Festivais de filmes evangélicos de curta metragem incentivam produções independentes com premiações

0

O cinema como arte e ferramenta de evangelismo é uma arma pouco utilizada pelos cristãos, e no Brasil, essa cultura passou a ganhar força recentemente.

Além de produções independentes, como por exemplo o filme de curta-metragem Nova Chance, do diretor Vlad Aguiar, começam a surgir festivais de cinema voltados para produções como essa, com mensagem cristã e produção simples.

Em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, o pastor Reneé Ricardo em parceria com a Associação Batista Primeiro Centenário estão promovendo o 1º Festival de Filmes Evangélicos de Curta Metragem (FESFERJ).

Nesse festival, os filmes inscritos concorrerão a prêmios que totalizam R$ 12.500,00, além de concorrerem também a uma filmadora avaliada em R$ 5 mil. “Com o lançamento de nosso festival, queremos entrar no time das pessoas que acreditam no potencial do cinema como ferramenta de evangelização e edificação da igreja. Não vai demorar, as emissoras de TV vão começar a transmitir, toda semana, episódios de curta metragem. Filmes direcionados ao público evangélico é retorno certo no Ibope”, acredita  o pastor Reneé Ricardo, idealizador do evento.


Para saber mais sobre o festival ou inscrever um filme de curta-metragem na premiação, acesse fesferj.com.br, ou entre em contato com o pastor Reneé Ricardo através dos telefones 21 3770-0366 ou 21 9216-1914.

Outro festival cristão voltado a artistas e produtores independentes é o IDE Festival de Curtas, que oferecerá prêmios aos três melhores colocados. O vencedor receberá como prêmio uma viagem com acompanhante para Milão, para acompanhar o Sabaoth Film Festival, em março de 2013. Os segundo e terceiro colocados receberão como prêmio, uma câmera digital Canon 7D, considerada uma das mais versáteis para esse tipo de produção.

Para mais informações sobre o festival e requisitos para inscrever-se, acesse idefestivaldecurtas.com.br ou visite a página em facebook.com/IDEfestivaldecurtas.

Por Tiago Chagas para o Gospel+

SEM COMENTÁRIOS

  1. JUNIOR VANIA comentou que se tivesse uma flimadora legal participaria e tem a certeza que ganharia alguma coisa. TODAVIA, SE VOCÊ TEM É BOM, MAS NÃO PRECISA TER UMA FILMADORA LEGAL;O MAIS IMPPORTANTE É TER UMA BOA IDÉIA: ATÉ COM UM CELULAR É POSSIVEL FAZER FILMES: MÃOS A OBRA!

  2. porque vcs não lançam A Divina Revelação ….. os dois livros da autora Mary Katryn Baxter, seria uma maravilha record de bilheteria com certeza !!!!!!!!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA