“Deus livre nossa nação do caos”, diz pastor Silas Malafaia ao pedir que cristãos orem pelo Brasil

0

A nova crise política que assola o Brasil, levando boa parte dos cidadãos e políticos a exigir a renúncia do presidente Michel Temer (PMDB), pode arrastar o país para uma nova situação de instabilidade econômica e institucional. Diante disso, o pastor Silas Malafaia convocou os cristãos a intercederem a Deus pela nação.

O líder evangélico vem defendendo o impeachment do presidente desde a última quarta-feira, 17 de maio, data que o jornalista Lauro Jardim revelou parte do conteúdo da delação premiada de Joesley Batista, controlador do grupo JBS, que gravou conversa com Michel Temer sobre uma mesada repassada a Eduardo Cunha (PMDB), preso na Operação Lava-Jato, em troca de seu silêncio.

No entanto, Malafaia convocou um tuitaço nas redes sociais pedindo que os cristãos fizessem uma corrente de oração a Deus em favor do país: “POVO DE DEUS! Vamos orar pelo Brasil. Deus livre a nossa nação do caos, baderna e aproveitadores do momento. O BRASIL É DO SENHOR JESUS!”, frisou.

Em outros tuítes, o pastor teceu críticas aos políticos de vários partidos e chamou atenção para as contradições de seus adversários nesse campo: “Segundo os petralhas, a mídia era golpista, não é mais; Gravar o presidente era ilegal, agora não é. Delação premiada não é prova, agora é”, pontuou.


Em outro momento, se defendeu de acusações de ter relações com muitos dos acusados de corrupção agora na mira da Justiça: “Tem gente que é idiota ou lesado mental. O que tem a ver eu ter apoiado Aécio em 2014 com os fatos de hoje? Absolutamente nada. Apoiei Lula 2002. Apoiei Aécio, Lula, Serra, Lindberg, Cunha, quando não existia nenhuma acusação contra eles. Não tenho corrupto de estimação”, argumentou.

Ao final da quinta-feira, 18 de maio, Malafaia divulgou um vídeo comentando a situação do país, e reiterou os argumentos apresentados em seus posts usando seu exemplo quando foi acusado de lavagem de dinheiro. O pastor também salientou que é importante orar pelo Brasil nesse momento. Confira:

Assine o Canal

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA