Suposta coroa de espinhos usada na crucificação de Jesus é venerada por fiéis em igreja da França

8

Uma coroa de espinhos guardada num tubo feito de vidro e ouro e que alegadamente teria sido posta em Jesus durante sua crucificação se tornou objeto de reverência na Catedral de Notre Dame, em Paris, França.

Durante as comemorações do 800º do nascimento e batismo do rei Luís IX da França, o objeto foi exposto aos fiéis pelos líderes católicos da cidade. A primeira menção ao objeto na história aconteceu no século V, quando peregrinos judeus deixaram escritos sobre ela.

De acordo com a agência France Press, ao longo dos últimos cem anos a coroa foi exposta ao pública algumas vezes, sempre em cerimônias especiais, como por exemplo, em 1939, quando se comemorou 7 séculos da guarda do objeto na França.

O local onde a suposta coroa da crucificação de Jesus Cristo é mantida é uma capela construída em 1241 e modificada ao longo dos anos. Para os católicos franceses, o templo é um santuário erguido para abrigar as relíquias que teriam pertencido a Jesus Cristo.


Lá, são mantidos objetos que foram trazidos da Síria e Constantinopla, e além da suposta coroa de espinhos, há parte de uma cruz, de uma lança de ferro e de uma esponja, que supostamente teriam sido usados na crucificação de Jesus.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


8 COMENTÁRIOS

  1. As relíquias enriquecem a fé do povo de Deus, desde que a sua veneração nos leve ao fim último de toda devoção, que é Jesus Cristo. De fato, toda devoção é essencialmente cristocêntrica, uma vez que Cristo é a Cabeça da Igreja e tudo deve tê-lo como referência máxima.

    • Luciano, quando um evangélico diz que somos idólatras, na verdade está apenas atuando como um bom e velho “papagaio de pastor”: existem protestantes sérios, conscientes, abertos ao diálogo e que que pensam de um modo bem diferente. São cristãos porque amam a Cristo, e não porque querem ser juízes da fé dos outros, como você e o tal “Clamando” abaixo.

      Nós amamos o Senhor Jesus e o reconhecemos como o nosso Senhor e Salvador; e amamos os santos como amigos de Deus, como discípulos que compreenderam a verdadeira mensagem do Evangelho e viveram a loucura da Cruz. Eles não estão lá como deuses que devem ser adorados, mas sobretudo como exemplos que devem ser imitados.

      E a Bíblia que você carrega debaixo do braço é claríssima no que diz respeito à legitimidade do uso de relíquias:

      “O morto, ao tocar os ossos de Eliseu, voltou à vida e pôs-se de pé” (2Rs 13,21).

      “Deus fazia milagres extraordinários por intermédio de Paulo, de modo que lenços e outros panos que tinham tocado o seu corpo eram levados aos enfermos: e afastavam-se deles as doenças e retiravam-se os espíritos malignos” (At 19,11-12).

      Mas claro, segundo a lógica de Luciano e “Clamando”, só vale tirar da Bíblia aquilo que, supostamente, condena o Catolicismo. Porém, quando defendemos a nossa fé à luz das Escrituras, fingem que não ouviram nada.

  2. Pode ter certeza ABSOLUTA que em frente a este objeto muitos e muitos joelhos estão sendo dobrados, ai quando falamos atraves da escrita os defensores vem esbaforidos dando coice patada chinelada cabeçada chifrada murro pescoção tapa empurrão so não vem com queijo e rapadura, mas se duvidar vem ate com canhão espingarda chunbera batibute porvera e tudo mais, ai dão suas versões esfarrapadas e ante biblica, IDOLATRIA NUA E CRUA

    • O pior e que e verdade, conheço muitos não poucos que quando vai tomar uma canjibrina joga um pouco no chão e fala as seguintes palavras esta e pros santos, mas isso e de praxe, agora eu pergunto quem são mesmo os tais em milhares que assim procedem? minha ex sogra tinha uma imagem do binidito e ela colocava uma canequinha pequenita de cafe todos os dias prele, pergunta para mim o que ela era em termos espirituais? catulica, minha irmã mais velha tinha um buneco barrigudo mais feio que uma nota promissoria vincida, todos dias ela ia e dava uma coçada na barrigona dele e dizia que fazendo isso dava sorte, pregunta pra eu o que ela era em termos espirituais? catulica macunbolica, eu antes de ser Crente muitas e muitas vezes ia na igreja e dobrava meus joelhos diante de um monte de barro com cara zoios nares boca cabelo pra zoia ela era ate bonita nos contrastes, agora me pregunta o que eu era espirutualmente? catulico, meus quintaravos quartaravos terceravos tatataravos tataravos bisavos avos e pais assim me legaram esta vã maneira de viver em termos espirituais,

    • Pita quero te dizer uma verdade, Deus o Deus Unico Santo e Verdadeiro da muito maior valor a um ateu convicto do que a um outro que tem coragem de dobrar seus joelhos e falar ou dirigir preces omenagiar revenreciar um objeto inanimado tais como imagens seja ela de que tipo ou material que for ou objeto tipo coroa de espinho ou de cipo ou de ouro ou diamante ou ferro madeira de agua de luz, se ha uma coisa que DEUS abomina e o homem trocar o Criador pela criatura, concordo plenamente com o que voce escreveu, esta coroa e uma lorota das mais lorotas possivel, isto ai em relação ao espiritual não tem valor algum

  3. É aquilo que Jesus falou: “Deixaram a verdade e se apegaram a mentira.” influenciados pelo pai da mentira como diz em:João 8:44: “Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele. Quando mente, fala a sua própria língua, pois é mentiroso e pai da mentira.”
    Adorar ou venerar relíquias ou qualquer outra coisa ou pessoa além de ser pecado é falta do que fazer.

  4. Os objetos são relíquias, não há adoração em si do objeto pelo objeto, e sim a curiosidade natural do ser humano diante de algo histórico. O julgamento que muitos fazem é errado e desonesto e ultra preconceituoso. Uma tentativa de tirar crédito da fé alheia. Oportunismo barato e ególatra.

DEIXE UMA RESPOSTA