Brasil

Deputados terão que refletir sobre a Bíblia antes das sessões da câmara

Comments (8)
  1. Adalberto Coelho disse:

    A palavra de Deus é apta para dicernir pensamentos e intenções do coração – Esta foi o melhor notícia que poderiamos receber por parte das autoridades deveria ser lei para todo Brasil, com certeza vai melhorar muito a corrupção no Brasil, os brasileiros só tem a ganhar com isto.

    O mal cheiro dos seus governos é algo que só Jesus pode mudar.

  2. marco disse:

    Nossa estou ficando com medo, misturando religião com politica. Daqui a alguns dias teremos morte por causa de certas imbecibilidades, pois causo não saibam em nome de religião é que mais se matou até hoje.

  3. Karla Cristina disse:

    Quando as leis eram baseadas na Bíblia,o Brasil era muito melhor e tinha menos corrupção!

  4. luciano disse:

    parabenssssss que DEUS abençoe a todos,,,,,,,,agora estamos no caminho certo!

  5. Darcy Prates disse:

    O Senhor Marco deveria estudar português, oui me explicar o que significa “causo”. O simples fato de ler a Bíblia em plenário já é uma pregação. Estou totalmente a favor, espero que isso aconteça em todas as camadas políticas de nosso país.

  6. BAPTISTA disse:

    SOMENTE E TÃO SOMENTE QUANDO NOSSOS GOVERNANTES SE VOLTAREM A DEUS E COM ISSO PENSAR NO SEMELHANTE É QUE TEREMOS UM PAIS REALMENTE FELIZ. O EVANGELHO TEM TIRADO MILHARES DE VIDAS DAS DROGAS, DEPRESÃO, MISÉRIA INTERIOR ETC…
    SÃO ESTES PEQUENOS GESTOS, COMO O DEPUTADO QUE SOMADO A OUTROS FARÁ A DIFERENÇA E NOSSA NAÇÃO

  7. willian jonas r disse:

    acredito que a palavra de Deus é que faz a DIFERENÇA nessa terra
    e onde vivemos e estivermos sempre fará diferença,
    SE Deus é por nos quem sera contra nos…
    Operando Deus QUEM IMPEDIRÁ..
    TUDO POSSO no senhor que me fortalece…
    ler a biblia e vive-la isso faz a diferença.

  8. Ivan disse:

    Brasil, um verdadeiro trem desgovernado, fico me perguntando por onde anda a laicidade???

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *