Sociedade

Líder evangélico diz que Obama está distorcendo a Bíblia

Comments (12)
  1. Elyesten Bittencourt disse:

    Obama é o falso profeta ou a besta que subiu do mar.
    Não estou mentindo, e se não acreditam; leiam a Bíblia. (ou aqui abaixo).

    APOCALIPSE Capítulo 13.

    E EU pus-me sobre a areia do mar, e vi subir do mar uma besta que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre os seus chifres dez diademas (autoridade soberana), e sobre as suas cabeças um monte de blasfêmia.
    E a besta que vi era semelhante ao leopardo, e os seus pés como os de urso, e sua boca como a de um leão; e o dragão deu-lhe o seu poder, e o seu trono, e grande poderio.
    E vi uma de suas cabeças como ferida de morte, e a sua chaga mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou após a besta.
    E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? quem poderá batalhar contra ela?
    E foi-lhe dada uma boca apra proferir grandes coisas e blasfêmias; e deu-lhe poder para continuar por quarenta e dois meses.
    E abriu a bocaem blasfêmias contra Deus, apra blasfemar do seu nome,e do seu tabernáculo (pessoa que apoia um ministério ou a sua política), e dos que habitam no céu.
    E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação.
    E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.
    Se alguém tem ouvidos, ouça.
    Se alguém leva em cativeiro, em cativeiro irá; se alguém matar à espada, necessário é que à espada seja morto. Aqui está a paciência e a fé dos santos.

  2. jessica disse:

    acredito que ele seja o anticristo pq td o que esta em apocalipse 13 se parece com ele…
    entaum digo a vcs aceitem a jesus o mas rapido possivel…
    mas de coração;;…para que vc possa ter a vida eterna….
    pq o final esta proximo…

    jesus ama a todos vcs

  3. CLAUDIA disse:

    ESSE É MEU MEDO MAIOR,
    SE REALMENTE ELE É OU NÃO A BESTA, MAS UMA COISA NÓS TEMOS CERTEZA JESUS ESTÁ AS PORTAS ,É HORA DE SE PREPARAR, NOSSA FULGA NÃO ESTÁ LONGE.

    QUE DEUS TENHA MISERICORDIA DE NÓS NESTE PERIODO!

    MARANATA HORA VEM SENHOR JESUS!

  4. As dúvidas são esclarecidas aos que realmente examinam as Sagradas Escrituras e buscam o Espírito Santo, que é o que realmente nos dá o entendimento e discernimento aos atos apocalípticos.Estamos no principio das dores, esta crise mundial terá um colapso e uma desmobilização em todos aspectos nos diversos segmentos econômicos, financeiros, sociais nos povos e nações(ler livro de Daniel). A temeridade da igreja é natural, porém, não podemos esquecer das promessas de Deus para seus escolhidos:Mt.28:20-b,E CERTAMENTE ESTOU CONVOSCO TODOS OS DIAS, ATÉ A CONSUMAÇÃO DO SÉCULO.Amém,ora vem senhor JESUS! A paz do Senhor a toda igreja de JESUS CRISTO.Pr ELISEU JUNIOR.

  5. Pr Benício disse:

    Vamos esperar. Se Obama, realmente, der um jeito nas coisas e todos disserem: “Há paz e segurança”, então estará completa a descrição de Tessalonicensses. Se ele operar “grandes sinais”, então também se cumprirá Apocalipse 13. Mas até lá, oremos, pois no mínimo, no mínimo, estes fatos provam que a humanidade é capaz sim de seguir o coração de um único homem.
    PAZ

