Billy Graham diz que divórcio não resolve problemas e alerta: “Sempre há consequências”

0

Um dos ministros cristãos contemporâneos com maior repercussão, Billy Graham tem se dedicado a responder cartas de leitores de um jornal do Kansas (EUA) e de seu site, compartilhando a experiência acumulada ao longo de seus 97 anos de idade e de sua jornada como evangelista.

Recentemente, uma mulher que descobriu que era traída pelo marido ao traí-lo, enviou uma carta a Graham contando que sofreu grande decepção ao optar pelo divórcio, pois ela decidiu deixar o marido acreditando que seu amante a acolheria, mas não foi isso que aconteceu.

O evangelista, que leu sua carta, respondeu às dúvidas da mulher em sua coluna no Kansas City Star, e frisou que um divórcio sempre traz consequências que, na maioria das vezes, o casal ignora quando decide se separar.

“Vocês dois se meteram nesta confusão (receio que isso seja mesmo uma bagunça), porque vocês não cumpriram a promessa que fizeram diante de Deus quando se casaram: de serem fiéis um ao outro, até que a morte os separe”, afirmou Billy Graham, objetivamente.


Para o evangelista, embora ela e o marido não tenham levado seus votos a rigor, Deus considera a aliança inquebrável, e acrescentou que a desobediência não passa impune. “Não teria sido muito melhor se você e seu marido tivessem se comprometido com o casamento e fizessem de tudo para torná-lo mais forte? Claro! As palavras de Jesus sobre o casamento são tão válidas hoje como eram na época em que Ele disse: ‘Portanto, o que Deus uniu, ninguém o separe’ (Marcos 10:9)”.

Billy Graham disse à leitora que espera que ela não o interprete mal, ou o veja como alguém sendo rude e indiferente, e sugeriu, que já que o passado não pode ser mudado, que os demais leitores olhem para a situação como um exemplo do que não fazer.

“Você pode mudar o futuro, e eu oro para que você consiga, com a ajuda de Deus. Se volte para Cristo, para remissão que você precisa, e depois peça para Ele entrar em sua vida e curar o seu casamento. Deus te ama e, independentemente do que o futuro reserva, nunca estamos sozinhos quando conhecemos a Cristo”, concluiu Billy Graham.


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA