Cruzeiro é tetra: jogadores e torcida exaltam a Deus com camisas e faixas no Mineirão

31

O Cruzeiro Esporte Clube conquistou no último domingo, 23 de novembro, o segundo título seguido do Campeonato Brasileiro ao vencer o Goiás por 2 x 1 no Mineirão. Com a vitória, o clube marcou 76 pontos e já não pode mais ser alcançado pelo São Paulo, segundo colocado na tabela, com 69 pontos.

Ao final da partida que garantiu o título ao Cruzeiro, jogadores do time usaram uma camisa com os dizeres “A Deus Toda Glória”, e um bandeirão com a mesma frase foi estendido pela torcida nas arquibancadas do estádio.

Nas entrevistas coletivas, diversos jogadores fizeram menção a Deus agradecendo pelo objetivo alcançado. O Cruzeiro é um dos clubes que conta com um grande número de atletas evangélicos em seu elenco, incluindo o capitão, Fábio.

“O troféu é nosso e podemos comemorar. Nação azul comemora, Deus é bom. Desde a sexta rodada lutando contra tudo e contra todos. Deus abençoou, capacitou todos os jogadores que se empenharam até o final”, declarou o goleiro.


O armador Everton Ribeiro, considerado o destaque do time nesse campeonato, também agradeceu a Deus: “Mérito de todo mundo, que correu, se empenhou e trabalhou firme para tentar conquistar este título, e graças a Deus conseguimos com um jogo dentro de casa. Com a vaidade longe estamos conquistando tudo que estamos buscando, e está todo mundo de parabéns. Trabalhamos muito para realizar tudo isso e dar alegria para a torcida”, pontuou, segundo o Yahoo!.

O atacante Dagoberto, que é evangélico, não vinha sendo titular na reta final do campeonato, mas relembrou conquistas pessoais anteriores, quando foi campeão brasileiro pelo Atlético-PR e São Paulo.

“É o quinto [título brasileiro como jogador]. Muito feliz. Muito gostoso, único. Acho que é um momento maravilhoso e temos que agradecer muito a Deus por estar se realizando. É um objetivo que nós tínhamos traçado lá em janeiro. Então, é comemorar. Temos que comemorar muito. Acho que conquistar, muitos conquistam um título, mas manter, conquistar o bicampeonato, da forma que é o campeonato [brasileiro], é difícil […] Acho que essa valorização que a torcida mostrou comigo, com todo mundo, eu agradeço muito, porque muitas vezes você não vai estar atuando dentro de campo da maneira que você deseja. Mas eu respeito muito a opção do treinador […] Sou um felizardo por ter Deus na minha vida. Agradeço muito a ele, uma família abençoada [que tenho]”, comentou o atacante.

O lateral direito Ceará também fez referências a Deus e ao esforço e boa vontade do grupo de atletas como fatores importantes para a conquista: “Nós temos fé, nós cremos e nós temos transmitido isso para os torcedores, para os telespectadores, para os admiradores do futebol, que é a nossa fé está em Deus. Nós cremos e trabalhamos. Não dá só para crer e ficar sentado no sofá ou entrar em campo e andar. Tem que crer e tem que fazer sua parte. E essa sintonia entre fé e trabalho tem nos concedido título e ficado na história de cada atleta e na história do clube também. Quatro títulos brasileiros na história do clube. Dois títulos pra esse grupo, desde de 2013. Nós comemoramos, celebramos e agradecemos a Deus, acima de tudo. É uma conquista coletiva e sem a família não somos nada”, pontuou.

Bandeirão

a deus toda gloria - faixa torcida cruzeiro

A enorme bandeira estendida pela torcida do Cruzeiro ao final do jogo foi ideia das esposas dos jogadores, que frequentemente se encontram para reforçar a amizade no elenco. Essas reuniões são aproveitadas com momentos de oração, conversas e estreitamento de amizades.

“A reunião de familiares fez com que surgisse a ideia. O bandeirão foi idealizado pelas esposas. Os jogadores sempre combinam os encontros quando há jogos em casa. As mulheres se reúnem mais vezes, depende dos números de jogos na semana. Não é uma rotina. Esses encontros são para fortalecer”, disse o zagueiro Léo ao site Superesportes.

A esposa do goleiro Fábio, Sandra, foi uma das líderes para a criação do bandeirão e das camisas: “Nós, esposas dos jogadores, nos encontramos duas vezes por semana. Em um desses encontros, tive uma visão desse bandeirão. Deu trabalho, mas ficou lindo”, comemorou.

Em 2013, quando o Cruzeiro conquistou seu terceiro título de campeonatos brasileiros, a comemoração entre os atletas foi semelhante à deste ano, com diversos atletas fazendo referências a Deus em agradecimento pela vitória.


31 COMENTÁRIOS

  1. Quando Deus é louvado, dignificado, honrado no decorrer de uma caminhada, certamente com a vitória final, esse louvor acontecerá em dôbro. Que os outros clubes aprendam e admitam suas vitórias ao Deus Criador dos céus e da terra – Quando há bons propósitos no coração do homem, Deus que é sabedor de todas as coisas, o abençoa – Deus sabia o que os jogadores cristãos do Cruzeiro faria lhe dando a vitória ! A Ele tôda glória ! Ao Cruzeiro, parabéns pela luta e pelo título

      • E por que não? “Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne.” Deus criou todas as coisas, e olhou e viu que era muito bom. A bíblia diz que digno de honra é o leito sem mácula (HB. 13:4). O sexo foi dado por Deus e deve ser aproveitado dentro da direção dele. “Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade. Como cerva amorosa, e gazela graciosa, os seus seios te saciem todo o tempo; e pelo seu amor sejas atraído perpetuamente” Pv. 5:18,19 (todo o capítulo 5 tem uma linguagem voltada para orientação de um jovem em sua vida sexual, que deve ser direcionada por Deus). Há uma provisão na lei, para um homem recém casado: deveria ficar um ano livre de ir à guerra, para “alegrar” sua esposa em casa, (Dt. 24:5). Em Eclesiastes 9:9 há a recomendação de gozar a vida com a mulher que ama, pois a vida é passageira, e a morte é certa. Cantares é um livro que descreve o amor de um casal, falando coisas belas, e descrevendo a intimidade de um casal que se ama. Sexo, dentro do propósito de Deus, não é pecado, não é sujo, não é profano. É um presente de Deus, para o prazer do homem e da mulher. E por que não glorificar ao Senhor neste momento também? Assim como glorificá-lo no exercício de sua profissão, como os profissionais do futebol, que querem honrar a Deus com sem momento bem sucedido. Deus não vai favorecer um ou outro time, nem favorecer um jogador em detrimento de outro; mas é Ele quem dá a saúde, a força, o talento, para, aliado ao trabalho, ao empenho, obter-se o resultado. Não vejo nenhum problema com a bandeira. Deus conhece os coraçãoes.

  2. Sou flamenguista mas, dou meus parabens aos jogadores e torcida do cruzeiro. Devemos sim mostrar nosso amor, respeito e fé ao único Deus vivo e poderoso. A Deus toda a Glória !!!

  3. Não creio que Deus favoreça esse ou aquele time, pois tudo depende de certos fatores que contribuem para o sucesso de certas campanhas, mas que não são determinantes para a se obter a vitória: intenso treinamento, muita disciplina, competência no que se faz. É bom também lembrar que, do lado do time que perdeu, há também jogadores que temem a Deus e O querem também honrar, apesar das derrotas. Todavia, da parte de quem ganhou, nada impede de se atribuir a Deus toda a honra e toda a glória pelas vitórias obtidas. As Escrituras Sagradas assim dizem: “Eu vi ainda debaixo do sol que a corrida não é para os ligeiros, nem a batalha para os fortes, nem o pão para os sábios, nem as riquezas para os inteligentes, nem o favor para os homens de destreza; mas tudo depende do tempo e do acaso.” Eclesiastes 9:11; “Reconhece-o em todos os teus caminhos, E ele endireitará as tuas veredas.” Provérbios 3:6

  4. Que belo exemplo da torcida do cruzeiro e também do time,Parabéns cruzeirences por este título.
    Isso ja é sinal que realmente a fé católica ja ta se indo embora da nação Brasileira.
    So falta a torcida do corinthias se converter e parar de adorar são jorge.

  5. “Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens.”

    “Muitos dirão a mim naquele dia: ‘Senhor, Senhor! Não temos nós profetizado em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios? E, em teu nome, não realizamos muitos milagres?’ 23Então lhes declararei: Nunca os conheci. Afastai-vos da minha presença, vós que praticais o mal.”

  6. Eu fico realmente impressionada que muitos evangélicos aindam preferem perder seu tempo usando a bíblia pra atacar os próprios irmãos!! Amados em momento algum eles estão dizendo que ganharam o brasileirão porque são evangélicos, mas eles pediram pro Senhor abençoar o trabalho deles e nesse momento conseguiram a vitória, como poderiam não ter conseguido. O que vi foi apenas uma demonstração que anda bem escassa no país pelos que se dizem crentes. Enquanto a Igreja que deveria estar salgando a terra prefere ficar disputando santidade entre os irmãos a Escolas Públicas do Brasil como uma forma de diminuir o cristianismo está aliando as religioes afros como cultura nas escolas, e que se caso você ache errado está sendo racista ao mesmo tempo que estáo começando proibir orações até mesmo nas salas dos professores com a desculpa de que por ser um ambiente público e o país ser laico não pode prevalecer nenhuma religião. Devemos ser sal da terra e não vinagre. Parabéns por lembrar do NOSSO DEUS jogadores !!

  7. DEUS ESCOLHEU O TIME MAIS CAPACITADO PRA LEMBRAR DELE NO MOMENTO DE GLÓRIA…TORÇO PRO SAO PAULO MAS DECLARO MUITAS BÊNÇÃOS NA VIDA DESSES HOMENS CORAJOSOS E DETERMINADOS DO CRUZEIRO POIS ESSA DECLARAÇÃO FOI A MELHOR JOGADA DO CAMPEONATO!!!
    ELES FORAM ESPERTOS, LOGO QUEM ELES CONVOCARAM PRA JOGAR COM ELES…RSRSRS

  8. Pentecostais e neopentecostais incorrem em diversas formas de transgressão a lei divina, dentre as quais estas: 1ª. adoração de ídolos (Malafaia, Romildo Soares, Santiago, etc.); 2º) tomar o santo de Deus nome em vão (misturando Deus com futebol, curandeirismo, superstições; “paradas” para Jesus, simonia, etc.)

  9. Evangélicos acabam de criar uma nova forma de heresia: colocar um time de futebol como parâmetro de santificação! Nunca pensei que viveria para ler coisa tão estúpida e blasfema. Evangélicos pentecostais e neopentecostais: vocês causam opróbrio a causa de Cristo e expõem o Santo Evangelho à execração pública. Vocês terão uma conta muito alta a acertar com Deus.

    • Tapaz creio que Deus não esta no futebol,porem se tem jogadores que crerem em Deus nada impedi de agradece,e eles não fizeram nada de mais..não è a verdade “Que tuda honra e toda a Gloria è de Deus”.

  10. Raça de víboras, então vocês não sabem que Deus não torce para times e não interfere em partidas de futebol! Vejam, evangélicos da velha geração, a que ponto esta chegando sua religião!

    Mais um pouco e esse povo idólatra de homens, amantes do dinheiro, da falsa profecia, da mentira, da simonia se colocarão como juízes acima de Cristo e pretenderão dar ordens ao próprio Deus!

    • Isso não é falsa mentira isso é união do grupo por trabalhar e saber acreditar em deus porque também eu sou evangélico e eu também quero jogar um dia no cruzeiro isso pra fazer jogadores do cruzeiro acreditar em deus Para terem a fé somente nele gostei da ideia da esposa do fábio gostei muito ela está de Parabéns a Sandra isso serve como um exemplo para o futebol brasileiro e para outros jogadores do cruzeiro terem conhecimento melhor da deus pra se converter qui são católicos e não só para o futebol brasileiro serve como exemplo para os outros todos já sabem cara qui deus não torce pra time nenhum zé você é católico porque você não sabe direito o Por que é deus é digno de Toda honra de digno de glória digno de toda magestade ele rei dos reis porque você não sabe de nada só isso você não tem o direito Julgar A Todos nós qui são os escolhidos de deus você podia ter conhecimento melhor da Palavra do verdadeiro deus qui é invisivel e è um espirito santo

  11. Agora vejo a moral que tem essa página! MEU COMENTÁRIO FOI APAGADO!
    Ontem fiz um comentário a respeito da atitude de crentes que se acham mais Santos que Jesus e vivem azedando a terra…E PELO QUE VEJO AQUI NESSA PÁGINA O QUE PREVALECE É O VINAGRE AZEDANDO ATÉ MESMO OS COMENTÁRIOS!

  12. AMIGOS É LOGICO QUE DEUS NÃO FAVORECERIA NENHUM TIME DE FUTEBOL MAS COM CERTEZA OS SEU ATLETAS POIS ESTA ESCRITO QUE AQUELES QUE PLANTAM COLHE E A FÉ MOVE MONTANHAS É UMA QUESTÃO DE ATITUDES SE VOCÊ HONRA A DEUS ELE TAMBÉM TE ABENÇOARA ISSO É BÍBLIA FATO E NÃO FABULA O CRUZEIRO COMO EMPRESA HONROU A DEUS COM SUA CAMPANHA CONFIANDO QUE DEUS É DONO DE TODA GLORIA ISSO SERVE PARA QUALQUER EMPRESA QUE POE DEUS EM PRIMEIRO LUGAR.

  13. “Dai, pois, ao futebol o que é do futebol, e a Deus o que é de Deus”. Três dias depois de levantar o título Brasileiro, o Cruzeiro decidiu o título da Copa do Brasil contra o Atlético-MG, novamente num Mineirão lotado. Perdeu o título e completou um ano sem vencer o seu maior rival. A bandeira e as camisas com a inscrição “A Deus toda Glória” não apareceram. Nas entrevistas, Ele também não foi citado. Nenhum repórter perguntou aos jogadores cruzeirenses porque Deus entrou em campo com o Atlético.

  14. Este artigo, na verdade esta situação criada pelos jogadores e esposas do cruzeiro não podem servir de combustível para algo que não é e nem foi realizado pela igreja, por cristãos e tal…
    Se fosse um grupo de islâmicos e estivesse escrito, A ALÁ TODA GLÓRIA, … também não mereceriam os mulçumanos serem atingidos por uma ação de um grupo e com um propósito específico, por mais que eu não concorde…
    Sou atleticano, cristão, mas não vi com bons olhos o que é determinado pelas escrituras, como pode se ler:

    E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor, e não aos homens, Colossenses 3:23

    Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo; Efésios 5:20

    Mas, alí, eu particulamente não vi glórias a Deus.
    Pode ter sido para os jogadores, para as esposas, para o clube, etc… com sinceridade.
    Mas, imaginar um monte de gente que “odeia Deus” levantar uma bandeira dizendo, glória a Deus, por causa de um título, e chegar em casa, bater na esposa, agredir os filhos, ou no próprio estádio, roubar o outro, bater, blasfemar, e dizer, glória a Deus? é incoerente…
    Sendo mais incoerente ainda como o próprio artigo, se da glória a Deus em tudo, e na quarta-feira deveria ter a bandeira, o discurso também na derrota, pois ele é digno.

    Enfim, Deus é soberano sobre tudo…
    Mas, os homens tem a sua parcela, sua responsabilidade, seus talentos…
    E nisso, que Deus é glorificado, em você fazer com excelência aquilo que Ele te capacitou desde o nascimento.
    E na competição, envolve muito mais que apenas o talento, envolve o espírito de equipe, a cabeça está boa, o corpo, etc…

DEIXE UMA RESPOSTA