  6. Marcos disse:

    Caros amigos,

    Não podemos ajustar o texto bíblico às nossas próprias interpretações sob o risco de estarmos estabelecendo uma má teologia. A aplicação do texto de Apocalipse acima está descontextualizada histórica e teologicamente, muito conveniente a uma exegese catastrofista, muito bem esposada pela visão escatológica mais popular no evangelicalismo brasileiro: o pré-tribulacionismo dispensacionalista.
    É evidente que, como cristão, não concordo com algumas das diretrizes de Barack Obama em assuntos quanto à religião, ética e moralidade. Mas de uma crítica a intitulá-lo o Anticristo há um hiato enorme, que só pode ser vencido se sacrificarmos as corretas regras da hermenêutica e o equilíbrio contextual, ajustando as Sagradas Escrituras à nossa forma de pensar a vida e o mundo.
    Essa tendência no protestantismo de identificar o Anticristo e os eventos escatológicos se verificou em vários momentos históricos, principalmente nas épocas de crise, quando o mundo ou um conjunto de países viviam efeitos de graves problemas econômicos e sociais. Muitos exegetas erroneamente atribuíram a figuras como o Hitler, o Papa, Napoleão e outros a identidade do Anticristo, um erro que a história se encarregou de corrigir. De igual forma, no contexto da Guerra Fria, quando o mundo vivia a iminência de uma hecatombe nuclear em face do antagonismo dos EUA e União Soviética, muitos exegetas acreditavam piamente estarem vivendo os últimos dias da História, enxergando no país comunista o Gogue tão decantado no livro de Ezequiel.
    Na verdade, essa cosmovisão de que estamos vivendo os últimos dias, do Anticristo, do Arrebatamento sigiloso dos santos, a Ressurreição Pós-milenial, as Setenta Semanas, etc, compõe o sistema escatológico mais popular no evangelicalismo, especialmente entre os grupos pentecostais e neopentecostais, que assumem a cronologia de Usher e a Escatologia dispensacionalista do Reverendo Darby. Essa exegese pode ser muito bem adaptada ao contexto da história contemporânea quando desconsideramos, conforme eu já disse linhas atrás, o princípio histórico-gramatical que propicia assim uma exegese mais equilibrada.
    Outro grave perigo que vejo nessas aventuras hermenêuticas é fazermos uma interpretação errada e equivocada das Escrituras, o que constitui um grave desrespeito à Palavra. As Escrituras não são de particular interpretação!! Temos que ler o que teólogos que gastaram suas vidas no estudo diligente das Escrituras interpretaram e disseram do texto sagrado. Lutero e Calvino defenderam sim o livre exame da Palavra, mas não uma exegese irresponsável. Além disso, eles eram homens de estudo, que conheciam muito bem as línguas originais da Bíblia e também a teologia cristã e sua história. Eles não usavam o pretexto de interpretarem a Bíblia “pelo Espírito” para apoiar suas próprias idéias, mas permitiam Deus falar nas Escrituras, e não ousavam falar por Deus. O que vemos hoje no evangelicalismo brasileiro é um grave desconhecimento da Bíblia, com grosseiras mutilações textuais em nome da Teologia da Prosperidade, das Unções disso e daquilo, das Rosas ungidas e de práticas de exorcismo que mais se assemelham a ritos espiritistas.
    Para finalizar, mais uma vez reitero que não concordo com todas as opiniões e idéias religiosas e ético-morais do Sr. Obama. Posso tecer mil e um argumentos que me levam a condenar o aborto e casamentos entre pessoas do mesmo sexo. Essa mentalidade humanista não faz Obama menos ou mais um anticristo do que tantos outros políticos e líderes da Europa que defendem essas práticas e ainda outras contrárias à Palavra de Deus. Acredito que a prudência e o equilíbrio sejam mais eficazes ao cristão do que ficar tecendo teorias conspiratórias e falsas conjecturas numa tentativa desesperada de apoiar uma má teologia. Lembremos que a busca por datas e identidades misteriosas marcam a história de muitas seitas modernas. Não é errado o cristão estudar genuinamente a Palavra e defender uma determinada interpretação, desde que com subsídios sólidos e autênticos. É muito fácil alguém pegar os versículos de Apocalipse acima citados pela internauta acima e aplicá-los a Barack Obama. Mas pensem bem: os mesmos versículos poderiam ser aplicados a Bush, que por sinal é um evangélico fundamentalista dos EUA!! Alguém poderia dizer que Bush é o Anticristo pelas suas desastrosas investidas na política internacional. Mas os mesmos versículos poderiam ser aplicados por uma comunidade da Venezuela a Hugo Chávez, a Fidel Castro em Cuba, a Israel, na Palestina…
    Cabe aos pastores e líderes incentivarem nos membros um desejo legítimo de estudar as Escrituras, mas da maneira correta!! Agora torna-se difícil quando os próprios pastores desconhecem as Escrituras ou não fazem uma teologia sadia e equilibrada!! Essa cosmovisão de fim de mundo, Anticristo, Besta e o Falso Profeta, iminente retorno de Cristo, etc, em alguns casos, pode estabelecer nas igrejas um clima permanente de terror e ansiedade, desestruturar o equilíbrio da alma humana que, a todo instante, vê-se cerceada por monstros e demônios, governantes diabólicos, hecatombes e catástrofe nuclear… Esse pode ser um meio muito conveniente de domínio e intimidação, uma maneira da qual muitos líderes desonestamente podem se valer, para trazerem a igreja ou comunidade sob o mais estrito poder e domínio!!
    Amados, é hora de deixarmos as criancices de lado e pregarmos um Evangelho efetivamente transformador, e não ficarmos brincando de Anticristo e final do mundo!! Não estou negando as tragédias da existência humana, mas temos que compreender que o pecado adoece todas as dimensões de nossa realidade, inclusive influenciando líderes e governos para más decisões e atitudes. Não é necessário dizer que, ao admitirmos que nossos próprios pecados é que mancham a natureza humana, e não qualquer outra força externa, estamos concordando a humilhante condição do homem diante de um Deus justo e santo ao qual prestaremos contas. O reconhecimento do pecado finalmente destrona a idolatria do ego, nos faz perceber o quão necessitados somos de um Salvador e que sozinhos não somos capazes de fazer a Vontade do Pai.
    Fiquem na paz!!

