Jesus estaria triste com cristãos? Evangelista afirma que fiéis devem se basear na palavra de Deus para fugir do pecado

3

O evangelista Ray Comfort publicou um artigo sobre a postura dos cristãos na atualidade e a postura que a Bíblia sugere como conduta.

Questionado por um leitor do WND se “Jesus estaria triste com seus seguidores”, Ray afirmou que “ao invés de se questionar” sobre isso, “devemos basear nossa teologia na Sagrada Escritura para ver as coisas como Ele vê”, e assim, fugir do pecado.

A ideia de Ray é que, ao absorver os ensinos de Cristo, o fiel assimila a forma de pensar que Jesus propagou em seu ministério.

“A Bíblia dá uma lista daqueles que não entrarão no Reino de Deus: ‘Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não se deixe enganar. Nem fornicadores, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus (1 Coríntios 6:9-10)’. A palavra ‘maldizentes’ significa boca suja, aproveitadores, difamadores.. Maldizentes fincaram raízes na desobediência ao Evangelho, muitas vezes negando a realidade da existência de Deus e abusando aqueles que O amam”, escreveu o evangelista.


Ray ainda afirma que a busca por Deus não deve ser motivada pelo desejo de recompensa, mas sim por reconhecer a misericórdia divina: “Embora seja verdade que às vezes uma tragédia torna corações humildes em orgulhosos, amargos e odiosos para com Deus, o motivo para se tornar um cristão não deveria ser que estamos sós, mas que somos pecadores que precisam desesperadamente do perdão de Deus”, pontuou.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

3 COMENTÁRIOS

  1. Se eu fosse Jesus eu também estaria triste com tanta violência, desrespeito, intolerância, maldade, egoísmo, falsidade, guerra, gente usando meu nome para enriquecer às custas de pessoas humildes, etc. Mas já sei que alguém vai aparecer aqui dizendo que Jesus está triste por causa da ditadura gay.

  2. Porque o décimo terceiro apóstolo auto-declarado Paulo tem a palavra mais valorizada que as de Jesus? Simplesmente porque sem ele, Jesus jamais seria o Deus dos evangélicos. Ele foi um tremendo usurpador! Não conheceu nem conviveu com o Messias (pra quem acredita em Jesus, é claro). Não pode ser identificado como única pessoa, pois Paulo(s) ora se diz judeu (criado aos pés de Gamaliel), outrora grego e também cidadão romano. Suas viagens são totalmente sem nexo ou fora do contexto dos habitantes e respectivas épocas. Enfim, uma fraude completa, mas os evangélicos valorizam mais o que Paulo escreveu (inclusive o desprezo que tinha aos verdadeiros discípulos). Por isso Ray Confort (se fosse o amaciante seria mais útil) usa Coríntios para seu mimimi.

    • Para os judeus, era judeu quem nascesse de pai judeu, já a cidadania romana era transmitida por nascimento de mãe romana, donde se conclui que o pai de Paulo era judeu e sua mãe romana, já a cidadania grega era opcional, não dependia de nascimento. O Ap. Paulo contribuiu mais porque conhecia melhor as escrituras (antigo testamento) do que os outros e pelas profecias antigas SABIA que o Messias vinha para o gentios também, conforme a promessa de Deus a Abraao "em ti serão benditas todas as famílias da terra". Os outros apóstolos estavam focados apenas nos judeus.

  3. Porque o décimo terceiro apóstolo auto-declarado Paulo tem a palavra mais valorizada que as de Jesus? Simplesmente porque sem ele, Jesus jamais seria o Deus dos evangélicos. Ele foi um tremendo usurpador! Não conheceu nem conviveu com o Messias (pra quem acredita em Jesus, é claro). Não pode ser identificado como única pessoa, pois Paulo(s) ora se diz judeu (criado aos pés de Gamaliel), outrora grego e também cidadão romano. Suas viagens são totalmente sem nexo ou fora do contexto dos habitantes e respectivas épocas. Enfim, uma fraude completa, mas os evangélicos valorizam mais o que Paulo escreveu (inclusive o desprezo que tinha aos verdadeiros discípulos). Por isso Ray Confort (se fosse o amaciante seria mais útil) usa Coríntios para seu mimimi.

  4. A verdade é que esses religiosos precisam desesperadamente convencer o crente de que ele é um terrível pecador, e que precisa de um deus para perdoá-lo, e de um pastor (ou evangelista) como intermediário. E, é claro, no percurso entra o dízimo.

  5. não precisamos de atravessador, intermediarios , para falara com DEUS atraves de JESUS, MATEUS 06,05 ouço muitas pregações que o pregador esta irado, no espirito [sempre ouvi e li que QUE O Espirito fala com mansidão ] DEUS tem 07 ESPIRITOs nenhum com ira.

