filhos depois de morta, Cristo abandonar o mundo depois do Juizo, entre outros absurdos… absurdos que vcs fecham os olhos no intuito de validar sua tese falha.

            seria interessante que vcs procurasse enchegar esses erros absurdos que vcs entram, talvez por inoscência, ou por maldade mesmo, e passassem a estudar mais sobre o assunto, para então ensinar o verdadeiro evangelho.

          • Esqueci de mencionar também as traduções mal feitas e a falta de contexto biblico para conseguir afirmar as “suas verdades”

          • ????….Você só postou me chamando de ignorante, que leio e não estudo, vc é um desonesto intelecutalmente consigo mesmo, vc pelo menos poderia respeitar a vc msm, pois nem as escrituras vc respeita e nem aceita a verdade.

            Veja que os textos que apresentei tem a biblia e com as explicações, então não é só leitura, isso é teologia amigo!!
            Eu nunca preguei tradições humanas como vcs da seita catolica costumam sempre defender com unhas e dentes.rsrs

            E outra vc sempre foge dos assuntos do debate, a virgindade da Irmã MAria vai ser defendida por vocÊ, porém a bilia diz que josé compareceu muito bem.

    • Resposta a Sra.Sara

      Afirmação da Sra.Sara: Reinaldo, me perdoe mais o santos não tem oniciência para ouvir nossas orações a Deus!! Leia um pouco pra vc ver!!

      Minha resposta: Exato. Os santos não tem oniciência. É o que ensina a Igreja Católica. Eles sabem das nossas orações através da Glória incomensurável de DEUS ALTÍSSIMO. Se a senhora acha que pensamos que os santos tem oniciência, é porque aprendeu do pregador protestante. Se quiser saber de biologia, procure o biólogo. Se quiser saber de medicina, procure o médico. Se quiser saber de Igreja Católica, jamais procure o pastor protestante.

      Afirmação da Sra.Sara: Se citarmos os erros da Igreja catolica não vai caber aqui!

      Minha resposta: A Igreja erra. Não é infalível em todas as suas decisões. E tem pecadores. E produz escândalos. A Igreja não erra em matéria de fé e doutrina. Jesus garantiu a infalibilidade da Igreja em matéria de fé e doutrina quando disse a Pedro: “Confirma teus irmãos na fé.” e disse ainda: “Eis que estarei convosco até o fim dos tempos.”
      Jesus não mente. Quem fez dele um mentiroso foram aqueles que creram em malafaias, macedos, soares e santiagos.

      Disse ainda Jesus que sua Igreja produziria escândalos. “…é inevitável que venham os escândalos.”

      Se a tua igreja não produz escândalos, por certo não é a Igreja de Jesus Cristo.

      Disse ainda Jesus: “…ai daqueles através dos quais os escândalos foram introduzidos.”

      Quem precisou de Lutero ou de pastor para “consertar” os “erros” é porque não creu nas palavras de Jesus. Ele mesmo, pessoalmente, purifica sua Igreja. E Jesus não mente.

      Acusação da Sra.Sara: “Infelizmente esses erros te levam para o inferno(um deles é fazer culto pra santos e para anjos) Exodo 20. E tira o poder de Jesus e do ESPIRITO SANTO!!”

      Minha resposta: Culto para anjos e santos ??? Onde a Sra. viu isto ? A senhora já assistiu alguma vez na vida a Santa Missa ? O culto de honra prestado aos santos nada tem a ver com o culto de adoração oferecido unicamente ao Altíssimo DEUS por meio do único Senhor e mediador Jesus Cristo.

      Isto é o que dá Sra.Sara ouvir o pastor ao invés da Igreja coluna e sustentáculo da verdade. Leia a Bíblia por favor. Leia Timóteo e veja quem é a coluna e sustentáculo da verdade.

      Infelizmente, a Sra.Sara tomou o lugar do Altíssimo DEUS e decidiu que o Sr.Reinaldo vai para o inferno.

      E ao mesmo tempo, por exclusão, colocou-se entre os salvos.

      E salvação presumida conforme ensina a Santa Igreja é pecado contra o Espírito Santo para o qual não há perdão nem no porvir.

      Detalhe: Nós podemos evitar os pecados contra o Espírito Santo porquanto a Igreja nos ensina a respeito deles. Os protestantes não podem conhece-los pois tudo tem que estar na Bíblia e a Bíblia só fala em blasfêmia, mas não explica quando se dá cada pecado contra o Espírito Santo.

      Acusação da Sra.Sara: “Me diga tradição vai te salvar?”

      Minha resposta: Tua Bíblia vai te salvar ? Teu pastor vai te salvar ? Tua leitura pobre e deficiente da Bíblia vai te servir para alguma coisa ? O que a senhora irá dizer quando o Senhor perguntar por que a senhora não recitou, por exemplo, a oração que ele ensinou do Pai Nosso ? O que a Sra. irá dizer ao Senhor por que não proclamou a bíblica bem aventurança de Maria ? O que a Sra.irá dizer ao Senhor sobre ter tratado de maneira pouco elogiosa a sua mãe escolhida por seu Altíssimo Pai ? O que a senhora irá dizer sobre pagamentos dos dízimos que Jesus nunca pagou e nunca ensinou ?

      Vai estudar para não repetir feito papagaio que ensinam os lobos devoradores !!!

  26. Eu sou Católico,gosto dá minha religião,é lá que me sinto bem.Silas Malafaia está convidado a assistir a santa missa.Afinal nunca é tarde para se arrepender de escolhas equivocadas.Abraço a todos.É bom ser Católico,vale a pena..

  27. Reinado,

    Meu caro, você disse abaixo que, se caso Cristo tivesse irmãos, ao certo eles teriam ido à sua crucificação.

    Pedro e os demais discípulos também não foram à crucificação, então Cristo não tinha discípulos?

    Veja o absurdo que você falou, a lógica transversal, o equívoco mais que explícito

    Cristo residia na Galiléa, cerca de duzentos quilômetros de Jerusalém. Nem todos os membros da família iam à páscoa, visto a necessidade de se afastar minimamente dez dias do ambiente familiar, pois a festa era de três dias e a viagem, não menos de sete.

    Se havia irmãos de Cristo em Jerusalém, ao certo não iam se identificar como Pedro o fez, modo de continuar vivo, mais a mais a prisão e crucificação, de tão rápida, poucos, muitos poucos tomara conhecimento que aquele que estava sendo morto pelo Império, em verdade, era o Cristo operador de milagres, o que ressuscitava mortos, ou seja, muita covardia de Roma e da cúpula judaica, tudo contrário ao interesse do povo, que não queria a morte do homem de palavras bonitas, que despertava um estado de paz.

  28. Reinado,

    Meu caro, você disse abaixo que, se caso Cristo tivesse irmãos, ao certo eles teriam ido à sua crucificação.

    Pedro e os demais discípulos também não foram à crucificação, então Cristo não tinha discípulos?

    Veja o absurdo que você falou, a lógica transversal, o equívoco mais que explícito

    Cristo residia na Galiléa, cerca de duzentos quilômetros de Jerusalém. Nem todos os membros da família iam à páscoa, visto a necessidade de se afastar minimamente dez dias do ambiente familiar, pois a festa era de três dias e a viagem, não menos de sete.

    Se havia irmãos de Cristo em Jerusalém, ao certo não iam se identificar como Pedro o fez, modo de continuar vivo, mais a mais a prisão e crucificação, de tão rápida, poucos, muitos poucos tomara conhecimento que aquele que estava sendo morto pelo Império, em verdade, era o Cristo operador de milagres, o que ressuscitava mortos, ou seja, muita covardia de Roma e da cúpula judaica, tudo contrário ao interesse do povo, que não queria a morte do homem de palavras bonitas, que despertava um estado de paz.

    Tão me censurando em tudo?

    • Levi, acho que vc tá se confundindo com as suas “discussões” por ai meu caro…

      putz.. vc me fez ler todas as postagens que eu fiz pra achar onde eu escrevi o absurdo de que se Cristo tivesse irmãos teriam ido na crucificação, mas não achei… faz favor… copia e cola por gentileza o trecho pra tirar essa duvida… se realmente postei apesar de não ter encontrado, acho que estava possuido kkkkkk

      Bem… vcs protestantes e essa teologia do “Achismo”… outro nesta mesma matéria conversei com um tal que chamei de Professor Pasquale porque ele tem o hábito de corrigir pequenos deslizes na ortografia quando lhe faltam argumentos sólidos kkkk, e ele me veio com essa Teologia… dando como certo que se Paulo não citou Pedro em suas Cartas quando em Roma quer dizer que Pedro nunca esteve em Roma.. kkkkk

      Vcs leem a biblia, fazem suposições toscas e “acham”… interessante que vcs dizem que creem somente no que está na biblia… mas quando não está e se é pra desdizer a Igreja católica, ai não precisa estar, basta vcs “acharem”… kkkk

      meu querido… havia um apóstolo em evidencia no momento da crucificação sim… Simão… o qual Cristo deu o nome de Pedro (que siginifica Pedra, mas segundo vcs foi um engano de Cristo) e a este apóstolo, Cristo de Maria como mãe e ao mesmo tempo deu Pedro a Maria como filho, nos católicos cremos que Cristo neste momento, deu ao homem que ele tornara lider da Igreja na terra uma mãe, e dando Pedro a esta mãe, deu toda sua Igreja também como filhos… mas isso é coisa de Católico, vcs não precisam crer nisto..

      Poxa vida meu caro, dizer que no momento da crucificação todos se esconderam por medo é dificil de acreditar não é… porque então o escritor sagrado não fez referencia aos irmãos consanguineos de Cristo, se ele nomeou os que ali se faziam presentes??? Maria, mãe de Jesus, Maria, irmã da mãe de Jesus e mãe do Thiago que vcs dizem ser o irmão dele… Pedro o apóstolo etc… só os supostos irmãos que vcs disse que se estivessem lá estariam escondidos kkkkk mas para que o escritor os manteriam escondidos nas cartas que escreveu???? kkkk

      • Reinaldo,

        Então Cristo era psicopata?

        A Pedro deu as chaves, a Pedro deu a igreja, a Pedro deu o poder de alterar o que quiser aqui na terra, mas por outro lado, a mãe, deu para outro discípulo?

        Será que Cristo ficou com raiva e aborrecido com Pedro?

        Pergunto assim porque em verdade era pra Pedro ter ido à crucificação, mas não foi, e aí Cristo deu a sua mãe para outro discípulo.

        Pedro perdeu as vezes por ter faltado à crucificação, acho que vocês católicos estão adorando o Senhor errado e tendo como papa um discípulo errado, veja bem, apenas acho, aliás eu também sei criar coisas a ponto de legalizar e legitimar à semelhança dos católicos.

        Ou seja, não está na bíblia, mas não tem problema não, pois a assunção de Maria não está, porém o vaticano achou que sim e legalizou via a palavra dos cardeais e do papa, Pedro, quer dizer, João.