  7. Marcos disse:

    Comentando a opinião do pastor Benício:

    Pensem bem, caros irmãos: o pr Benício entende que, no atual contexto histórico e sócio-econômico, em que o mundo passa por uma grave crise econômica só comparável à grande quebra da Bolsa de Nova Iorque em 1929, Barack Obama, ao oferecer uma solução, tanto para a crise financeira quanto para a questão palestina, se enquadraria no papel do Anticristo, uma vez que estaria cumprindo as profecias já citadas acima.
    Objeção: com base nessa teoria, teríamos que admitir que as epístolas de Paulo aos Tessalonicenses, bem como os livros apocalípticos de Daniel e Apocalipse não tiveram aplicação ou pelo menos apresentaram uma aplicação restrita em outras épocas históricas, pois a profecia só vale para a última geração de cristãos na história da Igreja.
    Outro problema exegético: torna-se difícil estabelecer a identidade do Anticristo pelo simples fato de ser o Anticristo um conceito teológico baseada numa interpretação dispensacionalista e pré-tribulacionista. Mas se analisarmos a História, percebemos que a eminente figura de Wilnston Churchill também se adequaria e cumpriria perfeitamente o papel do Anticristo. Vejamos: graças à sua liderança política e militar, ele pôs fim à Segunda Guerra Mundial na Europa, derrotando a Alemanha nazista. Recebeu o prêmio Nobel da Paz. A Europa, após a Grande Guerra, estava destruida e, somente com a ajuda dos EUA, através do que ficou conhecido como Plano Marshall, o Velho continente pôde ser reconstruído. Além disso, sabe-se que Churchill era simpatizante do Estado Judeu que seria criado em 1948 em uma Assembléia Extraordinária das Nações Unidas em que teve participação importante o diplomata brasileiro Oswaldo Aranha. Basta lembrarmos que, à essa mesma época, ninguém ousaria comparar Wilston Churchill ao Anticristo. Pelo contrário, muitos apontavam o próprio Adolf Hitler, que jamais procurou a paz tampouco apresentou uma solução à crise financeira do mundo!! Quem é o Anticristo, afinal?
    Na atualidade: muitas figuras contemporâneas poderiam muito bem fazer as vezes de Anticristo: Osama Bin Laden, o ex-presidente americano Bush, o papa, classicamente acusado pelos evangélicos de ser o “homem do pecado”, o ditador Tito, conhecido como “carniceiro dos Bálcãs”, responsável pelas chacinas de kosovo, etc…
    Alguém então poderia alegar que o Sr. Barack Obama exerceria com maior precisão o papel do Anticristo uma vez que o mesmo possui as condições e o poder para isso. Na qualidade de líder mundial, sua influência possibilitaria tanto estabelecer a paz em Isral quanto em resolver a crise financeira mundial.
    Bem, então Obama, como presidente dos EUA, fica impossibilitado de exercer o poder com responsabilidade e justiça, ou de fazer um bom governo na esfera econômica e política internacional sob pena de cumprir um vaticínio, ou de se enquadrar no perfil de Anticristo que, diga-se de passagem, foi estabelecido pelo homem, por tradições e interpretações humanas e não pela própria Palavra!! Definitivamente, Obama não pode ser um bom presidente e líder mundial simplesmente porque alguns entendem que se ele assim se comportar será visto com suspeitas e como o próprio Anticristo!!
    Quatro anos depois, caso não seja reeleito, o governo de Obama passa e nada acontece. E então os exegetas de plantão vão ter que procurar um novo candidato para fazer o papel de Anticristo porque Obama não vingou!! E a história reinicia…
