Niki Lauda, ex-piloto de F1, afirma que “só Deus pode ajudar Michael Schumacher a sair dessa”; Alemão continua em coma

4

O heptacampeão de Fórmula 1 Michael Schumacher continua em coma após sofrer um acidente enquanto esquiava na região dos Alpes franceses, em Méribel.

Aos 45 anos de idade – completados no último dia 03 de janeiro – Schumacher bateu a cabeça quando caiu num trecho da montanha que não é comumente usado para a prática do esporte.

O ex-piloto de Fórmula 1 Niki Lauda, ​​diretor da equipe AMG Mercedes Benz, concedeu uma entrevista e afirmou que “alguém lá de cima” está tentando ajudar Michael Schumacher.

“Ele [Deus] decide coisas que não podemos entender. Eu não entendo por que Michael não sofreu um acidente desta natureza como piloto e sim quando ele estava esquiando com seus filhos e amigos”, disse Lauda ao jornal alemão Die Zeit, ressaltando que “só Deus pode ajudá-lo a sair dessa”.


Lauda, que sofreu um gravíssimo acidente enquanto era piloto, disse que “nesses casos, devemos nos apegar à fé e todos os crentes devem orar por Michael. Ele ainda é muito jovem, e merece viver”.

Em coma induzido, Michael Schumacher tem seu estado de saúde considerado crítico pelos médicos que estão cuidando de seu caso no Hospital Universitário de Grenoble, na França.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


4 COMENTÁRIOS

  1. Quem sabe nesse momento Deus fale com ele e mostre o outro lado da vida.
    Pode ser que ele tenha uma 2° chance.

    Só o Deus criador pode dar, em nome de seu Filho Jesus Cristo.

DEIXE UMA RESPOSTA