Faleceu o teólogo Stanley Horton, um dos ícones da teologia pentecostal

2

No último sábado (12), faleceu em Springfield (Missouri, EUA), aos 98 anos, o reverendo Stanley M. Horton, que é considerado uma das principais referências da teologia pentecostal da atualidade.

Mais conhecido como Dr. Horton, o religioso estudou no Los Angeles City College (1935); na Universidade da Califórnia-Berkeley (1937); no Gordon College (agora Gordon-Conwell Theological Seminary) (1944.); na Universidade de Harvard (1945) e no Central Baptist Theological Seminary (1959). Como professor, ele atuou entre 1978 e 1991 no Seminário Teológico das Assembleias de Deus, onde foi Professor Emérito da Bíblia e Teologia. Ele foi também presidente do Departamento Bíblia no Colégio Central da Bíblia entre os anos de 1948 e 1978 e foi professor no Instituto Bíblico Metropolitano entre 1945 e 1948.

Segundo nota divulgada pela Assembleia de Deus dos Estados Unidos, Stanley Horton era um grande estudioso das Escrituras e escritor destacado. Reconhecido como o primeiro-ministro da teologia pentecostal, ele viajou por todo o mundo até os 92 anos, tendo visitado 25 países como conferencista.

Stanley Horton foi também autor de dezenas de livros, muitos dos quais publicados no Brasil, como “Teologia Sistemática: Uma perspectiva pentecostal”, “Apocalipse”, “O Que a Bíblia Diz Sobre o Espírito Santo”, “Doutrinas Bíblicas: Uma Perspectiva Pentecostal” e “O Avivamento Pentecostal”, todos publicados pela CPAD.


Em sua nota, a Assembleia de Deus destaca que o reverendo deixa “um grande legado para o protestantismo evangélico pentecostal, servindo-nos de exemplo de dedicação ao estudo, fervor espiritual e vida de oração”.

2 COMENTÁRIOS

  1. Quando amamos a Palavra de Deus como Estanley amava vivemos com alegria e prazer de servir a Deus.Por isso viveu todo esse tempo,porque Deus o sustentou.GLÓRIAS A DEUS.

DEIXE UMA RESPOSTA