    Prezados irmãos, como vimos, é perigoso e irresponsável fazer Teologia partindo de nossas próprias premissas e opiniões e não a partir da Palavra!! Tal interpretação dada pelo Pr. Benício e pelo Pr. Eliseu é de que estamos vivendo o “princípio das dores”, na iminência da revelação do Anticristo que, para adiantar a história, já foi descoberto com antecedência e por acaso ocupa a Casa Branca, ele e toda sua família!! Ou seja, o Pr. Eliseu e Pr. Benicio “descobriram” o Anticristo primeiro que todo mundo!! Méritos para eles. A infâmia vai para o pobre Obama…Mas vamos pensar: para chegarmos a essa interpretação, que malabarismos exegéticos precisamos fazer!! Devemos desconsiderar o “Sitz in Leben”, questões de autoria e gramática, princípios hermenêuticos que resgatam o momento histórico em que tais livros foram escritos e, sobretudo, cabe-nos ignorar o estilo literário apocalíptico que floresceu no período inter e neotestamentário. Temos que admitir que tais escritos não falaram absolutamente nada para os crentes que viveram em outros séculos e épocas históricas, visto que eram endereçados à Igreja dos últimos dias, a única que seria capaz de interpretar corretamente a profecia!! Temos que entregar os pontos e desistir da vida, pois de que vale a pena lutar se o mundo vai acabar e tudo ficará por aí, para o Anticristo e seu Falso Profeta? Entendem a argumentação, caros amigos? É uma teologia que não vê o contexto político e sócio-cultural romano em que o Apocalipse e I e II Tessalonicenses foram escritos tampouco as características do gênero literário apocalíptico, algo comum na literatura hebraica.
    Para finalizar, cabe-me esclarecer um ponto: a opinião que expresso nesse espaço não se dirige a pessoas e sim às idéias. O meu objetivo aqui é argumentar de forma pacífica e racional sobre idéias escatológicas, não agredir ou condenar. Por esta razão, convido às pessoas que visitam esse site que participem também com suas opiniões e falem também sobre o que proponho nesse espaço. Concordando ou não com o que escrevi, gostaria de ver suas opiniões. Abraços a todos e fiquem na paz de Cristo!

  8. Marcos disse:

    Ah, já ía me esquecendo: a palavra “anticristo”, que nunca é usada com inicial maiúscula tampouco é citada nas cartas aos Tessalonicenses, significa “contrário a Cristo”. O prefixo “anti” designa oposição. Ou seja, anticristo pode ser visto como toda oposição feita a Cristo e ao seu governo, esteja esse governo na esfera objetiva e social, esteja nos andores recônditos da alma. No contexto das cartas que, para quem não sabe, constituem os primeiros escritos do Novo Testamento, havia muitos anticristos com os quais os cristãos deveriam se preocupar. O César romano era um deles, pois os imperadores da Cidade Eterna julgavam-se deuses e não admitiam qualquer espécie de culto que competisse com seu poder soberano. Havia também o anticristo das falsas seitas, comunidades pré-gnósticas que ameaçavam a unidade e a santidade das congregações cristãs espalhadas por todos os domínios do Império Romano e adjacências. A palavra anticristo ainda se relaciona aos falsos mestres, conforme João muito bem a aplica em sua primeira carta. Como vimos, há muitas interpretações plausíveis para o termo anticristo, que aparece, por sinal, na forma plural nos escritos joaninos. Volto a falar: não existe a palavra Anticristo na primeira carta aos Tessalonicenses!! Portanto, aos que interpretam que Barack Obama é o Anticristo, deve ser capaz de argumentar de forma lógica e sólida e não apresentar evasivas (para não dizer desculpas) do tipo orar no Espírito, buscar revelações ou visões etc…Deixemos a Palavra falar.

  9. Katia nonaka silva disse:

    Concordo plenamente com vc Marcos,Obama apoia o aborto e os direitos dos homossexuais.Mas nao quer dizer que ele seja o anti-cristo!!Estou estudando bastante a Biblia pois nao podemos nos levar a acreditar em tudo que ouvimos a falar.Desde menina ouvia dizer que o papa era o anticristo e dai Joao Paulo ja ate morreu,e perigoso acreditarmos e ficarmos preocupados com isso.Temos sim e que pregar o evangelho a toda criatura e ficarmos preparados pra vinda de Jesus!!Fiquem na paz!!

  10. Edenison disse:

    O anticristo é o Maitreya!
    pesquisar no google.

  11. babi disse:

    Fui, por mais de 20 anos ensinado sob a égide do pré. Pré-tribulação; Pré-milênio; etc., etc. Acontece, todavia, que após uma peregrinação profética, buscando pelos caminhos das escrituras respaldo para tantos prés, tomei ciência pelas próprias palavras de Jesus, que tudo que me ensinaram anteriormente fora muito mal entendido. A primeira observação foi a que se relaciona com o tão propalado “arrebatamento da igreja”. A forma propedêutica para adoção do prefalado “arrebatamento” são as palavras ditas pelo Senhor e narradas por Mateus no Cap.24, que transcrevo: Porém, a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas unicamente o Pai. Como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do filho do homem. Pois assim como nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e dava-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos – assim será também a vinda do Filho do homem. Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro. Estando duas moendo no moinho, será levada uma, e deixada à outra. (Mateus 24:36-41)- Não existe nenhum arrebatamento secreto; ou público, ou seja, lá que tipo se queira imaginar e/ou pensar narrado no prefalado texto. Tal idéia, tanto em palavra quanto em doutrina é totalmente desconhecida pela Bíblia. Toda essa parafasia moderna de “arrebatamento” dos pilotos em aviões, modismos tais como os usados nos automóveis com dizeres tipo “se este carro ficar desgovernado é por motivo de arrebatamento”, tudo não passa de um produto neurótico da mente de falsos mestres. Não existe arrebatamento secreto ou em duas fases ensinado na Bíblia. Foram vinte anos de engano no meu caso. O contexto geral de Mateus é a própria Escritura. O contexto imediato é uma solene advertência pessoal “daquele dia e hora”. Tendo predito que todos aqueles eventos ocorreriam naquela geração (24:34-35), o Senhor exorta à vigilância aos seus ouvintes originários. O contexto exato e preciso é o exemplo de um julgamento do Antigo Testamento que pegou a geração de Noé totalmente desprevenida. A vinda do Filho do homem nada tem a ver com arrebatamento, mas com juízo sobre a nação de Israel – MT. 16:28; MT. 10;5-23; Lucas 21:20-22. Os levados são comparados àqueles que o dilúvio (juízo) da época de Noé levou – Os levados, segundo Nosso Senhor Jesus Cristo, não são os crentes, mas os ímpios (Mateus 24:39; Lucas 17:27). Jesus aqui não fala de crentes sendo arrebatados, todavia, mostra claramente os ímpios sendo aniquilados pelo juízo de Deus. Isso muda tudo e, de uma maneira completa fica toda a escatologia pré qualquer coisa totalmente destituída de tudo. Abraços. J. Carlos.

  12. Evanir disse:

    Eu, não acredito que Barack Obama seja o anti cristo,
    pois seria muito obvio.
    Sra.Evanir”IURD”

  13. PH Folk disse:

    Obama é a boca que foi dada à besta, para proferir grandes coisas e blasfemar durante 42 meses, isto é, 3 anos e 6 meses, que é quase o período do seu último mandato. Portanto, após o dragão (china) curar uma das cabeças feridas (grécia), obama assumirá sua missão, a partir da metade do ano que vem. Batata!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *