Pastores e Teólogos comemoram aniversário de 494 anos da Reforma Protestante

83

No dia em que se comemora o aniversário de 494 anos da Reforma Protestante iniciada por Martinho Lutero, pastores e teólogos repercutiram o fato histórico na internet, ressaltando a importância do movimento.

A Reforma Protestante aconteceu em 1517, após Lutero divulgar na porta da Igreja Wittenberg, as 95 teses de seu manifesto “Disputação do Doutor Martinho Lutero sobre o Poder e Eficácia das Indulgências”, que condenava as práticas da Igreja Católica. Nessa época, era comum que pessoas com maior poder aquisitivo comprassem cartas de indulgência, que segundo os líderes católicos, garantiam perdão e salvação.

O Pastor e vocalista da Banda Resgate, Zé Bruno, comemorou a data, ressaltando a necessidade de se manter os ideais: “Bom lembrar o dia da Reforma. Precisamos de uma todos os dias para permanecermos firmes no evangelho”, postou no Twitter.

Seu irmão, o também Pastor Jorge Bruno, usou o microblog para mencionar os cinco “solas” presentes no manifesto de Lutero: “Sola Scriptura, Sola Christus, Sola Gratia, Sola Fide, Soli Deo Gloria! Hoje comemoramos o dia da reforma, igreja reformada e sempre se reformando”. Os cinco “solas”, escritos originalmente em latim, significam Somente as Escrituras, somente Cristo, somente a Graça, somente a Fé e somente a Deus a Glória, e representam os pontos essenciais do cristianismo, sob a visão de Martinho Lutero.


O teólogo coreano naturalizado brasileiro, Jung Mo Sung, comentou em seu perfil no Twitter que “o essencial d Reforma é o ‘princípio protestante’: protestar contra todas absolutizações humanas q sempre negam a dignidade humana”. Sung também questionou a necessidade de novas reflexões sobre o cristianismo nos tempos atuais: “nas viradas de tempos civilizatórios, o cristianismo passou por grandes Reformas. Será que nosso tempo precisa de nova Reforma?”.

O Pastor Ariovaldo Carlos Jr, usou o microblog para postar situações ligadas aos cinco “solas” e teceu críticas às lideranças evangélicas em geral. “Seu pastor bate no peito pra reivindicar autoridade espiritual? Aposto q ele não falou do níver da Reforma Protestante hoje! #SolusChristus”, escreveu. Ainda sobre o tema, Ariovaldo criticou as igrejas que buscam ofertas de forma exagerada: “você ainda acredita nesse papo furado de que será mais abençoado se der ofertas financeiras sacrificiais? #SolaGratia”.

O termo “Reforma Protestante” ficou toda a manhã entre os dez assuntos mais comentados em todo o Brasil no Twitter.

Fonte: Gospel+

83 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA