Home » Capa, Política

Senador evangélico emprega músicos de sua banda gospel em seu gabinete

Avatar de Redação Gospel+ Por Redação Gospel+ em 30 de junho de 2009
Tags: , , , , , ,

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Senador evangélico emprega músicos de sua banda gospel em seu gabinete

O senador Magno Malta (PR) emprega no gabinete do Congresso dois músicos da sua banda gospel Tempero do Mundo. O tecladista e o produtor musical custam R$ 11,9 mil por mês aos contribuintes. A informações foram publicadas na edição de ontem (28/06/09) do jornal Correio Braziliense.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

O jornal ‘A Gazeta’ deixou recado no celular de Malta na manhã de ontem, mas ele não retornou a ligação. A reportagem do Correio Braziliense também não conseguiu localizar o parlamentar.

O primeiro contratado pelo Senado, segundo a reportagem, foi o maranhense Roberto Leonardo Silva Castro. Tecladista da banda, Leonardo foi nomeado como assessor-técnico de Malta em junho de 2007, com o maior salário de comissionado da Casa, R$ 8,2 mil. Mas não tem hábito de dar expediente no escritório político do senador em Brasília ou mesmo em Vila Velha, reduto eleitoral do parlamentar. Uma funcionária do gabinete do senador em Brasília confirmou que o tecladista quase nunca vai ao Congresso.

No Espírito Santo, outra funcionária, lotada no escritório político, disse que Roberto Leonardo não se envolve nos “assuntos parlamentares”. “Ele fica mais na rádio e cuidando dos assuntos da banda”, disse ela. Um funcionário da Rádio Cor da Vida FM, da família do senador, disse que o tecladista participa de um programa diário veiculado na emissora e um segundo transmitido aos sábados.

O tecladista disse à reportagem que seu trabalho como assessor é “dar palestras em escolas sobre drogas”. “A gente faz palestras orientando sobre drogas e levando a palavra de Deus e, por acaso, a gente também toca numa banda”, afirmou Roberto Leonardo, que se diz um ex-viciado e que se converteu em 1997. Ele nega ser “funcionário fantasma”.

Produtor

O outro funcionário, Ronilson Santos Lins, é o produtor musical Rony Lins, nomeado em julho de 2008 para o cargo de assessor, com salário de R$ 3,7 mil. Sem saber que estava falando com a reportagem do Correio Braziliense, ele admitiu, por telefone, que continuava produzindo a banda de Magno Malta.

Depois, entretanto, segundo a reportagem afirmou que, há um ano, parou de trabalhar com produção musical para assessorar o senador na presidência da CPI da Pedofilia. Ele disse que, desde 2000, é produtor da banda de Malta.

Ronilson informou que cuida da agenda musical e parlamentar de Malta. “Hoje não tem mais tempo”, explicou.

Espião

O senador foi alvo de uma outra polêmica recentemente. Magno Malta teria indicado o seu suplente como espião no Conselho de Ética. Usando um boletim sigiloso, o senador Magno Malta plantou um assessor no conselho durante a análise do processo de cassação de seu mandato – Malta foi absolvido.

O funcionário nomeado era uma espécie de assessor secreto que não despertou atenção no período. O detalhe: assessor era o segundo suplente do próprio senador, o pastor evangélico Nilis Castberg. Malta negou saber que a nomeação foi por ato secreto.

Prefeito

Malta também empregou a primeira-dama da Prefeitura de Vila Velha, Sandra Fraga. Ela foi nomeada no dia 6 fevereiro para trabalhar no cargo em comissão de assistente parlamentar.

Fonte: Gazeta Online / Gospel+
Via: Pavablog



PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

11 comentaram, comente você também!

  1. Ninguem e perfeito ate os ditos santos tem seus dias de… nao vou diser o cara e senador,MAS tanbem oque vcs querem o dinheiro nao dele saiu do teu bolso,ele coloca quem ele quer para receber a ‘grana’, o melhor para trabalhar com ele!tai o silas comprando aviao com o teu dinheiro,eu disse o teu,o meu ele nao pega.

  2. Eu fui duro com o Pr. Écio??? duro é o que nossos representates fazem conosco, O POVO!!! se até os ingleses chamam o Senado de “Casa dos Horrores” eu como brasileiro, pagador de impostos, devo fingir ser cego?!?!? “O Senador Malta é de muita valia para todos os evangélicos” Esse éo grande erro, ele tem que de ser de muita valia para todos os brasileiros e não apenas para uma parcela da população, e tem mais, da forma como você fala, o senador deve ser semelhante ao Maluf “Rouba, mas faz”.

  3. Sr Ivan, quando Davi teve a vida de Saul em suas mãos, não lhe fez nada porque o Rei era o ungido do Senhor. O Sr foi duro com o Pr Écio, cuidado como julgares. O Senador Malta é de muita valia para todos os evangélicos, talvez seja o único a enfrentar uma luta que deixa muitas pessoas incomodadas e em muitos casos ele é ameaçado. Caro irmão Senador que Deus te abençoe abundantemente.

  4. Eu sabia que não deveria ter resumido a lista de “perseguidos políticos”. Pr Écio Pousas, por acaso vossa senhoria acompanha o noticiário de escandalos envolvendo centenas de parlamentares?!?!? caso acompanhe, e, ainda assim, continue acreditando que trata-se de uma perseguição política, vou acreditar que você deve ter algum parente empregado no Congresso Nacional.

  5. Pr Écio Pousas disse:

    Está claro que se trata de perseguição política. E tem a ver com a fé dos envolvidos… Esquenta não, irmão senador, Deus é contigo. Continue a servir a Deus, e ao seu povo, que é tão espezinhado, ás crianças que são tão abusadas sexualmente e lutando contra a corrupção, que, infelizmente, grassa por este senado, câmara, etc…
    Deus te abençoe com toda sorte de bênçãos.

  6. “Perseguição política” hilária como sempre. Coitadinhos dos políticos, são tão perseguidos que o diga Jose Sarney (verba indenizatória secreta na câmara); Deputado Edmar Moreira (do castelo); Agaciel Maia (e sua mansão); Chico Alencar (contratou correligionário); João Carlos Zoghbi (cedeu um apartamento funcional da Casa para familiares); Tião Viana (pagou ligações de celualar de sua filha em viagem ao México com dinheiro público); Renan Calheiros (empregou sogra e filho na câmara, tem funcionários fantasmas e aliado recebendo verba indenizatória); Alberto Fraga, Arnaldo Jardim, Jose Paulo tófano (empregadas em suas casas com dinheiro público); Tasso Jereissati (dos jatinhos), Helio Costa (uso de secretária) entre tantos e tantos outros perseguidos políticos.

  7. Karla Cristina disse:

    Eu acredito que isso é perseguição politica.

  8. senador quem somos nós para julgarmos, mas se o senhor estiver fazendo algo errado, tome cuidado ;o juiz que virá em breve nao tera piedade de pessoas que conhecem a verdade e fazem as coisas erradas diante dos olhos do Senhor; nada passa sem ser observado com sabedoria no tribunal do nosso mestre e juiz eterno. EU SOU SEJA LOUVADO. ADEMAR [email protected]

  9. Que coisa mais feia senador…

  10. Eu jamais julgaria o Senador, ele tem feito um brilhante trabalho, promove a reabilitação de viciados e luta contra a pedofilia. Consequentemente a gente aprendeu a amá-lo, e o amor cobre multidões de pecados, por isso que fica difícil de acreditar nas acusações e condená-lo.

  11. Acredito que o Senador esteja incomodando muita gente.

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 430,626 comentários no Notícias Gospel.