Escritora conta testemunho de encontro com anjo após grave acidente de carro: “Ele me curou”

18

Um acidente de carro proporcionou uma experiência espiritual marcante a uma mulher, que alega ter tido um encontro com um anjo enquanto ficou inconsciente. Seu testemunho agora tem sido espalhado pelo mundo todo através do livro Angels in The Fire (“Anjos no fogo”, em tradução livre).

Segundo Tracey Stadler, ela e o marido estiveram muito próximos da morte no dia em que seu carro foi atingido por um motorista embriagado. Enquanto estavam presos nos destroços, ela e o marido tiveram alguns instantes de luta pela sobrevivência, e algumas trocas de olhares que confessavam o desespero diante da morte iminente.

A escritora contou à rede de TV CBN que sentia a fumaça do couro que revestia o interior do carro em chamas, além do cheiro da própria pele queimando. Motoristas de outros carros pararam para ajudar, e num esforço coletivo, conseguiram quebrar o vidro dianteiro e ter acesso ao local onde estava seu marido, Dann.

Enquanto ele era resgatado, Tracey chegou à conclusão de que morreria: “Eu sabia que eu ia começar a arder muito em breve, porque eu não conseguia respirar. Eu podia sentir meus pulmões queimando. Eu pensei: ‘É isso. Estou indo embora’. E assim eu orava. Eu disse palavras que nunca imaginaria que estavam em minha mente. Eu disse: ‘Pai, eu oro para que Tu me perdoe pelos meus pecados. Você disse que tem muitas mansões no céu e eu oro que tenha uma para mim’, e disse: ‘Por favor, não me deixe queimar até a morte’. E então eu olhei para cima e lá estava ele”, afirmou a escritor, referindo-se ao anjo.


“Quando digo ‘ele’, é porque era uma pessoa que eu sabia que não era deste mundo. Ele era uma pessoa enviada pelos céus de uma forma angelical. E nesse ponto ele simplesmente me levantou e eu fui com ele. Ele me puxou para fora e começamos a ficar mais longe do local do acidente. Nesse ponto, eu sei que eu deixei o meu corpo. Ele me disse que eu poderia olhar para trás, se eu quisesse, mas eu não queria. E quanto mais tomávamos distância do local do acidente, mais paz eu sentia. E o amor? O amor não pode ser explicado; somos muito limitados em nossas palavras. Ele não poderia ser explicado em termos humanos. Não havia dor, sem remorso, só expectativa. A única coisa que importava era a minha relação com Cristo. E eu senti como se estivesse nos braços de Deus, do próprio Jesus Cristo”, testemunhou Tracey.

Durante o encontro angelical da escritora, ela afirmou que em determinado momento chegou à conclusão de que precisava voltar para criar sua filha: “Eu sabia que eu ia ver a face de Deus. Eu sabia. Mas eu não podia deixar que Megan crescesse sozinha. E começamos a descer, e isso foi apenas o oposto de subir. Foi difícil. Estava frio. Foi rápido, e era doloroso voltar”, revelou.

Ela contou ainda que ao retornar ao seu corpo quebrado e queimado, ouviu a equipe de resgate comentar que tinham visto um homem sair do mato e ir até o carro. Seu marido, Dann,  confirmou o relato: “E eles o viram chegar cada vez mais perto do carro e ele parecia ter um brilho sobre si. E ao mesmo tempo, havia um outro homem que estava por trás de tudo isso acontecendo. Este homem estava orando fervorosamente pelo nosso resgate e nossa recuperação. Segundo ele, quando o anjo apareceu, ele estava de joelhos porque sentiu o poder de cura de Jesus Cristo de forma tão intensa que simplesmente foi dominado. Uma das equipes de resgate foi capaz de libertar Tracey, e foi aí que ele disse que ela era parecia leve como uma pluma. Ela apareceu apenas essencialmente a direita em suas mãos. Quando o anjo estava lá, ele se inclinou sobre ela, e ele colocou as mãos sobre o rosto”, relatou Dann, reproduzindo o depoimento do homem que presenciou o resgate e intercedeu por suas vidas.

Tracey revela que o anjo se dirigiu a ela para tranquilizá-la: “Ele tirou as mãos e eu sabia que ele estava me curando. E ele disse, ‘Tracey, tudo vai ficar bem’. Ele me curou”, contou a escritora.

Dann acrescentou que, depois de tirarem sua esposa do carro, o anjo o disse: “Cuide de Tracey”, e fez uma observação: “Ninguém sabia os nossos nomes nesse momento. A bolsa de Tracey estava no carro queimado. Ela foi retirada inconsciente do carro. Eu não tinha falado o nome dela, Tracey não tinha falado o nome dela, então para ele saber o nome dela, ele só poderia ter sido enviado do céu”.

Em resumo a escritora afirma que hoje “reconhece o fato de que Deus está conosco todos os dias, através de tudo; nas mínimas coisas, Ele está lá”.

Assine o Canal

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


18 COMENTÁRIOS

    • Mary, tem pessoas que nem nesse limite querem dar o braço a torcer, tais como esse tal Pitágoras ou um tal de Paulo Agnóstico.
      .
      Se bem que, se eles sobrevoam esse espaço, é porque o que é falado ou dito seja-lhes interessante, mesmo que seja contrário.
      .
      Enquanto a mim, não me interessa o que tem nos blogs e sites ateus. Não me cheira, ou não me fede.

        • Pitagoras, eu leio muito conteúdo ateu e agnóstico, isso de forma alguma diminui a minha fé, acho que ela só aumenta.

          Concordo que muitos cristãos são alienados e muitos crêem em um deus falso fruto de seus anseios e expectativas.

          Resumindo, se a pessoa foi abusada (em qualquer sentido) projeta um deus punitivo e julgador.

          Se é uma pessoa desprovida de conceitos morais, projeta um deus liberal que aceita seus deslizes de caráter.

          Se é uma pessoa sem recursos, projeta um deus que provê riquezas e enriquece as pessoas.

          Porém, nada disso tem a ver com o verdadeiro Deus. Este está longe de ser compreendido pelo conceito humano e racional, até porque somos criaturas e jamais poderíamos pensar como o criador.

          Eu já fui ateu amigo e lhe asseguro que te entendo pois já fui assim. Quando me tornei Cristão passei a estudar as escrituras, estas que para os ateus são apenas escritos humanos sem inspiração divina e cheia de contradições. Me deparei com um livro muito mal interpretado por 99% dos cristãos e não foi fácil entendê-lo mas posso lhe assegurar que neste conjunto de livros não há uma contradição sequer e até mesmo como conteúdo histórico somente o fato das profecias que se cumpriram ao longo da história já poderiam lhe dar o crédito merecido.

          Amigo, estou à sua disposição para lhe tirar quaisquer dúvidas em relação às escrituras e por mais que nela você não venha a crer você terá ao menos a conclusão de que ela não se contradiz e faz todo o sentido.

          Não torne seu conceito dos cristãos pela maioria, infelizmente vivemos um tempo de trevas de conhecimento biblico, cada um interpretando as escrituras à sua maneira e cheios de equívocos, se empenhar-se ao menos em tentar entender verá que muito do que o Cristianismo apregoa hoje não tem nenhum fundamento bíblico e até você que é ateu poderá concluir isto de forma clara.

          Grande abraço e se precisar de algo estou à disposição e digo isto mesmo se eu tivesse a certeza plena de que você jamais fosse tornar-se um cristão, ou seja, não estou me colocando a disposição para “catequizá-lo” mas para que ao menos você não tenha uma imagem estereotipada daquilo que Cristo pretendia para sua igreja que em nada se assemelha ao que vemos hoje.

        • Oliveira, me desculpe, mão não creio que vc. tenha sido algum dia ateu, talvez vc. não tinha uma religião, mas isso não é ser ateu. Também já li muito a bíblia, e lhe garanto que nela não encontrei nada que mudasse meus conceitos sobre um propalado deus, anjos, demônios, infernos. paraisos, por isso não creio que vc. poderia alterar isso, baseado apenas nesse livro – Abraços a vc. também.

          • Pitagoras,

            Eu não era um “sem religião” nem agnóstico, eu era ateu convicto. Não acreditava em nada a não ser em mim mesmo.

            Acredite você ou não.

    • Pitágoras,
      Pode ser que foi um ser humano, agindo como se anjo fosse, quem sabe!
      Eu tive uma experiência qd criança, que nunca esqueci, pois indefesa, a mercê de pessoas adultas que só Deus sabe as suas intenções, qd me aparecem duas anjas, digamos assim, e me salvam!
      Olha, qd vejo crianças desaparecidas, sinto um arrepio e um alívio por ter escapado!
      Vc nunca se sentiu impelido, constrangido mesmo, a ajudar alguém? Pense nisso…

      • D. Mary, confundir pessoas com anjos, não valida a idéia de que anjos existam. Já fui chamado várias vezes de “homem de deus” e “foi deus que te enviou” por ter ajudado outros, mas se fiz foi por vontade própria.

    • Sr. Se o anjo aparecesse antes do acidente, a escritora nao terido se humilhado para Deus daquela forma. Escrito esta se pois o filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. Muitas pesdoas acham que estao livres, mas precisam passar pela prova para dar um chute no orgulho e na hipocrisia.

      • Alam, porque vc. acha que a escritora era orgulhosa ?, porque vc. acha que ela se humilhou ? Porque vc. acha que um deus deseja humilhar as pessoas ? Porque vc. acha que um deus recorreria a um acidente para humilhar pessoas ? Não seria muito infantilidade, egoísmo e malvadeza desse deus ?

    • Até quando você vai negar e lutar contra si mesmo, tal Pitágoras?
      Ou você leu superficialmente, ou simplesmente não leu.
      Não viu que a cena e o ocorrido foram presenciados por outras pessoas que não estavam acidentados, e o mesmo relato foi confirmado pelo marida do vítima?
      .
      Em relação à questão de que o anjo poderia ter chegado antes e ter evitado o acidente, infelizmente para você, meu caro, há vários e milhares de relatos sobre esse tipo de interversão antes de um acidente. Ah, sim, você vai dizer que também é imaginação.
      .
      Oras, olha como você é fraco teologicamente e filosoficamente.
      .
      Poderíamos ler nas Escrituras Sagradas relatos de anjos, ou o Anjo, que socorreram os escolhidos quando estes já estavam vitimados, ou seja, depois do ocorrido.
      .
      Podemos dizer sobre Daniel na cova dos leões – não poderia o anjo livrá-lo antes?
      Podemos dizer sobre Sedraque, Mesaque e Abdenego – não poderia ter livrado antes do lançamento à fornalha?
      Podemos dizer sobre Pedro, não poderia o anjo ter evitado a prisão?
      Podemos dizer sobre Paulo e Silas, não poderia ter ocorrido o terremoto antes?
      .
      Sim claro, mas como poderíamos ver e crer nesse tipo de interversão, se ela não ocorresse aos nosso olhos!
      .
      Ou melhor, tudo isso para mostrar-nos que tanto faz, na hora, ou antes ou depois, a graça salvífica de Deus.
      .
      Como poderíamos crer em socorro se ele antes não tivesse ocorrido, Pitágoras?
      Como acreditaríamos em cardiologistas se antes não tivesse problemas de coração?
      Teríamos somente clínicos gerais ou especialistas em medicina preventiva.
      .
      Você é humanista, ou seja, talvez conheça bem o gênero humano.
      .
      Você sabe muito bem que o ser-humano é orgulhoso, prepotente, cínico, isolacionista, soberbo, presunçoso, irredutível, avarento, e, às vezes, um acidente destes servem para duas coisas:
      .
      Ensinar àqueles que estiveram envolvidos e àqueles que presenciaram ou leram sobre isto.
      .
      Em relação aos primeiros, invariavelmente dá certo, retornam ao ponto certo; já em relação aos segundos, os quais você se inclui, só resta algo: ser um daqueles que envolvidos no primeiro grupo. Para ver se cai a ficha.
      .
      Isso é boa, indagar se o anjo não poderia ter intercedido antes, esquecendo-se, todavia, que sempre há isso.
      .
      Mas fazer o quê, né Pitágoras, é somente imaginação…
      .
      Você não imagina….

      • Ora H.Sábio, evidente que o relato do marido foi influenciado pelo da esposa,(ou vice-versa) ele não iria desmenti-la publicamente. O resto de seu comentário é apenas proselitismo de suas crenças. “Experiências pessoais” às portas da morte não servem como provas.

  1. As vezes nos estamos preocupados com nos mesmos que nem lembramos de Deus, precisou passar por essa prova para aceitar a jesus de verdade. Devemos lutar pela vida, mas nunca esquecer que Ele e o autor da vida.

  2. pitagora uma pessoa que realmente diz uma frase dessa no cotidiano essa pessoa não crê não conhecê o verdadeiro lado bom da vida que e o único jesus cristo ele pode tudo entre todas as vidas que existir e único e poderoso sera que você não tem mente não como posso imaginar que ainda existi, muitas pessoas hipócritas e ainda quer ser inteligente se e mais idiota do que os outros. NENHUM NOME FOI DADO E AUTORIZADO COMO O NOME DE JESUS TODAS AS PESSOAS QUE BICARAM COM A PALAVRA DE DEUS FOI CASTIGANDO VEJA
    john lennon Cazuza QUERIA SER MAIS QUE JESUS E VEJA O QUE ACONTECEU COM ELES EM QUE SITUAÇÃO ELES MORRERAM NUNCA NEM NINGUÉM BRICA COM O NOME DE DEUS POIS SERA A PIOR COISA QUE FARA EM TODA A SUA VIDA DEUS E TUDO DE QUE PRECISAMOS NO CASO DA ESCRITORA TINHA UM ANJO LA TINHA SIM PORQUE NAO DEUS E PODEROSO LEMBRE-SE SOMENTE ELE TEM PODER PRA FAZER TUDO NESSA VIDA SOMENTE ELE….

  3. Crianças não briguem, vcs. estão se ferindo por nada, crer ou não, cabe a cada um de nós.
    Querem provar o que? Deixem de ser inocentes crianças e ajam como pessoas civilizadas.
    Seres humanos não são iguais. nossa identificação é apenas biológica. Respeitem-se.

DEIXE UMA RESPOSTA