Jovens cristãos são generosos e ofertam regularmente para obras sociais, revela pesquisa

3

A generosidade na área financeira é uma das características que definem os jovens cristãos entre 18 e 37 anos, de acordo com o relatório de uma recente pesquisa.

A Aliança Evangélica do Reino Unido descobriu em seu levantamento que a disposição em doar dos jovens cristãos nessa faixa etária é significativa, com aproximadamente metade do universo pesquisado sendo dizimistas fiéis.

O levantamento descobriu ainda que as doações, seja para o dízimo, seja para obras sociais, não se resumem aos 10% da doutrina mais comum em relação à contribuição. Muitos se abrem para as ofertas espontâneas e não estipuladas.

Se os dados obtidos forem separados por etnias, os jovens cristãos negros surgem como um grupo ainda mais generoso: 60% deles são doadores fiéis de dízimos e ofertas. Já em relação aos caucasianos, a média cai para 40%.


Essa geração de jovens cristãos reflete ainda uma característica adotada pelas igrejas pentecostais, com maior dedicação à oração do que à leitura da Bíblia Sagrada. A pesquisa revelou que 63% dos entrevistados oram diariamente, enquanto apenas 25% se dedica à leitura diária da Bíblia.

“Nossa pesquisa mostra que nem todos os jovens estão deixando a igreja em massa. Eles são apaixonados pela oração e compartilham sua fé. No entanto, ainda há trabalho a ser feito”, disse Steve Clifford, diretor da Aliança Evangélica do Reino Unido.

A jornada de fé de 49% dos entrevistados é baseada no ensino recebido nas igrejas que frequentam, enquanto os demais se orientam pelo que aprendem em podcasts, blogs, vídeo e redes sociais.

Porém, mesmo com essa revelação sobre a maioria dos jovens construindo sua base espiritual a partir de fontes múltiplas de ensinos, a pesquisa descobriu que 89% frequentam a igreja semanalmente, enquanto 10% vão aos cultos mensalmente, e 1% com uma frequência ainda menor.

3 COMENTÁRIOS

  1. É O QUE SEMPRE DIGO
    PARA ALGUNS CRITICOS ateistas, gayzistas e Cia, dízimos e ofertas são para os pastores. Enquanto eu esboço meu comentário, vamos deixar eles nadando na maionese. As igrejas evangélicas tem o melhor e mais avançado sistema de recuperação de viciados em drogas, alcoolismo, meninos de rua, mendigos, lares de crianças e idosos, além de trabalhos de capelania em presídios e hospitais, distribuição de agasamos, alimentos e até mutirão para construir casas uns dos outros, sem falar que em muitas igrejas tem o mutirão social onde cada um doa um dia de profissão para ajudar não só os membros como a propria comunidade. Tudo isso com a ajuda dos membros e graças a Deus, sem a ajuda do governo. Tudo é feito acima de tudo com amor e por amor. Tudo para a Glória de Deus. Porque, repito o que já disse em outro post, tem gente que acha que curtir a vida é encher a cara de pinga, estravazar nos prazeres sexuais, gastar dinheiro com drogas, prostitutas e criticar quem procura fazer coisas boas. Um recado para os que odeiam os crentes e estão cavando o próprio poço. Quando voce chegar no fundo dele, depois de fazer tudo que achar lícito ao seu coração, NÓS OS CRENTES QUE VOCE TANTO XINGA, estaremos ali, de braços abertos para te mostrar o caminho da salvação que se chama: JESUS CRISTO. Rev. Washington Albernaz –

DEIXE UMA RESPOSTA