  6. As Últimas Revelações do Apocalipse . (Apocalipse 10:7)
    Estamos preparando esse Blog, para ajudar aos amigos e irmãos a, terem o acesso ao conhecimento das Últimas Revelações Proféticas do Apocalipse, para os próximos anos ! Estamos nos últimos "SETE ANOS" da Igreja na terra ! Primeiro virá a Falsa Paz dos Três Anos e Meio que será decretada pelo "papa" (A BESTA DO MAR) para em seguida vir o "Falso Profeta Moon" Líder do Ecumenismo Religioso (A BESTA DA TERRA) para decretar os Três Anos e Meio de Perseguições e Mortes contra o "REMANESCENTE" (CRISTÃOS X JUDEUS) . A "ONU" (O DRAGÃO) decretará o Reino do Anticristo (SATANÁS) na Terra ! O REINO DE MARIA ! O REINO DA BESTA ! O REINO DO ANTICRISTO !!! (Novembro de 2013*2020) . (http://marcosprofetadoapocalipse.blogspot.com.br/)

  7. Bobagem. Coríntios é um texto de Paulo e não de Jesus que, da mesma forma que Buda e Maomé, não deixou nada escrito. Paulo é misógino e homofóbico, provavelmente um enrustido. Criou textos onde projetou seus próprios recalques e insensibilidade social:

    1) Efeminados: há forte componente hormonal que explica a natureza desses irmãos. Eles são condenados por "deus" por terem nascido assim?
    2) Sodomia: a homossexualidade só é questionada na cultura patriarcal judaico-cristã. Há explicações sociológicas, demográficas e até políticas para o fato.
    3) Bêbados: putz, alcoolismo é doença, dependência química.
    4) Adúlteros: a monogamia tem forte componente patrimonial e cultural. A violação da monogamia é fácil de explicar: o homem, especialmente, é organicamente preparado para copular com várias, tanto que, enquanto a mulher se retrai por ter ficado grávida, o homem continua sexualmente ativo.
    5) Idolatria: a Bíblia também é um ídolo para muitos!
    6) Avarentos: inclui os pastores das igrejas S/A? Claro que aqui Paulo estava de olho no dízimo e nas doações dos ricos, pois precisava fortalecer financeiramente a nascente igreja cristã.
    7) Ladrões: quais? Os de galinha, os que roubam por fome, os de colarinho branco, os pastores mercenários?
    8) Fornicadores? Hum, Malafaia sabe disso? Ele disse que ia fornicar Tony Reis kkkkkkkkkk

    Por fim, a Bíblia tem três versões: a católica, a ortodoxa e a evangélica! Só isso já dá para mostrar seu caráter relativo e claramente humano, sectário inclusive.

    • bom dia Sr. Alberto César da Costa Maia, em primeiro lugar ja tem uns meses que tenho avaliado seus posicionamentos, e diga-se de passagem, você tem uma opinião formada, acompanho seus links, enfim… porem nunca respondi nada, pois algumas pessoas ate mesmo "cristã", posicionam-se com muita raiva, outros sem conhecimento nenhum, não sei qual é sua formação(e não me interessa), em alguns de seus comentários você afirma com muita propriedade sobre assuntos(Bíblicos) dos quais você não domina, vale ressaltar, que louvo a Deus pela sua vida pois me faz buscar mas fundo o conhecimento, mas quero apenas dar-lhe um conselho, muito cuidado como você explana e expressa suas opiniões em relação a temas bíblicos(1º seja mas profundo se quer discutir temas teológicos) alguns comentários seus são muito superficiais e de leitura apenas do seu modo de ver, e como ja vi você defendendo sobre buscar conhecimento mas cientifico, enfim! concluo dizendo que a Bíblia e o Cristianismo é uma questão de FÉ(aquilo que não se vê mas se espera) e não de Vista.um abraço!

    • Boa tarde, Sr. Fernando da Adriana.

      1) Claro que tenho opinião formada, até porque preciso tê-la para sustentar o que eu digo. E isso não é um desmerecimento, já que você também tem a sua.

      2) Você se interessa sim em saber minha formação, caso contrário não teria feito alusão ela. Bom, mesmo ela não lhe interessando, sou ex-professor de História e estudioso de Ciências Sociais.

      3) Teologia é apenas um coisa que os religiosos inventaram para dar uma pretensa fundamentação racional para aquilo que é dogma. Não é preciso rebuscamento discursivo sacro para perceber as incongruências, incoerências e contradições das narrativas bíblicas. Portanto, respeito sua opinião, mas mantenho o que eu disse.

      4) Realmente, muitos ditos cristãos – a maioria na verdade – me respondem com raiva. E sei que por trás dessa raiva, desse ódio todo dirigido contra a minha pessoa, está o medo. Não me cabe analisar porque eles têm tanto medo do que eu digo.

      5) Não questiono sua fé em si mesma. Cada um é livre para acreditar no que quiser. O meu questionamento da fé ocorre quando ela se torna um instrumento de perseguição aos que não têm a mesma fé, e não me refiro apenas a questões relativas à sexualidade. Ou seja, defendo o Estado laico e a sociedade aberta, livre e plural. Se a fé de alguém é uma ameaça real a esse Estado e a essa sociedade terá sim, e sempre, minha oposição. Abraços.

DEIXE UMA RESPOSTA