Com fratura na coluna, sobrevivência da atriz Ísis Valverde a acidente foi “milagre”, segundo médico: “Agradeça a Deus”

4

A atriz Isís Valverde, que sofreu um acidente de carro no último dia 31 de janeiro, sobreviveu por conta de um milagre, segundo o médico que a atendeu.

Isís perdeu o controle de seu Range Rover quando voltava de uma festa com sua prima, às 3h30 da madrugada. No acidente, a atriz global fraturou a vértebra C1 de sua coluna cervival.

“Sua sobrevivência foi um milagre. Agradeça a Deus”, teria dito o médico que a atendeu, de acordo com declarações dadas pela mãe da atriz, dona Rosalba.

“Ela deu um susto na gente, mas passou, graças a Deus. O médico que cuidou dela disse para Isis: ‘Começa a orar, pois sua sobrevivência foi um milagre. Agradeça a Deus’. Segundo ele, nesse tipo de fratura que ela sofreu só há dois casos: ou mata ou sobrevive. Ela é uma sobrevivente”, disse dona Rosalba ao G1.


A mãe da atriz disse que sua filha se recupera bem do acidente: “Ontem mesmo ela conseguiu lavar a cabeça sozinha e já está andando. Ela também estava com muitas dores no corpo, mas até isso está melhorando. O que Isis tem reclamado muito é desse colar cervical, pois precisa dormir com ele. Mas isso é o de menos. O importante é que nossa filha está viva!”, comemorou dona Rosalba.

Carro da atriz após o acidente no último dia 31 de janeiro
Carro da atriz após o acidente no último dia 31 de janeiro

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


4 COMENTÁRIOS

  1. kkkk, engraçado como os ateuzinho frequentam esse site… O peso na consciência não sai da cabeça! Precisam provar pra si mesmo o tempo inteiro que Deus n existe… No fundo tem medo do que acontecerá no final!

  2. Foi obra de Deus. Um grande livramento. É certo que não devemos ignorar todos os inúmeros anônimos que venham a sofrer acidentes de qualquer gravidade. Mas estas pessoas, como demais atores, artistas, e alguns atletas, acabam sofrendo o julgamento e o olho atento de toda uma massa selvagem que as telespeccionam diariamente através da mídia.

DEIXE UMA RESPOSTA