        • Caramba Levi… se parece que tá meio “cheirado” kkkk

          Menino que confusão vc fez… kkkk

          A Pedro deu as chaves, a Pedro deu a igreja, a Pedro deu o poder de alterar o que quiser aqui na terra, E A MÃE DEU A PEDRO TAMBÉM…

          VC NÃO ENTENDEU QUE ERA PEDRO QUE SE FAZIA PRESENTE NA CRUCIFICAÇÃO???

          kkkk

          Crente fazendo Crentice kkkk

    • “poucos, muitos poucos tomara conhecimento que aquele que estava sendo morto pelo Império, em verdade, era o Cristo operador de milagres”

      kkkk

      olha o absurdo…

      então a multidão que pediu a crucificação de Cristo eram literalmente de ratos kkkkkk

  29. Catolicos idolatras e igual mulher de malandro!!
    quanto mais apanha e ai que eles gostam…rs

    vão ler as biblia religiosos da tradicão pagã da babilônia romana…rs

      • Já que você estuda, então explique a divergência total na ascendência de Cristo registrada nos livros de Mateus e Lucas, onde até os avós não são os mesmos, exceto Davi e Abraão.

      • O engraçado é que eles não lêem a biblia mais estudam??
        como pode estudar sem lê-la?

        Ah entendi vc só estudam o que o padre lê lá na frente e na catequese tudo mecanizados. afff

        Os idolatras vão ser sempre assim, católicos confiam na tradição, e os evangélicos na palavra de Deus.

        sempre vai ser assim.

        • é o estudo e a leitura está bem fraco no meio protestante…

          Srs. quando alguém diz que “estuda” algo, subentende-se (só os cultos claro) que a leitura é parte do estudo…

          kkkkkk

          mas esperar o que de Crentes??? só que façam “crentices kkkk

        • O estudo só vem da leitura, leitura é cultura, vc estudou ou só tem o ensino fundamental?

          A biblia não feita para ser estudada, foi feita para ser meditada….Josué 1:1.

          os católicos não tem um leitura sistemática da biblia, só aprendem com aquele papelzinho que padre entrega na missa, tudo monotorizado…afff

          católico sendo mocorongo!! kkkkkk

          • quando digo que tu é uma piada ambulante acha ruim kkkk

            esperai ai.. dexa ri mais um pokim kkkk

            kkkk

            poxa… vai lá falar pro eunuco que tava tentando LER a biblia, mas não compreendia… foi preciso Deus enviar alguém para ajudá-lo a entende-la…

            kkkkkk

            fica ai meditando… medita bastante… depois vc vai estudar a biblia, porque só ler ela tá te fazendo mal…

            kkkkkkk

            Cristo não quer um decorador de Biblia.. Cristo quer um seguidor fiel de seus evangelho… sem compreender suas palavras, vc nunca vai ser esse seguidor…

        • Amigo naldinho,

          Calma não precisa rir de vc msm, pq vc é a piada aqui…rs

          Veja o eunuco não conseguia entender, mais felipe conseguiu interpretar as escrituras para ele pq o Espirito Santo revelou para felipe, felipe não passou por nenhuma faculdade de nenhuma seita oude nenhuma religião para ter interpretação.

          Se fosse assim os judeus teriam aceitado a Cristo como salvador pq eles estudam a palavra de Deus desde criança, e aquele texto de Isaías que o eunuco estava lendo os judeus conheciam muito bem.

          A biblia é uma revelação do Espirito Santo não é para todos, não é para estudada, quem estuda é enganado, e quem medita conhece a verdade: Conhecereis a verdade e a VERDADE vos libertará.

          Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes MEDITA nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido
          Josué 1:8

          Caro naldinho, rasgue a sua biblia na parte de josué 1:1…pois eu medito na biblia de dia e de noite.

          háá…rsrs

    • A primeira coisa que deve ter entre religiões é respeito e dialogo, se somos catolicos é porque acima de tudo temos fé. Quem deu autoridade sobre a igreja a pedro foi jesus dizendo que ele seia a pedra que sustentaria a sua igreja, isso esta na biblia, va la e leia. Quando Jesus diz a João que Maria seria sua mãe e a Maria que João seria seu filho, João ali representa todos os cristãos eue Maria seria a mãe deles. A Eucaristia que Jesus instituiu como o seu corpo e o seu sangue que seria a ETERNA ALIANÇA e disse para nós CONTINUARMOS A FAZER ISTO EM MEMORIA DELE, por que os evangélicos não o fazem. Quem fundou a igreja foi Cristo, o protestantismo foi Martinho Lutero.
      Outra coisa é a biblia dos evangelicos que foi criada muitos anos depis da original e que tem 7 livros a menos, sendo que na propria Biblia está escrito “ai daquele que mudar uma virgula da palavra de Deus”.
      Os evangelicos mudam a palavra de Deus falando que Jesus não deu o papado a Pedro e que não deu aos cristãos Maria como mãe e também quando não levam em conta as palavras que Jesus instituiu a Eucaristia.
      Mas eu orarei a todos os evangélicos para que encontrem a paz e verdade de Jesus. Fiquem com Deus.

      • as escrituras e para examinar , nao para estudar ela e espiritual e Deus fala atraves dela! muitos vao ficar surpresos, no final dos tempos vai ter que buscar nas escrituras onde estao errando! as igrejas vao se consertar ! vai ter dois tipos de povo os de cristo e o ante cristo! um so pastor um so batismo e uma so fe!

  30. A impressão que tenho, é que muitos querem “tomar” o lugar de Deus, ao invés de se comportarem como filhos Dele. Em muitos comentários, ouvi dizerem: vocês católicos adoram imagens…

    Hum, que interessante! Olha só, esses daí com certeza ganharam de Deus o dom de ler o que se passa em cada coração, e o dom de distinguir quem adora e quem não adora imagem. Eu pergunto, vocês sabem o que é adorar? Sabem mesmo? E como podem garantir que alguém esteja fazendo isso?

    Sou católico, devoto de Nossa Senhora e não me lembro de momento algum ter adorado ela. A menos que adorar seja respeitar… Assim, eu também adoro minha família, as pessoas mais velhas, meus professores… Sei que Maria foi a escolhida por Deus para trazer ao mundo o Menino Jesus (me desculpe se não foi você), a respeito e a admiro pela sua história, pelo que viveu e principalmente pelo seu silêncio que disse muito. Contudo, essa minha admiração nada muda minha convicção de Deus como único Salvador, Maria, como serva e como Mãe, não diminui o poder de Deus, muito pelo contrário, aumenta.
    Entenda a importância de Nossa Senhora, que você certamente entenderá ainda mais o poder de Deus!

    Paz e Bem

  31. Exato. Os caras seguem um cara que chamou a Jesus Cristo de bêbado e adúltero. E batem no peito dizendo Jesus eu te amo !

    Conversa fiada, como diria o pai deles Silas Malafaia !

    Andar com Jesus nos lábios é fácil. Dificil é fazer o que ele ensinou.

    E depois de copiarem Lutero, esquecem do próprio pai da mentira que lhes serviu por inspiração e criam novas igrejas a cada dia.

    Que gente confusa que não se firma na verdade !!!

    • So que tem um pequeno problema, lembra quem matou a Jesus e aos profetas? qual País? Roma, o País que matou Jesus matou os apostulos, matou os cristões, uma igreja que perseguio e matou por 300 anos com a ” santa inquisição” e por 400 anos com as cruzadas, uma igreja em que so o padre toma o vinho e come o pão, ops pão nao ostea, uma igreja em que a historia nos mostra que apoiou a Hitler, uma igreja que na sua grande parte os lideres mostram-se pedofilos, que ostentam as riquezas, a adoração falsa a idolos e imagens, uma igreja em que nos catecismos nao colocam os dez mandamentos e sim 9, nunca notaram que no catecismo so tem 9? se lesem a Biblia saberiam, uma igreja em que o braço direito do papa esta sendo processador por roubo ao proprio banco da igreja, e se eu for nomer td vou passar anos aqui, pense bem que igreja é esta ?

  32. A verdade é que a igreja protestante é filha da igreja católica, a mãe falando mal da filha e vice-versa, existe idolatria nos dois lados, de um lado muitos idolatram imagens sim, existe a mariolatria mas do outro existe a bibliolatria onde se idolatra um livro pois em nenhum momento na bíblia está escrito que a bíblia é a palavra de Deus. A palavra de Deus é JESUS. Ele veio antes da bíblia, aliás veio antes de tudo…ele é o verbo de Deus eterno…a bíblia é um livro que foi compilado pela igreja primitiva pelas autoridades e depois mutilado pelo protestantismo…

  33. eu não estou aqui para criticar muito menos fazer discussões inúteis ainda que a bíblia fosse ou seja considerada a palavra de Deus mas la tem muitos dos fundamentos que precisamos ela e como os dez mandamentos para lembrar o que deus fez e faz e pode fazer em nossas vidas mas nunca podemos esquecer que precisamos e do maravilhoso a realidade e que Deus liberta através do espirito santo

  34. respeitando o peso e a capacidade religiosa do irmão separado Pr. Silas Malafaia, Jesus disse: sede santo como eu sou, cadê a santidade do Pastor Silas, pois ele necessidade de ler mais a bíblia com bastante discernimento espiritual. Salve Maria Imaculada.

      • Respondendo ao Sr.Moysés Magono,

        A Bíblia também diz que foi destinado ao homem morrer uma só vez.

        Mas sabemos que Lázaro morreu duas vezes.

        Jesus foi batizado.

        Por que ?

        Ele não é justo ? Por que precisava do batismo ?

        Maria cumpriu a justiça.

        Jesus cumpriu a justiça.

        Para que ninguém ficasse escandalizado.

        Imaginou naquele tempo Maria não sendo purificada e contrariando o costume dos judeus ?

        Imaginou Jesus recusando-se ao batismo de João Batista para arrependimento ?

        Jesus precisava se arrepender de alguma coisa ?

        Moyses, você nos pediu que lessemos a Bíblia.

        Eu faço a você o pedido inverso.

        Por favor não leia a Bíblia. Você é um desastre “interpretando” a Bíblia.

        Faça como o eunuco da rainha e clame por explicação.

        Siga o conselho bíblico: “Nenhuma interpretação é de caráter privado.”

        Caro Moysés, a Bíblia diz que a fé vem pelo ouvir e não pela leitura particular da Bíblia.

        E este ouvir é escutar naturalmente de uma fonte confiável.

        Siga outro conselho bíblico: “Igreja coluna e sustentáculo da verdade.”

        Escute a Igreja e diga não para malafaia, abner, macedo, terra nova, hernandes, soares e santiago.

        Faça um favor ao mundo. Não “interprete” a Bíblia !

      • Como assim Maria não foi imaculada! O confessar dela foi atitude de humildade… e a purificação o ato de cumprir a religião aos olhos dos homens … se Maria não fosse imaculada Jesus não teria sido gerado no ventre dela pela ação do Espírito Santo … Santo Deus quanta barbaridade esse povo fala, afinal … por falta de conhecimento esse povo perece … irmão ajunte as abobrinhas e faça uma boa refeição para teres forças em compreender melhor as escrituras. Deus te abençoe, Bom apetite!

  35. A IGREJA CATOLICA É UMA RELIGIÃO FALSA, É UMA IGREJA DOMINADA POR SATANÁS, FICO PENSANDO COMO SATANÁS ENGANA AS PESSOAS QUE VÃO A IGREJA DELE A MINHA VONTADE NÃO É DISCUTIR COM VCS E SIM QUE PROCUREM A VERDADE, POIS A SALVAÇÃO É ALGO UNICO E SÓ PODE SER ENCONTRADA ENQUANTO ESTAMOS VIVOS E NÃO MORTOS.
    AGORA LHES PERGUNTO SENHORES CATOLICOS, PRA QUE MISSA 7 DIAS DEPOIS DE O FALECIMENTO DE UMA PESSOA? MEUS CAROS! MORREU JÁ ERA.
    SE VOCE ESTAR COM JESUS EM SEU CORAÇÃO E LIMPO DE PECADOS DA CARNE, JESUS TE SALVARÁ, MAS AO MORRER SEM JESUS E CHEIOS DE PECADOS DA CARNE E ABOMINAÇÕES SUA ALMA SERÁ LEVADA POR DEMONIOS AO INFERNO E LÁ NÃO TEM REZA E ORAÇOES E NEM ARREPENDIMENTO QUE PODERÁ TE TIRA DELA. POR QUE AS OPORTUNIDADES DE SALVAÇÃO E VIDA ETERNA NO PARAISO COM JESUS É ENQUANTO ESTAMOS VIVOS AQUI NA TERRA.
    Eu pedi perdão a Deus de tudo oque eu tinha feito de errado agora estou na busca pelo espirito santo, e vou fazer de tudo para ganhar almas para deus pois ele éo meu guia. Mas a luta contra o diabo é grande ele esta atrávez de tudo tentando me tira da fé.
    Mas eu reconheço estou lutando pelo espirito santo de deus.
    Que todos fiquem na humildade e graças de deus!

  36. a letra da biblia nao pode matar aqueles q creem nela, pois e a verdade e a vida . os catolicistas podem ate ler mais nao cre porq se cressem seriam obedientes a ela, porisso o catolicismo vem diminuindo muuuuuuito! porq todos aqles q conhecem a verdade sai de la, desculpe o ibge mas a igreja catolisista nao e a maior do pais porq nao faz parte do corpo de cristo, porq so faz parte do corpo dele aq-les q nasceram denovo. (maior em numero menor em fieis)

  37. Parabéns pela explanação. Sabe o que me preocupa, não é o fato de os católicos estarem diminuindo, mas sim o fato de como se estão formando novos ditos evangélicos. É preocupante como esses lideres que se dizem sacerdotes estão entrando na politica para conseguir cargos e assim mandarem na nação. Você cita que serão amorosos tenho duvida por que na pratica o que vemos e constatamos é que evangélico emprega evangélico. Pra exemplo uma pessoa amiga que é evangélica que tem familiares mora em uma cidade distante, certo dia apareceu na cidade e achamos que veio visitar seu pai que esta enfermo (câncer em fase avançada), mas não simplesmente veio pra um culto e ver os irmãos de fé, a família ficou renegada. Detalhe o pai é um católico. E ai digo como posso dizer que sou evangélico e o mais importante é a família.
    Infelizmente não cumpro com a mensagem de cristo. Quero dizer que de maneira geral é isso que acontece.

  38. Caríssimo Everaldo os seus comentários carecem de formação pelas suas palavras consigo entender que tu és um pobre intelectual. Aconselho-te a exercitar um pouco de teologia ou a historia das religiões. pelos visto tu és um frustrado

  39. Quanta bobagem, falta de respeito, eu não sou nem católica nem evangélica, acredito sim em Deus como sendo uma força maior na vida de todos, se as pessoas se preocupassem mais consigo mesmo e menos com a religião dos outros o mundo não estaria essa bagunça, aff, discução sem fim…. que todos sejam abençoados por aquilo que acreditam e sejam honesto consigo mesmo, não adianta morrer rezando e fora da igreja ser um pilantra….

    • Isso parece mais um ring de católicos e protestantes. E como a própria intitulação deles já diz protestantes: são estão fazendo a função deles protesta com e sem fundamento.

  40. Parabéns Lauro e Lucia. É Assim que falamos de Deus de Maria e da Bíblia, com firmeza e sabedoria. Pena que o dom de interpretação não foi dado para todo mundo, inclusive para esse povo protestante que só fala asneira.

DEIXE UMA RESPOSTA