Internacional

Em artigo, escritor rebate tese ateísta de que Adolf Hitler seria um cristão

Comments (28)
  1. Nossa. O Dinesh acabou com o piadista do Harris. Nenhum desses ateístas fala que Hitler, na verdade, era um neopaganista, e nunca mencionam Alfred Rosenberg, o principal teórico da religião nazista.
    Assim, Hitler não era ateu mas muito menos um cristão. Toma essa, Harris.

  2. Muito bom texto. É para acabar com essa palhaçada dos ateus quererem colocar a religião como a origem de todos os males. A origem dos males é o próprio homem, que passa por cima de tudo e de todos para garantir os interesses pessoais, tanto ateus como religiosos podem se aproveitar de ideais para saciar o próprio ego.

  3. Peter Shelton Alves disse:

    Desde que assumiu o poder, Hitler tentou forçar todas as igrejas protestantes alemãs a se fundirem e se nazificarem, a maioria destas igrejas se rebeleram e não aceitaram, Hitler havia criado a Igreja Nacional do Reich, onde: era exigido o fim da publicação e difusão da bíblia, sendo substituido pelo Mein Kampf, a cruz seria substituida pela suástica, entre outras coisas…
    Durante a II Guerra Mundial, Hitler transformou a religião alemã num neopaganismo e inúmeros pastores foram presos e mortos na perseguição nazista, eles eram da Igreja Confessante e da Liga Pastoral de Emergência, união cristã anti-nazista liderada por Martin Niemöller.

    1. Na verdade ele, Hitler, queria criar um outro evangelho, ou seja, o dele mesmo.

  4. Dermeval Reis Junior disse:

    Na minha visão, Hitler era um evolucionista que tomou, às vias de fato, uma tese de base vitoriana "promulgada" por Francis Galton, um primo primeiro de Darwin, que veio a ser uma teoria devastadora, a partir de Hitler, chamada princípio da Eugenia, isto é, ser "bem nascido" ou, em outras palavras, ao pé da letra, gerado de verdade. Esta teoria dizia que todo o que era nobre, se se casasse com um plebeu, adoraria os constumes plebeus e perderia os nobres e para que isso fosse exterminado era necessário exterminar com os plebeus. Na verdade, o princípio de Galton não se referiu à matança de plebeus, mas deixá-los à míngua até que se acabassem, mas jamais serem miscigenados entre os nobres, para que perpetuassem rebentos nobres. Hitler, levou isso a ferro e fogo, onde quis exterminar às vias de fato, os judeus, por serem os únicos na face da terra, até hoje, conhecidos como "a menina dos olhos de DEUS". Assim, Hitler estava, em outras palavras, sob uma análise teológica minha, sob uma ação a serviço daquele que odeia o povo de DEUS, senão, o próprio satã. Daí a dizer que o cara era cristão??? Isto é algo um tanto quanto "herege" para a filosofia nazista!

  5. O que eu sei desse maldito, era o próprio satã vestido de lobo que odiava as ovelhas e os pastores….odiava o povo Judeu, povo de Deus…Ele é o diabo!!! Cristãos foram perseguidos e mortos com crueldades….Devemos nas tribulações guardar-se da corrupção desse mundo , existe muitos HITLER por aí ainda!!!!

  6. Ed Oliveira disse:

    “Como um Cristão amoroso e como um homem, leio a passagem que nos conta como o Senhor finalmente se ergueu em Sua força e apanhou o azorrague para expulsar do Templo a raça de víboras. Como foi esplendida a sua luta em defesa do mundo e contra o veneno judeu. Hoje, depois de 2 mil anos, é com muita emoção que reconheço, mais profundamente do que nunca, o fato de que foi em nome disso que Ele teve que derramar Seu sangue na cruz. Como cristão tenho o dever de não me deixar enganar, tenho o dever de lutar pela verdade e pela justiça. E como homem, tenho o dever de zelar para que a sociedade humana não sofra o mesmo colapso catastrófico que sofreu a civilização do mundo antigo 2 mil anos atrás – uma civilização que foi levada a ruína por esse mesmo povo judeu.”

    – Discurso do Adolf em 12 de abril de 1942, em Munique

    1. Nem todos os que usam o nome de Deus, são de Deus. O diabo usa desse artifício para enganar a muitos. O diabo usou a própria palavra de Deus no deserto contra JESUS quando este orava e jejuava. Não que o diabo tivesse poder de persuasão sobre Jesus, mas esse evento ocorreu e ficou registrado pela permissão de Deus, para que nós, hoje, possamos conhecer as investidas enganosas do inimigo. Por isso Hitler era um verdadeiro anti-cristo que se levantou, de outros que ainda vão se levantar ate a vinda de Jesus. O proposito é confundir, enganar.

    2. Ed Oliveira disse:

      Valmir Barbos de Souza, a frase de que a "religião não define caráter", é bem dita. Isso é fato. Tenho amigos ateus, cristãos, muçulmanos…São poucos amigos é verdade, mas são pessoas humanas, respeitadoras e de grande caráter. Abraços.

    3. Ed Oliveira – Não disse que religião define caráter. A religião aliena, emburrece é o ópio da humanidade. Mas ter o caráter de Cristo é outra coisa, aceite vc ou não.

  7. Luiz Carlos disse:

    não sou estudioso no assunto, mas por literatura tenho alguma coisa a comentar. ESTAMOS FALANDO DE HISTÓRIA, E A HISTORIA E SEMPRE CONTADA PELA PRÓXIMA GERAÇÃO, FATO: ||| Uma historia espiritual:- A província de Cologne foi fundadda na mesma época do nascimento de Cristo. Dizia-se que a sobrinha do imperador Augusto ( Agripina senior ) que era uma descendente de Afrodite, a Deusa do Amor, casou-se com Germanicus , o conquistador de Gaul em15 d.C.em Cologne. Em 16 d.C. ela deu a luz à uma menina, Agripina Jr. em Oppidum-Obiorum em Cologne, um centro de culto romano germanico que estava situado onde a catedral de
    Cologne se encontra atualmente. Agripina Jr. se tornou a mãe do Imperador Romano Nero um dos imperadores mais cruéis e dementes . Sob seu reinado os cristãos foram pela primeira vez jogados para alimentar os leões no Circus Maximus. Foi Nero quem tambem condenou Pedro e Paulo à execução em Roma.
    A primeira grande perseguição da igreja pelos romanos , tem suas raizes em Cologne. Devido ao fato de que a mãe de Nero, e subsequente Imperador Calígula, vieram de Cologne, a partir de 69 d.C. a cidade se tornou a capital do Império Romano Ocidental , o qual permaneceu por dois séculos . Françã, Espanha , Alemanha, e Grã -Bretanha eram governados por Cologne. Cologne ganhou notavel influencia e se tornou a anfitriã de todos os deuses e templos concebidos . ( by VENCENDO O ACUSADOR , Rick Joyner-série Combatendo Fortalezas Espirituais) Acredito que temos aqui uma descrição da semente maligna que já existia, não contra o povo judeu mas sim, contra Deus, e o povo judeu sempre foi e sempre será o termonetro de Deus para a raça humana. È o povo mais rico do mundo ( se o judeu tirar o seu dinheiro do mundo… ele quebra ) , temos enciclicas do Vaticano de Pio XII, que afirma categoricamente que " Deus recusou o povo judeu por ter matado seu filho e adotou o povo romano, para substitui-lo. ' Temos nomeclatura dos anos 64>67, que é muito rica nesse aspecto.. Podemos crer que o próprio Vaticano endossou o inicio da guerra, uma vez que foi intocavel por forças internas de Mussoline e externas da Alemanha. Dizendo-se neutro… Nós não podemos esquecer estres principios que levaram ao Holocausto. É A MINHA VISÃO DA HISTÓRIA QUE AINDA TEM GENTE PRA CONFIRMAR NA PRÓPRIA PELE AS TATUAGENS COM NUMEROS. ( PARA NOSSA VERGONHA ) QUE DEUS ABENÇOE A TODOS QUE ACEITAM O FILHO COMO SENHOR E SALVADOR DE SUA ALMA.

  8. Resumindo: Adolf Hitler era um tipo de anticristo e, ao mesmo tempo, um tipo do vindouro Anticristo.

  9. Charles Gomes disse:

    Baldur von Schirach, líder the juventude hitlerista, dizia que o nazismo queria eliminar o cristianismo the alemanha desde antes de subir ao poder, mas questões de conveniência tornaram impossível tornar isso público. http://www.nytimes.com/2002/01/13/weekinreview/word-for-word-case-against-nazis-hitler-s-forces-planned-destroy-german.html

  10. Renato Gaara disse:

    esse kara é doido, hitler era cristão sim, ele esta deturpandoi as palavras do proprio alegando q hitler tinha desdem pelos valores da cristandade pelo o fato d ele ter feito barbaridades, mas se esquece q a proprio cristandade fez muitas em nome de seus valores, e baseados neles.

  11. Richard Getty disse:

    Nenhuma religião quer ser associada com um monstro como Hitler, mas a verdade é que, gostando ou não, o pai e a mãe dele eram católicos, ele cresceu como católico, o livro mais famoso dele, Mein Kampf, afirma do início ao fim a crença dele no cristianismo, sem contar os famosos discursos, que oferecem ampla evidência do seu cristianismo. O autor deste artigo está tentando reescrever a história e só poderia ser levado à sério por seguidores num site com o Gospel.com.br. Mas independente do que o Hitler tenha se transformado mais tarde em sua vida, do que o autor também se esquece é que o nazismo e o cristianismo podem muito bem ser considerados 'farinha do mesmo saco', ambos usaram genocído ( a história do cristianismo é banhada em sangue, inquisição, cruzadas, guerras, "reformas" etc) ambos promoveram ódio, lavagem cerebral e preconceito contras minorias, gays, judeus, artistas, intelectuais, muçulmanos e budistas, e ambos contam com a baixa inteligência dos seus seguidores.

  12. Bruno Goes disse:

    Ser cristão não eh sinônimo de justo e seguidor da palvra, existem muitos cristão que pregam o preconceito, o culto ao dinheiro, a morte de inocentes e a fome
    por exemplo: a não aceitação do sodominos, divorciados, mães solteiras, o não controle populacional, não transfusoes etc
    Então só me resta uma pergunta: Se alguns cristãos são capazes de linchar um gay, deixar seu filho recem nascido(um anjo ainda) morrer de eritrosblastose fetal(muito comum, apesar do nome difícil), espancar um boneco de Judas(mesmo sabendo que muitos escritos falam que não foi pelas moedas, nem por ódio e sim por um pedido feito por Jesus a seu mais confiável apostolo emaior difunsor da fé cristã) O QUE DIFEREM ESSES PSEUDOSERVOS, DE DEUSTODOPODEROSO, DE HITLER NÃO EH APENAS O TANTO DE PODER NAS MÃOS?

  13. "valores Cristãos da igualdade e compaixão" – 3o. parágrafo
    "igualdade" = apoio à escravatura na América Latina
    "compaixão" = tratamento dado às vitim.. ops, almas desgarradas durante a Inquisição
    Pois é…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *