Brasil

Ativistas homossexuais pedem que Ministério Público Federal tome providências em relação ao kit-gay, que foi vetado pela presidente Dilma

Comments (16)
  1. quanto mais eu oro mais assombração me aparece estão roubando o direito de educar nosso filhos PT nunca mais

  2. A Presidenta Dilma agiu na defesa do atualmente raríssimo "caminho do meio", onde o respeito é para todos, e não apenas para um segmento. O segmento dele não vale mais do que o segmento dos outros, em resumo. No caso, o movimento gay estava se valendo do MEC, e de verbas públicas, para – ao invés de fazer um combate à discriminação, usar esta boa ideia como pretexto para apologia da homossexualidade. Ser homossexual é um direito, mas ser heterossexual também o é. O "kit gay", na forma como estava, era uma invasão na forma que cada família tem de educar seus filhos, seguindo seus preceitos e religiões. Dilma agiu bem, e na prometida defesa intransigente dos Direitos Humanos, ao não permitir o abuso do "kit gay", indicando a necessidade de o material ser revisto e submetido ao crivo de todos, e não apenas do grupo que o engendrou. Interromper a apologia do "kit gay" foi gesto de coragem da Dilma, respeitando os direitos humanos dos cristãos, judeus e muçulmanos no Brasil. Maiorias também devem ser respeitadas, também são cidadãs, pagam impostos, trabalham, têm direitos.
    Precisamos combater todas as formas de discriminação, mas através de medidas que não ofendam outros brasileiros, como é o caso do "kit gay". Combater a discriminação é uma coisa, o "kit gay" é outra. Que façamos um material com respeito a todos e ouvindo os diversos segmentos deste país. O "kit gay", assim como querer mudar à força o conceito milenar de casamento, é exagero do ativismo homossexual que, no final das contas, até prejudica a sua causa. Isso afasta os religiosos moderados, que – como todos, moderados ou não – são afrontados com uma campanha que está se tornando teofobia, heterofobia e tirania às avessas. Isto é um desserviço ao país e até aos homossexuais. Isso faz com que a maioria dos cristãos, de índole pacífica, precise se mobilizar para que seus filhos não sejam objeto de propaganda daquilo em que tem o direito de não crer nem aprovar. O ativismo gay chama o direito de opinião dos outros de "homofobia", em exagero que lembra Narciso, que acha feio tudo que não é espelho. Do outro lado, erram os religiosos que querem impedir que quem não comunga da mesma opinião tenha o direito de escolher como vai viver a sua vida. Erram os dois lados, precisamos fazer isso sem afrontar os direitos humanos das maiorias. Maioria também é gente! Precisamos combater as discriminações todas, não apenas as contra um grupo. Ou os gays merecem mais atenção que negros, índios, pobres etc.? Não é porque o movimento homossexual é mais articulado que se pode, à luz da Constituição Federal vigente, fazer todo um esforço via MEC onde se trabalha contra apenas uma das formas de discriminação. Não é estranho? Por que não lutar contra todas elas? Algum discriminado vale mais do que os outros? Incendiar índios e pobres não é algo a ser coibido? O racismo escondido desse país não deveria ser lembrado também?
    Nesse passo, acertou o Senador Marcelo Crivella em propor substitutivo ao PLC 122, protegendo as pessoas não apenas da homofobia, mas também da heterofobia, do machismo e de outros abusos. Não existe sexo ou orientação sexual mais importante que outro(a), mas o projeto original parecia dizer isso, além de desrespeitar o direito de crença e de opinião. O substitutivo proposto por Crivella é tecnicamente superior, ataca o problema e não aumenta a discriminação, merecendo elogios de todos, ao menos de todos os que não são "xiitas" para um lado ou para o outro. O país é de todos. Não é nem dos religiosos nem do movimento gay. Vamos combater a homofobia, a heterofobia e a teofobia, nenhum dos dois lados pode impor suas crenças e teorias ao outro se valendo da força. Quanto ao Video eu não assisti, mais fiquei satisfeito quando tive o conhecimento que uma minissérie chamada Rei David foi a campeã de audiência durante o dias de desfile das escolas de samba.

  3. Eu q não voto em um homem q tem está intenssão de implantar este kit gay, eu reprovo.

    1. Marco Antonio disse:

      Votou no Lula?…

  4. Sou contra o Kit Gay, porque não se trata de educar as crianças com o preconceito, e sim expor a material sexual. Se fosse material hetero seria tambem impróprio. Nossas crianças tem que crescer na inoscencia, do que fale a infância no meio de conteudo Sexual? Esse conteudo não é proprio para crianças gente, oque há com vocês? Eu sou contra, e quando tiver um filho e houver algo sexual desse genero nas escolas, pode ter certeza que vou lutar para que ele não receba. Criança tem que ser criança. Cada coisa no seu devido tempo. E esse kit não é nem de longe contra a homofobia, é um kit totalmente sexualizado, e deve ser banido, escola é lugar de educação e não de pornografia.

  5. Jesus já esta as portas eu creio se este kit for destribuido Jesus não vai esperar mais nada para voltar.Isto é uma afronta para Deus chega de sodoma e gomorra.

    1. Marco Antonio disse:

      Vai continuar esperando irmã!…

  6. Éden Lucas disse:

    eu pensei que o brasil ainda tivesse princípios meu Deus!!!! eu não acredito!
    Uns morrem por serem cristão os outros nos obrigam a ser como eles, Sodomitas! por favor Deus quite gay não isso é imposição. querem destruir a plantação de uma semeadura de muitos anos feita feita com muito sacrificio.
    Deus abomina isso! o Brasil vai provocar a ira de Deus. é ora de lutar pelo que vos pertence. o Silas tem razão.

    1. Meu irmao,estou preocupado contigo….entao assustas com estas coisas porque?lembras t qdo Pedro tentou defender Jesus???cortando a orelha dum dos soldados.so se esta a cumprir a palavra….e aver guerra fome,pests,pragas,pai contra filhos filhos contra pais….vigia somente,peça SOS irmao para orarem sem cessar.

    2. Marco Antonio disse:

      Elesnelde Ferreira Na oração irmão, na oração…

  7. Emanuel Gomes disse:

    !!!!Socorro!!!! Os gay querem dôminar o mundo… rsrsrs.

  8. Cris Leal disse:

    eu não via problema nenhum no tal kit mas se as pessoas não concordaram deveriam montar outro tipo de kit onde ensinassem as crianças a respeitarem os gays.

  9. pediram o direito de casamento, foi provado, agora quer se meter o direito das crianças?eles ainda não sabem o que é ser homossexuais e podem pensar que eles seriam obrigados agir dessa forma como se fosse lei, por isso sou contra kit gay , lugar de escola é educação aprender tudo o já aprendemos, as crianças são inocente e não sabem o que acontece no mundo deles!deixem em paz!!!!e vc não tem o que fazer?ficar pensando de querer mais leis aos nossos dieitos?se queriam respeitos estão sendo respeitados, então respeitos os nossos filhos por favor!!!´é nós que estamos nossa educação as crianças e não ficar colocando leis mais leis de dominar as pessoas que são obrigados fazer isso?portanto nós respeitamos vcs!!!! esqueçam essa idéia kit gay não cola bem!!!!pode virar muita bacunça na escola das crianças !!!

  10. GRAÇAS A DEUS , NÃO TENHO FILHOS BIOLÓGICOS PARA VER ESSAS ABERRAÇÕES, MAS ME PREOCUPO DEMAIS PELOS "FILHOS" DO CORAÇÃO, MUITA ORAÇÃO PORQUE COM ELA DESTRUÍMOS FORTALEZAS, PORQUE HÁ PODER NO NOME DE JESUS, QUER VOCÊ CREIA OU NÃO.IRMÃOS ORE…ORE…ORE…

  11. OREMOS, POIS AGORA QUE , OS HOMOSSEXUAIS ESTAM QUERENDO DOMINAR, TUDO E TODOS OS LUGARES, SÓ DEUS PARA NOS DAR GRAÇA, POIS O FIM ESTA CHEGANDO

  12. Confessam que conhecem a Deus, mas negam-no com as obras, sendo abomináveis, e desobedientes, e reprovados para toda a boa obra. (Tito 1 : 16); João 10 : 7 Tornou, pois, Jesus a dizer-lhes: Em verdade, em verdade vos digo que eu sou a porta das ovelhas. 9 Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. 10 O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.

  13. Alan Ferreira disse:

    Concordo com vc Blog Verdade Ignorada!!! Mesmo sendo material hetero ainda seria inconveniente!!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *