Internacional

Novas descobertas arqueológicas reacendem debate sobre suposto casamento de Jesus

Comentários (75)
  1. clamando disse:

    tantas coisas podem acontecer menos Jesus não ter ressuscitado e menos ainda casado, o mais correto é que alguém dos seus discípulos de nome José tenha posto o nome de Jesus em algum de seus filhos, e dai depois de anos morto…..

    1. Mauro disse:

      Por que não casar? Não é este o plano de deus para com os homens? Homem que não procura mulher é gay, classe que a própria bíblia abomina.

      .

      1. clamando disse:

        stardust fazendo ativismo, louco para engolir sapos

      2. clamando disse:

        TEU CASO E O DO LOPEZ NÃO É VERDADE?

    2. Lopes disse:

      Ora , a evanjecaiada não diz que a virgem maria de Nazaré , tbm teve fIlhos., então estas afirmações são coisa de hereges e evanjegues., só acredito se o santo padre autenticar caso contrário ., e heresias

      1. The Sun disse:

        Não é nós que dizemos que a Maria (mãe genitora de Jesus) teve outros filhos. São as escrituras que afirmam isso. Inclusive na sua bíblia católica.

        Uma leitura superficial do Novo Testamento, em especial dos evangelhos, mostrará, sem sombra de dúvida, que Jesus Cristo teve irmãos e irmãs (Mateus 12.46,47, 13.55-56; Marcos 6.3). E ainda nos dão os nomes dos irmãos: Tiago, José, Simão e Judas. E essas pessoas aparecem sempre relacionadas com Maria, mãe de Jesus, o que nos dá a impressão de que os escritores e os evangelistas quiseram nos transmitir o quadro de uma família composta por mãe e filhos. Vejamos:

        “Enquanto ele ainda falava às multidões, estavam do lado de fora sua mãe e seus irmãos, procurando falar-lhe. Disse-lhe alguém: Eis que estão ali fora tua mãe e teus irmãos, e procuram falar contigo” (Mateus 12.46-47).
        Depois do milagre em Caná, Maria e os irmãos do Senhor aparecem juntos: “Depois disso desceu a Cafarnaum, ele, sua mãe, seus irmãos, e seus discípulos; e ficaram ali não muitos dias” (João 2.12).
        Em outra ocasião, Maria e seus irmãos mandam chamá-lo: “Chegaram então sua mãe e seus irmãos e, ficando da parte de fora, mandaram chamá-lo” (Marcos 3.31). João acrescenta que nem os seus criam em Jesus: “Pois nem seus irmãos criam nele” (João 7.5). E, por último, os irmãos de Jesus aparecem no cenáculo orando com Maria: “Todos estes perseveravam unanimemente em oração, com as mulheres, e Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos dele” (Atos 1.14).

        1. Sandro disse:

          The Sun, os irmãos de Jesus são filhos de José em casamento anterior.

          1. Celia Mulata disse:

            Ai ai.. tinha que ser homem falando isso.

            Não há motivos para ela Maria ter continuado virgem (homens e sua tentativa de controlar a sexualidade feminina, até da pobre da Maria tentaram tirar seu prazer).

            Não há nenhuma profecia que dissesse isso, e Deus não deu essa ordem a ela (a ordem era para se manter sem relações ATÉ o nascimento de Jesus). Logo, não precisa da Bíblia para supor isso, basta ser coerente, afinal ela era casada, e casamento é algo sério para Deus: “serão uma só carne”, “se multipliquem e encham a Terra”, esses são mandamentos que deviam ser cumpridos por todo casal. Se Maria se negasse a seu marido, estaria pecando contra a Lei de Deus (antes da Cruz, eles ainda viviam sob a Lei), e o mesmo valia para José.

            Jesus diz que quem se une a uma prostituta (tem relações sexuais), se torna “uma só carne com ela”. Assim também um marido que não tem relações com sua esposa, não se torna “uma só carne” com ela, não cumpre o mandamento do casamento, que é consumado na relação sexual. Maria e José, sem uma ordem de Deus (como para se manterem sem relações ATÉ a concepção de Jesus), não dariam o falso testemunho de um casamento de fachada.

            Ora, a Bíblia cita Maria e seus irmãos andando juntos. Imagina um bando de homens marmanjos (Jesus já tinha mais de 30, se eram filhos de José de outro casamento eram ainda mais velhos) andando atrás da outra esposa de seu pai?

            Além disso não ser pecado, e de ser um mandamento, não foi ordenado a ela que assim ficasse (que seria o único motivo racional para que ela fizesse isso).

            Temos ainda na Bíblia:

            E deu à luz a seu filho primogênito (primeiro), e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem. (Lucas 2:7).

            “Ele não teve relações com ela ATÉ que ela deu à luz um filho, e deu-Lhe o nome Jesus.”

            E não a conheceu (não teve relações sexuais) ATÉ que deu à luz seu filho, o primogênito (primeiro); e pôs-lhe por nome Jesus. – Mateus 1:25

            Esse texto deixa bem claro, que Maria e José cumpriram exatamente a ordem de Deus, de se manter sem relações sexuais ATÉ o nascimento de Jesus (obviamente, para não dar chances à especulações do próprio casal, de que ele fosse filho de José quanto a carne).

            Roma, que assim como transformou Jesus em um mito composto de várias histórias pagãs, transformou também Maria em um símbolo de santidade, virgindade e pureza para suprir o culto às deusas de um Império que ainda era majoritariamente pagão (ela é chamada “Mãe de Deus”, “Rainha do Céu”), e também para submeter a sexualidade de nós mulheres à pureza (o velho controle do homem sob a sexualidade da mulher, que só servia para reprodução e que ela não deveria ter prazer).

            Maria, to contigo na sororidade.

          2. leandro disse:

            CELIA
            Se vamos usar a palavra até para provar que Maria teve filhos então vamos ter problemas sérios para entender esta passagens aqui:

            O segundo texto bíblico preferido dos protestantes é este: “José não conheceu Maria [não teve relações com ela] até que ela desse à luz um filho.” (Mt 1,25). Estaríamos certos em pensar que José “conheceu” Maria após ela “ter dado à luz um filho.”; se o sentido bíblico da palavra “até” não fizesse referência apenas ao passado. Isto quer dize que é errado pensar que depois daquele “até”, José deveria “conhecer” Maria.

            Observe os exemplos: “Micol, filha de Saul, não teve filhos até ao dia de sua morte” (II Sam 6,23). Será que após a sua morte Micol gerou filhos? Falando Deus a Jacó do alto da escada que este vira em sonhos, disse-lhe: “Não te abandonarei, enquanto[até] não se cumprir tudo o que disse.” (Gen 28,15). Será que Deus está dizendo a Jacó que o abandonaria depois? E ainda Nosso Senhor depois de haver ressuscitado parece a seus discípulos e diz: “Eis que estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.” (Mt 28,20).

            Estes exemplos deixam claro que a palavra “até” no texto de Mt 1,25 é um reforço do milagre operado, a saber, a encarnação do Verbo por obra do Espírito Santo, e não por obra de homem [São José].

            Outra forma dos protestantes negarem a virgindade perpétua de Nossa Mãe, é alegando que a Bíblia mostra que ela teve outros filhos, além de Jesus. Em diversos lugares, o Evangelho fala desses “irmãos” de Jesus: “estando Jesus a falar, disse-lhe alguém: eis que estão lá fora tua mãe e teus irmãos querem ver-te” (Mt 12, 46-47; Mc 3,31-32; Lc 8,19-20).

            O argumento protestante somente mostra um ignorância sem tamanho da própria Bíblia que eles dizem conhecer. As línguas hebraica e aramaica não possuem palavras que traduzem o nosso “primo” ou “prima”, e serve-se da palavra “irmão” ou “irmã”. A palavra hebraica “ha”, e a aramaica “aha”, são empregadas para designar irmãos e irmã do mesmo pai, e não da mesma mãe (Gn 37, 16; 42,15; 43,5; 12,8-14; 39-15), sobrinhos, primos irmãos (1 Par 23,21), primos segundos (Lv 10,4) e até parentes em geral (Jó 19,13-14; 42,11). Portanto a palavra “irmão” era um expressão genérica.

            Exitem muitos outros exemplos na Sagrada Escritura. Observamos no Gênesis que “Taré gerou Abraão, Naor e Harã; e Harã gerou a Ló” (Gn 11,27). E Ló então era sobrinho de Abraão. Contudo no mesmo Gênesis, mais adiante Abraão chama a Ló de irmão (Gn 13,8). E mais adiante ainda em Gn 14,12, o Evangelho nos relata a prisão de Ló; e no versículo 14 observamos “Ouvindo, pois Abraão que seu irmão estava preso, armou os seus criados, nascido em sua casa, trezentos e dezoito, e os perseguiu até Dã”

            Jacó se declara irmão de Labão, quando na verdade era filho de Rebeca, irmã de Labão (Gn 29,12-15).

            No Novo Testamento, fica claríssimo que os “irmãos de Jesus” não eram filhos de Nossa Senhora. Estes supostos “irmãos” são indicados por São Marcos: “Não é este o carpinteiro, filho de Maria e irmão de Tiago, e de José, e de Judas e de Simão e não estã aqui conosco suas irmãs?”

            Tiago e Judas, conforme afirma São Lucas eram filhos de Alfeu e Cleófas: “Chamou Tiago, filho de Alfeu… e Judas, irmão de Tiago” (Lc 6,15-16). E ainda: “Chamou Judas, irmão de Tiago” (Lc 6,16).

            São Mateus diz que José é irmão de Tiago: “Entre os quais estava…Maria, mãe de Tiago e de José” (Mt 27,56).

            Em São Mateus se lê: “Estavam ali [no calvário], a observar de longe…, Maria Mágdala, Maria, mãe de Tiago e de José, e a mãe dos filhos de Zebedeu”. Esta Maria, mãe de Tiago e José, não é a esposa de São José, mas de Cleofas, conforme São João (19,25). Era também irmã de Nossa Senhora, como se lê em São João (19,25): “Estavam junto à cruz de Jesus sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria [esposa] de Cleofas, e Maria de Mágdala”.

            Simão, irmão dos outos três, “Tiago, José e Judas”. Portanto estes quatro são verdadeiramente irmãos entre si, filhos do mesmo pai e da mesma mãe. Alfeu ou Cleofas é o pai deles.

            E ainda se Maria Santíssima tivesse outros filhos ela não teria ficado aos cuidados de São João, que não era da família, mas com seu filho mais velho, segundo ordenava a Lei de Moisés.

            Agora uma pequena pergunta aos protestantes: Por que nunca os evangelhos chamam os “irmãos de Jesus” de “filhos de Maria” ou “de José”, como fazem em relação a Nosso Senhor? E como durante toda a vida da Sagrada Família, os números de seus membros são três? A fuga pra o Egito, a perda e o reencontro no templo, etc.

            Vejamos agora se os primeiros cristão compartilham dos pensamentos levantados pelos protestantes.

            São Tiago Menor que realizou o esquema da liturgia da Santa Missa escreveu: “Prestemos homenagem, principalmente, à Nossa Senhora, à Santíssima Imaculada, abençoada acima de todas as criaturas, a gloriosíssima Mãe de Deus, sempre Virgem Maria…” (S. jacob in Liturgia sua).

            São Marcos na liturgia que deixou às igrejas do Egito serve-se de expressões semelhantes: “Lembremo-nos, sobre tudo, da Santíssima, intermerata e bendita Senhora Nossa, a Mãe de Deus e sempre Virgem Maria”.

          3. henrjk disse:

            Sandro
            Que casamento foi de José! Onde você leu isso?
            Esses pesquisadores são judeus e querem desvirtuar a verdadeira historia.
            Em todo caso eles admitem, mesmo que indiretamente, que Jesus atuou naquela região porque não há como contradizer a historia.

          4. clamando disse:

            THE SUN E CÉLIA MULATA
            QUE SERIA DESTE SITE SE NÃO FOSSE A PRESENÇA FEMININA DE VCS. LINDAS!!! CONTINUEM ASSIM SEMPRE POSTANDO DE MANEIRA SÁBIA
            ¶ Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis.

            Provérbios 31:10
            É VERDADE MENINAS , MARIA PRIMEIRO CUMPRIU SEU PAPEL DE SERVA E GEROU VIRGINALMENTE AO NOSSO SR. MAS DEPOIS MANDOU VER COM JOSÉ E TIVERAM OUTROS FILHOS
            Os irmãos de Jesus são mencionados em vários versículos da Bíblia. Mateus 12:46, Lucas 8:19 e Marcos 3:31 dizem que a mãe de Jesus e seus irmãos vieram vê-lO. A Bíblia nos diz que Jesus tinha quatro irmãos: Tiago, José, Simão e Judas (Mateus 13:55). A Bíblia também nos diz que Jesus tinha irmãs, mas não sabemos seus nomes ou a quantidade (Mateus 13:56). Em João 7:1-10, Seus irmãos vão para o festival, mas Jesus não vai com eles. Atos 1:14 descreve Seus irmãos e mãe orando com os discípulos. Depois, Gálatas 1:19 menciona que Tiago era irmão de Jesus. A conclusão mais natural dessas passagens é interpretar que Jesus tinha irmãos e irmãs sanguíneos.

            Disseram-lhe, pois, seus irmãos: Sai daqui, e vai para a Judéia, para que também os teus discípulos vejam as obras que fazes.
            Porque não há ninguém que procure ser conhecido que faça coisa alguma em oculto. Se fazes estas coisas, manifesta-te ao mundo.
            Porque nem mesmo seus irmãos criam nele.
            Disse-lhes, pois, Jesus: Ainda não é chegado o meu tempo, mas o vosso tempo sempre está pronto.

            João 7:3-6
            Naquele tempo, 46enquanto Jesus estava falando às multidões, sua mãe e seus irmãos ficaram do lado de fora, procurando falar com ele.
            47Alguém disse a Jesus: “Olha! Tua mãe e teus irmãos estão aí fora, e querem falar contigo”. 48Jesus perguntou àquele que tinha falado: “Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?” 49E, estendendo a mão para os discípulos, Jesus disse: “Eis minha mãe e meus irmãos. 50Pois todo aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”. (Mt 12, 46-50
            FICA CLARO ENTÃO DE QUE QUANDO CATÓLICOS DIZEM QUE ELE ERA UNIGENITO É UMA VERDADE, MAS APENAS POR PARTE DE PAI A SABER DEUS
            FICA CLARO TAMBÉM QUANDO CATÓLICOS DIZEM QUE ERAM CHAMADOS DE IRMÃOS POR PERTENCER A MESMA CLA, QUE TAMBÉM É MENTIRA POIS SEUS IRMÃO MANDAM ELE IR EMBORA FAZER MILAGRES EM OUTROS LUGARES
            E POR ULTIMO QUANDO MARIA E SEUS IRMÃOS VÃO TER COM ELE QUANDO DIZ MINHA MÃE E IRMÃOS SÃO AQUELES QUE FAZEM A VONTADE DO PAI, OU SEJA RENEGA QUALQUER FAMÍLIA NESTA VIDA TERRENA

          5. Celia Mulata disse:

            Observe os exemplos: “Micol, filha de Saul, não teve filhos até ao dia de sua morte” (II Sam 6,23). Será que após a sua morte Micol gerou filhos?

            => O texto está bem claro, que ela não teve filhos até o dia da sua morte. Depois desse evento, ela morreu, obviamente o “até” aqui vai até o ponto final das possibilidades (morte).

            => Em relação à Maria, o “Até” não vai até o final das suas possibilidades (morte ou acidente que a deixasse estéril), mas até um evento determinado, passado esse evento, é natural que o casamento seguisse seu curso.

            É como comparar:

            1 – E ele não viu a sua noiva até o dia do seu casamento.

            Com

            2 – E ele não viu a sua noiva, até o dia da sua morte.

            Pelo segundo caso, você vai supor que o primeiro noivo não viu sua noiva no casamento? Óbvio que no primeiro caso, após o até, as coisas seguem seu rumo natural.

            ——————–

            “Não te abandonarei, enquanto[até] não se cumprir tudo o que disse.” (Gen 28,15).

            => Poxa Leandro, não vê que as situações são totalmente diferentes? Aqui novamente o até vai até o encerramento das possibilidades. O até pode ir até um ponto mediano, ou até o final. As promessas de Deus a Jacó só se cumpririam muito tempo depois da morte de Jacó.

            Novamente, é como dizer:

            => Não te abandonarei (te deixarei sozinho) até cruzar aquela porteira.

            => Não te abandonarei (te deixarei sozinho) até cruzar a porteira da morte.

            Novamente, isso não significa que no primeiro caso o guardião tenha ficado com ele após a porteira, por causa do segundo caso. No segundo caso, o até vai até o final do evento, enquanto no primeiro caso até o um evento particular, onde a partir daí as coisas seguem seu rumo.

            ——————————

            Sobre os irmãos de Jesus que andavam com Maria, você deduz que são primos baseando-se no seu Dogma da virgindade. Obviamente que qualquer pessoa que não cresse nesse Dogma, lendo isso, deduziria que são irmãos físicos de Jesus, afinal, ela era casada.

            —————————-

            Leandro, você pode usar um milhão de subterfúgios para justificar um “dogma” da sua igreja.. o fato é que Maria era casada com José, era natural que o casal consumasse o casamento, se tornando “uma só carne”. Se não fizeram antes de Jesus nascer, foi por ordem de Deus, somente ATÉ o nascimento dele, depois não há nenhuma proibição ou profecia que implicasse na não consumação do casamento.

            Então, porque eu deveria acreditar que um casamento não seguiu seu rumo natural? Alguma profecia? Alguma ordem de Deus? O Anjo Gabriel pediu isso? Está escrito isso na Bíblia? Não, simplesmente porque homens instituíram isso.

            O natural, é você pensar que após cumprida sua missão, o casamento de Maria e José seguiu, cumpriram o mandamento do Senhor acerca do casamento, consumaram o casamento, e não que viveram um “casamento de fachada”, sem nenhum motivo profético ou ordem de Deus. Não há motivos para pensar o contrário:

            “Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas”.

            Todo o ministério de Jesus e dos seus apóstolos foi embasado na Lei e nos Profetas, eles mostravam como Cristo havia de padecer segundo as Escrituras, que o Espírito Santo seria derrapado segundo as Escrituras, do ajuntamento dos gentios segundo as Escrituras, tudo aconteceu conforme as Escrituras, até a virgem que conceberia o Filho de Deus, mas essa de ela ser virgem para sempre não é exigência de Deus, não foi profetizado, não foi pedido por um anjo, é antinatural em um casamento, viola o mandamento de Deus: marido e mulher serão uma só carne, não há UM motivo para pensar nessa possibilidade.

            Não acho que Maria foi só uma boa mãe, acredito que como serva de Deus ela foi também uma boa esposa, e isso de não ter relações sexuais com seu marido é totalmente descabido.

            A não ser, o Dogma.

        2. Lopes disse:

          Bla, bla, bla, o cara não sabe decifrar a linguagem da Bíblia, e um evanjegue mesmo , então partindo deste principio jesus é filho legítimo de davi., e não de maria., cada uma

        3. Lopes disse:

          Bla,bla,bla , hereges não tem autoridade para decifrar nada só latir.

          1. levi varela disse:

            Lopes,

            À vontade, então lata.

  2. Cláudio Ferreira disse:

    “…o que poderia pôr por terra a crença de que o Cristo ressuscitou após o terceiro dia de sua crucificação.”
    Eu sei, em quem eu tenho crido.

  3. Studebaker disse:

    La vem eles La vem eles, Satanas age 25 horas no ar em toda brechinha la esta seus escravos assoprando nos ouvidos dos aborrecidos de Deus na terra nos pervertidos nos escromungos nos gusanos, e os mesmos continuam a sempre e sempre querer colocar descredito na Santa e Gloriosa Palavra de Deus, são escravos desgraçados do mundo carnaveral mais carnal que carne da friboi, assim como de ca vemos os tambem fribois deste sitio a escreverem asneiras fribolentas,

  4. lulala disse:

    Quanto mais eu visito este site mais tenho certeza que ele não é de Deus.
    Só semeia dúvidas quanto as coisas de Deus. Tsc,tsc.

    1. Wallace Coelho disse:

      Discordo . O site como todo meio de comunicação tem que ser imparcial .

    2. marcos disse:

      É tu não tens o Espirito Santo mesmo, só os que tem são os que crê-em , lógico não adianta debater contigo, uma pergunta, ao menos crê num criador ou és evolucionista?

  5. Sandro disse:

    Perguntar não ofende –

    Alguém pode me dizer o que um jovem nú, envolvido apenas por um lençol, estava fazendo com Cristo e os discípulos na noite em que os soldados prenderam Jesus?

    “Ora, seguia-o certo jovem envolto em um lençol sobre o corpo nu; e o agarraram.
    Mas ele, largando o lençol, fugiu nú.” (Marcos 14: 51-52)

    1. zeze disse:

      Sandro
      Como vai rapaz. como tem passado?

    2. Reformador disse:

      Era um homossexual, em busca de cura e libertação, e sabia que somente Jesus poderia trazer para sua vida. Se o Filho vos libertar verdadeiramente sereis livres, João 8-36.
      Pedro assinala em Atos 10:38 que Jesus foi ungido com o Espírito Santo com
      poder para fazer o bem e curar os oprimidos pelo diabo. “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu
      vos aliviarei” (Mateus 11:28)

    3. clamando disse:

      SANDRO
      PENSEI E PENSEI LOGO CONCLUI, SERIA UM PARENTE TEU TENTANDO FAZER AMIZADE COLORIDA COM OS APÓSTOLOS

      1. Marcelo disse:

        Só os apóstolos? Esse refúgio no horto das Oliveiras, 13 machos sem mulher e ainda aparece esse jovem nu, envolvo apenas num lençol. Muito suspeito este fato.
        Suspeito, inclusive, Jesus, que pregava que o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá a uma mulher para serem ambos uma só carne. Apesar da pregação, nunca se casou (assim como o tal apóstolo Paulo que não gostava de mulheres) e ainda recomendou que Pedro largasse mulher e filhos para segui-lo. Haja contradição, hein!

        .

        1. Elder Lima disse:

          Marcelo

          É compreensivo, um acéfalo da sua estripe não teria mesmo discernimento pra entender as escrituras.

        2. clamando disse:

          SERIA O SONHO DE TODO GAY. KKKK NÃO É VERDADE MARCELO, MAS NÃO ESQUEÇA DEUS É TAXATIVO ABOMINA HOMEM QUE DEITA COM HOMEM COMO SE FORA MULHER…ABAIXO DESCRITIVO A RESPEITA DA TUA PESSOA
          Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça.
          ¶ Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou.
          Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis;
          Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
          Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.
          E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
          Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si;
          Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
          Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
          E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
          E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm;
          Estando cheios de toda a iniqüidade, fornicação, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;
          Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães;
          Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia;
          Os quais, conhecendo o juízo de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem.

          Romanos 1:18-32

  6. Apocalipse disse:

    RESPOSTA “”””SANDRO”””

    INTERPRETAÇÃO BÍBLICA – O Jovem nu
    A paz de Cristo, considere o texto:

    “E um certo jovem o seguia, envolto em um lençol sobre o corpo nu. E lançaram-lhe a mão.
    Mas ele, largando o lençol, fugiu nu.” Marcos 14.51,52

    Eis aqui um intrigante relato acerca de um Jovem que foi avistado pelos guardas que prenderam a Jesus, tentaram pegá-lo porque vinha seguindo o grupo que tinha prendido o Mestre, porém ele ao ser surpreendido pelos guardas, conseguiu fugir deixando o lençol, e correndo nu. Essa passagem aparece de repente como se estivesse fora de contexto, o único evangelho que trás esse fato é o de Marcos, ao ler isso parece que estamos lendo algo que não precisaria estar ali, por não acrescentar nada a mensagem do evangelho, não embeleza o texto e não ajuda a pregação. Então o que levou Marcos a registrar esse fato?
    Obviamente esse relato tinha significado para o autor, pois a o consenso entre a maioria dos historiadores é de que aquele jovem, fosse o João Marcos de At 12.12, At 12.25 e 15.37, e de fato essa é a melhor suposição, pois assim explica o porque de só o evangelho de Marcos trazer esta passagem, é que João Marcos é o Marcos escritor desse evangelho, por isso ele registra o dia em que decidiu a seguir Jesus de perto e como foi envergonhado por essa decisão.
    Aqui está uma das explicações para esse acontecimento: É provável que a casa de Maria mãe de João Marcos foi o local onde ocorreu a última ceia de Jesus, como Judas saiu antes do término da ceia, não sabia que Jesus estava no Getsêmani, por isso o traidor se dirige a casa de Maria acompanhado de uma guarnição de soldados armados que faziam a segurança do Templo. Nesse momento o jovem João Marcos, que já estava deitado, se levanta e vê que Judas está saindo na direção do jardim onde Jesus costumava orar, então o jovem Marcos resolve avisar a Jesus e sai apressado, enrolado apenas com um lençol, pois na pressa, teria sido a única coisa que encontrou para se cobrir ao chegar lá, Jesus já estava preso, Marcos meio desnorteado, vai acompanhando o movimento até que é obrigado a correr deixando o lençol nas mãos dos guardas.
    Esse jovem se tornou um grande missionário e cooperador de Paulo 2 Tm 4.11, e foi o primeiro a escrever um evangelho. Talvez já com idade avançada, o velho Marcos ri ao escrever de um jovem que saiu correndo ao tentar seguir a Cristo sem medir as consequências!

    1. henrjk disse:

      Vale lembrar que o nu relatado não esteja totalmente nu, mas desprovido de peças de vestuário que cobriam todo o corpo e com apenas um “calção”.
      Devido o horário, poderia estar frio e ele enrolou-se em um lençol.
      Porem nada que uma interpretação maliciosa como muitos fazem.

      1. Ta Serto disse:

        Pessoal…

        A Bichola aidética quer que vcs escrevam que “Jesus era bicha, estava com bicha e que é certo ser bicha… então vamos todos nos tornar bichas doentes e mudar a Biblia”

        Alguem tem alguma duvida disso?
        Nada do que vcs escreverem vai mudar a cabeça torta dele….

  7. henrjk disse:

    Leandro
    “Ignorância sem tamanho” é acreditar que José casou-se com Maria e viveram o resto da vida como se fossem irmãos.
    A caracterização da virgindade é demonstrada quando o hímen continua intacto.
    Após o rompimento não há mais virgindade ou você acha que uma jovem com o hímen rompido é virgem?

    1. leandro disse:

      Senhor primeiro que o objetivo maior foi mostrar que a palavra ATÉ não serve para provar que houve relações entre Maria e José. Caso contrário, quando Cristo falou que acompanharia a Igreja até a consumação dos séculos, temos que admitir que depois do fim dos tempos ele vai deixá-la de lado.

      Se quer aplicar as leis naturais do parto a Maria então começe negando que ela engravidou virgem, pois, desde quando já se viu mulher engravidar sem a a semente de um homem a vinte séculos atrás?

      1. Celia Mulata disse:

        Leandro, a gravidez virgem foi profetizada por Deus, a preservação do hímen após a gravidez não.. essa é a diferença.. você está atribuindo a Deus um milagre que ele não profetizou nem aos profetas e nem à própria Maria.

        1. Celia Mulata disse:

          Perdão.. após o parto..

        2. leandro disse:

          Isto é vc que diz. Falar que a ICAR transformou a vida de Cristo numa serie de mitos pagãos ou a estes o misturou é pôr em dúvida todo o NT. EX varios pagãos antes de Cristo já eram profetizados como filhos de virgens, o mais famoso foi Buda. Me parece que Mitridates ou Jugurta, reis que desafiaram O Imp Romano também ostentaram tal título. Isto torna o nasicmento de Cristo mito paganizado????

          Simão Bar Koba ,judeu líder da segunda revolta contra o Império tambem afirmava ser o “filho da Estrela”. A estrela de Bélem agora é falsidade catolica por tal critério?

          A propria eucaristia tem semelhanças com as celebrações onde o corpo e sangue do Deus Baco era distribuido.

          No fundo vcs usam sempre maneiras de depreciar os que creêm de modo oposto ao vosso. Vc alega ter a correta interpretação do contexto da palavra ATÉ, mas antes simplesmente davam como dado lõgico.

          Subterfugios que uso Celia??? tenho convicções de fé e nem por isto desprezo ou deixo de considerar como possibilidades (ainda que nelas não creia) as tesesou dogmas de vcs.

          Agora subterfugio foi vc falar da Inquisição Católica como prova de nossos erros e quando a Emanuelle mostrou que os protestantes usaram os mesmos métodos vc simplesmente falou que não se aplicava ou invalidava a teologia protestante.

        3. Celia Mulata disse:

          Le,

          O nascimento de uma virgem já estava profetizado: “Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas”.

          O que tem base nas Escrituras, eu nem discuto.

          O Seder do Pão e Vinho já existia, há também profecias referentes a isso. Na celebração do Senhor o pão sem fermento (Matzah) representa o corpo incorruptível de Jesus e o vinho o sangue, não há nada de errado nisso, o próprio Jesus pediu que fizéssemos essa celebração em memória dele. Mas que se transforma “literalmente”, é pura questão de Dogma.

          Eu não estou depreciando os que pensam de modo oposto, só estou utilizando a razão e a lógica para discutir alguns pontos (como o caso de Maria que estávamos discutindo), porque sem razão e lógica, não há discussão, cada um acredita na sua fé e ponto. Mas se ocorrer um debate, deve ser em um campo neutro (da argumentação, razão e lógica), pois a fé de cada um é relativa.

          Convicções de fé, mas sem base bíblica, lógica e racional, simplesmente dogmática (você simplesmente põe fé no que a igreja te impõe como dogma), foi o que disse acima, discuti no campo da razão e da lógica, no campo da fé cada um fica com a sua, sem ressentimentos.

          Quanto à questão da Inquisição, muito pelo contrário. Se ler atentamente, eu utilizei a Inquisição para mostrar que não existe “Infabilidade” em instituições humanas (primeiro a católica, que alega isso), e não para justificar ou condenar teologias, argumentei que nem pastor e nem padre vão responder pela minha consciência diante do tribunal de Deus.

      2. henrjk disse:

        Leandro
        Você está misturando alho com bugalhos.
        Não estou desacreditando a concepção virginal de Maria, apenas discordo que durante toda a sua vida ela não tenha tido filhos e que ela não tenha tido uma relação de marital com José. É risível afirmar que ela nunca teve filhos com José após Jesus.

        O “acompanhar” aqui é uma relação não presencial, após a consumação dos séculos Ele estará junto com igreja reinando.

        A concepção de Maria foi virginal, mas após isso ela assumiu o seu papel de esposa para com o seu marido, inclusive nessa época era feliz toda mulher que tivesse filhos. A mulher que não dava filhos para o seu marido era desprezada e triste.

        1. leandro disse:

          Não chamo de risivel pois varios testemunhos cristãos primitivos falam o mesmo. Para muito risivel é crer que um Deus possa ter ficado 9 meses numa barriga de mulher ou falar que um homem ficou 3 dias na barriga de uma baleia.

          O risivel ou absurdo pode ser bem relativo.

          1. Celia Mulata disse:

            Le, me perdoe se fui debochada ou tenha dito qualquer coisa que te ofendeu.. você é muito fofo, educado e gentil.. me perdoa por favor
            (╯╰)

          2. henrjk disse:

            Leandro
            Continua risível sua teoria.
            Se José casou com Maria foi para quê se não podiam ter um relacionamento marital e não poderiam ter filhos?
            Melhor não ter casado com Maria.
            O testemunho está nas escrituras e nem Eusébio de Cesaréia fala de um absurdo desse sobre Maria ser virgem até a morte.

            “Os irmãos de Jesus são mencionados em vários versículos da Bíblia. Mateus 12:46, Lucas 8:19 e Marcos 3:31 dizem que a mãe de Jesus e seus irmãos vieram vê-lO. A Bíblia nos diz que Jesus tinha quatro irmãos: Tiago, José, Simão e Judas (Mateus 13:55). A Bíblia também nos diz que Jesus tinha irmãs, mas não sabemos seus nomes ou a quantidade (Mateus 13:56). Em João 7:1-10, Seus irmãos vão para o festival, mas Jesus não vai com eles. Atos 1:14 descreve Seus irmãos e mãe orando com os discípulos. Depois, Gálatas 1:19 menciona que Tiago era irmão de Jesus. A conclusão mais natural dessas passagens é interpretar que Jesus tinha irmãos e irmãs sanguíneos.

            Alguns Católicos Romanos acreditam que esses “irmãos” eram na verdade primos de Jesus. No entanto, em cada exemplo, a palavra grega específica para “irmão” é usada. Embora a palavra possa se referir a outros parentes, o seu significado normal e natural é irmão físico. Havia uma palavra grega para primo, mas ela nunca foi usada. Além disso, se eles fossem primos de Jesus, por que eles estariam tão frequentemente com Maria, a mãe de Jesus? Não há nada no contexto de Sua mãe e irmãos vindo visitá-lO que daria qualquer impressão de que não fossem os Seus meio-irmãos, de forma literal e do mesmo sangue.

            Um segundo argumento da igreja Católica Romana é que os irmãos e irmãs de Jesus eram filhos de José de um casamento anterior, antes de casar-se com Maria. Uma teoria sobre José tem sido inventada, mas ela não tem qualquer suporte bíblico. Essa teoria acredita que ele era significantemente mais velho que Maria, tinha se casado anteriormente, tido vários filhos e ficado viúvo antes de se casar com Maria. No entanto, novamente, o problema com essa teoria é que a Bíblia não dá nenhuma impressão de que José tivera uma outra esposa antes de casar-se com Maria. Se José já tivesse pelo menos seis filhos antes de se casar com Maria, por que eles não são mencionados na sua viagem com Maria a Belém (Lucas 2:4-7), ou na sua viagem ao Egito (Mateus 2:13-15), ou na sua viagem de volta para Nazaré (Mateus 2:20-23)?

            A Bíblia não nos dá nenhum motivo para acreditarmos que esses irmãos e irmãs não fossem verdadeiros filhos de José e Maria. Aqueles que se opõem à ideia de que Jesus tinha meio-irmãos e meio-irmãs fazem isso, não por sua leitura da Bíblia, mas por um conceito pré-concebido da virgindade perpétua de Maria, que é em si mesmo uma crença completamente contrária ao que a Bíblia ensina: “Contudo, não a conheceu, ENQUANTO ela não deu à luz um filho, a quem pôs o nome de Jesus” (Mateus 1:25). Jesus tinha meio-irmãos e meio-irmãs que eram filhos de José e Maria. Esse é o ensinamento claro e firme da Palavra de Deus.”

            Fonte: GotQuestions.org

          3. leandro disse:

            Esquenta não Celia, aqui como disse o Eduardo Nobre, temos um bom espaço para debater ideias. Uns baixam demais o nível sem qualquer necessidade disto.

            Sejamos ao menos éticos uns com os outros se não pudermos ter os mesmos pontos de vista em teologia.

          4. leandro disse:

            Henrjk

            Em toda septuagina, tradução grega da Biblia, a palavra irmão continuou a ser usada mesmo quando se tratava de laços de parentesco quando não eram irmãos. ex a parentela entre Abrão e Lot.

            Já vi sites falarem que foi tática usada pela igreja para refutar o protestantismo. No entanto, esta afirmação de que os “irmãos” de Cristo eram seus primos vem de pessoas como Santo Agostinho que viveu mil anos antes da Reforma e conhecia bem o idioma grego. Bem como de Jerônimo que traduziu do aramaico e grego para o latim.

  8. regis disse:

    Provavelmente Maria foi estuprada e escondeu a gravidez de José, ai nasceu jesus fruto de um estupro

    1. Ta Serto disse:

      negativo…. vc está contando sua própria história…..

      acredito até que seu pai latia e sua mãe mugia…..

      1. Marcelo disse:

        E você é descendente da burra de Balaão…

        .

        1. Ta Serto disse:

          assim escreveu o irmão (também gay aidético) do Regis…

      2. Elder Lima disse:

        kkkkkkkkkkkk!!!!!!

