Garota Morre em Acidente de Moto 2h após Desejar a Morte

0

Larissa Beatriz Dionísio, adolescente com 15 anos de idade, moradora do município São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte, morreu na noite da última quarta feira em um acidente de moto, duas horas após ter desejado a morte em sua rede social.

Segundo informações locais, a garota estava na garupa de uma moto, quando colidiu com um ônibus enquanto o motorista da moto trafegava pela contramão. O piloto da moto foi socorrido apenas com ferimentos leves, mas Larissa, infelizmente, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O que tem chamado mais atenção dos moradores, parentes da vítima e repercutido nas redes sociais, é que a adolescente de apenas 15 anos havia publicado, duas horas antes, em seu perfil pessoal no Facebook, o desejo de morrer: “Eu Queria Morrer Man“.

garota-morre-em-acidente-duas-horas-apos-desejar-a-morte
Publicação atribuída a Larissa Dionisio, poucos instantes antes de se envolver no acidente fatal que tiraria a sua vida.

Na página atribuída a garota, onde parece ter sido excluída a referida publicação, vemos que a mesma gostava de andar em motos esportivas, já tendo feito algumas publicações citando a morte como uma possível consequência de se fazer o que gosta.

Em uma publicação feita no dia 07 de julho desse ano, Larissa postou: – “Se For Pra Morrer Que Seja Sorrindo, Fazendo Oq Gosto, E Seja Oq Deus Quiser”, junto com a foto abaixo:

larissa-dionisio-parecia-gostar-de-motos-esportivas
Larissa já tinha feito algumas publicações onde associava o risco de morte ao andar de moto.

A dúvida que fica é se a publicação de Larissa duas horas antes de morrer no acidente de moto tinha alguma conotação com a prática de andar de moto de forma radical, ou seja; no sentido de se aventurar, ou se foi uma espécie de “desabafo” sobre questões pessoais acerca de outros assuntos.

Em todo caso, o fato é que uma vida se perdeu tragicamente e independente dos motivos devemos lamentar e pedir a Deus que conforte a família nessa hora tão difícil.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA