Bispo transforma baile funk em igreja evangélica e afirma estar em uma missão de Deus contra o ritmo musical

17

Antes marcado pela presença de um baile funk, um endereço conhecido no Jardim Paulistano, na zona norte de São Paulo, é agora ocupado pela igreja evangélica “Obra Vida com Deus – Conhecereis a Verdade e Ela Vos Libertará”.

O responsável pela igreja é o bispo Denis Almeida que, segundo a Carta Capital, afirma estar em uma cruzada contra o funk. Definindo-se como um “soldado de Cristo”, o religioso conta que já atuou em diversas denominações, até começar a atuar no Jardim Paulistano. Sobre o local escolhido para a implantação do templo, ele afirma que “ungiu” o lugar e orou durante sete dias antes de iniciar a congregação.

– Por todas as igrejas onde congreguei, esta é a mais marcante. Louvar onde era um funk. Oh, glória meu Deus! É um privilégio. Todos querem saber quem é o pastor que congrega onde era o baile funk – explica o pastor, que afirma ter sido guiado pelo Espírito Santo na escolha pelo local.

A escolha em transformar um antigo baile funk em igreja foi comentada pelo promotor dos antigos bailes funk e dono do galpão que agora é alugado pela igreja, Elson Pereira de Souza, que afirma que será necessário um ano para “exorcizar o local”.


– Vai demorar um ano para exorcizar. Era um ambiente tenso – afirma Souza

– É interessante. De repente, você vê um pessoal de alma tão boa para limpar o ambiente. O baile funk é pesado. No dia que a vizinhança queria descansar, eu abria as portas. Mas não me arrependo. Financeiramente foi muito bom e gerei emprego para muita gente – completou o proprietário do local.

Sobre o ritmo musical que antes imperava no local, o bispo Almeida tem opiniões fortes. Ele afirma que o ambiente proporcionado pelo funk era responsável conduzido pelo diabo, e causava problemas nas famílias e na sociedade em geral.

– Ele destrói as famílias, é o eixo do mal, o próprio diabo. A jovem de 10, 12 anos sai escondida da mãe. Isso veio causar a divisão familiar. O mal veio para promover esses tipos de eventos. As letras vulgares, uma baixaria – afirma o bispo, que diz ter “salvado” vários jovens do funk.

– Quero falar para os jovens que Jesus liberta, dá uma vida de paz. Quantas mães não perderam seus filhos? A igreja trouxe paz para a comunidade. Os moradores esperavam tudo aqui neste lugar, menos uma igreja – completou o bispo, segundo o qual um dia o funk chegará ao fim, pela graça divina.

Afirmando ter sido colocado nessa missão contra o funk por Deus, Almeida afirma que o fim dos bailes funk vai causar uma profunda transformação social em São Paulo.

– Eu acredito que São Paulo vai mudar muito sem o funk, os pais veem os filhos com problemas de drogas porque estão no funk, que também atrai a sensualidade. (…) Elas (frequentadoras de baile funk) precisam ser vulgares e isso tem atraído muita destruição – afirma o bispo.

– Me sinto um predestinado por estar aqui. Não cumpri nem um terço da minha missão. Vou fazer um trabalho benfeito nesse bairro. Oro pelo dono para ele vender o salão. Que ele seja tocado por Deus – completa Denis Almeida.


17 COMENTÁRIOS

  1. Esse conseguiu ir contra a tendencia. Tempos atrás eu vi uma denominação conhecida sair daqui e no local que era o templo deles virou salão de forró.

      • Apesar de também não gostar do que você chama de “gospel ostentação”, pelo menos eles não fazem nem um tipo de apologia às drogas, violência ou ao sexo de forma deturpada.

          • Então você usa isso como desculpa para justificar “músicas” que induzem a juventude à morte?
            “Músicas” que destroem os valores cristãos e empurram jovens ao alcoolismo, as drogas e a prostituição?

            Eu já tinha uma ideia de que você fosse alienado, mas não ao grau executivo!!!
            Oriente-se rapaz, apoiar a morte de jovens só pra satisfazer o seu ego e salientar seus pontos de vista, é uma estupidez sem tamanho!

          • leder lima

            Aonde eu fiz apologia ao funk? Da mesma forma que vc insinuou que eu chamei os que dão 10% de suas rendas todos os meses na religião evangélica de otários, agora vc tentar vincular a mim a figura de defensor de funk…

            Essa tática de vcs, evangélicos já é manjada, elder lima… se não dá pra desmoralizar a mensagem, vamos desmoralizar o mensageiro.

            Mas suas mentiras não vão prevalecer, em nome de Jesus Cristo!

  2. STARDUST

    Está fugindo a responsabilidade do que nas entrelinhas você afirmou?
    Porque eu perderia meu tempo tentando te desmoralizar? Só por que nossas opiniões divergem?
    Desculpe, ao contrário de você não estou aqui tentando provar alguma coisa, ou querendo enfiar goela abaixo dos outros o que eu considero a “minha” verdade.

    Sim, baseado nos seus comentários, que na grande maioria das vezes são desprovidos de conteúdo, eu te acho um alienado.
    O que não significa que estou julgando seu caráter, afinal nem sequer o conheço!

    A partir do momento em você postar algum comentário que tenha pelo menos um pingo de fundamento, talvez eu repense o meu conceito em ralação as suas ideias, não que eu ache que você se importe com o que acho ou deixo de achar, mas por enquanto pra mim… Você não passa de um alienado!!!

DEIXE UMA RESPOSTA