  9. Ta Serto disse:

    Pessoal…. depois que o Lopes escreveu que
    ” só acredito (que Jesus foi casado) se o santo padre autenticar caso contrário ., e heresias”

    …. não preciso dizer mais nada!!!

    Apenas se o papitcho autenticar, Jesus será (ou foi) considerado casado!!!

    é sério isso?

    1. Ta Serto disse:

      sabe como isso se chama?

      FALTA DE BIBLIA!!!

      Pegar folhetinhos pré-definidos e alterados da forma que a ICAR quer , na entrada do templo de ídolos, dá nisso….

  10. Marcelo disse:

    Célia Mulata, sem querer sem desmancha-prazeres nem subestimar sua inteligência, mas só para lembrar, as mulheres não podem falar nas igrejas e devem permanecer submissas ao homem.

    .

    1. Celia Mulata disse:

      Como sou burra, não sabia que estava em uma igreja ;D

      1. Marcelo disse:

        Calma, eu não falei que você está numa igreja. É só para lembrar, já que você leva tão a sério os princípios bíblicos.

        .

      2. clamando disse:

        CÉLIA MULATA
        NESTES 40 ANOS DE MINISTÉRIO TENHO VISTO MUITOS HOMENS COMO O MARCELO ESTES QUE LEVANTAM A BANDEIRA DE QUE A MULHER NÃO PODE FALAR, SÃO AQUELES QUE SÃO MANDADOS PELA MULHER, E COMO NÃO TEM CORAGEM DE BOTAR FREIO NA SUA QUER COLOCAR NAS OUTRAS, COITADO ELE NÃO VIVE O EVANGELHO
        “Escrevo-te estas coisas, esperando ir ver-te bem depressa; Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a Igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade”. (I Timóteo 3.14-15)
        “Esta é uma palavra fiel: se alguém deseja o episcopado, excelente obra deseja. Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma só mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar; não dado ao vinho, não espancador, não cobiçoso de torpe ganância, mas moderado, não contencioso, não avarento; que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia (Porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?); não neófito, para que, ensoberbecendo-se, não caia na condenação do diabo. Convém também que tenha bom testemunho dos que estão de fora, para que não caia em afronta, e no laço do diabo.
        OU SEJA SE NÃO CONSEGUE EM SUA CASA…

        1. Celia Mulata disse:

          Dr. Clamando você é um amor (✿◠‿◠)

          1. clamando disse:

            CÉLIA MULATA
            SÃO TEUS OLHOS VERDES !!!!

          2. Lopes disse:

            Amor, já vi que a tiazona e masoquista.,kkkkk

        2. Celia Mulata disse:

          E Marcelo,

          Eu amo ser submissa para um homem de verdade como o Clamando, mas principalmente sou muito submissa a Deus.
          (≧◡≦)

          1. Lopes disse:

            Ta querendo ne tiazona

        3. Ta Serto disse:

          Caro Clamando…

          “NESTES 40 ANOS DE MINISTÉRIO TENHO VISTO MUITOS HOMENS COMO O MARCELO ESTES QUE LEVANTAM A BANDEIRA DE QUE A MULHER NÃO PODE FALAR, SÃO AQUELES QUE SÃO MANDADOS PELA MULHER”

          Negativo…
          Esses caras querem é tomar o lugar das mulheres… se é que me entendem…..

          Mas ficam frustrados … quem trocaria um ser maravilhoso e cheiroso que é a mulher por um barbado ridículo que tenta falar fino igual a miado de gato?

          1. Studebaker disse:

            kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          2. clamando disse:

            ta serto
            kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          3. clamando disse:

            ta serto
            será que este ai não é o paulo das americas, era apaixonado pelo clamando kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  11. Lopes disse:

    Se o santo padre não se manisfear quanto a isso seja anátema., ta dito

      1. Lopes disse:

        Só acho e falei que hereges protestantes., não deve se manifestar quanto as escrituras , chacais só fazem confusão., e criam seitas e doutrinas mundanas sem base alguma., ex: swing gospel., sex shop gospel, perfume de Jesus ., bíblias apóstatas com capas hereticas., venda de benção e dizimos., cámpanhas de lencinho catinguento., rr suado., bispa periquete Sônia,., valdosandiablo., politiços pastorecos mercenarios de Brasília., o q está raça traz de bom a não ser confusão e mentiras., então partinto destas aberrações., ta dito nada tem a acrescentar de bom só heresias

        1. levi varela disse:

          Missas caras pra morto ruim subir por céu, isto é previsto na bíblia, caro Lopes?

          Quem mudou a teologia dos santos apóstolos foi tua igreja, aliás não tem nada com a bíblia os ensinamentos: purgatório, batismo de crianças, se ajoelhar e orar em pé de imagens, orações repetidas, culto a padres e papas,…

          1. Lopes disse:

            Falei com vc peste., o padre me deu conselho para não se contaminar com hereges , mais vc sempre atenta ., sai satanas. Em nome do pai., do filho e do espírito santo., para trás., herege., não temos culpa se lutero rasgou livros da sagrada escritura e vc só tem a do joazinho ferreirinha heregezinho de almeidinha o português cachaceiro fãnfarrao.,

          2. Ta Serto disse:

            Você perguntou qual o conselho que o padre deu a seu filho, Lopes?

            Ele deve ter respondido assim: “isso… assim mesmo… vai… continua e não para… que mané terço… engole inteiro”

          3. levi varela disse:

            Lopes,

            Nós só temos livros desse tipo que você falou por causa da tua igreja mandou fazer fogueiras com as bíblias, queimando todas.

  12. will disse:

    se JESUS casa-se entraria em pecado, se entra-se em pecado não poderia receber todos os pecados da humanidade sobre si. Sabemos que Jesus morreu na cruz, por esse modo JESUS não se casou coisa nenhuma;
    OBS. Jesus não veio desfrutar de uma vida humana, ele veio para que leva-se sobre si os pegados da humanidade e assim retornarmos a comunhão com O TODO PODEROSO

  13. henrjk disse:

    Leandro

    No Antigo Testamento e na Septuaginta pode ter sido abrangente, mas no Novo Testamento não é bem assim.
    Veja o texto abaixo:
    Lucas 2:5-7
    5 – A fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida.
    6 – E aconteceu que, estando eles ali, se cumpriram os dias em que ela havia de dar à luz.
    7 – E deu à luz a seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.

    Como pode ler que sendo Jesus o “primogênito” de Maria, conclui-se a partir deste texto que Maria teve outros filho, o que não a denigre em nada . Ter muitos filhos era uma honra naquela época.
    Portanto Jesus é o “Primogênito” de Maria e “Unigênto” de Deus.

    1. leandro disse:

      será mesmo que o uso de primogênito “prova” que maria teve outros filhos?

      No Evangelho de São Lucas lemos: “Maria deu à Luz o seu filho primogênito” (Lc 2,7). Aqui os protestantes enxergam indícios de que o Senhor foi somente o primeiro filho de Maria. Ora, a palavra “primogênito” só significa primeiro filho, podendo ele ser filho único ou não.

      A própria Escritura Sagrada dá testemunho disto, vejamos:

      “O Senhor disse a Moisés: “Faze o recenseamento de todos os primogênitos varões entre os israelitas, da idade de um mês para cima, e faze o levantamento dos seus nomes.” (Num 3,40) (grifos meus).

      Se para que seja primogênito é preciso que haja outros irmãos, como pode haver primogênitos “da idade de um mês para cima”?

      Um outro exemplo está no livro do Êxodo: “e morrerá todo primogênito na terra do Egito, desde o primogênito do faraó, que deveria assentar-se no seu trono, até o primogênito do escravo que faz girar a mó, assim como todo primogênito dos animais.” (Ex. 11,5).

      E a promessa de Deus se cumpre, onde lemos: “Pelo meio da noite, o Senhor feriu todos os primogênitos no Egito, desde o primogênito do faraó, que devia assentar-se no trono, até o primogênito do cativo que estava no cárcere, e todos os primogênitos dos animais. O faraó levantou-se durante a noite, assim como todos os seus servos e todos os egípcios e fez-se um grande clamor no Egito, porque não havia casa em que não houvesse um morto” (Ex. 12,29-30).

      A própria tradição ensina que o Faraó só tinha um único filho. Desta forma, a palavra “primogênito” em Lc 2,7 não prova que o Senhor teve outros irmãos.

      Lamento mais o senhor ainda carece de provas.

      1. henrjk disse:

        Você só confirma aquilo que está escrito.
        No seu entender “primogênito = unigênito”, algo que nenhum linguista afirma.
        Quem era o primogênito, Esaú ou Jacó?
        O caso de faraó não vem ao caso. Nem o primogênito dele é garantido como filho natural.
        A própria filha do faraó não era sua filha natural.
        Primogênito é sempre o primeiro e nunca o único.

        Se você quiser se basear em Exôdo 11-5, então todo o Egito ficou praticamente despopulado, pois não havia mais filhos. A pecuária então ficaria um caos.

        Lucas era um medico por excelência e conhecia bem o vernáculo que escrevia, não era ignorante nas letras.

        Mateus 1
        24 – José, ao despertar do sonho, fez o que o Anjo do SENHOR lhe tinha ordenado e recebeu Maria como sua mulher.
        25 – Contudo, não coabitou com ela enquanto ela não deu à luz o filho primogênito. E José lhe colocou o nome de Jesus.

        Será que em Mateus ainda há dúvida?

        Se suas provas se baseiam na “Tradição”, eu fico com as “Escrituras” que são o relato fiel de tudo o que aconteceu.
        Vale lembrar que os evangelhos foram escritos tardiamente e eles relatam tudo que acontecera antes.

        Maria era virgem até a concepção do nosso Salvador e depois disso José coabitou com ela como todo marido. Afinal eram casados e o primeiro filho de Maria nasceu. Ou você acha que os dois não tiveram relações sexuais após o período de pós-parto?

        1. leandro disse:

          Senhor nos baseamos na Biblia e na Tradição. O que busquei mostrar foi que o uso do nome primogênito não significa automaticamente que houve outros filhos depois ou além deste.

          O negocio é que toda vez que são confrontados com alguma refutação biblica ai vão logo falando que não tem exegese, que é baseada em tradições que falta Esp Santo e sabedoria.

          Não te disse nem dei a entender que unigenito é identico a primogênito. Vcs é que falam que se o filho é primogênito há necessariamente outros. Coisa que pela Biblia não se prova.

          1. henrjk disse:

            Leandro
            Como escrevi antes, os evangelhos foram escritos depois de todos os fatos se consumarem. Eles não foram escritos durante os fatos e por isso é afirmado que Jesus é o primogênito de Maria.

            Se Maria tivesse concebido apenas Jesus, teria sido escrito pelos autores que ela teve um único filho.
            Essa historia de Maria ter virgindade perpétua foi um debate dentro da ICAR.
            Não importa que ela tenha tido ou não outros filhos, importa que ela tenha sido a pessoa através de quem o Espirito Santo fê-la gerar o Messias.
            O problema maior nesse debate que se transformou em um dogma é que endeusaram a mulher.
            Como existe um ditado que afirma que “uma abismo chama o outro”.

            Não estou a lhe convencer de suas convicções (um pouco redundante), mas mostrando a minha posição diante do que está nas escrituras que é superior às tradições.

            Sugiro que você pesquise por si próprio a etimologia de primogênito.

          2. leandro disse:

            É as partes que citei foram escritas no calor do momento ou depois?

            Para nos tradição e Biblia estão em pé de igualdade. Se alguem te ensinou que consideramos a Biblia menor que a Tradição Apostolica então falou erro pra vc.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

As principais notícias gospel do Brasil e do mundo no portal pioneiro; Saiba tudo aqui sobre música gospel, evangélicos na política, ações missionárias e evangelísticas, projetos sociais, programas de TV, divulgação de eventos e muito mais.

No ar desde 2006, o canal de notícias gospel do portal Gospel+ é pioneiro no Brasil, sempre prezando pela qualidade da informação, com responsabilidade e respeito pelo leitor.

ANÚNCIO
ANÚNCIO
ANÚNCIO