Pastor é julgado por desviar milhões de dólares de igreja para financiar carreira musical de sua esposa

5

O pastor Kong Hee, fundador e líder da maior congregação crista de Cingapura, a Igreja Cidade da Colheita (CHC na sigla em inglês), está sendo acusado de desviar cerca de 50 milhões de dólares da igreja para financiar a carreira pop de sua esposa, a cantora Ho Yeow Sun.

O pastor e outras cinco pessoas ligadas a ele foram indiciados no ano passado e agora estão sendo julgados por conspirar para fraudar a instituição religiosa em milhões de dólares. De acordo com a agência AFP, eles foram denunciados por utilizar US$ 24 milhões de fundos da igreja para financiar a carreira musical de Ho Yeow Sun e, supostamente, desviar outros US$ 26 milhões para cobrir a primeira fraude.

O processo tem também como ré a produtora Xtron, que geria a carreira de Ho. A empresa é dirigida por um membro da igreja Choong Kar Weng, e é acusada de ser o canal utilizado para desviar do dinheiro. Weng foi uma das primeiras testemunhas ouvidas no julgamento.

O julgamento foi iniciado no final de agosto e deve estender por cerca um mês.


Por Dan Martins, para o Gospel+


5 COMENTÁRIOS

  1. Sabe o que eu acho? Que os evangélicos deveriam abrir o olho e investigar esses que se dizem pastores, ficam idolotrando o tal do Malafaia, logo vão ter uma surpresa!

  2. Nada disso que esta acontecendo Abala a minha convicção e minha fe em Cristo Jesus meu Senhor e meu Salvador, porque isto e o comportamento puramente humano e não tem nada com o mundo Espiritual da parte de Deus portanto e de responsabilidade do homem responder por seus atos sejam bons ou sejam maus, cabe a cada um suas responsabilidades errou humanamente paga-se por seu erro perante os homens, errou para Deus paga-se perante Deus essa e a lei cada um dará conta pelo seus atos no dia do julgamento, como eu disse nada disso me abala estou e continuarei firme nos meus ideais para com DEUS E EU DIGO EMEM E ALELUIAS TAMBEM, OH GLORIAS

DEIXE UMA RESPOSTA